Page 1

Nº 03

Criatividade nas as as da l ib e rdade

M ARÇO D E 2007

ENTREVISTA Cris tiane Jagm in

ANÁLISE

Pl ugin Voronoi

TUTO RIAL

Program ação Vis ual(m ódul o 3)

Ve ja tam b ém :

H Q "Vil a do O uro" Pixe lArt no GIM P H al lde im age ns GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

W W W .O GIM P.CO M .BR


Cre ative Com m ons

Atrib uição-Us o Não-Com e rcial -Com partil h am e nto pe l a m e sm a l ice nça 2.5 Bras il Você pode :

- copiar, dis tribuir, e xibir e e xe cutar a obra - criar obras de rivadas Sob as s e gu inte s condiçõe s :

Atribu ição. Você de ve dar crédito ao autor original , da form a

e s pe cificada pe l o autor ou l ice nciante .

Us o Não-Com e rcial . Você não pode util izar e s ta obra com

final idade s com e rciais .

Com partil h am e nto pe l a m e s m a Lice nça. Se você al te rar,

trans form ar, ou criar outra obra com bas e ne s ta, você s om e nte pode rá dis tribuir a obra re s ul tante s ob um a l ice nça idêntica a e s ta.

- Para cada novo us o ou dis tribuição, você de ve de ixar cl aro para outros os te rm os da l ice nça de s ta obra. - Qual q ue r um a de s tas condiçõe s pode m s e r re nunciadas , de s de q ue Você obte nh a pe rm is s ão do autor. Qual q ue r dire ito de us o l e gítim o (ou "fair us e ") conce dido por l e i, ou q ual q ue r outro dire ito prote gido pe l al e gis l ação l ocal , não s ão e m h ipóte s e al gum a afe tados pe l o dis pos to acim a. Es te é um s um ário para l e igos da Lice nça Jurídica (na ínte gra). Te rm o de e xone ração de re s pons abil idade

Condição da Atribu ição D E: "by" A Re produção do m ate rialcontido ne s te Fanzine é pe rm itido de s de q ue s e incl uam os créditos aos autore s e a fras e : “Re produzido do GIM PZ INE Nº3 – w w w .ogim p.com .br” e m l ocalvis íve l . O GIM PZ INE de cl ara não te r inte re s s e de proprie dade nas im age ns , os dire itos s obre as m e s m as pe rte nce m a s e us re s pe ctivos autore s /proprie tários . Es ta l ice nça não s e apl ica a ne nh um a im age m e xibida no zine , para util ização da m e s m a obte nh a autorização junto ao autor. GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


ED ITO RIAL

1º Edição de 2007

GIM PZ INE é u m a pu bl icação do s ite O Gim p!

Coorde nação:

C

h e gam os a um cons e ns o (ou não) s obre o l ayout, e l e foi s im pl ificado pe ns ando nos l e itore s q ue faze m im pre s s ão do m e s m o e tam bém para facil itar a l e itura, com m ais e s paçam e ntos o q ue aconte ce rá nas próxim as e diçõe s s e rão pe q ue nas al te raçõe s e m e l h orias . Que ro agrade ce r o de s igne r gráfico M auricio Cam pos (w w w .com m ode s ign.com ) q ue de u al gum as dicas para nos s o novo l ayout, e s pe ram os re ce be r m ais dicas e opiniõe s , s aibam q ue para faze rm os a re vis ta us am os Scribus , GIM P, Ink s cape e fonte s De jaVu.

Ande rs on Prado D iagram ação e Arte da capa: Ande rs on Prado Col aboradore s de s ta e dição: M ozart Couto, Guil h e rm e (Razgriz)

Novo bl oco na s e ção Cone xão com Le itor, para avis ar s obre e ve ntos de Softw are Livre no Bras il , s e você s abe de al gum , avis e -nos q ue publ icare m os na e dição do GIM PZ ine , m as ante s de e nviar s aiba q ue os l ançam e ntos das e diçõe s s ão próxim as as e s taçõe s do ano, nos m e s e s de M arço, Junh o, Se te m bro e De ze m bro. Então avis e com ante ce dência s e q uis e r ve r publ icado o e ve nto. Por fal ar nis to aconte ce rá o I Libre Graph ics M e e ting - Bras il s e rá um e ve nto com unitário de ntro do FISL 8.0 organizado pe l as com unidade s bras il e iras de GIM P, Ink s cape , Bl e nde r e Es tudio Livre , para divul ga-l as , divul gar a arte gráfica digital l ivre e trocar conh e cim e ntos e ntre nós e o públ ico do Forum Inte rnacionalde Softw are Livre . João Cal l igaris (Gw idion) s e rá o pal e s trante do Softw are Livre GIM P

CAPA - Brow n W al l O Conte údo as s inado, e as im age ns q ue o inte gram , s ão de inte ira re s pons abil idade de s e us re s pe ctivos autore s , não re pre s e ntado

O 8º Fórum Inte rnacionalSoftw are Livre aconte ce rá nos dias 12, 13 e 14 de Abrilde 2007 e m Porto Al e gre - RS. Para m ais inform açõe s vis ite o s ite h ttp://l gm .s oftw are l ivre .org/

ne ce s s ariam e nte a opinão do zine e de s e us re s pons áve is . Todos os dire itos s obre as im age ns s ão re s e rvados a s e us re s pe ctivos proprie tários .

Ne s ta e dição: 3 paginas da H Q - "Vil a do O uro"col orizada no GIM P , Entre vis ta com Cris tiane Jagm in ins trutora do GIM P da SISNEM A, Tutorias e tc.

O q u e é GIM P (GNU Im age M anipul ation Program ) com o s e u próprio nom e já diz, e l e é um program a de m anipul ação de im age ns e e s ta s ob os te rm os da l ice nça GNU (GPL).

Boa Le itura

Nota: Es te zine foi m ontado com o Scribus , um s oftw are ope ns ource de diagram ação. h ttp://w w w .s cribus .ne t

Ande rs on Prado (Ande O n) h ttp:\\w w w .ogim p.com .br

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


SUM ÁRIO CO NEXÃO CO M O LEITO R Avis os , corre çõe s , com e ntários ...

TUTO RIAL Program ação Vis ual(m ódul o 3)

D ICAS Lim ite s de cam adas e M odos de curs ore s de m ous e

TUTO RIAL Pixe lArt no GIM P (parte 2)

pág 17

pág 5

pág 20

pág 6

ANÁLISE Pl u gin Voronoi

H Q "VILA D O O URO " M ozart Couto

ENTREVISTA Cris tiane Jagm in

TUTO RIAL Facil itando as Cois as

pág 24

pág 7

H ALLD E IM AGENS Im age ns do Us uários GIM P

pág 28

pág 10

pág 13

SO BRE O S AUTO RES Ande rs on Prado (Ande O n) é m ante ne dor do s ite w w w .ogim p.com .br form ado e m te cnól ogia e m inform ática atua na áre a, e s cre ve tutoriais e contribui com im age ns para proje tos da com unidade l ivre nas h oras vagas . ande onbr-ogim p# yah oo.com .br

Gu il h e rm e (R azgriz) é Publ icitário (Dire tor de arte ) de s de 2002, s e ndo q ue util iza ape nas s oftw are l ivre no s e u am bie nte de trabal h o e re s idência, o m e s m o tam bém m inis tra curs os s obre e dição de im age ns /program ação vis ual al ém de q uando pos s ive l contribuir com a com unidade e s cre ve ndo artigos e docum e ntos dive rs os .

