Page 1

Formando gerações que fazem diferença 1


E D I T O R I A L

Aparecida Nóbrega 75 anos formando gerações que fazem diferença! Sou Imaculada, sou conexão de tradição e inovação. Esse slogan, propagado por todo o ano e em todos os eventos, representa uma escola conectada com os avanços pedagógicos e tecnológicos, mas que não perde o foco na produção do conhecimento, nem na formação integral de seus estudantes. Investindo na formação continuada, nossos professores e coordenadores participaram e apresentaram projetos em Simpósio de Pesquisa e Iniciação Científica da UNIVALE, apresentaram trabalhos sobre documentação pedagógica em Congresso Brasileiro no Rio Grande do Sul e, ainda, participaram do Seminário Internacional em São Paulo, além de várias palestras e momentos de reuniões e estudos internos, objetivando sempre a excelência acadêmica. Isto se traduz em práticas inovadoras, contextualizadas, que respeitam a criança e o jovem como protagonista e sujeito de sua própria aprendizagem, em interação com o meio e com seus pares. Os resultados podem ser acompanhados, diariamente, pelas nossas redes sociais, pelo newsletter - informativo mensal do CFIC, disponibilizado por e-mail e, ainda, por esta revista institucional, que retorna, após dois anos, em uma edição especial. Muito temos investido na comunicação efetiva com as famílias, seja pelo portal do aluno, no site, pelo App, aplicativo para smartphones, uma comunicação mais rápida, ao alcance de todos,

DIRETORA

em todo momento e lugar, como também, pelos diálogos e espaços abertos para avaliação de nossas práticas. Várias foram as Escolas para Pais e os momentos de convivência da família, na escola, em situações de interação com as crianças. Buscamos, nesta edição comemorativa, apresentar exemplos de atividades diversificadas: preparação para o ENEM, esporte em ação, produção de conhecimento, inovação científica, relatos sobre o estudo do meio, a partir das excursões e visitas técnicas, além dos muros da escola, entre outros assuntos interessantes e de fundamental importância, como a Escola em Pastoral que inicia suas atividades já na infância, culminando com o trabalho enriquecedor desenvolvido por nossa juventude missionária. O objetivo primordial é compartilhar experiências e aprimorar nossas práticas educativas. O Colégio Imaculada consegue fazer essa conexão entre uma tradição de 75 anos, com as inovações inerentes à acelerada sociedade midiática atual, pois investe em qualificação, sem perder seus valores, alicerces de toda sua proposta filosófica e pedagógica. A escola respeita a infância, favorece a construção, prioriza a interação e garante experiências diversas aos nossos jovens, bem como a experiência de uma equipe de profissionais altamente qualificados. O Imaculada é para a vida toda! Venha conhecer e fazer parte desta história de sucesso. Você é convidado especial. Somos Imaculada! Boa leitura!

EXPEDIENTE COLÉGIO FRANCISCANO IMACULADA CONCEIÇÃO FOTO DA CAPA: FLÁVIA CARVALHO

RUA TIRADENTES, 312 - CENTRO

FOTOS: FLÁVIA CARVALHO, BRUNA LORENA, RAYSSA ANDRADE E ARQUIVO PESSOAL DIREÇÃO: MARIA APARECIDA DA NÓBREGA

REDAÇÃO: COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA, DIREÇÃO E EQUIPE DE MARKETING

COORDENAÇÃO ADMINISTRATIVA: IRMÃ ANA FERREIRA

PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO: ÓBVIO COMUNICAÇÃO INTEGRADA

JORNALISTA RESPONSÁVEL: RAYSSA ANDRADE MG 19661

IMPRESSÃO: GRÁFICA NACIONAL

REVISÃO: ESTER LOPES

TIRAGEM: 2.000 UNIDADES

3


S U M Á R I O

14 Diálogo com as Infâncias

29 Minuto ENEM

20

Noite na escola

16

Projeto Ererré

32

Além dos muros da escola

30

Pastoral escolar

4

Stop Bullying

22

Baile 75 anos

36


5


A R T I G O

Um olhar para as infâncias Fabiana Costa C O O R D E N A D O R A P E G A G Ó G I C A D A E D U C A Ç Ã O I N FA N T I L E 1 º A N O

Falar da primeira infância é, antes de tudo, falar de respeito, olhares, escutas e movimentos, ou seja, é, primeiramente entender que existem infâncias. Ao longo dos anos, o Colégio Franciscano Imaculada Conceição vem estabelecendo um diálogo de respeito ao sujeito-criança, um ser que tem vez e voz, que opina, escolhe, sugere, critica e realiza. Atentos aos movimentos cotidianos, vamos tecendo a história de uma criança valorizada, enxergada pela sociedade. Refletir sobre a cultura da infância, hoje, é promover um cotidiano repleto de possibilidades, proporcionando o brincar e as inúmeras interações, como eixos norteadores do processo. Por meio da observação atenta e da escuta significativa, observamos o desenvolvimento da criança nos diferentes campos de experiências. Esse olhar é fruto, de profissionais atentos e estudiosos da primeira infância, que nos colocam em ato reflexivo sobre um planejamento flexível, voltado para a leitura de possibilidades de materiais, encontros, experiências. Percebemos, a partir de exemplos comuns do nosso cotidiano, conhecimentos que se dialogam entre os eixos, sendo impossível dividir em áreas e horários, como é feito com as disciplinas a partir dos anos iniciais. Nosso desafio diário, nesse sentido, é aprender a ler as interações das crianças, preservando a coletividade e, ao mesmo tempo, a singularidade. Temos um olhar atencioso ao espaço no currículo, proporcionando a interação, a brincadeira e o protagonismo infantil. Como somos privilegiados em relação ao espaço amplo em nossa escola, promovemos, cotidianamente, uma prática pedagógica coerente, em que é possível perceber uma infância competente, uma criança protagonista, ativa e curiosa. Aspectos importan-

