Page 1

Respostas & Comentários Apostila ENEM 01. A questão requer do estudante uma boa capacidade

leitora, bem como conhecimentos dos conceitos de densidade e de equilíbrio químico. Ela envolve uma situaçãoproblema que põe em discussão a responsabilidade das empresas em fornecer aos cidadãos informações sobre os cuidados no manuseio de produtos químicos, utilizados no seu dia a dia, como a água sanitária e o ácido muriático. A alternativa que contém as afirmações corretas é a D. O estudante deverá considerar que o gás cloro, sendo mais denso que o ar, tende a ficar acumulado próximo ao solo. Assim, a pessoa exposta ao cloro deverá ser transportada para uma região mais alta, com baixo teor de cloro. Se o estudante tem noções básicas de equilíbrio químico, ele deverá considerar que a adição de ácido à água sanitária deslocará o equilíbrio no sentido da produção de cloro.

Resposta: D

02. A alternativa correta é A. Na alternativa B há confusão entre o que é extraído e o que é perdido para a atmosfera, assim como na alternativa D. Na alternativa C, não se leva em consideração o CO2 formado nas combustões, e na alternativa E o metano e o gás carbônico são encarados como gases com o mesmo potencial como gás de efeito estufa.

Resposta: A

03. A alternativa A é incorreta, pois o aluno não pode

confundir os fenômenos de alotropia de isotopia. O 14C e 12C são isótopos e não têm relação nenhuma com a alotropia. A alternativa B confunde miniaturização com propriedades relativas à molécula. A alternativa D está invertendo o conceito, já que um mesmo elemento pode formar várias substâncias simples. Em relação à alternativa E, os nanotubos não são derivados de carbono, eles são constituídos do elemento carbono. Resposta: C

04. Apesar do alto risco ambiental no caso de um vaza-

mento de material radioativo, em condições normais de funcionamento uma usina nuclear apresenta baixíssima emissão de poluentes atmosféricos.

Resposta: B

05. A alternativa correta é D. Nesse item, o aluno deve

avaliar métodos que diagnosticam problemas de vigilância sanitária, uma área fundamental para a saúde humana e animal. O método é apresentado de forma sumária, fazendo uso de vocabulário específico que o aluno deve Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Efraim Nobre

dominar. Em seguida, o aluno deve julgar cinco afirmações associadas ao método. Deve observar que a afirmação III é falsa, uma vez que as doenças no Estágio 2 são transmitidas por meio de vetores animais, não dependendo da qualidade do sangue em bancos de sangue. As demais afirmativas são corretas e envolvem conhecimentos sobre biologia e saúde habituais no Ensino Médio. Resposta: D

06. Os fungos são de grande interesse biotecnológico,

pois, entre os seres vivos, são os que mais têm contribuído com produtos e processos de interesse econômico e social. Todas as alternativas acima se referem a utilizações possíveis dos fungos. São eles os responsáveis pela produção de antibióticos como a penicilina, como está dito na alternativa C; são também responsáveis pela produção de vitaminas como a riboflavina, de ácido cítrico, na fabricação de refrigerantes, medicamentos, balas e doces, de enzimas de valor industrial, de biocombustíveis como o etanol, solvente e desinfe- tantes, ou ainda nas fermentações alcoólicas, produzindo bebidas como o vinho, a cerveja, o saque e os destilados. Os fungos entram ainda na panificação, na fabricação e maturação de queijos, entre muitos outros produtos. Também de grande importância agrícola e ecológica, são eles que mantêm um equilíbrio, decompondo restos vegetais, degradando substâncias tóxicas, auxiliando as plantas a crescer e a se proteger contra inimigos, como outros microrganismos patogênicos, insetos-pragas da agricultura ou herbívoros. É o que ocorre na descrição feita no enunciado da questão acima. Portanto, é correta a alternativa E, que fala que os fungos endofíticos podem ser usados no controle biológico de pragas em culturas agrícolas.

Resposta: E

07. O enunciado da questão faz menção a uma camada

de gelo no fundo de uma cratera na superfície de Marte. Portanto, refere-se à água no estado sólido. O enunciado afirma ainda que o gelo desaparece nas estações quentes e reaparece nas estações frias, mas que a água nunca foi observada na fase líquida. Com base nos dados do enunciado e na observação do gráfico, podemos afirmar que o gelo se transforma diretamente em vapor em algumas estações do ano em Marte, ou seja, é provável que a água passe do estado sólido diretamente para o estado gasoso, o que se chama de sublimação. Assim, a hipótese I é verdadeira. Para avaliar a hipótese II, temos de observar o gráfico. O eixo vertical indica a pressão atmosférica e o horizontal, a temperatura. Vemos que, ã altura do ponto triplo da água, abaixo do qual a água passa diretamente do estado líquido ao gasoso, a pressão é baixa. Observando o gráfico, vemos ainda que a hipótese III é falsa, porque, Respostas & Comentários - Apostila ENEM

1


ENEM

gabarito comentado no eixo horizontal, com a água já em estado gasoso, pode haver temperaturas superiores ã registrada no ponto triplo da água. A alternativa correta é a D. Resposta: D

08. Esta questão trata da relação ecológica que os or-

ganismos vivos mantêm entre si algumas resultam em benefício mútuo, ou mesmo de apenas um deles, mas sem o prejuízo do outro. Outras formas de interação resultam em prejuízo de um serem benefício de outro. O enunciado da pergunta define uma dessas interações biológicas, chamada de predação, na qual o predador se alimenta de outro indivíduo inteiro, causando sua morte. Uma lagarta que devora uma folha de árvore não elimina a planta; tampouco o vírus HIV age dessa forma ao infectar uma célula; o fungo que digere o tronco da árvore não tem o poder de eliminá-la; e a tênia usa o porco, mas não destrói o animal. Entre as alternativas, só a que define a ave que se alimenta de sementes pode ser um exemplo de predatismo, pois a ave come a semente inteira, matando assim o embrião que a semente contém. A alternativa correta é a C, mesmo se sabemos que, em alguns casos, parte das sementes ingeridas por aves não é totalmente digerida, sendo dispersa nas fezes dos animais, que auxiliam neste caso a reprodução da espécie vegetal.

Resposta: C

09.

Como ilustra o quadrinho, a quitina presente nos insetos funciona como uma espécie de armadura: além de protegê-los contra choques mecânicos, auxilia na sustentação desses animais. Essa estrutura é chamada de exoesqueleto. Não está ligada à perda de água (transpiração), circulação de sangue, locomoção, digestão ou reprodução, já que não funciona como órgão, músculo ou tecido. Se o exoesqueleto desses insetos impedisse a respiração, inviabilizaria a vida deles. De fato, há na superfície da “armadura” desses insetos aberturas para respiração. Essas aberturas são chamadas de espiráculos. Mas, mesmo sem saber esse nome, você pode acertar esta pergunta usando apenas raciocínio lógico. A quitina em determinados insetos está diretamente ligada às funções de sustentação e respiração. A alternativa correta é a A. Resposta: A

10. Esta pode ser uma questão típica do novo Enem, que

exige leitura atenta do enunciado e algum conhecimento específico. Vejamos. O enunciado se refere à formação de óxidos. Basta saber, então, que se trata de uma pergunta sobre número de oxidação. Sobre esse assunto da química, é bom saber: 1. O número de oxidação de um elemento químico (no caso desta questão, especificamente o nitrogênio) é a carga que ele recebe em uma reação. 2. O número de oxidação do oxigênio em seus compostos é geralmente -2 (exceto se estiver ligado ao composto flúor, o que não interfere nessa questão).

