Page 1

Rampa de Ubá recebe pilotos neste fim de semana

R$ 2,00

um novo tempo

foto: Leandro Moreira

Jornal Hoje Notícias • Edição 190 • Sexta-feira, 11 de abril de 2014

foto: Divulgação

Voo livre em Castelo

Parceria entre governo e prefeitura marca a mudança em Presidente Kennedy » Páginas 02, 03, 04 e 05

foto: Jakin Soares

» Página 06

desapropriações atrasam obras de duplicação da es-482 A Rodovia que liga Cachoeiro ao distrito de Coutinho deve ficar pronta ano que vem. Os 10,5 km são margeados por propriedades privadas, o que depende de acordos judiciais


02 Especial - Presidente Kennedy Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Época de paz em Presidente Kennedy Lideranças políticas estão unidas pelo desenvolvimento do município por Leandro Moreira

E

m sua recente visita a Presidente Kennedy, que comemorou neste mês 50 anos de emancipação política, o governador Renato Casagrande (PSB) fez questão de ressaltar a ‘virada de página’ dada pelo município e a relação de apoio com o governo do Estado. Na legislatura anterior, quando Reginaldo Quinta (PTB) foi o prefeito, o município viveu um período de caos. Na imprensa em geral, a cidade estampava com denúncias de corrupção, ameaça de morte e prisões. Amanda Quinta (SDD), sobrinha de Reginado, foi a opção do grupo político do tio

para disputar as eleições, já que havia o temor pela não diplomação de Quinta. Eleita, Amanda ficou impedida pela Justiça de recompor seu governo com integrantes da gestão anterior. E mesmo o próprio tio – que muitos achavam que manteria a influência na administração – não tem nenhum tipo de poder paralelo. Os laços de família não foram extensivos à gestão. Embora com apenas 25 anos, e sem experiência política, a prefeita de Presidente Kennedy entendeu que precisava dar um corte no tempo e teve a destreza de unir as lideranças locais em torno de um só objetivo: a reconstrução da imagem e credibilidade do município.

Relação entre Casagrande e Amanda é fraternal

“Com toda a atenção e orientação concedidas pelo governador Renato Casagrande posso chamá-lo de pai”. Com esta afirmação, durante evento de entrega de máquinas por parte do governo do Estado no início deste mês, a prefeita Amanda Quinta expôs o nível de relação entre o município e o governador. Uma série de obras e convênios, em parceria com o Estado, está ‘engatilhada’ para

beneficiar as comunidades kennedenses, que aguardam também vultuosos investimentos da iniciativa privada, a partir da construção do porto. A prefeita Amanda relatou que é sempre bem recebida no gabinete de Casagrande, assim como nas secretarias estaduais. Fez questão de ressaltar a humildade do governador e o olhar atencioso aos anseios de Presidente Kennedy.

Fotos: Leandro Moreira

E, ao que tudo indica, deu certo. No primeiro ano deste mandato, vereadores promoveram palestras pelas Câmaras Municipais dos municípios vizinhos para registrar o novo momento de Kennedy; sempre empunhando a bandeira. O trabalho em conjun-

to entre o Legislativo e o Executivo, resguardada a independência dos poderes, é visível. E o eco deste comprometimento com a população kennedense surtiu efeito positivo no Palácio Anchieta, que abriu suas portas para todo o aporte necessário.

Tempo obscuro na vida da cidade Após denúncias de corrupção, a operação Lee Oswald deu início à pior crise em Presidente Kennedy com a prisão de 28 pessoas, entre elas o prefeito Reginaldo Quinta (PTB). O cumprimento dos mandados expedidos ocorreu em maio de 2012. Desde então, os imbróglios judiciais foram constantes,

assim como a efusividade ferrenha da oposição em cassar o mandato de Quinta, acusado de liderar quadrilha criminosa que teria desviado R$ 50 milhões dos cofres públicos. A prestação de serviços e os diversos programas sociais da administração municipal foram suspensos. O municí-


03 Especial - Presidente Kennedy Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com pio sofreu com desempregos e o sofrimento das famílias de baixa renda acentuou. Presidente Kennedy se viu em meio ao caos com o ‘tiro’ disparado pela Lee Oswald. Para tentar impedir a submersão econômica do município, a Justiça determinou ao governador Casagrande

a nomeação de um interventor - o que ocorreu em julho de 2012, na pessoa do promotor aposentado Lourival Nascimento. Cassação Seis dos nove vereadores votaram pela cassação do prefeito Reginaldo Quinta em

setembro de 2012. Antes da votação, dezenas de policiais, inclusive a Tropa de Choque da Polícia Militar, ficaram a postos no centro da cidade para evitar confrontos entre os grupos a favor e anti-Reginaldo. O clima parecia de guerra. Dias depois, a cassação foi revogada.

