Issuu on Google+

R$ 10,90

La Bella Donna

Editorial inspirado nas belezas da Itália

Renato Brito

Uberlandense se destaca internacionalmente

Flores Raras

Glória Pires atua pela primeira vez em inglês

Edição 27


N

o mês dos pais, a homenagem não poderia faltar. Por isso, essa edição é dedicada àqueles que estão sempre por perto para apoiar e dar o suporte à família. O pai, como expressou Luiz Alves, “recebe uma missão divina que o aproxima do Criador, é como um espelho que recebe a luz de Deus e a reflete sobre seus filhos, é o farol que nos guia até um porto seguro, é a esperança que nos dá forças para seguir adiante, é a segurança que nos envolve quando mais precisamos”. Feliz dia dos Pais! Para comemorar, a revista Glass preparou matérias com assuntos que cercam o universo do pai moderno. A colaboradora Rosiane Magalhães traz a experiência de pais que mesmo com o trabalho se organizam e conseguem ser presentes na vida dos filhos. A psicóloga Adriane de Melo Silvestre fala do papel do pai na criação dos filhos e as mudanças ocorridas com o passar do tempo. As cronistas e jornalistas Bruna Tavares e Patrícia Caetano também deixam sua homenagem. A Glass escolheu a Croácia para ambientar essa edição. Localizada na Europa, nessa edição você conhece um pouco de uma cidade medieval, com belezas singulares e um restaurante especial! Por falar em Europa, quem está fazendo sucesso é o uberlandense Renato Brito. O destaque internacional veio por meio de um projeto voltado para sustentabilidade. O assunto, sustentabilidade, está em alta. Pensando nisso, um jovem brasileiro criou um projeto para propor fazendas verticais, vale a pena conferir. Todas as novidades dos mais variados assuntos você encontra aqui. Assim como as festas e eventos mais falados da cidade e região. Curta mais essa edição feita com carinho por toda a equipe Glass. Aproveite a leitura!

ITA MAZZUTTI beauty LUCIANO FARIA modelos CAMILLA FINOTTI / IZADORA BOAVENTURA (KEEP Management Brasil) direção ANGELO MAZZUTTI acessórios PRI SCHIAVINATO


Julho/Agosto - Edição 27

Direção Diogo Lage

Colaboradores Amanda Célio Bruna Tavres Ícaro Oliveira Fabiana Almeida Janaína Depiné Luciano Faria Marília Coelho Michele Borges Rosiane Guimarães

Administração Georthon Alves administrativo@revistaglass.com.br

Comercial Lidia Parente Valente comercial@revistaglass.com.br

Revisão Rachel Paiva rachel.paiva@yahoo.com.br

Paginação House Design 34 3219-0618 paginacao5@gmail.com

Jornalista Responsável Priscilla Rocha - 14950/MG redacao@revistaglass.com.br

Site Bockz Bockz.com

Impressão Gráfica 3 Pinti

Fotógrafo Ita Mazzutti

Edição Bimestral Tiragem 6 mil exemplares

Colunistas Adriane Silvestre Bruna Tavares Dannilo Camargos Diogo Lage Dudu Gontijo Sonia Sampaio

Entre em contato conosco: glass@revistaglass.com.br |

34

3210-9005

www.revistaglass.com.br


14

A Croácia é o destino desta edição, vamos imergir em uma cidade medieval

Uberlandense Renato Brito destaca-se internacionalmente com projeto de sustentabilidade

18 Pai também tem de ter jogo de cintura para conciliar a carreira com a criação dos filhos

24


As redes sociais viraram assunto sério e estratégico dentro das empresas

30

Países, pequenos e populosos, enfrentam problema com escassez de terra, mas há uma solução!

34

40 As compras online aumentaram, mas ainda é preciso ficar de olho para não ser enganado

Os melhores e mais badalados eventos conferidos por Dannilo Camargos, Sonia Sampaio e Dudu Gontijo

28

Já pensou em ter um ambiente em casa para libertar o músico que existe em você?

66


A cidade medieval

Dubrovnik Localizada na CroĂĄcia, a cidade guarda encantos Ăşnicos

14

| Pratique turismo


Rua Stradun: No coração de Dubrovnik, a rua principal da Cidade Velha, é cercada por muralhas do século 15, monumentos históricos, lojas, cafés. Deliciosa introdução para os encantos da cidade. Walls of Dubrovnik: As mural has foram construídas no século 10. Estendem-se por 2km ao redor da cidade e algumas podem chegar a quase 25 metros de altura. Do alto das muralhas, é possível admirar uma estonteante vista do mar Adriático, a imensidão de telhados avermelhados e alguns pontos de Dubrovnik que não foram reconstruídos após os bombardeios que assolaram a cidade nos anos 90. Dominican Monastery: Um dos mais importantes patrimônios artísticos e complexos arquitetônicos de Dubrovinik, o monastério e sua igreja estão entre as maiores edificações góticas da Costa do Mar Adriático. Em seu interior, encontram-se algumas das mais importantes coleções de pintura renascentista do país, com destaque para as obras do mestre italiano Tiziano Vecellio. Restaurantes Lokanda Peskarija: Localizado sob as muralhas históricas da cidade, o restaurante dispõe de um terraço com belíssima vista para o antigo porto. Serve culinária local com especialidades de frutos do mar. Nautika: O restaurante apresenta uma das melhores vistas de Dubrovnik, de frente para o mar e para o forte. Serve culinária internacional, com especialidades e variedades de frutos do mar. Oferece bons serviços e atmosfera muito agradável. Proto: O restaurante, tradicional e familiar, está no coração da Cidade Velha. Serve culinária local, em variadas e criativas receitas de frutos do mar. O Proto oferece ambiente agradável e descontraído, em especial nas mesas localizadas no terraço. Por Diogo Lage

C

idade costeira da Croácia e fortificação medieval construída sobre um rochedo, Dobrovnik é conhecida como a pérola do Adriático. Está cercada por uma muralha debruçada sobre o mar, de onde se tem incrível vistas panorâmicas para a cidade e o Adriático. A cidade, que sofreu grandes estragos quando foi bombardeada pelas forças militares da Sérvia e Montenegro em 1991, foi restaurada e preserva a arquitetura barroca e renascentista que datam dos séculos 15 ao 18, além das belas muralhas medievais. As ruas são ladeadas por palácios de pedra e construções em estilo veneziano, e o centro, repleto de monumentos e edifícios históricos, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. George Shaw, consagrado dramaturgo e jornalista irlandês do século 20, declarou “Se querem ver o paraíso na terra, venham a Dubrovnik”. Passeios Pratique turismo |

15


Hotéis Bellevue Hotel: No topo de um penhasco sobre a baía de Miramare e pouca distância do centro antigo de Dubrovnik, está o luxuoso Bellevue Hotel, um verdadeiro santuário para aqueles que procuram relaxar e despertar seus sentidos. Seu interior foi cuidadosamente decorado com o forte conceito art-chic, materiais orgânicos e atmosfera Mediterrânea. O uso de peças de arte de renomados artistas croatas unidos às soluções tecnológicas resulta em um ambiente único de simplicidade que inspira luxo e atenção aos detalhes. Villa Dobrovnik: O Hotel Villa Dubrovnik está localizado no alto de uma encosta, com belíssima vista para o Mar Adriático. A atmosfera romântica e aconchegante é ideal para aqueles que procuram o máximo de conforto em um destino de charme. Os quartos e suítes são espaçosos, decorados em estilo contemporâneo e possuem deslumbrantes vistas para o mar a partir de suas sacadas. Hospedar-se no Villa Dubrovnik não se resume apenas à hostilidade, excelência em serviços e momentos marcantes, mas sim a uma experiência única, que deve ser vivenciada em cada instante. Nautika Restaurante O Nautika Restaurante fica na beira do mar em Pile, ao lado da entrada oeste da Cidade Velha de Dubrovnik. Dos seus terraços exclusivos, os clientes podem desfrutar a vista para o Adriático e as fortalezas de Lovrijenac e Bokar. O chef do restaurante, Mario Bunda, lidera uma

16

| Pratique turismo

equipe cujas ofertas variadas incluem lagosta da Ilha Dálmata de Vis e iguarias das águas locais do Adriático. O papel do chefe é semelhante ao de um artesão, consiste em transformar algo que é belo por sua própria essência em algo excepcional. Nautika é um lugar que combina tradição, qualidade e criatividade. Ele oferece um estilo inovador e refinado de cozinha mediterrânica. O restaurante está instalado na antiga Escola de Dubrovnik de Estudos do Mar, onde se acolheram marítimos famosos desde 1881. Hoje, o restaurante serve para preservar a rica história do local, mantendo a atmosfera nobre do reinado de Dubrovnik como uma república. O Nautika foi reconhecido como o sexto restaurante mais romântico do mundo pela respeitada revista Condé Nast.


EM. B A L A F FAZ, M E U Q NCE. E I R S E A P T X E R A E S B E A S NGL I A A L R U U T C CUL MATRÍ

7 4 7 7 OM.BR .C A I 5 D N 3 LA 34 32 SAUBER AINGLE R U T L U WWW.C

Curto circuito |

17


18

| Pratique bem-estar


De Uberlândia para o mundo Por Michele Borges

Renato Brito destaca-se internacionalmente pelo trabalho que vem desenvolvendo na área de Cooperação entre Instituições e Governos

F

ilho da professora universitária Vânia de Oliveira e neto do pecuarista Sebastião de Oliveira, ele nasceu e cresceu em Uberlândia. Começou a se destacar já na 3ª série, quando venceu o concurso de poesia da ESEBA – Escola de Educação Básica, onde estudou parte de sua vida escolar. Da faculdade de Direito na UCB – Universidade Católica de Brasília (instituição onde também desenvolveu seus estudos de mestrado e doutoramento) partiu para Universidade do Cabo, na África do Sul, como o pesquisador visitante mais jovem da história desta instituição. Envolvido em vários projetos de voluntariado, desenvolvimento humano e sustentabilidade, foi indicado em 2006 para o Conselho Diretor Nacional da American Field Service no Brasil, e em 2008 ingressou no Sistema das Nações Unidas - ONU, onde teve certeza da vocação para a cooperação internacional. No Governo Brasileiro, esteve também no Ministério da Educação entre 2009 e 2010. Desde 2011, está à frente da pasta de Sustentabilidade Ambiental do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Seu nome: Renato de Oliveira Brito.

Pratique bem-estar |

19


Projeto internacional será lançado em breve

O jovem executivo não a chama atenção somente pela pouca idade e inúmeros cargos de importância. Ultimamente, tem sido notícia em importantes veículos de comunicação do Brasil e exterior pela conquista inédita em mais de 150 anos de existência do Mapa. Através de um projeto idealizado pela pasta de Brito, o Brasil irá receber do Governo do Reino Unido cerca de R$ 80 milhões como doação para serem aplicados em ações que visam à redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) decorrentes das atividades agrícolas. O projeto, chamado “Agricultura Sustentável para o Desenvolvimento Rural”, foi o único brasileiro considerado no processo de aprovação do Governo do Reino Unido para a alocação de recurso equivalente a £ 25 milhões. Conforme explica Brito, a ideia surgiu no sentido de aproveitar oportunidades de fundos internacionais não reembolsáveis para levantar recursos para implementação de projetos sustentáveis. Muitos destes fundos ainda

não são conhecidos pelo público brasileiro. “Ficamos um ano trabalhando nisso – de janeiro a dezembro de 2012, considerando a concepção, construção e aprovação do projeto, que beneficiará diretamente pequenos e médios produtores”, ressalta. Em entrevista à Revista Glass, o uberlandense e chefe da pasta de Sustentabilidade Ambiental do Mapa explica que o objetivo do seu projeto é restaurar áreas degradadas em pequenas e médias propriedades rurais nas regiões da Amazônia e Mata Atlântica. “Ele é um piloto para o desenvolvimento estratégico da agricultura brasileira e para o impacto ambiental positivo que visa atingir. Mais que uma cooperação entre ministérios, este é um projeto entre os Governos do Brasil e Reino Unido”, enfatiza Brito. A implementação e execução do projeto já começaram, mas o seu lançamento oficial acontecerá em agosto com presença de autoridades brasileiras e britânicas em Brasília. O prazo para sua finalização é de quatro anos.