tes nesse processo nos convidam a possibilitar o trabalho com os pequenos e grandes grupos, enriquecendo o cotidiano com atividades de descobertas e espaços de construção, mudanças, comunicação, representação, experimentação. Em relação aos materiais utilizados, neste espaço, muito temos discutido sobre a atualidade. Desde quintais desaparecidos, brinquedos descartáveis, até o uso da tecnologia sem controle. Diante desse olhar e análise de espaço e materiais, impossível não pensar na nossa prática do ateliê, uma proposta que possibilita a interação de materiais não estruturados e que dão formas às ideias. A proposta do ateliê, em nossa escola, faz-nos refletir numa prática sem modelos, que evidencia a criança e suas possibilidades. Importante ressaltar o bem-estar das crianças, com o foco no encontro, na relação, na alimentação e no conforto, ao invés do olhar fragmentado de hora disso, hora daquilo. Como sabemos, a documentação pedagógica não é avaliação, compilação de fotos e desenhos e nem sinônimo de apenas um registro. A documentação pedagógica é um novo olhar para a educação infantil, um modo de pensar sobre a criança. Um olhar desafiador, uma vez que a primeira infância é complexa, de acontecimentos complexos, em que os conhecimentos são recriados, e repletos de incertezas, numa rede de acontecimentos. Falar de documentação pedagógica, nesse contexto e nessa reflexão, é propor a visibilidade dos processos e entender essa prática como uma ferramenta de estudo e de comunicação. Falar de infância, de primeira infância, de educação infantil, é perceber que essa identidade tem o direito de ser preservada e respeitada. 6


IMACULADA infância

construção interação

experiência Infantil - Fundamental - Ensino Médio • • • • • • • • • •

Salas climatizadas Musicalização e capoeira na educação infantil Dança e capoeira no ensino médio Tempo Complementar de 1 a 10 anos Espanhol a partir do 4º ano do fundamental Atividades pedagógicas com recursos de multimídia interativos Projetos, feiras, eventos culturais, mostra de profissões Pastoral Escolar com atividades missionárias Material didático (ensino médio) - Sistema Poliedro Diversas modalidades esportivas em horário extraclasse

cficgv

imaculadagv

MATRÍCULAS

ABERTAS SISTEMA DE ENSINO

POLIEDRO

cficgv

cfimaculadaconceicao.com.br

Rua Tiradentes, 312 - Centro - (33) 3271.6227 7


E D U C A Ç Ã O

I N F A N T I L

Imaculada é

INFÂNCIA... É pra vida toda! 8


A

educação infantil do CFIC acredita em práticas diferenciadas, que acolhem o sujeito-criança em sua singularidade e coletividade. Dessa forma, nosso tempo, espaço e documentação pedagógica são pensados de forma significativa para o desenvolvimento da criança. Realizamos um trabalho coerente de escutas e olhares para desenvolver projetos diferenciados em todas as turmas, atendendo aos desejos e curiosidades dos diferentes grupos. Oportunizamos situações significativas de convivência, brincadeira, exploração, expressão e conhecimento.

Venha conhecer nossa loja cheia de estilo para os pequenos

CAMISOLA AMAMENTAÇÃO . MATERNIDADE . RECÉM NASCIDO VESTIDO DE FESTA . INFANTIL 0-8 ANOS . SAPATO . ACESSÓRIO

iabom

Lilian Andrade Fotografia

lojaiabom

33 9134-9694

Av. Rio Doce 1730, loja 20. Ilha Compra Virtual: www.iabom.com.br

9


E D U C A Ç Ã O

I N F A N T I L

Possibilitamos as tardes de convivências, com diversificadas experiências em diferentes formas de agrupamento, com crianças da mesma idade e idades diferentes. Como na educação infantil as interações e brincadeiras são os eixos estruturantes das práticas, prezamos pelas situações com sentidos e significados para as crianças. Vivenciamos um cotidiano dinâmico, explorando a observação, os questionamentos e os diálogos constantes. Avaliamos, diariamente, o desenvolvimento das crianças com olhares plurais, a partir das observações e ações dos professores envolvidos, nas situa-

ções vivenciadas, contemplando os campos de experiências, com a participação, também, dos professores de Música, Educação Física e Capoeira. Significamos o nosso trabalho por meio de um portfólio que comunica às crianças e famílias os mais variados processos vividos, relacionados aos projetos e situações significativas diversas. Contamos com a participação efetiva das famílias, que fidelizam a nossa proposta pedagógica, a partir de experiências relevantes. Respeito, singularidade, possibilidade! Esse é o cotidiano vivenciado com as crianças do

10


Pais vivenciam momento de culinária na Semana da Família

CFIC! Através de interações e brincadeiras, possibilitamos situações significativas diversificadas, respeitando a criança-sujeito, que tem vez e voz. Dessa forma, nosso modo de ser e agir, na primeira infância, reflete e acompanha o desenvolvimento das crianças, em todos os campos de experiências. Nosso olhar atento e nossa escuta significativa permeiam projetos diferenciados, situações no ateliê que promovem possibilidades inusitadas, espaços que acolhem o desejo e a curiosidade das crianças. Nossas ações são repletas de encontros... Encontros de vozes, desejos, pensamentos, experiências, alegrias! Ser criança no CFIC é ter a sua infância respeitada! Na educação infantil, além de relatórios semestrais partilhados com as famílias, realizamos plantões e reuniões de pais, com o foco na parceria necessária entre família e escola. Podemos ressaltar ainda que a participação das famílias CFIC revela uma relação de troca e fidelidade às propostas desenvolvidas com as crianças. Na semana da família, tivemos a participação efetiva dos familiares, em situações significativas, que prezaram pelo encontro de todos aqueles que participam da educação da criança.

II Tecendo projetos, encantando vidas

11


A N O S

I N I C I A I S

Imaculada é

CONSTRUÇÃO... É pra vida toda!

C

onstrução... Essa palavra apresenta nosso cotidiano escolar. A partir de inúmeras atividades práticas, visitas técnicas, palestras, colóquios e exposições, proporcionamos às nossas crianças uma oportunidade de aprendizagem diferenciada, que ultrapassa os limites da sala de aula porque visam à formação integral desse sujeito que é ativo no processo para ser ativo e transformador no mundo. Nos processos de ensino, buscamos metodologias diversificadas em que a criança é protagonista de sua aprendizagem quando

POR

Sabrina Rosa COORDENADORA PEDAGÓGICA DOS ANOS INICIAIS (2º AO 5º ANO)

Terrário: observando de perto as alterações de um ecossistema

12


suas contribuições, análises, intervenções, pensar e agir são valorizados. Essa valorização ocorre na elaboração cotidiana dos conceitos, estabelecendo relações entre o conteúdo apreendido e a vida. Deste modo, as crianças são sujeitos do processo, e não somente aprendem, mas significam cada vivência e conceito, atrelando informação ao cotidiano, construindo redes de conhecimento. Descobrir o mundo! É esse o objetivo. E para que essa descoberta seja real e inesquecível, somos conexão entre a criança, o grupo e a construção do conhecimento. É assim que nosso trabalho se alicerça. A valorização da expressão da criança alimenta os estudos empreendidos, com profundidade, que aguçam a curiosidade e fomentam o desejo de ser e fazer, por meio da vivência de projetos que articulam diversas áreas do conhecimento. Por isso, possibilitam a integração de informações, além de experimentos, observações e registros os quais proporcionam a expressão da singularidade, no contexto do coletivo.