M ozart Cou to é q uadrinh is ta, il us trador e artis ta pl ás tico. Autodidata, atua profis s ional m e nte nas áre as citadas de s de 19 79 . Te m vários trabal h os publ icados no Bras il e e xte rior. H á três anos de s cobriu o m undo dos s oftw are s l ivre s e te m e s tudado e util izado e s pe cial m e nte o Gim p, pas s ando, s e m pre q ue é pos s íve l , s uas e xpe riências e m tutoriais . Para m ais de tal h e s s obre s ua obra. vis ite : w w w .m ozartcou to.com .br

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIALCO M LEITO R CO NEXÃO

Corre çõe s , Avis os , Cartas Qu e r pu bl icar s e u artigo na GIM PZ INE?

Eve ntos Softw are Livre :

Para contribuir ace s s e o s ite h ttp:\\w w w .ogim p.com .br vá no m e nu contato e e nvie o te xto com o Titul o de s e u artigo na m e ns age m , e s cre va um re s um o s obre o q ue s e trata s e u artigo. Se não e xis tir o te m a abordado e ninguém m ais e s tive r e s cre ve ndo s obre o m e s m o as s unto, você te m grande ch ance de s e u artigo s e r aprovado. No artigo de ve conte r o nom e do autor q ue pode s e r s ubs tituido pe l o nick nam e "ape l ido" , nom e da e m pre s a, proje to s e e s tive r re l acionado, e nde re ço de e m ail e /ou página. O te xto pre fe rim os q ue e nvie e m form ato .txt e cl aro q ue faça um a re vis ão gram atical as im age ns de ve m se r pre fe re ncial m e nte e m .PNG com no m ínim o 100 DPI, no te xto de ve h ave r o re fe re nciam e nto as im age ns para pode rm os al ocar corre tam e nte as im age ns no artigo. O arq uivo de te xto e a im age ns de ve m s e r com pactados e m único arq uivo q uando for e nviado. Agrade ce m os contribuiçõe s

de s de

s uas

I Libre Graph ics M e e ting Site : h ttp://l gm .s oftw are l ivre .org/ D ata: 12, 13 e 14 de Abrilde 2007 obs : O s e ve ntos de ve m s e r confirm ados com

se u s

ide al izadore s e fonte s , não s om os re s pons áve is pe l as inform açõe s ou cance l am e ntos de datas .

ER R AM O S! Edição nº 0 * Erros de português na úl tim a re s pos ta da página 11: Es s a foi a prim e ira ve z q ue um a talconve nça foi re al izada. Contribu ição: IR io

obs : O s

e rros

pu bl icados

aq u i im pl icam

na

corre ção das e diçõe s ante riore s . Ao re al izar o dow nl oad

do

m e s m o,

provave l m e nte

não

e ncontrará m ais o e rro. Exe m pl o gim pzine 1.2 s ignifica: Edição nº 1 - 2º (s e gu nda) corre ção.

futuras

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

5


D ICAS

Lim ite s d e cam ad as e

M od os d e cu rs ore s d e m ou s e Por M ozart Couto

Q

uando trabal h am os de s e nh ando, pintando ou trace jando, com as fe rram e ntas conh e cidas com o "Pince l "; ” Lápis ” ; "Ae rógrafo"; ” Tinta” ; “Borrach a” e al gum as outras , é im portante q ue de s abil ite m os o re curs o “Exibir Lim ite s de Cam adas ” ou, ao pas s ar o curs or na borda, be m no l im ite da im age m , e ul trapas s á-l a, a fe rram e nta q ue e s tá s e ndo us ada, m uda para a fe rram e nta “M ove r” , q ue de s l oca do fundo a im age m ativa, ou a cam ada atualcaus ando al guns trans tornos . Para de s abil itar e s s a função, o cam inh o é “M e nu > Vis u al izar> Exibir Lim ite s de Cam ada” , ou vá em “Caixa de Fe rram e ntas > Arq u ivo> Pre fe rências > Jane l as de Im age m > Aparências ” e de s abil ite a caixa Exibir Lim ite s de Cam adas para as próxim as ve ze s q ue iniciar o program a.

6

O pçõe s Curs ore s de M ous e

Para m el h orarm os a pe rform ance das fe rram e ntas de pintura, e m al guns cas os , e xigindo m e nos re curs os de m e m ória, e principal m e nte s e e s tam os util izando um a m e s a digital izadora, é m e l h or de ixar, com o na figura acim a, as configuraçõe s re fe re nte s à “Cu rs ore s de M ou s e ” . O cam inh o é “Caixa de Fe rram e ntas > Pre fe rências > Jane l as de Im age m ” .

ch e ck box Exibir Lim ite s de Cam adas

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL ANÁL ISE

Pl u gin Voronoi

Criand o Te xtu ras no GIM P Por Ande rs on Prado (Ande O n)

V

ocê q ue pre cis a us ar te xturas para us ar e m s e us obje tos fabricados e m program as e m 3D com o Bl e nde r, W ings 3D ou us a e m s uas im age ns 2D, m ontage ns para dar um ar de m aior re al idade ou ainda pre cis a de fundos para as s inaturas , W al l pape rs , Jogos . M as não te m h abil idade para criar com as fe rram e ntas diponíve is , s aiba q ue o e xis te inum e ros pl ugins q ue faze m e s te trabal h o no GIM P. Ne s ta anál is e e s col h e m os o Voronoi q ue forne ce um núm e ro razoáve lde opçõe s para re al izar e s ta função. O proce dim e nto para a ins tal ação é ir ao s ite : h ttp://re gis try.gim p.org/pl ugin?id=1426 e faze r o dow nl oad do pl ugin e col ocar o arq uivo .e xe na pas ta ..\GIM P-2.0\s h are \gim p\2.0\pl ugins \. ou ins tal ar com m ak e ins tal lno Linux. Exis te um outro m étodo q ue particul arm e nte e u adoto o us o (no W indow s ), bas ta ir no m e nu "Arq uivo" da jane l a "Fe rram e ntas " cam inh o abaixo: "Fe rram e ntas > Pre fe rências > Dire tórios > Pl ugins " aq ui você pode e s pe cificar outros dire tórios , por e xe m pl o, a pas ta onde você faz dow nl oads de s e us novos e xtras , is to s e rve tanto para pince is , te xturas , pl ugins , pal e tas , de gradés e tc.

Ve ja na figura abaixo:

Ao abrir a jane l a do pl ugin vai apre s e ntar inum e ras funçõe s , e xpl icare m os al gum as de l as .

A vantage m é q ue não m is tura os novos s cripts com os antigos , num a nova ins tal ação s e h ouve r incom patibil idade é s ó de s abil itar a pas ta e ficará m ais facilcontrol ar os arq uivos . ps : Ao indicar novo dire torio é ne ce s s ário abrir e fe ch ar o GIM P De pois de ins tal ar o pl ugin e l e apare ce no m e nu fil tros > Re nde rizar> Padrão> Voronoi.

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

7


TUTO RIAL ANÁL ISE Nas opçõe s "Graph ic O ptions " e "Ce l l s" e m "Grid Ge ne rations " Col oring m e th od: Cor da te xtura, pe rm ite se l e cionar e ntre Es cal a de Cinza ou De gradê. Ce l l type : É o tipo de form a q ue te m os a dis pos ição para a cél ul a q uadrado. triângul o e tc.

Nas opçõe s pode m os al te rar al e atorie dade .

