Page 1

25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

Boletim Eletrônico nº 9 - 22 a 29/03/13

Visualize melhor, acesse aqui.

CPI dos Desabrigados — A tragédia é atual

Em um abrigo instalado num antigo quartel militar, há ainda 300 sobreviventes—, a maioria, crianças — da tragédia de 2010. Três anos depois, essas pessoas ainda enfrentam o alagamento dos alojamentos por infiltrações e goteiras, infestação por ratazanas, sujeira, comida azeda, esgoto a céu aberto e doenças como hepatite, pneumonia e tuberculose. Parte dos desabrigados foi levada para um conjunto de apartamentos no Viçoso Jardim sem piso, sem janelas, com infiltrações e rachaduras, em prédios construídos numa encosta com ameaça de desabar. Outra parte está para se mudar para um conjunto no Morro do Castro que antes mesmo de ficar pronto tem dois blocos condenados à demolição, além de sinais de afundamento, tijolos, paredes e janelas fora de prumo, entre outras aberrações. São inúmeras as evidências de que essas pessoas enfrentam até hoje uma tragédia continuada. As causas por detrás desse quadro e as responsabilidades precisam ser investigadas. Por isso, a Bancada do PSOL, por meio do vereador Henrique Vieira, pediu a abertura de uma CPI na Câmara Municipal de Niterói. Leia aqui, na íntegra, o Requerimento da CPI. app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

1/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

Panela de Pressão A CPI precisa de sete assinaturas de vereadores da Câmara Municipal de Niterói para a sua instalação e início dos trabalhos. Até o momento cinco parlamentares assinaram o Requerimento da CPI. Além de Henrique Vieira, Paulo Eduardo Gomes e Renatinho, da Bancada do PSOL, Bruno Lessa, do PSDB, assinaram. A vereadora Priscila Nocetti, do PSD, também se comprometeu a assinar. A pressão da sociedade sobre os vereadores é fundamental. Há várias formas de participar dessa mobilização. Nas redes sociais, por exemplo, corre uma petição online no site Panela de Pressão, que dispara e-mails dos signatários diretamente para cada vereador cobrando dele a assinatura do pedido de CPI. Também será muito importante a população lotar o plenário da Câmara de Niterói nesta quarta-feira (27/3), às 20h, quando haverá uma audiência pública para o debate sobre as graves falhas nas obras dos conjuntos habitacionais Zilda Arns 1 e 2, no Morro do Castro. Com a audiência, limitada a esse tema, o governo quer tentar calar a importância da abertura da Comissão Parlamentar, de escopo muito mais amplo. Conheça aqui outras formas de participar da campanha pela abertura da CPI dos Desabrigados.

A pele e as águas Esta semana concentrou duas datas de extrema força emblemática para a nossa luta ecossocialista: o Dia Internacional contra a Discriminação Racial e o Dia Mundial da Água. Há quem possa à primeira vista se perguntar sobre o que teria a ver uma questão com a outra. Nesta quinta-feira (21/3), o professor Henrique Vieira mostrou como não deve ser encarado como natural o fato de serem pobres e negras em sua maioria as vítimas de deslizamentos e desabamentos ocorridos durante chuvas. O vereador mostrou que não são as águas que escolhem a classe social ou a cor das pessoas que morrem nessas tragédias, mas, sim, um modelo de Estado excludente e voltado para atender os interesses dos que buscam o lucro ao invés da preservação do bem comum e do bem viver da população. Em seu pronunciamento, Henrique lembrou que, não por acaso, a maioria dos sobreviventes da Tragédia do Bumba é negra. Ele voltou a cobrar a abertura da CPI dos Desabrigados. Veja aqui o vídeo com o pronunciamento do parlamentar do PSOL e também leia aqui o artigo da militante do movimento negro Luciene Lacerda.

app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

2/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

Deu na Imprensa

Nas últimas semanas, quando a chuva voltou, a chuva voltou inclusive a provocar mortes na Região Serrana do estado, a situação os desabrigados de Niterói voltou à tona na mídia. Ganhou as páginas dos jornais e telas da TV a um mês do aniversário de três anos da Tragédia do Bumba. Veja aqui algumas das principais matérias sobre o assunto veiculadas neste dias: RJTV: assista a matéria aqui. Clipping O Globo, coletânea de matérias sobre o assunto nos últimos dias. Especial O Globo sobre Desabrigados, publicado em 22/03/2013.