Descobrindo com a ciência

Respeito à diversidade

COLÔNIA DE

DO COLÉGIO IMACULADA De 12 a 16/12

13h30 às 17h30

Inscrições até o dia 9/12

OFICINAS DIVERSAS

Lanche incluso Ganhe uma camisa da colônia

13

2 a 10 anos Vagas limitadas

3271.6227


PRIMEIRA E SEGUNDA INFÂNCIA

Diálogo com as Infâncias

O

Imaculada promoveu, no Dia de São Francisco (4 de outubro), uma discussão necessária e relevante sobre as infâncias de hoje, para familiares e convidados, demonstrando, claramente, a concepção de criança na qual acredita. O Diálogo com as Infâncias contou com a presença da pedagoga e mestre em infância, Flávia Coelho, abordando uma retrospectiva histórica sobre o conceito de infância, e Samâra Nick, psicóloga e psi-

comotricista que apresentou a dinâmica da infância com o olhar da psicologia. Três crianças participaram, também, da discussão, a partir de temas escolhidos por elas mesmas. Vitor Parenti Bicalho, do 3° ano do ensino fundamental, fez uma reflexão sobre o uso da tecnologia da infância; Yasmin Xavier Matias, do 1° ano do ensino fundamental, falou sobre o respeito à diversidade; Letícia Gois Andrade, da turma de 5-6 anos, abordou o questionamento: Por que as crianças devem brincar antes de crescer?. Sofia Lopes

Pedagogia da escuta e das relações

14


Crianças e adultos interagem no Diálogo com as infâncias

Coelho, do 2º ano do ensino fundamental, foi a cerimonialista do evento e Maria Freitas, do 1º ano do ensino fundamental, fez a oração inicial. Desse modo, as práticas e contextos diferenciados, de respeito à criança, ficaram evidentes não, apenas, no tema do evento e discussão, mas também, na participação de todo o processo de construção desse rico momento. O evento foi planejado por crianças e adultos e valorizou diferente saberes, demonstrando, assim, um protagonismo infantil significativo!

Maria e Sofia participam do evento

15


S A I N D O

D A

R O T I N A

Noite na Escola, em ritmo de Olimpíadas Nossa Noite na Escola, em ritmo de olimpíadas, aconteceu no dia 30 de julho, oportunidade em que as crianças das turmas de 4-5 anos ao 5º ano tiveram a significativa experiência de dormir fora de casa, num ambiente acolhedor e familiar, com colegas e professores. Essa vivência possibilitou às crianças diferentes experimentações relacionadas à autonomia e à autoconfiança, bem como da constituição de memória afetiva com os pares e o espaço. Além do mais, serviu de auxílio no

desenvolvimento da responsabilidade, partilha, cooperação, disciplina e independência. Atento a todos esses ganhos, o Colégio Franciscano Imaculada Conceição promove, pelo menos uma vez ao ano, essa gratificante experiência, em que a criança, longe dos pais, é estimulada a vencer seus próprios limites e encorajada a enfrentar, melhor, alguns desafios, compartilhando experiências com outras crianças. Uma vivência diferente do cotidiano, em um ambiente onde o coletivo se torna prazeroso e as amizades se fortalecem!

Momento esperado na noite: em busca do tesouro

16


I N T E R A Ç Ã O

F A M Í L I A / E S C O L A

Escola para Pais Exibição do filme “O Começo da Vida”

Em todos os anos, o Colégio Imaculada realiza diversas atividades, a partir do projeto conhecido como Escola para pais, com vistas à condução de reflexões por meio de palestras, debates, rodas de conversas, análise de vídeos e estudos, oportunizando, assim, a interação família/escola, a abertura do espaço para o diálogo, a troca de experiências e a construção de conhecimento coletivo. Neste ano, realizamos no primeiro semestre, três Escolas para pais, específicas para discussão sobre as fases da escrita (1º ano), a autonomia das crianças nos tempos atuais e outra, a partir da exibição do filme O começo da vida, o que tem sido feito em inúmeros locais, em diversos países. Em abril, a palestra: Como falar sobre dinheiro com o seu filho, com a presença de Anderson Dias Gonçalves, renomado educador financeiro, foi um momento especial e essencial, neste período de crise, para refletirmos sobre a educação financeira para pais e filhos; um desafio que vai da primeira infância para a vida toda. O palestrante falou sobre a importância de saber lidar com o dinheiro, sendo necessário fazer apontamento das despesas, definir sonhos a realizar, poupar, gastar menos, manter reserva para situações emergenciais, distinguir o que é essencial e, principalmente, acreditar que o SER vale mais do que o TER, entre outras questões

Palestra com Anderson Dias Gonçalves

relevantes que pontuou. Durante sua reflexão, afirmou, ainda, que educar, financeiramente, uma criança é trabalho contínuo para que ela se torne capacitada a fazer escolhas, usando melhor o dinheiro e contribuindo, dessa forma, para o controle dos gastos da família. Como o Colégio Imaculada tem entre seus valores fundamentais a prática da sustentabilidade, desenvolvemos vários projetos ao longo do ano, refletindo, também, sobre o consumismo e suas consequências sociais e ambientais. Neste sentido, a educação financeira tem se tornado fundamental na formação integral de nossos alunos, e será intensificada em 2017.

17


A N O S

F I N A I S

Imaculada é

INTERAÇÃO...

É pra vida toda!