Maior recurso já recebido pelo BID na América Latina

O projeto será implementado e executado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), juntamente, com instituições financeiras operadoras de crédito agrícola. Em termos de doação, é o maior recurso já recebido pelo banco em toda a sua história na América Latina. Cada estado brasileiro beneficiado terá como investimento cerca de R$ 10 milhões, incluindo os três componentes do projeto, a seguir: Apoio financeiro a pequenos e médios produtores que adotarem tecnologias de baixa emissão de carbono na agricultura e/ou recuperarem áreas de mata nativa. O acordo deste pagamento será firmado, através de um contrato prévio, com os produtores engajados em mudar a sua gestão da terra para melhorar os estoques de carbono; Assistência técnica aos produtores através de treinamento que será fornecido para os produtores interessados em participar do projeto para saberem mais sobre as tecnologias agrícolas de baixa emissão de carbono promovidas e gestão da produção; Gestão do Projeto, monitoramento e avaliação para supervisão do mecanismo de execução e compa-

ração dos resultados obtidos com os resultados esperados. O programa de avaliação de impacto também estará incluído neste componente. O projeto será aplicado nos estados do Mato Grosso, Pará e Rondônia, no bioma Amazônia, e nos estados da Bahia, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, no bioma Mata Atlântica. Nessas regiões, a meta é alcançar os objetivos de 41.560 hectares de florestas e pastagens degradadas convertidas em modos mais sustentáveis de produção, beneficiando 3.710 produtores rurais com apoio técnico e financeiro para a implantação de tecnologias agrícolas de baixa emissão de carbono. “O grande diferencial desse projeto é que ele vai oferecer aos interessados a capacitação para a gestão do seu negócio. Não acredito em sustentabilidade sem gestão. É preciso ajudar os pequenos e médios produtores a ter ferramentas para gerir suas propriedades, enxergando suas potencialidades e debilidades, e aprendendo, assim, a ser sustentável na mais larga acepção da palavra”, comenta Renato Brito, que ocupa também o cargo de chefe-adjunto da Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Mapa.

20

| Pratique bem-estar


O desafio de comer com saúde

Conheça algumas histórias de quem realmente se preocupa em ter uma vida mais saudável

Por Ícaro Oliveira

A

limentar-se bem é um desafio da vida moderna. Como garantir uma alimentação saudável no corre-corre da vida diária? Quem realmente prioriza esse tipo de alimentação tem certamente mais desafios do que aqueles que não se atentam para isso. A jornalista Michele Borges e o fotógrafo Douglas Luzz estão casados há quase quatro anos e não abrem mão de cozinhar para a família. “Um de nós para as atividades de trabalho mais cedo para fazer o almoço durante a semana. Fácil não é, porque além do tempo para cozinhar, existe o tempo de ir ao sacolão ou supermercado, mas é uma forma de garantir que nossa família esteja se alimentando de forma saudável. Cozinhar, para mim, envolve cuidado e carinho”, diz a diretora da Ciclo Assessoria de Imprensa. À noite ou em fins de semana, a família procura opções de alimentação saudável fora de casa. “A preocupação é constante, principalmente, porque temos

22

| Pratique bem-estar


dois filhos pequenos, e muitas vezes sentimos falta de mais opções na cidade que assegurem uma alimentação prazerosa e, ao mesmo tempo, saudável”, afirma Michele. O mesmo sentem a psicóloga Mariela Ballardin e o marido Geraldo Magela, que há nove meses mudaramse com a filha pequena para Uberlândia. “Sou de Porto Alegre/RS, onde sempre fui cliente de uma franquia de alimentação saudável, que é uma referência no sul do país. Quando cheguei aqui, senti muita falta de ter um lugar onde eu pudesse passear com minha família, tendo a certeza de que os alimentos são selecionados cuidadosamente e preparados de acordo com uma nutrição balanceada”, afirma Ballardin. Diante disso e do objetivo de investir na cidade, o casal decidiu trazer o Saúde no Copo para Uberlândia. “Seremos responsáveis pela administração de uma ope-

ração da franquia na cidade. Mais do que um negócio, esta foi a forma encontrada de influenciar nossa própria qualidade de vida”, afirma Magela. Diferenciais no cardápio A franquia possui hoje um cardápio com opções bastante variadas. Os produtos pioneiros da marca – como sucos, smoothies e açaí – são alguns dos mais procurados. Ao cardápio das lojas, foram agregados wraps, cafés especiais, chás orgânicos, pratos e caldos quentes, doces e salgados integrais, saladas e sanduíches artesanais – nos formatos quente e frio. Hoje, um dos grandes diferenciais da marca são os sanduíches artesanais e gourmets. Com a apresentação de pães de primeira qualidade, o produto foi buscado em Montevidéu, no Uruguai, através de receitas centenárias, onde a massa artesanal do pão é desenvolvida através de fermentação natural (biológica), garantindo o sabor caseiro, estilo Europeu, e o cuidado na manutenção de matérias-primas selecionadas. As novidades do cardápio ainda contarão com cremes quentes, novas opções de doces integrais, chocolate quente e salgados integrais. Tudo para quem precisa comer bem e com saúde, mas não encontra tempo para preparar sua própria alimentação. Para o reumatologista Dr. Carmo de Freitas, adepto ao estilo de vida saudável, a chegada de lojas como essa em Uberlândia é boa notícia. Com 66 anos, o médico é um praticante da alimentação saudável e de atividades físicas. Ele conta que, em seu consultório, o número de pacientes com problemas reumáticos que estão acima do peso e não conseguem fazer dieta é enorme. “Com a correria do dia-a-dia, o surgimento de espaços como este é uma necessidade do nosso tempo”, garante o membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia. Ideais em comum no mesmo lugar Em Uberlândia, o Saúde no Copo será instalado no Gávea Sul Pátio Shopping, mini-shopping em construção no bairro Morada da Colina, na zona sul da cidade. O empreendimento possui como diferencial o fato de agregar em seu projeto de construção diversas atitudes sustentáveis, como aproveitamento de iluminação natural e água da chuva, geração de energia eólica e fotovoltaica, entre muitos outros. Segundo o diretor do Gávea Sul Pátio Shopping, Marcelo Góes, tais diferenciais estão atraindo pessoas que têm em comum o objetivo de contribuir de alguma forma para uma sociedade com mais qualidade de vida. “Além do Saúde no Copo, a sorveteria Bicota, que apresenta essa mesma preocupação com a saúde do consumidor ao não introduzir em seus produtos lactose e conservantes, terá uma loja no espaço. Espaços como o nosso, que reúnem pessoas que adotam certos hábitos (de se alimentar bem, praticar exercícios ou não agredir ao meio ambiente) como estilo de vida, existem nas grandes cidades, mas em Uberlândia acredito que somos o primeiro. Tomara que venham outros!”, comenta Góes.

Pratique bem-estar |

23


Pai presente: como conciliar

carreira e filhos

Conheรงa truques de alguns pais para aproveitar ao mรกximo o tempo com filhos

24

| Espaรงo cultural


Por Rosiane Magalhães

O

modelo de vida atual exige dos homens mais do que garantir sustento da família. Até porque, esta tarefa já é compartilhada com as mulheres. Atualmente, eles são chamados a participar ativamente das atividades dos filhos. Mas como conciliar agenda de negócios e estar presente no cotidiano das crianças? Muitos pais possuem alguns truques para estas horas: vale brincar de boneca, recorrer à tecnologia dos celulares e internet, levar e buscar na escola e em festas com amigos, além de trocar fraldas. Sempre com muita paciência e carinho com os pequenos e mesmo com os maiores. “Devemos estabelecer uma relação familiar mais próxima e saudável, um ambiente de companheirismo, amizade e amor. Acredito que um ponto importante é separar tempo na agenda para os filhos e dar atenção exclusiva a eles nestes momentos”, aponta Adriano Tavares, pai de Mickaella Braz Tavares (3 anos). Entretanto, ele confessa que não é fácil organizar agenda profissional e ainda acompanhar atividades da filha, principalmente, em horário comercial e quando está em viagem de trabalho. “Sempre que posso almoço em casa, levo-a para escola, no decorrer do dia ainda nos falamos por telefone. Nos finais de semana, procuro compensar a ausência participando de atividades para as quais ela me chama, como: brincar de boneca ou no parquinho, assistir desenho, ir ao shopping, visitar familiares. Incentivo também nas aulas de balé, de música e outras recreações”, conta gerente administrativo da PDCA Engenharia. Quem também aproveita os pequenos momentos na companhia da filha é o empresário Juarez Pina, pai de Geovana Carrijo Borba Pina (2 anos). “Foco muito na qualidade do tempo que passo com minha filha. Em meio à correria, o que vale é aproveitar ao máximo os momentos juntos para brincar, ouvir música, contar histórias, enfim, me doar completamente a ela”, enfatiza diretor da VTS BRASIL. “Infelizmente o trabalho exige boa parte do meu tempo. Mas faço questão de acompanhar crescimento da Geovana. Levo-a e busco-a na escola pelo menos duas vezes por semana, procuro estar nas festinhas escolares, nas reuniões de pais, saber sobre rotina e atividades que

promovem seu desenvolvimento. Mesmo em viagem, não abro mão de vê-la todos os dias. Nestas situações, conecto-me com minha família por videoconferência. A tecnologia, sem dúvida, elimina distância e nos conforta neste momento”, argumenta o empresário. No caso do dançarino e coreógrafo, Vanilton Lakka, a maioria das atividades profissionais é fora de Uberlândia. Porém, ele explica que organiza agenda de viagens de acordo com datas comemorativas, como aniversários, para estar na cidade ao lado da filha Sofia Kochmann de Freitas, de 3 anos. “Sempre quando chego das viagens faço questão de ter um tempo com ela. Gosto de levá-la e buscá-la na escola. Adoro ir à casa da minha mãe com ela, essa relação de gerações me deixa muito feliz. Mas o melhor é jogar ela para cima em qualquer lugar”, revela. Família maior: sinônimo de mais trabalho? Se já é complexo organizar tempo para acompanhar atividades de uma criança, o que dizer então quando se tem 3 filhos, sendo 2 com menos de 2 anos? Esta é situação do fotógrafo Douglas Luzz, pai de Pietra Melo Silva (11 anos), Benício Soares Borges (1 ano e 9 meses) e Benjamin Soares Borges (6 meses). “Neste caso, são atividades bem diferentes. A Pietra vive com a mãe e, sempre que posso, ajudo nas atividades escolares. Com os bebês, eu ajudo em praticamente todas as atividades, inclusive, troca de fraldas, mamadeiras e banhos. Também tem as horas de lazer, que são as melhores”, admite. Luzz ainda é diretor administrativo da Ciclo Assessoria de Imprensa. Para conseguir conciliar tantas atividades, argumenta que seu segredo é não ter horários fixos. “Minha agenda é bem flexível, então ajudo nos momentos em que estou mais tranquilo. Mas quando estou atarefado, conto mesmo é com a ajuda das mães, babá e avós”, conta. Mas todo esse trabalho pode ser ainda maior ou não se os pais conseguirem se organizar. Assim afirma o empresário Marcelo Góes que tem 4 filhos: Malu Mariana Espaço cultural |

25


(16 anos), Luma Laura (14 anos) e os gêmeos, Luiz Marcelo e Marcelo Augusto, com 12 anos. “Organização é o ponto chave, pois quando recém-casados, os sonhos e ideais são muitos, criação dos filhos é um objetivo maior, mas com o passar do tempo, outras demandas, como carreira e realização financeira, também crescem. Aí é da natureza buscar o caminho mais fácil. Se observarmos a água, ela sempre vai buscar a forma mais simples para seguir seu curso. Na vida, acredito acontecer o mesmo com os pais como meio de resolver as situações. Porém, os filhos ainda não entendem. Assim, é necessário muita paciência e conversa, associada à uma postura firme”, justifica o diretor do street mall, Gávea Sul Pátio Shopping. Goés explica que a rotina sempre foi simples. Por muitos anos, todos ficaram na mesma escola e no mesmo horário. Em casa, eles têm horários estabelecidos para acessar a Internet, assistir televisão e estudar. Eles mesmos controlam uns aos outros. “O fato de termos 4 filhos tenho certeza que colabora para eles mesmos entenderem a necessidade de partilhar e ajudar, principalmente, de planejar o que querem. Falando assim pode parecer fácil, mas não é. Porém, como não existe a opção desistir, minha esposa e eu permanecemos ativos, presentes e certos de estarmos fazendo o melhor”, diz. Para reforçar a presença paterna, o empresário faz questão de sempre acompanhar os filhos na escola, eventos sociais, e ter momentos em casa. “Acredito muito nos pequenos detalhes do dia-a-dia, como pontos fundamentais para lapidação da formação deles. Uma palavra de maturidade sendo colocada no contexto da criança ou adolescente, no momento exato e necessário, tem um poder diferente, ela fixa-se para vida toda. Por isso, se posso estou presente, dando a eles os espaços que precisam para fazerem suas próprias escolhas, mas sempre observando”, reflete. Mais do que correria e imaginação para conciliar tantas atividades, estes e outros pais têm algo maior em comum: o brilho no olhar e sorriso fácil ao falarem dos filhos.