2

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

3. A soma de todos os números de oxidação de uma molécula é sempre ZERO. Assim, podemos responder entre quais os óxidos descritos no texto está aquele em que o NITROGÊNIO apresenta maior número de oxidação. • A alternativa A fala em NO, molécula formada por O = -2 N = +2, já que a soma dos dois deve ser zero. • A alternativa B fala em NO2 ATENÇÃO! São dois átomos de oxigênio (vê aquele número 2 pendurado no O? Esse é o seu significado). Assim, 2O = -2 X 2 = -4 N = +4, já que a soma dos dois é zero. • A alternativa C fala em NsO 0 = -2 2N = 2x1 = +2, já que a soma dos dois é zero. • A alternativa D fala em N203 3O I 3X(-2) = -6 2N I 2x(+3) = +6, já que a soma dos dois é zero. • A alternativa E fala em N2O5 5O | 5x (-2) = -10 2N | 2x (+5) = +10, já que a soma dos dois é zero. Portanto, a substância que apresenta maior número de oxidação é N O. A alternativa correta é a E. Gabarito: E

11. A recomendação

I é verdadeira, pois, segundo a primeira coluna da tabela, a massa de matéria fresca é sempre maior nas variedades plantadas em estufa, cuja massa é sempre superior a 2.000 gramas/ m2; já quando cultivadas no campo, essas mesmas variedades alcançam massa bem menor. A recomendação 11 é falsa porque, em relação ao número de folhas no cultivo em estufa, verifica-se que a variedade Regina produz 38,1 folhas por planta, número maior que o das duas outras - Marisa e Verônica. A recomendação III também é incorreta, já que a variedade Regina é a que consegue melhores resultados (1,88 m2/m2) em relação à área foliar, para plantações no campo; a variedade Marisa, ao contrário, tem os piores resultados (0,94 m2/m2). Já a recomendação IV é correta, pois, no campo, a variedade que consegue a menor massa de matéria fresca é a Marisa (562,3 g/m2).

Resposta: D

12. A alternativa correta é a A: bactérias anaeróbias não

vivem em ambientes com abundância de oxigênio (O2). Alternativas incorretas: • Apesar de a água oxigenada possuir dois átomos de oxigênio em sua composição, eles estão ligados aos átomos hidrogênio, formando uma sustância completamente diferente do gás oxigênio, que é o verdadeiro responsável pela morte das bactérias anaeróbias. Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado • Além de a água produzida da decomposição do H2O2 não matar as bactérias, ela também não consegue remover todas as bactérias do ferimento. • Apesar de O2 ser a resposta correta, o mecanismo de ação está errado. • Apesar de a água oxigenada possuir dois átomos de hidrogênio em sua composição, eles estão ligados aos átomos oxigênio, formando uma sustância completamente diferente do gás hidrogênio. Além do mais, não é ele o responsável pela morte das bactérias anaeróbias. Resposta: A

13.

Para resolver a questão é preciso examinar as alterações ocorridas nos diferentes níveis tráficos com a saída das aves e o seu papel na comunidade. Entre as alternativas, a única que condiz com o que mostra a ilustração é a C. Na presença das aves, as algas eram muito abundantes, enquanto as cracas estavam próximo da extinção; com a saída das aves, a situação se inverteu, como diz a alternativa: aumentou muito a população de cracas e, em consequência, diminuiu bastante a população de algas.

Alternativas incorretas: b) Os genótipos infrabar e ultrabar, à temperatura de pouco mais de 15 °C, desenvolvem o mesmo fenótipo- olho com 170 facetas -, ao contrário do que diz a alternativa. c) Moscas cujos olhos têm 170 facetas podem ser dos genótipos infrabar, como diz a alternativa, mas também do genótipo ultrabar, à temperatura de pouco mais de 15 °C, como mostra o gráfico. d) A temperatura tem o mesmo efeito apenas no número de facetas dos olhos dos genótipos selvagem e ultrabar- o número de facetas diminui com o aumento da temperatura. Porém, no genótipo infrabar, o efeito é contrário: quando o desenvolvimento se dá em temperaturas maiores, aumenta o número de facetas, e) O gráfico mostra que os olhos das moscas ultrabar serão apenas maiores do que os de moscas infrabar numa faixa muita restrita de temperatura (de 15o a 16 °C, aproximadamente). Resposta: A

16. A alternativa correta é a D. A adolescente de 50 kg

Resposta: C

só pode consumir por dia 50 x 11 = 550 mg de ciclamato. Se cada fatia contém 110 mg, o total de fatias de bolo por dia é cinco.

14. A alternativa correta é a A. O aumento da rapidez das

Resposta: D

reações químicas é diretamente proporcional ao aumento da temperatura e ao aumento da superfície de contato. Por isso, para conservar melhor os alimentos é aconselhado o resfriamento deles a temperaturas que variam de um alimento para o outro, mas que em geral ficam abaixo de 15 °C. A superfície de contato aumenta quanto mais fragmentado estiver o alimento e consequentemente favorece mais a interação entre os reagentes (carne e ar ou carne e enzimas dos microrganismos). Isso significa que manter a carne em peça, e não moída, ajuda a conservá-la.

Resposta: A

15. Como se vê no gráfico, a temperatura interfere na

expressão de todos os genótipos de moscas. No genótipo selvagem, por exemplo, caso se desenvolva a 15 °C, a mosca terá olho com mil facetas, número que chega a 750 quando o desenvolvimento se dá a 30 °C. No genótipo infrabar, quando o desenvolvimento ocorre à temperatura de 15 °C, o olho terá cerca de 170 facetas, aumentando para cerca de 300, quando a mosca se desenvolve a 30 °C. Ao analisarmos o gráfico, constatamos que a alternativa A é a correta. Nos três genótipos de moscas, pode-se chegara fenótipos diferentes, dependendo da temperatura na qual elasse desenvolvem. Portanto, o ambiente pode fazer com que o mesmo genótipo se expresse de maneiras distintas (pode produzir diferentes fenótipos) dependendo do ambiente (no caso das moscas, a temperatura), como diz a alternativa. Esse princípio vale para os demais seres vivos.

17. Uma primeira leitura do gráfico permite verificar que,

em 1882, quando a frota contava com pouco menos de 20 barcos, a população de focas era de 1,4 mil espécimes. Em 1892, a população de focas reduz-se praticamente à metade, enquanto a frota de barcos aumentou mais de cinco vezes, passando a contar com mais de 100 barcos. No fim do período, em 1900, eram 600 focas para cerca de 40 barcos. Logo, é a caça na região que está controlando a população de focas - e não seus predadores naturais. Isso posto, são incorretas as alternativas A, C, D e E. Em relação à alternativa C, vale esclarecer que, no mutualismo, as duas espécies envolvidas são mesmo beneficiadas. No entanto, como a relação entre homem e foca está bem definida - é uma relação de caça -, não há como admitir que ela seja chamada de mutualismo. Em relação à alternativa correta (B), no gráfico fica claro que o aumento ou a diminuição do rebanho de focas se dá ao sabor do aumento ou da diminuição da frota. Em 1892, não havia mais focas para sustentar a caça - daí em diante o número de barcos foi diminuindo, mais ou menos lentamente de acordo com o tamanho do rebanho, conforme diz a alternativa B.

Resposta: B

18. Como o calor de combustão da gasolina é aproxi-

madamente o dobro do calor de combustão do álcool, a massa desse combustível deve ser o dobro da massa de gasolina para que os combustíveis liberem a mesma quantidade de calor.

Resposta: D Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

3


ENEM

gabarito comentado 19. Alternativa

correta é a C. A água desse poço realmente não é potável porque, apesar de possuir uma concentração de chumbo de 0,02 mg/l, que é menor do que o permitido (0,05 mg/l), a concentração de mercúrio é de 0,002 mg/l, ou seja, é o dobro do limite permitido para esse metal, que é de 0,001 mg/l.

Resposta: C

decorrem de diversas atividades humanas. Os países mais desenvolvidos têm uma contribuição maior, já que queimam maior quantidade de combustíveis fósseis em suas indústrias, usinas de energia e frota de veículos. Observe que a ausência da China - hoje um dos maiores poluidores do planeta - se deve à sua enorme população (1,3 bilhão), já que o gráfico considera os valores per capita.

20. Se o trator pode rodar mais tempo com 1 litro de

Resposta: B

óleo de girassol do que com 1 litro de óleo diesel, tornase evidente que a energia liberada por 1 litro do primeiro combustível seria maior do que o do segundo. Isso invalida também as demais afirmações: usando o óleo de girassol, tem-se menor consumo por km (A); consegue-se maior velocidade (B); o tanque de combustível dura mais tempo (C); e a potência é maior.