P

or meio de projetos, com metodologias que propõem a participação, rompemos com a linearidade dos conteúdos e possibilitamos interações entre os sujeitos, produzindo visões diferenciadas, acrescentando conceitos e ideias àquilo que já se conhecia. É interagindo com os colegas, professores, familiares, em um ambiente rico de oportunidades, integrado às novas tecnologias, mas cercado de valores essenciais para sustentar uma vida futura pautada na ética, na justiça e na paz e no bem, que nossos alunos reconstroem os conceitos científicos e produzem conhecimentos que ficam para a vida toda... Conhecimentos carregados de significados, de histórias, de relações, de sentido, de memória! Os projetos presentes em cada série, nos Anos Finais, são propostas que estimulam a curiosidade e incentivam a pesquisa, favorecendo o protagonismo dos adolescentes. Projetos que são base do aprendizado, pois os educandos buscam informações, refletem, discutem e constroem conhecimentos... O professor educador se preocupa em proporcionar esses momentos, problematizando situações cotidianas, oferecendo as

POR

Adriana Corrêa COORDENADORA PEDAGÓGICA DOS ANOS FINAIS (6º AO 9º ANO)

Projeto Imaculada Sustentável

Desenvolvimento de habilidades artísticas

18


Divulgação do Sarau durante o intervalo de aula

necessidade de um consumo que não agrida o meio ambiente, e foram capazes de propor um estudo sobre o tema Escravidão invisível, produzindo, através da arte, textos fortes que, além de ensinarem conceitos e ideias, emocionam e fazem repensar práticas diárias, com a possibilidade de mudar hábitos e atitudes. Tudo mostrado no Sarau, com a linguagem da arte e a força daqueles que têm os seus pensamentos valorizados. Isso, sim, é educação! Isso é interação! Práticas diárias que saem dos livros e se transformam pelos olhos atentos dos nossos alunos, incentivados por professores e apoiados por famílias que constatam em nossa educação a certeza de terem seus filhos respeitados e vê-los crescerem e se tornarem cidadãos que pensam, questionam e posicionam-se, capazes de recriarem o mundo em que vivem, e comprometidos com a sustentabilidade, a paz e o bem. Interação com o conhecimento, com o outro, com as famílias, com a sociedade, com o mundo! Todos juntos, criando estratégias, e em INTERAÇÃO! Dessa forma, é para a vida toda...

informações, mostrando caminhos, orientando nos processos para que os saberes se conectem e conhecimentos sejam produzidos e expressos. E em 2016, destacamos não apenas os conteúdos, mas os projetos que evidenciam essa prática de interação. Para realizá-los foram necessárias visitas técnicas, aulas em laboratório, pesquisas, entrevistas, encontros, debates e uma infinidade de articulações, mas o resultado é a certeza de que oferecemos a melhor forma de aprender. Não há como passar pelo projeto Ererré, no sexto ano, sem carregar os sentimentos de força, luta e coragem de um povo que carrega a nossa história na alma... O povo indígena! No sétimo ano, não há possibilidade de, após viver, sentir, refletir sobre o bullying a partir de filmes, palestras, depoimentos, pesquisas, não ser solidário e aprender a respeitar o outro, sem agredir e, especialmente, cuidando. No oitavo ano, o foco foi saúde e esporte e, dessa forma, os alunos repensaram suas práticas sedentárias e assumiram novas posturas convocando todos, em praça pública, para uma vida mais saudável. E o nono ano, nos mostrou que, à medida que os dias passam, ficam mais conscientes da

19


C U L T U R A

I N D Í G E N A

Projeto

Culminância do projeto Ererré

20

Shirley Krenak, Kainá Pataxó e Baiara Pataxó recebem lembrança dos estudantes


POR

Ivy Denadai PROFESSORA DOS ANOS FINAIS E ENSINO MÉDIO

B

uscando fomentar a pesquisa sobre a história e a cultura indígena nasceu o projeto Ererré, trazendo aos estudantes o conhecimento sobre as contribuições das etnias indígenas como elemento essencial do olhar pluralista que o cidadão deve possuir sobre sua identidade brasileira. O projeto foi desenvolvido com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental que receberam a visita dos índios das tribos Pataxó e Krenak, apresentando seus costumes e sua cultura. Os alunos, ainda, conheceram jogos e brincadeiras indígenas e investigaram, por meio de um concurso fotográfico, sobre a riqueza cultural e o respeito à natureza que os índios possuem. Os estudantes, também, visitaram a tribo Pataxó onde tiveram momentos de dança, conheceram instrumentos e cantos indígenas. A partir do projeto, partilharam produções textuais sobre a formação desses povos e reconheceram a cultura indígena como inestimável patrimônio cultural da sociedade brasileira, o que deve ser respeitado e reconhecido. A culminância desse projeto interdisciplinar, que está em sua segunda edição, contou com uma exposição de vasos de cerâmica retratando o grafismo indígena, uma feira de comidas típicas específicas de tribos que povoam nossa região, além de apresentações artísticas de canto e dança dos alunos.

Visita à tribo Pataxó

21


#S

T O P B U L L Y I N G

Não faça bullying, faça amigos! POR

Kariny Peçanha COORDENADORA DO SETOR DE PSICOLOGIA

O

projeto Stop Bullying objetiva transformar o ambiente escolar em um espaço mais acolhedor e fraterno, onde as diferenças são respeitadas e as ações promovidas consolidam os valores semeados pelas Irmãs Clarissas Franciscanas como a construção justa e inclusiva, além do despertar, em toda comunidade

educativa, dos valores de: justiça, solidariedade e relações interpessoais. Sabemos que os desafios são grandes, mas acreditamos em um processo reflexivo e transformador, por isso nossa proposta contempla iniciativas diversas. Vale a pena conferir o trabalho interdisciplinar que estamos desenvolvendo:levantamento dos conhecimentos de nossos alunos em torno do tema bullying por meio de uma pesquisa de opinião, em nosso laboratório de informática; sistematização dos dados coletados a partir da pesquisa e construção de gráficos com as respectivas análises; debate sobre o assunto, observando consequências e implicações diante de comportamento desrespeitoso; pesquisas e leituras sobre o tema; apresentação de uma peça teatral escrita e produzida pelos próprios alunos; elaboração de folheto informativo contendo os principais dados sobre bullying e suas implicações; pit stop com distribuição de folhetos pela cidade, entre outras ações significativas. Enfim, o desenvolvimento de nosso projeto está pautado no diagnóstico, na restauração de comportamento e na valorização do ser humano, pois acreditamos na cultura de paz.

Palestra com o psicólogo Tiago Metzker

22


D E S E N V O L V I M E N T O

S O C I A L

Esporte em ação O Colégio Imaculada considera a prática esportiva como instrumento educacional que visa ao desenvolvimento integral do aluno, capacitando-o a lidar com suas próprias expectativas e a dos outros. Praticar esporte amplia o campo experimental do indivíduo, cria obrigações, estimula a personalidade intelectual e física e oferece chances reais de integração social,. É essencial para uma melhor qualidade de vida e, como o conhecimento, faz diferença no mundo em que vivemos. No CFIC, a criança se desenvolve de maneira plena e, assim, o esporte é uma necessidade vital,

pois proporciona momentos ricos em que os alunos expressam sentimentos, crenças, valores, enfim, o modo de sentir e perceber o mundo. Assim sendo, o colégio investe no esporte, na certeza de que é possível desenvolver habilidades técnicas, sociais e comunicativas essenciais para o processo de desenvolvimento individual e social, incentivando jogos internos, competições municipais, estaduais entre escolas. A escola acredita que o esporte, a capoeira e a dança como instrumento pedagógico, integram-se às finalidades gerais da educação: formação para a cidadania e a orientação para o convívio social.

