Page 1

Monitor Potiones Nomenclaw Lichtdunkel

1


Índice 4 – Ingredientes principais 10 – Classificação de ingredientes 13 – Calculando ingredientes 14 – Efeitos colaterais 17 – Envenenamento 18 - Veneno 22 - Antídotos 23 – Propriedades das plantas 24 - Fogo 25 – Poções sólidas 26 – Plano de intoxicação 28 – Plano de desintoxicação 29 – Propriedades mágicas das poções 31 – Estudo básico da magia e inserção da magia nas poções 33 – Plano de informações de poções: catálogo de ingredientes.

2


34 – Catálogo de ingredientes raros. 35 – Catálogo de ingredientes sintéticos 39 – criação da teoria das poções 40 – Formação de poções naturais, sintéticas e poções de risco 42 – Catálogo de bestas 44 – Catálogo de pestes 45 – Catálogo de venenos 46 – Catálogo de antídotos 48 – Zoopontiosia 50 – Programa do Mestrado em Poções 55 - Poções

3


Ingredientes principais - Acônito (flor roxa que se parece com uma boca com a língua de fora) - Veneno de Acromântula (veneno de uma aranha monstruosa) - Bile de Tatu (órgão encontrado na barriga do tatu) - Ovos de Cinzal (ovos de uma cobra) - Asfódelo (flor extremamente banca com um risco amarelado nas pétalas) - Bezoar (pedra encontrada do estomago de uma cabra) - Beladona (flor rosada ou branco-rosado) - Partes do Bicórnio - Partes do Gira-Gira (consistem em ferrões de Gira-Gira ressequidos)

4


- Partes do Besouro (partes de besouros fervidos) - Partes da Ararambóia (partes de uma cobra verde) - Bubótubera (planta cujo pus causa bolhas bastante incômodas na pele) - Descuraínia (precisa ser picada na Lua Cheia para fazer efeito.)(Flor verde e super pequena ) - Secreção de Bandinho (parte de alguma arvore que tenha musgo seco) - Repolho Chinês Glutão (repolho chinês com uma estrutura enorme) - Lagartas - Besouros (besouros pretos ) - Partes do Crocodilo (parte de um crocodilo filhote) - Margaridas (flor) - Ovos de Fada (ovos de variadas cores e perigosos)

5


- Ovos de Dragão - Partes do Dragão (parte de um dragão filhote) - Partes do Erumpente (parte de uma flor vermelha muito chamativa que possui um chifre que explode ao minimo toque) - Partes do Verme Cego (muco produzido pelo verme) - Partes do Sapo (parte de um sapo) - Gengibre (vegetal muito fedorento quando fervido) - Partes do Besouro da Melancolia (parte de um besouro marrom com enormes “chifres”) - Partes do Arpéu (parte de um animal roxo parecido com um rinoceronte) - Hellebore (flor muito estranha porque em um ramo se da de diversas cores e formatos) - Lesmas (animal lento)

6


- Iguanas (lagarto utilizado em poções: usa-se seu rabo) - Partes Humanas (muitas vezes é uma porção de sangue) - Partes do Dedo-Duro (animal no qual se regenera do dedo) - Sanguinária (planta carnívora que se parece com uma margarida com mais pétalas) - Hemeróbios (animal voador com um nariz enorme) - Sanguessuga (animal que suga sangue) - Partes do Peixe-Leão (nadadeiras de um peixe) - Ligústica (abelha que aparenta ser de cor amarelada ) - Mandrágora (planta com a raiz com um formato parecido com um humano) - Acônito Lapelo (folha do pé de abobora) - Pedra-da-Lua (pedra acinzentada que se mói fácil)

7


- Urtiga (planta que provoca coceira) - Menta (planta que produz uma sensação refrescante) - Romã (fruta onde só se come as sementes) - Partes do Porco Espinho (espinhos de um animal) - Partes do Peixe-Baiacu - Rato - Sangue de Rês-ma (sangue de um animal) - Ovos de Farosutil (ovos de cobra de três cabeças) - Partes da Salamandra (parte de um animal) - Escaravelhos (besouros comedores de carne) - Cocleária (flor pequenina de coloração branca-rosada) - Figueiras Cáusticas da Abissínia (flor da figueira mais velha do jardim) - Partes da Cobra (partes de uma cobra)

8


- Botão-de-Prata (flor cujo miolo é maior que as pétalas) - Vagem Soporífera (vagem que tenham feijões extremamente brancos) - Aranhas - Vermes - Partes do Unicórnio - Valeriana (flor pequenina e roxa) - Acônito Licoctono (flor amarelada extremamente parecida com um girassol) - Losna (planta esverdeada parecida com alecrim)

9


Classificação de Ingredientes Os ingredientes de poções são classificados em: - Tipos (sólido, líquido) - Classes (vegetal, animal, mágica, natural) - Status (sano, médio, periculoso) - Gênero (sintético, natural, raro sintético, raro)

TIPOS Sólido  ingredientes com matéria sólida no estado de repouso. (pedras, pós, cascas, folhas, flores, asas...) Líquido  ingredientes com matéria líquida no estado de repouso. (água, sangue, veneno, gosma...)

