__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


2 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


2019/Marรงo - Hookah Brasil Experience | 3


4 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


Editorial Chegamos a 2019 e já está voando o tempo, então sem delongas porque dinamismo é a palavra chave do momento. Nesta primeira edição de 2019 falaremos, olha só, do que esperamos de 2019! Um pouco sobre o que nós da HBE esperamos para esse ano que pode ser decisivo muito bom ou muito ruim para todos, fazemos ainda algumas perguntas, respondam! Falaremos de maneira informativa também sobre o tabaco e a tendência das embalagens que está aparecendo por ai.

Direção

Guilherme Vieira Lineu Jr. Fábio Vilariño

Colaboradores

Eduardo Macário Felipe Campanelli Gabriel Sakamoto Raphael Silveira Vinicius Gregoraci Welton “Spider” Roberto Jekelo

Direto da Espanha nosso amigo Jekelo diz como foi a trip até a fabrica da Adalya na Turquia, e ainda da dica de lounge e de um bar pra fica “doidão” na cachaça.

Projeto Gráfico

O BDA vem com um texto descontraído que fala dos mitos e verdades do nosso amado arguile.

Fotografia

Macário disserta um pouco sobre a tradição e nosso querido Spider fala sobre os eventos que antes eram tantos e agora tão poucos.

Jornalista Responsável

Sobre a nossa querida menta o meninão Campanelli disserta com a maestria de sempre e o pessoal do Hookah Drink fala do que está por vir.

Lineu Jr.

E ai, o que está por vir? Leia, fique por dentro, falem conosco, vamos caminhar mais unidos do que nunca em 2019! Abraços

Guilherme Vieira Guilherme Vieira Sidney Gritti

Gráfica Logística

Caio Costa

Revisão

Barbara Sales

Site

www.hookahbrasilexp.com.br

Facebook A revista HBE não se responsabiliza pelas opiniões aqui emitidas. O conteúdo de anúncios aqui publicados são de total responsabilidade dos anunciantes. O artigo 5 da Constituição Federal, assegura o direito de expressar nossas convicções e alternativas, mesmo sendo contra-hegemônicas, tanto o direito de receber quanto o de difundir informações são garantias fundamentais amparadas nos artigos 13.1 e 13.2 da Convenção Interamericana de Direitos Humanos, 19.1 e 19.2 do Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos e do artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

fb.com/hookahbrasilexperience

Contato

contato@hookahbrasilexp.com.br

Impressão:

6.000 exemplares

CNPJ

27.337.714/0001-46

2019/Março - Hookah Brasil Experience | 5


6 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


Sumário //Verdades e mitos sobre o arguile

Sobre mitos e verdades do arguile, sem palhaçadinha com nosso hobbie!

// 2019 - De nós por nós mesmos

Falamos sobre o que nós esperamos para este ano de 2019.

pg.12

//Que comece la Fiesta!

Lounges, baladas e discotecas. Uma forma de se divertir.

pg.16

//A menta ideal para a sua sessão!

pg.24

Descubra qual menta escolher para preparar sua sessão!

Hookah Drink pg.11

pg.26 Eduardo Macário pg. 15

Welton "Spider" pg. 21


8 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


//Espaço Espaço do Leitor

Aproveite sua sessão e registre-a. Nos envie fotos do momento “relax” do seu dia. Encaminhe fotos, textos e artigos para o endereço leitor@hookahbrasilexp.com.br

2019/Março - Hookah Brasil Experience | 9


Hookah Drink O amanhã será como ontem? O ano vira, as expectativas mudam, você pula sete ondinhas esperando ter sorte nos seus pedidos. Isso acontece e no mundo do arguile, também fazemos questionamentos: será que alguma marca vai revolucionar? Os eventos serão grandes como no ano anterior? O meu país continuará criando burocracias para meu hobbie? Será que continuarão me falando que uma hora de arguile equivale a 100 cigarros?

os eventos serão mais regularizados, o que pode assustar alguns, porém coloca o nosso mercado que por muitas vezes funciona por ‘baixo dos panos’, em seu eixo para o crescimento. Os eventos de pequeno porte provavelmente terão mais fiscalização da idade dos convidados, e até mesmo restrição de bebidas alcoólicas. Controlando assim os eventos, para que futuramente o nosso nicho não seja mal visto. No mais, estamos trabalhando especulações e suposições. Vamos fazer o seguinte: viver o ano que está por vir e aproveitar tudo que o mundo da Shisha pode nos oferecer de novo.