26

| Espaço cultural


Bruna Tavares

Imersão em Inglês meio do caminho. Por isso, além de optar por estudar em uma escola com método inovador, a Geração Y clama por aulas que saiam do lugar comum, com músicas, filmes, brincadeiras e debates que tornem o processo de aprendizagem mais dinâmico. Sair da sala de aula e explorar novas formas de aprender e praticar a língua é, sem dúvida, uma experiência muito enriquecedora. As aulas fora da sala de aula levam o aluno a colocar em prática seus conhecimentos em uma verdadeira experiência de imersão. Ir a um restaurante, biblioteca ou shopping onde a língua falada seja a inglesa, é uma ferramenta muito interessante e agregadora no processo de aprendizagem. Simulação em inglês no aeroporto

Geração Y não se contenta com aulas tradicionais

E

m mundo globalizado, onde as pessoas querem e precisam se comunicar em inglês com segurança para trabalho, viagens ou estudos, os tradicionais métodos de ensino de idiomas que consistem em uma sala com vários alunos, um professor detentor do conhecimento e um quadro branco, já não atendem a uma demanda cada vez mais expressiva: a Geração Y, que se destaca por seu dinamismo, hábitos, necessidades, estilo de vida e aprendizado diferenciados. Vivemos a era da informação, na qual tudo é imediato e interativo. Nesse contexto, em que a chamada Geração Y (os nascidos após os anos 1980) está à frente do Mercado de Trabalho, as aulas de inglês tradicionais precisam ser remodeladas e incrementadas, visando atender esse público que precisa estar sempre motivado e interessado. Além de tudo, essa geração está em contato com a língua inglesa diariamente, por meio da internet. Com tanta informação, atrair essa turma não é fácil - mais difícil é fazer com que ela não se disperse no

A Park Idiomas, escola com método focado na comunicação oral, realizou atividade extra com seus alunos no aeroporto Tenente Coronel Aviador César Bombonato, em Uberlândia. O evento simulou atividades reais do ambiente de aeroporto como check-in, extravio de bagagem, troca de voo, etc - tudo em inglês. A atividade faz parte do projeto “Real Life Situations”, que busca vivenciar momentos do cotidiano em locais como hotéis, restaurantes e táxis, permitindo que alunos pratiquem o idioma em situações que vivenciariam em uma viagem internacional, consolidando, assim, o aprendizado em sala de aula. “A atividade me deixou mais preparado para uma viagem, além de catalisar o aprendizado", analisa Leonardo Baldez, economista e aluno da escola. Para a proprietária da escola, Ana Capelaro, o evento foi de grande importância para a complementação ao ensino fora de sala de aula. "A Park é uma escola totalmente voltada para a vivência do aluno na língua inglesa, e por isso se preocupa em proporcionar mais do que aulas 100% práticas, como também experiências fora da escola que contribuem para a segurança do aluno no idioma", declara. Espaço cultural |

27


Estúdio musical em casa,

é possível!

Garage Band é um espaço dentro de um condomínio que promete levar música a todos sem incomodar os vizinhos

28

| Espaço cultural


Rosiane Magalhães

Q

ual apaixonado por música nunca sonhou em ter um estúdio em casa? E qual vizinho nunca se incomodou com o barulho desses talentos musicais ao lado? Mas é possível oferecer este luxo e ainda solucionar esse conflito entre moradores de condomínios, como comprova o novo empreendimento da GSP Loteamentos em Uberlândia. O GSP Arts inova com o inédito Garage Band, um espaço para as bandas dos moradores fazerem seus ensaios sem incomodar os demais nos momentos de descanso. Esta novidade atende aos adolescentes e jovens que se aventuram no mundo musical. “Gostaria de ter um estúdio desses em casa, pois assim poderia tocar bateria em qualquer momento. Inclusive, deixei de fazer as aulas por não ter espaço para praticar. Meus pais não concordaram em manter o instrumento no meu quarto por causa do barulho”, conta o estudante Flávio Henrique Moreira, de 16 anos. Mas o sonho de ter uma banda ultrapassa a adolescência. Carlos Fogassi, o Montanha, tem 29 anos e é guitarrista da Banda Stranger (The Doors Cover). Ele observa que um estúdio em casa pode inclusive incentivar a prática musical. “Acredito que um estúdio disponível é inicialmente um incentivo. Mas dependerá de como cada

pessoa se dedica à música. O desenvolvimento musical demanda tempo e treinamento rigoroso, para que efetivamente aconteça. Na agitação do dia-a-dia é cada vez mais difícil encontrarmos tempo”, declara o guitarrista que concilia trabalho, faculdade e música. “Seja em estúdio comercial ou caseiro, acústica apropriada é o ideal tanto para ensaios profissionais, quanto para diversão ou musicoterapia. Ela ainda garante a tranquilidade dos vizinhos”, aponta Fogassi. Wellington Martins, morador de condomínio, concorda que estes ambientes planejados são ideais para manter a harmonia entre os moradores. “Todo condomínio deveria ter um espaço próprio. Afinal, música é ótimo, mas ter de compartilhar do ensaio dos vizinhos em meus momentos de descanso não é agradável. Ainda mais se for estilo musical diferente do que gosto”, justifica. O Garage Band também será entregue decorado e equipado com mobiliário da Sierra Móveis. “Com design sofisticado e moderno, móveis e elementos decorativos complementam cada ambientação de forma única e exclusiva. Para este espaço dedicado aos jovens e adolescentes, buscou-se uma linguagem mais dinâmica e criativa, com a utilização de pinturas em tons vibrantes e aplicação de papel de parede”, explica Tatiana Matallo, arquiteta de interiores da GSP Loteamentos. Espaço cultural |

29


Bruna Tavares

Priscilla Rocha

Fazenda Vertical:

já ouviu falar? Soluções em prédios podem criar alternativas para países com pouca extensão territorial 30

| Espaço cultural


T

endo como inspiração a cidade de São Paulo, o arquiteto brasileiro Rafael Grinberg Costa decidiu criar o projeto Fazenda Vertical. “Com as mudanças climáticas, o aumento da população e a escassez de terras não podemos mais prever se haverá condições de mantermos as plantações que nos alimenta. A produção agrícola atual envolve riscos de saúde para os trabalhadores, uso de pesticidas que contaminam os alimentos e o solo, poluição no transporte dos alimentos do campo para as cidades”, ressalta. A ideia é aproveitar áreas dos prédios degradados de São Paulo para o cultivo de hortaliças, o que ajudaria na redução de emissão de gases no transporte de alimentos e permitiria a diminuição do uso de herbicidas nas plantações. Além desse benefício, o cultivo não teria interferências comuns na agricultura. “Essas plantações podem ser feitas durante o ano inteiro, sem preocupação com mau tempo, seca ou desastres naturais. A construção deve ser protegida (como uma estufa) e monitorada, para não haver necessidade de pesticidas contra insetos ou parasitas”, alerta. Segundo o arquiteto, o cultivo abasteceria a população local. “O resultado disso é que a agricultura vai tornar-se um sistema integrado - o alimento é cultivado, transportado e consumido na mesma área. À medida que as fazendas verticais vão existir nas comunidades às que serviriam, a seleção das plantações poderá ser adaptada para atender a comunidade local”, acrescenta. A contribuição para o meio ambiente não para aí, o arquiteto sugere que os espaços utilizados para a agricultura, após a grande adesão da população pelas fazendas verticais, dariam espaço para novas florestas. “O resultado será um grande contrapeso para diminuir o aquecimento global. As áreas desmatadas voltarão a seu estado natural, repletas de espécies de plantas e animais, reduzindo assim o CO2 da atmosfera e controlando o aquecimento global”, reforça. A grande preocupação é com o abastecimento do mundo em 2050, quando a estimativa é de a po-

Espaço cultural |

31


pulação tenha um acréscimo de 3 bilhões de pessoas. Os estimuladores das fazendas verticais alegam que um edifício de 30 andares poderia alimentar até dez mil pessoas. O projeto é de 2011 e foi apresentado para a Prefeitura de São Paulo, mas sem sucesso. Já que a área degrada foi demolida para a construção de um parque. Projetos parecidos já existem em alguns lugares, mas poucos foram executados. Como exemplo, pode-se citar a Singapura. O país tem o território pequeno e por isso não consegue investir em grandes plantações. Para auxiliar na produção de alimentos, fazendas verticais foram projetadas. Elas são formadas por torres de até nove metros de altura e com 38 calhas para o cultivo dos vegetais. Porém, esse projeto não utiliza o sistema hidropônico. As plantas são cultivadas no solo.

32

| Pratique Espaço cultural bem-estar

O conceito de fazenda vertical foi criado em 1999, por Dickson Despommier, professor de saúde pública na Universidade Colúmbia, em Nova York, com os alunos de pós-graduação em sua classe de ecologia médica, o estudo investigou como o meio ambiente e a saúde humana interagem. Para o Presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, o projeto é de grande valia para áreas urbanas, mas lembra que há ainda muito espaço agricultável no campo. “Atualmente apenas 7% de nosso território nacional é destinado à agricultura, e desse espaço tiramos todo o alimento servido em nosso país e ainda exportamos. Qualquer medida que vise aproveitar ainda mais nosso potencial e ainda contribuir para a sustentabilidade na agricultura é válida”, declara.


Agricultura Sustentável, sim! Quem fala sobre o assunto é o controller da Cia da Terra, empresa distribuidora de grãos e consultora do setor de agronegócios, Fabio Sangenetto: “As pessoas estranham quando escutam o termo “Agricultura Sustentável”, porque criou-se um mito em torno da agricultura como vilão do meio ambiente. No entanto, atualmente a agricultura não interfere no meio-ambiente de forma tão agressiva como muitos pensam. É preciso observar que 65% do território brasileiro é ocupado por vegetação nativa, enquanto apenas 7% são destinados à agricultura, setor este que mais incrementa o PIB e tem sido responsável por sua não estagnação. Hoje contamos também com uma regulamentação rígida que mantém áreas de proteção permanentes, conforme os zoneamentos dos Biomas, auxiliando na questão da manutenção do meio-ambiente. Além de abastecer o Brasil com produtos agrícolas, o setor ainda exporta para o mundo todo, provendo uma questão tão grave quanto à devastação ambiental: a falta de alimentos no planeta. De acordo com projeções da FAO (Food and Agriculture Organization), até 2030, 8 bilhões de pessoas precisarão de alimento; em 2050 haverá cerca de 9.1 bilhões de pessoas no planeta – é preciso produzir alimento para todas elas.