Livro em Movimento

Um pouco de poesia, literatura, arte e ciências em meio a uma rotina caótica de passantes que correm para pegar a condução. É isso que o Espaço Cultural Livro em Movimento tem levado a centenas de pessoas que transitam diariamente no Terminal João Goulart, no Centro de Niterói. app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

3/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

O projeto, criado em 1999, disponibiliza livros, material didático, discos, revistas e dicionários gratuitamente. Qualquer pessoa pode retirar o material desejado sem nenhum cadastro prévio, bastando assinar um livro de presença. Mas esse oásis de cultura no atabalhoado centro da cidade pode estar com seus dias contados. Segundo o bibliotecário responsável pelo espaço, Joel Prata, a administração do Terminal, que cabe à concessionária Terminal Rodoviário de Niterói Ltda (Teroni), que venceu a licitação promovida em 2007, exige a remoção da biblioteca, alegando ilegalidade após 13 anos de funcionamento interruptos da iniciativa. Em repúdio a medida arbitrária, leitores, bibliotecários, professores e diversos movimentos sociais se reuniram ontem (21/03) para protestar contra a extinção do projeto. O Espaço Cultural Livro em Movimento se mantém através de doações de instituições diversas, bibliotecas ou leitores e a cada mês beneficia mais de 800 leitores, de diversas cidades do Rio de Janeiro.

Pela barca pública de volta

A audiência pública realizada nesta terça-feira (21/3), contra o aumento das barcas lotou as galerias da Câmara Municipal de Niterói. O debate em plenário mostrou que a elevação da tarifa para R$ 4,80 — por pior que seja — não é causa, entre outros males que afetam a vida dos passageiros da travessia marítima pela Baía de Guanabara. É sintoma. A causa se encontra no modelo de app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

4/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

concessão do serviço público estadual de transporte de massa para a sua exploração como negócio por um consórcio privado. Ou seja: como fonte de lucro empresarial, em parceria com o governo Cabral. Essa foi a conclusão geral após cerca de quatro horas de duro debate, conduzido pelos vereadores Henrique Vieira (PSOL) e Leonardo Giordano (PT), entre a população e o presidente da CCR Barcas, Márcio Roberto, e o representante da Agentransp, Herval de Souza. O aumento, como notícias de jornal haviam antecipado, foi justificado como cumprimento de cláusula contratual. O problema todo se encontra na forma do contrato e nos seus inúmeros termos aditivos. Houve acréscimos e exclusões de cláusulas que, ao final, tornam o contrato bastante seguro para a concessionária, com a sua margem de lucro garantida em 10%. E quem paga a conta no final é sempre o passageiro. Diante dessa percepção geral, o movimento que tem lutado contra o aumento das barcas pretende agora centrar forças em um alvo ainda mais central, na luta pelo fim da concessão, pela estatização do serviço das barcas. Há a idéia da criação de uma Frente Parlamentar em defesa dessa proposta. Está previsto um grande ato para 2/3, às 18h, na Praça 15, com concentração na Praça Arariboia às 17h. Participe também das panfletagens prévias agendadas pelo movimento Sou Niterói, veja aqui os horários.

Tempo de filiação

O Núcleo de Juventude do PSOL - Niterói promoveu nesta quinta-feira (21/03) uma plenária de apresentação e filiação, que contou com a presença do presidente do partido na cidade, Flavio Serafini, e com o deputado estadual Marcelo Freixo. Os vereadores Henrique Vieira e Renatinho também marcaram presença. Falaram sobre a importância do engajamento político organizado para modificar a realidade do município, ainda gerido por um modelo empresarial de cidade. "O capitalismo hoje vive seu momento de maior barbárie e violência. Essa crise fez com que uma parcela enorme de pessoas se tornassem supérfluas. Gente que 'não serve', que deve ser destituída de existência. Um sexto da população mundial mora em favelas. No Rio, um terço. É uma sociedade que produz 'sobras'. Uma grande contradição!", denunciou Freixo. Como alternativa a essa estrutura desigual, os socialistas apresentaram a perspectiva de partido voltado para a classe trabalhadora. "O sonho de uma sociedade sem oprimidos ainda é central!", afirmou Serafini. Confira app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

5/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

aqui que o que disse Henrique Vieira.