A resposta para tudo isso é: não sabemos! Simplesmente por que o novo ainda está por vir. As marcas irão surpreender, mas cada uma da sua forma. Os eventos serão grandes, mas dentro das medidas cabíveis. Para esse ano que está chegando apenas desejamos que os meios se conversem mais, que a informação chegue a todos os públicos e que a sua sessão seja repleta de ótimos momentos e histórias para contar. Não pense que estamos esquecendo de falar sobre a prospecção de eventos. Acreditamos que diante dos fatos ocorridos no ano anterior, possivelmente 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 11


//Verdade ou Mito

Verdades e mitos sobre o arguile Por: Blog do Arguile Fotos: Guilherme Vieira

O arguile não está no nosso ‘BRAZA’ de hoje, e desde os tempos primórdios a boca pequena (e a mídia) fazem a festa e propagam por aí todo tipo de mentiras, falácias e calúnias sobre esse nosso saboroso ‘hobby’. O Blog do Arguile se sente na obrigação moral e cívica de explanar para ‘vossas mercês’, ao melhor estilo ‘Megaman X9’, o que de fato é verdade e o que inventaram para destruir nossa imagem ou até mesmo só espalhar aquele boato gostoso. Sem mais delongas, pois aqui não tem ninguém de palhaçadinha, tampouco de rosque-rosque. Vamos à lista, meus célebres: 12 | Hookah Brasil Experience - Março/2019

1 – Dá para fazer fumaça colorida? MITO Taí um boato que foi desmentido, voltou, foi desmentido de novo... mas vira e mexe, depois de um discreto hiato, ele volta! Tal mito tomou força por conta de edições de vídeo, que aparecem nos grupos de arguile nas redes sociais afora, de tempos em tempos. Ora muito bem-feitas, noutrora de causar aquela vontadinha de introduzir coisas irregulares e de tamanhos abismais no nosso reto, essas montagens ludibriaram o público arguileiro, fazendo-os crer nessas coisas que a física não permite, como muito bem dito por Galvão. A tão almejada fumaça colorida


//Verdade ou Mito até existe, mas não no arguile. Você pode encontrá-la em sinalizadores, fogos de artifício, joguetes explosivos (para você, moleque peralta, que não consegue sossegar o rabo em casa e tem que ir para a rua fazer merda no carnaval), dentre outros produtos, que utilizam de vários metais pesados em sua composição para atingir tal resultado. E venhamos e convenhamos que você não quer a presença desses meninos no seu ‘tabaquinho’, não é mesmo?!

mos ao nome do médico Hakim Abul Fath, estima-se que o ‘dotô’ foi o inventor do arguile, no século I na Índia, e o fez com o objetivo de retirar as impurezas da fumaça.

Até a data desta publicação, não foi encontrada uma maneira palatável e gustativa para a coloração da nossa amada fumaceira. Mas veja pelo lado bom: No espectro de luz, o branco é a junção de todas as cores, então use a imaginação e divirta-se.

‘Cês tão me tirando, né?!’ Essa maluquice paira pelas cabeças dos ‘fumetas’ mais sensatos há milênios.

2 – A água do arguile filtra as impurezas do tabaco? VERDADEIRO

Então, aquilo: filtrar TUDO não filtra... mas ajuda! 3 – Leite no vaso deixa a fumaça mais branca e densa? MITO

Ok, não é tanto tempo assim, mas faz um tempão danado. Esse disse-me-disse leitoso se dá por conta da cor e consistência deste, que é o alimento base do mamífero médio. E além de ser uma tremenda mentirada, é nojento demais: imagina você esquecendo o leite lá no vaso, ele acaba estragando, impregnando resíduos, detritos e azedumes na sua tão querida stem. Sabe quando você mosca e deixa o arguile parado com água ‘mó’ tempão, e quando lembra de resgatar o pobre diabo praquela higienização, percebe aquela linda e sorrateira camada de mofo?!