10


CLASSES Vegetal  ingredientes plantas (folhas, flores, raízes, frutos, polens, sementes...) Animal  ingredientes animais (partes de animais {caldas, olhos, pêlos, unhas...}) **ANIMAIS

NÃO

MÁGICOS (pena de ganso, asa de besouro coveiro...) Mágica  todo ingrediente, ou derivado, de espécie vegetal ou animal MÁGICA (unha de trasgo, chifre de unicórneo...) Natual  ingredientes em geral que não possuem vida (todos exceto vegetai e animais) (pedras...)

STATUS Sano  ingredientes que não possuem riscos de intoxicação (asa de besouro, bezoar, menta...)

11


Médio  ingredientes que possuem um efeito médio de intoxicação (urtiga, ferrão de gira-gira, pétala de rosas) Periculoso  ingredientes que possuem efeitos de intoxicações fortes, capaz de matar ou seqüelar (veneno de acromântula, fígado de baiacu)

GÊNERO Sintético  ingrediente produzido sinteticamente sendo misturado com outro ingrediente Natural  ingredientes naturais produzidos pela natureza Raro-sintético  ingrediente raro misturado com outro(s) ingrediente(s) sinteticamente Raro  ingrediente natural ou sintético raro

12


Calculando ingredientes Os ingredientes são difíceis de serem calculados, e não existe uma teoria concreta para que a mistura de ingredientes dê certo. Há possibilidades, com muitas exceções, que serão apresentadas abaixo: - junções sintéticas ou raro-sintéticas geralmente devem ser acrescentadas em poucas quantidades - geralmente ingredientes raros não se combinam com raros-sintéticos

13


Efeitos colaterais Alguns ingredientes podem produzir efeitos colaterais se misturados juntos. Mas há poções que anulam os efeitos colaterais. Abaixo segue a lista de ingredientes que produzem efeitos colaterais com respectivas soluções que não anulam o efeito da poção, {caso não haja restrição}) - ovos de fada com ovos de dragão (poção de clóteo) - repolho chinês com urtiga (poção de loiro) - losna com acônito (poção de restrição flórida) - mandrágora com pedra-da-lua (poção contra acides)

14


- chifre de unicórneo com secreção de bandinho (poção de liquefação) - bile de tatu com lesma (poção contra acides) - ovo de farosutil com ovo de dragão (poção de clóteo) - partes de gira-gira com partes de besouros, marimbondos, abelhas ou vespas (poção contra acides) - vagem esporífera com gengibre (poção de liquefação) - hellebore com sangue de rês-ma (poção de restrição flórida) - romã com partes de sapo (poção de loiro)

INDICAÇÃO DAS POÇÕES CONTRAEFEITO: Poção de loiro  para vegetais e líquidos indigestos Poção de restrição flórida  para flores ou folhas

15


Poção de liquefação  para sólidos Poção contra acides  para ingredientes ácidos Poção de clóteo  para ovos em geral Se todas essas poções forem combinadas juntas, será formada uma poção chamada Zappoper. O Zappoper é utilizado como contra efeito caso os ingredientes não sejam especificados. Ele funciona para todos os efeitos colaterais e alguns envenenamentos, mas o bruxo que beber o Zappoper ficará com coma por 3 à 7 dias.

SE 2 À 4 POÇÕES DE CONTRAEFEITO FOREM MISTURADAS JUNTAS SERÁ FORMADA UMA POÇÃO CHAMADA ‘‘Riso de Hellequino’’ QUE É UM VENENO!

16


Envenenamento AVALIANDO SITUAÇÕES Os envenenamentos são caracterizados pelos seguintes sintomas: - convulsão - febre - manchas na pele - delírios - calafrios - taquicardia

17


- espasmo Os sintomas acima são os mais comuns, e devem ser reparados. A vítima deve se consulta com um curandeiro imediatamente. Em caso de envenenamento também é recomendável consulta com Mestre em Poções.

Veneno O conceito básico de veneno é uma combinação química que tem eficiência para matar, intoxicar e causa doenças. Mas o veneno em si não possui periculosidade. O que é perigoso são as defesas do corpo de quem ingere o veneno. Exemplo: Uma pessoa é alérgica a amendoins. Se ela comer um amendoim se quer, ela morre. Para aquela pessoa em especial o amendoim é um veneno, mas para o demais não é.

18


Outro exemplo é a cobra muçurana. Ela pode ser picada por qualquer cobra venenosa, mas não irá morrer. Já uma coruja, se for picada irá morrer. Pela ciência das poções, uma substância só pode ser considerada veneno se ela oferecer risco a qualquer forma de vida animal ou vegetal. Então, reformulando a teoria sobre veneno: Veneno  Toda combinação química (sólida, líquida ou gasosa) que oferece risco tanto para animais quanto para vegetais. Tóxico  Todo elemento que oferece risco a uma ou mais espécies. Mas como o amendoim pode ser considerado um tóxico? O amendoim não é um tóxico. O problema está na defesa do organismo da pessoa.