130 anos sem Karl Marx Por Chico Alencar (para o Congresso em Foco) Karl Marx deixou de respirar há exatos 130 anos, mas não de inspirar. Faleceu aos 65 anos incompletos, em 14 de março de 1883. Metade de sua existência foi cumprida no exílio, sem qualquer abastança, expulso que foi da sua Alemanha, da Bélgica e da França. Marx foi mais que um baita intelectual, que escreveu como ninguém sobre o Capital. Estudioso da filosofia grega, em especial Demócrito e Epicuro, e de Hegel, mudou o eixo do pensamento de sua época: “Os filósofos não fizeram mais do que interpretar de diversos modos o mundo, mas do que se trata agora é de transformá-lo”. Ele também foi homem de ação, pois quis dar combate a tudo o que viu de não: fome, opressão, exploração. Ativista que projetou a sociedade igualitária, comunista, na qual todos, em utopia, poderiam se realizar: “uma associação em que o livre desenvolvimento de cada um é a condição para o livre desenvolvimento de todos”. É jovem 130 anos depois de deixar de ser e estar entre nós, e sua lembrança incomoda os acomodados, porque fez a sua hora, não esperou acontecer. Jamais desejou tornar seus escritos dogma, bíblia ou alcorão: tudo é transformação, e pensamento vivo pressupõe evolução. Pena que, em seu nome, como no de outros grandes que superaram sua própria época, foram cometidas muitas atrocidades. Irônico, Marx deixou uma esquecida pista: ‘quanto a mim, não sou marxista…‘. Continue lendo.

Luta pela Aldeia e pelo Maracanã

Vivemos dias de enfrentamento, tempos de perguntarmos, como perguntaria Marcelo Yuka, qual a paz que não podemos conservar para tentarmos algo diferente, conquistar o socialismo, a liberdade, a dignidade humana. Sabemos contra quem lutamos. E não é nada fácil enfrentar justamente o eixo em torno do qual gira toda a máquina que se move demolindo ou removendo aldeias, escolas, app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

6/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

estádios, favelas e sabe-se lá o que mais. Nesta sexta-feira, nossa militância uniu-se aos indígenas que resistiram à ação governamental de despejo da Aldeia Maracanã do Museu do Índio. Houve detidos e feridos, além do efeito do gás lacrimogênio. Ouça, aqui, o que diz o vereador Henrique Vieira, que esteve lá. E a luta continua. Nesta quarta-feira (27/3), às 18h30, haverá no Sepe, no Centro do Rio, uma plenária do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas de Organização do Ato Contra a Privatização do Complexo do Maracanã. Afinal, está marcada para o dia 11/4 a entrega dos envelopes com as propostas de compra.

Agenda Veja a nossa sugestão de eventos: (Para maiores informações, acesse a nossa página Agenda)

26/03 - Terça 25/03 - Segunda, 18h 24/03 - Domingo, 16h

Ato Comissão de Direitos Humanos para todos

Ato Público - Direito à Verdade

18h Socialismo, Mulher e Poder 18h Reunião da Fedep - Sepe/Rio

app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

7/8


25/03/13

Boletim Eletrônico nº9 - 22 a 29/03

27/03 - Quarta, 20h Audiência pública da CPI dos Desabrigados

Mandato Henrique Vieira - PSOL Avenida Amaral Peixoto, 625 - Gabinete 69 Centro - Niterói - RJ - CEP 24.023-900 Telefone: 3716-8600/ Ramal 256 http://henriquev ieirapsol.com Facebook | Tw itter Para enviar este email para um amigo acesse aqui Caso você não queira mais receber, acesse aqui para cancelar.

app.henriquevieirapsol.com.br/s/?14595.27.217996.0.1.2.9.2880608.0.10.0.0.132680.0.0.c579e

8/8

Boletim 9 - Vereador Henrique Vieira - PSOL  

Nona edição do boletim eletrônico do mandanto coletivo do Vereador Henrique Vieira - PSOL de Niterói