Issuu on Google+

revista

nosso time Informativo dos colaboradores do Hospital Moinhos de Vento || Edição Nº51

Processo Seletivo

Mais eficiência e agilidade

Aniversário da Instituição Festa homenageia os jubilados

Colaborador Padrão Equipe elege o colega modelo


COM A PALAVRA

Comemorações, homenagens e muitas emoções No dia 2 de outubro, o Hospital Moinhos de Vento completou 82 anos de história. Esse dia especial foi comemorado, como de costume, com aqueles que são responsáveis por preencher essa trajetória com suas lições de vida e de comprometimento. Fizemos, no final do dia, nossa homenagem aos jubilados. Organizamos uma celebração especial para reconhecer a dedicação daqueles que completam 5, 10, 15, 20, 25, 30 e 35 anos de trabalho na casa. Foi uma bonita festa, que comoveu quem teve a oportunidade de estar presente. Nessa edição, fizemos questão de colocar muitas fotografias deste evento em nossas páginas, para que o momento fique bem marcado entre todos os colaboradores. Confira uma reportagem sobre a escolha do Colaborador Padrão, um colega modelo, eleito pela equipe, que irá representar a Instituição em eventos externos e internos. Trazemos também uma matéria sobre a pesquisa que o Hospital Moinhos de Vento está realizando na região da Restinga e Extremo Sul para identificar as necessidades socioeconômicas dos moradores destas localidades. Nossos leitores poderão ver, ainda, reportagens sobre os principais acontecimentos da SIPAT, uma emocionante homenagem da colega Cláudia Plá aos seus amigos que a ajudaram a superar um momento difícil, dentre outras. Esperamos que todos tenham uma excelente leitura e apreciem tudo o que preparamos especialmente para vocês.

Fernando Torelly Superintendente Administrativo

Revista Nosso Time – Informativo dos colaboradores do Hospital Moinhos de Vento – Ano VII – Outubro de 2009 – nº 51 Hospital Moinhos de Vento – Rua Tiradentes, 333 – Fone (51) 3314.3434 || www.moinhos.net – nossotime@hmv.org.br

EXPEDIENTE

Coordenação: Shirlei Raquel Manteufel || Comissão Editorial: Gislaine Fraga, Shirlei Raquel Manteufel || || Produção e Execução: Informare Comunicação Empresarial || contato@informareagencia.com.br || www.informareagencia.com.br || Jornalista Responsável: Fernanda Doering MTB 11197 | Apoio de redação: Gabrielle Duarte Moreira Projeto Gráfico e Diagramação: Violeta Lima || Fotografias: indicefoto.com

02


QUEM É ELE?

Mais uma chance de ganhar Outro desafio para vocês. Quem será essa linda criança na foto ao lado? Os detalhes dizem muito, é preciso estar bem atento. Se você tem um palpite, arrisque e mande para a gente. Quem sabe você não é o próximo vencedor? Na edição passada, a ganhadora foi a Ariane Battisti, da Superintendência e o bebê era a colega Isadora Almeida do marketing.

Pura simpatia

PARA OS PEQUENOS

Essa fofura aí do lado (esq.) é a Maria Eduarda, que nasceu no dia nove de setembro, com 34 semanas, 2.54kg e 46cm. Essa linda menina é filha da Daniela Reckziegel da Unidade de Internação A2 e do Benito Gottardo. A outra gatinha é a Joana, filha da Juliana, colaboradora do Comercial, e do Pedro Nunes Schaan. Ela nasceu no dia 6 de maio, pesando 3.30 kg. Além de muito amadas, essas meninas são muito simpáticas, não acham?!

Festa, cultura e aprendizado para os pequenos O mês de setembro foi super movimentado na Creche Werner Schwuchow. Entre os dias 14 e 18, a criançada comemorou a Semana Farroupilha em grande estilo, caracterizada conforme a data comemorativa. Entre prendas e gaúchos, muito churrasquinho, comidas e músicas típicas. Além de diversão, muita cultura entre os baixinhos. Aconteceram também, nos dias 28, 29 e 30, as Oficinas da Creche. O tema abordado foi o meio ambiente. Cada turma trabalhou, com material reciclável, na confecção de jogos e brinquedos. Houve, também, a hora do conto, que mostrou aos pequenos todos os processos de reciclagem de lixo. Para finalizar, aconteceu uma bonita exposição das criações.

03


FIQUE POR DENTRO

Fotos retratam o cuidado com a vida Para evidenciar e difundir, cada vez mais, a importância do cuidado com a vida, o Hospital Moinhos de Vento promoveu um concurso de fotografia sobre este tema. Os participantes tinham que tirar uma foto, dentro da Instituição ou em suas unidades, de um momento que representasse “O cuidado da vida em seu dia de trabalho”. O material serviu de inspiração para a campanha dos 82 anos do Hospital. O concurso fez um sucesso tão grande, mobilizando vários colaboradores, que vai ter bis. Ficou decidido que esse foi somente o primeiro de muitos outros concursos que estão por vir. Então, prepare-se: câmera sempre na mão para captar momentos importantes que podem ser retratados nas próximas campanhas. A foto escolhida desta campanha foi a de Elaine Thermann.