19


Os organismos frágeis a determinadas substâncias são chamados de Arléolo, ou Alergio. Alergio  Organismo fraco, que não possui defesa para determinadas substâncias químicas. (Objetalérgio) Mas o alergio é um veneno? Não. O Alergio é um estado venenoso. OBJETALÉRGIO Objetalérgio é qualquer substância que possa causar mal a um determinado ser, mas que é incomum intoxicar os demais. Qualquer elemento pode ser um objetalérgio, só basta ser tóxico a uma determinada quantia de seres da mesma espécie. Quando o elemento causa risco a todos de uma espécie, ele é um veneno ou um tóxico. Exemplos de objetalérgio: amendoim, pólen, poeira, ovo, lactose...

20


ESTADO VENENOSO Um estado venenoso é o estado em que o corpo ou organismo reage a determinados elementos químicos. Existem vários estados: estados de sono, estados de hiperatividade, estado zumbi, estado venenoso, estado de óbito, estado de dor... Há infinitos estados.

REFORMULANDO OS CONCEITOS - Uma substância venenosa pode ser considerada Veneno ou Tóxico. - A falta de defesa contra determinadas substâncias é o Alergio. - Qualquer elemento pode ser considerado objetalérgio. Desde que ofereça risco a uma determinada parcela da mesma espécie.

21


É comum os bruxos em geral denominar qualquer elemento venenoso de Veneno. Mas há uma diferença entre veneno e tóxico.

Antídotos Um antídoto não é necessariamente uma poção que combate o efeito de uma substância tóxica. Há três tipos de antídotos: Reatores, Combatentes e Junções RC. Reatores  São antídotos que fazem o corpo produzir defesas para combater a substância tóxica; Combatentes  São antídotos que combatem a substância tóxica diretamente;

22


Junções RC  São antídotos que possuem as mesmas propriedades dos Reatores e Combatentes juntas.

Propriedades das plantas Todas as plantas possuem substâncias que reagem a várias outras. Essas substâncias são classificadas em Bonas, Neutras e Males. Bonas  Substâncias das plantas que fazem bem aos animais; Neutras  Substâncias das plantas que não fazem bem ou mal aos animais;

23


Males  Substâncias das plantas que fazem mal aos animais.

Fogo O fogo serve para aquecer poções e assim podem-se realizar novas substâncias. O fogo possui três propriedades de poções: Fusivas, Aquecíveis e Eliminatórias. Fusivas  É quando a temperatura do fogo chega a um ponto capaz de juntar duas substâncias formando uma só;

24


Aquecíveis  É quando a temperatura do fogo fica a uma temperatura constante capaz de aquecer substâncias. Mas ela só é considerada aquecível se não chegar ao ponto fusiva ou eliminatória; Eliminatórias  É quando o fogo chega a um ponto capaz de eliminar substâncias. Para uma substância se tornar eliminatória, ela passa pelos dois estados anteriores.

Poções sólidas Poções sólidas são poções que estão no estado sólido. Elas são classificadas em duas classes e duas subclasses. CLASSES Sólida  Quando a poção é formada somente por ingredientes sólidos

25


Semi-sólida  Quando a poção é formada por ingredientes sólidos e líquidos, mas seu resultado final é sólido. SUBCLASSES Frágil  Quando a poção sólida ou semi-sólida é aquecida a 100°C e não se torna líquida. Forte  Quando a poção sólida ou semi-sólida é aquecida a 100°C e se torna líquida.

Plano de intoxicação O plano de intoxicação é uma matéria utilizada para estudar as formas de intoxicação de um ser vegetal ou animal. PLANO DE INTOXICAÇÃO ANIMAL

26


A intoxicação animal ocorre quando o animal ingere substâncias que o fazem mal. Há dois tipos de planos de intoxicação animal: a adiposa, oral e aplicativa. Adiposa  Quando o animal é intoxicado só por tocar a pele na substância tóxica. Oral  Quando o animal é intoxicado quando ingere a substância tóxica pela boca Aplicativa  Quando a substância entra em contato com o corpo do animal. Independente do local, se ela for aplicada no interior de sua pele, é considerado um plano de intoxicação aplicativa. PLANO DE INTOXICAÇÃO VEGETAL O plano de intoxicação vegetal possui dois tipos de planos de intoxicações: Aéreo e Interno Aéreo  Quando a planta é intoxicada pelas substâncias contidas no ar (Essa classificação também se aplica ao

27


plano de intoxicação animal, mas devido ao Departamento de Planos de Estudo da Magia das poções, e ao Grupo de Pesquisas Herbólógicas não é possível aplicá-la. Essa discussão existe até hoje). Qual sua opinião sobre isso? Interno  Quando a planta é intoxicada quando a substância tóxica entra em contato com seu corpo.

Plano de desintoxicação Só há um plano possível de desintoxicação. É extremamente simples essa classificação. Só há um problema. Qual poção usar?

