Page 1

a.

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

I. N. D. I. C. E  LIÇÃO 01: - Família.......................................................................03  LIÇÃO 02: - Papéis dos Membros da Família.................................10  LIÇÃO 03: - Protegendo a Autoestima..........................................16  LIÇÃO 04: - Fortalecendo a Comunicação na Família...................23  LIÇÃO 05: - Fundamentando o Amor Conjugal.............................28  LIÇÃO 06: - A Bênção de Deus Sobre a Família...........................34  LIÇÃO 07: - A Cura Interior do Casal..........................................40  LIÇÃO 08: - O Líder e sua Família...............................................46  LIÇÃO 09: - Vida Abundante......................................................52  MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 1


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

O material que neste momento se encontra em suas mãos, é o resultado da experiência que, como igreja, implementamos na formação de líderes. Embora soubéssemos, desde o primeiro momento em que se deu início à igreja, no ano de 1983, que seríamos uma das Igrejas celulares que maior impacto causaria em nossa cidade, somente depois de 1990 o Senhor removeu o véu e nos revelou a visão do governo dos doze. Depois desta revelação, a igreja experimentou um dos maiores crescimentos, de forma a superar todos os recordes de crescimento da igreja. Como pastores, deparamo­nos com o grande desafio de formar todas as pessoas que o Senhor nos estava confiando. Naquela altura Ele me deu uma palavra que se tornou rhema dentro de nosso ministério: "Dar­te­ei a capacidade de formar rapidamente as pessoas". Esta era uma palavra que verdadeiramente necessitávamos, porque a única coisa que conhecíamos era que os novos crentes precisavam de pelo menos dois anos para poder dirigir uma célula. E como podem imaginar, a demanda era muita e o processo muito longo. Mas depois desta palavra os céus se abriram e veio uma unção especial sobre cada um dos que nos ajudavam dentro do ministério. Esta motivação se estendeu a toda à congregação, sobre cada membro da igreja, de modo que desde o menor até o maior, todos queriam ser parte deste ministério. Embora nossas mentes estivessem impactadas pela visão de crescimento, não tínhamos todos os elementos que agora a conformam; mas graças à equipe de pastores e líderes que o Senhor nos deu, e que decidiram pôr em marcha a visão, à medida que víamos o que dava resultado, íamos implementando­o dentro da visão. Por vários anos não nos quisemos ausentar da igreja, porque sentíamos que estávamos dando vida à visão. Tampouco queríamos ensinar sobre o crescimento da igreja, sem ter uma congregação que o respaldasse. Agora que o Senhor permitiu que sejamos uma das maiores Igrejas do mundo, com uma média de 25.000 alunos na escola de líderes, podemos fazê­lo. Só temos que render graças a Deus por ter estendido Sua misericórdia à nossa nação, e por havê­la levantado como líder desse grande avivamento espiritual que tem influenciado as nações da terra. É nossa oração que este material abençoe sua vida, sua igreja e seu ministério, e que cada um de vocês possa cumprir o propósito que Deus tem para suas vidas. No amor de Cristo,

César e Claudia Castellanos

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 2


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ __________________________

F A M Í L I A – Lição 01 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ___________________________

Meta de Ensino O aluno deve compreender o plano de Deus para a família e sua importância na vida de todo ser humano.

INDICADORES 1 . O aluno estará capacitado a explicar o fundamento bíblico da origem da família. 2. O aluno explicará a importância da família. FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Gênesis 1: 27

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Gênesis 2: 18; Gênesis 2: 15-25; Marcos 3:27; Lucas 14:27-30; Salmos 127:3-5; Salmos 128:3; Efésios 5:28; Tito 2:4; Provérbios 13:24; Provérbios 22: 15; 1 Timóteo 5:8; Colossenses 3:21; Efésios 6:4; Provérbios 31; Marcos 10:6-9; Salmos 27: 10; Mateus 7:24-27;

TEXTO CHAVE "Então Deus os abençoou e Ihes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra". Gênesis 1:28.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 3


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

PROPÓSITO Desde a criação do homem, o propósito de Deus tem sido a bênção e o bem­estar pleno do ser humano. Através da constituição da família como eixo da humanidade, o Senhor quer permitir a plenitude para cada um dos seus filhos. Com a aplicação de alguns princípios chaves à luz da Palavra de Deus, você poderá estabelecer uma família que glorifique ao Senhor e que lhe permita ser feliz.

DESENVO

A. O PLANO DE DEUS PARA A FAMÍLIA Para Deus o matrimônio é a extensão de Sua própria natureza: Gênesis 1:27. A plenitude de alegria, paz, abundância e grandeza de Deus foram estendidas à raça humana através do primeiro casal que Ele criou. Se eles tivessem acatado os princípios pré­estabelecidos por Deus, não teriam tido a necessidade de ter passado por tantas dificuldades, tais como: dor, enfermidade, miséria, tristezas, desgraças, desenganos, etc. Embora Deus tenha preparado cuidadosamente o lugar onde este casal moraria com toda sua descendência, e tenha Se encarregado, até mesmo nos mínimos detalhes, para que eles fossem eternamente felizes, houve um só aspecto onde Deus não quis intervir: a vontade própria que deu ao ser humano. Esta era a herança que Ihes confiava, para que a administrassem como melhor Ihes parecesse. Podemos dizer que o princípio fundamental da felicidade conjugal ficou sujeito à obediência que o casal desse à Palavra de Deus. Embora o casal não seja especialista nos temas relativos à relação conjugal, às finanças dentro do matrimônio, à educação dos filhos, etc., pelo simples ato de obedecer ao que Deus diz, Ele os guia a ter o melhor lar do mundo, porque "o temor a Deus é o princípio da sabedoria". É importante compreender a intenção de Deus em redimir casamentos e famílias e restaurá­los ao Seu plano original, a fim de que nosso entendimento se ajuste ao propósito divino de viver perfeitamente, dentro das relações que Ele ordenou para os lares.

DEUS ESTABELECEU UM FUNDAMENTO

MATEUS 7:24-27 Todo casal chega ao casamento com a ilusão de construir o melhor lar do mundo, e para isso deve trabalhar primeiramente nos alicerces. O alicerce do lar não depende da profissão que tenha, a conta bancária que possua, nem sequer da família de onde provém. O Senhor disse: "o alicerce de um lar é ouvir, guardar e praticar"; é como tijolo, areia e cimento. São três os elementos que conforma o fundamento: (Ouvir, guardar, e praticar). A combinação destes três se constitui no alicerce. Quando o homem quer construir uma grande torre, deve cavar profundamente, de acordo com o tamanho que deseje construí­la, mas deve colocar bons alicerces. Dessa mesma forma, deve­se construir um lar, tendo em conta que o alicerce é o que dá o suporte à formação da família.

ELE MESMO ESCOLHEU UM CASAL

GÊNESIS 2:18 O matrimônio não é idéia do homem, mas divina. Deus criou o homem com a capacidade de sentir atração pelo sexo oposto: o homem pela mulher, a mulher pelo homem. Deus deu a Adão uma companheira idônea, uma ajudadora, uma mulher que fosse o apoio, o suporte e que ambos fossem uma equipe. Deus, em Sua infinita sabedoria, escolheu duas pessoas completamente diferentes uma da outra, e assim que essas duas pessoas pactuem amor fiel e permanente, ocorre um milagre: que estes dois seres são fundidos misteriosamente em um só. O propósito desta unidade é estabelecer uma geração para Deus. Malaquias 2:15.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 4


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

UNIU-OS EM MATRIMÔNIO

GÊNESIS 1:28 A bênção vem em plenitude, não quando as pessoas estão solteiras, mas quando estas se casam. Deus abençoou o casal e ambos receberam o mesmo grau de responsabilidades. Se o casal se mantém em plena harmonia, estas três bênçãos permanecerão sobre eles: 1. Frutificai: O fruto é o que determina o tipo da árvore. A vida do primeiro casal era de inocência e pureza, pelo que o fruto deveria ser a santificação. 2. Multiplicai-vos: Conforme é no natural, também o é no espiritual. Os filhos dentro do matrimônio são o resultado de um trabalho em equipe. Do mesmo modo dentro do ministério, o fruto abundante se vê, quando ambos, como casal decidem trabalhar em equipe, e isto é o que traz a multiplicação. 3. Dominai: A vida de santidade deve conduzir à multiplicação, e esta à autoridade. Um casal unido em harmonia e na direção da Palavra de Deus é tão poderoso como a força de um exército bem organizado. O êxito está em trabalhar sempre em equipe. Quando Eva quis ser independente foi que abriu a porta ao tentador; mas se ela tivesse consultado primeiro ao seu marido, tudo teria sido muito diferente.

DEU DIRETRIZES

GÊNESIS 2:15-25 Vs. 15. O homem deve prover para sua casa e proteger sua família: É como o anjo guardião de sua casa. A estratégia do adversário é prendê­lo aos vícios, pensamentos, maus desejos e atos pecaminosos. Se o inimigo consegue dobrar a vontade do homem e o mantém escravo do pecado, é mais fácil atacar o resto de sua família. Marcos 3:27. Vs. 16,17. Deve ser obediente: Deus permite que os homens tenham que passar por pequenas provas que Ihes permita estar seguros de que verdadeiramente os seres humanos O amam com todo o coração. Vs. 18. Companheirismo: A mulher é o complemento perfeito para a vida do homem e tem a capacidade de preencher todas as suas expectativas. Vs. 19. O homem determina o destino de sua família: Ele dá o quadro do que será o destino dos filhos. Os pais podem fazer de seus filhos as pessoas mais felizes ou os seres mais miseráveis, porque sua palavra é de autoridade sobre sua família. Vs. 21­23. Dos dois fez um só: O milagre do matrimônio tem sua origem na criação do homem, já que a mulher foi criada com a mesma natureza dele. Quando o casal entende sua origem e seu destino, poderá integrar­se e trabalhar em equipe, e desta maneira tanto o homem como a mulher podem aproveitar todos os elementos para serem felizes. Vs. 24. Proteção da intimidade: Cada casal precisa proteger sua intimidade, pois a melhor maneira de amadurecer é quando se tem o desafio de valer­se por si próprio. Vs. 25. Transparência: MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 5


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Com sinceridade e integridade, o casal poderá subir http://www.foxitsoftware.com os mais altos degraus da harmonia familiar.only. For evaluation

B. IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA ESTABILIDADE CONJUGAL LUCAS 14:27-30 Permita­me frasear este texto: "Qualquer, pois, que quer construir a grande torre chamada casamento, primeiro deve analisar se pode levá­lo até o final; não aconteça que comece com muito entusiasmo e, depois de alguns anos, abandone o homem a sua mulher, ou a mulher abandone o seu marido, e venha à separação. Outros vão fazer escárnio dele, e dizer: esse homem começou com muito entusiasmo e vejam como deixou a sua mulher e os seus filhos". Para poder construir o lar, você deve ter visão para o futuro, visualizar que vão ser felizes para sempre e que terão a força para perseverar juntos e conseguir reproduzir­se por várias gerações. O casamento dentro dos parâmetros divinos é uma das maiores bênçãos, entendendo que a bênção de Deus é a que enriquece e não acrescenta dores. Em outras palavras: Deus os guardará de verem­se envolvidos por uma separação.

DESCENDÊNCIA

SALMOS 127:3-5 De que servirá ao que edifica a casa, se não tiver sua família que nela habite depois dele? Napoleão, com todo seu zelo neste ponto, não pôde criar uma dinastia. Milhares de pessoas ricas dariam a metade de suas fortunas se pudessem ouvir o pranto de uma criança recém­nascida em sua família. As crianças são a herança que Deus mesmo dará, pois de outro modo, se um homem morrer sem filhos, sua casa ficará por edificar. Um guerreiro se alegra em que suas setas possam voar para onde ele não pode ir. Os filhos são as setas que se dirigem ao alvo para o qual seus pais apontam. Que maravilhas um homem bom poderá realizar, se tiver filhos afetuosos que executam os desejos do pai e andam de acordo com seus propósitos!

FAMÍLIA ABENÇOADA

SALMOS 128:3 "Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa", A videira é uma representação da alegria e da frutificação. Estas são as duas habilidades que o Senhor deu às esposas. Os filhos são como oliveiras. A oliveira representa a unção de Deus, que é o que dá força às famílias para a conquista, pois o significado da unção com azeite é que Deus lutará por nós.

AMOR CONJUGAL

EFÉSIOS 5:28 À medida que o Senhor deu a cada homem foi muito elevada: amar a mulher com o mesmo nível de amor que o fez Jesus por Sua igreja: ofereceu­se a Si mesmo em sacrifício pela sua redenção. É fundamental que o amor conjugal seja alimentado diariamente com palavras, atitudes e pequenos MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 6


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software detalhes; lutar pela proteção de cada um dos membros da família para evitar qualquer ferida emocional. http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Deve haver um compromisso firme do casal de não permitir que a chama do amor romântico diminua ou se apague.

LIDERANÇA DA MULHER

TITO 2:4 O apóstolo Paulo era muito enfático no trabalho com grupos homogêneos. Ele motiva a mulher para que se desenvolva ministerialmente e adquira uma capacitação, de tal forma que possa ensinar a outras mulheres. A melhor maneira de fazer este trabalho é através das redes formadas só por mulheres, onde os temas tratados podem ser especializados para o grupo que quer influenciar. Os dois temas fundamentais dentro da rede de mulheres são: o amor pelo cônjuge e amor pelos filhos.

