Issuu on Google+

Cântico (Paula Rabaça jh, 2002) Assim germinou este sonho Semente d’Hospitalidade: Cultivar em cada dia, Gestos de amor e caridade. Mostrar ao mundo um ideal, Que é caminho, opção e luz, Abrir as portas a cantar, “No doente mora Jesus”.

E a Boa-Nova que vento foi Pelos caminhos cativou Sorrisos, cor, alegria Gente que acreditou Todo o tempo foi feito p’ra dar Só dando se enche o coração Muitos anos, um caminho Feitos festa e recordação.

Quando se tem um tesouro, Quando se é feliz, O coração não pode calar; Em tudo o que faz, Em tudo o que diz, Descobre missão e quer partilhar.

A Hospitalidade marcou É farol que sempre guia Por onde seguem nossos passos É amizade, encontro, alegria. É tempo, escuta e abraço, É espaço que acolhe quem vem São anos e dias e horas Cheios do melhor que a vida contém.

Introdução Saber Senhor que colocas um tesouro no coração dos jovens que decidem ou decidiram comprometer-se com a Hospitalidade faz brotar em nós uma alegria indescritível só nos resta agradecer tantos dons que desabrocham na vida dos jovens hospitaleiros. E apresentar os seus corações para que possam amar os irmãos gratuitamente.

Leitura da Primeira Carta de S. João (1 Jo 4, 19-21)

“Nós amamos, porque Ele nos amou primeiro. Se alguém disser: «Eu amo a Deus», mas tiver ódio ao seu

irmão, esse é um mentiroso; pois aquele que não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. E nós recebemos dele este mandamento: quem ama a Deus, ame também o seu irmão.”

Eu vos amo, Senhor! Vós sois a minha força! Salmo 139 (138)

Senhor, só Tu me conheces!

Só Tu tens o mapa do país do meu ser e do meu viver! Ainda não era e Tu já eras em mim!

Só Tu conheces os meus pensamentos, o que digo e o que não digo. Conheces todos os meus projetos, quando ainda nem os pensei.

Só Tu, Senhor, “teimas” em me acompanhar, guiando os meus passos, indo à minha frente para que não vá por caminhos errados. Tudo em mim tem o selo da Tua mão poderosa... o selo da Tua amizade partilhada cada dia...

o selo da Tua Sabedoria infinita que me ultrapassa e que jamais conseguirei compreender.


Se me quiser esconder de Ti, para onde irei, se Tu és a Luz que me envolve? Como fugir de Ti, se Tu “és” dentro de mim?

Tu lá estás no patamar da fidelidade à minha espera...

Se desalentado e sem vigor permaneço no desânimo, também lá estás...

Se vestido de pecado me esconder por detrás do rochedo das aparências, mesmo assim a Tua Luz me penetra e o Teu olhar vê mais fundo... Só Tu sabes a qualidade do meu barro,

com que amassaste o meu ser nas entranhas da mãe eternidade. Nada em mim Te é desconhecido.

Nada em mim Te escandaliza, porque Tu conheces-me como mais ninguém. Só Tu sabes como o meu coração quer ser todo Teu... Continua a tecê-lo com as tuas fibras de misericórdia

e conduz-me pelo caminho novo que abriste entre os homens.

Testemunho jh

(…) com o consentimento parental planeamos em conjunto a minha aventura até à “Páscoa Hospitaleira” que se realizava na Casa de Saúde Rainha Santa Isabel! Assim começa a minha viagem pelo mundo da Hospitalidade e, sem eu saber, pelo meu próprio crescimento! Foram 4 dias magníficos! Ao contrário dos restantes membros, que tinham em si já todo o espírito da hospitalidade, amabilidade, vivência em grupo e de oração que num instante me passaram, como se um processo de osmose se tratasse, eu era a mais nova do grupo e também a única sem experiências hospitaleiras prévias. A vivência com a pessoa doente, a utilidade da minha vida ao serviço do outro aclarou o que mais tarde viria a ser a minha vocação profissional. Os momentos de oração, de reflexão e de introspeção realizaram boa parte de mim na dimensão humana e na minha fé. Creio que dificilmente será possível transcrever toda a amálgama de sentimentos bons que senti naquela experiência… Quantas vezes, recordo todas as Experiências Hospitaleiras que fui somando e recordo um dos mais valiosos sentimentos que descobri e me preenche, contribuir com a minha vida para minorar o sofrimento do meu próximo. Andreia Eiras jh em 2005 Pai nosso… Oração

Deus de Amor que nos acolhes no Teu coração misericordioso, faz o nosso coração semelhante ao Teu,

mais comprometido com o irmão, como nos ensinou Jesus, Teu Filho que vive Contigo na unidade do Espírito Santo. Amém

Deus precisa de mim Deus precisa de mim, muito mais do que possas imaginar (Bis) Precisa de mim muito mais que a terra, Precisa de mim muito mais que o mar Precisa de mim muito mais que os astros, Precisa de mim. Deus precisa de ti… Deus precisa de nós…


Oração 09 setembro