Eleição Fora da cadeia, Reginaldo decidiu manter sua candidatura à reeleição. Porém, cedeu à pressão e pôs sua sobrinha para substituí-lo às vésperas do pleito. Amanda venceu o maior adversário do tio, Aluízio Correa (PR), ao obter 57,65% dos votos válidos.

“Kennedy está ganhando ritmo” “A hora é de paz. Assim, as coisas começam a andar, Kennedy está ganhando ritmo”. Essas foram as palavras do governador Casagrande a respeito da administração da prefeita Amanda Quinta. Para Casagrande, a prefeita Amanda teve habilidade para compor uma equipe de trabalho competente e também conseguiu atrair

para si apoios importantes no meio político e popular. “Ela (Amanda) constrói a possibilidade de um ambiente de paz. Com isso, ela utiliza a riqueza do município em obras e benefícios diversos às comunidades locais”, afirmou o socialista. Casagrande contou que o município tem disponível R$ 400 mil no Fundo

Diretor Executivo Tiago Turini Editoração Wellington Pintor (28) 9945.7012 Editor Ilauro Oliveira ilauro01@gmail.com Repórter: Jackson Soares Leandro Moreira

Circulação - Região Sul do Espírito Santo CNPJ 18.311.486/0001-44 jornalhojenoticias@gmail.com Redação: Rua Amilcar Figliuzzi, nº 31 – Coronel Borges Cachoeiro de Itapemirim – ES Tel.: (28) 3517-7615

Colaborador Adilson Conti Impressão: Thiago Schwan Gráfica Victor, Amilcar Fliguiuzzi, nº 33, Thalyson Inácio de Araújo Rocha Coronel Borges - (28)3522-9554 Luiz Trevisan Anete Lacerda Tiragem: 3000 exemplares Periodicidade: semanal Sidney Schwan

Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal, o chamado Fundo Cidades.

“Presidente Kennedy pode contar sempre com o governo do Estado”.


04 Especial - Presidente Kennedy Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Pavimentação de 160 km de estradas A parceria entre a prefeitura kennedense e o governo do Estado vai render frutos em breve. Segundo a própria prefeita, serão pavimentados 160 quilômetros de estradas vicinais. Também há investimentos na área da saúde.

Nos próximos dias, o governador Renato Casagrande vai assinar a ordem de serviço para a melhoria nas estradas. Essas vias irão garantir o acesso, com segurança a quem trafega, às rodovias 162, 197 e 060. O município também vai

ser contemplado com a construção de um Pronto Atendimento. “A licitação acontecerá no mês de maio”, garante Amanda. Estão em construção três novas unidades de saúde no interior, e haverá a aquisição de oito novas ambulâncias, para

assistência 24 horas. Outra obra esperada há décadas é a de saneamento básico. Atualmente, apenas na sede há água encanada e esgoto sanitário. As obras, sob investimentos superiores a R$ 100 milhões, podem iniciar ainda neste ano.

A “Conversa Aberta” com as comunidades tem sido valorizada Ciente da nova realidade administrativa e financeira, onde não há mais espaço para o assistencialismo generalizado, a prefeita vem apostando no diálogo permanente com os cidadãos para mostrar não só as dificuldades enfrentadas, boa parte delas no campo dos entraves burocráticos, mas também para dar boas notícias. Sob o título de “Conversa Aberta, Amanda e seus secretários têm ido às comunidades num diálogo que vem ganhando adeptos principalmente pela franqueza das palavras: “A gente ouve muita coisa, e entendemos o sofrimento do povo, mas também explicamos o que podemos, o que não podemos e quando poderemos fazer. É assim que se constrói

um governo: com franqueza”, disse. O “Conversa Aberta” é um novo espaço para se informar

e participar da administração de Presidente Kennedy. Quinzenalmente, às segundasfeiras, a prefeita e os secre-

tários municipais se reunirão com a população para uma conversa sobre os principais assuntos da comunidade.

Visita e obras em Santa Lúcia Na última segunda-feira, a visita aconteceu em Santa Lúcia, para apresentar as perspectivas de obras a serem realizadas naquela localidade. Serão pelo menos seis grandes intervenções para garantir o bem-estar da população da região.