25. De acordo com o gráfico, é pequeno o número de mu-

Resposta: E

nicípios que tratam adequadamente o lixo, o que invalida o item I. A Região Sudeste é a que mais destina lixo aos aterros sanitários, superando a soma de Sul e Nordeste (II). Mesmo assim, esse índice é menor do que a metade do lixo produzido pela região que não recebe destinação adequada. Isso mostra como os investimentos públicos no setor são insuficientes (III).

21. Os dois combustíveis formaram-se sob escalas de

Resposta: D

tempo completamente diferentes. As jazidas mais antigas de petróleo originaram-se da decomposição de plâncton marinho sob rochas sedimentares durante a era Mesozoica (entre 200 e 300 milhões de anos atrás). A cana, por sua vez, obedece aos ciclos anuais de reprodução, plantio e colheita, e, em razão disso, é caracterizada como um recurso natural renovável.

26. Com os dados, podemos construir uma tabela com os valores de pH das amostras fornecidas pela questão. Amostra

pH

[H+]

6a

4

10-4mol/L

Resposta: A

5

10-5mol/L

22. A afirmação I é falsa porque há muitos anos a Pe-

14a

6

10-6mol/L

18a

7

10-7mol/L

trobras já tinha indícios da possibilidade de ocorrência de petróleo em grandes profundidades (abaixo de uma camada de sal). Isso não tem relação com a exploração econômica de sal. E a II está incorreta porque não é verdade que todos os países exportadores de petróleo conseguiram elevado grau de desenvolvimento econômico e social. Ao contrário, muitos deles “se acomodaram” com as receitas de petrodólares, sem investir na diversificação da economia nem nas áreas sociais.

Resposta: B

23.

Os mercados de carbono e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) surgiram na Conferência de Kyoto, em 1997. A ideia básica consiste no fato de que o que realmente importa para o planeta é o total de emissões de CO2. Assim, um país que não pode momentaneamente reduzir sua produção industrial de caráter poluidor (empresa A, na parte inferior da ilustração), deve investir em energias limpas ou renováveis num país menos desenvolvido (empresa C), criando uma compensação. No caso da ilustração superior, mostra-se que esse mecanismo também pode se operar entre empresas de um mesmo país (A, mais poluidora, paga a B por suas permissões inutilizadas).

Resposta: B

4

24. O gráfico mostra as emissões per capita de CO2, que

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

I: incorreta. A razão entre essas amostras é de 100. Isto é, da 6a para a 14a amostra, a concentração de H+ diminuiu 100 vezes. II: correta. Essa amostra é a que apresenta a menor concentração de H+ de todas. Logo, é a menos ácida. Ill: correta. A razão entre essas amostras é de 10, isto é, a concentração de H+ presente na oitava amostra é 10 vezes maior que a concentração de H+ presente na 14a. IV: correta. De acordo com a questão, apenas as amostras com pH < 5,5 podem caracterizar chuva ácida, e as citadas estão nessa faixa de pH. Resposta: E

27.

I: correta. O sai que não se apresenta dissolvido a 25 °C constitui o corpo de chão, ou corpo de fundo, e pode ser dissolvido pelo acréscimo de mais solvente, isto é, de mais água ao sistema. Dessa forma, ele se tornará homogêneo. II: correta. De acordo com o gráfico, a 25°C o coeficiente de solubilidade do KNO3 é de 40 g/100 g de H2O. Assim, sob a mesma temperatura, 200 g de água serão suficientes para dissolver completamente 80 g do nitrato de potássio (KNO3). Isso significa que o sistema será Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado homogêneo. Ill: correta. A curva fornecida pelo gráfico é ascendente. Isso significa que a solubilidade do KNO3 aumenta à medida que a temperatura também aumenta. Pode-se dizer que sua dissolução é endotérmica, ou seja, é favorecida pelo fornecimento de calor. Resposta: E

28. A análise do gráfico fornecido pela questão permite

as seguintes conclusões: • No decorrer do tempo, as concentrações de açúcares aumentam. • No decorrer do tempo, as concentrações dos ácidos tartárico e málico diminuem. O enunciado da questão forneceu a informação de que o teor alcoólico da bebida está diretamente associado à fermentação dos açúcares. Dessa forma, é possível concluir que a maior concentração de açúcar na bebida indica maior teor alcoólico. Finalmente, se a colheita da uva for retardada, serão obtidos vinhos de maior concentração alcoólica e com menor teor ácido. Resposta: C

29.

I: verdadeira. De acordo com a fórmula fornecida da butilmercaptana, é possível calcular sua massa molar. M = 4(12) + 10(1) + 1 (32) = 90 g/mol. II: verdadeira. Foi fornecido pelo texto que a butilmercaptana apresenta maior volatilidade quando comparada com a água. Assim, esse composto orgânico produz maior quantidade de vapor a uma mesma temperatura, o que significa que é um líquido mais volátil que a água. Ill: falsa. Quando no estado gasoso, pode-se comparar a densidade da butilmercaptana com a densidade do ar, por intermédio da seguinte relação: d = PM/RT. A massa molar do ar é uma média ponderada dos constituintes da mistura (N2, O2, entre outros) e é igual a aproximadamente 29 g/mol. Então, a densidade da butilmercaptana é maior que a do ar sob as mesmas condições de pressão e temperatura.

Resposta: B

30. De acordo com os dados, podemos calcular: 1 g de glicose......... 4 kcal x de glicose ........ 1 200 kcal x = 300 g.

A partir dessa massa, é possível calcular a massa de oxigênio consumida: 180 g de glicose ....... 6 x 32g de O2 300 g de glicose ........ y y = 320 g de O2. Resposta: B

31. De acordo com o texto, o limite de segurança do

Bisfenol A é de 50 ppb (partes por bilhão) por dia. Sendo assim, calcula-se: 50 ppb ...... 1 dia 50 g de “Bisfenol A” ...... 109 g de leite Considerando a densidade do leite = 1 g/mL, pois a quantidade de soluto dissolvido é muito pequena, é possível calcular: 50 g de “Bisfenol A” ......109g Leite ...... 109 mL Leite ...... (1 L = 1 000 mL) 106 L de leite Como o texto mencionou que a criança ingere cinco mamadeiras, que contêm um volume de 0,25 L de leite, tem-se um volume total de 1,25 L. Dessa forma, a criança está ingerindo um quarto do limite máximo aceitável, isto é, um quarto de 50 ppb, o que corresponde a 12,5 ppb. 1,25 L de leite = 1 250 mL de leite ...... 12,5 ppb 1 mL de leite .... y y = 10-2 ppb. Resposta: A

32. A questão pede que se calcule o AH de vaporização

do etanol, que corresponde à seguinte equação: C2H6O(l) → C2H6O(g)∆H. Para chegarmos a esse valor, devemos utilizar a lei de Hess. Dessa forma, utilizamos as equações fornecidas e seus respectivos ∆H para obtermos o resultado do nosso interesse. Então, temos:

Conclui-se que é necessário calor de vaporização de H2O. Resposta: A

33. Todas as alternativas propostas estão corretas. Os

biocombustíveis são todos oxigenados como o álcool etílico, metanol e outros. Na afirmação II, ao diminuir as cadeias carbônicas, facilita-se a combustão e a viscosidade. Na III, a fórmula do óleo diesel tem 14 carbonos e 30 hidrogênios - basta ler a fórmula estrutural. A IV é correta, pois o biodiesel e o diesel de petróleo apresentam o mesmo número de átomos de carbono por molécula.

Resposta: E

34. Em condições normais de funcionamento, uma usi-

na nuclear apresenta baixíssima emissão de poluentes atmosféricos, apesar do alto risco ambiental no caso de um vazamento de material radioativo.

Resposta: B Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

5


ENEM

gabarito comentado 35. Os fertilizantes químicos e o chorume, líquido tóxico

que escorre do lixo depositado em aterros sanitários, infiltram-se no solo e poluem os lençóis freáticos, inutilizandoos para o consumo humano. O desmatamento contribui para a desertificação na medida em que o solo exposto, sem vegetação, não retém água. Já a impermeabilização do solo urbano pode provocar enchentes, uma vez que as chuvas intensas aumentam o nível dos rios, que não têm por onde escoar e transbordam.