Pode riam os criar varios tipos de te xturas com binando e m e s cl ando cam adas ou apl icando e fe itos com outra fe rram e ntas do GIM P. Ve ja as im age ns apre s e ntadas abaixo, foram fe itas ape nas us ando opçõe s do pl ugin:

"D e form ation" inte rl igaçõe s e

Nas opçõe s de "Vis u al ization" em "Qu antitie s Sh ow n" te m os opçõe s de Core s al e atorias , Dis tância e tc. M odificaçõe s na e xibição da te xtura, já e m "Scal e & Sh ift" pode m os de s l ocar e re s cal ar, ne s tas opçõe s te m os al te raçõe s brus cas , m udaças de form a e de com o a te xtura é apre s e ntada.

8

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL H Q " VILA do O URO "

Vil a d o O u ro

H Q Col orizad a no GIM P Por M ozart Couto

A

H Q "VILA do O U RO " é um a nove l a gráfica com 144 páginas q ue e s tá e m produção e s e rá dis poni-bil izada na inte rne t bre ve m e nte , s e ndo q ue o GIM PZ ine publ icará as prim e iras 20 páginas . Es s as foram col orizadas no Gim p. Portanto é a prim e ira h is tória e m q uadrinh os fe ita no Bras il onde e s s e program a foi us ado para re toq ue s no acabam e nto, e dição e core s . A h is tória s e pas s a na antiga "Capitania de São Paul o e das M inas do O uro".

Bas e ada nos cos tum e s do povo do l ocale m m e ados do Séc. XVIII, q uando a popul ação ul trapas s ou os 600 m ilh abitante s , e nq uanto toda a popul ação do Bras ile de Portugalnão pas s ava de 4 m il h õe s . Através de pe rs onage ns e nvol ve nte s o l e itor pode rá acom panh ar um a "H Q" dife re nte , abordando o Bras il num a época e re gião cons ide radas por m uitos h is toriadore s com o bas il ar para nos s a cul tura e s ocie dade .

Páginas 3,4,5 GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

9


TUTO RIAL H Q " VILA do O URO "

10

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL H Q " VILA do O URO "

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

11


TUTO RIAL H Q " VILA do O URO "

12

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


ENTREV TUTO RIAL ISTA

Entre vis tam os

Cris tiane Jagm in Ins tru tora GIM P Por Ande rs on Prado (Ande O n)

GIM PZ INE - Qu als u a form ação? Cris tiane Jagm in - Na época q ue inicie i na áre a, is s o h á 10 anos atrás , e u curs ava Publ icidade e Propaganda e fal tava pouco para m e form ar, m as acabe i trancando para de dicar m e us e s tudos a áre a W e b q ue não pos s uía curs os apropriados para q ue m de s e jas s e trabal h ar e m criação de s ite s . Pos s o dize r q ue m inh a form ação s e m pre foi m ais focada e m Publ icidade o q ue te m m uito a ve r com criar s ite s e e s te s e m pre foi o m e u norte q uando ate ndia aos cl ie nte s , al ém dis s o pos s uo curs os de M acrom e dia Fire w ork s , Dre am w e ave r, Fl as h , Core l e Ph otos h op te ndo s ido por dois anos ins trutora de curs os oficiais M acrom e dia Fire w ork s , Dre am w e ave r e Fl as h . GIM PZ INE - A q u anto te m po você m inis tra cu rs os de inform ática? Cris tiane Jagm in - Já faze m 7 anos q ue e s tou m inis trando curs os na áre a e 10 anos atuando com o w e bde s igne r.

GIM PZ INE - Sobre q u ais s oftw are s l ivre s , s e ja gráfico ou não, você m inis trou cu rs os ou pal e s tras ? Cris tiane Jagm in - Softw are s l ivre s com o o Gim p, s om e nte e l e m e s m o m as s e m pre foq ue i m e us curs os e pal e s tras e m s ol uçõe s q ue al ém de traze r o re torno aos us uários tam bém pos s uís se m cus to ze ro o q ue s ignifica e ns inar s obre e trabal h ar com s oftw are s q ue m uitas ve ze s não s ão O pe nSource . GIM PZ INE - Com o foi q u e s u rgiu s e u inte re s s e por program as gráficos em particu l ar o GIM P ? Cris tiane Jagm in - A prim e ira ve z q ue tive contato com um s oftw are de e dição gráfica o nos s o conh e cido Ph otos h op foi e m 19 9 5 q uando adq uiri o m eu prim e iro s canne r e l e vinh a com um Ph otos h op LE e já e ra cons agrado pe l os fotógrafos da época. Daí para us ar o Gim p aconte ce u de form a natural q uando s e bus ca aprim orar o conh e cim e nto vam os atrás de program as q ue s e jam tão bons q uanto o q ue já us am os m as q ue por um m otivo ou outro GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

Cris tiane Jagm in é W e bde s igne r de s de 19 9 7 e pos s ui form ação incom pl e ta em Publ icidade e Propaganda. Criou os curs os de W e bde s igne r (s ão 5 m ódul os ) de um dos m ais conce ituados Ce ntros de Tre inam e nto do Sul do país a e m pre s a SISNEM A Inform ática onde atual m e nte trabal ha com o ins trutora fre e -l ance r. Pos s ui s ite s criados no Bras il e e xte rior com o NY e M iam i. Pal e s trante em e s col as e e ve ntos onde fal a s obre Softw are O pe ns ource com o o Gim p, M e rcado de Trabal h o, Re de s e Ce rtificação na áre a de TI. e m ail : cris # s tudiode s s .com s ite : w w w .s tudiode s s .com

e s tão de ixando a de s e jar. No cas o do Gim p al ém da opção de cus to q ue m e atraiu m uito e xis tia aq ue l a inform ação de e l e s e ria um a opção ao Ph otos h op e ainda por cim a fre e e ntão procure i m ais inform açõe s s obre com o ins tal á-l o e l á e s tava el e pronto para se r de s cobe rto.

13


ENTREVISTA GIM PZ INE - Qu anto te m po de m orou para as s im il ar o GIM P? Cris tiane Jagm in - Be m pra s e r s ince ra bas tante te m po. Se ndo e u um a cria do W indow s e s tava h abituada as jane l as q ue abriam e dis ponibil izavam e m um s ó am bie nte as fe rram e ntas ne ce s s árias para e dição e criação de im age ns e ne s s e q ue s ito o Gim p m e ch ocou bas tante no início. Se h abituar a trabal h ar de form a dife re nciada com o program a abe rto no de s k top foi m uito e s tranh o e várias te ntativas de adaptação a fre nte , final m e nte de s cobri q ue e ra s om e nte um a form a dife re nte de organização do am bie nte de trabal ho e procure i focar as s im no q ue o produto pode ria ofe re ce r com o dife re nciale opção aos us uários de e dição de Im age ns e ol h a q ue te s te i m uitos outros program as até final m e nte m e re nde r aos e ncantos do Gim p. GIM PZ INE - Com o foi q u e fe z a introdu ção do GIM P de ntro dos cu rs os ? Cris tiane Jagm in - De pois de e s tar dom inando o Gim p e is s o s ignificava tam bém te l o e m ve rs ão e s táve l para W indow s já q ue as m áq uinas da e m pre s a q ue e u trabal h ava rodavam ne s te s is te m a ope racional e os al unos tinh am W indow s e m cas a e s ta introdução foi natural . Quando te m os ce rte za da q ual idade e re curs os

14

ofe re cidos por um s ofw are , m e sm o e l e s e ndo O pe ns ource , e s ta trans ição é tranq uil a porq ue o program a dá e s ta tranq uil idade de pode rm os faze r o q ue de s e jarm os com e l e.

com o os níve is de U ndo, cus tom ização da áre a de trabal h o, criação de atal h os dinâm icos , us o das fe rram e ntas , ge re nciam e nto das jane l as , trabal h o árduo com l aye rs onde bato m ais forte , anim ação e fil tros . É um curs o com pl e to q ue proporciona ao al uno continuar e s tudando pos te riorm e nte para aprim orar os conh e cim e ntos do Gim p. GIM PZ INE Sabe m os q u e o GIM P pas s a de s pe rce bido m u itas ve ze s , ainda m ais por iniciante s . O s al u nos as s im il am e ace itam be m o Program a? Exis te pre conce ito?