“Má epa pera lá”, muita calma, ‘fumetão’: apesar de dar uma segurada na onda, a água não filtra totalmente a fumaça proveniente da sua shisha. Hoje sabemos que a função maior é resfriar a fumaça, para que sua sessão se torne agradável e você não tenha aquela sensação de engolir cera Osso, né?! Agora imagina com leiquente. te! ‘Céloko’, meu parceiro... Então, Mas se cavarmos um pouco mais como dito pelo excelentíssimo Corofundo na história do arguile, chega- nel Fábio: “Esquece essa merda aí,

2019/Março - Hookah Brasil Experience | 13


//Verdade ou Mito porra!” 4 – Existe arguile que vale milhões? VERDADEIRO Olha rapaz, enquanto tiver maluco querendo gastar dinheiro por coisa nenhuma, vai ter gente fazendo coisa para esses malucos. E foi o caso da Desvall (que é uma marca que tem ‘um puta nome’ de tio. Não é?!) que lançou o Carat: um arguile de altíssimo padrão, feito em ouro e diamantes, que você ‘fumeta’, pode adquirir pela módica bagatela de € 2.5 MILHÕES DE EUROS. É isso mesmo que você leu: R$ 10 MILHÕES DE REAIS (aproximadamente). É brincadeira ou não é?! Se vale o preço ou não é difícil dizer. Até porque, para nós meros mortais, é difícil até chegar perto de uma maravilha dessas. Mas nós podemos te adiantar uma coisa: fuma igual aquele Mya Mozza (com a sainha jeans!) que tá esquecido no teu armário desde que o Roberto Carlos parou para arrumar a meia na cobrança de falta da França, em 2006. Puta desgosto lembrar disso, bicho! 5 – Fumar 1 hora de arguile é equivalente a fumar 100 cigarros MITO Aí tão tirando mesmo!!! Essa é tal14 | Hookah Brasil Experience - Março/2019

vez a maior de todas as falácias. E o pior de tudo: é a mídia que espalha esse boato por aí. Deixando de lado a responsabilidade editorial e científica, jornalistas de credibilidade questionável e médicos cujos diplomas foram adquiridos na Praça da Sé, tem o péssimo costume de manchar a nossa cultura com mentiras mais cabeludas que o Tony Ramos nos anos 80. Se tem uma verdade em meio a esse mar de balonas é que o arguile equivale a 100 cigarros sim, mas apenas em VOLUME DE FUMAÇA. O que a mídia canalha tenta te vender, é que o arguile carrega TODOS OS MALEFÍCIOS DO CIGARRO vezes cem. Ou seja, tentam nos vender que nossa shisha tem a mesma quantidade de substâncias tóxicas que no pirulito de otário, além de fazer tão mal quanto fumar 5 maços de cigarro ininterruptamente. O que não é verdade! Poderíamos nos aprofundar mais nessa questão, mas preferimos deixar a palavra a nosso querido Eduardo Macário, que encabeçou uma matéria sobre saúde nesta mesma revista algumas edições atrás. Então não ‘mosca’ e vai lá conferir. E você, ‘fumeta’?! Conhece mais alguma verdade desconhecida ou mentira muito famosa?