Capoeira e dança do infantil ao médio

23


E N S I N O

M É D I O

Imaculada é

EXPERIÊNCIA...

É pra vida toda! POR

David Catalúnia PROFESSOR E COORDENADOR DE ÁREA DO ENSINO MÉDIO

Experimentar? Já parou para analisar o que esta palavra significa? Experimentar é descobrir o novo, é viver o incerto, é ter expectativas e, enfim, tomar uma decisão. Quantas vezes a incerteza nos impediu de tomar uma decisão? Quantas vezes consultamos um amigo antes de tomar uma decisão? Pois bem, o CFIC é esse amigo, com um corpo docente dedicado e experiente capaz de orientar seus estudantes a tomarem

as melhores decisões nos vestibulares e demais processos seletivos, além de promover um ambiente lúdico propício às mais difíceis decisões. Este experiente time, conta com a orientação e apoio de uma equipe pedagógica antenada aos mais modernos debates do campo da educação, visando à promoção das melhores e mais duradouras experiências educacionais para nossos alunos.

24


25


E N S I N O

M É D I O

Construindo conhecimento

Aulões interdisciplinares: preparação para o ENEM

A

tualmente, o Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM - é a principal porta de entrada para as universidades públicas brasileiras e a principal ferramenta para pleitear algum financiamento estudantil nas universidades particulares. Diante de tamanha relevância, o Colégio Franciscano Imaculada Conceição não tem medido esforços para capacitar seus estudantes para esse e demais processos seletivos, investindo em profissionais preparados e em metodologias contemporâneas, sem perder o carisma franciscano, peculiar a essa instituição. O ENEM, ao tornar-se o exame mais

aguardado pelos concluintes do ensino médio, mudou o formato dos processos seletivos. Antes, os vestibulares abordavam o conhecimento como um armário cheio de gavetas nas quais eram depositados os conhecimentos específicos de cada disciplina e, desse modo, a física, a química, a história e outras matérias eram vistas e abordadas, isoladamente. O modelo contemporâneo de processos seletivos busca superar esse engessamento o que provoca, nos candidatos, a capacidade de flutuarem entre as diferentes formas de conhecimento, mesclando, por exemplo, aulas de história, com o apreendido em biologia ou usando os cálculos geométricos para compreender o simbolismo 26


dantes, também, contam com um momento dedicado a uma aula de atualidades em que temas relevantes são abordados de forma séria, interpessoal, fundamentada e, até, divertida. Essas aulas possuem o objetivo de provocar uma visão mais crítica sobre nossos problemas sociais, além de munir os estudantes de uma maturidade intelectual necessária na construção de argumentos sólidos nas redações. Vale ressaltar, ainda, que a prova do Enem mudou a forma de contemplarmos a aprendizagem, como no caso das Ciências Humanas e Linguagens que, ao invés de focar na repetição e reprodução de conceitos, datas e regras, o novo formato de estudos objetiva promover a reflexão de como nossa formação histórica, organização geográfica e relações cotidianas, expressas em textos, músicas, arte, entre outras formas de linguagem, contribuíram e contribuem para formação da identidade cultural brasileira. Além disso, essa abordagem de aprendizagem exalta a diversidade cultural e o respeito às diferenças, sendo este um dos tópicos mais relevantes para bom desempenho na avaliação, uma vez que o desrespeito à diversidade cultural e aos direitos humanos caracterizam falta grave, ficando o concorrente com sua redação zerada. Esses valores são vivenciados nas práticas cotidianas de nossa instituição e, assim sendo, fica bastante fácil falar sobre elas. Antenado a essas demandas, o CFIC dedica-se, cotidianamente, a melhorar a preparação de seus estudantes e, além de ofertar uma educação humanizada, privilegia professores com experiência em cursos preparatórios para vestibulares, concursos e Enem, garantindo que as aulas e demais atividades educacionais atendam às exigências cobradas nestes processos seletivos. A fim de somar às experiências pessoais de nosso corpo docente, optamos pelo uso do material didático da Poliedro, reconhecido nacionalmente, e que proporciona todas as condições para melhor preparar nossos alunos, visando ao desempenho satisfatório nos processos seletivos. O CFIC corrobora com a proposta do Enem de que a formação escolar deve ser muito mais que fórmulas, datas e nomes estranhos. Nós acreditamos que o mundo é plural e que, assim também, deve ser o ensino, não se limitando somente à sala de aula. Portanto, se os conhecimentos não são gavetas fechadas, prontas para uso, por que não inserirmos, novidades ou misturarmos coisas de diferentes caixas? Enfim, juntando tradição e inovação, o Colégio Imaculada acredita, assim como o ENEM, que conhecimento não é só para o agora, mas para a vida toda.

de obras de artes. Em meio a esse desafio interdisciplinar, o CFIC estimula seus professores a promoverem esta interdisciplinaridade desde os primeiros processos de aprendizado e, exemplificando, temos o projeto ERERRÉ do 6º ano, o Sarau do 9º ano, bem como as práticas cotidianas supervisionadas pelos coordenadores dos segmentos. Para o Terceirão, do Ensino Médio, há os Aulões mensais os quais são vivenciados, pelos estudantes, em uma manhã de sábado por mês, com aulas interdisciplinares, por professores de diferentes áreas do conhecimento, que compartilham a mesma sala em apresentações memoráveis. Nessas manhãs, os estu27


R E F E R Ê N C I A

A C A D Ê M I C A

Coordenadoras e professores participam de Congressos e apresentam trabalhos e projetos

XX Congresso Brasileiro de Educação Infantil da OMEP

Seminário Internacional de Documentação Pedagógica e I Seminário de Alta Performance do ENEM