04


FIQUE POR DENTRO

Corrida pela qualidade de vida Faça chuva ou faça sol, o Grupo de Corrida do Hospital Moinhos de Vento jamais desiste de seu objetivo. Os competidores participaram, na manhã de domingo, dia 17 de setembro, do evento Track&Field Run Series Shopping Iguatemi. Mesmo o céu cinza e o frio não diminuíram a diversão dos atletas que, na noite anterior, ainda participaram do tradicional jantar de massas que integrou ainda mais a equipe. Os resultados alcançados pelo grupo foram muito bons e, a cada competição, todos vêm superando os desafios, com destaque para Marcos Paulo que chegou em 6° lugar. Nesta edição, cerca de 1.500 corredores participaram da competição. O Grupo de Corrida do Hospital Moinhos de Vento, que é patrocinado pelo Iguatemi, segue marcando presença em eventos esportivos. Afinal, quem pratica esse esporte sabe que a qualidade de vida que a atividade proporciona é tão importante quanto estar presente nas competições. Mais saúde, prevenção às doenças, disciplinas e disposição são apenas alguns dos muitos benefícios da corrida. Quem tiver interesse em participar do Grupo de Corrida, pode enviar um e-mail para corridaderua@hmv.org.br e começar a desfrutar das maravilhas dessa atividade.

Seu crachá apresenta você O crachá é o seu cartão de visitas. Se ele está bonito e bem apresentável, demonstra cuidado e orgulho com o trabalho. No entanto, se o crachá está descuidado, pode passar a impressão de desleixo e isso ser facilmente vinculado ao lado profissional. Pensando nisso, o DH está iniciando uma campanha de atualização dos crachás antigos que irá até o dia 15 de dezembro. O setor conta, então, com a avaliação e o bom senso de cada colaborador para analisar o seu crachá e levá-lo até o DH, caso ele esteja necessitando de reparos. Não esqueça: o seu crachá dá acesso às áreas necessárias ao trabalho e à fácil identificação, podendo impedir a circulação de pessoas estranhas às áreas restritas do Hopital. Além disso, é parte importante no 8Ss, ou seja, mais motivos para deixá-lo impecável.

05


FIQUE POR DENTRO

Hospital renova seus cuidados com o Parcão O Hospital Moinhos de Vento renovou a assinatura de adoção do Parcão e a parceria nesta atividade com a Companhia Zaffari. Há seis anos, a Instituição acolheu o Parque Moinhos de Vento para realizar iniciativas de melhorias em sua infra-estrutura e ações de serviço à comunidade. Os resultados dessa iniciativa vêm sendo muito positivos e, entre as melhorias já feitas estão a instalação de iluminação e de novas placas de sinalização com informações sobre flora e fauna, além de dicas de separação de lixo. Nos últimos meses, o Parcão ganhou

Hospital Moinhos de Vento renova assinatura de adoção do Parcão, juntamente com a Companhia Zaffari

novo tratamento paisagístico, nova pavimentação de acessos, cuidados nas paradas de

Conforme João Polanczyk, superinten-

ônibus e manutenção do monumento Castello

dente executivo do Hospital, o resultado deste

Branco que foi entregue à comunidade no dia

tipo de adoção é positivo, pois reflete em me-

21 de outubro. O Hospital Moinhos de Vento

lhores condições para a prática do bem-estar

também é responsável pela manutenção da

da comunidade e vem ao encontro da nova

praça Júlio de Castilhos há 12 anos.

missão da Instituição que é Cuidar de Vidas.

Ampliação na cobertura de serviços Sul América e Bradesco O Hospital Moinhos de Vento firmou um convênio com a Sul América Seguros para atendimento na emergência da Instituição e na unidade Iguatemi. Além disso, os clientes do Bradesco Seguros passam a contar com atendimento ampliado no Iguatemi para consultas em mais de 50 especialidades com profissionais qualificados, e também para diversos tipos de exames de imagem. Tudo isso para garantir mais facilidades aos seus pacientes.

06


FIQUE POR DENTRO

Uma oportunidade para crescer e se aperfeiçoar A Escola de Enfermagem oferece curso técnico em enfermagem para profissionais que querem aprimorar seus conhecimentos ou investir em uma nova carreira, podendo ser absorvidos, inclusive, no quadro funcional da Instituição A Escola de Enfermagem, vinculada ao Ins-

Durante todo o curso, o acolhimento, o

tituto de Educação e Pesquisa do Hospital Moinhos

respeito, a privacidade e o cuidado espiritual estão

de Vento, caracteriza-se por buscar o ensino do

aliados à técnica. Todos os módulos possuem aulas

conhecimento técnico aliado a uma postura pro-

teóricas e práticas, nas quais o aluno executa as in-

fissional de respeito, dedicação e acolhimento às

formações recebidas em sala de aula na prática assis-

necessidades do paciente.

tencial, iniciando, assim, a construção de seu conheci-

Atualmente, o curso técnico em Enfermagem da Escola de Educação Profissional possui uma média anual de quatro turmas com 30 alunos cada

mento. Os que possuem melhor desempenho podem ser contratados pela Instituição. Existem casos, ainda, de colegas que de-

e tem duração de 18 meses. Nos últimos 10 anos fo-

sempenhavam outra atividade na Instituição e,

ram formados 1.000 técnicos em enfermagem, sendo

depois do curso, garantiram

89% absorvidos pela Instituição. O grupo de técnicos

uma vaga adequada às no-

de enfermagem representa hoje 32% do total de co-

vas aptidões. Veja o que es-

laboradores ativos do Hospital Moinhos de Vento.

ses colaboradores dizem so-

A Escola possui também os Cursos de Auxiliar de Ali-

bre as suas novas experiências

mentação, Auxiliar de Consultório Dentário, Técnico

e a conquista de promoções

em Saúde Bucal e de Camareira.