C. ASSUMINDO RESPONSABILIDADES APLICANDO UMA CORREÇÃO EFICIENTE

PROVÉRBIOS 13:24; 22:15 Há três passos fundamentais para aplicar a correção dentro da família: 1. Para edificar: Assim como o homem faz com a árvore que está em crescimento, colocando limites para que não se incline em seu desenvolvimento, também faz um pai: ele sabe que tem que corrigir seu filho desde a mais tenra infância, estabelecendo limites para ajudar em seu crescimento. Este é o mesmo propósito em qualquer forma de disciplina. 2. Para motivar: A disciplina não deve trazer um efeito contrário ao de motivar os filhos a que sejam melhores a cada dia. Uma palavra, uma atitude ou um gesto negativo pode destruí­los emocionalmente e tirar­lhes a força de conquista. É fundamental, como pais, motivar sempre os filhos e abençoá­los diariamente, porque toda palavra liberada sobre eles é tão poderosa quanto uma profecia. 3. Para consolar: Os filhos devem entender que não estão sozinhos em suas lutas, mas que contam com a ajuda e o respaldo de seus pais, a quem poderão recorrer em qualquer circunstância e encontrar refúgio. O valor de nossos filhos não é avaliado pelo que eles fazem, mas sim pelo que eles são.

A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA INSTRUÇÃO

PROVÉRBIOS 22:15 Em geral os filhos têm a tendência de acreditar que sabem de tudo, mas é dever dos pais, com amor e seu exemplo, ir orientando­os para que possam andar no caminho da verdade, pois embora existam neste mundo muitas alternativas, há um só caminho que nos pode conduzir ao Pai: “Jesus". Se, como pais, conseguirmos que eles tenham um relacionamento íntimo com Deus, teremos cumprido em grande parte nosso dever. Além disso, devemos nos esforçar por investir tempo neles na etapa de sua formação. Os pais devem procurar pontes de comunicação para cultivar o relacionamento com seus filhos.

PROVISÃO DAS NECESSIDADES

1 TIMÓTEO 5:8 A vida do ser humano desenvolve­se por ciclos: no primeiro ciclo, os pais são os que trabalham e proveem o suprimento de todas as necessidades do lar; no segundo ciclo, são os filhos que têm a força de provisão para a família, e é quando estes devem honrar os seus pais com seus bens para que Deus não os classifique como ímpios. Quem tem a responsabilidade de prover para seu lar, deve fazê­lo com MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 7


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software uma atitude de fé e com um coração generoso,http://www.foxitsoftware.com cuidando para não perderFora evaluation bênção que only.isto representa, por fazer comentários negativos.

VALORES MORAIS

COLOSSENSES 3:21; EFÉSIOS 6:4 A disciplina dos filhos deve ser equilibrada, não pode ser muito drástica, mas tampouco se deve permitir que vá a outro extremo, sendo excessivamente permissivos com eles. Os dois extremos são perigosos, porque os filhos podem perder o ânimo ou podem ser estragados, como aconteceu com os filhos de Eli, que ele nunca disciplinou, e os conduziu a uma morte prematura (1 Samuel 3: 11-14).

A MULHER EXEMPLAR

PROVÉRBIOS 31:10 A mulher virtuosa edifica sua casa, converte­se no eixo do lar, tem a habilidade de descobrir os dons de seus filhos, discerne quais são os negócios corretos para seu marido, sabe qual é o lugar onde seus filhos poderão crescer e tem a habilidade para trazer a prosperidade à sua casa.

CASAMENTO IDEAL

MARCOS 10:6-9 Podemos dizer que a taxa de divórcios dentro do cristianismo é mínima, graças às palavras de aliança com as quais o homem e a mulher unem suas vidas em matrimônio diante de Deus. E como o Senhor é um Deus de aliança, Ele tem um interesse especial naqueles que unem suas vidas sob Sua bênção e que, se esforçam por acatar Seus mandamentos. São muitas as razões pelas quais pode haver um divórcio: infidelidade, falta de amor, de comunicação, falsas expectativas em relação ao casamento, etc. Mas quem tem a bênção de Deus, terá a força para superar qualquer obstáculo.

O AMOR INCONDICIONAL DE DEUS

SALMOS 27:10 Em geral o ser humano tem muitos vazios emocionais. Estes vazios, em sua grande maioria, vêm da infância e foram causados por diversos motivos ou circunstâncias: alguns deles ocorrem pelos descuidos dos pais, seja por abandono ou por estarem muito ocupados com suas atividades, por simples indiferença ou por pressões de um ou alguns dos filhos. Embora os pais tenham deixado de lado sua responsabilidade primordial de proteger seus filhos, Deus não o faz, pois Ele assume a responsabilidade que os pais não assumiram; por isso, as mãos de Deus estão sempre abertas para dar consolo a cada um de Seus filhos.

CONCLUSÃO A origem da família remonta à origem do homem e faz parte do plano de Deus para a humanidade. Por isso, Seu plano é a restauração para as famílias e Seu propósito é reconstruir o que o inimigo tratou de destruir.

AVALIAÇÃO É importante que seus alunos compreendam a origem da família e a importância de suas próprias famílias. A avaliação desta aula pode ser feita por meio de uma análise que os alunos farão de suas próprias famílias. (Ver Tarefa).

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 8


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Para esta aula a explicação clara dos conteúdos é muito importante, por isso recomendável http://www.foxitsoftware.com For é evaluation only. o método de Conferência, acompanhado de perguntas e respostas relativas ao tema.

TAREFA Os alunos devem realizar um trabalho a respeito de suas próprias famílias no qual avaliem seu estado atual e as possíveis soluções.

APLICAÇÃO Durante esta semana tome tempo para dar graças a Deus pela família que lhe deu; procure estreitar os laços de amor com cada um dos membros de sua casa. Faça uma lista das qualidades de cada um e agradeça a Deus por suas vidas.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 9


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________

PAPÉIS DOS MEMBROS DA FAMÍLIA – Lição 02 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________

META DE ENSINO O aluno deve compreender quais são os deveres de cada um dos membros de sua família.

INDICADORES 1. O aluno explicará os deveres do pai de família. 2. O aluno explicará os deveres da mãe de família. 3. O aluno explicará os deveres dos filhos.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Efésios 6: 1-3

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Lucas 15:20 Gênesis 17:5-6 Gênesis 27:27 1 Reis 9:4-5 Ester 2:11 Provérbios 31:10-31 Gálatas 6:7-9 Tito 2:7 Provérbios 1:8 Provérbios 23:22 Provérbios 20:20

TEXTO CHAVE "Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra". Efésios 6: 1-3.

A. O PAI O coração de um Pai é o que está mais perto do coração de Deus, porque a própria natureza de Deus é primordialmente a de um Pai. No coração do Pai se unem: a doçura, o amor, a compreensão, a misericórdia e a provisão. Não existe alguém que possa ter maior amor que o Pai. Ele amou tanto este mundo, que deu Seu Filho Jesus Cristo para nossa redenção. "Se um pai natural dá o melhor a seus filhos, quanto mais nosso Pai que está nos céus, o fará com cada um de nós". No sermão da MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 10


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software montanha, o Senhor estabeleceu uma medida elevada para cada um de Seus discípulos: "Sede http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.vós, pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:48). Chegaremos a ser os mais excelentes líderes, quando formos pais exemplares. Paulo disse: "Por esta razão dobro meus joelhos diante do Pai, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome" (Efésios 3:14-15).

É Ele a base sólida da família. A palavra família no original é paternidade. Deus quer restaurar a paternidade dentro das famílias: que os homens resgatem sua autoridade de pais; que possam construir um relacionamento com seus filhos, uma vez que é o homem quem projeta o destino de sua família. Um pai guiado por Deus tem características diferentes das ensinadas pelo mundo.

UM PAI MISERICORDIOSO

LUCAS 15:20 Ler o contexto. É extraordinário como Jesus, com o uso das parábolas, pôde revelar­nos o coração do Pai. Por exemplo, na parábola do filho pródigo, o pai está disposto a receber e perdoar seu filho mais moço, apesar de sua rebeldia; ele sempre aguardava sua volta, e quando o viu ao longe, não esperou que chegasse a casa, mas correu para ele, abraçou­o e o abençoou. Essa foi uma de minhas primeiras experiências na vida cristã: senti que os braços do Pai se abriam e Ele os estendeu, convidando a refugiar­me neles, o que fiz a partir daquele dia. Isto trouxe tanta segurança à minha vida e tanta estabilidade às minhas emoções, que não queria que essa experiência terminasse. Qualquer um que queira dar amor a outros, primeiro deve receber o amor do Pai.

PAI DE MULTIDÕES

GÊNESIS 17:5,6 Abrão significa pai enaltecido. Seu novo nome, Abraão, significa pai de multidões. Deus agradou­ se da fé deste homem e teve a convicção de que ele ensinaria seus filhos no temor do Senhor, e agradou­Lhe estender sua descendência por mil gerações.

PAI QUE ABENÇOA SEUS FILHOS

GÊNESIS 27:27-29 A bênção é o caminho que o pai traça para seus filhos: cada palavra que sai de seus lábios ativa a esfera espiritual e a põe a trabalhar para que tudo o que disse sobre eles se cumpra. Recomendo aos pais que abençoem diariamente cada um de seus filhos; que peçam para eles a proteção divina, a paz espiritual, a provisão financeira, a harmonia familiar e unção de multiplicação.

PAI EXEMPLAR

1 REIS 9:4-5 Davi é conhecido como um homem conforme o coração de Deus. Uma das melhores descrições de sua vida é encontrada no Salmo 15: Vs. 1. Era um homem comprometido com a casa de Deus; Vs. 2. Levou uma vida de integridade permanente; Vs. 3. Nunca falou mal de outros, nem aceitou murmurações contra seu próximo; Vs. 4. Cumpria o que dizia e não tinha do que se retratar; Vs. 5. Transparente em suas finanças.

PAI SUBSTITUTO

ESTER 2:11 Ler o contexto. Quando Ester ficou órfã, seu tio Mardoqueu assumiu o papel de pai; cuidou dela e a educou como sua própria filha. Embora o vazio emocional na vida de Ester possivelmente fosse muito grande, ele soube preenchê­lo de tal maneira que chegou a ser uma mulher segura de si mesma, soube apoiar­se em MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 11


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Deus, pôde crescer na fé e contou com o apoio de seu povo. Deus usou tudo isso para fazer dela uma http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. rainha em um império pagão e preservar a vida dos judeus que moravam entre eles.

B. A MÃE Deus me abençoou com a melhor mãe do mundo. Embora tivesse doze filhos, soube estar disponível a cada um deles. Quando meu pai faleceu, há trinta e oito anos, nós nos perguntávamos: Como ela poderá educar seus filhos e levantar sua família? Mas ela experimentou o que ensina a Palavra: "Deus é o marido das viúvas e o pai dos órfãos". Como o fez? Não sei só Deus sabe. Tudo o que chegava às suas mãos se multiplicava, sempre havia abundância, nunca Deus faltou com Sua provisão para todos. Posso dizer que minha mãe foi uma mulher que viveu para seus filhos. Alegrei­me muito quando, com seus oitenta e um anos, abriu sua primeira célula com uma assistência de 16 pessoas. Todas assim jovenzinhas como ela. Ver­se desenvolvendo ministerialmente, tem sido a maior satisfação para ela; nunca a tinha visto antes tão feliz, como agora que serve a Deus em Sua obra. As lembranças que tenho são de amor, afeto, abnegação, paciência, dedicação, e, sobretudo, de uma mulher que soube apoiar­se sempre em Deus.

MULHERES VIRTUOSAS

PROVÉRBIOS 31:10-31 O escritor do livro de Provérbios apresenta todos os benefícios que acompanham a mulher virtuosa: Vs. 10. É um presente de Deus para o que a tem por esposa, porque é mais valiosa que as pedras preciosas. Vs. 11. Traz confiança a seu marido e tem a unção para atrair a prosperidade. Vs. 12. É bênção para seu marido todo o tempo. Vs.13. É trabalhadora. Vs. 14. Sabe ter recursos. Vs. 15. Vela pelo bem-estar de sua família. Vs. 16. Preocupa-se em deixar herança para seus filhos. Vs. 17. É esforçada e valente. Vs. 18. Tem discernimento em relação às finanças; e seu espírito é sensível à revelação divina dada em sonhos. Vs. 19. Sabe fazer seu trabalho. Vs. 20. É misericordiosa para com os necessitados. Vs. 21. É precavida com sua família. Vs. 22. É elegante. Vs. 23. Motiva seu marido no ministério. Vs. 24. É empresária. Vs. 25. Antecipa-se aos acontecimentos. Vs. 26. Sempre tem uma palavra de sabedoria e sabe praticar a misericórdia. Vs. 27. Sabe valer-se por si própria, sem ser peso para ninguém. Vs. 28. Sabe ganhar o respeito e a admiração de sua família. Vs. 29. Sai do comum, sobressaindo-se diante de outros. Vs. 30. Não se deixa enganar por sua aparência física, pois toda sua confiança está posta em Deus. Vs. 31. Suas obras são mais eloqüentes do que suas palavras.

C. O QUE VOCÊ ESTÁ SEMEANDO EM SUA FAMÍLIA?

GÁLATAS 6:7-9 O lar é como um terreno onde as sementes das palavras que foram expressas no passado são as que germinam com todas as suas conseqüências no presente; por isso, o que semearmos agora, dará seu fruto no amanhã. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 12


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software A sociedade atual está enfrentando uma dashttp://www.foxitsoftware.com piores crises de toda a história humanidade: For da evaluation only. a crise que se apresentou no núcleo familiar. São muitos os fatores que a provocaram. Através da televisão, o rádio, os meios de comunicação escritos e falados, gerou­se uma influência crucial para a família, cujo propósito central foi deteriorá­la e dividi­la. Por isso, a maior proteção para a família é quando o casal se envolve dentro do ministério. Isto produz um efeito em todos, especialmente permite que os filhos sintam o desejo de seguir o exemplo dos pais. Algo que nós, como casal, entendemos, é que devemos semear em nossos filhos coisas boas.