28


A desintoxicação é o processo pelo qual o corpo recebe ajuda externa parar eliminar elementos que o fazem mal. O plano de desintoxicação se aplica ao mundo vegetal e ao animal. No mundo vegetal, o plano de desintoxicação surte mais efeito, pois a própria planta produz seu líquido salvador. Ver mais em: Antídotos, página 22.

Propriedades mágicas das poções A magia pode ser aplicada nas poções. E é aplicada.

29


Há muitas poções que precisam de um ingrediente especial, a magia. Porém essas poções são de um patamar mais avançado, e a pessoa treina a magia especialmente para utilizá-la nas poções. Os alunos só irão se utilizar de magia nas poções caso queiram flutuar uns bezoares ao caldeirão ou Maglicarem um ingrediente. MAGLICAÇÃO A maglicação é o ato de maglicar, que é definido como um feitiço que serve para a extração de ingredientes ocultos em outros ingredientes. A maglicação só pode ser realizada em alguns ingredientes. O nome do feitiço é Páleous Maglícous. Deve ser recitado com a varinha apontada para o ingrediente. No instante da realização do feitiço, sairá um líquido do ingrediente. Esse líquido é o ingrediente oculto.

30


Até o sexto ano de estudo, essa vai ser uma das poucas magias utilizadas para poções. Mas no último capítulo do livro, onde será descrito a formação de um mestre de poções, iremos ver que a magia é muito utilizada em poções. Digamos que nunca duele contra um mestre em poções, poderá ser derrotado com suas tripas amarradas.

Estudo básico da magia & Inserção da magia nas poções Ensinar magia e a insercao da magia nas pocoes aos alunos e proibido devido 31


ao descreto de lei n seiscentos e quarenta e um de mil oitossentos e noventa e sete. Segundo ao decreto os alunos se sentiriam pressionados e assustados. Mas caso um aluno superasse essas expectativas poderia se tornar um perigo a sociedade. Ensinando feiticos proibidos a pessoas que nao poderiam ficar sabendo. E tambem ha o risco do aluno se utilizar das tecnicas secretas da magia nas pocoes. Entao para voce conhecer melhor sobre a magia nas pocoes leia o livro Agh Breish Dizeins Kavrov. Esse e um livro enfeiticado. So pode ser lido por pessoas habilitadas ou seja mestres em pocoes que realizaram o juramento perpetuo. Para ver o livro basta conjurar um simples feitiรงo chamado Hejinx mas se voce nao puder ler o livro ele pegara fogo ao ser aberto por ti.

32


Essas letras so podem ser desvendadas por poderosos bruxos se voce conseguiu parabens. Você merece um premio.

Catálogo de ingredientes Um catálogo é como se fosse uma cartilha detalhada com o nome dos devidos itens. Futuramente veremos mais catálogos.

33


Para ver catálogo de ingredientes veja: Ingredientes principais, página 4.

Catálogo de ingredientes raros

Ingrediente

Nível de raridade

Veneno de

134 (100%)

34


Acromântula Beladona

54 (40%)

Descuraínia

121 (90%)

Ovos de Fada

33 (24%)

Partes do Arpéu

32 (23%)

Hellebore

41 (30%)

Sangue de Rês-ma

59 (44%)

Ovos de Farosutil

90 (67%)

Cocleária

97 (72%)

O nível de raridade varia de 3 até 134.

Catálogo de ingredientes sintéticos - Máscara de Hellequin (líquido vermelho e preto. a posição das cores depende da densidade da poção)

35


- Galho seco (espessa vara que se aquecida se torna um líquido marrom usado para poções perigosas) - Galho sangrento (espessa vara que se quebrada, jorra um líquido vermelho como sangue. usado para poções que se utilizam de magia) - Casco de Evangelista (pó marrom que ao entrar em contato com um líquido, se torna uma pedra. essa pedra é utilizada para poções de cura. - Fios da maldade (ingrediente parecido com um macarrão, utilizado em venenos) - Cesta Veelina (item vermelho e parecido como uma pétala de rosa, usado para poções de obsessão¹) - Armadura de cascos (conjunto de cascas de árvores específicas, utilizado para poções de cura)

36


- Sangue do diabo (líquido muito parecido com sangue, utilizado para diversas poções. se entrar em contato com a pele, ela fica manchada por meio mês) - Barba de odin (ração para muitos seres feroses) - Tinta de polvo - Látex do ferreiro (ração preferida dos seres quadrúpedes) - Alma branca (item secreto criado por um grande mestre) - Alma vermelha (item secreto criado por um grande mestre) - Alma verde (item secreto criado por um grande mestre) - Alma cinza (item secreto criado por um grande mestre) - Alma obscura (item secreto criado por um grande mestre) - Pergaminho azul (ingrediente azul parecido com um pergaminho liso, utilizado para várias poções) - Asas dos trintas (asas utilizadas para várias poções)

37


- Mix de Felix (bola de pêlos utilizada para várias poções) - Gregoriano (massa branca utilizada para várias poções) - Bartreaux (líquido roxo utilizado para várias poções) - Cobra Evanesca (ervas utilizada para várias poções) - Sementes de chifres (pedrinhas utilizada para várias poções) - Água de ophinx (item secreto criado por um grande mestre) - Córrego negro (item secreto criado por um grande mestre) - Caragrama (pó utilizado para várias poções) - Henxagrama (pó utilizado para várias poções) - Zreitagrama (pó utilizado para várias poções) - Grama da união (erva utilizada para várias poções)

38


- Erva da união (erva utilizada para várias poções) - Gema da união (pedra utilizada para várias poções) - Gema draconiana (pedra quente utilizada para várias poções)

¹ Poções de obsessão: poções do amor, poções de hipnose, poções do sono...

