Page 14

14

Vozes infantis por todo lado, Muito carinho e um cheirinho de comida apetitosa... Ora, agora, é uma sala de aula. Lá estou eu, com meu avental branco, Ensinando literatura, gramática E despertando o gosto de ler e escrever... De repente, o espelho fica embaçado, Tento limpá-lo em vão... Onde estão tudo e todos? Partiram... perderam-se... Nos labirintos da vida. Se eu pudesse, tentaria retornar Aos momentos, que tentei criar... Se eu pudesse, não deixaria apagar As imagens, que deixei brotar, No espelho esfumaçado, De meu ser tão apagado...

Folhas de Outono - http://houdelier.com  

Livro de Maria Beatriz Sandoval Camargo

Advertisement