Eduardo Macário macario@hookahbrasilexp.com.br

Tradição! Toda vez que essa palavra surge na conversa de um ‘arguileiro’, logo vem em mente um arguile de madeira, com rosh de barro, carvão vegetal e essência duas maçãs. E isso faz sentido. Tradicionalmente, o arguile é consumido dessa forma a mais tempo do que podemos imaginar, justamente por se tratar de algo cultural. Mas isso significa que, quem fuma um arguile de alumínio, com rosh phunnel e três carvões de coco, está indo contra a tradição? Claro que não! Nosso maior problema enquanto ser humano é acreditar que o significado e valor das coisas se encontram nos objetos. Muito pelo contrário, a tradição nos mostra que independente de marca ou produto, o arguile se faz presente como um belo ritual ou cerimônia seja ela individual quanto coletiva, para unir ou reunir pessoas e pensamentos.

um fato indiscutível. Mas nos enganamos quando pensamos que uma sessão de arguile só será prazerosa com produtos específicos, narguiles X, essência Y e carvão Z. O que torna qualquer sessão de arguile prazerosa é o momento no qual se fuma, assim como as pessoas que nos cercam e partilham a sessão conosco. Se essa lógica não faz sentido, me explique: como o mercado de arguile ganhou interesse 10 anos atrás, e porque as pessoas fumavam se os únicos produtos disponíveis na época eram os arguiles chineses, carvões de pólvora e essências com durações de 30 minutos? E mesmo com poucas opções na época, o público passou a crescer e aumentar. É claro que nós, como amantes deste hobby e dessa cultura vamos sempre prezar pela maior qualidade daquilo que consumimos. Apenas não esqueçam a real essência que rodeia o mundo arguileiro: um bom momento, um bom papo e boas risadas. Isso é tradição!

Vou explicar melhor: os produtos atuais do mercado realmente possuem uma evolução na questão de qualidade e desempenho, e isso é 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 15


//2019

Por: Redação HBE Fotos: Guilherme Vieira

16 | Hookah Brasil Experience - Março/2019


//2019 Já estamos em março, mas ainda absurdamente baixo ou ridiculaé válido falar sobre o que esperar mente alto. do ano de 2019. Nós compartilhamos da mesma Quem acompanha nossas lives opinião, o rumo do mercado é deve ter notado que pergunta- incerto, marcas sem estrutura de mos a todos os convidados nes- empresa, molecada que quer disas primeiras semanas o que eles nheiro rápido vendendo produtos esperam, entre eles: Cadu da Pro que podem ser mais prejudiciais Hookah, Rodrigo Zóio da Brasuka, que o aceitável. Thiago Rosa da Predatore e Bruno do Eclipse Lounge (São Paulo). Temos a esperança de que marcas saiam do mercado sim. EspePodemos perceber que há um ramos que vídeos idiotas parem consenso, todos estão um pou- de ser vistos e compartilhados e co preocupados com o rumo que que a mentalidade e exigência do o mercado está tomando com a público melhore. entrada dos ‘Vapes’ e ‘Nicsalts’, fiscalizações, eventos escassos e Nós estamos tentando adaptar mal organizados, excesso de mar- a revista ao novo mercado que cas e produtos, saturação em si. vem se formando, tentando atinMas também existe esperança de gir mais público com sorteios nas tempos melhores, público mais lives sem perder o foco que é passeleto que não vai mais aceitar sar informação. ‘merda embalada’ com preço Estamos estudando muito para que as marcas entendam a importância do marketing e também a importância de se planejar financeira e estrategicamente para isso, bem como estamos focados em aumentar nosso público e rede de distribuição. Hoje já contamos com loja virtual com artigos exclusivos, colunista internacional, uma rede de distribuição digital que nos fez chegar a países que não tem 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 17


//2019 lives no Facebook, toda a terça-feira às 21h. Queremos a opinião dos nossos leitores, independente se são apenas “fumetas”, lojistas, distribuidores ou fabricantes. Onde mais podemos focar para atingir mais pessoas? Onde não estamos chegando com a revista física que, podemos trabalhar para chegar?

Alumínio Predator é vendido na Espanha.

produtos brasileiros como: Egito, Irlanda do Norte, Canadá e Inglaterra. Mas também países que possuem grande variedade de produtos brasileiros como Espanha e Estados Unidos. Podemos dizer que foi graças a nossa rede de contatos que produtos como Predator e Sins Premium Pipes chegaram à Espanha. Temos o compromisso de atingir todos os públicos, de todas as redes sociais. Voltamos a gravar vídeos de reviews para o Youtube, cupons de desconto no Tio Bob, além de focar no crescimento honesto e gradativo dos seguidores do Instagram e óbvio, as nossas 18 | Hookah Brasil Experience - Março/2019

No ano de 2019 queremos novamente fazer testes de produtos, avaliar lounges com algum cliente oculto e também avaliar por nós mesmos, falar da crescente aparição de famosos e ‘pseudo’

Sins, narguile nacional na Espanha.