MOTIVE-OS A QUE SEJAM PESSOAS POSITIVAS Quando falo de positivismo, refiro­me a uma vida de fé que não se deixa influenciar pelas circunstâncias, mas aprende a falar a Palavra de Deus, a expressar Seu conselho. O oposto do positivismo é o negativismo. Pais ensinem a seus filhos a ser positivos, reúnam­se com eles e Ihes apresentem a mensagem correta da verdade, para que aprendam a olhar para as coisas com os olhos da fé.

ENSINE-LHES A INTEGRIDADE Os filhos são formados desde a mais tenra infância. Quando Paulo escreve a Tito, diz: "Em tudo te dá, por exemplo, de boas obras; na doutrina mostra integridade, sobriedade" (Tito 2: 7). Ensine­lhes integridade nos relacionamentos sentimentais; que nunca brinquem com os sentimentos do outro; integridade no relacionamento com os amigos; que nunca traiam a ninguém. Mas o primeiro exemplo vem do próprio núcleo do casal: vocês são exemplos para seus filhos.

AJUDE-OS NA ESPIRITUALIDADE Assim como precisamos alimentar nosso corpo físico, precisamos alimentar também nosso ser espiritual. O alimento para o espírito se obtém por meio do estudo da Palavra de Deus e de nossa vida constante de oração. Cada uma de minhas filhas costuma ter diariamente um tempo de intimidade com Deus, e toma nota de cada um dos ensinos que recebe através da Palavra. Seu compromisso com o Senhor é que para alimentar seu corpo físico, deve primeiro alimentar o corpo espiritual. Sugiro que, com a família se reúna e dedique ainda que sejam uns quinze minutos diariamente e compartilhem algum pensamento da Escritura. Esta prática traz uma forte unidade familiar.

MOTIVE-OS A TER UM ESPÍRITO DE SUPERAÇÃO Uma das crises da sociedade atual é a saturação de informação, que leva a deixar de lado o espírito de conquista, e conformar­se em subsistir. Motivemos nossos filhos para que eles possam influenciar através do cristianismo, no setor da sociedade onde estejam se desenvolvendo. O que este mundo está pedindo aos gritos não é um novo eletrodoméstico, nem veículos mais potentes, porém a estabilidade familiar, e nós sabemos que a única maneira de encontrá­la é através de Jesus Cristo. Animemo­los para que sejam embaixadores de Jesus, tanto na universidade, quanto no colégio ou na empresa.

AJUDE-OS A TER UMA AUTOIMAGEM EQUILIBRADA Os pais devem ajudar a cada um de seus filhos em sua autoestima, entendendo que eles batalham muito por aceitarem­se a si próprios; liberem diariamente palavras de bênção sobre eles; elogiem cada um de seus feitos; não os envergonhem quando as coisas não saem como se esperava; que vejam as adversidades como pequenas dificuldades que os ajudarão a superarem­se cada dia; que saibam que são os tesouros mais preciosos para Deus. Ajude cada um de seus filhos a ter a imagem correta de si própria.

AJUDE-OS A GUARDAR AS REGRAS Ajude­os a ser disciplinados, que tenham regras; ensine­os a trabalhar com horário, que tenham uma disciplina em tudo: em seu asseio pessoal, em seus estudos, na maneira como cumprem compromissos, na responsabilidade de cumprir com seu ministério e na maneira como diariamente se relacionam com Deus.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 13


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. ENSINE-OS A SE RELACIONAR COM OUTROS

Ajude­os nas relações humanas. Vocês notarão como muitos jovens não cumprimentam as pessoas. Ensine­os a tratar bem seus amigos, seus primos, seus companheiros, todas as pessoas; que não utilizem um vocabulário vulgar. Ensine­os a se expressar bem; que não usem as gírias dos companheiros do bairro; eduquem­nos na maneira em que devem falar; que se expressem o melhor que possam; que se vistam o melhor possível e que sejam excelentes leitores de autores de fé e de sucesso.

DEVERES QUE OS PAIS DEVEM COMPARTILHAR DIALOGAR COM SEUS FILHOS Um dos problemas, que a sociedade atual tem enfrentado, é que a tecnologia e os amigos virtuais provocaram um distanciamento cada vez maior entre os membros da família. Por esse motivo é fundamental que, tanto os pais como os filhos, estabeleçam pontes de aproximação e coloquem de lado todos os impedimentos, que se têm constituído em obstáculos para desfrutar de uma boa comunicação. Para isso é fundamental: 

Disponham de tempo diariamente: Os filhos não pedem muito, só que se Ihes tenha consideração. Se começarem com uns quinze minutos, isto será um grande avanço.

Dialoguem com eles: Evite levantar a voz, recriminar, usar sátiras, queixar­se, etc. Que tudo o que vocês falem seja positivo, transmita fé e motivação para eles.

Devem criar um ambiente propício para a comunicação: Caso tenham ofendido, e não pediram perdão, pode haver um ambiente muito tenso; é fundamental desculpar todas as feridas do passado e despojar­se de todo ressentimento.

Tenham atividades recreativas que integrem cada um dos filhos, tendo em conta suas idades.

Tenham­nos em conta nas decisões importantes a tomar como família.

Tratem­nos como tratam seus amigos.

Que eles sintam que são para vocês as pessoas mais importantes.

PAI DOS FILHOS O sucesso de uma pessoa depende da maneira como esta trata seus pais; se os menospreza, injuria e amaldiçoam, seus dias serão cortados; mas se os abençoa e os honram, seus dias serão prolongados.

HONRAR AOS PAIS

Efésios 6:1-3 Honrar aos pais é um mandamento divino que vem acompanhado de uma dupla promessa: a) Irá bem a tudo o que faça; b) Prolongará seus anos sobre a terra.  É obediente a eles. Efésios 6: 1.  Recebe seus conselhos e ensinos. Provérbios 1:8. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 14


  

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Traz alegria às suas vidas. Provérbios 10:1. http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Cuida deles na velhice. Provérbios 23:22. Abençoa-os sempre para que seu entendimento seja claro e sua vida resplandeça. Provérbios 20:20.

CONCLUSÃO Entendendo que o propósito de Deus é construir neste tempo, famílias sacerdotais, cada um dos membros deve esforçar­se por trazer a presença de Deus a seus lares, e desta maneira o Espírito manterá a harmonia dentro das famílias.

AVALIAÇÃO Conceitualmente a aula pode ser avaliada por meio de um questionário, ou a avaliação parcial. Entretanto, é importante uma mudança na atitude de seus alunos com respeito às suas próprias famílias e esta é uma tarefa que eles mesmos devem procurar cumprir, já que isto é difícil de avaliar. Na preparação de sua aula ore a Deus para que seja produzida uma mudança real na vida de cada um de seus alunos.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS É importante o método dialógico, em particular perguntas de reflexão dirigidas à atitude dos alunos.

TAREFA Elabore um quadro contendo os papéis específicos em sua família, com o propósito de identificar atitudes errôneas e incrementar a oração para que Deus mude sua família. Este trabalho é importante para o mestre, porque conhecerá os problemas e as necessidades de seus alunos.

APLICAÇÃO Ore durante a semana por cada um dos membros de sua família; abençoe­os, tomando autoridade para que cada um cumpra seu respectivo papel.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 15


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PROTEGENDO A AUTOESTIMA – Lição 03 __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO Deve haver uma mudança de atitude nos alunos, ao identificar o tipo de problema emocional que o afeta.

INDICADORES 1. Identificará os problemas emocionais causados por sua família em sua vida. 2. Propor meios de mudança com respeito a esses problemas.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Isaías 53:4-5

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR 1 Coríntios 2:9 Gálatas 3:13 Mateus 23:9 Mateus 11:28 Lamentações 5:7 Lucas 15:17-19 2 Samuel 9:6-8 2 Samuel 4:4 Lucas 15:20-25 1 SamueI 15:17;24 João 10:10 João 14:6 Joel 12:25 Isaías 54:4-17 Êxodo 20:5 1 João 4:18 2 Coríntios 2:14

TEXTO CHAVE “SARA OS QUEBRANTADOS DE CORAÇÃO, E CURA-LHES AS FERIDAS”. SALMOS 147:3

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 16


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

PROPÓSITO

Na cruz do Calvário o Senhor fez uma grande troca: Ele levou sobre Si todo o nosso mal para que, em troca, recebêssemos todo o bem que d’Ele procede. O que pensaria você se um homem que tem um veículo muito velho, que está completamente deteriorado, vai à concessionária e diz ao gerente: "Quero trocar meu carro velho". O gerente lhe diz: "Não há nenhum problema: dê-me seu carro velho e eu lhe dou um novo". Toma uma Mercedes Benz do último modelo, informa­lhe que não tem que pagar absolutamente nada. E a única coisa a fazer é assinar que o recebeu? Guardando as proporções, o que o Senhor Jesus fez por nós na cruz do Calvário foi algo similar: Ele tomou nossa vida de pecado, completamente destruída pelo mal, pois tínhamos sido tão afetados no emocional, sentimental, espiritual e físico, que nenhum remédio provado havia sortido efeito: Isaías 1:6. Estáva­mos conscientes de que necessitávamos de uma completa transformação. Foi quando decidimos ir a Jesus, dizendo­Lhe: "Senhor, aqui está minha vida: desejo mudá­la." A resposta do Senhor, é: "Não há problema algum; leve toda sua vida com qualidades e defeitos, e desfaça­se dela na cruz". Se você pode compreender o poder da cruz, nunca mais sua vida será a mesma, pois Cristo nos redimiu da maldição, destruindo­a em sua totalidade na cruz do Calvário. Em Deuteronômio 28:15-68, você encontra 53 versículos que falam sobre os efeitos da maldição que virão sobre aqueles que não atentam à voz de Deus para obedecê­la, guardá­la e pô­la em prática; mas Paulo ensina que nossa redenção foi total, Gálatas 3: 13.

A. SUPERANDO OS PROBLEMAS EMOCIONAIS Em primeiro lugar, defina o que são as emoções. Assim será mais fácil identificar os problemas para poder ministrar nessa área. Infelizmente as feridas mais fortes foram causadas por aqueles que mais dizem nos amar. Os filhos são a extensão do caráter dos pais: suas vidas os afetam positivamente ou negativamente. O profeta Jeremias expressa isto da seguinte maneira: "Nossos pais pecaram, e já não existem; e nós levamos as suas maldades” (Lamentações 5:7). Mas Deus abriu um novo caminho através de Jesus Cristo para que, por meio d’Ele, seja tirada a maldição e restaurada a bênção às nossas vidas, famílias e ministérios.

A AUTOESTIMA

2 SAMUEL 9:6-8 Mefibosete era neto do rei Saul, e havia desfrutado dos privilégios de nascer em uma das famílias da mais alta sociedade de Israel. Mas a adversidade chegou a todos os membros da família do rei: em um mesmo dia pereceram seu pai e seu avô, e a ama quando recebeu a notícia, ao fugir apressadamente, deixou cair o menino de tão somente cinco anos de idade e, como resultado, ele ficou aleijado de seus pés (2 Samuel 4:4). Por todas essas adversidades que tinha vivido em sua infância, permitiu que sua mente se enchesse de toda classe de pensamentos negativos, que passaram a fazer parte de sua própria personalidade. Quando o rei Davi propôs restituir­lhe os privilégios de príncipe, foi­ lhe difícil assimilar a idéia, porque ele acreditava ser desprezível e que quando alguém o via sentia repulsa e fugia dele. Por isso se comparou a um cão morto, porque era o mais repugnante que podia haver. Davi é um protótipo de Cristo; Mefibosete é o protótipo do homem atribulado. As palavras do rei representam o próprio oferecimento de Cristo a cada um de nós: Motivou­o a deixar o medo, "Não temas" (2 Samuel 9:7), Mefibosete havia herdado tanto a inferioridade como o medo de seu avô (1 Samuel 15: 17,24), O medo, mais que uma sensação, é um MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 17


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software espírito demoníaco é a função do espírito é roubar, matar, e destruir (João 10:10)For Naevaluation Lei de Deus está http://www.foxitsoftware.com only. escrito: "Visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que Me odeiam" (Êxodo 20: 5), João disse: "O perfeito amor lança fora o medo" (1 João 4: 18). "Se o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres" (João 8:36).

Oferece­lhe Sua graça. "Porque decerto usarei contigo de misericórdia" (2 Samuel 9:7). A graça é o favor imerecido de Deus para com cada um de nós, Não é um pagamento que alguém possa receber por algo que tenha feito. A graça dignifica as pessoas, eleva seu nível de vida, faz viver em família e faz com que todas as bênçãos revivam novamente para elas (Romanos 5:8; João 3: 16). "Se Deus for por nós, quem será contra nós?" (Romanos 8:31), Restaura­lhe a bênção material: "Devolver­te­ei todas as terras". Em outras palavras: Tudo o que o adversário lhe tirou, Deus o restituirá, por causa de sua fé. Em um só dia a vida deste homem foi inteiramente mudada, e passou de uma vida de escassez e privações econômicas, para uma vida de abundância. Quando o favor de Deus nos alcança, Ele nos restaura e envia Suas mais ricas bênçãos sobre nossas vidas, como diz a profecia de Joel 2:25-26: "E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a lagarta, e o pulgão e a lagarta, o Meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o Meu povo nunca mais será envergonhado". Na ótica de Paulo, ele diz: "Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que O amam" (1 Coríntios 2:9). "Sentar­te­ás à Minha mesa". Sem ter do que se envergonhar e poder compartilhar com Ele todos os seus desejos, é um dos maiores privilégios que qualquer pessoa pode ter, e é isto o que o Senhor pôs ao alcance de cada um de nós que esteja disposto a crer n’Ele. Todas as pessoas convidadas à mesa do rei tinham que se sentar com ele todas as manhãs e o rei via os seus rostos. Se alguém não se apresentava era porque estava doente ou porque alguma tragédia havia acontecido, Qual é a mesa? Quando entramos na intimidade com Deus, através da oração, à Sua mesa podemos ouvir a voz de Deus que está sempre no presente, cheia de promessas que estão ao alcance de cada um de nós, são nossas agora, pelo que devemos aceitá­las, dizendo "amém!" Paulo disse: "Graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo" (2 Coríntios 2: 14).