Figura 1: Exe rcicios com pl e m e ntare s do curs o, criado por Cris tiane

GIM PZ INE - Você de s cobriu ou tras apl icaçõe s al ém do q u e tinh a pre vis to inicial m e nte ? Na re al idade gos taria e u m e s m a de te r te s tado os re curs os avançados de anim ação com o us o do GAP, m as por abs ol uta fal ta de te m po e s tou m e de ve ndo e s ta parte do Gim p. GIM PZ INE - Qu ais os principais re cu rs os abordados de ntro dos cu rs o(s ) q u e te m o tópico GIM P ? Cris tiane Jagm in - São 20 h oras de curs o onde com e ço e ns inando de s de cuidados na ins tal ação do Gim p, al gum as opçõe s das pre fe rências pois s ão m uitas

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

Cris tiane Jagm in - Quando se pos s ui um program a com o o Gim p para trabal h ar e com provar os s e us re curs os ao vivo e a core s não e xis te pre conce ito ou s e ja el e s us am o produto e com provam e l e s m e s m os o q uanto é bom e os níve is de ace itação do m e s m o s ão e xce l e nte s . O pre conce ito s e é q ue pode m os ch am ar, e xis te e m al guns m om e ntos m as pas m e pe l os al unos q ue já us am o Ph otos h op, e ntão e u não cons ide ro pre conce ito, m as um a afirm ação do q ue fal o s e m pre para e l e s , q ue o Gim p é e m m uito s e m e l h ante ao Ph otos h op, q ue pos s ui os m e s m os re curs os e q ue não atrapal h a em nada o pos te rior de s e jo ou ne ce s s idade de trabal h ar com o Ph otos h op. O q ue ouço de l e s é q ue já


ENTREV TUTO RIAL ISTA l ocal q ue tinh a curs o de GIM P e ra aq ui e m Porto Al e gre , s e ndo q ue tive al unos de fora com o Bras íl ia por e xe m pl o q ue vie ram faze r o curs o aq ui por não e xis tir ou não s e r divul gado o curs o e m outros l ocais . Exis tir um curs o de Ink s cape por e xe m pl o s e ria um a ótim a opção aos us uários de Core l , as s im com o o Bl e nde r na criação de im age ns 3D. Figura 2: Exe rcicios com pl e m e ntare s do curs o, criado por Cris tiane

conh e ciam e s ta fe rram e nta ou e s te re curs o q ue o Gim p te m , m as conh e ciam do Ph otos h op o q ue s e ria um el ogio e a com provação do q ue fal o nos curs os e pal e s tras q ue dou. GIM PZ INE - Qu al o im pacto dos al u nos s abe re m q u e o m e s m o pode s e r m odificado, dis tribu ído l ivre m e nte e q u e é m antido pe l a com u nidade ? E q u e s e q u is e re m pode m contribu ir tam bém ? Cris tiane Jagm in - A curios idade e m s abe r de q ue form a pode s e r fe ito, is s o e xis te m as m uitas ve ze s não pros s e gue pe l a fal ta de inform açõe s m ais cl aras a re s pe ito de com o e l e s pode riam contribuir e tam bém te m os aq ue l a parce l a de pe s s oas q ue ach a is s o be m l e gal , m as não te m ne ce s s idade de bus car m ais inform açõe s , s im pl e s m e nte porq ue o Gim p já te m m uito com o q ue e l e s pre cis am e s tudar.

GIM PZ INE - Após o cu rs o você te m notícias de al u nos q u e u s am GIM P de form a m ais inte ns a, s e ja profis s ional ou participando da com u nidade ? Infe l izm e nte não te nh o e s te contato com e l e s , m as nos curs os s e m pre dou s uge s tõe s de s ite s com o o próprio O GIM P onde e l es pode m bus car m ais inform açõe s e m e s m o e ntrar e m contato com m ais pe s s oas inte re s s adas no us o do Gim p. GIM PZ INE - Você te m conh e cim e nto de ou tros l u gare s q u e introdu ze m o GIM P ou ou tros s oftw are l ivre s com o Bl e nde r, Ink s cape , Scribu s e tc. e m cu rs os , s e ja no s e u e s tado ou no Bras il ? Infe l izm e nte não, o q ue m e de ixa m uito tris te pe l a capacidade q ue e s te s program as pos s ue m e no Bras il até pouco te m po atrás o único

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

GIM PZ INE El es s ão pou co difu ndidos ? O q u e pode ríam os faze r para m el h orar is to? Afinals ão program as que pou cos profis s ionais gráficos ou e s túdios conh e ce m e pode ria se r um a opção viáve l . Es ta é um a ótim a pe rgunta e ne s te s e ntido pos s o dize r e s tou procurando faze r a m inh a parte difundindo e ntre os al unos dos curs os e nas pal e s tras , q ue s im é pos s íve l trabal h ar com program as O pe ns ource . Gos taria de te r m ais te m po para e s tudar os outros program as citados e criar m ais curs os ne s ta áre a e as s im contribuir m ais com a com unidade . GIM PZ INE - Você te ria s u ge s tõe s para m e l h orar ou adicionar al gu m a fu nção no GIM P? Ah , s im , m e s m o te ndo m e h abituado ao trabal h o com as jane l as s e paradas ainda

15


ENTREVISTA pre firo o s is te m a de us ar o program a de ntro de um a s ó áre a de trabal h o. Para q ue m te m um a vida m uito agitada com m uitos proje tos para criar e s ta facil idade viria e m boa h ora. GIM PZ INE - O q u e você ach ou s obre a iniciativa do GIM PZ INE ? O Gim pzine s aiu do l ugar com um dos s ite s s obre o Gim p criando a Re vis ta Gim pzine proporcionando as s im um a outra form a de s e r l ida. Parabéns pe l a iniciativa e pe l o e nvol vim e nto no Proje to q ue e u s e i de ve traze r m uito trabal h o m as ao m e s m o te m po proporcionar um a s atis fação pe s s oale m trabal h ar e m al go q ue acre ditam os . Que m s abe o próxim o pas s o s e ja a criação de um Podcas t de ntro do Gim pzine .

"Faze r de m ons traçõe s s im pl e s para u m program a tão robu s to q u anto e l e não traz be ne fícios e s im pre ju dica a pou ca divu l gação q u e te m os de l e" q ue m de s e jar util izar, s e ja um ou vinte al unos e is s o é fantás tico porq ue não de ixa a de s e jar a ne nh um outro s oftw are da s ua cate goria. Tam bém gos taria de ch am ar a ate nção das pe s s oas q ue fal am s obre o Gim p e m

pal e s tras é q ue e l as foq ue m e m de m ons trar opçõe s m ais avançadas do program a e m de te rm inados tipos de e ve nto onde s e s abe q ue o níve l das pe s s oas inte re s s adas é m aior e e l as e s tão al i para de cidir e ntre ins tal ar ou não aq ue l e program a e com e çar a us ál o de form a profis s ional . Faze r de m ons traçõe s s im pl e s para um program a tão robus to q uanto e l e não traz be ne fícios e s im pre judica a pouca divul gação q ue te m os de l e .