//2019

O primeiro e memorável teste de carvões da HBE.

Após mais de quatro anos na nossa luta diária, agradecemos aos parceiros que continuam acreditando em nosso projeto e ideal, seguimos a risca nossa missão, visão e valores. Obrigado aos Nosso desejo é sempre passar co- leitores, espectadores da live, nhecimento, informação de qua- apoiadores e patrocinadores. lidade sem deixar de lado nossa ironia, alfinetadas, irreverência, Esperem nosso melhor em mais honestidade e caráter de sempre. um ano de batalhas. famosos nas publicações de marcas e de maneira informativa/ descritiva falar mais sobre sabores, aromas, tabacos e muito mais pontos "tecnicos".

Contem sempre conosco e nossos canais oficiais para a evolução do mercado, conhecer novos produtos, tirar dúvidas e claro elogiar ou criticar qualquer coisa vista nos últimos dias.

Que 2019 seja um ano de muita esperança e crescimento para os que trabalham de maneira correta e justa. Obrigado! 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 19


20 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


Welton "Spider" spider@hookahbrasilexp.com.br

2019, vem que eu te quero! Olá meu amigos, tudo bem? O ano de 2019 já começou com uma baixa grande no quesito eventos, não tivemos o Hookah Friends que ocorria em São Paulo. Já conhecido há tempos por ser o primeiro evento do ano, com muitas novidades e atrações. Nosso calendário vem perdendo espaço para os eventos grandes por N motivos, da organização, a logística, legislação ou outros.

cas e mentoladas vêm sempre com essa estação. Será que teremos aqueles fumos doces? Combinados com bebidas para o inverno? Tendo em vista que nosso mercado hoje gera muita tendência e sabores específicos para nosso público. E no ramo de acessórios e arguiles? Algo novo? Remodelado? Algo que mude alguns conceitos habituais? O que poderemos esperar são as novidades. Pois nosso mercado tem muito respeito e as empresas trabalham forte para isso, esperamos ansiosos pelo que 2019 nos trará. Grande abraço e até a próxima.

Pouco tempo atrás tínhamos que nos virar nos trinta para comparecer em todos os eventos, pois eram tantos que alguns meses tinham dois ou três, um final de semana seguido do outro. Para 2019, temos confirmados dois eventos, até o momento: Curitiba e Balneário Camboriú. Vendo que nosso mercado a cada ano cresce e movimenta muitas novidades e lançamentos, por que nossos eventos estão sumindo? Outra coisa é sobre essências novas, o que esperar para mais um ano que entra? Visto que estamos quase no fim do verão, o que será que vem por aí? As apostas de cítri2019/Março - Hookah Brasil Experience | 21