Serão construídos um posto de saúde, uma creche e uma praça saudável, exclusivamente com recursos do município. Além destes, o campo de futebol será reformado e receberá arquibancada; a escola receberá reparos, assim como a qua-

dra poliesportiva. Para esta última obra já foi dada a Ordem de Serviço e as melhorias começam a ser feitas já na próxima semana. A prefeita Amanda Quinta Rangel e seu secretariado acolheram ainda outras solicitações da comunidade, no

que se refere a transporte público e saneamento básico. “O objetivo de visitarmos as comunidades é esse: mostrar o nosso trabalho e ouvir da própria população o que eles esperam da gente, para que possamos atender”, disse a chefe do Executivo.


05 Especial - Presidente Kennedy Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Qualificação profissional: um objetivo a ser alcançado Pensando na necessidade de ofertar emprego aos kennedenses e inseri-los no mercado de trabalho, a prefeita solicitou a abertura de uma Agência do Sistema Nacional de Empregos (Sine) no município. “Também não se pode falar em emprego, sem falar em capacitação. Por isso a cidade também requer a instalação de uma escola técnica”, disse Amanda, que tem se reunido constantemente na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI). Cursos profissionalizantes

Segundo Amanda, “a formação e qualificação de mão-de-obra é uma das nossas prioridades. “Graças à parceria com a FINDES/ SENAI/SENAC e o governo do Estado, por meio da Sedu, com o Pronatec e o Pró-Jovem, estamos habilitando profissionais para colocação imediata no mercado

artigo

A

de trabalho. É assim que nossa administração combate o desemprego”. Nesse primeiro trimestre de 2014, novas unidades móveis do SENAI/SENAC se juntaram às duas já existentes em Presidente Kennedy e estão oferecendo cursos nas áreas de Panificação e Confeitaria, Soldagem, Costura Industrial, Informática e Mecânica, entre outros, de forma totalmente gratuita. Os interessados devem sempre procurar a Secretaria de Ação Social da Prefeitura. Além disso, o município recebeu mais uma unidade móvel destinada a abrigar cursos profissionalizantes gratuitos para a população. A carreta pertencente ao SENAC, e que é equipada para diversos cursos na área de estética e be- leza, como depilação, maquiagem, manicure e cabelereiro. Ilauro Oliveira ilauro01@gmail.com

A presença do governador em Presidente Kennedy

presença do governador Renato Casagrande (PSB) em Presidente Kenedy semana passada foi a demonstração clara de que a cidade está no rumo certo. Passados os desafios iniciais, a prefeita Amanda Quinta (SDD) vem superando com habilidade os problemas e implantando um novo ritmo, para um novo momento. Casagrande, apesar de não ter ido lá desde que Amanda tomou posse, em 2013, vem dando apoio à nova administração. Mas, não tenham dúvida, que observava de longe, verificando os passos dados. Se foi, tirou foto e fez um discurso de otimismo, é porque está cercado de confiança nesse ambiente amplamente favorável em que a cidade se encontra. A presença do governador é in-

diretamente um recado à todas instituições capixabas, cidadãos e empresários que ainda se acanham na hora de investir no município: podem ir e ajudem a transformar o atraso kennedense em prosperidade. Não há dúvida de que todas as mãos juntas irão construir um futuro melhor para aquele povo. Essa foi a sensação sentida durante a festa da semana passada. ******************* Depois da declaração de apoio do senador Ricardo Ferraço (PMDB) à reeleição do governador, que incendiou o ninho dos peemedebistas, não se fala outra coisa nos bastidores da política capixaba a não ser um certo ciúme que estaria acontecendo entre

Theodorico Ferraço (DEM) e Glauber Coelho (PSB). Se isso for verdade mesmo, não é para condenar o democrata, mas para elogiar sua prudência diante da ascensão do seu colega deputado. Ferraço já foi mordido pelo eleitorado cachoeirense que vem o rejeitado nas urnas quando o assunto é eleição municipal. E agora, o que se comenta por aí é que seu medo é ver Glauber ser o deputado estadual mais votado da região sul, desbancando-o. Será? ******************* “Vingança, meu amigo, eu não quero vingança / Os meus cabelos brancos me obrigam a perdoar uma criança” – Notícia (Nelsom Cavaquinho)