GIM PZ INE - Fiq u e l ivre para e xpor o q u e q u is e r. Se m pre q ue fal o em pal e s tras e e m s al a de aul a s obre o Gim p cos tum o e num e rar as q ual idade s e obviam e nte os de fe itos do produto pois e s te s m e s m o o Ph otos h op pos s ui m as um a das m aiore s q ual idade s q ue o Gim p pos s ui é a capacidade de l e varm os a q ual q ue r pe s s oa inte re s s ada e m trabal h ar com Program as de Edição de im age m e s ta pos s ibil idade . Você ins tal a e m um l aboratório de um a e s col a por e xe m pl o e el e e s tá a dis pos ição de

16

Figura 3: Exe rcicio com pl e m e ntare s do curs o, criado por Cris tiane

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL

Program ação Vis u al ( M ód u l o 3) Por Guil h e rm e (Razgriz)

N

e s te m ódul o ve re m os com o us ar e dição de im age ns com ce rta re s pons abil idade na publ icidade e m s i. Tam bém ve re m os q ue as re gras foram fe itas para s e re m q ue bradas (pe l o m e nos para nós da criação), porém com bom s e ns o. M uito s e fal a do confl ito "Ate ndim e nto vs Criação". Aq ui na "com unidade " (s im , e ntre as pas , já q ue na m inh a opinião não e xis te com unidade de s oftw are l ivre ou q ual q ue r outra, e s s e pe ns am e nto utópico de ve ria s e r e xtinto na cabe ça das m e nte s não al ie nadas , porém adorno e s te ja e rrado, =[ já q ue todos nós faze m os parte da m as s a e s om os control ados por al gum a ins tituição q ual q ue r ou até m e s m o por um jogo de inte re s s e s ). Então vam os agir de acordo com e s s as dire trize s , ou s e ja: NÃO e xis te m re gras e q ue ve nça o m ais be m pre parado no m e rcado de trabal h o, is s o s ignifica q ue você não de ve contar com a ajuda de ninguém , a m e nos q ue am bos de s e je m o m e s m o obje tivo e pos s am cum prir a m e ta al m e jada JU NTO S. Is to é pe ça ch ave para você daq ui para a fre nte : Se al guém q ue te m al gum cargo m aior do q ue o s e u com e te r um e rro cras s o na s ua fre nte , não pe ns e e m e s m agá-l o, a m e nos q ue e l e m e re ça, agora l e m bre -s e q ue com e te r o e rro duas ve ze s é burrice .

por um e rro q ue VO CÊ com e te u ou pe l a tua total INCO M PETÊNCIA, é pre cis o te r a h um il dade e grande za de s abe r pe dir ajuda de ve z e nq uando. Não s e ja arrogante com o cl ie nte , a m e nos q ue e l e M EREÇA (e m uito). Saiba re conh e ce r os s e us próprios e rros ante s de criticar al guém . PARE de re cl am ar do q ue você te m para trabal h ar (s oftw are e h ardw are ). O s oftw are VO CÊ M ESM O ESCO LH EU (no cas o do s oftw are l ivre cl aro, s e te forçare m a us ar o outro a cul pa é de l e s ), afinal o s oftw are ape nas faz o q ue você m anda, e ntão não o cul pe pe na s ua incom pe tência. Se você não s abe , PRO CU RE apre nde r. Supondo q ue você já te nh a os s oftw are s ins tal ados (o nos s o "am igo" GIM P, os s e us de de s e nh o ve torial , 3D e o q ue m ais for) vam os pros s e guir.

M u nição: "U m fotógrafo na h ora ce rta, com a l e nte ce rta, câm e ra ce rta, s e m o fil m e não é NADA." Supondo q ue você não te nh a um bom e s toq ue de brus h e s , fonte s e por aí vai, vou pas s ar al gum as fonte s m inh as para você s e "arm ar".

Se o cl ie nte não te de r l ibe rdade para criar, acons e l h o você a não as s inar o trabal ho ape s ar de e xe cutar. NÃO adianta você q ue re r cul par o s oftw are

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

17


TUTO RIAL Fonte s :

e s cal abil idade da m e s m a.

* DaFont.com : s ite francês m uito bom , te m q uas e de tudo);

M as aí e ntra um a das m inh as dire trize s favoritas : al gum as ve ze s você pode e DEVE arris car-s e a q ue brar (ou pe l o m e nos te ntar) e s ta pe q ue na re gra s obre criação de l ogom arca.

* Fonte s Grátis .com .br (s ó os banne rs q ue s ão ch atos , m as é m uito bom ); * Ne tFonte s .com .br (razoáve l , m as m e io m ais ou m e nos );

Vam os aq ui m os trar um e xe m pl o viáve l , m as proporcional m e nte m e nor, já q ue o nos s o e s paço aq ui é re l ativam e nte l im itado (fís ico).

*Abs tractFonts .com (o nom e já diz...); * 1001Fre e Fonts .com (te m al gum as cois as be m originais , m as te m q ue te r paciência pra procurar). Pincéis (bru s h e s ): * De viantArt.com (no cam po de bus ca, digite "gim p brus h e s ", é pos s íve le ncontrar fonte s l á tam bém ). Stock s (im age ns com dire itos de us o l ivre para us ar e m trabal h os e cois as do gêne ro s e m dor de cabe ça): *SXC.h u (incríve l , um dos m e l h ore s ); * De viantArt.com (digite "s tock s " no cam po de bus ca e não e s q ue ça de ve r a l ice nça de us o da im age m ).

Vam os com e çar criando um a im age m nova no GIM P com tam anh o de 1000x1000 pixe l s, l e m bre -s e q ue pixe lnão é iguala ce ntím e tro! Com o norm al m e nte um a l ogom arca é "anim ada" (de s e nh o, il us tração e tc) e praticam e nte nunca um a im age m é "s ól ida", de ve m os te r um pouco m ais de cuidado, pode m os s im faze r o us o de brus h e s , porém q uando faze m os is to na total idade do trabal ho (ou s e ja, ape nas us ando e s te re curs o), provave l m e nte te re m os um re s ul tado re l ativam e nte próxim o e m e xe cução ao trabal h o com ve torial . Aq ui nós te m os um e xe m pl o de um a l ogom arca fe ita ape nas com brus h e s . O bviam e nte q ue o "cl ie nte " ne s te cas o s ou e u m e s m o=].

M uito be m , já te m outros artigos m e us e xpl icando com o você col oca os pincéis e as fonte s no GIM P, cas o você pre cis e de l e s: *h ttp://vivaol inux.com .br/~ razgriz/artigos

M uito be m , vam os e m fre nte .

H oje nós vam os criar: Diz um a dire triz da publ icidade , program ação vis ual e de s ign q ue você obrigatoriam e nte de ve criar um a l ogo TO TALM ENTE VETO RIZ ADA, s ob pe na de se r um pe s ade l o para am pl iação

18

Logom arca (us e o zoom no pdf im age m e m al ta re s ol ução)

e

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL Vam os dar um a pe q ue na paus a no as s unto para q ue e u pos s a e xpl icar com o ch e gue i no re s ul tado vis to ante riorm e nte .