//Tendências

Tendência 2019

No Brasil, apesar de aparentemente ter adotado permanentemente essa cultura secular, as modificações sofridas são evidentes. Assim como Por: Redação HBE em outros continentes é perceptível a diferença entre o comércio e o conMuitas histórias e teorias sobre o sumo do arguile, bem como as cada surgimento do arguile já foram es- vez mais raras feiras voltadas ao púcritas, seja no Wikipédia ou em sites blico - característica ocidental que sobre a cultura do Oriente, sempre une prazer aos negócios. vemos diferentes versões sendo ditas e compartilhadas, mas nenhuma Sábado dia 09/02/2019 houve um apresenta dados suficientemente evento de grande porte, com uma comprobatórios que corroboram e incrível estrutura e dando ênfase ao associam a uma pessoa ou povo. O comércio de tabaco para arguiles no que sabemos até hoje é que ao certo Brasil. Além dos sabores diferencianão se sabe realmente muita coisa dos como atrativo, hoje as marcas (rs). tentam se reinventar trazendo abordagens comerciais antes ignoradas, Há quem atribua o surgimento do utilizando nomes pegajosos e emarguile a um médico turco que teria balagens mais ligadas com o cenário o criado com intuito de purificar a jovem atual. Um ótimo exemplo disfumaça através da água e torná-lo so é a linha ‘Comic da Adalya’, que um prazer menos nocivo? Bom, de vimos por lá e devem se espalhar por concreto, o que se sabe é que no todo país. Com uma roupaOriente Médio desde a populariza- gem totalmente voltada ção cultural as coisas não mudaram para os personagens muito, a maioria do insumo ‘tabaco’ da vida real que estão ainda é produzida de forma rústica, presentes por gerações artesanal e sem muitas opções de e fizeram história nos sabores, facilmente encontrado em quadrinhos, na músifeiras livres e geralmente vendido ca, desenhos animados em tonéis, a granel. e telas de cinemas, a 22 | Hookah Brasil Experience - Março/2019


//Tendências marca busca essa aproximação através de tendências atuais do mundo jovem, caprichando na escolha das estrelas que dão cara aos lançamentos, e nas imagens que estampam as embalagens, sempre com muita cor, expressões e claro, sabor. Durante a feira tive a oportunidade de conversar com pessoas envolvidas com a marca e o que me chamou muito atenção foi a sensibilidade na associação do sabor, com a estampa e o nome da embalagem. A exemplo disso temos o sabor “Poderoso Chefão”, que se não me falha a memória, foi usado como inspiração cenas do filme em que o ator ‘Mario Puzo’ contracena com sucos nos sabores laranja e uva, captado pela marca com um mix cítrico bem característico. Um detalhe sem muita importância para o público que assistiu ao filme. Em “El Patron” desde a imagem da embalagem ao sabor retrata efetivamente a vida desse personagem, o contraste da coca com baunilha uma sensibilidade captada e utilizada pela equipe de admirável perspicácia da Adalya.

Algumas das recentes caras novas que a marca também apresentou foi a: ‘Bob Marley - No Woman No Cry’, creio que a intenção era reunir, assim como Bob fez em vida, muitas coisas boas e compartilhar com todos a importância do jamaicano mais ‘roots’ que existiu na nossa história. Como as músicas de Bob, o sabor foi um sucesso e refletiu consequentemente nas vendas, o resultado foi prateleiras vazias e clientes pedindo “bis”. Outra aposta são os super-heróis e personagens dos quadrinhos. Totalmente em alta e queridos pelos jovens, os traços e cores marcantes foram bem aproveitados, enfeitando as prateleiras e trazendo a mística da identificação paralela entre personagem e o sabor que ele representa. O interessante da linha ‘comic’ é sua grande capacidade de exploração, pois o tema possui diversas possibilidades de associações e sabores que só o tempo dirá. Heróis ou não que dita o sucesso de todo lançamento é o público que detém os verdadeiros super poderes.

2019/Março - Hookah Brasil Experience | 23


//Polarização

Que comece la fiesta! Por: Sidney Gritti Fotos: Guilherme Vieira

Na década de 90 era comum as danceterias cheias de luzes e aquelas batidas com vocal feminino, peculiares da música eletrônica da época. Com bebida e muito neon a galera se divertia nos embalos de sábado à noite. Em São Paulo assim como em algumas capitais do Brasil, a tendência das ‘dis-

cotecas’ foi ficando maçante e repetitiva, perdendo espaço para os ‘barzinhos’ que ofereciam música ao vivo, céu aberto, cerveja gelada e uma boa conversa de roda com os amigos. Com a expansão do mercado nacional de arguiles, as danceterias e os bares viram surgir os lounges. Simples ‘puxadinhos’

24 | Hookah Brasil Experience - Março/2019

de tabacarias que reunia música jovem, bebida, conversa boa e arguile. Rapidamente presente no roteiro dos ‘rolês’, os lounges foram evoluindo, se multiplicando e chamando atenção dos donos de estabelecimentos voltados para a vida noturna, que diante do mais novo competidor de mercado, se viram forçados a se rein-


//Polarização des, curtindo aquela ‘playlist’ bacana.