Para suprir essa necessidade iminente, o agronegócio está em pleno desenvolvimento, inclusive tecnológico. Novas práticas de cultivo têm viabilizado a integração da agricultura e pecuária, contribuindo para a produtividade – são maiores e crescentes os volumes produzidos nas mesmas áreas. Para isso, contribuir com esse aumento de produtividade e verticalização da produção, a biotecnologia entra em campo agregando valor às sementes, preparando-as para maior resistência a pragas e doenças, assim como para passar por condições climáticas adversas. Hoje há tecnologias que analisam criticamente o solo e utilizam os dados precisos obtidos para direcionar e corrigi-los de forma otimizada. Toda essa dimensão econômica dá ao Brasil a responsabilidade de não descansar enquanto vigilante da conservação da natureza. Estamos entre os 03 maiores exportadores de produtos agrícolas do mundo, o que nos garante monitoramento adequado quanto à manutenção do meio ambiente. Não podemos descansar, uma vez que muitos países não fizeram seu dever de casa e ainda hoje nada fazem de forma efetiva para reverter os danos causados ao planeta, e pensando nisso, a agricultura conta com muitos incentivos, tecnologias e medidas de atuação que visam diminuir os impactos ao meio ambiente – ou até mesmo contribuir para sua conservação”. Pratique Espaço bem-estar cultural||

33


Aprenda a fazer uma

compra segura na internet

Por Amanda Célio

N

a era digital, o que mais vale é se apegar aos jargões usados pelas nossas mães e avós de que "todo cuidado é pouco". Não é bom dar bobeira quando o assunto é internet e pautar a segurança, que se faz necessário a cada dia para os usuários, é essencial para evitar constrangimentos ou prejuízos. Com a vinda dos e-commerces, vários usuários optam por fazer compras na internet, principalmente pela praticidade e conforto. O comércio eletrônico expandiu-se rapidamente nos últimos anos e é previsto que continue a expandir com a mesma taxa de crescimento ou mesmo que haja uma

34

| Espaço cultural

aceleração do crescimento. Na hora de comprar pela internet é preciso verificar alguns itens para saber ao certo se o site é de segurança. O empresário Lucas Carneiro, proprietário da Webnet Soluções Tecnológicas, listou algumas dicas para que o consumidor não faça uma comprar irregular: É importante verificar se o site possui alguns certificados de segurança, o principal é o SSL (cadeado), este prevê a privacidade e a integridade de dados entre duas aplicações que se comuniquem pela Internet; Existem outros também importantes, como o selo do Site Blindado, empresa responsável por auditar os sites diariamente para verificar vulnerabilidades ou falhas de segurança;


É preciso estar atento se o site atende à nova lei de segurança na internet, ou seja, se exibe o telefone, chat online, CNPJ da empresa e outras referências; Buscar referências: fornecedores recomendados por amigos e familiares em redes sociais. Segundo o empresário, observando essas dicas o consumidor pode ir às compras com mais tranquilidade e sem receio de estar fazendo um mau negócio."O Procon disponibiliza na internet periodicamente sites que não são de confiança e não seguem às leis propostas. Isso ajuda na hora de escolher os locais para fazer as compras”, disse. Dentre as reclamações mais comuns dos consumidores estão a demora na entrega do produto e a falta de retorno das reclamações. Desde 2011, o Procon já listou mais de 275 sites de lojas virtuais que não são confiáveis. Os casos são denunciados ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) e ao Comitê Gestor da Internet (CGI) e o mais indicado é que o comprador consulte a lista antes de fechar o negócio pela internet.

Acesse o QR Code ao lado e veja uma lista de sites não confiáveis

Espaço cultural |

35


Priscilla Rocha

Lei que oferece vale para trabalhadores consumirem produtos e serviços culturais Ê sancionada e deve entrar em vigor em setembro 36

| Espaço cultural


tivo à Cultura do Ministério da Cultura, Henilton Parente de Menezes, irá contemplar todo o setor, por meio de duas etapas. “Primeiro, fortalecer o mercado consumidor de bens e serviços criativos e, segundo, contribuir para a formação de cidadãos apreciadores e consumidores de cultura”, acrescenta. A Policard, empresa especializada em meios eletrônicos de pagamento, já desenvolveu o produto. Para lançar o Cartão Cultura Policard, convidou executivos de algumas das principais empresas do país para uma área VIP do espetáculo Corteo, dentro do Tapis Rouge, do Cirque Du Soleil. De acordo com o presidente da Policard, Humberto Carneiro, esse será um novo produto que deve aquecer o mercado de benefícios. “A Policard já desenvolveu o cartão e aguarda a regulamentação. O setor de cultura irá crescer muito. Abrirá um mercado de R$ 7,2 bilhões de reais ao ano”. Carneiro ainda ressalta a importância do Vale-cultura. “É um programa muito especial, pois leva à população inclusão sociocultural, aumento do consumo cultural no país, estimulo à visitação em estabelecimentos culturais e artísticos e incentivos a eventos e espetáculos. O programa é semelhante ao modelo do PAT, com incentivo fiscal de 1% para as empresas”, acrescenta. O Presidente da Unidade de Benefícios da Policard, Eduardo Guerreiro, afirma que as empresas só têm a ganhar aderindo ao programa. “Por meio dos benefícios os processos são otimizados e os custos reduzidos, além de aumentar a satisfação e a produtividade dos colaboradores”, finaliza. O benefício será oferecido aos trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos e cuja empresa tenha aderido ao programa. Apenas 10% (R$ 5) serão debitados do salário do trabalhar, o restante é pago pela empresa que, em contrapartida, terá incentivos fiscais. O programa irá injetar 11,3 bilhões de reais na cadeia produtiva da cultura e terá R$ 300 milhões em renúncia fiscal. A estimativa é de que 42 milhões de trabalhadores serão beneficiados –desses, 36 milhões ganham até cinco salários mínimos.

V

ale-alimentação, vale-transporte, vale-refeição... São vários os tipos de benefícios oferecidos pelas empresas para seus funcionários e, assim, com isenção fiscal, conseguir proporcionar salários melhores aos colaboradores. Em dezembro do ano passado, foi sancionada uma lei que visa oferecer mais cultura à população, principalmente a de classe baixa. A lei ainda passa por regulamentação do Ministério da Cultura e deve estar em funcionamento em setembro. Segundo a UNESCO, “a relação entre cultura e direitos humanos, bem como seu papel na luta contra a discriminação, são questões que o Brasil enfrenta. Entretanto, a integração da cultura com as demais políticas sociais é uma experiência recente que necessita ser aperfeiçoada”. E é com o objetivo de dar acesso à cultura à população que o projeto Vale-cultura foi desenvolvido. Por meio de um cartão magnético, o Vale-Cultura proporcionará 50 reais mensais ao trabalhador destinados à aquisição de produtos e serviços culturais, como livros, ingressos para shows, peças teatrais, entre outros. O programa, segundo o secretário de Fomento e IncenEspaço cultural |

37


A importância das pequenas empresas Microempreendedores correspondem a 39% do total de remunerações no Brasil

Por Marília Coelho

E

studo desenvolvido pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República revela que os pequenos empreendedores respondem por 39% do total de remunerações no país, em um volume que ultrapassa a marca dos R$500 bilhões ao ano. Publicado no terceiro caderno da série Vozes da Nova Classe Média, o estudo apresenta a importância do empreendedor para a expansão da nova classe média do país e traz informações acerca da formalização da atividade. Atualmente, o país possui 7,4 milhões de micro e pequenas empresas formalizadas, incluindo microempreendedores. Esse valor corresponde a 99% das empresas formalizadas no Brasil e teve um impulso com a simplificação do Super-Simples, instrumento que reduz e reúne os tributos em um só boleto. Ainda sobre o pequeno empreendedorismo, foi constatado que ele é responsável por cerca de 40 milhões dos 92 milhões de postos de trabalho existentes no país e corresponde a 20% do PIB do Brasil, o que representa R$700 bilhões. Minas Gerais é o estado que tem a maior taxa de sobrevivência de micro e pequenas empresas no país, 81,5%, e, consequentemente, a menor taxa de mortalidade, correspondendo a 18,5%. Os dados são do estudo Sobrevivência das Empresas no Brasil, realizado pelo Se-

38

| Espaço economia


brae, e apontam que, de cada 100 empresas abertas em Minas Gerais, 81 permanecem no mercado depois dos dois primeiros anos de experiência – período crítico para o negócio. De acordo com o consultor do Empreender, Leonardo Antônio, a maior dificuldade encontrada pelos microempreendedores em Uberlândia é o fato de que os empresários trabalham isoladamente. Dessa forma, eles enfrentam questões como dificuldade para manterem-se atualizados em relação às mudanças de tendência do setor e conhecer os problemas inerentes ao negócio e à categoria em que se encontram.  Leonardo ressalta a importância do empreendedor se envolver com entidades de classe, “se o empresário não estiver atuando isoladamente, ele pode ter um apoio empresarial, melhorar sua gestão e conseguir desenvolver um bom planejamento para seu negócio”. Ele ainda destaca que as entidades de classe não existem com o intuito de fiscalizar as empresas, mas para fornecer todo tipo de auxílio para que elas consigam se manter no mercado, atingindo os objetivos propostos pelos empreendedores. O Programa Empreender, da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), apoia a classe de empreendedores e oferece recursos para viabilizar seu desenvolvimento. O Empreender é um programa de mobilização, em que empresários de micro, pequenas e médias empresas se reúnem, trocam experiência e conquistam mercados, atuando como agentes estratégicos no processo de desenvolvimento de Uberlândia e região. Além disso, essa troca de experiências contribui no  desenvolvimento de  características, comportamentos e atitudes  voltadas para os interesses comerciais,  criando estratégias diferenciadas para direcionar os negócios de forma competitiva, identificando oportunidades empresariais, fortalecendo as empresas e qualificando o mercado. Através da Aciub e do apoio do Sebrae, o Empreender atua com grupos de trabalho formados por empresários do mesmo ramo de atividade, fornecendo assessoria técnica, consultoria, formação profissional e toda a orientação necessária. Atualmente, existem 19 núcleos, abrangendo diversos setores do mercado, como artesanato, fotografia, chaveiros e veterinários. Espaço economia |

39


Redes sociais devem ser levadas a sério, sim! As novas mídias são ótimos canais de marketing para empresas

Por Fabiana Almeida

O

“boom” das mídias sociais, ocorrido nos últimos dois anos, influenciou diretamente várias empresas a se adaptarem ao mundo virtual. A facilidade crescente do acesso à internet tem despertado o interesse, cada vez mais, das pessoas para a Era Digital. Segundo dados do IBOPE Media, o Brasil superou, pela primeira vez, a marca de 100 milhões de acessos à internet. O levantamento diz que o número de brasileiros com acesso à web foi de 102,3 milhões no primeiro trimestre deste ano.Com o surgimento das mídias sociais gerou-se inúmeras oportunidades para as empresas construírem relacionamentos mais íntimos com seu público-alvo. A comunicação e o marketing em redes sociais se tornaram uma importante ferramenta para a divulgação de marcas e conceitos, fortalecimento da marca e construção de relacionamentos. Um dado que comprova esse cenário é o número de usuários que o Facebook possui atualmente. A maior rede social do mundo conta com mais de 1 bilhão de usuários. E o Brasil não fica de fora deste sucesso, tendo mais de 63 milhões de usuários cadastrados, estando entre os países que mais ganham espaço na rede social. Através de uma FanPage, as empresas podem publicar postagens, interagir com seguidores e ter um feedback preciso dos seus clientes, criando um poderoso canal de comunicação capaz de estreitar as relações entre a marca e seus consumidores. Segundo o presidente da Associação dos Profis-