Resposta: C

36. É a única combinação possível. Equinodermas, aves

Nos seres humanos, as células somáticas (as que não estão envolvidas na reprodução) são diploides, ou seja, o organismo adulto é 2n. Os gametas são produzidos por um tipo de divisão celular chamada meiose, gerando óvulo e espermatozóides haploides (n), que, quando se unem na fecundação, formam um zigoto 2n (n do óvulo + n do espermatozóide). Esse zigoto vai se desenvolver e formar um adulto pluricelular por meio de sucessivas mitoses. Resposta: C

41. Neste caso, o desequilíbrio ecológico causado pela

Resposta: A

introdução de uma fazenda de caranguejos na região será a diminuição da oferta de matéria orgânica, uma vez que o fitoplâncton, responsável pela produção nesse ecossistema, terá sua capacidade fotossintética diminuída pelo bloqueio de penetração de luz solar causado pelas partículas em suspensão geradas por essa atividade. A diminuição da matéria orgânica afetará todas as populações desse ecossistema.

37. Na estrela-do-mar, o sistema nervoso é formado por

Resposta: E

e anfíbios não possuem respiração traqueal, deixando abertas apenas as alternativas (A) e (C). A segunda, no entanto, está incorreta porque os mamíferos não possuem respiração branquial nem podem ter esqueleto cartilaginoso.

um anel nervoso e nervos radiais. Todo o corpo do animal adulto apresenta simetria radial, e não bilateral.

Resposta: B

38. A análise do material seco mostra que 60% do tecido

era composto de água (80 mg de matéria seca para 200 mg antes da secagem). De acordo com a tabela mostrada na questão, essa é a porcentagem de água encontrada no tecido conjuntivo, que apresenta grande quantidade de substância intercelular, rica em água. A pele humana possui uma camada de tecido conjuntivo - a derme - logo abaixo da epiderme, e quando falamos em hidratação, com cremes, a ideia é restaurar o teor de água desse tecido ou evitar que ele fique desidratado.

Resposta: D

39. Apenas a afirmação III não procede, uma vez que as

doenças no Estágio 2 são transmitidas por meio de vetores animais, não dependendo da qualidade do sangue em bancos de sangue. As demais afirmativas são corretas e envolvem conhecimentos sobre biologia e saúde habituais no Ensino Médio.

Resposta: D

40.

42. A formação do petróleo, líquido constituído basica-

mente de compostos de C e H, demorou milhões de anos em determinadas condições específicas para acontecer. A queima dos combustíveis fósseis derivados de petróleo, que vem ocorrendo em relativo pouco tempo, está devolvendo à atmosfera grande quantidade de C na forma de CO2.

Resposta: D

43.

Superbactérias como a KPC, em geral, não são sexualmente transmissíveis. Além disso, atacam principalmente pessoas que estão debilitadas por algum problema de saúde e dificilmente causariam maiores danos à população em geral.

Resposta: D

44. As mutações, que são alterações no material gené-

tico, acontecem ao acaso, sendo a maioria delas deletéria. Em bactérias, a resistência é em geral provocada por mutação, mas também pode ser transmitida de uma bactéria resistente a uma suscetível por meio de DNA extracromossômico chamado plasmídeo. Antibióticos não provocam alterações no DNA bacteriano, apenas selecionam as linhagens resistentes.

Resposta: D

45. Por causa da simplicidade da célula bacteriana, que

é procariótica, ela apresenta grande capacidade de multiplicação por meio de uma divisão celular simples e rápida. Além disso, bactérias têm uma plasticidade metabólica muito eficiente. E utilizam diferentes formas de obtenção de energia em aerobiose e anaerobiose.

Resposta: E

6

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado 46. As vacinas são compostas de antígenos, principal-

mente de natureza proteica, que estimulam a produção de anticorpos, proteínas específicas que protegem o organismo contra a ação de microrganismos ou toxinas. Os anticorpos fazem isso se encaixando aos vírus, bloqueando partes da estrutura virai que eles normalmente usariam para se acoplar às células e se reproduzir. As vacinas não alteram o genoma nem produzem antígenos; elas são antígenos, geralmente de natureza proteica. A transmissão do H1N1 ocorre principalmente entre seres humanos por meio de secreções do sistema respiratório (tosse e espirro) e não por contato com animais ou via sexual.

Resposta: A

bloqueando a interação entre as células tumorals e o estrógeno. A (E), porque muitos tumores (cerca de 30%) não possuem o receptor de estrógeno. Resposta: D

51.

O glicocálix existe em células animais, nas quais executa as funções de proteção, reconhecimento, adesão celular e inibição por contato. Por causa de sua função de reconhecimento celular, o glicocálix dos linfócitos (células do sistema de defesa orgânica) invade um tecido ou órgão transplantado e destrói as células que consideram estranhas, provocando rejeição de enxertos e transplantes.

Resposta: C

47. Os antibióticos são ineficazes contra os vírus, de- 52. Durante a interfase, ocorrem três períodos, denomivendo ser usados no tratamento de doenças causadas por bactérias; no caso, leptospirose. O soro deve ser administrado em situações em que a pessoa recebe uma toxina muito forte, como a de uma cobra venenosa. As vacinas, com caráter preventivo, devem ser administradas, no caso em questão, quando há risco de contrair a febre amarela.

Resposta: B

48. Por se tratar de doença causada por vírus, o antibi-

nados G1, S e G2, na sequência em que acontecem. No período G1, se dá intensa atividade metabólica, com síntese de RNA mensageiro e proteínas, e a célula cresce. No período S, há síntese de DNA e duplicação cromossômica. O período G2 caracteriza-se por uma preparação para a divisão celular. As mitocôndrias apresentam apenas uma molécula de DNA circular, muito semelhante à de células bacterianas, e dividem-se por fissão binária.

Resposta: C

ótico não seria eficaz, uma vez que é destinado a tratamento de doenças infecciosas causadas por bactérias. Além disso, conforme o texto, uma vez que a doença se instalou e os primeiros sintomas foram observados, não há mais tratamento, e a morte é certa.

53. A única alternativa que contém apenas “processos

Resposta: E

54. Até ter seu núcleo trocado, uma célula-tronco em-

49. Os venenos de cobra agem rapidamente no orga-

nismo, e não há tempo para a produção de anticorpos contra essas toxinas pelo indivíduo picado. É necessária, portanto, a utilização de anticorpos prontos, que agirão de imediato, misturando-se ao veneno e neutralizando sua ação pouco a pouco. Esse soro é produzido mediante a aplicação de veneno em doses não letais em cavalos e a extração dos anticorpos produzidos em seu sangue - o método só funciona porque o veneno é sempre igual, ao contrário dos vírus, que sofrem mutações. Em alguns casos, como o ebola, o soro imune retirado de humanos sobreviventes é o único tratamento, mas isso é uma medida rara, extrema e relativamente ineficaz. Assim, apenas a alternativa (B) é viável.

Resposta: B

50. A alternativa (A) está incorreta, pois os receptores

de membrana são específicos e atuam por um sistema conhecido como “chave e fechadura”. A (B) está errada porque cada tipo de célula humana apresenta receptores de membrana específicos somente para as substâncias que regulam seu metabolismo. A (C), porque o tamoxifeno pode se ligar aos receptores de estrógeno das células mamárias por ter estrutura semelhante à do hormônio, Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

relacionados a metabolismo, autorreplicação e mutação” é a (D). As outras falam de outros processos.

Resposta: D brionária contém o DNA nucleico do embrião, isto é, de outra pessoa. Se fosse implantada, poderia ser rejeitada, como um órgão transplantado. A alternativa (A) erra porque a ideia é implantar a célula com o código genético do próprio paciente. A opção (B), porque essas células são diferentes das embrionárias e apresentam limitações. A (C) erra no fato de a divisão, antes e depois de o núcleo ser implantado, ser mitótica, ela não muda. A (E), porque, como não envolve a morte de um embrião, a pesquisa com células induzidas é menos controversa.

Resposta: D

55.