depois de finalizado o curso.

es õ ç i r c s n I abertas

“Quando morava em Itaqui, trabalhava na enfermagem do exército e já sabia que era isso que eu queria, então vim para a capital para buscar uma oportunidade. Comecei a trabalhar como segurança do Banco Real. Ao completar um ano de trabalho pude, então, me inscrever no Curso Técnico do Hospital Moinhos de Vento, já que sendo funcionário, teria um bom desconto. Graças a esse curso estou trabalhando há quatro meses na Diálise. Estou muito feliz.” Maurício Fogaça Veppo, Diálise “Comecei a trabalhar no Hospital, como vigilante, na Unidade Iguatemi, ainda durante a obra. Logo após a inauguração fui transferido para o Hospital. Iniciei o curso quando consegui conciliar o horário de estudo com o de trabalho. Agora, recém-formado, atuo no D2 e estou muito satisfeito. Gosto demais do meu trabalho, pois vejo os resultados quase que imediatamente. Em muitos casos o paciente é internado com fortes dores e quando sai está bem. Isso é o mais compensador.” Vitor Teixeira Lacassagne, D2

07


FIQUE POR DENTRO

A missão “Cuidar de Vidas” realmente foi cumprida: “A minha foi devolvida...” A colega Cláudia Plá passou por uma situação difícil com sua filha, neste ano. Felizmente, os resultados finais trouxeram muito alegria e a colaboradora fez questão de compartilhar seus sentimentos com todos aqueles que, de alguma forma, estiveram presentes em seus momentos mais dolorosos

Querido colegas e amigos: Hoje é, sem qualquer dúvida, o dia mais feliz de minha vida, por esta razão quero dividi-lo com vocês. Na terça feira, dia 8 de setembro, minha filha Laura realizou o exame PET-CT para verificação de células doentes, após o tratamento de quimioterapia. Hoje, depois de uma expectativa muito grande, veio o resultado mais esperado: não foi detectada nenhuma alteração! Para os que não acompanharam nossa história, no dia 12 de março, ao realizar o exame de rotina com o Pediatra Dr. Sérgio Lucchesi, foi detectada uma massa sólida na barriguinha da minha filha, na época com 7 anos. Imediatamente realizamos Ecografia e Tomografia, na qual ficou comprovada a existência de uma massa sólida heterogênea com calcificações intra-abdominal medindo 10,9 x 9,0 x 7,5 cm. Fomos encaminhadas para a Oncologista Pediátrica Dra. Jiseh Loss, que

08


FIQUE POR DENTRO

imediatamente assumiu o caso da Laura, tratando-nos com todo o amor e profissionalismo de altíssima competência. No dia 21 de março, Dr. Rafael Dael, Cirurgião, efetuou a retirada do Tumor, recessão total. Após sete sessões de quimioterapia, imuno-depressões, febres altas, enjôos, quedas de cabelos, mucosites, 12 internações, chegamos então ao exame PET-CT. Nossas

amadas

colegas

do F.A.S., que muito mais do que trabalharem no Convênio dos colaboradores do Hospital, são colegas, amigas e irmãs. Souberam ser e estar presentes, competen-

Laura e sua mãe, Cláudia Plá: duas vencedoras na vida e na arte de acreditar

tes, únicas, maravilhosas. A elas os meus sinceros e eternos agradecimentos. Setor de Oncologia e Quimioterapia,

Dizem que os anjos são seres ilumi-

Setor E3, CTI P, D2, CC, SAP, CI, Pastoral, SCI,

nados que nos protegem e guiam. Recebendo

SESMT, que equipes! Obrigada nossa querida

o carinho de toda essa equipe, tenho certeza

enfermeira Marli, por quem minha Laura cha-

de que esses seres especiais existem, pois so-

mava, me colocando em muitas saias justas

mente quem é paciente, sabe o valor do pro-

com as outras enfermeiras: “Não é a tia Mar-

fissionalismo, o carinho e a presença de seres

li...”. No final a Laura concordava que a enfer-

como vocês.

meira tinha instalado e retirado a agulha que nem a “Tia Marli”. À Dra. Lúcia Rohde, incansável, dedicada, amiga... sei que não há como agradecer.

Aprendi que as pessoas que internam tornando-se pacientes procuram não somente uma equipe de profissionais especializadas, competentes e uma tecnologia avançada, mas

Meus queridos colegas das Áreas Ad-

um conforto, um gesto, uma palavra, uma es-

ministrativas que, com seu carinho, suas ora-

perança... Nosso Moinhos de Vento é muito

ções, apoio e compreensão possibilitaram-me

mais que um Hospital Acreditado Internacio-

acompanhar o tratamento de minha Laura.

nalmente. A missão “Cuidar de Vidas” realmen-

À Superintendência, na pessoa do Sr. Fernan-

te foi cumprida: “A minha foi devolvida...”

do Torelly, colocando-se à disposição a que se fizesse necessário. Ao meu chefe e amigo Rober que, mais

Obrigada, obrigada, neste dia tão feliz! É a Deus e a vocês colegas que dedico o meu agradecimento e toda a minha alegria .

do que ninguém, soube encontrar meios que me possibilitaram trabalhar e atendê-la.