O FILHO VOLTA PARA O PAI

LUCAS 15:17-19 O filho representa nossa vida de distanciamento de Deus, situação em que a única coisa que se obtém, é esbanjamento da riqueza espiritual. Cada dia longe do Pai, a crise é maior. A atitude do filho é um exemplo do que devemos fazer para procurar a restauração espiritual: Caiu em si: Parou em seu caminho e repensou sobre a loucura que estava fazendo. Tomou uma decisão: Teve a coragem de procurar uma segunda oportunidade. Foi com um coração arrependido. Não desejava os privilégios de antes, mas queria ser aceito pelo menos como um servo.

O PAI RESTAURA O FILHO

LUCAS 15:20 Ler o contexto. Sem importar o que tivermos feito no passado, quando tomamos a decisão de voltarmos para Deus, Ele correrá ao nosso encontro, abrirá Seus braços e nos dará Seu amor. VS.21. O Pai aceita a confissão do filho. VS.22. Restaura-lhe todos os direitos de filho. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 18


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software VS.23. Faz um ato de redenção. O bezerro cevado éhttp://www.foxitsoftware.com um protótipo de Cristo. For evaluation only. VS.24. Passa da morte para a vida: de uma vida de perdição para uma de frutificação.

A RESTAURAÇÃO DA MULHER

ISAÍAS 54:1-17 Deus tanto é um Pai amoroso, como um marido compreensivo. E antes de trazer palavras de consolo à mulher, dá­lhe algumas sugestões: Vs. 1. Regozija-te, porque superarás a esterilidade. VS.2. Faça planos, pois de acordo com a fé, será teu crescimento. VS.3. Promessa: Estender-te-ás em grande maneira, até conquistar nações. Deus, como um pai amoroso, remove o passado para nos dar um futuro melhor. VS.4. O medo traz confusão e a afronta traz vergonha. Deus sarará tua memória das aflições da juventude. VS.5. Restaurará tua intimidade com Deus. VS.6. O abandono produz tristeza; a separação produz dor. VS.7. Deus compensará o tempo de aflição com grande misericórdia. VS.8. Não conhecerás um Deus bravo, porém o Ser mais amoroso que assegura teu futuro eterno. Vs. 12. Encherá tua casa dos melhores adornos; e levantará uma muralha de proteção para tua família. Vs. 13. Teus filhos serão ensinados por Deus e haverá paz em tua casa. Vs. 14. Deus te manterá longe da opressão e do temor. Vs. 17. Nenhuma arma forjada contra ti prosperará.

MINISTRANDO AOS ALUNOS Cada uma das pessoas que assiste à sua aula, possivelmente nunca se dispôs a abrir seu coração diante de Deus, por medo de recordar o passado, ou porque não quer que seus companheiros se inteirem da situação difícil que chegou a viver em um certo momento, ou porque nunca teve a oportunidade de recordar, reconhecer ou confrontar esse passado. Neste momento você tem a responsabilidade e a autoridade para ministrar­lhe. Os passos seguintes o ajudarão a guiar seus alunos para que a ministração possa ser eficaz para cada um dos participantes da classe. 1. Preparar o ambiente para a ministração. Deve haver um ambiente de oração e de recolhimento espiritual, no qual a presença de Deus possa ser atraída à reunião. 2. Ministrar a paternidade de Deus. Jesus Disse: "Ninguém vem ao Pai a não ser por Mim" (João 14:6b). "E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus" (Mateus 23:9). "Em toda a angústia deles Ele foi angustiado, e o anjo da Sua presença os salvou; pelo Seu amor, e pela Sua compaixão Ele os remiu; e os tomou, e os conduziu todos os dias da antigüidade" (Isaías 63:9). Deus está disposto a restaurar Sua paternidade em cada um de Seus filhos. Ele quer lhes dar o que seus próprios pais lhe negaram e quer sarar cada ferida causada no passado. 3. Identificar o trauma ou a ferida emocional. As feridas mais profundas que o ser humano tem, foram causadas em suas emoções, e algumas não estão na memória, por encontrar­se no subconsciente. Só o Espírito Santo poderá trazer a revelação requerida, para a eficácia da ministração. Para tanto deve fazer um esforço e não fugir da confrontação. 4. Mantenha sempre uma atitude de perdão. Entendendo que este não é um sentimento, e sim uma decisão. Em geral daríamos qualquer coisa para que as pessoas pagassem pelo dano que nos causaram, mas no fundo este é um sentimento de vingança, e isto amarra o desenvolvimento de nossa personalidade. Cada pessoa que guarda rancor está fora de si, e voltará a ser ela mesma quando decidir perdoar de todo coração. 5. Leve todos os fardos à cruz. Imagine a Cruz como um grande ímã e todas as suas amarras emocionais, como pequenos alfinetes que, ao se aproximarem do ímã, são completamente absorvidos. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 19


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Assim faz Jesus com cada uma de nossas feridas. http://www.foxitsoftware.com Todos os nossos problemas For têmevaluation solução somente only. através da cruz de Cristo. Observe atentamente Jesus sobre o madeiro, até que compreenda que a morte d’Ele, foi a sua morte. Quando isto acontecer, você poderá dizer como Paulo: "Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim" (Gálatas 2:20).

6. Tome o tempo necessário para levar cada ferida ou trauma à Cruz. 7. Expresse com liberdade seus sentimentos. O momento do trauma é uma mescla de sentimentos frustrantes, no qual surgem algumas interrogações: por que meu pai não estava ao meu lado quando isto aconteceu? Quem será o responsável pelo que me sucedeu? Alguém terá que pagar por isso? Etc. Se sentiu ira, ou irritação, ou amargura em relação a alguém, deve expressá­lo; ou se culpou a si mesmo e se disse que isto jamais poderia ser perdoado, deve perdoar­se a si mesmo. 8. Procure um substituto. Jesus, ao ver o vazio que deixava no coração de Sua mãe, chamou a João para que tomasse Seu lugar. A substituição tem o mesmo poder que teria se fosse feito com a pessoa que lhe ofendeu. 9. Tome um por um os argumentos que Deus lhe está revelando e anule-os na cruz do Calvário. 10. Tome o lugar de seus pais e confesse os pecados deles, como se você mesmo os tivesse cometido; isto é fundamental para cancelar maldições de gerações. 11. Confesse a Palavra. Cada argumento que você cancela deve ser respaldado pela Palavra de Deus. Isto foi o que Jesus fez para derrotar o adversário. 12. Pode elevar uma oração de fé. Santifique sua vida a partir do momento em que você foi concebido. Peça a Deus que santifique o momento de intimidade de seus pais, quando você foi concebido. Abençoe todo o tempo de sua gestação: confesse que quando você nasceu à mão de Deus foram as que o receberam, e por isso sua vida está segura em Deus. Atenção: O líder deve entender que a ministração em classe é só o início e que o aluno deve continuar com ela em sua própria casa, porque na maioria dos casos leva mais tempo e cada um deve aprender a dirigir sua auto­libertação no Nome do Jesus, para que vá recebendo diariamente revelação das amarras do passado das quais deve ser liberto.

LEVANDO TODA CARGA DIANTE DO SENHOR Agora que somos cristãos, devemos falar com Deus para que possamos tirar tudo aquilo que nos dói ou nos afeta. Sua Palavra nos diz: "Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei" (Mateus 11:28). Deus está sempre preparado para nos ouvir quando estamos oprimidos: fale com o Senhor e conte o que há dentro de seu coração, e poderá receber a promessa do Jesus: "vos aliviarei".

CONCLUSÃO Certifique­se que todos os alunos receberam ministração, pois de cura em suas vidas. Depende a solidez de sua liderança.

AVALIAÇÃO O testemunho dos alunos será a melhor avaliação do sucesso; entendendo que ninguém pode dar do que não tenha recebido, e para que alguém possa ser usado nesta área, primeiro deve passar por ela.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 20


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software Seja claro, breve e conciso para aproveitar assim a maior parte do tempo na ministração ao grupo. http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

TAREFA Com papel e lápis escreva todas as feridas que tem a vencer e, em um ato de fé, as leve à cruz e depois destrua a folha como símbolo de que todos os argumentos foram cancela­dos.

APLICAÇÃO A partir desse momento o aluno aprendeu como pode fazer para curar suas feridas, e agora toda a vez que lhe causem dano, perdoará e levará cada situação à cruz.

QUESTIONÁRIO DE APOIO 3. 1. O que são as emoções?

____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 2. Por que temos problemas emocionais? ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 3. O que é a estima própria ou Autoestima? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 4. O que Jesus faz quando nossa autoestima não está na posição correta? a. ________________________________________________________________________________ b. ________________________________________________________________________________ c. ________________________________________________________________________________ d. ________________________________________________________________________________ 5. Quando cometemos enganos é necessário reconhecê-los. Qual foi a atitude do filho, segundo Lucas 15: 17 -19? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 6. Como o Pai restaurou seu filho, segundo Lucas 15:2-32? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 7. Como Deus restaurou a mulher, segundo Isaías 54? MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 21


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________

8. O que devo fazer para ter restauração em todas as áreas de minha vida? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 22


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

FORTALECENDO A COMUNICAÇÃO NA FAMÍLIA – Lição 04 __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO O aluno deve compreender o que é comunicação e a importância de ser um bom comunicador.

INDICADORES 1. Definirá o que é comunicação. 2. Explicará os elementos da comunicação. 3. Identificará o que destrói a comunicação.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Lucas 6:45

FUNDAMMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Efésios 5:25 Mateus 12:35-38 Colossenses 4:6 Tiago 3:2 Tiago 2:14-17 Mateus 22:28-31 2 Coríntios 11 :23,27 2 Timóteo 2:4-6 Números 13:31-33 Atos 10:34 Provérbios 15 Eclesiastes 3: 1 Provérbios 16

TEXTO CAHVE: "Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás condenado". Mateus 12:37.

PROPÓSITO Ajudar nossos alunos a serem excelentes comunicadores: primeiro com Deus, a seguir com sua família e depois com seus discípulos. Estávamos para iniciar uma de nossas mais importantes Convenções do ano, e naquele dia tive um aborrecimento com minha esposa. Ela via as coisas sobre uma situação de um ponto vista, e eu as vi de

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 23


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For Escolhi evaluation only. outro completamente diferente. Embora discutíssemos, não chegamos a um acordo. o caminho mais fácil, a indiferença, e desde aquele momento decidi ignorá-la, e não atentava para nada.

No momento em que começou o evento, como de costume, fiz uma saudação e logo veio à participação de um saxofonista convidado. Depois, apresentei minha esposa para que ela continuasse com sua parte na reunião. As primeiras palavras que saíram de seus lábios, foram: “queridos amigos, hoje tive um aborrecimento com meu marido”. Por pouco não caí impactado pela surpresa. Em seguida disse: "Mas enquanto a música soava, Deus me deu interpretação profética”. Ele me disse: "Filha, o que você viveu hoje com seu marido, Eu o permiti, porque assim como lhe doeu a sua indiferença, esta é a situação de Meus filhos para Comigo: passam os dias e as semanas e mesmo os meses e não há nenhum tipo de comunicação com o Espírito Santo e Eu quero que a partir de hoje essa relação se restaure”. Depois que minha esposa compartilhou esta palavra, veio um quebrantamento sobre os dezoito mil assistentes, e em meio às lágrimas, pediam perdão a Deus pela indiferença; e em seguida houve um mover de restauração dos relacionamentos entre os familiares. Depois disto tudo, o que aconteceu foi sobrenatural. Isto me levou a entender que a base de uma excelente comunicação fundamenta-se em cultivar uma relação íntima com o Espírito de Deus.