No processo esquematizado, ocorreu um único período de síntese de DNA, fase S da interfase, seguido por duas divisões celulares, meiose I (divisão reducional que forma duas células haploides com cromossomos duplicados) e meiose II (divisão equacional que resulta em células haploides com cromossomos simples).

Resposta: B

56. Mutações gênicas são alterações no número e (ou)

na ordem dos nucleotídeos do DNA constituinte de um gene. A perda de um nucleotídeo se chama deleção, e o ganho, inserção. Se ocorrer um desses dois tipos de Respostas & Comentários - Apostila ENEM

7


ENEM

gabarito comentado mutação no início do gene, toda a sequência de códons (trinca de bases nitrogenadas que codifica um aminoácido componente de uma proteína) a partir desse ponto será alterada, na maioria das vezes causando a formação de uma proteína inviável, sendo provavelmente uma mutação deletéria. Pode ocorrer também uma troca de bases nitrogenadas, e, nesse caso, a alteração na proteína codificada será pequena ou mesmo inexistente, uma vez que códons diferentes podem codificar o mesmo aminoácido.

61. O tipo sanguíneo que podemos determinar por meio

Resposta: A

que só se expressam na ausência do dominante. Os dois genes que determinam um caráter são chamados genes alelos e ocupam a mesma posição (locus), cada um em um dos cromossomos homólogos (iguais).

57. O DNA é uma molécula que apresenta duas proprie-

dades: 1) duplicação ou replicação, que ocorre no núcleo e é realizada pela enzima DNA polimerase. Durante a replicação semiconservativa do DNA, todo o genoma de uma célula é copiado; 2) transcrição: é a síntese do RNA-m a partir de determinadas sequências do DNA, os genes. Também ocorre no núcleo, por meio da ação do RNA polimerase.

Resposta: C

58.

Às vezes, uma tira de RNA-m (RNA mensageiro) produz mais de uma proteína. A alternativa (A) está errada porque, na produção de proteínas, participam o DNA e três tipos de RNA. A (B) falha porque as informações genéticas são transmitidas às células-filhas por meio da replicação do DNA, e aos ribossomos por meio do RNA-m - e, portanto, em mais de uma direção. A alternativa (C) está errada porque a fonte de informação é o DNA. E a opção (E) se engana porque o DNA é uma molécula linear de fita dupla nos eucariontes.

Resposta: D

59. Esta questão apresenta um cruzamento envolvendo

duas caraterísticas com dominância completa: Alelos: M (visão normal), m (miopia), F (pulmão normal) e f (fibrose cística). Chegamos à conclusão de que os genótipos dos pais são: Mulher mmFf x Homem Mm Ff, pois o casal teve uma primeira criança de visão normal com fibrose. Sendo assim: Cruzamento 1 - mm x Mm A probabilidade de nascer um indivíduo de visão normal é 1/2. Cruzamento 2 - Ff x Ff A probabilidade de nascer um indivíduo de pulmão normal é 3/4. A probabilidade de nascer uma menina é 1/2. P (menina normal para a visão e normal para o pulmão) = 1/2 ⋅ 1/2 ⋅ 3/4 = 3/16. Resposta: C

60. Sendo os pais heterozigotos (Pais: AA1 x AA1), os

possíveis genótipos dos filhos serão: Filhos: AA, AA1, AA1, A1A1. Porém, os indivíduos A1A1 morrem durante a embriogênese e, portanto, não são contabilizados como possíveis descendentes. Dessa forma, a probabilidade de o casal ter uma criança de fenótipo normal (AA) é de 1/3.

Resposta: B

8

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

de um exame de sangue é o fenótipo, que, no caso, é o mesmo para os dois indivíduos. O genótipo é a constituição gênica de cada indivíduo, que nesse caso pode ser igual ou diferente, em razão da existência de genes dominantes e recessivos.

Resposta: E

62. O albinismo é determinado por genes recessivos,

Resposta: E

63. As primeiras classificações dos seres vivos, que são

chamadas de artificiais, eram baseadas principalmente em aspectos anatômicos como tamanho, forma, presença ou ausência de sangue. Nas classificações atuais dos seres vivos, denominadas naturais, os aspectos morfológicos e fisiológicos continuam sendo importantes, mas também devem ser consideradas as características fisiológicas, bioquímicas e, principalmente, as relações filogenéticas com base na teoria da evolução. Os conhecimentos de biologia molecular levaram os taxonomistas a rever a classificação das bactérias, que são organismos procariontes pertencentes ao reino Monera, pois se verificou haver diferenças significativas entre dois grandes grupos desses organismos. Foram criados, assim, os domínios arqueobactéria e eubactéria, para abrigar, respectivamente, bactérias mais primitivas e mais evoluídas.

Resposta: B

64. No reino Monera estão classificados todos os orga-

nismos que apresentam células procarióticas, ou seja, células mais simples nas quais o material genético, que é um cromossomo circular, não está protegido por uma membrana (não há núcleo verdadeiro), além de apresentar apenas uma organela citoplasmática: o ribossomo. São procariontes as bactérias e algas cianofíceas.

Resposta: B

65. Segundo as regras da taxonomia ou sistemática, um

filo é constituído por um conjunto de classes. As categorias taxonômicas, em ordem decrescente, são: reino, filo, classe, ordem, família, gênero, espécie. Dessa forma, um reino é constituído por vários filos, que, por sua vez, é constituído por várias classes, que agrupam várias ordens, e assim por diante. A menor categoria taxonômica é a espécie, e, para que dois indivíduos pertençam à mesma espécie, é necessário que sejam muito semelhantes em todos os aspectos e também que sejam capazes de se reproduzir deixando descendentes férteis.

Resposta: A Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado

66. A nomenclatura científica é uma linguagem universal, 71. As condições ambientais selecionam os indivíduos usada para nomear as espécies, e é necessária para que não ocorram confusões no caso de uma espécie ter nomes populares diferentes em regiões diferentes - por exemplo, a planta Manihot esculenta, em São Paulo, é conhecida como mandioca; no Rio de Janeiro, como aipim; e no Norte e Nordeste do Brasil, como macaxeira.

Resposta: B

67. A informação está na leitura do gráfico, encontrando-

se no topo a informação graduada de onde as linhas dos grandes macacos e macacos do Novo Mundo se separam.

Resposta: B

68. Cladogramas representam relações evolutivas entre

grupos de seres vivos que apresentam um ancestral em comum. O cladograma da questão mostra a evolução das plantas terrestres, briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas, a partir de um ancestral em comum: as algas verdes. Cada uma das letras indicadas na figura representa uma importante característica evolutiva adquirida pelo grupo acima. Assim, a letra A representa o surgimento, nas algas verdes, de um segundo tipo de molécula de clorofila, a clorofila b, que também está presente, juntamente com a clorofila a, em todos os vegetais terrestres, indicando ser as algas verdes suas ancestrais. Os demais tipos de algas pluricelulares, as pardas e as vermelhas, apresentam apenas um tipo de clorofila, a clorofila a. No cladograma mostrado, as letras, C, D e E representam, respectivamente, tecido condutor de seiva, semente e fruto.

Resposta: D

69. Poríferos são animais primitivos que não apresentam tecidos nem órgãos e, portanto, trocam gases com a água através da superfície do corpo (cutânea). Crustáceos são artrópodes aquáticos que respiram por brânquias. Insetos são artrópodes que conquistaram o ambiente terrestre apresentando um sistema respiratório eficiente, que não envolve o sangue no transporte de gases (traqueal). Répteis são vertebrados terrestres com respiração pulmonar.

Resposta: A

70. A espécie humana evoluiu no sentido de aquisição

da capacidade de raciocínio e, como consequência, do conhecimento que permite a criação de técnicas que compensam limitações físicas. Indivíduos com capacidade de desenvolver utensílios sobreviviam e deixavam descendentes que poderiam herdar essa capacidade. A transmissão do conhecimento é um fator que favorece a sobrevivência da espécie.

Resposta: B

mais bem adaptados. Características genéticas dos indivíduos de uma espécie são selecionadas de forma diferente, se eles vivem em ambientes diferentes. Isso vale para plantas, animais, fungos, bactérias, qualquer ser vivo. O movimento de indivíduos entre populações aumenta a diversidade genética, e não o contrário, como afirma a alternativa (A). Não existe “geração espontânea” de características mais interessantes, como em (C). A alternativa (D) fala em transmissão de características adquiridas, isto é, lamarckismo, o que é incorreto. E a alternativa (E) mistura deliberadamente diversos conceitos para confundir.