Aq ui pode m os acom panh ar o proce dim e nto de confe cção do e xe m pl o:

Apl iq ue i o pince l e s col h ido na im age m , de pois copie i e col e i o m e s m o com o um a nova cam ada. Fe ito is s o inve rti os l ados de s ta nova cam ada e apl iq ue i o e fe ito "Val or". De pois dupl iq ue i a cam ada do re s ul tado e apl iq ue i na m e s m a o e fe ito "M ul tipl icar", para aum e ntar o pre to com o tonal idade . O te xto é um a fonte m odificada, bas tou e s cre ve r por cim a da figura. Vol tando ao nos s o as s unto, a l ogom arca não pode s e r um a com pos ição de brus h e s a "e s m o". Você q ue r dize r al gum a cois a re l ativam e nte ÓBVIA e não criar um a obra de arte s urre al is ta q ue de ixe o pos s íve l cons um idor do s e u cl ie nte te ntando adivinh ar q ualo s e rviço e /ou produto q ue a e m pre s a do m e s m o provê. M as is to não q ue r dize r q ue você não pos s a criar um a com pos ição para a l ogom arca, is to ape nas diz q ue : "Você de ve s abe r o q ue faz e dar s e ntido a m e s m a de um a form a q ue fiq ue fácil para o cons um idor final e o próprio cl ie nte e nte nde re m a m e ns age m q ue e l a trans m ite ." É ade q uado m e ncionar q ue não é ne ce s s ário o pre e nch im e nto de toda a áre a útilda im age m bas e , faça-o ape nas s e no s e u proje to is s o for pe rtine nte .

Proce dim e nto de confe cção de e xe m pl o (us e o zoom no pdf im age m e m al ta re s ol ução)

O e xe m pl o acim a foi confe cs ionado ape nas us ando a m e s m a fonte para todas as l e tras e m tam anh os dife re nte s , com um a cam ada apl icada s obre as m e s m as ( s e ndo q ue e s ta cam ada l e va os e fe itos vis uais do trabal h o. ) com o e fe ito de cam ada "dife re nça".

por fim : Ne s ta pe q ue na s érie vim os o BÁSICO s obre program ação vis ualacre s cido da m inh a vis ão s obre o as s unto.

Se gue um e xe m pl o:

e xe m pl o (us e o zoom no pdf im age m e m al ta re s ol ução)

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

19


TUTO RIAL

Pixe lArt no GIM P Criand o u m e xe m pl o Por Ande rs on Prado (Ande O n)

C

ontinuando o artigo ante rior s obre Pixe l Art! M uitos ficaram com dúvidas com o proce de r, m as foi e xpl icado q ue a técnica é pixe l a pixe l ou s e ja ponto a ponto, e ntão q ual a dúvida? Bas ta praticar! Le m bre -s e q ue e xis te m tutorias no s ite w w w .ogim p.com .br

al gum as bibl iote cas re s pe ctivos s ite s . U s e m ais inform açõe s .

de jogos e s e us o googl e para bus car

Ak um ajyou Dracul a X - Ch i no Rondo (J) - Rondo of Bl ood (U S) do s audos o PCE (PC Engine )

q ue pode m auxil iar na criação de Pixe lArt. H oje o m aior probl e m a para criar jogos é a fal ta de artis tas principal m e nte e m jogos l ivre s al guns program adore s acabam as s um indo e s ta função, e ntão de pois de praticar te nte contribuir com al gum proje to. Já q ue re ce bi pe didos s obre m ais inform açõe s s obre pixe lpara jogos a m e s m a q ue ire m os criar vai s e r incorporada num pe q ue no código no Pygam e . "Com o as s im ?" Vam os ape nas e xibir a im age m não e ntrare m os e m de tal h e s, pois e s tam os trabal h ando com e ditor de im age ns e não program ação ire i apre s e ntar

20

Ante s de com e çar vou m os trar os tipos de pontos m ais com uns . Ve ja e s te e xe m pl o:

A re gra é ao apl icar a l inh a o obje to te m q ue ficar uniform e ou com as pe cto agradáve l . Pois ne m s e m pre o m e s m o s e rá as s im étrico im agine s e for faze r um a roch a ou obje tos im pe rfe itos , e l e s não te m form as re gul are s , não é m e s m o!

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL Para continuar com nos s o artigo e xpl icare i com o criar um a im age m s e guindo a ris ca a re gra dos artis tas puritanos , já h avíam os configurado al gum as fe rram e ntas no artigo ante rior com o o l ápis , borrach a, pre e nch im e nto l im itando o antial ias ing. Agora vam os e l im inar de finitivam e nte e s ta pre ocupação conve rte ndo a im age m com o inde xada. Porém el a anul a dive rs as funçõe s das fe rram e ntas core s e fil tros , im age ns gifs s ão inde xadas por is to não é pos s ive l re al izar ce rtas m odificaçõe s ne l as , pois a e l a us a um núm e ro l im itado de core s q ue vai pode ir de 1 até 256 core s pos s íve is .

Agora vam os l im itar o GIM P (Só trabal h ará com as core s do m apa) vá na opção "Im age m > M odo > Inde xado" e s col h a o opção us ar pal e ta pre to e m branco (1 Bit).

Configu ração: Crie um a im age m com as m e didas 32x32 Px

Al guns dirão porq ue não us ar pal e ta pe rs onal izada, m as vam os ve r a vantage m de us ar de s ta m ane ira. Ve ja a jane l a de m apa de core s s urgirão 2 core s pre to e branco ou s e ja s ó pode rm os us ar e s tas duas core s , por e nq uanto. Note q ue pode m os e ditar ou ins e rir outras core s , de finiu um a cor do obje to com o por e xe m pl o o ve rm e l h o e q ue r s ubs tituir para azul , bas ta e ditar o índice da cor e toda a Na barra de fe rram e ntas va e m "D iál ogos > M apa de Core s ", tam bém pode adicionar com aba (l e ia o Gim pZ ine nº 2 D ica: pe rs onal izando a inte rface do GIM P).

pintura s e rá s ubs tituida. Is to agil iza e m uito nos s o trabal h o na im age m . Agora viu porq ue não us am os a pal e ta, Sim , pode m os com binar as 2 fe rram e ntas e xpe rim e nte criar um a pal e ta faça a pintura com as core s de l a e de pois m ande inde xar com a pal e ta q ue

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

21


TUTO RIAL criou, as s im pode rá al te rar pe l o m apa de core s . Le m bre -s e o m apa de core s s ó trabal ha com core s inde xadas . Você pode al te rnar e ntre o m odo RGB e inde xado ge ral m e nte e u faço a im age m no m odo inde xado vol to ao RGB e apl ico al guns e fe itos com ajuda de fe rram e ntas de s e l e ção ou até m e s m o um de gradé pe rs onal izado. O Pixe lpode s e r fe ito dire to no m odo RGB auxil iado por um a pal e ta ou não. De s cubra a m el h or m ane ira de trabal h ar, já q ue is to não é re gra.

Criando: Crie a bas e da im age m de s e nh ado com o l ápis com pince lcircl e (01), não te m s e gre do é s ó traçar e us ar a fe rram e nta de pre e nch im e nto. Ve ja q ue col oq ue i no e xe m pl o as e tapas de form a be m ace l e rada. Note q ue us am os um a q uantidade razoáve lde core s ce rca de 10 a 15 pois o e fe ito de l as garante um trabal ho m ais bonito. Ve ja o m ode l o final de icone s de pois de al te rar pe l o m apa.