06 Geral

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Fotos: Jakin Soares

Duplicação da ES – 482: obra atrasa e só será entregue em 2015

Obras, que seriam entregues até junho deste ano, estão atrasadas por conta dos Processos de Desapropriação das terras às margens da Rodovia por Jakin Soares A obra de duplicação da Rodovia ES – 482, que liga Cachoeiro de Itapemirim ao distrito de Coutinho, que, inicialmente – segundo informações do governo do Estado –, seria concluída no primeiro semestre deste ano, somente deverá ser entregue no segundo semestre de 2015. Quem informa é a equipe de assessoria de imprensa do Departamento de Estradas de Rodagem, D.E.R. Segundo informações do órgão, a desapropriação das terras nos pontos a serem realizadas as obras de duplicação é a principal responsável pelo atraso da obra. O governador Renato Casagrande (PSB) assinou

a autorização para o início dos serviços em dezembro de 2012. O investimento é de quase R$ 38 milhões, e está sendo utilizado para duplicar 10,5 quilômetros da Rodovia ES 482, trecho entre Cachoeiro de Itapemirim e o distrito de Coutinho. A nova rodovia terá pistas de rolamento com 7,0 metros e acostamento variando entre 1,2 e 2,5 metros, além de canteiro central. Serão implantadas 20 baias para ônibus segmentadas da pista, o que garantirá segurança aos usuários e permitirá que o fluxo do tráfego não seja interrompido por paradas para embarque e desembarque de passageiros. Também serão construídas pontes sobre o Córrego Lombo Seco e sobre a ferrovia.

Programa Rodoviário Espírito Santo III O Programa visa melhorar o transporte terrestre de cargas e passageiros na malha rodoviária estadual, por meio da reabilitação de trechos críticos, diminuindo custos e aumentando a segurança rodoviária. O financiamento do BID tem cinco anos de carência e 25 anos para ser quitado pelo Governo do Estado. As obras do PRES III vão beneficiar diretamente os municípios de Guarapari, Anchieta, Apiacá, Cachoeiro de Itapemirim, São Domingos do Norte, Colatina, Pinheiros, Ecoporanga, Aracruz, Jaguaré e Ibiraçu. To d a a e x e c u ç ã o d o Programa, por exigência do

Banco Interamericano de Desenvolvimento, tem o acompanhamento de uma gerenciadora e de três supervisoras. A gerenciadora acompanha todas as atividades, desde o treinamento e capacitação de pessoal do DER, até o levantamento do passivo ambiental e a prestação de contas junto ao BID. Já as supervisoras fazem o acompanhamento técnico das obras, e têm acompanhamento total do DER. Fazem parte do rol de atribuições a serem cumpridas pelas supervisoras o ensaio de materiais, o acompanhamento topográfico, o tratamento ambiental e a emissão mensal de relatórios a respeito da qualidade dos serviços, orientando o Estado a pagar ou não pelos serviços executados.


07 Comunidades Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Transporte público é ampliado em Marataízes Viação Sudeste atende solicitação do Vereador Carlos da Marinha, que encaminhou reivindicações antigas das comunidades por transporte público A partir deste mês de abril centenas de moradores das áreas urbanas de Marataízes poderão contar com o transporte público mais próximo de suas residências. Após estudo técnico para a criação de novas linhas ou alteração nos trajetos, a Viação Sudeste disponibilizou ônibus para atender ao bairro Acapulco, localizado na parte alta da cidade. A ação responde a uma antiga solicitação dos moradores e ao significativo aumento da população do bairro e de pessoas que por ali transitam. Outro fator determinante para a extensão do serviço é que próximo ao Acapulco está localizado o CDP - Centro de Detenção Provisória. Em reunião

com o Gerente da Viação Sudeste em Marataízes, Tarcísio Lazarini, e o Diretor do CDP, Fabrício Fernandes, o Vereador Carlos da Marinha (Solidariedade), que apresentou Projeto de Indicação para a criação de mais rotas para o transporte público em Marataízes, aprovado pela Câmara Municipal, reforçou as demandas existentes por transporte público em todo o município. Na oportunidade, o Diretor do CDP apresentou um diagnóstico da necessidade em razão do funcionamento da unidade. Duas vezes por semana, centenas de familiares dos internos deslocamse para as visitas e, na ausência de transporte público, caminha-

vam até o local, pagavam taxi ou ficavam na dependência de carona. O Vereador Carlos da Marinha destacou a sensibilidade da direção da Viação Sudeste, que está entendendo e atendendo a necessidade dos moradores daquela região em seus deslocamentos diários, contribuindo com mais conforto e dignidade para os munícipes. Carlos ainda frisou a agilidade no atendimento da solicitação por parte da empresa, que também tem sido elogiada por diretores escolares pelo atendimento no transporte de alunos da rede pública. A linha criada em caráter experimental já atende aos bairros Aparecidinha, Santa

Foto: Divulgação

Rita I e II, Candinha II, além do Acapulco, bem como parte do Rosa Meirelles e do Conjunto Habitacional Namitala Ayub, em Itapemirim. Nos próximos meses, a intenção é expandir o atendimento para os bairros Sol Nascente e Alto Lagoa Funda, em Marataízes.