14º Simpósio de Pesquisa e Iniciação Científica da Univale

Na busca pela formação continuada, professoras e coordenadoras do CFIC, participaram do XX Congresso Brasileiro de Educação Infantil da OMEP (Organização Mundial para Educação Pré-Escolar), no mês de abril, em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. Além da participação no congresso, os trabalhos de nossas educadoras foram aprovados para serem apresentados, discutindo sobre diferentes temáticas: documentação pedagógica e espaços, tempos e materiais. Três educadoras do CFIC participaram de trabalhos durante o 14º Simpósio de Pesquisa e Iniciação Científica da Universidade Vale do Rio Doce: A professora Ivy Denadai, idealizadora do projeto Ererré, falou sobre a importância de promover práticas significativas de aprendizagem, ampliando o olhar pluralista sobre etnia. O trabalho vem fomentando o respeito à cultura indígena e desmistificando estereótipos. A Irmã Andrea Cecília Moreno, coordenadora da nossa Pastoral Escolar, apresentou o trabalho de seu grupo: Território da educação e os direitos humanos: limites e contribuições na conquista de direitos individuais e coletivos. A coordenadora da Educação infantil, Fabiana Costa, participou do Seminário Internacional de Documentação Pedagógica em São Paulo, cujo tema foi A partir das crianças, transver o mundo. Os diálogos da infância podem nos surpreender e, por isso, é importante que os adultos se permitam ouvi-los. Transver o mundo é enxergar o que pode ser sentido e ampliar outras sensibilidades, pois o pensamento infantil é rico, subjetivo, inventivo, artístico. A coordenadora do Ensino Médio, Tatiana Wan Der Maas, foi a Belo Horizonte para participar do I Seminário de Alta Performance no ENEM e do V Fórum Internacional de Coordenação, Orientação e Supervisão Pedagógica. No Imaculada é assim: em processo de aperfeiçoamento contínuo, para continuar oferecendo aos estudantes um ambiente educativo de referência. 28


Henrique Lisboa, analista de marketing da Rede Clarissas Franciscanas, recebendo o prêmio Excelência da Poliedro

T E C N O L O G I A

Minuto ENEM O projeto #MinutoEnem nasceu inspirado na comunicação e interação com o jovem que está prestes a realizar a prova do Enem. Faz parte de um grande pilar de excelência pedagógica da Rede Clarissas Franciscanas, com o objetivo de ser mais uma ferramenta de aprendizado e, principalmente, de envolvimento com o Exame Nacional. Ao entendermos que o aluno passa muito tempo ligado ao celular, criamos o projeto montando vídeos, com tempo médio de 1 minuto, em que professores das quatro instituições da Rede, dão explicações e dicas sobre temas e abordagens importantes cobrados no Enem. Em seguida, cada vídeo é enviado via WhatsApp para os alunos, sendo, no dia seguinte, disponibilizado à comunidade pela página da escola, no Facebook.

Todas as disciplinas foram envolvidas e ampliadas, pois diretores e coordenadores pedagógicos, também, gravaram vídeos, os quais são enviados três vezes por semana. Ao aproximar-se o Exame, o envio é diário. O projeto #MinutoEnem obtém o envolvimento dos professores e tem sido recebido pelos alunos com entusiasmo e aprovação. O Sistema Poliedro acredita na importância de práticas inovadoras para a gestão escolar. Por isso, valoriza projetos criativos das Unidades Parceiras, que sejam capazes de impactar na qualidade da educação. O Minuto Enem foi vencedor da categoria Escola Digital e Soluções Tecnológicas do Prêmio Excelência. Um reconhecimento para as melhores práticas e incentivo para a realização de ações que façam diferença na vida dos estudantes.

ACOMPANHE NOTAS

OCORRÊNCIAS PEDAGÓGICAS

CALENDÁRIO DE EVENTOS

TUDO VIA NOTIFICAÇÕES

ACESSO RÁPIDO ÀS INFORMAÇÕES ESCOLARES E FINANCEIRAS. ALUNOS E RESPONSÁVEIS EM SINTONIA. Não importa se você é IOS, Android ou Windows. Não importa se você usa tablet ou smartphone. O aplicativo da Rede Clarissas Franciscanas está disponível para todas as plataformas.

E MUITO MAIS...

29


A L É M D O S M U R O S D A E S C O L A

6º ano visita tribo Pataxó

7º ano no Museu de Ciências Naturais da PUC e depois zoológico

Estudo do meio, do infantil ao ensino médio

O

1º ano visita museu da cidade

CFIC deseja que seu aluno não seja um sujeito passivo, limitando-se a adquirir conhecimentos teóricos, mas que possa aliar o conhecimento à prática, desenvolvendo uma nova postura e uma visão pessoal do mundo que o rodeia. Nesta perspectiva, o colégio considera que transcender os muros da escola é promover visitas técnicas, passeios exploratórios e excursões multidisciplinares que ampliam o olhar do aluno diante da diversidade de situações que vivencia, para que, desse modo, assimile melhor o conteúdo. Esses eventos são muito bem administrados e organizados. Além disso, todas as informações apreendidas são retomadas, posteriormente, em sala de aula, com o objetivo de aprofundar um determinado conteúdo e/ou levantar hipóteses sobre um aspecto da realidade, visando ao aprendizado. Entre os estudos do meio realizados, temos: visitas a museus, ao correio, ao parque da ciência da UNIVALE, à tribo indígena pataxó, excursões a universidades, Inhotim, entre outros.

Terceirão participa da Mostra de Profissões da UFOP (Ouro Preto)

8º ano faz passeio histórico em Ouro Preto e visita Memorial de Minas Gerais em BH

30


9ยบ ano visita Instituto Inhotim, Palรกcio das Artes e Museu das Minas e do Metal

3-4 anos visita supermercado

4ยบ ano faz passeio eco pedagรณgico no Vale Silvestre

31


E S C O L A

E M

P A S T O R A L

Juventude Missionária

A

missão da escola católica e sua razão de ser se fundamenta na evangelização, estando atenta ao clamor por um mundo mais justo, solidário e fraterno. Assim, o colégio, preocupado com uma educação libertadora e de qualidade, se lança em busca de um projeto pastoral que responda aos anseios mais profundos que movem o ser humano na sua realização pessoal, social e religiosa, na busca de transformação da realidade fortemente marcada pela violação dos direitos e da dignidade do ser humano. No Projeto de Pastoral, assumimos o desafio de educar à luz do projeto pedagógico de Madre Serafina, sendo capazes de incidir, eficazmente, sobre a personalidade do educando, assumindo valores que verdadeiramente libertam e promovem a melhoria das condições de vida das pessoas e de todas as criaturas. Assim, faz-se importante o cultivo de uma nova consciência, repelindo a visão fragmentada do mundo encontrando em seus inspiradores, a intuição para assumir, como missão, o compromisso com a formação de crianças e jovens competentes, solidários, dinâmicos, idealistas, felizes e corajosos, na busca da transformação, visando a uma sociedade justa de paz e bem.