A. DEFINIÇÃO Comunicar: Dar ou trocar idéias, sentimentos, informação ou coisas semelhantes por escrito, pela palavra, por sinais, ou símbolos, etc. Pode-se descrever como um processo (verbal ou não verbal), mediante o qual se compartilha informação com outra pessoa, de tal forma que uma compreende o que a outra expressa. O processo da comunicação envolve o falar, o ouvir e o compreender. Para uma boa comunicação Embora estejamos vivendo na era das comunicações, o problema número um na maioria dos lares é a falta de uma excelente comunicação. Não há nada mais trágico para qualquer pessoa que ver o relacionamento com seu cônjuge se deteriorando, sem que nada possa fazer para melhorá-la. Mas sabemos que a Bíblia nos dá a resposta para o resgate dos valores perdidos e a experiência de uma excelente comunicação, uma vez que está ao alcance de cada um de nós. Cuidado com a confusão. Salomão disse: “a sabedoria edificou sua casa". Há uma necessidade urgente que dentro do seio familiar exista uma boa comunicação, pois sem ela é impossível construir um lar feliz. A torre de Babel ficou inconclusa, teve que ser abandonada, porque ninguém entendia a linguagem de seu companheiro. Posso imaginar como teria sido aquele momento: o arquiteto tem em sua mente uma idéia, e a expressa, mas suas palavras estão em uma linguagem que nenhum dos que estão ao seu redor entende; o engenheiro presume que captou a idéia, e quando transmite seus pensamentos, todos os outros operários se decepcionam e começam a abandonar suas tarefas. Acredito que uma situação semelhante acontece em alguns lares, onde o pai de família pensa uma coisa, mas seus lábios expressam outra, e os familiares entendem outra. Alguns chegam ao desespero e dizem: será que não há ninguém neste lar que me entenda? Quando isto acontece, o lar está diante do mesmo espírito de Babel: tudo é confusão. Alguns não podem expressar abertamente o que há em seus corações, por temor à reação do cônjuge. Estou plenamente convencido que a linguagem que se deve usar dentro do casamento, deve ser clara e transparente, sem ferir nem dobrar a vontade das pessoas.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 24


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software For evaluation only.

A FORÇA DAShttp://www.foxitsoftware.com PALAVRAS

As maiores ofensas geralmente são cometidas em momentos de ira ou desespero. Sabemos que “do que há em abundância no coração, disso fala a boca" (Lucas 6:45b); nossas palavras, ou nos dignificam, ou nos envergonham. Às vezes o homem esquece que a mulher é um vaso frágil e que a maneira mais fácil de destruí-la, é usando palavras ofensivas, de menosprezo, de humilhação ou de violência. Não obstante, o Senhor Jesus nos ensinou a maneira correta como o homem deve tratar sua mulher: Efésios 5:25: "Vós, maridos amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a Igreja", - A relação entre Cristo e a igreja se constitui um grande exemplo do que deve ser uma relação correta. - Jesus sempre empregou palavras de amor e esperança para cada um de Seus discípulos. - Deu palavras de amparo: "Não temas ó pequeno rebanho! porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino" Lucas 12:32. Mateus 12:35. Suas palavras determinam o tipo de pessoa que é: boa ou má. Mateus 12:36. Evite as conversações corriqueiras que não dão nenhum fruto. Mateus 12:37. Suas palavras ou salvam-no ou o condenam. Colossenses 4:6. Suas palavras devem ser de motivação e alegria. Tiago 3:2 Evite ofender com palavras. Em uma conversação correspondem a cerca de 6%, embora algumas delas sejam inesquecíveis. Estas duas passagens nos ensinam mu sobre as palavras. Primeiro, falam de ter sabedoria para nos dirigirmos a cada pessoa em cada situação, e em segundo lugar, que nos convertemos em pessoas perfeitas quando não machucamos a outros com nossas palavras.  Fale com sabedoria, amabilidade e respeito. "Os lábios dos sábios difundem conhecimento; mas não o faz o coração dos tolos", Provérbios 15: 7. É fundamental dentro do casamento falar palavras que edifiquem, que dêem ânimo e motivem em tudo. Realce sempre as qualidades de seu cônjuge e trate-o como gostaria de ser tratado.  Fale com prudência. "O sábio de coração será chamado prudente; e a doçura dos lábios aumenta o saber. O coração sábio instrui a sua boca e aumenta o saber nos seus lábios". Provérbios 16: 21,23. Que suas palavras sempre sejam de apoio e consolo a seu cônjuge, e que este sempre possa contar com você; seja uma bênção para seu cônjuge e não uma carga.  Que suas palavras sejam doçura e medicina. "Palavras suaves são como favo de mel, doçura para alma e saúde para o corpo" Provérbios 16:24. Suas palavras ou alegram a vida a seu cônjuge, ou a amarguram; saram-no ou adoecem-no; motivam-no ou o desalentam. Você decide o tipo de lar que deseja ter. Entendemos que é impossível uma excelente relação conjugal com uma péssima comunicação. Por esse motivo você deve entender que a comunicação é uma grande bênção, e que deve trabalhar para enriquecer a relação com seu cônjuge, tendo como base uma boa comunicação. 1. Você olha nos olhos de seu cônjuge quando ele lhe fala? 2. Como age quando seu cônjuge lhe dirige a pé3vra? a. Deixa de lado o que está fazendo? b. Dá a importância que ele ou ela merece? c. Usa gestos agradáveis ou desagradáveis? 3. Agrada-lhe ou lhe desagrada-lhe ser interrompido? 4. Estimula seu cônjuge a compartilhar sua intimidade e sentimentos com você? 5. Como reage quando seu cônjuge faz perguntas simples? 6. Como reage quando ele lhe comunica alguma dificuldade do lar? 7. Crê que perde o tempo quando compartilha com seu cônjuge? MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 25


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

8. Quanto compartilha com seu cônjuge diariamente?http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 9.Permite o uso de uma linguagem negativa dentro de sua casa? 10. Que valor tem a palavra de Deus em seu lar?

CONCLUSÃO Para chegar a um bom nível de comunicação, devemos ser claros, concisos, precisos e ungidos, entendendo que tudo o que comuniquemos deve ser para edificar, motivar e apoiar. A boa comunicação é uma grande ferramenta para reduzir os conflitos e para melhorar as relações familiares.

MINISTRAÇÃO Leve os alunos em oração para que: - Identifiquem tudo o que afetou seu desenvolvimento como comunicador. - Restaurem sua intimidade com o Espírito Santo. - Tomem a decisão de desculpar toda a diferença com seu cônjuge ou com qualquer membro de sua família. - Visualizem-se como os melhores comunicadores das verdades eternas, - Melhorem seu vocabulário. - Torne-se o melhor especialista em relacionamento público.

AVALIAÇÃO O aluno escreverá em uma folha no início da aula, que nível de comunicação há em seu lar e ele mesmo a avaliará no final, de acordo com o que aprendeu.

TAREFA O aluno fará uma oficina em sua casa e praticará um nível mais efetivo de comunicação do que até agora há em seu lar.

APLICAÇÃO Revise as palavras com as quais está se dirigindo às pessoas que ama. Mude a maneira de dirigir-se às pessoas com as quais não tem uma boa comunicação.

Questionário de Apoio 4 1. Defina a palavra comunicação: __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 2. Quais são os elementos da comunicação? a. _______________________________________________________________________________ b. ________________________________________________________________________________ c. ________________________________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 26


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 3. Como podemos ter uma boa comunicação? a. ________________________________________________________________________________ b. ________________________________________________________________________________ c. ________________________________________________________________________________ d. ________________________________________________________________________________

4. Que coisas podem prejudicar uma excelente comunicação? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 5. Que elementos o comunicador deve ter em conta? a. ________________________________________________________________________________ b. ________________________________________________________________________________ c. _________________________________________________________________________________ d. _________________________________________________________________________________ 6. Quais são os parâmetros que devo utilizar para ter uma melhor comunicação? __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ 7. Realize uma avaliação da maneira como você transmite a mensagem, e confirme com as pessoas se o que você lhes disse foi o que quis dizer: __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 27


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

FUNDAMENTANDO O AMOR CONJUGAL – Lição 05 __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO O aluno deve compreender a importância de fortalecer a relação conjugal para ter um casamento feliz.

INDICADORES 1. Definirá o que é o amor conjugal. 2. Exporá algumas atitudes específicas para ter um casamento ideal. 3. Escreverá como se considera dentro do casamento.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Mateus 7:24-27

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Provérbios 18: 22 1 Coríntios 7:5 Gênesis 1: 26-31 Gênesis 2:23-24 Malaquias 2: 16 2 Coríntios 13:5 Gálatas 6:4 Provérbios 5: 18 Hebreus 13:4 Provérbios 6:24-35 1 Coríntios 13

TEXTO CHAVE: "E serão os dois uma só carne; assim já não são dois, mas uma só carne" Marcos 10:8.

PROPÓSITO Que cada um dos alunos possa conhecer o que a Bíblia ensina sobre o casamento, dando­lhe o valor que merece, e ter elementos suficientemente poderosos a fim de construir relações saudáveis, lares firmes e cimentar a vida de filhos equilibrados.

FUNDAMENTOS NA PALAVRA

MATEUS 7:24-27 Para poder construir esse grande edifício chamado casamento, você deve ter visão para o futuro, e acreditar que os dois vão ser felizes para sempre. Por esta razão no ato de casamento ambos juraram amor eterno: “Amar­te­ei para sempre, até que a morte nos separe". Um homem contou­me sua experiência: "No dia que tomei posse de minha nova fazenda, estava com meu filho de dois anos. Coloquei uma rede, um dos extremos prendia-a em um muro e o outro extremo, em uma árvore. Depois ter colocado a rede, deitei-me com meu bebê MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 28


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

e comecei a me balançar, quando de repente ohttp://www.foxitsoftware.com muro caiu sobre nós, poisFor eraevaluation um muroonly. falso, que não tinha alicerces. mas eu não o sabia. O impacto foi tão forte, que matou meu bebê". Quantos há que constroem seus lares sem ter uma base firme e, no momento em que menos imaginam tudo se volta contra? A casa cai sobre eles, e quando vêm às separações, todos são afetados. Por isso não se pode colocar qualquer tipo de fundamento no casamento. O Senhor disse: o fundamento é que ambos, como casal. Ouça a Palavra de Deus e pratiquem­na. No primeiro dia de casados, propusemos em nossos corações que o fundamento sobre o qual se firmaria nosso lar, seria a Palavra de Deus, e a seguir nos esforçamos por manter um contato com ela diariamente. Depois de pedir muitos sinais ao Senhor, se minha relação com a Claudia era de Seu Espírito, ou de minha emoção, Ele falou ao meu coração uma passagem bíblica que diz: "E serão os dois uma só carne, assim já não são mais dois, mas uma só carne" Marcos. 10:8. E depois do casamento, a experiência que tivemos mutuamente é que o Senhor nos uniu de tal modo, que estamos entrelaçados física, emocional, intelectual e espiritualmente. Para mim o sucesso de minha esposa, é meu, e esta é o mesmo sentir dela para comigo. Jamais sentimos que um esteja competindo com o outro. Ambos nos esforçamos por construir uma relação firme, flexível e perdurável. Sei que não há maior privilégio para o ser humano, que encontrar a pessoa que possa satisfazer todas as expectativas de sua vida. "Quem encontra uma esposa, acha uma coisa boa; e alcança o favor do Senhor" Provérbios. 18: 22. Deus destinou para cada homem uma só mulher. O sucesso do casamento depende de se ter a plena certeza de que pessoa com quem se casou, era a que Deus tinha reservado para sua vida. Por isso, embora o adversário busque por todos os meios levá­lo a uma vida de duplicidade, não o permita, pois o ser humano não tem energia emocional suficiente, para manter várias relações amorosas ao mesmo tempo. Isso lhe seria extremamente exaustivo, deixando, além disso, feridas nos diferentes membros de sua família.

A. O CASAMENTO UM DESEJO DO CORAÇÃO DE DEUS DEFINIÇÃO São vários os aspectos requeridos para poder definir o que é o casamento, entendendo que nele está o desejo do coração de Deus de reproduzir Seu caráter através daqueles casais que estejam dispostos a obedecê­Lo.

FOI O SONHO DE DEUS CRIAR UM HOMEM E UMA MULHER. GÊNESIS 1:26-28 O casamento não é idéia do homem, foi idéia divina, Deus criou o homem com a capacidade de atração pelo sexo exposto, e mais especificamente a atração por uma pessoa: o homem pela mulher e a mulher pelo homem. Deus criou para Adão uma ajudadora idônea: uma mulher que fosse apta, suporte; que os dois fossem uma equipe.

FOI PLANEJADO PARA QUE O VIVESSE EM COMUNIDADE Não é bom que o homem esteja só, Ser a "ajudadora idônea": este termo faz referência à relação benéfica em que uma pessoa colabora para sustentar a outra como amiga e aliada. O plano perfeito é que se completem um ao outro.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 29


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

PARA PROPORCIONARFELICIDADE À HUMANIDADE "Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada". (Gênesis 2:23), Este foi o primeiro Canto de Amor que houve no mundo, Significa: por fim achei uma que pode me complementar, que me tira a solidão, a quem amarei tanto como a minha própria carne. Ela é muito bela, é perfeitamente adequada para mim; ela será a única que necessitarei.

PARA DEDICAR-SE FIELMENTE À HUMANIDADE O casamento deve começar com um abandono de todas as demais relações a fim de estabelecer uma relação permanente entre um homem e uma mulher. "Portanto, deixará o homem a seu pai e a sua mãe e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne". (Gênesis 2:24). Ninguém deve interferir na relação do casamento: o ciclo do casamento é que cada casal deve aprender a enfrentar as diferentes situações da vida. Para obter o sucesso pleno, devem levantar um cerco de proteção para essa união que foi consolidada através da aliança matrimonial. O casamento significa deixar. A menos que você esteja disposto a deixar todo o resto, nunca desenvolverá a unidade nesta relação emocionante, que Deus teve em mente para ser desfrutada por todo o casal.