08 Opinião

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

artigo

Leandro Moreira

Quem apoiou a ditadura em Cachoeiro?

A

ssim como nos grandes centros, Cachoeiro de Itapemirim também foi cenário da mão covarde da ditadura militar. E da mesma forma como houve vítimas desse sistema, tiveram aqueles que ‘marcharam’ juntos com a linha dura militar. Atualmente, ex-apoiadores e simpatizantes se colocam contra o regime militar, que durou 21 anos, a partir de 1964. Talvez, foram apenas a favor do ‘golpe’ e não da ditadura. Ou estão arrependidos; ou não revelam a predileção pelo regime frente à maioria que a abomina. O vereador Elias do PT, na sessão ordinária de terça (1), disse que “gostaria que fosse criada uma Comissão Municipal da Verdade em Cachoeiro”. Assim, os cachoeirenses poderiam ter conhecimento das histórias deste tempo sombrio: se houve mortes, torturas, corrupção; e também ouvir as explicações daqueles que empunhavam à arma para manter os militares no poder. Os meios legais para a abertura de uma Comissão Municipal da Verdade existem. Já que um vereador manifestou o interesse, pode ser que ele se dedique para que aconteça. Sem dúvida, seria uma contribuição histórica tamanha para Cachoeiro, sem contar que podem surgir elementos para que a Justiça seja feita. ****************************** Ricardo O posicionamento do senador Ricardo Ferraço (PMDB) de apoiar a reeleição do governador Renato Casagrande (PSB) movimentou o mercado político e, ao que parece, o próprio PMDB. Porém, resta saber se a sua postura transcenderá os interesses de seu partido, caso este realmente decida por candidatura própria. ****************************** Justificativa O PMDB já enfrenta a resistência interna daqueles contrários a uma candidatura própria; os que são favoráveis pleiteiam o nome do ex-governador Paulo Hartung. Estes pontos, por si, inviabilizaram o fortalecimento dos interesses de Ricardo na escalada ao governo do Estado. Restou a ele uma saída: a fez abraçando os que caminham com Casagrande. A escolha, acertada (não abraçou a fumaça que vem de Hartung) não feriu a grandeza que seu mandato representa ao partido. ****************************** Prefeitos em silêncio São raros os prefeitos que falam de sua preferência quanto ao cenário eleitoral majoritário no estado. Nos eventos em que figuram o governador e o ex, a maioria comparece. Os chefes de executivo tentam agir com a normalidade que uma unidade oferece, porém sabem que não podem agradar somente um – como se a unidade não existisse mais. Há quem diga que pode ser possível suportar três meses de campanha, mais que isso o município beira à falência. ****************************** Nem Fidel O amigo Thiago Viana, recém empossado na Secretaria de Desenvolvimento Social em Cachoeiro de Itapemirim, optou por cortar as longas madeixas meses antes de assumir o cargo. Com a nova aparência, nem Fidel Castro reconheceria o companheiro.

artigo

Q

Delandi Macedo

Problema Social

ual o problema dos nossos adolescentes e juventudes do século 21? O que fazer para dar a esses pequenos Brasileiros melhores condições de vida e tirá-los do mundo obscuro em que vivem? Porque os números de envolvidos com entorpecentes (diga-se drogas) aumentam a cada ano? Será falta de oportunidade social, cultural e/ou financeira? Fragilidade da família no ensinamento dos seus filhos? A cada dia eles têm sua independência mais cedo, com doze ou treze anos os meninos e meninas já começam sua vida sexual, muitas vezes incentivadas pela própria escola, quando oferecem camisinhas para alunos nesta faixa etária sentindo-se gente grande, tendo que vacinar contra HPV, para não terem problemas com a saúde quando começar sua atividade sexual, uma questão de prevenção. São tantas perguntas que permeiam a nossa mente, que muitas delas não encontramos respostas, vivemos em sociedade, onde cada um exerce os seus direitos e deveres, um não pode sobrepor ao do outro; Não podemos fazer vistas grossas como se não estivesse algo errado, cidadãos e cidadãs de bem de nosso país estão a cada dia vivendo trancafiado dentro de suas casas e aterrorizado com o mundo do crime, por menores que se sentem grandes, estão fazendo tudo que os grandes (adultos) fazem; Cidadãos e Cidadãs de Bem? Afinal, Esses meninos e meninas também não deveriam ser chamados como tal? Infelizmente tudo para eles tem começado cedo demais, prematuramente, e não podemos dizer que somente filhos de pobres que estão no mundo da atrocidade, os de classes médias e ricas estão no mesmo caminho, e ai o que fazer para evitar que atrocidades continuem ocorrendo com aqueles que querem viver dignamente sem sobrepor ao direito do outro? Estamos debatendo sobre diversos temas que poderão mudar muitos conceitos de vida do ser humano e porque não dizer da família brasileira tais como aborto, eutanásia, redução da maioridade penal e tantos outros temas que estão sendo alvos de debates e criticas em todo cenário nacional; vamos continuar deixando que cada um decida por si o que fazer ou devemos impor limites? Viveremos numa terra sem lei, onde o protecionismo tem imperado e a impunidade tem ocorrido a olhos nus? Precisamos colocar o trem nos trilhos, pois estão descarrilhando a cada dia e daqui a pouco não teremos mais controle de nada. ****************************** Reflexão “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” 2 Crônicas 7:14