Resposta: B

72. Sob um ponto de vista lamarckista clássico, a falta de

uso da visão pelo animal levaria à ausência de olhos; tal característica acabaria por se perpetuar na descendência (lei do uso e desuso, seguida de herança dos caracteres adquiridos).

Resposta: D

73.

Segundo Darwin, existem várias formas entre os descendentes de uma espécie. Algumas são mais adaptadas à situação ambiental do que outras, e essas mais adaptadas levam vantagem para se alimentar, se proteger de predadores e, consequentemente, se reproduzir. No caso das cascavéis, as formas mais silenciosas passaram a ter mais chance de sobreviver por não serem detectadas pelos humanos e, portanto, foram selecionadas.

Resposta: D

74.

I. Verdadeira. O granizo representa a água no estado sólido, que foi formada em camadas mais altas e frias (a 13 km ou 15 km de altitude). Nessa altura, elas se resfriam a 0 °C ou menos e se tornam pedras de gelo. II. Verdadeira. Primeiramente, ocorre o processo de evaporação, ebulição e/ou calefação da água líquida em razão do aquecimento do meio. Posteriormente, temos a condensação do vapor de água. Em camadas mais altas e frias, ocorre a formação do granizo, que constitui a água no estado sólido. Assim, o granizo é uma forma de precipitação atmosférica. III. Verdadeira. O granizo pode representar uma forma muito perigosa de precipitação atmosférica, pois o tamanho das pedras de gelo depende da altitude em que ocorre o fenômeno. As nuvens do tipo cúmulosnimbos estão associadas às correntes de convecção, que permitem a ascensão do ar quente (mais leve) e seu rápido resfriamento. IV. Incorreta. O ciclo da água é determinado por constantes mudanças de estado físico: (gasoso ↔ líquido, líquido ↔ sólido, sólido ↔ gasoso). Na formação do granizo, há um momento em que a força resultante é diferente de zero, tendo sua resultante na direção vertical e em sentido ao solo, permitindo a queda da pedra de gelo. A resultante é formada pela força peso (sentido ao solo) e peio empuxo do ar (sentido para "cima"). Se a força resultante se tomar zero, o movimento em direção ao solo persiste pela inércia, porém em mov mento uniforme (velocidade constante).

Resposta: B Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

9


ENEM

gabarito comentado 75. Na figura apresentada, percebe-se que a água salgada entra no sistema em C. O fluido geotérmico não tem contato direto com a água salgada, sendo responsável somente pela troca de calor. No esquema, esse fluido entra em A. Dessa forma, ele troca calor com a água salgada e sai em B. A absorção de calor pela água provoca a vaporização parcial desta, que sofre condensação e sai dessalinizada em D. A água salina que não evaporou sai em E. Finalmente, em razão de todo esse procedimento, conclui-se que a concentração de sais na água é maior que a inicial.

Resposta: B

76. O enunciado da questão enumera consequências do aumento da temperatura média do planeta: “o clima será mais quente e mais úmido”, “ocorrerão mais enchentes em algumas áreas e secas crônicas em outras”, “desaparecimento de algumas geleiras, o que acarretará o aumento do nível dos oceanos e a inundação de certas áreas litorâneas”. As possibilidades citadas interferem no ciclo da água, pois envolvem mudanças de estado físico em razão de variações de temperatura. A alternativa (A) é incorreta, pois a taxa de evaporação aumentará devido à elevação da temperatura. As variações climáticas descritas no texto indicam que a disponibilidade de alimento para as espécies marinhas diminuirá em razão das secas crônicas em determinadas áreas e inundações em outras, tornando a opção (C) incorreta. As variações de temperatura induzirão mudanças no ciclo da água, mas não solucionarão os problemas de água potável no planeta. Logo, a alternativa (D) também não é válida. Variações de volume que venham a ocorrer, de acordo com o texto, não diminuirão a poluição aquática, como afirma a alternativa (E).

Percebe-se a diminuição das forças de atração entre as partículas, e não o aumento, como descrito em (D). Observando a imagem acima, notamos um aumento na energia cinética das partículas, invalidando a opção (E). Além disso, a densidade da água no estado gasoso é maior que a densidade da água líquida, que é maior que a densidade da água sólida. Resposta: B

78. Uma substância muda de estado físico através de

variações na pressão e/ou na temperatura. Com isso, é preciso recordar que o ponto de fusão (PF) corresponde à mudança do estado sólido para o líquido, enquanto o ponto de ebulição (PE) corresponde à mudança de estado líquido para o gasoso. O texto da questão informa que a temperatura é de 25°C, o que corresponde à temperatura denominada ambiente. Finalmente, conclui-se que, nessas condições, o cloro se apresenta no estado gasoso, o bromo se apresenta no estado líquido e o iodo se apresenta no estado sólido. Assim, ressalta-se que o estado físico de qualquer substância depende das condições de pressão e temperatura a que ela esteja submetida, levando-se em conta seus PF e PE.

Resposta: B

77. Os fenômenos citados nos três primeiros quadros da

tira são a fusão e a vaporização. Essas mudanças de estado físico são processos que absorvem calor, isto é, são endotérmicos. Elas ocorrem com o consequente aumento da energia cinética das moléculas. No estado sólido, as forças de atração entre moléculas são mais intensas que no estado líquido, que, por sua vez, são mais intensas que no estado de vapor. Logo, as mudanças citadas na tira ocorrem com diminuição das forças de atração entre as moléculas. A opção (A) está errada, pois as mudanças de estado mostradas na tira são fenômenos exclusivamente físicos. Os sólidos e líquidos, em geral, têm seu volume aumentado conforme a temperatura se eleva. Mas há substâncias que, em determinados intervalos de temperatura, apresentam um comportamento inverso, ou seja, diminuem de volume quando sua temperatura aumenta. Essa anomalia se apresenta no intervalo de 0 ºC a 4 ºC, isto é, nesse intervalo de temperatura, o volume da água diminui e, acima de 4°C, ela se dilata normalmente. Chamamos isso de comportamento anômalo da água. Por isso, a alternativa (C) também não é válida. A sequência da tira indica as mudanças de estado observadas na imagem abaixo:

10

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Resposta: E

79. O amálgama de ouro corresponde ao ouro dissolvido

no mercúrio. Essa mistura, ao ser aquecida, pode ser separada, pois o mercúrio (substância simples) vaporiza-se por ser mais volátil, separando-se do ouro. Esse processo nos remete à destilação simples. Na formação do amálgama de ouro ocorre a dissolução desse metal no mercúrio, o que significa a existência de uma solução (mistura homogênea); logo, a alternativa (A) é incorreta. O amálgama de ouro representa a mistura do ouro dissolvido no mercúrio (líquido); portanto, a letra (B) também está errada. A técnica utilizada para separar o ouro dissolvido no mercúrio é a destilação simples, não a destilação fracionada, como enunciado em (C). O mercúrio é mais volátil que o ouro (tem ponto de ebulição menor). Por isso, quando o amálgama é aquecido, o mercúrio vaporiza-se; logo, a letra (E)

Resposta: D Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado

80. Na cachaça que foi previamente adoçada, há uma 84. A sequência correta é a da alternativa (C). mistura de substâncias químicas, como álcool, açúcar e água, formando um sistema homogêneo. Logo, a bebida é uma mistura homogênea. A cachaça é composta de diversas substâncias, ou seja, há mais de uma substância química. Em sua destilação, aumenta o teor de álcool da mistura (água + álcool). O texto informa que há adição de açúcar, para a correção do sabor; assim, tem-se pelo menos três substâncias. Todas elas apresentam afinidade química, isto é, podem ser misturadas, formando uma mistura homogênea (solução).

Resposta: D

81. A alternativa correta é a (C), pois o etanol (também

conhecido como álcool etílico) e a água possuem grande afinidade química, sendo miscíveis entre si. Portanto, essa mistura de álcool hidratado é um exemplo de mistura homogênea, ou solução. Assim as alternativas (A), (B) e (D) são incorretas. Com relação à alternativa (E), esse valor citado corresponde a um percentual em volume, não em massa.