É UMA RELAÇÃO DE PACTO O casamento exige uma união inseparável do marido com sua esposa através do tempo de suas vidas. Isto indica que diante dos olhos de Deus "unir-se-á" significa uma entrega de todo coração. Significa que você terá uma incessante oportunidade unir-se a seu cônjuge até mesmo nos menores detalhes da vida. Algo que os distancie mental ou fisicamente, deve ser evitado, pois rompe o padrão Divino para a vida matrimonial. Deus detesta o divórcio, porque é um pecado contra a aliança. Malaquias 2:16a

É UMA PROTEÇÃO MÚTUA "Examinai-vos a vós mesmos" 2 Coríntios 13:5. O casamento significa que o casal deve avaliar continuamente a condição em que se encontra. Muitos casamentos naufragam no oceano da vida, por pensarem que estavam bem, e nunca se detiveram em identificar as pequenas brechas que tinham avariado a nave do lar. “Provai-vos a vós mesmos”. A melhor maneira de provar-se a si mesmo é ouvindo atentamente, e sem se aborrecer, o que seu cônjuge vê, sente e pensa sobre você, porque ninguém deve apresentar como desculpa a ignorância. "Mas prove cada um a sua própria obra” (Gálatas 6:4). O casamento exige novas formas que contribuam para melhorar as relações com o cônjuge a fim de alcançar o objetivo primordial: "A FELICIDADE".

B. A IMPORTÂNCIA DA SEXUALIDADE NO CASAMENTO A SANTIDADE NO SEXO

MARCOS 10:8 Duas pessoas que possivelmente nunca se viram antes encontram-se de uma maneira circunstancial na vida e sentem uma forte atração um pelo outro, e chegam à conclusão que essa é a pessoa que fazia falta no quebra-cabeças de sua plena realização na vida. Isto poderíamos definir como um agradável milagre. Perderia de todo o sentido, uma relação onde não houvesse uma atração permanente um pelo outro. Os impulsos sexuais foram criados por Deus para tornar mais grata ou mais agradável à vida do homem nesta terra. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 30


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Proporciona alegria. "Seja bendito o teu manancial; e regozija-te na mulher da tua mocidade. Como corça amorosa, e graciosa cabra montesa saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê encantado perpetuamente". Provérbios 5: 18, 19. Dignifica as pessoas. Atos 13:4. "Honroso seja entre todos o matrimônio, e o leito sem mancha". Abençoa com filhos. Gênesis 1: 28. "Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a". O sexo foi criação de Deus... Gênesis 1:31. "E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom". Traz harmonia. 1 Coríntios 7:5 “Não vos negueis um ao outro ... " A intimidade sexual tem a aprovação de Deus, sempre e quando esta se desenvolve dentro dos parâmetros do casamento, porque a prática deste ato, fora do casamento, converte-se em algo grotesco, que vai conduzindo mais e mais à impiedade. O proverbista advertiu sobre os perigos a que as pessoas se expõem quando caem na armadilha da atração sexual fora do casamento: Provérbios 6:24-35 Vs. 24 Vs. 25 Vs. 26 Vs. 27-29 Vs. 30,31 Vs. 32 Vs. 33

A palavra o protege da mulher estranha. É preciso firmeza de caráter para não ser apanhado pela sedução. A mulher prostituta reduz os homens à sua mais ínfima expressão. Receberá as conseqüências. Leva os homens à ruína. Corrompe a alma. Terá que suportar a marca de seu pecado.

C. RESGATE OS VALORES DENTRO DO SEU LAR TENHA UMA IMAGEM CORRETA DE SI MESMO Há muitas pessoas que fracassam em seus casamentos, porque aceitaram uma imagem incorreta de si mesmos. Você não deve permitir que os problemas ou as circunstâncias levem-no a pensar de uma maneira incorreta, pois não há outra pessoa no mundo como você. Deus o fez único e lhe deu uma riqueza que o adversário não quer que você conheça. A imagem própria pode ser restaurada através de Jesus, Ele compreende e o aceita como você é.

EXAMINE-SE E CORRIJA SUAS FRAQUEZAS Corrigir nossas fraquezas permitirá dar mais estabilidade ao relacionamento. Por exemplo, as fraquezas no caráter, o espírito de competição, ressentir-se facilmente, necessidade de pedir perdão, etc. São aspectos que devem ser superados, porque do contrário, podem prejudicar o relacionamento.

DEIXE-SE ORIENTAR A pessoa sábia sempre buscará assessoria daqueles que têm experiência na matéria. Nunca permita que os problemas sejam deixados para que tempo os solucione. Aprendam a dialogar como casal, e façam um esforço para superar os conflitos. Participem dos encontros de casais, porque nestes são dadas as ferramentas que ajudam no convívio conjugal.

ORE FERVOROSAMENTE E MANTENHA UM BOM RELACIONAMENTO COM DEUS O casamento mais que uma relação amorosa, é um relacionamento espiritual, por que neste não só se entrega o corpo, mas também o homem dá seu espírito. Se os dois estiverem envolvidos no ministério, isto os ajudará a desenvolver uma relação de MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 31


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

companheirismo. Cada um aprenderá a reconhecer que seus êxitos profissionais, serão o resultado de um excelente relacionamento como casal.

CONCLUSÃO Tome a firme decisão de construir um lar conforme o desejo do coração de Deus. Desculpe qualquer atrito que tenha tido com seu cônjuge, e juntos se comprometam a consagrar suas vidas ao serviço de Deus.

AVALIAÇÃO A avaliação pode realizar­se através de um questionário, o"de os alunos escrevam os pontos fortes e fracos de seu casamento, e a projeção para o seu relacionamento no próximo ano.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS Sugere­se a utilização de uma mesa redonda como mecanismo de participação de todos os alunos, de modo que o mestre possa detectar fraquezas e utilizar a experiência dos assistentes como possível solução.

TAREFA Trate seu cônjuge como uma rainha (rei), e por oito dias não o (a) recrimine, não o critique, não levante a voz; ame­o e sirva­o; que sinta quanto vale como pessoa. Se possível, estenda estas mesmas atitude por um mês, e se continuar dando resultado, amplie para um ano. E o resultado será que terminarão os conflitos dentro do casamento.

APLICAÇÃO Coloque em prática cada um dos princípios aprendidos em aula, para ter um lar firmado sobre a Rocha, que é Jesus.

QUESTIONÁRIO DE APOIO 5. 1. O que é o casamento? ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 2. Qual é a base sobre a qual se deve fundamentar todo o casamento? ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 3. Por que o casamento foi o desejo do coração de Deus? a. ____________________________________________________________________ b. ____________________________________________________________________ c. ____________________________________________________________________ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 32


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

d. ____________________________________________________________________ e. ____________________________________________________________________ f. ____________________________________________________________________ g. ____________________________________________________________________ 4. É importante a sexualidade dentro do casamento? ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 5. O que Deus pensa sobre sexualidade segundo Marcos 10:8? ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 6. Ter relações sexuais dentro do casamento: a. Dá Alegria. Provérbios 5:18 Porque ______________________________________________________________________ b. Dignifica as pessoas. Hebreus 13:4. Porque ______________________________________________________________________ c. Abençoa­nos com Filhos. Gênesis 1:28. Porque ______________________________________________________________________ d. Porque foi criado por Deus. Gênesis 1:31. Porque ______________________________________________________________________ e. Traz harmonia. 1 Coríntios 7: 5. Porque ______________________________________________________________________ 7. Que advertência Deus faz com respeito às relações sexuais, segundo Provérbios 6:24 ­35? ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 8. Quais são os valores que devo trabalhar no interior de minha família? a. ____________________________________________________________________ b. ____________________________________________________________________ c. ____________________________________________________________________ d. ____________________________________________________________________ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 33


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _______________________________ _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A BÊNÇÃO DE DEUS SOBRE A FAMÍLIA – Lição 06 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _______________________________

META DE ENSINO O aluno deve compreender as bênçãos que há dentro do casamento, reservadas para aqueles que são fiéis a Deus,

INDICADORES Explicará o que são bênçãos e suas características. Mencionará as diferenças entre bênção e maldição.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Gênesis 1:28

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Gênesis 1 :26-30; Deuteronômio 28: 1-14; Provérbios 10:22; 1 Coríntios 8:9; Gálatas 3:13; 2 Coríntios 8:9; Efésios 2:8-9.

TEXTO CHAVE: “Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai à tua alma” (3 João 2).

PROPÓSITO Na cruz do calvário o Senhor Jesus conquistou para cada um de nós tudo o que necessitamos para ter famílias bem sucedidas, plenas e para obter a abundância de Deus em todas as áreas. Na medida em que você realmente compreender em sua mente e em seu coração o que Deus propôs para você e sua casa, crescerá junto aos que ama e tornará realidade suas metas e seus sonhos.

A. CONHECENDO AS BÊNÇÃOS Introduza o tema definindo biblicamente o amor, e a seguir explique as caracte­ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 34


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

rísticas do amor aplicadas ao matrimônio.

O casamento é uma bênção o propósito de Deus para o casamento é proporcionar felicidade à família. Por muitos anos, Adão permaneceu só. Depois da criação de Eva, veio a bênção do Senhor sobre o casal. Deus amou tanto o primeiro casal, como um pai ama a seu único filho. Proporcionou­Ihes todas as coisas para que pudessem desfrutar das bênçãos divinas. Adão e Eva foram:  

  

A imagem de Deus. Gênesis 1:26. O caráter de Deus foi reproduzido fielmente neste casal. A harmonia divina. Vs. 27. Deus é trino: Pai, Filho e Espírito Santo; os três são um e nunca estão em desacordo. 00 mesmo modo, Deus criou o casamento para que o casal viva em completa harmonia. Colocou-os como reis sobre toda a criação. Vs. 28. Ensinou-Ihes o princípio da semeadura e da ceifa. Vs. 29. Deu-Ihes a provisão. Vs. 30.

3 João 2. A bênção trípice. "Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas e que tenhas saúde, assim como vai à tua alma". Provérbios 10:22. A bênção plena. ':4 bênção do Senhor é que enriquece, e Ele não a faz seguir dor alguma". Tive a oportunidade de compartilhar com milhares de pessoas ao redor do mundo, e em geral todos desejam ter um modo de vida melhor, mesmo aqueles que consideram que a espiritualidade não deve estar relacionada com os bens materiais, porque, segundo eles, isto seria ostentação. Mas devemos entender que Deus nos deu todas as coisas em abundância para que as desfrutemos.

Deus é o Pai da abundância - 1 Coríntios 2:9 As bênçãos de Deus estão sempre além do que a mente do homem possa perceber. As coisas que nem o olho consegue captar, nem a mente perceber, nem o ouvido ouvir, são as que estão guardadas em segredo, por Deus, e que se manifestam àqueles que chegam até elas e, através da fé, as vêem, apalpam e as confessam como se já as tivessem. Deus não é pobre, nem miserável, portanto, sempre nos dá com abundância. Ele não pensou em dar ao homem uma pequena porção de terra e uns poucos animais para ele e sua descendência. Ele foi muito generoso e deu a terra para que o homem e sua descendência a habitassem e dela desfrutassem para sempre. Se o homem não fosse tão egoísta e mesquinho de coração, estou seguro que cada ser humano poderia viver como um rei. Mas por causa do pecado, o homem perdeu todos os seus privilégios.

O propósito de Deus é de abençoar - Deuteronômio 28:1-14 A bênção de Deus está condicionada à obediência à Sua Palavra.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 35


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Vs. 2 - Todo tipo de bênçãos virá sobre você. Vs. 3 – Bênção onde quer que se encontre. Vs. 4 – Sobre seus filhos, seu bairro e seu trabalho. Vs. 5 – Bênção sobre o orçamento familiar. Vs. 6 – Sobre todas as suas atividades. Vs. 7 – Sempre encontrará uma saída para qualquer um de seus problemas. Vs. 8 – Bênção sobre tudo aquilo que você fizer. Vs. 9 – Será chamado para o ministério. Vs. 10 – Deus o levantará e o colocará em honra. Vs. 11 – Onde quer que você viva, prosperará. Vs. 12 – Será um grande empresário e poderá ajudar a outros. Vs. 13 – Será elevado a posições de respeito e de autoridade.

Cristo nos Redimiu da Maldição da Ruína Do mesmo modo como existe a bênção, também há o lado oposto, que é a maldição. No livro do Deuteronômio, Moisés dedica todo um capítulo no qual apresenta a bênção e a maldição: o capítulo 28. Tomemos alguns aspectos deste capítulo. No verso 15 diz que: Não obedecer a Palavra Divina, expõe a pessoa a ser atingida por diversos tipos de maldições; estas são quatro vezes maiores que as bênçãos. Vs. 16 – Atinge-o onde quer que se encontre. Vs. 17 - Atinge os produtos básicos da família. Vs. 18 - Afeta a seus filhos: contamina o setor onde você vive e freia sua produção empresarial. Vs. 19 - Produz instabilidade em sua vida. Vs. 20 - Afetará sua saúde, suas emoções e todo trabalho que fizer. Vs. 21 - A morte rondará sua vida e a de sua família. Vs. 22 - Todo tipo de enfermidade o atingirá. Vs. 23 - O céu não o escutará, nem a terra lhe responderá. Vs. 24 - Por sua causa virá a seca em seu território Vs. 25 - Não poderá fazer valer seus direitos e viverá fugindo até de si mesmo. Vs. 28 - Crise mental, falta de visão e confusões espirituais preponderarão. Vs. 29 - Estará longe da prosperidade, mas perto da opressão. Vs. 30 - Perderá sua mulher e seus bens em um só momento. Vs. 32 - Seus filhos serão apanhados pelos vícios e você não os poderá ajudar. Vs. 33 - Outro desfrutará do que você trabalhou. Vs. 37 - Ninguém quererá imitá-lo. Vs. 38-43 - Não verá o fruto de seu ministério. Vs. 44 - Viverá escravo das dívidas. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 36


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Vs. 47 - Será afetado pela ingratidão. Vs. 48 - Viverá na pobreza absoluta. Vs. 62 - Seu ministério enfraquecerá até desaparecer. Vs. 65 - O maio alcançará, sem importar a nação onde se encontre. Vs. 66 - Incerteza, temor e insegurança, serão seus hóspedes permanentes. Vs. 67 - Será a pessoa mais inconstante. Vs. 68 - Retornará ao mundo pensando que isto solucionará seus problemas: mas ninguém o valorizará.

