Issuu on Google+

Linha de Fuga - Roteiro - Mov 13 -The Wrong

“Linha de Fuga”

(Comédia Erótica) Roteiro de longa-metragem de Alexandre Stockler PLANOS-SEQUÊNCIA 1 e 2 – NOITE – APTO DO HOMEM E APTO DA MULHER OBS: HOMEM e MULHER conversam através do LapTop como se fosse ao telefone (com Head Set sem fio). Os atores/personagens não têm outro contato entre si além do realizado pelo computador. OBS 2: Quando estiver indicado MULHER, significa que se está vendo o ambiente dela e quando estiver indicado HOMEM, o ambiente dele. OBS 3: Quando a imagem estiver mostrando o apartamento de um, o som da voz do outro ficará um pouco mais abafado, como ocorre quando se fala ao telefone ou pela Internet. OBS 4: O tom da conversa deve ser um misto entre sedução, diversão, “perversão” e deboche que, apenas por estarem seguros de seu anonimato, estas pessoas se permitem viver. (OBS 5: Os diálogos deste texto foram escritos de maneira a reproduzir a entonação muito coloquial e relaxada como as pessoas falam no mundo virtual, portanto, os supostos “erros” de tempo e de estilo dos textos das personagens devem ser respeitados). A encenação deve ter o ritmo de uma masturbação onde a pessoa se bolina bastante, tem seus picos e suas baixas de tesão, no final goza e logo perde a graça. Linha de Fuga - Roteiro - Mov 13 -The Wrong HOMEM geme baixinho, contido. Pequenos grunhidos também da MULHER. Após os gemidos, longo silêncio. MULHER (ofegante) Nossa! Meu Deus! Alô? Cê ainda tá aí?! HOMEM (recuperando-se) Ah! Aahhh… Acho que sim… Uhm… MULHER (excitada) Ah! Isso… Isso foi… Ai… Meu Deus! Putaqueopariu! Eu vi a cara do Papa quando eu tava gozando. HOMEM (divertido)


Cê tem que resolvê esse seu problema com a Igreja. MULHER (séria) Mas não deu pra evitá: eu tava gozando e comecei a ver o Papa me abençoando. SEQ 2 - HOMEM limpa-se rapidamente com papel higiênico e complementa a limpeza na pia do banheiro. HOMEM E isso melhorou sua “performance”? MULHER (feliz) Achei divertido fazê um menáge com ele. HOMEM E eu te ouvi gozando e gozei junto com você. SEQ 2 - HOMEM acende um cigarro e sai do banheiro a caminho da cozinha, quando percebe que o dia já está clareando. SEQ 1 - MULHER respira fundo, se espreguiça e sai do banheiro, deitando-se em seguida em sua cama. MULHER Ah, que transa louca! Hu! Tô quebrada. Queria passá o dia inteiro na cama. Silêncio longo. MULHER limpa-se com lencinhos umedecidos e, buscando assunto, diz: MULHER (sem-jeito) Seu sinal tá falhando? Gozado, o meu sempre falha no final… HOMEM (cínico) Qué dizê que já tá no fim? Por quê? MULHER Porque eu tô cansada e já tá muito tarde. HOMEM (sacana) Não foi você que disse que gosta


de gozá várias vezes? MULHER (borrifando-se perfume) Adorei esse encontro, mas é melhor pará pra ficá com as melhores lembranças… SEQ 2 - HOMEM pega uma garrafa d’água na geladeira e bebe no gargalo, enquanto vaga solitariamente por seu apartamento. MULHER Cê não qué me dá seu telefone?! HOMEM (hesitante) Meu telefone? Ah…(confuso) Achei que cê não ia pedí nunca. É… (vago) 9696-9171. SEQ 1 - MULHER senta-se na cama e pega caneta e papel para anotar. Depois de anotá-lo, ela lê alto, buscando conferir o número. Em seguida coloca a caneta e o papel novamente no criado-mudo e só então nota a luz que entra pela janela do andar de baixo. MULHER (duvidando) 9… 969… 69… 171?! HOMEM (seco, mas sem convicção) É. MULHER (desconfiada) Tem certeza de que deu o número certo? Não trocô nenhum número? HOMEM Tá com medo de tá rolando uma dislexia sexual? MULHER (desconfiada) Quem sabe… (meiga) Queria sabê como é que cê é. SEQ 2 – HOMEM observa pela janela o movimento matutino das pessoas nos apartamentos do prédio em frente ao seu. Depois volta seu olhar para a praia e para as pessoas correndo à beira-mar. HOMEM (desconversando) Invente. Não é isso mesmo que todo


mundo sempre faz?! MULHER Ainda assim eu gostaria de sabê como você é. HOMEM (leve) Faz diferença? Sô absurdamente normal! SEQ 1 – MULHER se levanta, desce as escadas e vê que o dia já está clareando. Vê alguns lencinhos umidecidos espalhados no chão do apartamento e começa a recolhê-los. Vai até o filtro, enche um copo d’água e bebe enquanto caminha até a janela. MULHER (suspira) Tá legal… Tem razão… Bom, então… vô jogá meus lencinhos no lixo. HOMEM ‘Brigado por esta noite deliciosa. SEQ 1 – MULHER fica observando as várias pessoas que correm pela calçada central que divide a Av. Sumaré, indiferentes ao já grande movimento de carros da avenida nesta hora. MULHER (meiga) ‘Brigada a você. HOMEM Tchau, Mata Hari. Foi um prazer. MULHER (chamando-o, doce) Sherlock! Como é mesmo seu nome? HOMEM Eu também não sei o seu. Pequena pausa. SEQ 2 – HOMEM deixa de observar pela janela as pessoas correndo à beira-mar no dia já bastante claro e aproxima-se de seu LapTop. MULHER Ah, é! HOMEM Pois é… SEQ 2 - HOMEM desconecta seu LapTop. Ruído de “corte” na


conex達o. Tela azul. Segundos depois, tela preta. FIM.


Linha de fuga roteiro mov 13 the wrong