Criação da teoria das poções

39


O homem, desde sua existência, sempre quis descobrir mais sobre o mundo a sua volta. A curiosidade serve até hoje para nos adaptarmos melhor ao ambiente, e criar padrões de adaptações. O ser humano teve que se adaptar ao mundo as poções. E também criou padrões de adaptações. Os padrões de adaptações das poções serviram para compreendermos melhor o mundo das poções, e estudarmos ele. Uns dos padrões de adaptações das poções são: ingredientes, poções, teoria, prática, arte... O estudo de poções foi a terceira filosofia a ser descoberta pelos bruxos antigos. A primeira foi o feitiço, a segunda a herbologia e a terceira as poções. O homem se sentiu necessitado de descobrir fórmulas que façam com que ele se cure, transforme coisas, crie coisas, estude coisas e etc.

40


Formação de poções naturais, sintéticas e poções de risco As poções naturais surgem a partir de combinações externas de ingredientes naturais. Exemplo de poções naturais: - Quando a seiva da Planta de Yggdrae escorre por sua folha amarela e pinga na folha de Midjntein. A folha de Midjntein pega fogo, e suas cinzas vermelhas se tornam União Nórdica. A união nórdica é uma poção utilizada para dar força a quem ingere as cinzas. *a união nórdica não é considerado ingrediente porque é derivada de duas combinações químicas. *sem há pequenos galhos de Midjntein em baixo das plantas de Yggdrae. Exemplo de poções não naturais:

41


- Quando o caule do Galho do Calvário pega fogo em contato com sangue do diabo. (nesse caso não ocorre uma poção, e sim uma reação) Para tirar suas dúvidas é sempre bom consultar um mestre em poções. POÇÕES SINTÉTICAS Poções sintéticas são todas as poções que não são naturais nem ingredientes. As poções sintéticas, como o nome já diz, são poções feitas por bruxos, ou seja, pessoas manipulam e misturam ingredientes para que uma poção seja criada. POÇÕES DE RISCO As poções de risco são todas as poções tóxicas ou venenosas. Poções de risco causam mal a um ser vivo vegetal ou animal. Para saber mais leia: Veneno, página 18.

42


Catálogo de bestas No mundo das poções, o nome ‘besta’ se refere a animais que nos fornecem ingredientes. Abaixo segue uma lista de bestas com sua raridade e perigo:

Besta

Raridade

Perigo

Acromântula

134

193

Tatu

3

7

Cabra

5

10

Gira-gira

7

15

Besouro

3

7

Ararambóia

14

34

Lagarta

3

6

Crocodilo

58

112

Fada

40

10

Bicórnio

30

31

Dragão

70

193

Verme

3

7

Sapo

3

8

Arpéu

19

15

43


Lesma

13

7

Iguana

29

20

Dedo-duro

35

25

Hermeróbios

30

18

Sanguessuga

24

7

Peixe-leão

50

193

Abelha

3

68

Porco espinho

47

49

Baiacu

14

140

Rato

3

19

Rês-ma

5

19

Farossutil

69

10

Salamandra

34

10

Escaravelho

3

7

Aranha

3

20

Unicórnio

58

10

Cobra

10

134

Basilisco

134

193

*o nível de raridade vai de 3 até 134 *o nível de perigo vai de 7 até 193

44


Catálogo de pestes Uma peste, é um animal ou inseto que anda em bando e se reproduz com muita facilidade. As pestes invadem áreas residências e de plantações. Animais que andam e bando e se reproduzem muito, mas não invadem casas nem plantações, não são consideradas pestes. Abaixo segue um pequeno catálogo de pestes: - Caranguejo - Rato - Corvo - Gafanhoto - Barata - Lagarta - Besouro

45


- Bandinho

Catálogo de venenos Abaixo segue uma pequena lista catalogando alguns venenos: - Veneno de basilisco - Veneno de cobra - Veneno de baiacu - Veneno de acromântula - Veneno de aranha - Veneno de escorpião - Veneno de gira-gira - Veneno de abelha - Veneno de zangão

46


- Veneno de sapo - Veneno de lagarto

Catálogo de antídotos Abaixo segue um pequeno catálogo de antídotos: (poções e ingredientes - Reator - Combatente - Junção - Bezoar - Chá de bezoar - Zappoper - Poção de loiro - Poção de restrição flórida

47


- Poção de liquefação - Poção contra acides - Poção de clóteo - Poção do curandeiro - Poção do enfermo - Antídoto para aracnídeos - Antídoto para insetos - Poção de Mungus - Poção do mestre em poções - Poção de cura básico - Poção de cura médio - Poção de cura superior - Super poção de cura