A Cruz: Lugar de Nossa Vitória – Gálatas 3:13 Se pudéssemos transportar­nos, por um só momento, até ao monte Calvário e ver Jesus pendurado na cruz, poderíamos compreender que esta maldição que nós adquirimos por causa do pecado, caiu exatamente sobre o corpo de Jesus. Ele padeceu fome ao chegar à cruz: esteve 24 horas sem provar alimento. Ele sentiu sede e deu um grito de exclamação: "tenho sede!" Ele experimentou a nudez e morreu completamente nu; não havia uma só peça de roupa que cobrisse Seu corpo. Os pintores sagrados procuraram ser benevolentes com a imagem de Jesus, cobrindo Suas partes íntimas, mas não podemos permitir que isto distorça a realidade: Jesus morreu completamente nu: exibiu Sua vergonha, porque Ele havia tomado nosso lugar a fim de tornar­nos completamente livres de qualquer tipo de maldição. "Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós, se fez pobre, para que pela Sua pobreza fosseis enriquecidos". 2 Coríntios 8:9. Se Cristo morreu por minha pobreza e miséria, eu não preciso padecer por isso de novo, porque seria duvidar do que Ele já fez por mim. Se pensar, que renunciando aos bens materiais, vou conquistar o coração de Deus, então minha salvação terá um preço, porque a estou conquistando por meio de minhas próprias obras, e isto equivaleria a viver sob a lei, e não sob a graça. "Porque pela graça sais salvos, por meio da fé, e isto não vem das obras, é dom de Deus; não vem das obras para que ninguém se glorie". Efésios 2:8-9.

Somos Herdeiros da Bênção de Abraão Gálatas 3: 14. Herdamos as bênçãos de Abraão. Vs. 29. Ser cristão me dá o direito legal de participar de todas as bênçãos dadas a Abraão.

CONCLUSÃO A via mais fácil é fugir de Deus: a mais segura é caminhar com Ele. Deus pôs diante de nós a bênção e a maldição. Tanto o sucesso quanto a prosperidade, dependem unicamente de nós. Sejamos sábios em escolher andar pelo caminho mais seguro: a submissão à Palavra de Deus. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 37


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

AVALIAÇÃO Por meio de um Questionário avalie as bênçãos conquistadas através do casamento. Além disso, que os alunos possam estabelecer as diferenças entre uma bênção e uma maldição,

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS Perguntas e respostas servem para que haja participação dos alunos, e assim conhecer o que pensam sobre o tema. O mestre pode explicar e esclarecer inquietações. Os alunos devem identificar o tipo de opressão que têm neste momento. Explique como podem fazer para ter a bênção plena de Deus em suas vidas.

TAREFA De acordo com o que Deus esteve ministrando, em seus respectivos lares com mais tranqüilidade, orem por cada um dos aspectos nos quais foram ministrados, rejeitem as maldições e reivindiquem as bênçãos.

APLICAÇÃO Declare diariamente as bênçãos de Deuteronômio 28 de 1 a 14. Aproprie­se delas e as confesse para si e sua casa.

 QUESTIONÁRIO DE APOIO  1. Procure em um dicionário a definição das palavras bênção e maldição:

2. O que Adão e Eva foram para Deus? Complete: a. Imagem _________________________________________________ b. ___________________________________ divino c. _____________________________________ sobre a criança. d. Ensinou­lhes sobre _____________________ e _________________ e. Deu­lhes _______________________________________________ 3. Deus dá uma bênção tríplice segundo 3 João 2 e Provérbios 10:22: __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 38


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

4. Explique porque Deus é o pai da abundância, segundo 1 Coríntios 2:9: __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 5. Escreva para sua vida, as bênçãos que há em Deuteronômio 28:1­14: __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 6. Revise as maldições que há em Deuteronômio 28 de 15 a 68: A) A Cruz é o lugar de nossa Vitória. Por quê? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ B) Por que somos herdeiros das bênçãos de Abraão? __________________________________________________________ _________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 39


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A CURA INTERIOR DO CASAL – Lição 07 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO O aluno conhecerá as características de um bom casamento.

INDICADORES Enfrentará aquelas áreas que mais dificuldades trazem dentro do casamento.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA Efésios 4:31-32

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Provérbios 1 8: 14 Isaías 54:46 Marcos 11 :25 Mateus 13:51 Romanos 8: 1 2 Coríntios 5: 17.

TEXTO CHAVE: “Suportando-vos e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como o Senhor vos perdoou, assim farei vós também” (Colosenses 3:13).

A CURA INTERIOR DO CASAL Provérbios 18:14 As feridas mais fortes que o ser humano possa ter, centralizam­se na alma. Quando Deus o planejou. fê­lo de tal modo que ele pudesse sentir­se amado, ser amado, e por sua vez, dar amor. Muitas feridas vêm da infância: falta de afeto familiar, amor e reconhecimento. Estas deficiências deixam um grande vazio no coração e, embora passem os anos, este continua. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 40


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Geralmente cada pessoa busca preenchê­lo com elementos secundários, expondo­se a incorrer em graves pecados. Muitas pessoas chegam ao casamento nestas condições, acreditando que este Ihes fará esquecer tudo o que sofreram na infância, mas o que fará, é aumentar suas feridas. Posso dizer que as feridas da alma vão além da memória, são mais profundas do que as que possam ser ocasionadas em uma mente consciente. Na maioria dos casos estas feridas não estão na memória, porque talvez quando aconteceram fossemos tão crianças que não conseguimos lembrar aqueles acontecimentos.

CAUSA QUE GERAM UMA ALMA FERIDA As causas mais comuns para ter um espírito ferido são:

1. A rejeição A causa mais comum da rejeição é a falta de amor. Por isso é fundamental que, dentro do casamento, cada pai seja muito especial com seus filhos; o marido com sua esposa e a esposa com seu marido, a fim de evitar feridas profundas que muitas vezes, se acredita, tenham sido curadas com o tempo, mas os anos passam e a ferida continua muito mais viva que antes. São vários os aspectos que produzem as feridas no coração. Entre eles encontramos:  Quando uma mulher fica grávida e não deseja ter esse filho.  Quando as crianças vêm a este mundo e não são aceitas pelos pais, quer seja por seu sexo ou pela situação econômica do lar.  Quando os pais têm preferência por algum dos filhos.  Quando foram envergonhados em público.

2. A ira É uma atitude descontrolada no caráter do indivíduo. Esta é uma amostra de fraqueza, manifestada muitas vezes, mais pelo homem, porque sente que está perdendo a autoridade, seja no lar ou no trabalho. Recorre à ira para encobrir algum pecado, porque há amargura no coração e a quer expressar através de uma atitude um pouco forte ou violenta: "Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia. Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, p3rdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo" Efésios 4: 31-32.

3. Culpar o outro Geralmente o ser humano tende sempre a justificar­se a si mesmo e a jogar a culpa em outros: "Você é o culpado, você me fez Isto, você me disse, você não me ama, MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 41


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

você não me quer, etc." É importante reconhecer nossos próprios erros, no que falhamos. Culpamos sempre o cônjuge dos problemas financeiros, culpamo­lo se nossos filhos cometem algum erro, jogamos a culpa em quem está em casa cuidando deles; pensamos que a educação dos filhos é tarefa de uma só pessoa. A formação dos filhos depende de ambos, e é importante que dentro do casamento ambos aprendam, como casal, a assumir suas próprias responsabilidades e enfrentar cada situação.

4. As palavras Cruéis Às vezes dentro do casamento um dos cônjuges sabe como ferir seu companheiro, e usa palavras sarcásticas, que mais parecem facas. Na área de aconselhamento pude descobrir que as feridas mais fortes são ocasionadas por palavras pronunciadas há muitos anos, mas que ainda estão latentes no coração. O efeito das palavras é muito poderoso. Estas ficam virtualmente ressoando na mente das pessoas, até que provoquem uma grande ferida; e aí é quando se tornam rancorosos, dados à vinganças que pode, por sua vez, romper o pacto de fidelidade. Por isso é importante que, se houver ofensa dentro do casamento, com palavras fortes, cada um procure seu cônjuge e lhe peça perdão, de todo coração, e as anulem no nome de Jesus Cristo. A seguir devem pedir a bênção e o amparo para o lar.

5. Mau-trato Físico Há homens que se acostumaram a maltratar fisicamente suas esposas. Isaías 54: 4-6. O próprio Deus coloca um muro de proteção ao redor da mulher, e Ele mesmo diz que é o seu marido; não é esse homem que a maltratou ou a abandonou, pois Ele mesmo a recolherá com grande misericórdia.

PASSOS PARA CURAR AS EMOÇÕES 1. Cada um dê um basta no caminho, e caso sente que foi ofendido, deve perdoar de todo coração, incluindo aqueles que o rejeitaram, que provocaram feridas profundas no coração. Lemos no livro do Marcos 11:25: "Quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que também vosso Pai que está no céu, vos perdoe as vossas ofensas". 2. Renuncie o abrigar coisas em seu coração que tenham produzido amargura, ressentimento, ódio ou rebeldia. Mateus 13: 52: "E disse-Ihes: Por isso, todo escriba que se fez discípulo do reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas". Faça uma limpeza em sua alma, remova tudo o que é elo, e conserve aquelas coisas que edificam, especialmente a Palavra de Deus. 3. Perdoe-se a você mesmo. Romanos 8: 1 afirma: "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus". Não deixe que seus pensamentos o acusem, que os erros que cometeu no passado o condenem. Paulo disse: "Pelo que se alguém está em Cristo nova criatura é; as coisas velhas já passaram eis que tudo se fez novo" 2 Coríntios 5: 17. Aceite­se a si mesmo e restaure seu relacionamento pessoal com Deus. 4. Volte-se para Cristo com todo seu coração. Jesus disse: "Vinde a Mim todos os que MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 42


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei" Mateus 11: 28. Aceite que você se casou com a pessoa certa. A maioria dos lares que entram em crise, e que podem ser levados ao divórcio, deve­se a que, no fundo, um dos dois, ou ambos, deram lugar à idéia de que se casou com a pessoa errada. O que faz a pessoa mudar de atitude com seu cônjuge? Antes de se casarem, juraram amor eterno, e agora dizem que não suportam mais viver com elas; antes passavam as horas inteiras contemplando se mutuamente, agora lutam para não se verem, para não se encontrarem.

CONCLUSÃO É importante experimentar uma cura total em sua alma, para que possa desfrutar de uma correta relação conjugal.

AVALIAÇÃO Na avaliação parcial, avalie os indicadores desta lição.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS O método de Conferência pode ser usado para esta aula.

TAREFA Que o aluno contate àqueles que o ofenderam, ou que ele ofendeu, e que peça ou transmita perdão; pode fazê­lo por telefone ou pessoalmente.

APLICAÇÃO Identifique a raiz da falta de perdão em sua vida e coloque­a na cruz do Calvário. Perdoe e procure perdoar aos que o ofenderam. Faça­o sempre no momento da ofensa, não espere que passe muito tempo.

 QUESTIONÁRIO DE APOIO  MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 43


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

1. O que é Cura Interior ________________________________________

2. Por necessitamos da Cura Interior? Argumento, com fundamentação Bíblica? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 3. O que é a rejeição e qual é sua causa? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 4. O que nos leva à ira e como esta afeta as pessoas que estão ao nosso redor? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 5. Que conseqüências nos traz a culpa? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 6. Por que as palavras cruéis causam dano? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 7. O meu trato físico danifica as relações. Como posso receber proteção, segundo Isaías 54:4­6? __________________________________________________________ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 44


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

__________________________________________________________ 8. Quais são os passos para curar as emoções? a. __________________________________________________________ b. __________________________________________________________ c. __________________________________________________________ d. __________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 45


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O LÍDER E SUA FAMÍLIA – Lição 08 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO Cada um dos alunos deve entender que o lar é a base para o sucesso de seu ministério, pois quem é fiel no pouco, será também no muito. Deus confia naqueles que, em sua família, estão dispostos a dar o lugar que Lhe corresponde.

INDICADORES 1 ­ Compartilharão algum testemunho sobre o que Deus tem feito neles, como família. 2 ­ Expor pelo menos três razões pelas quais ter uma família equilibrada e unida, colabora no ministério.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA 1 Timóteo 3: 1-7

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Atos 26: 18 / Salmos 127: 1 / Colossenses 2: 14 - Deuteronâmio 27: 15 / Lamentações 5:7 / Gênesis 27: 13 / Gênesis 27:46 / Isaías 61 :4 / Gênesis 31 :32 / Gênesis 35: 16-21

TEXTO CHAVE: “Da mesma forma os diáconos sejam sérios, não de língua dobres, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância, guardando o mistério da fé numa consciência pura”. E também estes sejam primeiro provados, depois exercitem o diaconato, se forem irrepreensíveis. Da mesma sorte as mulheres sejam sérias, não maldizentes, temperantes, e fiéis em tudo. Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas. “Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si um lugar honroso e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus” (1 Timóteo 3:8-13).

PROPOSITO “Que o aluno cristão tenha a plena certeza que Deus quer ter famílias consagradas a Ele, e que o maior propósito da igreja é resgatar os lares, porque assim salvaremos a nação”. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 46


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

O LAR DO LÍDER – 1 Timóteo 3:1-7 O apóstolo apresenta alguns requisitos fundamentais que devem sobressair na vida de um líder:  Irrepreensível: alguém que não é chamado a prestar contas.