40

| Espaço virtual

sionais de Propaganda de Uberlândia, Rogério Fonseca, mesmo sem ter perfis oficiais a grande maioria das empresas já está nas redes sociais. “Os empreendimentos estão nas redes sociais querendo ou não, por isso a importância de, no mínimo, monitorar o que estão falando sobre a marca, concorrentes e categoria de produtos. Além disso, o ideal é que, nas redes mais alinhadas com o seu tipo de negócio, a empresa se comunique, buscando apoio de um profissional para definir a voz editorial e assim gerar bons conteúdos”, afirma. Ele ainda acrescenta que é um marketing rápido, barato e com fácil direcionamento ao público-alvo. Mas deve ser muito bem utilizado, com informações rápidas e de fácil entendimento. E a empresa deve estar atualizada, porque sempre surge uma rede social nova, e pra cada uma, utiliza-se uma forma de atingir o cliente. Um dos cuidados que se deve tomar é com a grande quantidade de informações. Postar material irrelevante faz com que as pessoas deixem de seguir e curtir a rede


social. Segundo o gerente comercial do Grupo Creative, Wesley Borges, é importante que as redes sociais, no âmbito empresarial, sejam gerenciadas por empresas especializadas. “É de extrema importância que o conteúdo publicado seja produzido por profissionais especializados que entendam quem é o público-alvo e o que ele espera da marca. Não é só postar qualquer tipo de informação, tem que ter utilidade. Dicas são bem-vindas, assim como postagens que tragam inspiração”, explica. As redes sociais permitem com que as empresas descubram oportunidades de investimento e estreitem a relação com os consumidores. Mas, por ser um campo ainda novo, tem que ser aprimorado e descoberto todos os dias. A empresa deve estar ciente do limite de informações a serem passadas. Porque, caso contrário, o resultado pode ser inverso. Dinamismo ajuda muito, variar a forma de abordar o cliente e valorizá-lo são formas simples de atingir o objetivo. No mundo globalizado, que cada vez mais pede informação e velocidade, as redes sociais se tornaram a maneira mais prática e dinâmica de atingir o cliente.

O que NÃO se pode fazer nas redes sociais Ignorar clientes. Os consumidores descobriram faz tempo o poder de fazer uma reclamação nas redes sociais. Uma crítica publicada nas redes ganha dimensões que fogem do controle dos empresários. Por isso, ignorar o que os clientes dizem ou não responder a tempo é um risco. Brigar com clientes. A regra é nunca discutir com a pessoa que está reclamando. Tem que agradecer como uma oportunidade da sua empresa fazer mais e melhor, e entender que as críticas são as melhores oportunidades para desenvolver o que faz. Os elogios nos deixam mais fracos. E por último, sempre que necessário, se desculpar. Falou bobagem online? A orientação é se desculpar o mais rápido possível, retirar o erro do ar e se retratar. O pedido de desculpas é o começo da recuperação da imagem da empresa. A partir do momento que colocou nas redes, tem que assumir que é público. O jeito é encarar o problema e fazer a melhor retratação que puder. Espaço virtual |

41


Vai viajar de

ônibus?

Empresa de Uberlândia é responsável por novo recurso do Google que oferece informações sobre itinerários de ônibus intermunicipais - projeto é o primeiro na América

 Por Janaína Depiné

O

 Netviagem, portal de venda de passagens rodoviárias de todo Brasil, localizada em Uberlândia, agora fornece no Google Transit (um recurso do Google Maps) informações sobre itinerários de ônibus intermunicipais no país.  Com este novo recurso, os clientes do transporte rodoviário terão um aliado para auxiliá-los no planejamento de suas viagens. Equipes do Netviagem investiram em pesquisa e desenvolvimento para a geração do conteúdo do produto, que traz inúmeros benefícios aos viajantes de ônibus. É possível consultar os trechos no Google Maps e comprar as passagens por meio do portal Netviagem.  O recurso auxilia usuários a obter itinerários para um determinado trajeto. A rota sugerida pelo site leva em consideração linhas e horários pré-definidos pelas empresas responsáveis pelo transporte de ônibus intermunicipal. Acessado por qualquer computador pela internet e também por tablets e smartphones, o serviço garante facilidades. “O projeto já nasce com acesso a partir de smar-

42

| Espaço tecnológico

Alberto Graciano, CEO do Netviagem


Espa莽o tecnol贸gico |

43


tphones e tablets, seguindo uma tendência de mercado. Apostamos que nos próximos anos haverá uma grande busca de passagens através destes dispositivos", explica o CEO do Netviagem, Alberto Graciano. O projeto inicia com 5.135 viagens diárias, cobrindo 840 cidades e 656 rotas, que representam 30% das companhias de transporte interestadual do país. "Queremos expandir para o mais próximo possível de 100% de cobertura", afirma Alessandro Germano, diretor de novos negócios do Google no Brasil.  O recurso ainda oferece como diferencial links para conhecer melhor as empresas de ônibus responsáveis pelo serviço. Para saber mais do recurso, a revista Glass conversou com Gerente de E-commerce e Marketing, Fernando Fonseca. Como foi pensado e se chegou ao recurso? O Netviagem foi o primeiro portal do Brasil a vender passagens rodoviárias pela internet quase 10 anos atrás. A inovação está em nosso DNA. Sabendo que o Google é o portal de buscas mais acessado do mundo, este recurso foi pensado no usuário do transporte rodoviário. Percebemos que a grande dificuldade dele era encontrar, de uma maneira fácil e rápida, os itinerários dos ônibus interestaduais e intermunicipais. Quanto tempo levou para desenvolver o projeto? Desde a concepção, o projeto consumiu cerca de dois anos

e envolveu equipes do Brasil e outras partes do mundo. Quando e como surgiu o interesse do Google em usar o projeto? Nosso CEO, Alberto Graciano, vislumbrou que essa ferramenta seria muito útil ao usuário se tivesse uma visibilidade maior dentro da internet. Ele decidiu entrar em contato com o Google. Ao apresentar o projeto, eles também ficaram maravilhados com a ideia. A partir daí, a parceria foi sendo construída até chegarmos ao produto final. Cabe lembrar que esse é o primeiro projeto para itinerários de ônibus interestaduais do Google na América Latina e o quinto no mundo. O recurso já atinge 30% do território nacional. Há previsão para chegada nos 100%? Existe alguma estratégia de expansão? Estamos trabalhando para que, dentro de dois anos, tenhamos 100% das empresas e rotas cobertas. Por se tratar de uma questão estratégica, não podemos divulgar mais detalhes de como conduziremos essa expansão. Como funciona a parceria com as empresas de transporte rodoviário? Hoje as empresas que têm acordo comercial com o NetViagem já têm seus itinerários automaticamente inseridos no Google Maps.

Mandar mais fotos

44

| Espaço tecnológico


“A arte de perder não é nenhum mistério;  Tantas coisas contêm em si o acidente De perdê-las, que perder não é nada sério.  Perca um pouquinho a cada dia. Aceite, austero,  A chave perdida, a hora gasta bestamente.  A arte de perder não é nenhum mistério.  Depois perca mais rápido, com mais critério:  Lugares, nomes, a escala subsequente  Da viagem não feita. Nada disso é sério.  Perdi o relógio de mamãe. Ah! E nem quero  Lembrar a perda de três casas excelentes.  A arte de perder não é nenhum mistério.  Perdi duas cidades lindas. E um império  Que era meu, dois rios, e mais um continente.  Tenho saudade deles. Mas não é nada sério. – Mesmo perder você (a voz, o riso etéreo que eu amo) não muda nada. Pois é evidente  que a arte de perder não chega a ser mistério por muito que pareça (Escreve!) muito sério.” Elizabeth Bishop

46

| Espaço cinema


Flores Raras

Algumas perdas são irreparáveis. Certas conquistas são eternas. Espaço cinema |

47


O Diretor Bruno Barreto

SOBRE O FILME Em 1951, em crise com seu trabalho, a poeta americana Elizabeth Bishop viaja ao Brasil pela primeira vez. Em visita a uma velha amiga, Mary Morse, ela se hospeda em Petrópolis, na propriedade da arquiteta carioca Lota de Macedo Soares. Aos poucos, surge entre elas uma grande paixão. Um amor à frente de seu tempo entre duas mulheres extraordinárias, a um só tempo fortes e frágeis. Quem foi ELIZABETH BISHOP Dona de uma poesia intensa e confessional, Elizabeth Bishop é considerada uma das maiores poetas americanas de todos os tempos. Autora de produção escassa – publicou apenas seis livros em vida –, ela venceu os mais importantes prêmios internacionais de poesia, entre eles o Pulitzer em 1956 – pela coletânea Poems: North & South. A Cold Spring – e o National Book Award em 1970 – pela coletânea The Complete Poems.

48

| Espaço cinema

Em 1951, Bishop partiu para uma viagem de navio pela América do Sul. Ela planejava ficar no Brasil por duas semanas, mas acabou ficando 15 anos. Foi no Brasil que ela conheceu o grande amor de sua vida, a arquiteta Lota de Macedo Soares, com quem viveu durante todo esse período em sua propriedade em Petrópolis, na região serrana do Rio. Por conta de sua paixão pelo Brasil, Bishop tornouse uma das grandes responsáveis pela divulgação internacional e a tradução para o inglês de poetas como João Cabral de Melo Neto e Carlos Drummond de Andrade. Em seu livro Questions of Travel (1965), ela publicou alguns poemas inspirados em sua experiência brasileira, como Chegada a Santos, Manuelzinho e O Homem do Rio. Após o final de sua conturbada relação com Lota, Bishop retornou aos Estados Unidos, onde lecionou nas universidades de Washington, Harvard e Nova York. Ela morreu em Boston em 1979, aos 68 anos, vítima de um aneurisma cerebral. Sua obra influente a coloca hoje ao lado de outros


A Atriz australiana Miranda Otto que da vida a poetisa Elizabeth Bishop

grandes nomes femininos da poesia americana, como Dorothy Parker, Emily Dickinson e Sylvia Plath. Quem foi LOTA DE MACEDO SOARES Uma das figuras proeminentes da elite carioca dos anos 50, a arquiteta e paisagista Lota de Macedo Soares foi responsável pela idealização e construção do Parque do Flamengo, localizado no maior aterro urbano do mundo, com 1,2 milhão de metros quadrados, inaugurado em 1965. Filha de José Eduardo Macedo Soares, ex-ministro de Getúlio Vargas e dono do jornal “Diário Carioca”, Lota estudou na Escola Nacional de Belas Artes, onde conviveu com nomes como Cândido Portinari e Burle Marx – este último, autor do projeto paisagístico do Parque do Flamengo. Lota foi amiga dos principais intelectuais brasileiros e estrangeiros de seu tempo. Era ligada ao grupo que fundou o Museu de Arte Moderna do Rio em 1948. Amiga pessoal de Carlos Lacerda, foi ela quem sugeriu a ele, quando foi eleito governador do Estado da Guanabara, que o grande terreno aterrado após o desmonte do Morro de Santo Antônio fosse transformado em um parque – o que se tornou o maior projeto da vida da arquiteta. Lota conheceu Elizabeth Bishop em 1951, assim que a escritora chegou ao Brasil. Ficaram juntas durante 16 anos, a maior parte do tempo na casa de Lota na floresta da Samambaia, em Petrópolis, construção idealizada pelo arquiteto Sérgio Bernardes. A partir de 1963, Lota concentrou-se no planejamento do Parque, o que obrigou o casal a mudar-se para o Rio. A relação terminou em 1965, quando Elizabeth, mergulhada no alcoolismo, decidiu voltar aos Estados Unidos. Sem nunca recuperar-se totalmente do fim da relação, ela decidiu visitar Elizabeth em Nova York em 1967. Poucas horas após chegar, Lota se suicidou com uma overdose de barbitúricos, num final trágico para a história de amor entre elas. Entrevista com Glória Pires: Uma das maiores estrelas da TV e do cinema brasileiros, Glória Pires atua pela primeira vez em inglês em Espaço cinema |

49


Flores Raras, no papel da arquiteta Lota de Macedo Soares. Como você entrou no projeto de FLORES RARAS para viver a arquiteta Lota de Macedo Soares? Quando a Lucy (Barreto) me ligou para dizer que havia comprado os direitos do livro e estava interessada em contar a história de Elizabeth Bishop e Lota de Macedo Soares, fiquei muito feliz e empolgada em contar essa história. É uma história desconhecida para nós no Brasil. Quase ninguém sabe sobre a história de amor entre essas duas mulheres tão fascinantes. Foi um grande desafio atuar em inglês? Assim que soube que iria fazer o filme, minha maior preocupação foi com a língua. Foi a primeira vez que atuei em inglês. Há uma grande diferença, porque você precisa pensar o tempo todo em outro idioma. Em quase todas as cenas, você tem vontade de acrescentar alguma coisa – mas quando não é sua língua materna, é tão difícil... Mas acho que o resultado ficou bom! Quando elas se conheceram, Bishop era muito frágil. Tinha muitos problemas de saúde – asma, alergias... E Lota era muito forte, com uma grande determinação e força de vontade. Mas no fim da vida delas, Lota estava muito doente. Elas trocaram de papel, e isso é muito interessante. É curioso, mas não tive muita preocupação com a linguagem corporal da Lota. Em Se Eu Fosse Você, eu trocava de papel com meu marido, e de certa forma isso serviu um pouco como exercício pra mim.