Balada/Lounge.

cipalmente pelos comerciantes do ramo de arguile: importadores ou quem vende e vive do comercio desse artigo, mesmo que o consumo só aumente, diminuiu e muito o número de ‘fumerinhos’ que se reuniam em sessões anteriormente organizadas entre os carros na garagem de casa, na sala vendo o futebol ou até O reflexo disso foi rá- mesmo nas calçadas pido e sentido prin- dos bairros das cidaventar, atendendo a demanda e criando uma nova modalidade de estabelecimentos. Essa grande fusão deu resultado a grandes estruturas com bandas ao vivo, DJs, luzes, bebida e o tão querido arguile, a noite ficou completa e as casas de dança, bares e lounges, agora independentes de tabacarias, cheios.

Tiveram aqueles que já não viam mais motivos para ter arguile em casa, já que o aluguel se tornou tão prático e cômodo. É cedo para afirmar as consequências sentidas a longo prazo, obviamente toda novidade tem seu ‘hype’ seguido de algumas oscilações que aparecem no decorrer do tempo. Essa talvez seja a primeira vez que o comércio do arguile ou as novas tabacarias estejam sentindo uma queda, um risco eminente de que a bolha certamente passaria próxima a objetos pontiagudos. A única certeza para você que seja um apreciador ou não, é que está cada vez mais difícil entrar em uma ‘baladinha’ e não se deparar com aquela fumaça ou com cheiro adorável e característico do tabaco queimando no rosh.

2019/Março - Hookah Brasil Experience | 25


//Adalya Trip

Spain Trip Adalya! Por: Roberto Jekelo

De novembro a dezembro do ano passado a Adalya levou vários youtubers espanhóis para a cidade de Izmir, e nos apresentou sua fábrica e alguns dos lugares mais bonitos da Turquia.

ilegal, tudo deve ser adquirido no mercado negro, e embora existam fábricas tão importantes como Adalya e Serbetli, os próprios turcos não podem adquirir facilmente essas marcas.

O lounge que mais me impressionou foi o Ottoman Lounge, com um ambiente espetacular e bem montado. Fomos dirigindo sozinhos, pois não se encaixava no plano que a Adalya havia organizado. Na Ottoman Lounge eles Uma curiosidade da Turquia é que nos trataram como estrelas do a venda de tabaco para arguile é futebol, nos ofereceram a Social Lá pudemos fumar na fábrica, para provar novos sabores, e também na rua. Aproveitando o tempo livre, visitamos vários cafés tradicionais e alguns lounges modernos realmente encantadores.

26 | Hookah Brasil Experience - Março/2019


//Adalya Trip

Ottoman Lounge.

ram chegar na Espanha. Também testamos a linha Adalya Black, que também será lançada em alguns meses, na Espanha. Finalmente provamos as submarcas da Adalya que parecem triunfar na Alemanha: Aqua Mentha e Blue Horse. Ottoman Lounge.

Da Adalya Black gostei dos sabores especiais como Black Voodo e Dark Forest. Também gostei da menta Cane Mint, embora nem a folha, nem o melaço, nem o sabor sejam semelhantes a Tangiers.

Smoke porque sabiam que iríamos apreciar o Tabaco Premium. Fumamos provavelmente um dos melhores duas maçãs num arguile moderno feito na Turquia, parecido ao VZ Pandora da Rússia. A experiência foi dez! Mas gostaria de ter coincidido com os Outro lounge que nos marcou escolhidos do Brasil para visitar foi Run Lounge, com ótima de- a fábrica. Só tivemos algumas coração e arguiles 100% ociden- semanas de diferença entre a viatais. Fumamos vários sabores de gem dos brasileiros e a nossa, poAdalya que não podíamos provar deríamos ter tido uma boa festa na fábrica, e compartilhamos um juntos, teria sido realmente muito momento agradável e descontraí- bom, imaginem?! do depois de termos ficado terrivelmente bêbados na noite ante- Um grande abraço para toda a corior no ‘Dope Bar’ kkkkk. munidade do Brasil que está fazendo um ótimo trabalho! Na fábrica da Adalya testamos os sete novos sabores que acaba- TMJ! 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 27


//Dica HBE

A menta ideal para sua sessão!