Resposta: C

82. No primeiro diagrama, a presença dos dois patamares

- mudanças de estados físicos à temperatura constante, sendo um para fusão e outro para ebulição - assegura que temos uma substância pura. O segundo diagrama, com apenas um patamar para a ebulição, mostra que se trata de mistura azeotrópica. A substância pura possui gráfico de mudança de estado físico obrigatoriamente com dois patamares, invalidando a alternativa (A). A mistura eutética apresenta um único patamar para a fusão; assim, (B) é incorreta. (D) está errada, pois se trata de um gráfico de aquecimento de substância pura; não mistura. Pelo diagrama, essa mistura possui ponto de ebulição definido e constante; portanto, a opção (E) é incorreta.

Resposta: C

83. A mistura inicial é composta de água e álcool, totali-

zando 800 kg, sendo que 20% dessa massa corresponde ao álcool. Logo, a massa do álcool é de 160 kg. Após a destilação, a mistura água e álcool totaliza 100 kg, sendo que 96% dela corresponde ao álcool. Logo, a massa do álcool é de 96 kg. Primeiro, encontramos a diferença entre a massa total inicial e a massa total final de álcool hidratado, que é 700 kg (800 -100). A seguir, calculamos a diferença da massa de álcool existente na mistura inicial e na mistura final, que corresponde a 64 kg (160 - 96). Então, chega-se à porcentagem do resíduo: 700 kg —100% 64 kg x% x = 9,143% Resposta: D

Elétron: carga elétrica (-1,602 x 10-19 C). Átomo de Bohr: núcleo com prótons e nêutrons rodeado por elétrons em órbitas estacionárias e quantizadas. A partir da mecânica quântica, surgiu um conjunto de princípios e leis para explicar o comportamento energético dos elétrons na eletrosfera; em razão disso surgiu um modelo mais moderno para o átomo, conhecido por modelo quântico. Átomo de Dalton: é indivisível e indestrutível nas reações químicas. Esse modelo contribuiu para uma nova direção nos estudos das transformações químicas que ocorrem com as unidades estruturais da matéria. Entretanto, estudos posteriores concluíram que o átomo contém partículas ainda menores, como prótons, nêutrons e elétrons. Próton: corresponde a 1 unidade de massa atômica (1u). Átomo de Rutherford: núcleo central com cargas positivas envolvido por uma nuvem de elétrons com carga negativa. Segundo esse modelo, o átomo tem duas regiões distintas: o núcleo e a eletrosfera. O núcleo é constituído de prótons e nêutrons. Os nêutrons são partículas sem carga que dariam estabilidade ao núcleo. Em torno dessa região central, existiria a eletrosfera, carregada negativamente, contendo partículas denominada elétrons. Resposta: A

85. Uma classe particularmente perigosa de compostos

são os metais pesados (Cu, Zn, Pb, Cd, Hg, Ni, Sn etc.). Além de muitos deles estarem ligados a alterações degenerativas do sistema nervoso central, uma vez que não são metabolizados pelo organismo, produzem o fenômeno da bioacumulação: quanto mais se ingere água contaminada com metais pesados, maior seu acúmulo nos tecidos do organismo. O cádmio (Cd), na sua forma iônica (Cd2+), apresenta raio e carga próximos daqueles íons que participam dos processos bioquímicos (Ca2+, Zn2+, Ba2+, Sr2+, entre outros de mesma carga). Dessa forma, o Cd2+ pode interferir nesses processos e até substituir alguns desses íons, como o Ca2+ (no caso dos ossos).

Resposta: C

86. O metal I é o mercúrio, que é líquido à temperatura

ambiente e dissolve diversos metais, formando uma liga chamada amálgama. O metal II é o sódio, que apresenta baixa temperatura de fusão, é mole e reage com a água e ácidos, liberando o gás hidrogênio. Os metais alcalinos são bastante reativos em água, em soluções aquosas e na presença do ar. O metal III é o ferro, o mais utilizado no mundo, constituindo o aço - mistura de ferro e carbono, em que o carbono apresenta porcentagem definida. O metal IV é o alumínio, muito empregado na construção civil e em embalagens metálicas.

Resposta: C

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

11


ENEM

gabarito comentado 87. Em um átomo no estado fundamental, o número de

prêtons é igual ao de elétrons, tornando-o eletricamente neutro. Quando um átomo nessa situação perde elétrons, sua eletrosfera muda, e ele se transforma em um íon com carga positiva, denominado cátion. O íon Fe2+ citado na questão possui 26 prótons e 24 elétrons. O íon Cu2+ citado na questão possui 29 prótons e 27 elétrons. Os íons Fe2+ e Fe3+ pertencem ao mesmo elemento químico, pois têm o mesmo número de prótons (igual número atômico). O íon Cr3+ citado na questão possui 24 prótons e 21 elétrons. O íon Cr6+ citado na questão possui 24 prótons e 18 elétrons.

Cloreto de sódio: é bastante solúvel em água e, além disso, em meio aquoso, se dissocia em íons, tornando o meio condutor de eletricidade. Esse composto não reage com HCI. Portanto, ele se encontra no frasco A.

Resposta: D

88. As moléculas representadas na questão sofrem ioni-

zação na presença da água e são capazes de formar íons livres em meio aquoso. Por esse motivo, suas respectivas soluções aquosas são condutoras de eletricidade. A alternativa (B) está incorreta, pois a molécula do SO2 é polar, enquanto a molécula do O2 é apolar. A letra (C) também está incorreta, porque a molécula do SO2 é angular, a do SO3 é plana trigonal, enquanto a do ácido sulfúrico não é piramidal. Na opção (D), o erro encontra-se na quantidade de elétrons de cada molécula. Vale ressaltar que as moléculas são eletricamente neutras; assim, o número total de prótons deve coincidir com o número total de elétrons. A molécula do SO2 apresenta 32 elétrons, a do SO3 apresenta 40 elétrons e a do H2SO4 apresenta 82 elétrons. Finalmente, o erro encontrado na alternativa (E) se deve à confusão entre ligação covalente polar, ligação covalente apolar e polaridade da molécula. Em uma molécula, quando átomos iguais se unem, a ligação é considerada covalente apolar (mesma eletronegatividade); já quando átomos de diferentes eletronegatividades se unem, temse uma ligação covalente polar. A polaridade de uma molécula relaciona-se à respectiva geometria molecular e à soma de todos os vetores na mesma molécula Assim,

(

)

quando essa resultante vetorial é igual a zero µR = O , a molécula é apelar; quando a resultante vetorial é dife-

(

)

rente de zero µR ≠ O , a molécula é polar. Assim, nas três moléculas encontram-se ligações covalentes polares; entretanto, em razão de suas geometrias, a molécula do SO2 é polar, a do SO3 é apolar e a do H2SO4 é polar. Resposta: A 89. O texto cita quatro compostos químicos: açúcar, cloreto de sódio, dióxido de silício e bicarbonato de sódio. Açúcar: é bastante solúvel em égua, mas, em meio aquoso, não sofre ionização, isto é, não forma íons. Assim, sua solução aquosa não é condutora de eletricidade. Além disso, esse composto não reage com HCI. Portanto, ele se encontra no frasco B.

Dióxido de silício: praticamente insolúvel em água, não reage com HCI. Portanto, ele se encontra no frasco D. Bicarbonato de sódio: é bastante solúvel em água, pois se dissocia em íons, tornando o meio condutor de eletricidade. Além disso, reage com HCI, de acordo com a seguinte reação: HCI + NaHC03(aq) → NaCI + H20 + C02↑. Um exemplo dessa reação é a utilização do bicarbonato como antiácido estomacal, para neutralizar o HCI presente no estômago, liberando gás carbônico. Portanto, ele se encontra no frasco C.