A Atriz Gloria Pires em seu primeiro papel falado em inglês

50

| Espaço cinema


Para você, como foi elaborar a relação entre Lota e Elizabeth? A maneira como o Bruno Barreto (diretor), o Matthew (Chapman), a Julie (Sayres) e a Carolina (Kotscho) desenvolveram essa relação no roteiro já era muito elegante. Não penso que seja um filme sobre sexo, mas sobre a maneira como as pessoas misturam suas personalidades quando vivem uma relação muito longa. Elas viveram cerca de 15 anos juntas, construíram uma casa juntas. Bishop se redescobriu nesse período, e Lota pôde exercitar seu lado protetor. Ela era muito protetora com todos os amigos, era uma mãe para eles. O filme faz uma ampla discussão de todos esses temas: duas pessoas de culturas diferentes e mesmo sexo, vivendo aquela realidade no Brasil dos anos 1950, que era muito diferente dos EUA e da Europa – aqui, os homossexuais ainda eram perseguidos e presos, podiam ser colocados em sanatórios. Mas como elas eram de um nível social mais alto, tinham algumas facilidades – como viver fora do Rio, na propriedade da Samambaia, que era quase um sonho. Bruno Barreto passa instruções a Miranda Otto

Ficha Técnica Direção: Bruno Barreto Roteiro: Matthew Chapman e Julie Sayres, baseado no roteiro de Carolina Kotscho, AC, inspirado no livro Flores Raras e Banalíssimas, de Carmem Lucia de Oliveira Produção: Lucy Barreto e Paula Barreto Glória Pires.................... Lota de Macedo Soares Miranda Otto................. Elizabeth Bishop Tracy Middendorf........... Mary Marcello Airoldi............. Carlos Lacerda Lola Kirke...................... Margaret Bennett Tânia Costa................... Dindinha Marianna Mac Niven...... Malu Marcio Ehrlich.................. José Eduardo M. Soares Treat Williams................ Robert Lowell ESTREIA 16 de Agosto

Espaço cinema |

51


P

ai é sinônimo de sabedoria e segurança. É a nossa referência de vida e de um amor incondicional!Carregamos a sua marca na nossa herança biológica, no sangue e até no nome. Chefe de família, um grande amigo para todas as horas. Seu Patrícia amor é cheio de belezas e sua força Caetano e coragem nos motivamem seguir adiante, a arriscar. Às vezes não compreendemos tamanha dedicação. Quer que enxerguemos a vida através dos seus olhos, bem mais experientes, com maturidade de sobra. Tudo para nos poupar de tropeçar pelo caminho. Quer carregar os nossos fardos, sentir as nossas dores, aliviar os nossos pesos... A vontade que ele tem é de criar um mundo onde só houvesse o melhor para nós e o que o tempo não fosse tão curto e a vida tão cruel.. Quanta proteção e ansiedade voltadas para o nosso futuro! Para ele, nunca cresceremos, seremos eternas crianças. Frágeis, que necessitam de cuidado e amparo a todo instante. Aoseu lado, o mundo é bem melhor, ah, se é! Nada nos aflige, tudo parece estar resolvido e seguro. A paz e a alegria são os sentimentos que afloram a todo instante quando ele está por perto. Enfim, pai ama, protege e educa através do exemplo! Dá a vida e vive por nós! É carinhoso, pra lá de dedicado e muitas vezes substitui uma mãe. É especial, verdadeiro e único. É o alicerce de um lar, a referência para toda família. Uma figura imprescindível, admirável e de uma força invejável. Pai, nosso herói, nosso companheiro... Um amigo pra todas as horas, hoje e para sempre!

52

| Meu mundo


La Bella Donna

Inspirado nos ensaios de beleza da Itália, este editorial vem mostrando a mudança das estações.

Esteja sempre linda, faça frio ou calor!


56

| Espaรงo cultural


58

| Espaรงo cultural


60

| Espaรงo gourmet


Espaรงo Gourmet |

61


ITA MAZZUTTI beauty LUCIANO FARIA modelos CAMILLA FINOTTI / IZADORA BOAVENTURA (KEEP Management Brasil) direção ANGELO MAZZUTTI acessórios PRI SCHIAVINATO


NOVO SITE

www.itamazzutti.com

MODA BEAUTY FASHION SENSUAL NOIVAS KIDS 15 ANOS EVENTOS www.itamazzutti.com / www.blogdoita.com.br Av. Pará 970, Bairro Brasil - Uberlândia MG +55 (34) 3231-4222 /9218-9811 ita.mazzutti@hotmail.com


Dudu Gontijo

@Dudu_Gontijo assessoria@dudugontijo.com dudugontijo.com

Feijoada do Dudu 2013

Nat Persi

D

entro da programação oficial da Fenamilho, aconteceu no último sábado a Feijoada do Dudu 2013, festa mais exclusiva de Minas! Há 9 anos, nosso querido Dudu Gontijo vem, ano a ano, aprimorando cada detalhe da festa para recepcionar com elegância e maestria seus mil convidados. A novidade esse ano ficou por conta do novo local. Recebendo nos últimos anos seus convidados no aconchego de residências amigas, Dudu percebeu que o espaço estava ficando pequeno para o público cada vez mais crescente e, em busca de mais profissionalismo e após a análise de vários espaços, a área externa da DB foi escolhida para a realização do evento. E que escolha certeira! Decorada pelo talento indiscutível de Rogério Mendes do Na Terra, a área externa da DB se transformou num luxuoso jardim para receber nosso sunset. Usando jabuticabeiras, mesas em madeiras rústicas, puffs e flores diversas, o ambiente acolheu com primor os presentes. Entrando pelo estacionamento, o convidado confirmava sua exclusividade ao passar por nosso tapete vermelho. Na recepção, lustres maravilhosos davam o tom do glamour que todos esperavam. Como presente, logo na chegada, os convidados recebiam copos em acrílico transparente com a logo da Feijoada do Dudu, que deram um toque especial aos drinks. Aliás, bons drinks! Esse ano, dentre as bebidas, as selecionadíssimas Skyy Vodka e Cerveja Devassa. E a feijoada? Sempre arrasando, a equipe do Buffet Brunella,

66

| Dudu Gontijo

FOTOS: MURILO GHARRBER


coordenada por João Luis, proporcionou aos convidados um deleite gastronômico, agradando todos os gostos ao servir feijoada mista, apenas com paio ou pezinho de porco e com pimenta, acompanhada por arroz branco, farofa, laranja e a tradicional couve. Como petiscos, uma mesa mineira foi preparada com torresminho, almôndegas, carnes diversas e mandioca, dentre outras delícias, que representam tão bem nossa Minas Gerais. A turma animada de Patos de Minas e convidados de várias partes do país, como Uberlândia, Uberaba, BH, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia foram animados pelos DJs Fabrício Grego, Felipe Moya, Ricardo Almeida e Thais Barja, que tocaram as músicas do momento e que são sucesso internacionalmente. Fechando as atrações com chave de ouro, Ferris levantou todos com seu set dançante e agressivo, que foi coroado com a distribuição de balões de gás hélio em forma de coração e estrelas para os convidados! Que loucura, esse com certeza foi o ápice da tarde, houve uma movimentação de câmeras impressionante já que todo mundo queria registrar a magia e beleza daquele momento. Só não foi mais impressionante que a chegada triunfal do anfitrião Dudu Gontijo de helicóptero, acompanhado de Vinicius Damiane. Ao pousar atrás do palco, Dudu impressionou os convidados que foram pegos de surpresa! E claro, não acharam nada menos que chic o momento. Como parceira profissional e amiga pessoal, sou suspeita para falar. Porém, ouso questionar vocês se algum momento uma festa conseguiu ser tão emocionante e histórico na nossa região! Tenho orgulho em atender a Feijoada do Dudu e fazer toda sua comunicação e divulgação ao lado de meus sócios na Agência Dom Quixote, e deixo aqui registrado o nosso compromisso, ao lado desse cliente tão exclusivo que é o Dudu, de nos superar e apresentar em 2014 um evento ainda mais VIP e memorável, até porque não é todo dia que um evento completa 10 anos! Parabéns amigo, você venceu mais uma vez, em questão de evento de alto padrão, luxo e bom gosto não tem pra ninguém! Dudu Gontijo |

67


68

| Dudu Gontijo


MISAEL GONÇALVES

Casamento Erika Marina Carvalho Urban & Noé Francisco Bartholomei Rodrigues

Dudu Gontijo |

69


I

maginar que a festa deste casamento seria a melhor festa que frequentei até hoje era fácil, até porque imagino isto desde os 15 anos de Erika Marina Carvalho Urban, mas superar as expectativas como superei foi uma grata e prazerosa surpresa! Para vocês terem uma idéia, o debut desta princesa foi no mínimo inacreditável, nessa época conheci o trabalho da design Denise Magalhães e constatei assim como todos os presentes, a definição literal de luxo e bom gosto. Mas desta vez, a profissional conseguiu o impossível e se SUPEROU com todas as letras desta palavra, os salões estavam suntuosos e alguns passavam por verdadeiros palácios, com os lustres de cristais de várias formas e tamanhos e as tapeçarias Verdis e Aubusson, artigos franceses e italianos. A organização e o serviço do evento foram impecáveis, foram mais de 400 profissionais trabalhando (uma informação relevante para demonstrar tamanha estrutura). O staff trabalhou com 55 litros de Whisky sendo servidos simultaneamente, fora o champagne e todas as outras bebidas. O piso branco se manteve assim por todo evento, era impressionante a limpeza do ambiente. Não se viam copos e pratos usados, tudo era recolhido como que por um passe de mágica. Além disso, em cada detalhe era perceptível o toque minucioso e cuidadoso da mãe da noiva “D. Edna”. Em algumas conversas, a decoração e

