Page 62

62

Lucimar de dor a chorar, Andava espalhando tristeza, Perdendo quase a beleza. Até que Pacheco conheceu, Um farmacêutico formado, Sério, rico e estimado. Bem falado por todo lado, Como competente distribuidor De remédios pra curar Males e achaques. Não é que se apaixonou Pela bela Lucimar!! E com ela queria se casar. Nova vida pra essa moça, Que continuava cozinhar Pro doutor, que a soube amar, Além de muito a respeitar. Adeus, maroto Mané, Você não dava mais pé Só gostava de divertir E o coração não sabia repartir. Até logo, meus companheiros, Chega...chega de cantoria. Amanhã, vou retornar Pra outros causos contar.

Folhas de Outono - http://houdelier.com  

Livro de Maria Beatriz Sandoval Camargo