Resposta: E

90. A água mineral, de acordo com o rótulo, por apresen-

tar um pH = 10, possui propriedades básicas (alcalinas). Ao se adicionar nessa água os indicadores citados no texto, ela apresentará as seguintes colorações: Em presença de azul de bromotimol: coloração azul. Em presença de vermelho de metila: coloração amarela. Em presença de fenolftaleína: coloração vermelha. Em presença de alaranjado de metila: coloração amarela. Já a água de torneira, de acordo com o enunciado, apresenta um pH entre 6,5 e 7,5. Logo, em presença dos mesmos indicadores, apresentará: Em presença de azul de bromotimol: coloração verde. Em presença de vermelho de metila: coloração amarela. Em presença de fenolftaleína: incolor. Em presença de alaranjado de metila: coloração amarela. Comparando as duas situações, nota-se a diferença nos indicadores azul de bromotimol e fenolftaleína. Resposta: A

12

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM


ENEM

gabarito comentado 91.

I. Verdadeiro: a cal virgem apresenta propriedades básicas, isto é, em água reage produzindo uma base conhecida como cal hidratada. II. Verdadeiro: a adição de cal ao solo recebe o nome de calagem. Esse processo é utilizado pelos agricultores para neutralizar o solo ácido. III. Verdadeiro: o hidróxido de cálcio (cal hidratada) é uma base que produz íons OH- capazes de neutralizar os íons H+. IV. Falso: a cal virgem é um óxido básico. V. Falso: a calagem é feita para neutralizar o solo ácido e, portanto, para elevar o pH. Resposta: C

92. Para responder à questão, basta saber que a chuva ácida é consequência da reação dos óxidos de nitrogênio e enxofre com o vapor de água da atmosfera. O ácido nítrico e o ácido sulfúrico resultantes são lançados com a chuva e espalhados geograficamente.

Resposta: A

93. Por meio das equações químicas fornecidas, podese responder: I. NaHCO3 → Na+ + HCO3Essa reação representa a dissociação iônica do bicarbonato de sódio. H2O + CO2 II. H2CO3 Essa equação representa a decomposição do ácido carbônico com liberação de gás carbônico. H2CO3 III. HCO3- + H+ Essa equação representa a formação do ácido carbônico através da síntese de seus íons. IV. H3A 3H+ + AEssa reação representa a ionização do ácido cítrico. Resposta: E

94.

A equação química que representa a combustão completa do octano, um dos principais componentes da gasolina, pode ser assim representada:

Assim, observa-se que, para cada mol de octano consumido, são consumidos simultaneamente 12,5 mol de gás oxigênio, o que justifica que a alternativa (D) é correta. A alternativa (A) é incorreta porque o oxigênio é consumido na reação, e não produzido. Na reação de combustão, o gás oxigênio consumido recebe o nome particular de gás comburente. A letra (B) não vale porque o coeficiente estequiométrico da água é de 9 para cada mol de octano consumido. Já (C) está errada porque toda reação de combustão é exotérmica, isto é, ocorre com liberação de energia. Além disso, a água é produto nas reações de combustão, onde o elemento hidrogênio se faz presente na estrutura do combustível. A letra (E) também está incorreta, pois são produzidos 8 mol de CO2 para cada mol de octano consumido.

95. As moléculas X e Y atuam como extratores catiônicos, substituindo Cd2+, Ni2+ e Co2+ por H+. Assim, pode-se dizer que são os cátions metálicos as espécies removidas da solução aquosa.

Resposta: A

96. A siderurgia é a parte da metalurgia que estuda o

beneficiamento do ferro. Uma das aplicações importantes desse metal é a produção de aço, que contém basicamente ferro e carbono. Na siderurgia, o minério é aquecido a elevadas temperaturas na presença de carvão, oxigênio (ar) e calcário em altos-fornos (40 metros). Esse processo é o que se realiza atualmente em grandes siderúrgicas. Então, de acordo com o texto, pode-se concluir que a razão principal para que a extração do ferro a partir da hematita tenha ocorrido após o cobre ou o estanho tenha sido a necessidade da utilização de elevadas temperaturas.

Resposta: B

97. Ao analisar o quadro fornecido pela questão, conclui-

se que o percentual de ferro (Fe) presente nos minérios das regiões 2 e 3 á aproximadamente igual. Além disso, o percentual de enxofre (S) presente no minério da região 3 é bem menor quando comparado com o das regiões 1 e 2. Por esse motivo, o minério da região 3 produzirá uma quantidade menor de óxidos de enxofre (causadores de chuva ácida). Por fim, ao considerar a quantidade de ferro produzida e o impacto ambiental promovido pela utilização desses minérios, o mais conveniente seria a utilização do minério da região 3.

Resposta: C

98. A massa consumida do pneu pode ser encontrada

por meio da massa molar do isopreno: 1 mol de C5H8 --------- 68 g 31 mol CsH8 ---------- m m = 2108 g

Por meio da massa específica, pode-se calcular o volume consumido do pneu: 0,98 g -------- 1 cm3 2108 g -------- V V = 2291 cm3 Finalmente, calcula-se a espessura gasta do pneu, por meio da seguinte relação: V= h ⋅ A 2291=h ⋅ 20 ⋅ 190 h = 0,60 cm Dados de massas molares em g mol-1: C = 12 e H = 1. Resposta: D

Resposta: D Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

13


ENEM

gabarito comentado 99.

I. Verdadeiro: a água pesada é conhecida por apresentar o isótopo deutério (2H) ou o isótopo trítio (3H). Na questão, o isótopo considerado é o deutério. A molécula da água é triatô- mica (três átomos), sendo dois átomos do isótopo deutério e um átomo de oxigênio. MM (H20) = 2x2 + 16 = 20 u II. Verdadeiro: a densidade da água comum e a da água pesada são diferentes, pois volumes iguais contêm diferentes massas. III. Falso: a molécula da água comum apresenta as mesmas propriedades químicas da molécula da água pesada. Dessa forma, tanto a molécula da água pesada como a da água comum apresentam a interação dipolodipolo. Entretanto, nessas moléculas, a interação é mais intensa do que em outros compostos e é conhecida como ligação de hidrogênio.

PbSO4 + Na2CO2 → PbCO3 + Na2SO4 (1 mol) (1 mol) 303 g ----------- 267 g 3,6 kg ----------- x x = 3,2 kg de carbonato de chumbo 100% ----------- 3,2 kg de carbonato de chumbo 91% ------------- y y = 2,9 kg de carbonato de chumbo Resposta: C

Resposta: D

100. O gás carbônico é um dos principais gases respon-

sáveis pelo efeito estufa. Se bombeássemos C02(g) em águas profundas, teríamos impactos na biodiversidade marinha em razão das seguintes reações: CO2(g) CO2(aq) + H2O(l)

CO2(aq) H+(aq) + HCO3-(aq)

A dissolução do dióxido de carbono (CO2) na água do mar diminuiria a concentração desse gás na atmosfera, o que minimizaria os problemas do efeito estufa. Entretanto, esse procedimento acidificaria a água, o que seria prejudicial à biodiversidade marinha. Isso porque um aumento da concentração de íons H+ poderia provocar a dissolução de CaCO3(s), que é a substância essencial presente nos exoesqueletos marinhos, como mostrado na reação química abaixo: CaCO3(s) + H+(aq)

Ca2+(aq) + HCO3(aq)

Resposta: B

101. O texto informa que o agravamento do aquecimento

global ocorre principalmente em razão do aumento da concentração de gás carbônico (oriundo da queima de combustíveis que contenham carbono) na atmosfera. Por esse motivo, uma forma de minimizar esse fenômeno seria a utilização de outras fontes de energia (como eólica, elétrica e nuclear) e a redução do desmatamento, pois, dessa forma, os vegetais fotossintetizantes podem absorver uma quantidade maior de CO da atmosfera.

Resposta: C

102. A massa de resíduo de sulfato de chumbo pode ser

encontrada pelo percentual mencionado na questão: 6 kg de pasta residual ----- 100% m ------------------ 60% m = 3,6 kg de pasta residual de sulfato de chumbo Pela reação de obtenção do carbonato de chumbo, podese calcular sua massa através do rendimento de 91 %:

14

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias

Respostas & Comentários - Apostila ENEM

Gabarito Apostila ENEM  

teste dkdjskmdkjdskdjwkjdkmzdkws

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you