Delandi Macedo (PSC) é vereador em Cachoeiro de Itapemirim


09 Opinião

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

artigo

O

Sidney Schwan

A Teoria das Janelas Partidas e o que nós temos com isso...

s artigos publicados an- de um prédio de muitas janelas que aula e não é prontamente corrigiteriormente abordaram estivesse quebrada e não fosse con- da. Que adulto ela será? ODM, Estatuto da Cidade sertada, em breve todas as janelas Uma aplicação prática da pesquie Regularização Fundiária. O de estariam também quebradas. sa, que gerou a teoria, foi no metrô hoje continua, mas contando uma O conceito extraído passa pelo de Nova York, através do combate história diferente. Existe uma Teoria sentimento da comunidade. Se o direto a qualquer transgressão, lixo das Janelas Partidas, elaborada em local onde você mora ou transita jogado no chão, alcoolismo entre experimento de psicologia social exibe sinais de deterioração e isso o público, gente pulando catraca, realizado pela Universidade de não parece importar a ninguém, pequenos roubos. O metrô era Stanford (EUA), creio que em 1969, então ali se instalará o delito e a definitivamente um dos locais mais que se aplica a nossa cidade. Os desordem. Se você quer jogar o perigosos da cidade na década cientistas deixaram duas viaturas papel de bala no chão e não vê de 80 do século passado. Com o idênticas em bairros diferentes de qualquer sujeira, isso te inibe, mas combate, em pouquíssimo tempo cidades diferentes. Em um desses se já vê papéis jogados, você joga se transformara em um dos locais bairros, o carro foi totalmente o seu e nem se importa, mais ou mais seguros e bem conservados. depenado, em questão de horas, menos por aí. Essa é a “Teoria das As pequenas coisas do nosso dia e o que não foi carregado, a dia que devem ser feitas não foi destruído. No outro, perexigem grandes investimenmaneceu intacto. Eram dois tos, mas não sendo feitas, bairros de populações muito trazem enormes prejuízos. É o “A grosseria passa a imperar diferentes, e onde a viatura cumprimento fiel de um pacto na ausência da cortesia e foi depenada, a característica de convivência que permite do respeito, janelas partidas era o conflito permanente de a paz nas cidades, onde são uma área pobre em Nova tantas as possibilidades de penão consertadas de imediaYork, enquanto no outro, uma quenas transgressões. É o que to. Outro exemplo fácil é a população em área rica e vemos hoje acontecendo nas criança que agride um protranqüila da Califórnia. cidades? Daí a importância do fessor em sala de aula e não Passada uma semana, os exemplo, especialmente das pesquisadores quebraram pessoas que, pelo exercício do é prontamente corrigida. um vidro da viatura que até seu trabalho, se colocam em Que adulto ela será?” então estava intacta. A janeevidência diante dos outros. Se você não pode construir la quebrada desencadeou o ali, NÃO CONSTRUA! Se você mesmo resultado da primeira é o responsável para que algo não viatura, ou seja, roubo, violência e Janelas Partidas”. E onde ela se encaixa no que já aconteça, IMPEÇA! Se você tem o destruição. Se eram dois bairros tão diferentes, como isso poderia ser falamos? Ao se deixar de lado uma poder de manter o ambiente limpo explicado? Não foram a pobreza e legislação que daria ordenamento e conservado, O FAÇA! Em breve, o abandono os fatores determinan- a uma cidade, o cidadão não liga a cidade onde você mora estará tes, mas a psicologia humana e as de colocar o escoamento das águas muito mais agradável, bonita e relações sociais. O que se concluiu de chuva sobre as cabeças das pes- convidativa aos investimentos. do experimento é que a violência e soas. Não se importa em estacionar Dinheiro para investimento e geo crime tendem a ser maiores onde em fila dupla ou ultrapassar o sinal ração de empregos qualificados a sujeira, o maltrato e a desordem vermelho. Não está nem aí em fu- não gosta de desordem nem de são maiores. Quando se partiu a rar uma fila qualquer. A grosseria desleixo, mas adora regras claras janela da viatura que estava intacta passa a imperar na ausência da que são cumpridas. e ninguém a consertou, logo as ou- cortesia e do respeito, janelas parSidney Schwan é bancário tras foram quebrados e em seguida tidas não consertadas de imediato. o carro depenado e destruído. Se Outro exemplo fácil é a criança que (Caixa Econômica Federal de o experimento fosse com a janela agride um professor em sala de Cachoeiro de Itapemirim)