70

| Dudu Gontijo


todo o evento me foram confidenciados, entretanto, por mais que eu tentasse imaginar este ou aquele ambiente eu jamais conseguiria concretizar em meu pensamento tamanha beleza. Ao chegar me encantei com uma parede de orquídeas brancas, mais de 7.500! Em toda decoração foram gastos dentre phalaenopsis e denpharis, milhares de flores que a equipe de decoração não soube nem precisar, pois são comprados em pacotes de três unidades e a conta ficou um pouco alta. “Mas de rosas, gastamos 40.000 botões, todas importadas” comentou Denise Magalhães. Foi montado um salão exclusivo para os docês, onde o centro, sustentava o magnifico bolo assinado porIsabella Suplicy, uma verdadeira obra de arte, que para completar, tinha no topo os noivos em louçaLladró, muito chic. A cerimônia foi toda transmitida em telões de led de altíssima definição para todos ambientes. A tradicional seção de fotos dos noivos, pais e padrinhos também foi transmitida diretamente para o salão principal onde a esta hora, a festa se iniciou com a fantástica apresentação da Banda Malbec. O Buffet Charlô de São Paulo foi impecável e estará presente por muitos anos em minha memória. Olha só isso aqui, não vou colocar o menu completo, pois é muito extenso. Menu: Mini Terrine de Figo com Presunto Cru, Ramequin com Tapenade e Tomatinho Confit, Tartelette de Aipim com Azeite de Trufas e Regianno, Croquetinho com Dip de Mostarda, Crocante de Brie com Geleia de Pimenta, Fricassê de Cogumelos Variados na Frigideirinha, Camarões e Lagostas Grelhados ao Momento com Molhos de; Curry Suave e Gengibre, Ovas de Salmão, Polvo com Páprica e Mini Batatas ao Murro, Atum Selado em Crosta de Gergelim com Molho Teriaky, Lagostin Grelhado ao Momento com Spaguetti de Pupunha, Vieira Grelhada com Purê de Ervilha e Menta e Batata Chips, Pães e Torradas Variados, Antepastos Italianos, Fundo Fresco de Alcachofra com Molho de Limão Siciliano e Pignolis, Vitelo Toné com Molho de Mostarda em Grãos, Terrine de Pato Rústica, Plateau de Queijos Especiais: Serra da Estrela, Tallegio, Brie. Reblochon, Roquefort com Mel Dudu Gontijo |

71


Trufado e Mostarda de Cremona, Escalope de Filé com Molho de Mostarda em Grãos e Gateau de Batatas, Robalo Grelhado com Molho Cremoso de Uvas e Farofa de Camarão. Durante a madrugada, foi servido: Mini Hamburguinho, Mini Hot Dog, Pão de Queijo, Mini Milkshake de Ovomaltine, Chocolate Quente, Suco de Laranja e pra finalizar Risoto de Abóbora e Azeite de Trufas. Bebidas:  Moët & Chandon, Grey Goose,  Água com Perfume de Limão Siciliano, Suco de Uva com Água de Coco, Suco de Morango com Hortelã, dentre muitas. Com minhas palavras não vou consegui transmitir o quão magnífico este casamento foi.  Além da decoração, a noiva estava deslumbrante em um vestido Sandro Barros, que fez questão de estar presente para confirmar a magnitude de sua criação e também assinou o deslumbrante vestido da mãe da noiva, que usava joias exclusivas da Amsterdam Sauer. E desde a lista dos presentes e site para acompanhamento dos preparativos, só podíamos ter uma certeza: a noite seria de sucesso e realização de sonhos! O ambiente era propício para rever velhos amigos e fazer novas amizades, como por exemplo, os famosos Sandro Barros e o jornalista Bruno Astutoque distribuíram sua simpatia e sentaram-se a mesa conosco, além de dançar na frente do palco onde a querida Preta Gil se apresentou. A meu ver esse foi o momento ímpar da noite. Momento inesquecível: Foram distribuídos balões de coração prateados simbolizando o amor… Maravilhoso. Os DJs e a talentosa Paulla Mirella que entrou no palco às 5 da manha, continuaram a festa e arrebentaram. Ao sair do Far East Emporium, as convidadas ganharam um mimo maravilhoso, um porta jóias de prata em forma de coração e círculo, um luxo. A mim, só cabe desejar toda felicidade aos noivos e agradecer por ter vivenciado ao lado de vocês momentos tão memoráveis. Aos meus leitores, ficam as fotos para que vocês tenham a oportunidade de vivenciar um pouco da beleza transmitida no evento. Make e Hair noiva: Jô Martins Jóias da noiva: IZABEL ESTEVES Fotos: Arquivo/Misael Gonçalves/ Noivas by Carlos Jr.

72

| Dudu Gontijo


FOTOS: TIAGO LIMA

Momentos Fenamilho 2013

Dudu Gontijo |

73


Lidia Parente Valente

Aniversário A colunista social Sônia Sampaio reuniu os amigos mais próximos em sua charmosa casa para celebrar a nova idade. A festa foi decorada por Cláudia Schivianato e Gleidson Garcia, e o cardápio assinado pela culinarista Silvana Caparelli. Os cliques profissionais foram feitos por Beto Oliveira, confira a comemoração.

Sônia e Paulo Naves

Sônia com o marido Paulo Roberto Sampaio, entre os filhos, Bruno e Paulo Guilherme Moura Sampaio

Daniela e Daniel Martinez

74

| Estilo

Margarida e Aloísio Oliveira

Rubinho e Patricia de Freitas


Gleidson Garcia Daniela Martinez e Sílvia Vilela

Marcelo e Daniella Nardi

Luciana Lima

Adreana Oliveira

Patricia Caetano Cláudia Schiavinato Mércia Guedes Beto Oliveira

Estilo |

75


Dannilo Camargos

Noite especial O casamento de Marília e Paulo Guilherme Mendes da Fonseca, o PG, foi emocionante. Cerca de 250 convidados de nossa sociedade estiveram na cerimônia e recepção do casamento que aconteceu no tradicional Clube Cajubá. Marília é filha de Tânia Mara Carneiro e Alfredo Júlio Fernandes Neto. PG é filho de Helena Mendes e Paulo da Fonseca. As fotos são de Daniel Cavalari.

76

| Social


Social |

77


78

| Social


Social |

79


80

| Social


100 Anos

Eliane Garcia Melgaço, D. Fiica e D. Eleusa Garcia Melgaço

No dia 07 de julho, Luiz Alberto Garcia e Ophelia Pereira Garcia, juntamente com a família e amigos, receberam convidados em casa para a comemoração dos 100 anos de Fiica Freitas. A comemoração teve início com uma bonita missa. Após a celebração, os convidados participaram de um almoço. Todos estavam muito emocionados com a comemoração desta importante data. Várias homenagens foram feitas pela família à aniversariante. D. Fiica era só simpatia e distribuía sua alegria a todos os convidados. Fotos: Adriana Facury. Produção e Decoração: D Festas e Eventos por Dannilo Camargos

Ana Marta Garcia, a aniversariante D. Fiica e Lucas Neiva

Ophelia Pereira Garcia e Luiz Alberto Garcia

A aniversariante Fiica Freitas.

Luiz Alexandre Garcia, Luciane Crosara Garcia, José Wilson Ferreira e Marlene com seus filhos Caio e Thassio e D. Fiica Freitas Ferreira com a aniversariante Fiica Freitas

Alexandrino Garcia Neto e, a esposa, Dora, e Diogo Garcia

João Daniel, Noemia de Aquino e Oswaldo Rufino

Social |

81


82

| Social


Social |

83


84

| Social


Social |

85


Lila Resende Clarice e Laura Ávila inauguraram na Galeria Yazo a loja Lila Resende, marca de roupas que já é um sucesso, fará agora a cabeça das uberlandenses. Parabéns e sucesso! Confira as fotos de Pedro Fonseca na noite de inauguração.

86

| Social


Social |

87


Festa Junina Em junho aconteceu o Arraial da Algar, que reuniu associados e familiares do grupo. Nas fotos, algumas pessoas que passaram por lรก.

88

| Social


Social |

89


90

| Social


Mesa comunitรกria

Social |

91


Lustre de chapĂŠus

92

| Social


Balões multi coloridos

Barraquinhas e garçons seguindo o padrão do decor caipira

Cadeiras prontas para quadrilha. Sr. Louis Ghost de chapéu

Social |

93


Lustre de chapéus

Mesa de doces

Festa junina não pode faltar espantalhos

Parede de chapéus e vista do salão

Parede de chapeús

Sousplat em ratan e porta guardanapo chapéu de palha

Senhoritas Dior de lacinho

94

| Social


LUCIANO FARIA MAQUIADOR PROFISSIONAL +55 (34) 9122-5077

MAKE UP PROFISSIONAL NOIVAS EDITORIAIS DESFILES DEBUTANTES MODA

Social |

95


Glass26

A Revista Glass teve mais uma edição lançada com muito estilo. O brunch aconteceu na D Festas e Eventos. A loja apresentou, na ocasião, seu novo mobiliário. Os doces foram oferecidos por Laurence da Design Culinário. Confira as fotos de Ita Mazzutti de quem passou pro lá.

96

| Social


Social |

97


98

| Social


Geise& Emannuel Os noivos Geise dos Santos Ferreira e Emannuel Freire de Siqueira, filhos de Gerlande Maria dos Santos Ferreira e José Domingos Ferreira, e de Maria do Socorro Freire Siqueira e Reginaldo Matias Siqueira, respectivamente, casaramse, no dia 31 de maio, em cerimônia religiosa na Igreja Nossa Senhora das Dores seguida de recepção na Chácara Green Hall. A noiva de Uberlândia e o noivo de São Paulo, após o casamento passam a morar em Manaus, por motivos profissionais, deixando para trás a lembrança de uma linda festa. Confira nas fotos de Antonio Rizza.

Social |

99


100 | Social


Bufê Nelle Buffet 34 3269-3046 / 9676-3337

Florista HP Decorações – Héric Silva 34 3261-6575

Cerimonial Organiza Festa e Eventos 34 3261-2444 / 9668-3394

Fotos Rizza Fotografia 34 3261 1177

Filmagem Dionata Tinoco 34 3222-6746

Sonorização e Iluminação Rapa Sound 34 3231-0632 / 9119-9430

Social |

101


102 | Social


Social |

103


80 anos

Vanda 104 | Social


Para a comemorar uma data tão importante, que celebra os 80 anos desta cliente, pensamos na melhor forma de elaborar um projeto, onde pudêssemos fazer uma festa simples e familiar, mas, ao mesmo tempo, aconchegante O tema então foi escolhido - Orquidário A festa aconteceu no jardim da casa da cliente. Montamos 150 lugares, onde os convidados confortavelmente puderam se divertir. As cores escolhidas foram todos os tons de violáceos, para as orquídeas, e mini rosas, de diferentes tons de rosa, Pink, champanhe e lilás, deram vida e alegria ao exuberante jardim. O grande destaque da festa foi a mesa de doces montada no percolado da casa. Este espaço, recebeu cobertura, mobiliário e dois espetaculares lustres de cristal. Os móveis antigos, pratarias e porcelanas - provenientes de várias partes do mundo - compuseram a ambientação. O toque especial desta mesa foram as dezenas de orquídeas da espécie Vanda penduradas em todo o orquidário.

Social |

105


106 | Social


Social |

107


108 | Social


Social |

109


produção D FESTAS E EVENTOS decoração DANNILO CAMARGOS mobiliário D FESTAS E EVENTOS cerimonial ELIZEU ROCHA som e luz RAPA SOUND doces CECILIA MARKIEWICZ bolo BÁRBARA FARINA buffet RENATO AGUIAR fotos MARCOS ARAÚJO

110 | Social


3 PINTI

Social |

111


A primeira dama de Uberlândia, maestro João Carlos, Gilmar Machado, José Humberto e Daniela

José Maria Queiroz (Vice Presidente do Cruzeiro), José Humberto do Nascimento (Presidente da Realiza Construtora)

Kellen Maquês, Flávia Junqueira, Daniela Cristina do Nascimento, Roberta Rocha

Maestro João Carlos Martins

Anita Residence

Marcos Barros (Diretor Financeiro), Gilmar Machado, José Humberto(Presidente Realiza Construtora), Leonideo Bolsas, Paulo Roberto do Nascimento

Marco Mello (Gestor Geral de Vendas), Ronaldo Cardoso (Arquiteto)

112 | Social

Paulo Roberto do NAscimento, Daniela Cristina do Nascimento, Conceição, José Humberto

Lucas Junqueira(Departamento de Marketing Realiza Construtora) Marco Mello (Gestor Geral de Vendas, Pedro Paulo Barros

A Realiza Construtora lança mais um empreendimento em grande estilo, no dia 17 de julho, no Center Convention, o Anita Residence, um empreendimento no centro da cidade. Para reger este grande lançamento, a construtora escolheu o ilustre maestro João Carlos Martins que fez um show com sua simpatia e leveza aos convidados da construtora. Foi uma noite especial para todos os convidados presentes acompanhada de muita emoção e classe - o maestro compartilhou sua história de vida e presenteou os convidados com um concerto e uma performance emocionante. A escolha do maestro João Carlos Martins se deu porque a história de vida é muito parecida com a história da personagem Anita - Ana Abadio de Oliveira, mãe do atual diretor da Realiza, José Humberto do Nascimento. “Anita, semelhantemente ao maestro, deixou um legado de amor, perseverança, determinação e fé. Projetamos então uma campanha conceitual, que remete a maestria da construtora em desenvolver produtos que superam expectativas, com muito amor, buscando sempre a excelência, como em uma orquestra” diz a Diretora de Marketing da Realiza. O Anita Residence é um empreendimento composto por 128 apartamentos , com uma concepção diferenciada, que remete à arquitetura moderna, além de ser um projeto arquitetônico prático e robusto. O empreendimento será financiado pela Caixa Econômica Federal e a previsão de entrega é de dois anos . A Construtora agradece a presença de todos os convidados e externa o privilégio de poder lançar mais um empreendimento na cidade de Uberlândia.