48


Zoopontiosia Zoopontiosia é o estudo dos animais que possuem grande importância no preparo de poções. A matéria de Zoopontiosia é a primeira a ser estudada quando um bruxo está a se graduar em mestre em poções. Abaixo segue a lista de alguns animais zoopóticos: - Acromântula

- Gira-gira

- Cinzal

- Chizácaro

- Fênix irlandesa

- Claberto

- Basilisco

- Grupe

49


- Seminviso

- Dilรกtex

- Fada mordente

- Kappa

- Dragรฃo

- Lobisomem

- Cava-charco

- Tolete

- Elfo da Bavรกria

- Veela

- Caranguejo de fogo

- Venemous tentรกcula

- Verme-cego

- Bribas

- Diabretes da Cornualha

50


Programa do Mestrado em Poções PERÍODO

ESTUDO

30 dias

Zoopontiosia

30 dias

Estudo primitivo

60 dias

Alquimia

30 dias

Transformações

60 dias

Aritmancia

60 dias

Catálogo de ingredientes

60 dias

Alquimia

60 dias

Aritimancia

60 dias

Catálogo de ingredientes

51


30 dias

Alquimia

30 dias

Teoria das poções

70 dias

Prática das poções

30 dias

Estudo das poções

30 dias

Estudo dos reagentes

30 dias

Estudo dos venenos

30 dias

Estudo dos antídotos

60 dias

Prática das poções

30 dias

Estudo dos reagentes

30 dias

Estudo dos venenos

30 dias

Estudo dos antídotos

90 dias

Poções

30 dias

Reagentes

30 dias

Venenos

30 dias

Antídotos

15 dias

Criação de tese

70 dias

Curandeirismo

52


100 dias

Curandeirismo especializado (opcional)

30 dias

Zoopontiosia

30 dias

Alquimia

30 dias

Aritimancia

35 dias

Catálogo ingredientes

25 dias

Teoria das poções

30 dias

Estudo das poções

30 dias

Venenos

30 dias

Antídotos

60 dias

Curandeirismo

100 dias

Revisão completa

50 dias

Estudo complementar

30 dias

Análise de riscos

60 dias

Revisão completa

20 dias

Feitiços negros

20 dias

Poções obscuras

20 dias

Arte oculta das poções

53


20 dias

Feitiços proibidos

10 dias

Arte morta

100 dias

Revisão geral

20 dias

Tese

5 dias

Seminário

100 dias

Estudo para graduação

35 dias

Revisão básica

60 dias

Segredos das artes

30 dias

Arte final

50 dias

Graduação

56 dias

Mestrado obrigatório

Há como o Mestre em poções se especializar em quatro especialidades. As especialidades são estudadas depois do término dos estudos de poções. ESPECIALIDADE

PERÍODO

Professor

60 dias

Curandeiro

100 dias

54


Mestre em poções

300 dias

alquímicas Zoopontiotista

150 dias

Alquimista obscuro

300 dias

REFERÊNCIAS Unidade Independente de Estudos de Poções Unidade Independente de Pesquisas de Poções Grupo Mestre de Poções Reunido Departamento de Educação Bruxa Especialistas Curandeiros União dos Magos Estudiosos

55


Poções ANTÍDOTO PARA VENENO: Ingredientes: - Pele de ararambóia picada - Acônito - Bezoar Preparo:

56


Adicione pele de ararambóia picada ao caldeirão e ferva por 20 minutos; tire do fogo, coloque um acônito e mexa no sentido horário até a poção ficar com uma cor lilás; leve ao fogo novamente e adicione um bezoar; ferva por 30 minutos (até adquirir uma aparência vermelha); retire do fogo novamente e adicione um acônito; mexa em sentido antihorário até ficar com uma cor azul bem escura.

POÇÃO POLISSUCO Utilizada para ficar na forma da pessoa desejada. *Poção proibida pelo Ministério da Magia desde 1879. Ingredientes: - Unha ou cabelo da pessoa que deseja se transformar - Água fria (abaixo de 10°C) - Folha seca (de mandrágora) - Perfume

57


- Uma gota de sangue - Pó de sal - Descurainia (colhida em lua cheia) - Hermeróbios cozidos por 21 dias Preparo: Adicione a unha, a folha seca e o pó de sal ao caldeirão; ferva por 3 minutos; adicione a água fria (haverá um estalo); depois d’a água fria ferver, por 5 minutos, adicione 3ml de perfume; mexa em sentido horário e anti-horário por 1 minuto; adicione uma colher de pó de sal; esprema a descurainia até obter 3 ml de seiva, e adicione ao caldeirão; pegue 2 hermeróbios (poção com cor forte) ou 3 (poção com cor fraca; continue a ferver por 2 minutos. A poção estará pronta para uso depois que ficar mais morna.