10 Política

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Governo cogita privatizar serviço de iluminação pública O assunto foi debatido durante a sessão ordinária na Câmara Municipal de Cachoeiro por Leandro Moreira ideia de privatizar o serviço de iluminação pública em Cachoeiro de Itapemirim surgiu após críticas ao atendimento ao público na Câmara Municipal na sessão de terça-feira (8). Quem trouxe a hipótese à tona foi o vereador da base aliada Elias do PT. O assunto foi o ponto alto

do debate entre os parlamentares. Embora a prefeitura sempre afirme que o número de pontos de luz apagados é irrisório, os vereadores insistem em dizer que ouvem reclamações de moradores nos bairros e distritos do município. O edil Elias acredita que a privatização do serviço seja uma solução, já que, de acordo com ele, o sistema funcionou

bem com o serviço de água - executado pela Odebrecht Ambiental. Mas, existem vereadores que são contrários à privatização, por acreditarem que o próprio poder público tem capacidade para atender a demanda. O parque elétrico de Cachoeiro é composto por cerca de 18 mil pontos de luz. Até a declaração do par-

lamentar petista, o prefeito Carlos Casteglione (PT) manteve a decisão de não contratar empresa para executar os trabalhos na área da iluminação, por acreditar que a municipalidade respondia bem às necessidades. O contrato com a Citeluz findou em 2013, e o prefeito decidiu por não renovar. Confira a opinião dos vereadores sobre o tema.

Carlos Renato Lino (PR) O vereador Carlos Lino, mais conhecido como Ratinho, é contra a privatização do serviço. Para ele, a solução se daria com a criação de uma Secretaria de Iluminação Pública. Desta forma, segundo ele, seria possível aproveitar e aumentar as equipes de trabalho existentes.

David Alberto Lóss (PDT) David Loss avalia que a situação carece da criação de uma patrulha para que sejam trocadas as lâmpadas queimadas na cidade. Além disso, o parlamentar se coloca favorável à fiação elétrica subterrânea.

Ely Scarpini (PR) O vereador Ely Scarpini reclamou que as lâmpadas queimadas causam problemas para as comunidades. E não só. O republicano afirmou que os vereadores são os principais penalizados pela escuridão em algumas ruas.

Rodrigo Pereira Costa (PSB) Rodrigo deu como certo que há muitos pontos de luz queimados em Cachoeiro de Itapemirim, o que, inevitavelmente, provoca transtornos à população. De acordo com o socialista, as equipes realizam a troca de lâmpadas, mas retornam 10 dias depois devido a vandalismo.

Delandi Macedo (PSC) Delandi revelou ter conversado com o secretário de Serviços Urbanos, Romário Miranda, responsável pela iluminação pública, e ouviu que a questão dos pontos de luz queimados vai ser resolvida. Porém, não informou sobre previsão.

Alexandre Maitan (PDT) Maitan expôs que não teve pedido de informação atendido pela prefeitura sobre a contribuição dos munícipes para o serviço. Lembrou ainda que a rescisão do contrato com a Citeluz, concessionária na assistência ao setor, causou problemas e a culpa recai aos vereadores.

Elias de Souza (PT) Elias recordou que houve críticas feitas por vereadores quando a Citeluz foi contratada em Cachoeiro, devido ao valor cobrado. Ao fim do contrato, a empresa não cumpria corretamente suas obrigações, segundo ele. O edil diz haver fiações em mau estado e problemas com vandalismo.

Zuca (DEM) O vereador Zuca assegurou que no contingente da prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim existem funcionários especializados em eletricidade. Estes estariam lotados em secretarias variadas.