Cláudia Kroeff Plá, SESMT

09


FIQUE POR DENTRO

Faça uma visita virtual pelo Hospital Moinhos de Vento Desde o dia 25 de agosto, o site do Hospital Moinhos de Vento conta com uma nova ferramenta que irá ampliar o conhecimento dos internautas sobre a Instituição. A Visita Virtual permite que as pessoas conheçam os diversos ambientes, a estrutura e os serviços do Hospital antes mesmo de sair de casa. Com apenas um clique é possível visualizar um pouco mais sobre as áreas do Hospital e toda a sua infra-estrutura. Basta acessar o link Visita, que se encontra no site, e navegar por todos os lugares disponíveis, distribuídos conforme a estrutura física da Instituição.

Vantagens para os internautas O principal objetivo é criar a oportunidade para que todos possam conhecer, de forma mais confortável, os diferenciais da Instituição. Com essa vantagem também fica mais fácil para os internautas compreenderem como funciona uma instituição de saúde, desmistificando possíveis receios que possam existir sobre essa área. Conforme Francine Zeni, do setor de Marketing, integrante e coordenadora deste projeto, a expectativa é de “facilitar a vida” dos clientes que optam por utilizar os serviços do Hospital Moinhos de Vento. “Um exemplo disso é o que aconteceu no Centro Obstétrico. Devido ao vírus Influenza A, por uma questão de prevenção, as visitas ao local foram temporariamente suspensas. No entanto, a Visita Virtual possibilitou que as gestantes pudessem conhecer a estrutura do Hospital sem sair da segurança do seu lar”. Qualquer pessoa pode entrar no site e acessar a Visita, por meio do endereço www.moinhos.net

10


FIQUE POR DENTRO

Mais facilidades para o processo de seleção Instituição adquire ferramenta que facilita e aprimora o recrutamento de pessoal, informatizando o cadastro de currículos cam registradas no cadastro de cada candidato, o que facilita na hora de chamar o candidato que não passou em um dos testes, por exemplo, para uma nova seleção. Todas as pessoas que cadastrarem seus currículos no site podem e devem mantê-lo atualizado, com informações corretas sobre telefone, endereço, novos cursos, dentre outras. Segundo Katherine, a ferraPara tornar mais ágeis seus processos de seleção, o Hospital Moinhos de Vento adquiriu a ferramenta E-lancers. O software é capaz de cadastrar currículos por meio do acesso ao site e realizar uma triagem de candidatos assim que se fizer necessário. Até o início do mês de outubro já haviam sido feitos cerca de cinco mil cadastros de currículo. Conforme Katherine Saibel, responsável pelo setor de Recrutamento e Seleção do Hospital,

menta ainda está em fase de adaptação no Hospital, mas os resultados estão sendo muito bons: “Já contratamos cerca de 29 novos colaboradores com o uso do E-lancers. A primeira foi Tatiana Barth Gloor, Técnica de Enfermagem das Unidades de Internação. Por enquanto, o cadastramento só contempla o público externo, mas a idéia é que em 2010 possamos usá-lo para os processos de seleção interna”.

essa novidade só traz benefícios para a Instituição: “Além de tornar o recrutamento e o processo seletivo mais rápidos, a ferramenta E-lancers dá a oportunidade de acessar os dados de todos os interessados na Instituição. Com os currículos impressos ficava mais difícil e demorado dar atenção a todos. Por meio do trabalho realizado pelo site, não corremos o risco de deixar para trás nenhuma pessoa que tenha um perfil adequado para o que precisamos”. Outra vantagem é que todas as observações realizadas durante o processo seletivo fi-

Tathiana Bard Gloor é a primeira colaboradora contratado por meio do E-lancers

11


FIQUE POR DENTRO

Pesquisa faz diagnóstico sobre condições de saúde da Restinga e Extremo Sul Para que se possa organizar um sistema de

O que está sendo feito

saúde articulado, vinculado às necessidades da popu-

A avaliação inicial servirá de linha de base

lação, equânime e eficiente, são necessários dados

para que comparações futuras sejam feitas, após a

locais atualizados.

implementação de diferentes intervenções veicula-

Por esse motivo, o Hospital Moinhos de Vento está realizando um diagnóstico das con-

das pelo Projeto “Desenvolvimento de Técnicas de Operação e Gestão de Serviços de Saúde”.

dições de saúde da comunidade que reside nos

Trinta entrevistadores, devidamente trei-

distritos sanitários da Restinga e Extremo Sul da

nados, estão visitando 1.750 domicílios da região e

cidade de Porto Alegre, onde será construído um

aplicando questionários previamente validados para

sistema de saúde regionalizado e hierarquizado

crianças de zero a 36 meses de idade, adolescentes

composto por equipes de Estratégia de Saúde da

de 10 a 19 anos de idade e adultos com 20 ou mais

Família, um centro de especialidades e um hos-

anos de idade.

pital de média complexidade, tudo isso vinculado a uma Escola de Gestão em Saúde.

As crianças estão sendo pesadas e medidas nos domicílios. Ao todo serão entrevistadas 200 crianças, mil adolescentes e aproximadamente quatro mil adultos. O total de domicílios na região chega a 31 mil. Os supervisores do trabalho de campo fazem revisão diária dos questionários para checar erros de preenchimento e inconsistências, permitindo o retorno imediato aos domicílios para esclarecimentos. O controle de qualidade é realizado em 10% das entrevistas em cada setor censitário. Este controle é realizado por telefone e, caso necessário, os domicílios são visitados novamente. A coleta de dados iniciou em final de julho e tem previsão de término em final de novembro. Já foram ul-

re as familias da região

dados sob Hospital faz a coleta de

12

trapassados 80% da coleta de dados.


FIQUE POR DENTRO

Homenagem especial

Comemoração no Dia do Médico

Em comemoração ao Dia do Fisioterapeu-

Os médicos do Corpo Clínico do Hospital

ta, que se celebra em 13 de outubro, o Hospital

Moinhos de Vento tiveram a oportunidade de

Moinhos de Vento presta uma singela homena-

saborear o apfelstrudel, delicioso e tradicional

gem a todos os profissionais desta área.

doce alemão, no café da manhã do dia 16 de outubro. Como acontece todos os anos, o evento é uma homenagem em comemoração ao Dia do Médico.

Ser Fisioterapeuta é ser forte... É manter expressão serena, mesmo com a alma desesperada; Manter a calma diante da doença e da dor. É transformar lágrimas em conforto; Segurar as mãos trêmulas dos que sofrem. Muitas vezes o coração estremece de emoções inexplicáveis, mas trazendo alívio, conforto e com sua sabedoria poderá até mesmo proporcionar a cura.

Corpo Clínico do Hospital comemora o Dia do Médico

Ser Fisioterapeuta é ser esperança... É vencer os sentimentos e reconhecer os seus próprios limites. Mas, acima de tudo ser Fisioterapeuta é nunca ser um mecânico diante de uma engrenagem, nunca perder a capacidade de chorar e jamais esquecer que em suas mãos existe o maior milagre do Universo: “A VIDA.” Irmã Íres, Aloysio Achutti, Valderes Achutti, José Adroaldo Opperman e João Polanczky

13


ESPECIAL

Uma bonita festa para cele de trajetória e homenagear Todos os anos, no seu aniversário, o Hospital Moinhos de Vento realiza um evento comemorativo como forma de homenagear aqueles que fazem parte da sua história e que são os responsáveis pela trajetória de conquistas e de cuidados com a vida Em 2 de outubro, data em que comemorou

corados com lindos balões azuis, em homenagem à

82 anos, a Instituição fez questão de celebrar seu ani-

passagem do aniversário. Os pacientes internados

versário junto aos colaboradores, pois reconhece a

foram surpreendidos com um delicioso apfelstrudel

importância de cada um deles para levar adiante os

e um bonito cartão em suas bandejas de café da ma-

valores do Hospital, impulsionados pela missão maior

nhã. O almoço também foi um momento especial.

que é a de Cuidar de Vidas. O Hospital e o refeitório amanheceram de-

No final do dia, às 19h, aconteceu a festa em homenagem aos jubilados, o tradicional evento que reconhece os colaboradores que completam cinco, 10, 15, 20, 25, 30 e 35 anos de casa. Os 300 funcionários homenageados, além de convidados e familiares, estiveram reunidos e prestigiaram um bonito evento, com detalhes cuidadosamente planejados para alegrar a todos que estiveram presentes. Houve uma apresentação com uma linda encenação de crianças da creche Creche Werner Schwuchow vestidas de anjo e de música com o Coral Feminino do Hospital Moinhos de Vento. Após, os homenageados começaram a ser chamados à frente e receberam os cumprimentos de superintendentes da Instituição. Em um clima de muita emoção e felicidade, os colegas foram fotografados em grupos para deixar registrado esse momento tão especial não apenas na memória. Um coquetel foi servido em seguida, unindo todos os presentes para brindar a passagem da data comemorativa e também aos homenageados, que tornaram a noite ainda mais bonita e inesquecível.


ESPECIAL

ebrar os 82 anos os seus colaboradores 35 anos

30 anos 15


ESPECIAL

25 anos

20 anos 16


ESPECIAL

15 anos

10 anos 17


ESPECIAL

5 anos

18


ESPECIAL

Parabéns a todos vocês que se esforçam e se comprometem em traçar um futuro cada vez mais promissor para a nossa Instituição

19


INTEGRAÇÃO

Transporte pela vida Com a criação de um novo setor, a Instituição agiliza o transporte de pacientes de setor para setor, de uma forma rápida, cautelosa e prática

Pouca gente sabe, mas o Hospital Moi-

como o meio de transporte necessário (cama,

nhos de Vento, atualmente, é uma das poucas

maca ou cadeira de rodas) e as condições e ne-

Instituições que disponibiliza para seus pacien-

cessidades do paciente, pois isso agiliza e facili-

tes um Serviço de Transporte de Pacientes.

ta o transporte.

Esse é um Serviço especializado em efetuar a

O paciente transportado é acompanha-

locomoção de pessoas que estão internadas de

do por um atendente do transporte, porém, em

um setor para o outro com segurança, rapidez,

casos mais graves, além do colaborador do se-

conforto e cordialidade. Foi criado para suprir

tor, o acompanhamento é feito por um técnico

uma demanda antes desempenhada pela equi-

em enfermagem, um enfermeiro e ainda um

pe de enfermagem.

médico, de acordo com a necessidade.

O setor conta com 10 colaboradores

O serviço é solicitado por meio do ra-

contratados e 12 aprendizes vinculados à Es-

mal 4030, funciona das 7h às 23h30 e tem como

cola Técnica do Hospital Moinhos de Vento. Os

meta que 75% dos transportes sejam realizados

colegas são facilmente identificados pelos cor-

em 15 minutos.

redores do Hospital, já que utilizam um rádio, que é a forma de manter o grupo interligado. Um fator muito importante é que o solicitante passe informações corretas e precisas

20

A colaboradora líder do setor, Maricel Corrêa, enfatiza a importância do serviço pois, além de ser um diferencial da Instituição, é uma forma organizada, rápida e segura de levar o paciente.


ARTIGO

A inserção da enfermagem nos cuidados com a mulher e o câncer de mama

Por: Rosane Maria Leite Teixeira, Núcleo Mama do Hospital Moinhos de Vento Instituto de Educação e Pesquisa, Pós Graduação Lato Sensu, Enfermagem em Oncologia

O diagnóstico de câncer tem, geralmen-

A autonomia dada ao enfer-

te, um efeito devastador na vida da pessoa que o

meiro pela equipe médica e institui-

recebe, seja pelo temor das mutilações e desfigu-

ção hospitalar faz com que o paciente e

rações que os tratamentos podem provocar, seja

seus familiares sejam ouvidos, percebidos e,

pelo medo da morte ou pelas muitas perdas, nas

assim, atendidos em todas as suas necessidades.

esferas emocionais, social e material, que quase sempre ocorrem. O câncer de mama é uma das principais

Da troca de informações e percepções entre os profissionais de uma equipe multidisciplinar depende um bom resultado final.

causas de mortalidade entre as mulheres no Brasil

O enfermeiro tem uma percepção dife-

e no mundo, e sua incidência nos países ociden-

renciada que lhe propicia dar um auxílio na reabi-

tais vem aumentando nos últimos anos.

litação física e emocional ao paciente e seus fami-

O diagnóstico e a terapia antineoplásica

liares desde o diagnóstico ao tratamento. Discutir

determinam repercussões sociais, econômicas,

deveres e direitos das pacientes com câncer que

físicas, emocionais e sexuais.

muitas vezes são desconhecidos tanto pela pa-

Além da perda da mama ou parte dela os

ciente quanto por sua família.

tratamentos complementares podem impor se-

Faz parte, também, do papel do enfer-

quelas, fragilizando ainda mais o sentimento de

meiro dar apoio aos demais profissionais que

identidade da mulher.

muitas vezes ficam fra-

O papel do enfermeiro, dentro desse

gilizados e têm que

contexto, é de fundamental importância por ser

manter uma postu-

integrante de uma equipe multiprofissional e

ra firme frente ao

conhecedor de aspectos relacionados à patolo-

paciente.

gia, ao tratamento e à reabilitação, bem como

Finalmen-

de fatores emocionais. O profissional da área de

te, cabe ao enfer-

enfermagem, tem todas as condições de dar uma

meiro

assistência de forma integral atendendo não só as

ao portador de

pacientes como aos seus familiares.

câncer de mama

Acreditar na possibilidade de cura desta

transmitir

o acolhimento e

doença e ser portador de conhecimentos de pre-

ajudá-lo a se reinse-

venção são fatores fundamentais no cuidado com

rir na sociedade em

a paciente com câncer de mama.

que vive.

21


NOVAS LIDERANÇAS

Novas lideranças e suas expectativas O Hospital Moinhos de Vento, em nome de todos os seus colaboradores, gostaria de apresentar seus novos gerentes e desejar a cada um deles muito sucesso neste novo desafio. Sintam-se acolhidos por esta casa.

“Tenho muitas expectativas com relação ao novo cargo, pois assumo uma área em que o foco é mais estratégico, diferentemente da minha última atuação na gestão da Unidade Iguatemi, que tinha um foco mais voltado para o operacional. Nossos esforços devem ser direcionados em ações como o desenvolvimento de novos produtos e serviços que estejam alinhados diretamente com o que a Instituição permeia como negócio. Isso significa reforçar a marca junto a comunidade, criar ações em parceria com o DH que valorizem os relacionamentos internos com os colaboradores e estreitem as relações com o Corpo Clínico, fazendo com que todos se sintam efetivamente parte importante da Instituição. Acredito que minhas experiências anteriores ajudarão a contribuir, em conjunto com a equipe do marketing, na elaboração de um planejamento de comunicação eficiente, que atinja a todos os públicos e agregue valor à marca Hospital Moinhos de Vento”. Daniela Pontes Gerente de Marketing

“Estou muito feliz com esta nova oportunidade, tenho a expectativa de realizar um trabalho voltado à manutenção, inovação e disseminação das práticas de gestão e dos sistemas de garantia de qualidade dentro da Instituição, mantendo nosso Hospital sempre reconhecido pela excelência em atendimento e gestão. Acredito poder contribuir com a aplicabilidade de meus conhecimentos. Por ser enfermeira de formação, trabalhei durante nove anos como enfermeira assistencial, tanto aqui no Hospital como em outras instituições de saúde. Estas experiências me proporcionaram um grande conhecimento do negócio e também das várias áreas de atuação dentro de uma instituição. Busquei formação e conhecimento na área de administração, qualidade e gestão e acredito que a união da prática assistencial e os conhecimentos de gestão me permitem uma melhor visão sistêmica e a busca pela disseminação das metodologias de gestão totalmente alinhada a estratégia e às necessidades das áreas da Instituição”. Karina Paris Gerente de Gestão de Desenvolvimento Organizacional

22


NOVAS LIDERANÇAS

“Minha expectativa em relação ao novo desafio é de aprender, reaprender, de adaptação a uma realidade com novas exigências e demandas, que exige atualização constante, de estar presente e com visão sistêmica, de envolver e obter resultados. Acredito poder contribuir, permeando a “bagagem” adquirida ao longo dos anos, no que diz respeito à cultura do Hospital, sabendo viver e conviver com semelhanças, diferenças e respeito, tendo conhecimento técnico de enfermagem, de gestão da assistência e do negócio para desenvolvimento de lideranças e equipes de trabalho, o que deve gerar mais satisfação às pessoas, contribuindo para a melhoria constante dos processos, com muito entusiasmo. Também quero expressar minha gratidão a esta Instituição que tão calorosamen-

“Minha expectativa é de exercer uma liderança que possa envolver todos os colaboradores em um clima de equipe em todos os níveis e em todos os turnos, sendo capaz de conciliar as necessidades do Corpo Clínico com a nova estrutura organizacional e assistencial e, por fim, oferecer aos pacientes um ambiente fundamentalmente de muita segurança, com conforto e a maior agilidade possível no atendimento. Pretendemos focar todas as nossas ações no sentido de atingir os objetivos estratégicos

para

o próximo triênio, contribuindo com a sustentabilidade econômica, propiciando um ambiente de crescimento contínuo para as pessoas e garantindo a satisfação dos pacientes”. Sérgio Frederes Gerente do Serviço de Emergência

te me acolheu no ano de 1979. É um lugar onde pude desfrutar da convivência com as irmãs, tendo todo apoio, carinho, moradia, orientação pessoal e profissional. Estive ausente do Hospital por um período, retornando há 14 anos. Fiz minha carreira nesta Instituição. Sou uma pessoa realizada pessoal e profissionalmente, apoiada pela minha família e pela Associação Hospitalar Moinhos de Vento, me considero feliz por conviver neste ambiente tão familiar em que me identifico plenamente”. Janice Brustolin Gerente Operacional do Centro Clínico Tiradentes

23


SESMT

Uma semana para tratar temas sobre saúde e segurança Sempre pensando no bem-estar de seus colaboradores, especialmente quanto à Segurança e Saúde no ambiente profissional, o Hospital Moinhos de Vento promoveu a 31ª edição da SIPAT, Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. O evento aconteceu de 14 a 18 de setembro, utilizando o tema “Segurança é Saúde. Pratique esta idéia”, uma abordagem alinhada à Missão Institucional do Hospital, que é “Cuidar de Vidas”. Crianças da creche estiveram presentes no evento

Cerca de 150 colaboradores participaram das atividades que aconteceram diariamente, sendo que, no encerramento, com a divulgação do Colaborador Padrão, houve lotação total do Anfiteatro Schwester Hilda Sturm. Durante toda a semana da SIPAT foram sorteados brindes entre os participantes e trabalhados diversos assuntos e atividades, tais como: • Danças Tradicionalistas – CTG Roda de Carreta; • Meio Ambiente – Grupo CEEE-GT;

Apresentação do Grupo de Teatro do Hospital

• Grupo de Teatro do Hospital Moinhos de Vento – Meio Ambiente; • Atividade Física – Professor Antônio Ferreira e Vagner Alves; • Prevenção do Câncer – Dra. Alessandra Morela; • Teatro de Bonecos e Palestra em Cena – Ator Luis Fernando Moojem; • Apresentação da Banda “Ponto Final” e Encerramento com a divulgação do Colaborador Padrão.

Colaboradores participaram de sorteios de brindes

24


SESMT

Colaboradores do Hospital elegem sua representante Schwester Hilda Sturm foi o cenário de uma linda

Reconhecimento importante e merecido

festa, com muita animação, alegria e descontração.

O evento Colaborador Padrão foi criado no

Torcidas de diversas áreas e todos os demais presen-

ano de 2000, com o objetivo de reconhecer a impor-

tes assistiram a revelação do Colaborador Padrão do

tância dos colaboradores que

Hospital e fizeram bonito diante dos colegas.

contribuem para o cres-

No dia 18 de setembro, o Anfiteatro

Na 10ª edição do evento, mais de 250

cimento da Instituição.

colaboradores prestigiaram a festa e os colegas

A idéia é identificar den-

que estavam concorrendo ao título. Nesta edição,

tre as áreas de apoio e

houve 21 participantes que foram homenageados

assistenciais do Hos-

com flores, medalha de hora ao mérito e um jan-

pital os colaboradores

tar com direto a acompanhante.

que se destacaram em

A vencedora de 2009, que irá representar a

qualidade pessoal e pro-

todos no ano seguinte, foi Naira Escouto Nascente,

fissional, sendo conside-

da Área Assistencial Unidade de Internação que ga-

rado um exemplo pelos

nhou um final de semana com acompanhante em

demais colegas.

uma cidade turística do Rio Grande do Sul. Agora,

Nossos parabéns

ela é representante dos colaboradores em eventos

à colega Naira! Temos a

como o Dia do Trabalho, a Festa de Final de Ano, o

certeza de que estamos

Natal dos Colaboradores, dentre outros.

bem representados!


PROGRAMA DESAFIO

Juntos rumo a um objetivo comum O Programa Desafio está em pleno andamento. Por isso é preciso que, cada vez mais, todos estejam comprometidos com os resultados para garantir uma excelente performance no ano de 2009. Como todos já sabem esse é um trabalho que deve ser construído ao longo do ano, com base na confiança e no envolvimento do grupo. Com pequenos cuidados no dia-a-dia é possível chegar a resultados surpreendentes. Apagar a luz ao sair da sala, imprimir somente o que for realmente importante, evitar desperdícios dos materiais de trabalho, falar somente o necessário ao telefone, não ocupar a linha muito tempo sem necessidade e ainda sugerir ações de melhorias para tornar o setor mais ágil e produtivo, são apenas alguns exemplos do cotidiano que podem ser colocados em prática e fazer muita diferença no final das contas. Pensando nisso, o Hospital criou o endereço eletrônico evitedesperdicios@hmv.org.br para que você envie sua sugestão sempre que identificar uma oportunidade de economia. Mesmo faltando apenas alguns meses para o fechamento do Programa, ainda dá tempo de transformar o que não está tão bom, garantindo ótimos resultados para todos. Com muito trabalho e dedicação é possível alcançar as metas estabelecidas e começar 2010 de bem com a vida, com mais dinheiro no bolso.

Atenção Em reconhecimento ao esforço e a dedicação de todos os colaboradores durante o período da pandemia da gripe H1N1, comunicamos que os afastamentos ocorridos entre 15 de julho e 15 de outubro de 2009, não serão considerados no cálculo de desconto do Programa Desafio. A definição deste período atende às disposições da OMS, Ministério da Saúde e Secretaria Municipal da Saúde. Esta decisão é resultado de mais um DESAFIO superado.

26


NOSSOS TALENTOS

O dia-a-dia descrito em poesia Elias Arruda, que trabalha no Serviço

com o público porque todos

de Atendimento ao Paciente, começou a fazer

têm um pouco de poesia

poesias por volta dos 10 anos de idade. Na ado-

dentro de si”.

lescência parou completamente de escrever,

Nas folgas do

pois, na época, passou a não dar a importância

trabalho, Elias opta por

devida para as suas criações.

colocar em dia seus

Curiosamente, quando estava na esco-

poemas

e

escrever:

la, Elias gostava de matemática e não suporta-

“Confesso que espero

va português, o que é engraçado, pois sempre

ansiosamente por estes mo-

gostou muito de ler, principalmente poesias de

mentos”, afirma o colaborador.

Fernando Pessoa, autor que considera um homem extremamente inteligente. Passada esta época de “rebeldia”, o colaborador retomou a redação de seus poemas.

Quem quiser conhecer melhor o talento deste colega, não precisa ter receios. Elias gosta muito de mostrar seus textos aos colegas e amigos, já que muitos, inclusive, fazem parte de suas inspirações do dia-a-dia. Esperamos

Inspiração nas pessoas Mesmo

que continue assim!

com

toda a modernidade existente hoje em dia, Elias prefere guardar seus textos em arquivos, todos bem organizados, pois sonha em um dia reuni-los em um livro. Usa o computador apenas quando vai presentear alguém com uma de suas belas poesias. O colaborador se considera uma pessoa alegre e que reflete muito, especialmente no dia de hoje. Ao ser questionado sobre como se sente trabalhando com o público, Elias afirma, sem hesitar que, ao mesmo tempo, é uma inspiração, e também um desafio, pois o trabalho lhe propicia ter contato com diversos tipos de pessoas: “Gosto de trabalhar

27


VALORES

Trabalhar com ética demonstra respeito, não apenas profissional, mas com o ser humano de uma maneira geral. Mostra maturidade e capacidade de discernir o bem e o mal em qualquer uma das relações dentro da sociedade

“A relatividade se aplica à física, não à ética” A ética é algo que pode – e deve – ser aprendido, pois é desenvolvida enquanto as pessoas amadurecem e passam a se relacionar com os outros. A aprendizagem vem a partir do comportamento daqueles que servem de modelo, a começar pelos pais, que inauguram a lista de influências ao longo da vida.

O que significa ética para você?

Depois virão os professores, os artistas, os ídolos do esporte, os chefes no trabalho e muitos outros. É claro que o estudo, a literatura e a história também são formadores de pensamento ético, pois por meio deles é possível conhecer exemplos de experiências anteriores, que servem de guia para imitações ou repúdios.

“Ética é um conjunto de regras que norteiam relações entre pessoas no âmbito profissional e social.”

As organizações também têm influência sobre o comportamento das pessoas, mas, independentemente disso, deve ser preservada a ética individual, representada pela ma-

Jaqueline Camargo Oliveira Recepcionista Clínica Ramiro

neira como as pessoas devem tratar umas às outras e como devem se portar diante da empresa ou categoria profissional em que estão inseridas. O exercício da ética dignifica o ser humano. A importância da conduta em todos os tipos de relações é cada vez maior, pois a ética organiza o comportamento, torna possível a convivência e forma o substrato para o desenvolvimento das pessoas em sociedade. Como disse Einstein: “A relatividade se aplica à física, não à ética”.

“Ética, na minha opinião, é uma espécie de sigilo, principalmente na parte profissional. É segredo, que não se conta”. Ivany Kunratti Unidade de Internação A2

Sabemos que somos éticos de acordo com algumas pistas. Pense sobre o que você prefere: • Ser honesto em qualquer situação; • Assumir sua responsabilidade em qualquer circunstância; • Agir sempre de acordo com os seus princípios e valores; • Usar de humildade, considerando que você pode errar e que seus acertos nunca serão apenas seus; • Considerar as verdades dos outros, evitando emitir juízos precipitados.

“Todos possuem um senso ético, uma espécie de ‘consciência moral’, que constantemente avalia e julga suas ações para saber se são certas ou erradas, justas ou injustas’. Fabiana Altenhofer Duarte, Desenvolvimento Humano


Nosso Time