Social |

113


Décio Freire Mais uma unidade do escritório de advocacia Décio Freire e Associados foi inaugurada em Uberlândia. Parabéns a equipe por mais essa conquista. Vejam as fotos de Simone Almeida.

114 | Social


Social |

115


Casamento O mês de abril foi escolhido pelo casal para a celebração da sua união. Priscila é filha de Patrocínio Ferreira da Silva e Suley Gonçalves e Silva. Eduardo é filho de Ibrahim El Debs e Raife Elias El Debs. A cerimônia e recepção para os mais de 300 convidados aconteceu no Casa Blanca. Todos os cuidados para a festa foram planejados um a um pela noiva com sua cerimonial Mariana Spini. Toda a animação da pista e DJ ficaram por conta da equipe do Rappa Sound. O buffet foi assinado pelo Le Arte. Os convidados da tradicional sociedade uberlandense se divertiram bastante . O projeto de decoração foi da D Festas e Eventos, assinado por mim, Dannilo Camargos, que cuidadosamente, dei toques especiais ao espaço. Uma capela com móveis clássicos dourados e lustres orgânicos foi criada para a cerimônia. Um dos pontos altos do decor foi a mesa de doces e os enormes lustres de cristal que inundavam o Casa Blanca.

116 | Social


Social |

117


118 | Social


Social |

119


120 | Social


Social |

121


122 | Social


Social |

123


Feijoada!

Não há nada na vida mais prazeroso do que reconhecimento, amizade, amor e festa com qualidade. Registro aqui alguns momentos da Segunda Feijoada Sonia Sampaio, uma tarde de sábado muito especial. Agradeço aos parceiros que fizeram com que esse evento fosse sucesso. O meu muito obrigada a Cachaçaria do Dede ,Linx Ótica, Uberlândia Shopping, Elglobal Construtora, Set Models, Serifa Comunicação, Algar Mídia, Algar Agro, Beto Oliveira, Onconcentro, Jorge Bischoff, Eurobike, Diferi, Laurence Design Culinário e Lemon Light.

124 | Social


126 | Social


Social |

127


ser pai

A feliz missão de

D

iante de tantas transformações na atualidade, é necessário repensar o papel que os pais exercem nos contextos familiar e social. Há algum tempo, eles se preocupavam em manter economicamente a família, mas não se preocupavam com a relação afetiva. Hoje, os pais já são mais conscientes da importância da “convivência e interação afetivas” com seus filhos. Conversar, incentivá-los a enfrentar os desafios, apoiar, motivar, colocar limites e ensiná-los a assumir responsabilidades são fundamentais na educação deles. Os filhos precisam se sentir seguros, motivados a se desenvolver, saber que têm espaço para crescer e ser persistentes, confiando em seu potencial, apoiados em uma convivência familiar com pais coerentes e amorosos. Tanto as crianças quanto os adolescentes têm necessidade de se sentir cuidados, amados, protegidos e respeitados em sua individualidade. Poder propiciar um ambiente harmonioso e saber ouvi-los é essencial. Alguns pais são ausentes emocionalmente; quando estão com os filhos, são violentos física e/ou verbalmente. Geralmente, ignoram os males que po-

128 | Visão

dem advir de tal comportamento. É importante estar alerta a esta situação e se observar, evitar colocar nos próprios filhos tristezas, frustrações, raivas, mágoas e sentimentos vários que estão dentro de si mesmo. Sabe-se que grande parte destes pais sofreu e traz marcas de violência doméstica, por exemplo, e repete o que aprendeu. Ao se conscientizar deste fato, o pai precisa procurar profissionais especializados para o ajudar a lidar com este sentimento e, com isto, propiciar um desenvolvimento familiar saudável e de qualidade aos seus entes queridos. Alguns pais têm esquecido a sua importância no contexto familiar e no desenvolvimento de seus filhos, deixando para outras pessoas a responsabilidade de educá-los. A educação de cada filho é um processo contínuo, realizado durante toda a vida. Infelizmente, existem muitas situações em que os pais são ausentes, rejeitam seus filhos, omitindo-se de suas responsabilidades enquanto tal. Esquecem-se de que o tempo passa. Deixar para depois pode não ser a melhor atitude, pois pode não haver tempo para reparar o erro cometido, o compromisso não assumido. Na maioria das vezes, a mulher trabalha para


Dra. Adriane de Melo *

ajudar no sustento da casa, o que aumenta mais a necessidade do pai dividir as tarefas familiares tanto no que diz respeito às atividades diárias quanto à educação dos filhos. Ainda existem muitas queixas de dificuldades de relacionamento entre pais e filhos e, em sua maioria, a razão para isso é a falta de envolvimento emocional entre eles. Os pais precisam ter em mente o que querem realmente para seus filhos, precisam estar conscientes de suas responsabilidades, atentos e disciplinados para poderem realmente auxiliar os seus filhos. Para isto, é importante refletir criticamente sobre como vêm conduzindo sua vida, o exemplo que estão dando aos seus filhos. Deve-se apresentar ao filho uma forma diferente de encarar a vida, tendendo a ser mais prático e objetivo, fortalecendo os valores morais e éticos. É preciso ter o cuidado de não satisfazer todos os desejos dos filhos, que podem acabar por não ter resistência a frustrações, não se sentindo capazes de conseguir caminhar na vida com seus próprios passos e apresentando dificuldades para lidar com os obstáculos que surgem, por não se sentirem capazes e, com isso, acabarem sofrendo. Disto resulta que os pais sofrem mais ainda por perceberem que podiam ter agido de forma diferente desde a infância, ensinando-os a lidar melhor com as frustrações. É importante que eles se sintam motivados a lutar pelo que querem alcançar, que aprendam a conviver, a respeitar os outros e que o mundo e as pessoas não giram em torno de satisfazer os nossos desejos. Educar os filhos é um constante aprendizado, já que podemos refletir sobre como fomos educados e aprimorar esse ensinamento. Cabe também ao pai, além de disciplinar, mostrar a realidade do mundo e as responsabilidades para com ele. Ser pai de filhos biológicos ou do coração é um prêmio sem igual oferecido por Deus, é uma experiência única de crescimento interior e de doação! Devemos agradecer aos filhos do mundo por podermos aprender com eles, pelo tanto que nos ensinam sobre a vida! Parabéns aos pais que cumprem com seu compromisso. Parabéns ao Sr. Mauro, Gleiner e todos os pais da equipe Dystak’s que estão sempre preocupados em levar algo de melhor à todas as famílias, almejando um futuro com mais qualidade para todos! * Psicóloga, especialista em: Psicologia Clínica, Educacional e Trânsito Especializanda em Neuropsicologia – UFU

Visão |

129


Àquele que me carregou nos ombros, para que eu pudesse ver mais longe

A

Bruna Tavares

gosto é o mês dos pais. Mas eu cresci achando que era o mês apenas do meu pai: afinal, é nesse mês que, além dessa data comercial, comemoramos seu aniversário e o dia do advogado – profissão que ele sempre exerceu com tanta excelência, honestidade e prazer. Sempre trabalhando muito, foi ele que, chegando em casa tão tarde, me ensinou a não dormir cedo, só para esperá-lo chegar. Sempre que estava em casa, era do trabalho, da vida, dos sonhos e de livros que ele falava – e assim me ensinou também que eu deveria escolher um trabalho que eu amasse, que vivesse uma vida que me orgulhasse e sonhasse sempre com algo mais. Quanto aos livros, esses me ajudariam a ir sempre muito mais longe no trabalho, na vida e nos sonhos. A profissão escolhida não foi a mesma que a dele, inclusive porque eu sabia que nunca chegaria aos seus pés. Ele que lutou pela simples chance de estudar e me deu de bandeja, junto com a minha mãe, todas as ferramentas e estímulos que eu precisava. Era melhor escolher um outro caminho, com a certeza que ele se orgulharia de mim da mesma forma, e acreditaria sempre no meu potencial de ir além em tudo que eu fizesse. Era ele que chegava cansado e ainda assim queria saber das minhas histórias, ler as poesias que eu escrevia que, para ele, eram lindas. Sempre foi ele que, quando eu buscava um herói, se mostrou tão humano quanto eu – um menino que nunca cresceu. Ele que sempre foi todo coração e preferiu o caminho mais difícil tantas vezes para não desviar de seus princípios – que seriam meu norte mais tarde.

Posso dizer que, se hoje não sou uma pessoa melhor, não foi por falta de exemplo. Meu pai talvez nunca tenha sonhado em ser pai antes de sê-lo, assim, meio por acidente. Mas Deus já sabia que era essa a missão dele na terra, e por isso deu a ele tantas vidas para ele cuidar como um verdadeiro anjo. Da boca dele ouvi poucos “nãos” – talvez menos do que eu deveria, mas escutei sempre prontidão em ajudar, em acalmar, em ser pai. Acredito que todas as pessoas têm um dom, e esse é o dele. Papai (nunca consegui te chamar outro jeito), obrigada pelo amor incondicional e por me deixar livre para fazer minhas escolhas, ainda que algumas tenham me levado para longe em algum momento. Quando eu quis voar, você foi o primeiro a me incentivar, ainda que, no fundo, seu coração pedisse/cantasse “Se você se machucar/ eu também vou me ferir/ Não vai lá, vai lá não...” Obrigada por ter me deixado ir. Parafraseando meu amigo, também pai, Luiz Ricardo Magrello, você me deu tudo que um pai pode dar a um filho: raízes e asas, para que possa sempre ir, carregando o desejo de voltar para onde eu sempre tive tudo que precisei. Obrigada por ter me dado a chance que infelizmente nem todos têm: saber o que é ter um pai (de verdade); obrigada por ter escolhido outro anjo para ser minha mãe e por nunca me deixar só. Esse mês é seu, mas a Deus sou grata todos os dias por ser sua filha. Feliz mês ao meu pai em especial, e a todos que deixam de ser meros homens para se tornar anjos, heróis e melhores amigos. Saibam que não há nada mais grandioso do que ver o mundo por cima dos ombros de um pai.


PRIMAvERA vERãO 2014

POR AnnELYSE SCHOEnBERGER

ELEITA A MELHOR LOJA DE CALÇADOS DE HOLLYWOOD PELA RACKED AWARDS 2012

Center Shopping | Galeria Yazo (Rua dos Carajás, 384, Tabajaras) BuEnOS AIRES HOLLYWOOD JOHAnnESBuRG MADRID MARBELLA ORLAnDO PARIS PunTA DEL ESTE RIO DE JAnEIRO SãO PAuLO

250 LOJAS - 17 PAíSES

Carmen Steffens


Revista Glass - Edição27