a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

Meio: Revista Reiki & Yoga Periodicidade: Mensal Data: Especial de 2020 Página: 74, 75 Secção: sono

“Dormir bem é meio sustento!”

Acupuntura e insónias

c

“(…) o sono vem de uma mente tranquila e a insónia

vem de uma mente intranquila.”

SONO

Haverá pior castigo do que não dormir o suficiente noite após noite? Quem não dorme de verdade, não acorda de verdade. Esta tortura não é estranha a ninguém!

74

Chegar à cama com muito cansaço, uma vontade de dormir… E nunca mais! Contar carneirinhos torna-se inútil e irritante, dá vontade de os despedir. Os minutos passam, as horas passam, o tempo passa! Os pensamentos vêm e vão, atropelam-se numa zoada na mente. É na calada da noite que acolhemos as preocupações, a saudade, as dúvidas, as mágoas, as ideias, os projetos e mil e um pensamentos que Reiki & Yoga

Por ANA LUÍSA ESPÍRITO SANTO *

não abandonam o cérebro! Tão cansativa esta cabeça! Olhar para o relógio é angustiante. Às vezes, a madrugada vem amarga; outras vezes, abafamos a mente com aquele comprimido SOS. Na noite seguinte repete-se o episódio e o comprimido passa a ser rotina. INSÓNIA DE CURTA OU LONGA DURAÇÃO A insónia caracteriza-se pela dificuldade em iniciar ou manter

o sono, sono não reparador ou insuficiente, comprometendo o bem-estar físico e mental durante o dia e o desempenho das atividades de vida. Pode estar relacionada com uma ou várias causas específicas: ansiedade, depressão, stress, dor, uso de medicamentos que interferem com o sono e repouso, ambiente inadequado (excesso de barulho, frio ou calor, muita luz, leito incómodo). Pode apresentar-se de forma temporária, relacionando-

-se com um acontecimento ou facto mais pronunciado. Este tipo de insónia, normalmente, vai revertendo naturalmente. Quando a insónia é de longa duração observa-se alteração do humor, irritabilidade, tristeza, diminuição do rendimento intelectual e cognitivo. O desempenho mental na escola e no trabalho baixam com falha na capacidade de concentração e memória. O cansaço e a insónia aumentam significativa-


mente o risco de acidentes no trabalho, na estrada e em casa. Ninguém discordará que este tema merece toda a atenção por parte da população e dos profissionais de saúde. ACUPUNTURA PARA MAIS TRANQUILIDADE Correntemente, a abordagem terapêutica deste problema foca-se no controlo dos sintomas diurnos e noturnos, bem como no tratamento da doença de base, se existir (por exemplo, depressão), com especial destaque para o uso de fármacos. A Acupuntura tem sido cada vez mais procurada para regular a função do sono. A Medicina Tradicional Chinesa (MTC), sistema médico que engloba a Acupuntura, possui uma interpretação muito peculiar do ser humano, do seu corpo, da sua relação com o meio externo e consigo mesmo. Segundo os conceitos clássicos da MTC, as doenças são causadas por fatores externos e internos que interferem com o regular fluxo energético dos órgãos.

Esta abordagem é diferente, mas não é mística. Tem um ponto de partida filosófico e com suporte e/ou validação científica para os mais hesitantes. Portanto, a insónia tem como causa a ansiedade e excesso de trabalho que prejudicam as funções energéticas do coração, e a sua missão de comandar a mente. Sendo assim, segundo a MTC, “o sono vem de uma mente tranquila e a insónia vem de uma mente intranquila”. A Acupuntura visa devolver a tranquilidade da mente ao paciente, através da estimulação de pontos na superfície do corpo que interferem e têm relação com a mesma. Fazendo a transposição para o raciocínio médico ocidental, vários estudos sugerem que a Acupuntura pode controlar o sistema nervoso autónomo e reduzir as atividades simpáticas. A Acupuntura tem vindo a demonstrar uma capacidade de normalizar a produção de melatonina durante a noite, hormona do sono, nos pacientes com insónias. Outra grande mais-valia da Acupuntura é a sua possibilidade de controlar

a ansiedade. Ocorre uma interferência no sistema endógeno pela produção de hormonas (serotonina e melatonina) que reduzem o stress e ansiedade. O padrão do sono pode melhorar a qualidade de vida da população. Os profissionais de saúde estão mais sensíveis a este contributo alternativo que pode ser integrado e complementado com outras

ofertas terapêuticas, nomeadamente farmacológicas. A complementaridade é a relação mais fértil entre a Acupuntura e a medicina convencional.

(*) Enfermeira

Hospital da Lapa, Porto 22 550 28 28 www.hospitaldalapa.pt

Ainda há mais a fazer! É necessário ter em conta a higiene do sono, que implica deitar e acordar todos os dias à mesma hora, manter o ambiente sereno e com pouca luz, evitar ou eliminar os estímulos de audiovisuais com emissão de luz (tablet, TV, computador, telemóvel), os quais interferem na produção da hormona do sono (melatonina). A Internet quase poderia ser considerada “a celebração”, onde a insónia festeja como se não houvesse amanhã! É importante fazer refeições ligeiras ao jantar e não ir de barriga cheia para a cama. Para ter um ambiente sereno à noite deve evitar falar ou discutir assuntos que possam perturbar ou despertar psicologicamente. No contexto da higiene do sono, faz falta adquirir e treinar a disciplina mental. Isto é, aprender a libertar as ideias, deixá-las ir, para dar lugar ao descanso. Resolver durante o dia os assuntos pendentes, se forem suscetíveis de resolver; se não for possível, encontre a solução e não deixe que o problema tome conta da sua mente! Reiki & Yoga

75

Profile for Hospital da Lapa

Reiki & Yoga - Acupuntura e insónias  

Artigo de opinião da Enf. Ana Luísa, especialista em Acupuntura no Hospital da Lapa, sobre a acupuntura enquanto tratamento de insónias.

Reiki & Yoga - Acupuntura e insónias  

Artigo de opinião da Enf. Ana Luísa, especialista em Acupuntura no Hospital da Lapa, sobre a acupuntura enquanto tratamento de insónias.

Advertisement