Menta.

Por: Felipe Campanelli Fotos: Guilherme Vieira

Fala rapaziada da Revista HBE, tudo bem com vocês? Espero que sim! Nessa matéria decidi abordar algo que vem de gerações, algo além do ramo do arguile, com sua simplicidade e alta potência. A protagonista desta edição é uma folha, isso mesmo uma folha: ‘Mentha é um gênero botânico da família Lamiaceae cujas espécies são popularmente chamadas de menta ou hortelã’. E também um dos sabores mais encontrados nas tabacarias e lounges! 28 | Hookah Brasil Experience - Março/2019

- Mas por que menta com tantos sabores por aí? A menta refresca. Nem doce nem salgada, um pouco amarga e bem gelada! Perfeita para fumar pura e talvez o fumo ‘coringa’ mais utilizado, possibilitando ‘gelar’ outros sabores quando misturada. - Mas nem toda menta é gelada! Sim, temos outras espécies de folhas, também utilizadas como sabores, por exemplo:


//Dica HBE Temos a Hortelã, gelada e doce, como uma bala. A Hortelã pimenta, talvez o mais forte, o mais gelado, de sabor amargo e picante. Agora nos aprofundando mais no assunto, voltando há cerca de doze anos, podíamos falar de um fumo, talvez o principal quando o quesito era refrescar. Quem não se lembra da Mizo Menta? Aquele fumo que não podia faltar, sendo puro ou misturado com outros que tomou o mercado por ter um sabores, fazia sucesso nas custo absurdamente mais baixo que sua concorrente americana. sessões. Tínhamos também a Al Fakher, menos refrescante e mais adocicada, puxada para a hortelã. Aos poucos alguns fumantes importavam algumas variedades a mais, como: Starbuzz, Hookafina, Fantasia e a tão aclamada Tangiers Cane Mint. Talvez a menta, com maior procura até hoje no mercado, pela sua originalidade de sabor e tabaco forte. Anos depois com a queda na importação da Mizo, surgiu no mercado uma boa promessa, que meses depois viria a ditar um novo conceito de sabor mentolado: a Zomo Strong Mint. Uma menta paralela a da Tangiers, com proposta parecida,

Então, com uma grande variedade de sabores já formados no mercado, as fábricas tentaram fazer sabores ainda mais fortes. Para sobressaírem os demais, com isso, surgiu a Menta da Pure Tobbaco, a FML (Fuck My Lungs) um fumo incrível, com um poder de referência além do normal. Fascinante! Incrível as variações que se consegue ter com a mesma matéria-prima. Hoje já encontramos outras releituras desses sabores muito conhecidos, e a meta é experimentar todos! Obrigado a todos, tenham uma boa leitura! 2019/Março - Hookah Brasil Experience | 29


Estilo e Praticidade EM QUALQUER OCASIรƒO

30 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019


N OVo STEM Interior em aluminio Madeira

ABS

outros modelos!

Apenas

Rs 69,00

no site

tiobob.com.br confira

Televendas

(11) 9 4800 6646 /Oficialtiobob

Valores po r atacado? Solicite jรก a tabela atacado@ti obob.com .br 2019/Marรงo - Hookah Brasil Experience | 31


32 | Hookah Brasil Experience - Marรงo/2019

Profile for Hookah Brasil Experience

Hookah Brasil Experience - 023 - Março 2019  

Chegamos a 2019 e já está voando o tempo, então sem delongas porque dinamismo é a palavra chave do momento. Nesta primeira edição de 2019 f...

Hookah Brasil Experience - 023 - Março 2019  

Chegamos a 2019 e já está voando o tempo, então sem delongas porque dinamismo é a palavra chave do momento. Nesta primeira edição de 2019 f...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded