Page 1

LinuxUser

Música Digital

Caixinha de música Buscas rápidas e festas animadas com o Yammi

Veja como o compacto e eficiente gerenciador de músicas Yammi, para o KDE, pode ser um substituto adequado para as tradicionais “jukeboxes”. por Frank Wieduwilt

O

Yammi [1] é um aplicativo capaz lar o código fonte. Quando a compilade gerenciar até mesmo a maior ção terminar, digite o comando su -c das coleções de MP3 com maes- "make install" e informe a senha de tria. Além disso, fornece aos usuários root para instalar o programa. Abra o uma arquitetura flexível que lhes per- Yammi digitando o comando yammi em mite expandir o programa com a ajuda uma janela do terminal. Se você usar de scripts e plugins. O site oficial do pro- o KDE, pode fugir do terminal: tecle grama só possui o código fonte da versão [Alt]+[F2], digite yammi na janela que mais recente, em um arquivo chamado aparece e clique em Executar. yammi-1.2.2.tar.gz. Você também vai precisar da biblioteca TagLib [2] e pacotes de desenvolvimento do XMMS [3], Noatun Quando você abre o programa pela primei[4] e GStreamer [5]. ra vez, ele pergunta em qual diretório deve Depois de instalar as bibliotecas e os procurar as músicas. O Yammi sabe lidar media players, descompacte o código com arquivos nos formatos MP3, OGG e fonte do Yammi digitando o comando: WAV (veja a figura 1). Pode demorar um tar -xzvf yammi-1.2.2.tar.gz em pouco para que o programa leia as inforum terminal, vá para o diretório criado mações de todas as músicas: em nossa durante a descompactação (cd yammi- máquina de testes, com um processador 1.2.2) e dê o comando ./configure de 1.2 GHZ, foram necessários pouco mais para criar os makefiles. Então, digite o de 2 minutos para importar cerca de 1000 comando make para começar a compi- músicas. O Yammi armazena as informações relativas a elas (título, artista, autor, gênero, número da faixa etc.) em um banco de dados no formato XML, em ~/.kde/ share/apps/yammi/songdb.xml. Depois de ler os dados da música, o Yammi mostra uma interface gráfica arrumadinha, com uma barra de ferramentas no topo da janela contendo um campo de busca e os controles de reprodução. A Figura 1: Indique o diretório onde o Yammi playlist (lista de reprodução) está localizadeve procurar suas músicas. da no canto superior esquerdo da janela, e

Deixe o som rolar!

88

janeiro 2006

edição 16 www.linuxmagazine.com.br

o Quick Browser logo abaixo mostra uma visão em árvore de todas as suas músicas organizadas de acordo com vários critérios, como artista, álbum, ano etc. A lista das faixas selecionadas ocupa a maior parte da janela do programa. Interessante notar que o Yammi, sozinho, não é capaz de tocar uma música. Para isso, ele depende de um player externo, que deve ser configurado no menu Settings | Configure Yammi | MediaPlayer. O autor descreve o suporte ao GStreamer como experimental, embora ele tenha funcionado bem em nossos testes. Nossas recomendações são: use o NoAtun ou o ArtsPlayer se você usar o ambiente de trabalho KDE, o GStreamer se você for usuário do GNOME e o bom e velho XMMS se algo der errado e tudo o mais falhar. Após escolher o seu media player, selecione uma das músicas de sua coleção e clique no botão Play para começar a tocar a música. Teclar [F1] abre o media player especificado nas preferências, [F2] pula para a próxima música, [F3] vai para a música anterior e [F4] para o reprodutor. O Yammi também tem um interessante recurso de reprodução aleatória. Mais ou menos como o iPod Shuffle, da Apple, ao montar a playlist ele seleciona as músicas aleatoriamente entre sua coleção, o que ajuda a desencavar aqueles “velhos


Música Digital

clássicos” que estavam esquecidos e empoeirados em um canto do seu HD. Por padrão, o programa sempre mostra a última e as quatro próximas músicas da playlist. Se você não quiser ouvir uma delas, selecione-a com um clique do mouse e tecle [F8] para tirá-la da lista.

Achados e perdidos Tecle [Esc] (ou clique no campo de busca no topo da janela) para buscar por uma música na sua coleção. Enquanto você digita, o programa mostra em tempo real os resultados que “batem” com o termo digitado. O sistema de busca usa lógica fuzzy e pode achar as músicas de uma banda chamada Housemartins mesmo se você digitar algo como Housemartins ou ausmatins. Os resultados são mostrados no painel direito da janela (figura 2), e os mais relevantes (com a porcentagem de relevância indicada) ficam no topo da lista. Teclar [F5] adiciona a música selecionada ao final da lista e [F6] a coloca como próxima a ser tocada. Você também pode dar um duplo-clique no nome da música para tocá-la imediatamente. O menu de contexto de uma música tem algumas opções que ajudam a selecionar mais músicas similares à seleção atual. O botão Search for similar... (procurar semelhantes) mostra uma lista com todas as músicas do mesmo artista, faixas que pertençam ao mesmo álbum ou canções com o mesmo nome. Todas as músicas já tocadas são marcadas em verde e a seleção atual em vermelho. Se você gosta de bancar o DJ, isso facilita a tarefa de ficar de olho naquela seleção que você fez. O Yammi também é capaz de tocar músicas em CDs que não estão na base de dados. Se você selecionar o item de menu Database | Scan for removable media..., o programa vai perguntar qual o caminho até o drive de CD e adicionar quaisquer músicas que encontrar no disco à base de dados. Se você quiser tocar uma dessas músicas mais tarde, o programa

LinuxUser

vai pedir para inserir o CD correspondente no drive.

Mantendo a casa arrumada Se precisar ler ou editar as informações (tags) de uma música, selecione-a na lista e tecle [I]. Surge uma janela em que se pode editar o Figura 2: O programa mostra as músicas que mais se aproximam artista, título, álbum e gê- do termo da busca, com as mais relevantes no topo da lista. nero da música. Ao mesmo tempo, o Yammi também mostra quando foi a última vez que essa para substituir uma “jukebox” em festas. música foi tocada. Essa informação não Uma segunda placa de som permite ouvir é armazenada na música em si, mas sim uma música enquanto outra é tocada, sem em uma base de dados separada. interrupções. Novamente, basta lembrar de três atalhos de teclado: [F9] toca o começo da música selecionada, [F10] toca Você pode personalizar o Yammi para o meio e [F11] o final. se adequar aos seus gostos ou expandir os recursos do programa com o uso de plugins. Por exemplo, se não gostar do O Yammi cumpre a promessa de ser simlayout padrão da playlist, pode alterá-lo ples e compacto. Os controles são bem prono menu Settings | Configure Yammi | jetados e seu uso por parte dos novatos é Playqueue Theme. O tema é um arquivo intuitivo. Um recurso de busca maduro HTML simples, que pode ser modificado ajuda o usuário a encontrar músicas que a seu gosto, desde que você tenha o co- não estão na playlist. E, acima de tudo, nhecimento necessário. ele é muito estável: usei-o todos os dias Plugins e scripts expandem os recur- durante vários meses sem que o programa sos do programa. O Yammi já vem com “capotasse” uma única vez sequer. Resualguns plugins para gravar CDs, em con- mindo, o Yammi é uma boa escolha para junto com o K3B, ou para criar capas quem se desanima com o excesso de recurpara seus CDs com o auxílio da ferra- sos em programas mais avançados como o menta Cdlabelgen [6]. Amarok [7], mas ainda precisam de algo Alguns plugins estão em Settings | Con- além de um simples media player. ■ figure Yammi | Plugins (um clique em PlaInformações ceholders mostra uma lista de opções para [1] Yammi homepage: yammi.sourceforge.net passagem de dados à programas externos.

Personalizando o Yammi

Conclusões

Os scripts inclusos com o Yammi são um bom ponto de partida se você quiser desenvolver os seus próprios.

[2] Taglib: developer.kde.org/~wheeler/taglib.html [3] Xmms: www.xmms.org [4] Noatun: noatun.kde.org

Festeiro Já que o Yammi pode ser inteiramente controlado pelo teclado e não tem problemas para acessar mídia removível como CDs e DVDs, é uma boa escolha

[5] Gstreamer: gstreamer.freedesktop.or/ [6] Cdlabelgen: www.aczoom.com/tools/cdinsert [7] Amarok: amarok.kde.org

janeiro 2006 www.linuxmagazine.com.br

edição 16

89

http://www.linuxmagazine.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM16_yammi  

http://www.linuxmagazine.com.br/images/uploads/pdf_aberto/LM16_yammi.pdf