POR

Irmã Andrea Cecílio Moreno COORDENADORA DA PASTORAL ESCOLAR

Música e teatro

32


Carinho e atenção

Oficinas divertidas

Dinâmicas

Juventude Missionária CFIC

As celebrações que realizamos conduzem os alunos ao encontro com Deus, à vivência da fé e ao testemunho da justiça e da caridade. Elas podem incentivar a prática da solidariedade, reforçando a consciência da cidadania. Por esse motivo, o CFIC oferece diversos momentos de espiritualidade, mas sempre repeitando o seguimento religioso de cada aluno e cada docente. São espaços de livre participação no intuito de fortalecer a vida de fé da comunidade, pois como dizia Madre Serafina: “Não há coisa boa que não possa ser melhorada.”

A vida missionária no colégio Imaculada surge, então, à luz das práticas deixadas por Jesus Cristo e, também, de Madre Serafina, fundadora das Clarissas Franciscanas, pois entendemos que é preciso amar, agir, educar e viver a fraternidade. Por isso, ao longo desses 75 anos de caminhada buscamos ser educadores cristãos, portadores da Boa Nova e mensageiros da Paz e do Bem, efetivando nossa visão de missão e valores e atuando a partir dos eixos: cultura, alteridade e transcendência. Proporcionamos aos alunos diversas experiências missionárias e solidárias, por meio das quais podem ir ao outro necessitado e, assim ficam enriquecidos. Para tal, são realizadas, periodicamente, viagens missionárias e encontros de formação, com diversas faixas etárias, possibilitando um crescimento gradual do espírito missionário para a infância, a a adolescência e a juventude missionárias. O objetivo é trabalhar com os jovens, adolescentes e crianças da comunidade educativa para que amadureçam e percebam que podem e devem abrir-se, sinceramente, para respeitar e amar as outras pessoas, expressando sua própria liberdade na doação de si e no serviço aos demais, transformando, assim, a sociedade.

Partilha

33


D E P O I M E N T O S

Irmã Regina Lúcia SUPERIORA PROVINCIAL DAS CLARISSAS FRANCISCANAS

Querido Colégio Imaculada

benfeitores; educadores; alunos sedentos de luzes; progenitores confiantes na entrega a você de seus bens mais preciosos, os filhos, além de colaboradores, em várias ocasiões e funções, dedicados, interessados, corajosos e abnegados. Você, querido colégio, é visto com toda essa plêiade de presenças marcantes, que o mantiveram e o mantêm, para promover educação integral orientada por valores evangélicos, dentro do carisma de Madre Serafina. Tenho certeza de que você percebe isso com o coração alegre e repleto de gratidão. Você continua brilhando, altaneiro, nessa cidade que foi Figueira do Rio Doce e que acabara de se tornar Valadares quando você chegou. Cidade amada por quem nela reside, promissora, esperançosa, mas que, ainda hoje, continua sofrendo revezes, mas sempre defendida por seus filhos e, tantas vezes, desamparada pelos poderes maiores. Seja forte e corajoso, meu Colégio! Prossiga confiante em seus passos de busca e encontro de novas metodologias, de educação de qualidade alicerçada nos valores cristãos, de formação de crianças, adolescentes e jovens que fazem diferença, comprometidos com a construção de um mundo mais humano, fraterno, solidário, sustentável, alicerçado na justiça e nos valores evangélicos. Por tudo isso, celebro agradecida e feliz, com a grande família do Colégio Franciscano Imaculada Conceição, esta festa jubilar! Que as bênçãos da Imaculada, de São Francisco e de Santa Clara se derramem em profusão sobre todos que, no ontem e no hoje, construíram e, ainda, constroem esta marcante história. O nome de todos está registrado no Livro da Vida! A cada um, a cada uma, nossa saudação franciscana de Paz e Bem. Parabéns, Colégio Imaculada!

Então você chegou à idade do amadurecimento, da sabedoria: 75 anos! Quantas vitórias colhidas e quantas cicatrizes, também, provenientes de heroicas lutas enfrentadas e vencidas neste longo tempo de vida! A memória me faz bem próxima daquele dia 09 de março de 1941. Comovida, com o coração agradecido e reverente, volto a beber daquela fonte de coragem, de sonhos, sacrifícios, audácia, criatividade. A você, querido Colégio, fui apresentada ainda na segunda infância. Meus pais dividiram com você o encargo de minha educação. Conheci-o quando tinha apenas dez anos de idade. Aí, cheguei criança, e penso que nunca mais saí. Terminado o antigo Curso de Magistério, passei à missão de professora. Além dos conhecimentos intelectuais, você me preparou para a vida. Operosas, simples e audaciosas, as Irmãs Clarissas Franciscanas Missionárias que o conduziam mostraram-me um caminho diferente dos propostos pela sociedade, em geral, que se poderia percorrer. Era o Caminho que as sustentava na árdua tarefa de construir o Reino de Deus, aqui na terra, doando-se, inteiramente, para que outros pudessem ter vida mais digna. E, assim, consagrei-me ao Senhor na vida religiosa de Clarissa Franciscana. Você assistiu à cerimônia deste meu compromisso de doação. Distanciei-me de você um pequeno período, mas sempre acompanhando de longe, com interesse, seu progresso, seu crescimento, suas dificuldades, suas alegrias e suas tristezas, sempre em profusão. Querido Colégio Imaculada, contemplando-o com o coração, o olhar vai além de suas belezas exteriores. Vê longe e fundo, sentindo pulsar, nos seus corredores, salas e pátios, a presença marcante de tantas pessoas: Irmãs; leigos dedicados;

34


Ana Carolina 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

Falar sobre o Colégio Franciscano Imaculada Conceição, emociona-me, pois meus pais, irmão, tios e tias estudaram aqui. Devido a isso, conheço bem a escola e, no momento, só tenho a agradecer, por ela fazer parte da minha caminhada e por ser meu suporte, sempre que necessário. Imagino que, assim como eu, todas as pessoas que passaram por essa escola sentem muita saudade de todo esse carinho e cuidado que ela tem para conosco.

