Page 1

A BĂ­blia


Revelação: é o ato divino pelo qual Deus revela aquilo que o homem não poderia descobrir por si próprio.


O propósito imediato da revelação é comunicação de informação.


No V.T. encontramos 130 vezes: “E veio a mim a palavra do Senhor...” 359 vezes “Assim diz o Senhor...”


Revelação é sempre teocêntrica.


O prop贸sito final 茅 trazer o homem a um relacionamento com Deus.


Inspiração: significa literalmente “o Espírito em”. É o ato divino, ou fenômeno, pelo qual Deus habilita o profeta a comunicar de forma confiável o que lhe foi revelado.


Iluminação: é o ato divino pelo qual Deus habilita qualquer pessoa a entender a mensagem profética.


A BÍBLIA A palavra Bíblia vem do grego, através do latim, e significa: livros.


A Bíblia é uma coleção de 66 livros: 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo.


PENTATEUCO (5)

Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio


LIVROS HISTÓRICOS (12) Josué Juízes Rute 1,2 Samuel 1,2 Reis 1,2 Crônicas Esdras Neemias Ester


LIVROS POÉTICOS (5) Jó Salmos Provérbios Eclesiastes Cantares


PROFETAS MAIORES (5) Isaías Jeremias Lamentações Ezequiel Daniel


PROFETAS MENORES (12) Oséias Joel Amós Obadias Jonas Miquéias

Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias


EVANGELHOS (4) Mateus Marcos Lucas Jo達o


LIVRO HISTÓRICO

Atos


CARTAS ou EPÍSTOLAS (21) Romanos 1,2 Coríntios Gálatas Efésios Filipenses Colossenses 1,2 Tessalonicenses 1,2 Timóteo

Tito Filemom Hebreus Tiago 1,2 Pedro 1,2,3 João Judas


LIVRO PROFÉTICO

Apocalipse


A BĂ­blia foi traduzida para mais de 1500 idiomas e dialetos. JoĂŁo Ferreira de Almeida traduziu pela primeira vez para o portuguĂŞs o Antigo e o Novo Testamentos.


No ano de 1250 o cardeal Caro dividiu a Bíblia em capítulos, que foram divididos em versículos no ano de 1550, por Robert Stevens.


A Bíblia foi escrita num período que abrangeu mais de 1600 anos e é uma obra de 40 autores.


O Antigo Testamento foi escrito em hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico. O Novo Testamento foi escrito em grego.


A Septuaginta é uma tradução do hebraico para o grego, e tem este nome em homenagem a 70 intelectuais judeus que a prepararam. Este trabalho foi realizado em Alexandria, Egito, no segundo ou terceiro século antes de Cristo.


A Vulgata é a tradução da Bíblia para o latim.


LIVROS APÓCRIFOS O vocábulo apócrifo significa escondido ou secreto, e se aplica a uma série de livros surgidos no período entre o Antigo e o Novo Testamento.


LIVROS APÓCRIFOS A Igreja Católica Romana, no Concílio de Trento (1546), considerou canônicos onze desses livros, que aparecem nas edições católicas das Escrituras.


LIVROS APร“CRIFOS Tobias Judite 1,2 Macabeus Sabedoria Baruque Eclesiรกstico


LIVROS APÓCRIFOS Estes livros possuem valor histórico e literário, mas não pertencem ao cânon pelos seguintes motivos:


•Nunca foram citados por Jesus. •Nunca foram citados pelos apóstolos. •Os pais da igreja não os consideraram como inspirados. •Não aparecem no cânon hebraico. •Contradizem ensinamentos bíblicos.


CÂNON Cânon: regra


CÂNON

Canonicidade é determinada por Deus. Um livro não é inspirado porque os homens fizeramno canônico; ele é canônico porque Deus o inspirou.


Duas posiçþes: Incorreta: a autoridade das Escrituras Ê baseada na autoridade da Igreja. Correta: a autoridade da Igreja se encontra na autoridade das Escrituras.


PRINCÍPIOS ENVOLVIDOS: •Inspiração por Deus. •Reconhecimento pelos homens de Deus. •Aceitação inicial e final da Igreja Universal. •Aceitação por parte da comunidade a quem o livro foi escrito. •Colecionamento e a preservação pelo povo de Deus.


A BÍBLIA II PEDRO 1:21 II Tim. 3:16 JOÃO 5:39 JOÃO 17:17

PROFECIAS PARA O TEMPO DO FIM - A Biblia  

Serie de Estudos das Profecias para o Tempo do Fim da Associacao Paulista Oeste da IASD