Page 26

26

A PRINCESA E O SAPO Quinta-feira à noite, aeroporto de Guarulhos. O grande dia da chegada. Casa arrumada, flores compradas, tudo para esperá-la após dois meses de viagem pela França. Apreensiva, saudosa e curiosa pelas novidades, arrumei-me o melhor possível e dirigi-me, junto com genro e netos, para o aeroporto. Pelo caminho, observava a cidade,ao longe, e parques ecológicos, transbordando um pouco da natureza. Estacionado o carro, ao entrar pelo saguão, deparei-me com a costumeira agitação de São Paulo: quanta gente, quantos carros e um vaivém sem fim. Finalmente, achamos o local da espera. Uma televisão informava a chegada dos vôos internacionais. Grupos, ora cantando, ora fantasiados, portavam cartazes com dizeres de boas-vindas ao ente querido esperado...Como sempre, a genuína alegria do brasileiro dominava.Tudo dá em samba. Admirada, olhava um, olhava outro, distanciando-me das tristezas e dos problemas. Tomamos um delicioso café, percorremos as lojas, aliás, tudo de “griffe” e muito caro. Quanta moça bonita e bem vestida, apesar de uma urgência no ar.

Folhas de Outono - http://houdelier.com  

Livro de Maria Beatriz Sandoval Camargo