Program ando: Ve jam os as fe rram e ntas l ivre s q ue s e l e cione i para criação de jogos s e e u de ixe i al gum a de fora m e pe rdoe m . Sim pl e Dire ctM e dia Laye r (SDL) é um a bibl iote ca m ul tim ídia e m ul tipl ataform a e s crita e m C (m as dire tam e nte com patíve l com C+ + e pos s ui inte rface s para outras l inguage ns de program ação, com o Ada, Eiffe l , Java, Lua, M L, Pe rl , PH P, Pik e , Pyth on, e Ruby), q ue cria um a abs tração e m várias pl ataform as de gráficos , s ons , e e ntrada de APIs , tornando pos s íve lao program ador e s cre ve r um jogo de com putador ou outra apl icação m ul tim e dia já q ue e l a pode rodar e m GNU /Linux, W indow s , M ac O S Cl as s ic, M ac O S X, Be O S, Fre e BSD, O pe nBSD, Sol aris , QNX, IRIX, e m uitas outras pl ataform as não oficial m e nte s uportadas . El a ge re ncia vide o, e ve ntos , audio digital , CDRO M , s om , th re ads , proce s s am e nto de obje tos com partil h ados , re de e te m po. h ttp://w w w .l ibs dl .org O Al l e gro é um a bibl iote ca e s crita em C/C+ + criada para us o e m program ação de jogos . É atual m e nte us ada por m uitas pe s s oas para cons trução de jogos e m 2D. Sua grande vantage m e s tá na al ta portabil idade para dive rs os Sis te m as O pe racionais com o DO S, U nix (Linux, Fre e BSD, Irix, Sol aris , Darw in), W indow s , QNX, Be O S and M acO S X e l a pe rm ite us o das APIs gráficas do Dire ctX ou O pe nGLpara a parte gráfica da program ação. h ttp://al l e g.s ource forge .ne t O cl anl ib trata-s e de um k it de de s e nvol vim e nto de níve l m édio. Em s e u níve l m ais baixo, proporciona o de s e nvol vim e nto de jogos inde pe nde nte m e nte da pl ataform a (e tudo o q ue for pos s íve l faze r e m C+ + ), garantindo a inte ração com víde o, s om , e ntrada, re de , arq uivos e e tc. h ttp://cl anl ib.org/

22

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL # !/u s r/bin/e nv pyth on

Crys tal Space k it para criação de jogos 3D, de s e nvol vido e m C+ + . Suporta s prite s 3D, l uz col orida, s upe rfície s re fl e ctivas , trans parências , e s pe l h os , te xturas , partícul as , névoa vol um étrica, s cripts e m uito m ais . Suporta vide o 32-bit e 16-bit, ope nGL e outros re nde rizadore s . h ttp://w w w .crys tal s pace 3d.org/ PLIB a bibl iote ca foi e s crita para os program adore s de gam e s e de outras apl icaçõe s inte rativas crias s e m apl icaçõe s q ue aprove itas s e m os re curs os do h ardw are e do s is te m a ope racional dos us uários e m 100%. Incl ui um e ngine 3D com pl e to, e fe itos de s ons , m ús icas , dive rs os util itários um a bibl iote ca m ate m ática. h ttp://pl ib.s ource forge .ne t/ Pygam e é um a bibl iote ca m ul tipl ataform a fe ita para s e r util izada com a l inguage m de program ação Pyth on. El a é cons truída s obre a SDLpor Pe te Sh inne rs , pe rm ite criação de jogos e program as m ul tim ídia. El a s e bas e ia na idéia de q ue as tare fas com putadorizadas inte ns ivas em um jogo pode m se r abs traídas s e paradam e nte da l ógica principal . Tornando pos s íve lutil izar um a l inguage m de al to níve l , com o Pe rl ou Pyth on para organizar a e s trutura dos apl icativos . h ttp://w w w .pygam e .org/ Agora vam os ao e xe m pl o be m s im pl e s q ue fiz com Pygam e , m as ante s gos taria de agrade ce r a ajuda do Gus tavo Sve rzut Barbie ri e indicar e s te s l ink s do s ite q ue e l e m antêm com m uitos bons e xe m pl os para apre nde r a program ar com e s ta e xce l e nte fe rram e nta Pygam e . h ttp://pal e s tras .gus tavobarbie ri.com .br/pygam e / h ttp://w w w .gus tavobarbie ri.com .br/jogos /

im port pygam e from pygam e im port * s cre e n = pygam e .dis pl ay.s e t_m ode ((320, 200)) w idth , h e igh t = s cre e n.ge t_s ize () bg = pygam e .Su rface ((w idth , h e igh t)) bg.fil l ((255, 255, 128)) # l igh t ye l l ow s cre e n.bl it(bg, (0, 0)) pygam e .dis pl ay.fl ip() obj= pygam e .s prite .Sprite () obj.im age = pygam e .im age .l oad("icone .png") obj.re ct = obj.im age .ge t_re ct() objs = [ obj] grou p = pygam e .s prite .R e nde rUpdate s (objs ) cl ock = pygam e .tim e .Cl ock () ru n = Tru e w h il e ru n: cl ock .tick (60) # 60 fram e s pe r s e cond for e in pygam e .e ve nt.ge t(): if e .type == QUIT: ru n = Fal se el if e .type == K EYD O W N: if e .k e y == K _LEFT: if obj.re ct.l e ft > 0: obj.re ct.l e ft -= 10 el if e .k e y == K _R IGH T: if obj.re ct.righ t < w idth : obj.re ct.righ t + = 10 grou p.cl e ar(s cre e n, bg) r = grou p.draw (s cre e n) pygam e .dis pl ay.u pdate (r)

Final m e nte a apl icação. Es te no Linux com pl ataform a q ue

nos s a im age m carre gada na código você pode tanto us ar o no W indow s ou q ual q ue r s uporte .

U s e as s e tas e s q ue rda e dire ita do te cl ado para m ovim e ntar o s prite .

Ge ral m e nte na criação de im age ns com o obje tos não as s im étricos , pe rs onage ns para jogos é us ado a técnica col or k e y na q ualum cor é de s ignada para re pre s e ntar trans parência, e m poucas pal avras vai s e r a cor de fundo. A cor m age nta (255 0 255) ou s e ja (100% ve rm e l h o, 0% ve rde , 100% azul )é um a das m ais us adas . Com is to s e rá re duzido o al to cons um o de CPU e m e xe m pl os m ais com pl e xos ou jogos de finitivos . Ch e gam os ao final de s te artigo pe s q uis e m e pratiq ue m e s ta arte !

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

agora

23


TUTO RIAL

Facil itand o as Cois as - D icas rápidas Por M ozart Couto

T

e m m uita ge nte , us uários do “Gim p for W indow s ” , q ue não gos ta m uito da m ane ira com o a jane l a principale as caixas de diál ogos do program a s e apre s e ntam . Acos tum ados com as inte rface s dos program as para W indow s , q ue apre s e ntam um fundo fixo onde todas as outras jane l as fl utuam , têm al gum a dificul dade e m l idar com a inte rface do Gim p. Encontre i um a s ol ução be m s im pl e s para is s o: U til izo o program a W inRol l , q ue pe rm ite “e ncol h e r” as jane l as , com um s im pl e s cl iq ue do botão dire ito do m ous e na barra de títul o de s tas .