A


11 Política

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

CACHOEIRO SEDIARÁ ENCONTRO REGIONAL DO PT neste sábado O encontro é aberto a toda a população da região sul

por Redação

foto: Divulgação

O

Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Espírito Santo realiza neste sábado (12), das 8h às 14h, no auditório do SEST/SENAT de Cachoeiro de Itapemirim, a etapa da Região Sul do “Encontro Regional -Debate Sobre o Desenvolvimento do Espírito Santo - Pontos para Programa de Governo”. O evento está sendo realizado em todo o estado, que foi dividido em 5 regiões: Serrana/Caparaó, Norte, Noroeste, Metropolitana e Sul. A Região Sul engloba 18 municípios: Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Iconha, Itapemirim, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta. O Encontro de Cachoeiro contará com a presença de diversos segmentos da sociedade e importantes lideranças locais e de todo o estado, além de dirigentes partidários, detentores de mandatos eletivos, parlamentar e executivo, do PT e de outros partidos políticos. Os participantes debaterão a realidade local sob os eixos: desenvolvimento sustentável, desenvolvimento social, infraestrutura e logística, exporão os principais problemas da região e deixarão suas propostas para investimento na região. Segundo o presidente municipal do PT, o Advogado Trabalhista Dr. José Irineu de Oliveira, “todas as contribuições farão parte de um documento que será levado para inclusão no Programa de Governo da Presidenta Dilma,

“Todos estão convidados”, diz o presidente José Irineu

do candidato ao Governo do Estado do Espírito Santo e dos candidatos aos cargos proporcionais do partido”.

Deputados criam frente parlamentar contra pedágio na BR-101 A Assembleia vai contar com uma Frente Parlamentar contra a cobrança de pedágio antes da realização de obras de recuperação da BR-101 no Espírito Santo e da construção do contorno no município de Iconha. Os deputados contestam o pagamento de taxas antes que as melhorias aconteçam. A frente será integrada pelos deputados Janete de Sá (PMN), Paulo Roberto (PMDB), José Esmeraldo

(PMDB), Marcos Mansur (PSDB), Luzia Toledo (PMDB), Doutor Hércules (PMDB), Atayde Armani (DEM), Euclério Sampaio (PDT), José Carlos Elias (PTB), Dary Pagung (PRP) Solange Lube (PMDB) e Theodorico Ferraço (DEM). A previsão é que a cobrança do pedágio na BR-101 se inicie no próximo mês. Ao todo serão instaladas sete praças de pedágio no Espírito Santo. O trecho que receberá melhorias e duplicações tem extensão de 475,9 km.


12 Esportes

Sexta-Feira 11 de abril de 2014

Hoje • Tá em tudo

www.hojees.com

Castelo recebe 2ª Etapa do Capixaba de Voo Livre neste fim de semana A cidade é conhecida mundialmente como ideal para este esporte

O

céu de Castelo vai ficar colorido mais uma vez. É que neste fim de semana acontece o “7° Open Castelo de Voo Livre”, na Rampa de Ubá. O evento, que começa às 10 horas da manhã desta sexta-feira (11) vai até domingo (13) e é válido pela 2ª etapa do Campeonato Capixaba de Voo Livre. Participarão cerca de 70 pilotos, a maioria da Região Sudeste do país. As inscrições podem ser feitas até o dia dez de abril no valor de R$ 100,00 no Link: http://www.zrsistemas.com.br/ inscricoes/ccvlcastelo2014/. Para quem preferir se inscrever no dia do evento, a taxa de inscrição vai custar R$ 120,00. Mais informações estão disponíveis no site:http://www. termaltour.com.br. Serão premiadas quatro categorias: Fun, Sport, Serial e Especial, de 1° ao 5° lugar com troféus, e de 1° a 3° lugares com valores de R$ 100,00 até R$ 500,00. Devem participar do evento pilotos do Rio de Janeiro, Minas Gerais e de quase todos os municípios capixabas. O evento é uma realização da Prefeitura de Castelo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e conta com apoio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) na divulgação.

Castelo Castelo ficou conhecido mundialmente como um dos locais mais propícios para voo livre depois do Mundial de Parapente, realizado em março de 2006. A Rampa de Ubá é a predileta dos competidores porque permite voos de triangulação e de cross, proporcionando maior facilidade e segurança aos pilotos.

Confira a Programação do 7º Open Castelo de Voo Livre: Sexta-feira - 11 de abril 10h - Treino Livre 18h às 22h - Inscrição e confirmação Sábado - 12 de abril 8h30- Briefing com os Pilotos 9 h 00- Saída para Rampa 11h30- Briefing Geral na Rampa de Ubá 16h- Marcação de voo 20h- Jantar Oficial dos Pilotos Domingo - 13de abril 8h30- Briefing com os Pilotos 9h- Saída para Rampa 11h30- Briefing Geral na Rampa do Ubá 16h- Marcação de voo 17h- Resultado Oficial 18h- Premiação foto: Divulgação

por Redação

Edição 190  

www.hojees.com