 Marido de uma só mulher: Consistência em seu casamento.  Sóbrio: é alguém que sabe manter o equilíbrio como marido, pai, líder, discípulo, empresário ou como empregado.  Prudente: Sabe quando falar e quando calar; tem a capacidade de sobrepor­se a todas as dificuldades.  Decoroso: tem gosto em tudo o que faz; cria um ambiente de excelência.  Apto para ensinar: Quem foi bom discípulo, poderá ser bom mestre e amará o que faz.  Não dado ao vinho: Sabe como dominar seus próprios impulsos; é dono de si mesmo.  Não briguento: não impõe sua doutrina à força, deixa que o Espírito Santo atue.  Não ambicioso de lucros desonestos: Não se deixa seduzir nem pelo brilho do metal, nem pela cor do papel; sabe esperar em Deus.  Amável: tem o dom do serviço e se esforça em fazer outros sentirem­se como príncipes.  Aprazível: Sempre guarda a calma e nunca deixa de ser delicado.  Não avarento: Ama a Deus com toda sua mente e com toda sua alma e com todas suas forças; e por esta causa não dá lugar em seu coração ao ídolo do dinheiro. • Que governe bem sua casa: conhece e aplica as normas bíblicas. Portanto, toda sua família está apta a envolver­se dentro do ministério.  Não um neófito: não se antecipa ao processo de formação; sabe trabalhar sob a direção de seu líder. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 47


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Dá testemunho: Seus atos são mais eloqüentes do que suas próprias palavras.

PERMITE QUE JESUS EDIFIQUE SUA CASA - Salmos 127:1 "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela". A crise da família surge por não levar em conta aspectos simples, mas importantes dentro do núcleo familiar. Entre as causas que afetam muitas famílias, estão o não saber educar os filhos, o não valorizar o cônjuge, o viver ressentidamente e recusar­se de todas as formas a perdoar; o egoísmo, a soberba e a vanglória da vida. Mas a mais grave de todas é a de remover Deus de seus lares e querer formar um lar com suas próprias forças. Todos os esforços feitos, sem considerar a Deus, são em vão, pois os pais podem orientar seus filhos, quer para a salvação ou à perdição; para o êxito ou o fracasso; à prosperidade ou à miséria; à sorte ou à desgraça. A única coisa certa, e que sempre traz garantias, é que todo pai tem a grande responsabilidade de educar seus filhos no temor a Deus.

CANCELANDO ARGUMENTOS - Colossenses 2:14 Muitos dos conflitos vividos dentro da família, tiveram origem no lar paterno:  Por pecados herdados pelos pais. "Nossos pais pecaram e, já não existem; e nós levamos suas iniqüidades". Lamentações 5:7.  Pela idolatria. Deuteronômio 27: 15.  Por palavras que seus pais proferiram contra você. O que disserem lhe acontecerá. Marcos 11:23b.  Por aceitar a culpa de outro. Rebeca aceitou a maldição de seu filho: "meu filho caia sobre mim essa maldição". Gênesis 27: 13.  Por falar negativamente. Rebeca disse a Isaque: "Enfadada estou da minha vida... para que viverei?" Gênesis 27:46.  Por palavras proferidas pelo cônjuge... "com quem achares os teus deuses, porém esse não viverá". Gênesis 31:32. Jacó, sem se dar conta, pôs uma maldição sobre sua esposa, a quem tanto amava, e por esta causa ela morreu quando dava à luz a seu filho Benjamim. Gênesis 35: 16-21. Todas estas palavras se transformam em argumentos no mundo espiritual, e devem ser o direito legal que o inimigo tem sobre as vidas. Porém, através da obra redentora que fez Jesus por nós, todos estes argumentos foram cancelados, e os poderes demoníacos que operavam através deles, foram despojados e exibidos publicamente na cruz do Calvário. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 48


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Para que você experimente uma plena libertação, deve identificar os argumentos, ter um genuíno arrependimento dos mesmos, fazer confissão de seus pecados a Deus, renunciar a maldição que entrou por causa desse pecado e, em um ato de fé, visualizar que toda essa maldição é tirada de sua vida e de sua família. Além disso pode pedir, em oração, que Deus lhe dê o oposto daquilo de que foi liberto.

GRAÇA RESTAURADORA - Isaías 61:4 Uma das funções mais importante (do ministério de Jesus foi a restauração.  Restaurou as cerimônias matrimoniais. Sua presença nas bodas de Caná da Galiléia, foi um ensino ao mundo, de que os casais devem unir suas vidas da maneira correta.  Restaurou a saúde daqueles que estavam doentes;  Restaurou a visão àqueles que dela necessitavam;  Restaurou a saúde mental àqueles que tinham alucinações;  Restaurou a dignidade àqueles que a sociedade tinha descartado;  Trouxe a luz aos que estavam em trevas;  Trouxe vida onde havia morte;  Ensinou a linguagem do amor;  Abriu a porta da esperança para aqueles que estavam envolvidos em sua própria confusão.

JESUS NOS COMISSIONOU A CONTINUAR O QUE ELE COMEÇOU

Atos 26:18

"Para Ihes abrir os olhos a fim de que se convertam das trevas à luz, e do poder de Satanás a Deus, para que recebam remissão de pecados e herança entre aqueles que são santificados pela fé em Mim".

CONCLUSÕES Alguém que está sendo formado para o ministério, deve pedir a Deus que o use de um modo especial na restauração de sua própria família, na restauração dos lares de seus familiares e discípulos; e que sua vida e liderança sejam uma fonte de inspiração para muitos.

APLICAÇÃO Tenha a certeza de que não haja nenhum argumento contrário à sua família. Mantenha uma vida de oração sensível à direção divina, de modo a que Deus lhe possa revelar qual é a necessidade de seu lar a fim de poder orar eficientemente MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 49


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

por ele.

AVALIAÇÃO Faça uma lista do que poderia considerar que seria um argumento contrário e estude qual seria o texto bíblico com o qual poderia anular tal argumento.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS É recomendável o método de conferência para desenvolver esta lição.

TAREFA Elabore uma lista dos membros de sua família que não são crentes. Identifique quais seriam os argumentos contrários que eles tenham. Você deve cancelá­los através da fé e decretar a salvação para sua família.

 QUESTIONÁRIO DE APOIO  1. Segundo a Palavra, qual foi i propósito de Deus ao estabelecer as Famílias?

2. Quais são os requisitos fundamentais que devem sobressair­se na vida de um líder, segundo Timóteo 3:1-7? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 3. Como posso permitir que Deus edifique minha casa, segundo Salmo 127? 4. De onde surgem os conflitos vividos dentro das famílias? __________________________________________________________ __________________________________________________________ MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 50


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

__________________________________________________________ 5. Segundo Isaías 61:4, como posso chegar a restaurar minha família? __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________ 6. Segundo Atos 26:18, explique para que somos comissionados por Deus: __________________________________________________________ __________________________________________________________ __________________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 51


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

1.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

VIDA ABUNDANTE – Lição 09 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

META DE ENSINO O aluno deve compreender como viver de acordo com o plano de Deus para sua vida.

INDICADORES Definirá o que é Vida Abundante. Explicará como pode alcançar a Vida Abundante. Explicará como viver a Vida Abundante.

FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA BÁSICA 3 João 2 FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA COMPLEMENTAR Efésios 2: 1 Atos 16:31 Gênesis 17: 1 Gênesis 14:22-23 Mateus 25: 20-24 João 10:19 Romanos 12: 2

TEXTO CHAVE: "Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera" (Efésios 3:20).

PROPÓSITO A vida abundante procede do interior para o exterior, do espiritual para o material, do invisível ao visível. Jesus ensinou que de nada vale ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma, e que o homem não poderá pagar resgate por sua alma. Com isto nos deixou claro que nenhum sucesso MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 52


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

material, por maior que seja, poderá igualar à riqueza espiritual que só pode vir de Deus.

A vida abundante é uma combinação de valores espirituais, morais e materiais. Não é o desejo de Deus que nos beneficiemos somente do espiritual, e que durante toda uma vida soframos quanto ao material. Pelo contrário, a obra redentora trouxe a restauração de tudo o que o homem perdeu por causa de seu pecado. Paulo disse que Jesus, sendo rico, se fez pobre, para que com Sua pobreza, nós fôssemos enriquecidos. 2 Coríntios 8:9. A vida abundante é que você possa gozar de boa saúde. "... e pelas Suas feridas fostes sarados" 1 Pedro2:24. A vida abundante é desfrutar da graça da salvação dada única e exclusivamente através de Jesus. Efésios 2: 1. "Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados". Mas também podemos dizer que a vida abundante é ver a salvação de nossa família; Paulo lhe disse ao carcereiro de Filipos: "Crê no Senhor Jesus Cristo e será salvo tu e tua casa". Atos 16:31.

VIDA ABUNDANTE Abundante: Vem do grego PERISSEIA:  Superabundar.  Plenitude.  Uma medida superabundante, algo acima do comum.

COMO ALCANÇÁ-LA? 1. DEPENDÊNCIA ABSOLUTA DE DEUS

Gênesis 17:1 Abraão conheceu Deus como "O Shadai", isto é, o Deus que o nutre ou supre de tudo o que ele necessita. Esta palavra hebréia significa: O = Todo­poderoso. Shad = Peito. Referindo­se ao peito da mãe; ou seja, assim como uma mãe nutre seu bebê, Deus nos nutre através de Sua força. Deus disse a Gideão: "Vai nesta tua força, e livra a Israel..." Juízes. 6: 14a. Deus havia suprido Gideão e a força dele era a própria força de Deus.

Abraão, Um Homem de Determinação

Gênesis 14:22-23. a. Abraão fez um pacto de dependência de Deus: que ele creria que Deus era sua única fonte de provisão. MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 53


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

b. Abraão sabia que as riquezas provinham da mão de Deus, por isso se tornou em um dos homens mais poderosos de sua época. Sua dependência de Deus era absoluta.

2. COLOCANDO EM ORDEM AS PRIORIDADES

Mateus 6:33. Deus quer que tenhamos uma completa dependência d’Ele, pois todo aquele que decide primeiramente enriquecer sua vida espiritual, Deus facilmente o abençoará com o material.

3. LIVRES DA AVAREZA

Salmo 62:10. A avareza significa: apego excessivo às riquezas. Deus quer a prosperidade para nós, mas quando já existe avareza, é impossível que Deus nos possa abençoar. A avareza é uma forma de idolatria.

4. SENDO FIÉIS MORDOMOS

Mateus 25:20-21(Ler Contexto). Se formos fiéis na administração dos recursos que Deus nos confiou, Ele poderá ir acrescentando às nossas vidas, maiores responsabilidades. O propósito dos talentos é: Que possam ser usados sabiamente. Que ousam ser multiplicados. Que sejam usados para glorificar a Deus. Devemos entender que Deus sempre honra àqueles que têm êxito no que Ihes cofiou; mas também envergonha aos que são temerosos e negligentes, pois por esta causa Deus Ihes tirará o pouco que Ihes havia dado, para dá­Io aos que prosperaram.

RECEBENDO A VIDA ABUNDANTE

João 10: 10. O oposto à vida abundante é o roubo, a morte e a destruição. Isto foi o que o pecado fez com cada um de nós: enganou­nos e seduziu­nos, para assim nos despojar de tudo, e a seguir levar­nos por caminhos de destruição e de morte. E por nos encontrarmos nesta condição, ignorávamos que pudesse existir uma vida tão maravilhosa como a que só pode ser encontrada em Jesus.

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 54


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

RENOVAR A MENTE

Romanos 12:2. O homem é a soma de seus pensamentos. Por este motivo devemos abrir nossa mente à revelação do Espírito, pois é Quem nos pode conduzir a novas conquistas. A mente renovada não permite os pensamentos de pobreza, miséria, ruína, frustração, fracasso, etc. Os pensamentos do diligente certamente tendem à abundância.

CONCLUSÃO Somente através da Cruz poderemos conquistar nossa vida abundante, pois cancelou todas as maldições e todos os argumentos que havia contra nós. causa devemos andar em renovação de mente.

AVALIAÇÃO Por meio da avaliação parcial podem 'ser verificados os indicadores propostos.

RECOMENDAÇÕES METODOLÓGICAS Explique os conteúdos do Desenvolvimento do Tema para esta aula, fazendo exercícios de memorização dos textos bíblicos utilizados. Podem ser usados fichas bibliográficas ou cartazes.

TAREFA O aluno deve memorizar completamente o fundamento bíblico desta aula.

APLICAÇÃO

Ler um livro que fale da renovação da mente. Ler todas as palavras que falem de abundância e reivindique-as para sua vida.

 QUESTIONÁRIO DE APOIO  1. Defina a palavra abundancia:

2. Como alcançar a vida abundante segundo: a. Gênesis 17:1________________________________________ b. Gênesis 14:22-23 ____________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 55


Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

3. Que ordem devo dar a todas as coisas, para ter uma vida abundante, segundo Mateus 6:33? ____________________________________________________ ____________________________________________________ ____________________________________________________ 4. O que é a avareza e como posso me libertar dela, segundo Salmo 62:10? ____________________________________________________ ____________________________________________________ ____________________________________________________ 5. Quem são os mordomos e quais são suas funções, segundo Mateus 25? ____________________________________________________ ____________________________________________________ ____________________________________________________ 6. Como posso receber a vida abundante, segundo João 10:10? ____________________________________________________ ____________________________________________________ ____________________________________________________

MTD - Escola de Multiplicadores / Nível 1 – SEMINÁRIO – Família.

Página 56

Apostila Nivel 1  

Apostila Nivel 1 Seminario Familia