Figura 1

Para baixar o program a, q ue é fre e w are e O pe n Source , vá ao e nde re ço abaixo e re s ol va de ve z s e u probl e m a: Jane l a da Im age m ativa “e ncol h ida” .

h ttp://w w w .pal m a.com .au/w inrol l /

e s col h a o arq uivo s e t up: h ttp://w w w .pal m a.com .au/w inrol l /w inrol l -2.0.e xe

No m e u cas o para us á-l o, faço o s e guinte : M axim izo a jane l a de Im age m (fig.1), q ue cobrirá a caixa de fe rram e nta e as caixas de diál ogos , Cam adas e e tc. (ve tore s , pincéis , de gradês ...). Quando q ue ro ace s s ar e s s as , dou um cl iq ue com o botão dire ito do m ous e na barra de títul o da jane l a de Im age m , q ue “e ncol h e”, e ace s s o as outras , onde atuo nos pincéis , na caixa de fe rram e ntas e tc. (fig.2). Em , s e guida, é s ó cl icar de novo na barra de títul o da Jane l a de Im age m e continuo a trabal h ar ne l a.

24

Figura 2

M ais al gu m as dicas : Para q ue m gos ta de trabal h ar com m ais de um a áre a de trabal h o, e q ue , no cas o tam bém faz us o do Gim p, e pre fe re abrir um novo docum e nto e de ixá-l o num a jane l a m axim izada num a outra áre a, e as caixas de diál ogos fl utuante s e m outra áre a, inte rcal ando e ntre as duas através de te cl as de atal h o, a s aída é us ar o e xce l e nte program a De xpot, q ue é

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL al tam e nte configuráve l , e tam bém é gratuito para us o pe s s oal . O e nde re ço é: h ttp://w w w .de xpot.de /

Para ativar outras jane l as e de m ais caixas de diál ogos , bas ta util izar os atal h os padrõe s do program a re fe re nte s à e l as com o m os tra a figura a s e guir.

H á ainda outro program a ch am ado “Doubl e De s k top “ q ue ape nas dupl ica s e u de s k top, m as com um a ce rta vantage m q ue é a de pos s ibil itar o “arras to” , com o m ous e , de jane l as de um para outro de s k top, al ém de te cl as de atal h o configuráve is para a troca e ntre os de s k top. Tam bém é gratuito para us o pe s s oal , q ue pode s e r baixado no e nde re ço: h ttp://w w w .fatfre e s oft.com

M ais dicas : Continuando com as pos s ibil idade s de arranjar as jane l as para q ue o trabal h o fl ua m el h or, te m os ainda as s e guinte s opçõe s : 1- A prim e ira, m ais s im pl e s e dire ta s e ria: Pos icionar a Caixa de Fe rram e ntas no l ado e s q ue rdo da s ua áre a de trabal h o, e a Jane l a da Im age m no l ado dire ito (fig.1)

Para ativar a caixa de diál ogo “canais ” ,s iga o cam inh o m os trado na im age m ao l ado ou us e as te cl as Sh ift+ F7

Figura 1

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

25


TUTO RIAL Pode m os acopl ar caixas de diál ogos à caixa de fe rram e ntas , ch am ando as prim e iras através do m e nu e , e m s e guida, arras tando-as para cim a da barra “opçõe s de fe rram e ntas ” , com o m os tra a im age m abaixo.

Figura 3 Re s ul tado da acl opage m

A caixa de diál ogo “Cor de fre nte /fundo” foi ch am ada, pe l o m e nu...

Em s e guida arras tada para a barra “opçõe s de fe rram e ntas ” onde ficará acopl ada ve ja o re s ul tado na figura 3.

26

Para trabal h ar com il us tração, de s e nh o e col oração, te ndo um de s e m pe nh o rápido e fácil , te nh o organizado as s im m e u grupo de jane l as do Gim p para W indow s : Na Jane l a Fl utuante da e s q ue rda, acopl e i, na barra “O pçõe s de Fe rram e ntas ” , m ais duas caixas de diál ogo q ue util izo m uito q ue s ão o “Editor de Pincéis ” e “Cor de Fre nte /Fundo” . Na da dire ita, acopl e i as caixas de diál ogos “Te xto” e “Pal e tas ” , com as outras , q ue abre m por padrão.

Através das te cl as de atal h os (F5 para ativar todo grupo da e s q ue rda e F6 para ativar o grupo da dire ita), inte rcal o os com pone nte s de form a s im pl ificada e rápida e nq uanto m ante nh o a jane l a da im age m s e m pre vis íve l .

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


TUTO RIAL Es ta técnica de criar atal h os pode s e r vis ta na e dição nº 0 do GIM PZ ine e m atal h os de Te cl ados dinâm icos . U m outro m odo, be m rápido e s im pl e s de ace s s ar caixas de diál ogos q ue ficam e s condidas s ob a jane l a da Im age m ( ge ral m e nte as q ue ficam do l ado e s q ue rdo: pincéis , te xturas e de gradês ) é cl icar s obre os th um bnail s re fe re nte s a e l as , q ue ficam na “Caixa de Fe rram e ntas ” . Ve ja e xe m pl o a s e guir:

e s q ue m a de trabal h o. O Gim p é m uito fl e xíve l q uanto a is s o.

Ge re nciando Pincéis fora do Gim p: Para vis ual izar as form as dos pincéis do Gim p, fora da caixa de diál ogo “pincéis ” , no program a, util ize o vis ual izador de im age ns XnVie w - h ttp://com e .to/xnvie w . As s im , pe l o xnvie w , pode rá ace s s ar a pas ta onde e s tão s e us pincéis e e xcl uí-l os , re nom e ál os , ou m ovê-l os , para outros l ocais . El e m os trará não s ó as im age ns dos pincéis nativos do Gim p, com o dos pincéis criados e s al vos por você. O s pincéis anim ados (.gih ) não apare ce rão, as s im com o os “.vbr” , pincéis virtuais , criados com o novos e q ue não foram s al vos . Ve ja, a im age m :

GIM PACK : Es s a é um a nova fe rram e nta para ge re nciar, baixar, ins tal ar e de s ins tal ar autom aticam e nte pacote s de pincéis , te xturas , de gradês e pal e tas no Gim p. Para conh e ce r m e l h or ace s s e h ttp://br.ge ocitie s .com /gim pack _for_gim p/Pack s .h tm l

e divirtam -s e com e s s a e xce l e nte fe rram e nta! A im age m acim a, m os tra o cam inh o para configurar a caixa de fe rram e ntas e s e us el e m e ntos .

A m aioria das dicas foram e xcl us ivas para us uários do Sis te m a O pe racional W indow s m as al gum as parte s s ão apl icadas a us uários de Linux e M AC.

Expe rim e nte tam bém de s cobrir o s e u m e l h or

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

27


H ALLD E IM AGENS

Bl ood Fore s t Autor: Drdoom

Gal e ria: h ttp://w w w .ogim p.com .br/m odul e s /m yal bum /ph oto.ph p?l id=80

Ve ctor Car Autor: Cris tian

Gal e ria: h ttp://w w w .ogim p.com .br/m odul e s /m yal bum /ph oto.ph p?l id=129

28

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r


HTUTO ALLRIAL D E IM AGENS

Sh e 's In H e ave n Autor: rafatyu

Gal e ria: h ttp://w w w .ogim p.com .br/m odul e s /m yal bum /ph oto.ph p?l id=176

M ais im age ns você e ncontra e m w w w .ogim p.com .br Participe do fórum gal e ria criando s e u ál bum virtual . Abra um tópico com a nom e ncl atura "im age ns - s e u us uário" M os tre s ua arte com s oftw are l ivre : com partil h e s e u conh e cim e nto, tire dúvidas , s ol icite dicas e tc.

GIM PZ INE Edição 03- w w w .ogim p.com .b r

29

Revista GIMP Zine 003  

Revista GIMP Zine O Melhor Editor de Imagens Open Source

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you