Page 9

9

LUZ NO INFINITO Partiu, deixou saudades, amizades de sua bondade espalhada, de sua alegria de vida, de seu sorriso, cheio de riso, de sua palavra de sabedoria, de equilĂ­brio, de bom-senso... E pelo ar flutua o aroma sabor, de seus frangos desossados, de seu cuscuz de famĂ­lia, de suas maioneses incrementadas de apresuntada, de seus peixes e lombos regados com shoyo e enfeitados de flores de tomate, muito bem decorados, feitos de segredos bem-guardados e jamais revelados... Fechou os olhos nos montes verdes, acordou nos caminhos de estrelas reluzentes, jamais vistos por gente, apenas por seres luminosos, melodiosos encantados e desencantados... Espere por mim nesse infinito confim... Irei com meu amor, deixando este mundo de dor, quase sempre incolor. Espere por mim....

Folhas de Outono - http://houdelier.com  

Livro de Maria Beatriz Sandoval Camargo