POÇÃO DO MORTO-VIVO

58


Quem bebê-la ficará tão sonolento que não terá reações para se mexer. A pessoa só ficará sonhando, achando que seu sonho é realidade, e provavelmente falando. A pessoa entra em um delírio por muitas horas. Ingredientes: - Losna - Raízes de valeriana - Raiz de asfodelo em pó - Vagem suporífera Preparo: Pique as raízes de valeriana e adicione ao caldeirão com fogo alto, o resultado será um líquido com uma leve cor de groselha; corte a vagem suporífera, para escorrer bastante seiva, e bote ao caldeirão; gire no sentido horário até a poção ficar violeta (de preferência sete vezes sent. anti-

59


horário e uma vez sent. horário; adicione a raiz de asfodelo em pó e a infusão de losna.

POÇÃO DE WIGGENWELD Uma poção que fortalece um doente. É fácil de se preparar e de se manusear. Há uma lenda que diz que essa poção cura o efeito da poção do morto-vivo. Ingredientes: - Casca de Wiggentree - Muco de Verme Gosmento - Ditamno - Moly Preparo:

60


Primeiramente deve-se esmagar a moly com o cabo de uma faca; corte o ditamno em fatias pequenas, assim como a casca de wiggentree; Adicione ao caldeirão o muco de verme gosmento junto com a seiva de moly e o ditamno; mexa até ferver; adicione a casca de wiggentree; mexa sempre no sentido horário, até conseguir uma coloração verde.

POÇÃO DE LOIRO Um fraco desintoxicante contra má digestão. Ingredientes: - 3 folhas de loiro - Casca de cebola Preparo:

61


Simplesmente adicione os ingredientes ao caldeirão, junto com água, e mexa até ferver.

POÇÃO DE RESTRIÇÃO FLÓRIDA Um tipo de desintoxicante para envenenamentos por plantas e flores. Ingredientes: - 10 folhas de loiro - 20 sementes de romã - pó de chifre de unicórnio - 3 folhas de menta - 1 folha de arnica Preparo:

62


Adicione os ingredientes a um pequeno pilão; coloque uma pequena quantidade de água fervida; soque por cinco a sete minutos.

POÇÃO DE LIQUEFAÇÃO Um tipo de desintoxicante para substâncias secas. Ingredientes: - Poção de loiro - Gengibre - 5 folhas de menta Preparo: Ferva a poção de loiro; adicione um gengibre picado; adicione 4 folhas de menta picada; mexa e depois tire do fogo; quando a poção estiver morna, coloque uma folha de menta inteira na poção.

63


POÇÃO CONTRA ACIDEZ Um tipo de desintoxicante contra acidez. Ingredientes: - 10 folhas de menta - 10 folhas de hortelã - 10 sementes de romã - 3 colheres de açúcar Preparo: Bote o açúcar no caldeirão junto com os outros ingredientes picados (exceto as sementes); ferva até virar um caramelo; adicione água; quando ferver adicione as sementes; mexa por 3 minutos enquanto ferve.

64


POÇÃO DE CLÓTEO Um desintoxicante para ovos. Ingredientes: - Sanguessuga - Bile de tatu - Calda de lagartixa Preparo: Esmague os ingredientes e bote-os para ferver em pouca água; à medida que a água vai evaporando continue adicionando um pouco mais, durante 15 minutos. VENENO BILIÁTICO Morte longa e dolorosa. Faz parte das muitas poções proibidas nesse livro. Ingredientes:

65


- Veneno de acromântula - Casca de Wiggentree - Meio bezoar carbonizado - 10 giras-giras - Uma pétala de hellebore - Caule de erumpente - Sangue de qualquer animal (exceto capricórnio e coruja) Preparo: Coloque o sangue no caldeirão e ferva; mexa para não ficar muito grosso; adicione gotas de veneno de acromântula (∝ ~/∞∞) {5 gotas por 500 ml}; adicione também a casca de wiggentree ralada junto com os outros ingredientes (exceto o caule de erumpente); mexa em sentido anti-horário surgir um líquido amarelo vindo do fundo do caldeirão; depois disso coloque o caule de erumpente; deixe ferver sem mexer por 20 minutos.

66


MIDGARD CAPÉOLO Poção preferencial para estudantes de poções a se graduar. - jenjilix (jX) - calda de crocodilo (C²) - draconis prateo (Occ) - intérneo sergipe (NuM³) - batata doce (A²¹³) Add ∀ ‘f jX teinem caudrl + C² (∞ ±/≤≠) + ≈≈ ²¹ - ¹ + {Occ + NuM³ ∝A²¹³} = ∝≈≈ Descrição: --<∀ߚ – meinemߩ + £derish, nrmum || ߮ߩߤ ∴↔ ߝߝ߳ߠ ⋰ ߴ߳ ∗∗ ߝߩ ⋱ ℶℶߚ∎ℵ߮ ≠ ±±≪≫> ±≫ yakj allqu lmawi alkw = 1▲iթՎĻV304͈3$3Ⅴ0ż4♦1▼30D  ʬ0ឞ0♥63U40314

67


VORPENTÓLOGO Poção utilizada para curar picada de vorpente. Ingredientes: - 5 fios de cabelo de veela - pó de chifre de unicórneo - 1 batata Preparo: Cozinhe a batata em água por 3 minutos; coloque a batata e os outros ingredientes no pilão e amasse.

POÇÃO DO EREMITA Cura os sapos das picadas de cobra. Ingredientes:

68


- Pedaço de batata mal cozida - Pedaço de mandrágora - Pétala de rosa branca - Calda de lagartixa Preparo: Ferva tudo no caldeirão por 5 minutos (enquanto isso mexa); o líquido da poção é o resultado, a parte sólida é um poderoso veneno para cobra. POÇÃO VELOZ Utilizada para aumentar a velocidade de quem ingere. É como uma pequena quantidade de adrenalina Ingredientes: -Pena de beija-flor - Ferrão de gira-gira

69


- Romã - Galho de cidreira Preparo: Corte os galhos de cidreira e amasse no pilão; adicione uma romã e a pena de beija-flor ao pilão e amasse mais; depois que estiver tudo bem amassado, coloque os ingredientes no caldeirão junto com um ferrão; ferva por 5 minutos sem mexer.

CHARTREAUX Cura a pessoa com vômitos e diarréia. Ingredientes: - 2 olhos de peixe - 2 cascas de cebola - Bile de tatu

70


- Gengibre Preparo: Bote um pouco de água no caldeirão e deixe ferver; adicione os ingredientes, exceto o gengibre; depois de um minuto fervendo, rale o gengibre sobre o caldeirão, pare de ralar quando a poção mudar de cor; apague o fogo e mexa rapidamente por um minuto.

EXPERINAE Poção contra os sintomas do resfriado: dor de cabeça, dor nos músculos, febre, dor de garganta, coriza, tosse, espirro e ardência nos olhos. Ingredientes: - Limão - Pó de café

71


- Menta - Cocleária - Alho Preparo: Adicione duas colheres de pó de casca de limão ao caldeirão, junto com uma colher de pó de café, 3 folhas de menta picada e um dente de alho picado; acenda o fogo e mexa como se estivesse refogando; depois que o alho estiver moreno adicione um pouquinho de água e uma cocleária; deixe ferver um pouco. CALSÊNIO Acelera o crescimento de ossos (caso quebrado, partidos ou fraturados) e a cicatrização. (Não faz a pessoa crescer). Ingredientes: - Pó de chifre de unicórnio

72


- Pó de chifre de bicórnio - 1 besouro coveiro morto - 1 colher de café em pó - 1 cenoura - Pé de mandrágora picado Preparo: Adicione uma xícara de pó de chifre de unicórnio e de chifre de bicórnio, um besouro coveiro e uma colher de pó de café na água fervente; amasse a cenoura num pilão e jogue o resultado no caldeirão; antes de adicionar o pé (parte do corpo) de mandrágora picado, certifique-se da poção ter fervido 7 minutos; mexa.

EXLÉRGIO Antídoto para reações alérgicas na pele.

73


Ingredientes: - 2 ovos de cinzal - pó de chifre de unicórnio - 5 escamas de dragão - 6 colheres de açúcar Preparo: Quebre os ovos no caldeirão; adicione o pó de chifre de unicórnio e as cinco escamas de dragão; misture; adicione o açúcar e acenda o fogo; mexa até tudo estar junto e ter virado uma espécie de caramelo; adicione 2 xícaras de água e deixe ferver por 2 minutos.

TOBIRAMA NO KATETO Poção de origem japonesa que reduz a calvice e faz os cabelos do corpo crescerem mais rápido.

74


Ingredientes: - Asfódelo - 1 folha de repolho chinês glutão - 2 olhos de sapo - 1 ovo de avestruz Preparo: Ferva a clara do ovo de avestruz com os 2 olhos de sapo e a folha de repolho picada. Não mexa muito, somente um pouco. PIX REX Uma poção que quebra o efeito de muitas azarações infantis, como crescimento demasiado de dentes, unhas, flutuação, dor de barriga, vômitos e etc. Ingredientes: - 10 cocôs de lagarta

75


- Muco de verme cego - Sangue de rês-ma - 1 lingústica morta - Losna - Cerveja amanteigada Preparo: Bote tudo para ferver com um copo de cerveja amanteigada.

Licenciado pelo Ministério da Magia.

Eu, Rodolfo McFullen Richsteuzer, licenciado no departamento de revisão didática do ministério da magia, dou permissão para a livre e legal venda deste material. Qualquer ilegalidade será respondida por pena de 5% para mim, que licenciei 76


esta obra, e 95% para o autor. Se a multa for de 357 galeões e 100 dias de prisão (como está previsto na pena de plágio, indignação autoral, não-referência de fontes literários, mau uso da língua, expressão indiscriminada, má classificação etária e revelação de segredos), irei pagar 18 galeões e cumprir cinco dias de prizão. De mais em mais alego esta obra apropriada para curiosos, estudantes, e a todo bruxo que possa ler. Livro restrito a trouxas e protegido por fracos feitiços

77


Monitor Potiones (Poções) - RPG Hogwarts Live School  

Para os jogadores do RPG Hogwarts Live School www.hogwartsliveschool.com

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you