Nossa missão escolar pode estar acabando, mas a parceria com o Imaculada é para sempre. Sinto-me lisonjeada por participar dessa comunidade e dos seus 75 anos. Meus sinceros parabéns a todos, desde as meninas da limpeza e da portaria, à nossa Diretora, que buscam, sempre, o conforto e o melhor em educação, além da formação do caráter que o colégio proporciona. Muito obrigada, o Imaculada é pra vida toda!

Fernanda Dias EX-ALUNA

Sempre escutei que os anos que passamos em uma universidade são os mais significantes e marcantes das nossas vidas. Acreditei nisso por muitos anos, até que, finalmente, tive a oportunidade de entrar em uma universidade. Foi então, que me dei conta de que os melhores anos da minha vida já haviam passado. Muito mais do que uma escola, o Imaculada foi uma segunda casa para mim, onde eu me sentia acolhida e amada. Desde a primeira série, até o último ano do ensino médio, o suporte vindo, principalmente, mas não apenas, dos professores, me fizeram sentir compreendida e amparada. O que diferen-

cia esse colégio de qualquer outro é que, realmente, ele acredita na necessidade da formação do caráter de seus alunos, e isso é o que, realmente, levamos para a vida toda. Não tenho palavras para descrever o quanto essa escola fez diferença em minha vida. Gostaria de citar cada pessoa e fazer agradecimentos nominais, mas infelizmente não é possível. Deixo aqui, então, o meu muito obrigada a todos os meus queridos e amados professores, bem como a toda equipe Imaculada, por terem formado, em conjunto com a minha família, a pessoa que sou hoje. Nunca esquecerei essa escola que, para sempre, será minha segunda casa.

35


B A I L E

7 5

A N O S

www.lesteturismo.com

Satisfação

FÉRIAS

Felicidade

Descanso

Família

Liberdade

Tranquilidade

descontração Diversão sossego

Pausa

Lazer

Paz

Calma

Conforto Folga

Ócio

despreocupação

No dia 17 de setembro, o colégio promoveu um baile em comemoração ao aniversário de 75 anos de história e realizações. Foi uma grande confraternização, com a presença de ex-alunos, familiares, amigos e colaboradores de ontem e de hoje. O evento, organizado com todo o carinho, contou, também, com a presença ilustre de irmãs Clarissas Franciscanas, agradecidas a todos que entraram na história dessa escola e a ajudaram a crescer. O colégio é parte importante da vida acadêmica desta cidade e, o baile foi um momento único em que sonhos e alegrias estiveram presentes, além das muitas lembranças que, carinhosamente, serão guardadas.

é com "agente"(33) 3279 7573

A sua agência de viagens!

Rua Prudente de Morais, 714, loja 08 - Centro - Gov. Valadares - MG

36


V O C Ê

S A B I A ? Mesmo construído há 75 anos, o colégio foi todo revitalizado e encontra-se adequado às atuais normas de segurança e acessibilidade

Acessibilidade

Uso de tecnologias a favor da aprendizagem

Espanhol do 4º ano ao ensino médio

Todas as salas são climatizadas: do infantil ao ensino médio

Há 4 anos, o colégio investe no Tempo Complementar, que funciona no turno matutino, para crianças de 1 a 10 anos, atendendo às famílias que precisam deixar seus filhos na escola em tempo integral. No Tempo complementar são realizadas atividades recreativas, capoeira, arte, musicalização, orientação nos estudos, higienização e alimentação saudável.

Tempo Complementar 37


A R T I G O Coaching, Funções Excutivas e o Método Supera Juliana Mendes Alves

E X-A LU N A D O CO L ÉG I O F R A N C I S C A N O I M AC U L A DA CO N C E I Ç ÃO P S I C Ó LO G A E S P E C I A L I S TA E M N E U R O C I Ê N C I A S E N E U R O P S I C O LO G I A

Renata Demarchi

A D M I N I S T R A D O R A , C O A C H P E LO I B C M B A E M G E S TÃ O E S T R AT É G I C A D E P E S S O A S E L I D E R A N Ç A I D E A L I Z A D O R A D O S P R OJ E TO S S O U L T E E N E S L I M C O A C H I N G

As funções executivas são as habilidades cognitivas necessárias para controlar nossos pensamentos, nossas emoções, e nossas ações, possibilitando o engajamento em comportamentos adaptativos, auto-organizados e direcionados a metas, ou seja, à capacidade de refletir, de planejar ações, de usar o raciocínio e, até mesmo, de dizer não àquela sobremesa, estão relacionados com as funções executivas. Estas abrangem como principais pontos a memória de trabalho (habilidade de sustentar a informação em mente por tempo limitado, enquanto a utiliza para solução de algum problema, atualiza informações necessárias a uma atividade ou realiza outra tarefa), a flexibilidade cognitiva (habilidade de mudar o foco atencional, perspectivas, prioridades ou regras e adaptar-se às demandas do ambiente) e o controle inibitório (habilidade de controlar comportamentos inapropriados), assim como os processos de atenção e os pensamentos. Já o coaching é um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo (grupo ou empresa), ampliando seus resultados positivos, através de metodologias, ferramentas e técnicas. Muitos dos problemas que alguns coaches apresentam no processo de coaching, estão relacionados com as funções executivas, como, por exemplo, a incapacidade de planejar estratégias, a dificuldade para alcançar metas, a falta de coordenação e aplicação das ações em uma ordem correta, até mesmo a indisciplina para se manter na dieta e a dificuldade para escolher qual faculdade cursar.

Diversos estudos científicos revelam a capacidade que o cérebro tem de se modificar, aumentando sua capacidade de aprendizagem, memorização e raciocínio. A neurociência já comprovou que estimular o cérebro com atividades novas, variadas e desafiadoras aumenta a capacidade de aprender e o desempenho. A estratégia cognitiva necessária para enfrentar as dificuldades do dia a dia, pode ser aprimorada e desenvolvida com treinamentos específicos, e o melhor, em qualquer idade. Os exercícios para o cérebro, realizados de forma adequada, desenvolvem habilidades como a atenção, concentração, agilidade para tomar decisões e resolver problemas cotidianos, pensamento crítico e criativo, comunicação efetiva, capacidade de lembrar de informações, planejar etapas das ações e controlar impulsos. Essas habilidades são fundamentais para quem busca aprimoramento em sua vida pessoal, acadêmica e profissional, seja para mudar de carreira, escolher a profissão, emagrecer, assim como passar em um concurso. O treinamento de funções executivas pode ser realizado através do Método do Supera, que contribui para melhorá-las por meio do uso do ábaco (Soroban), de jogos educativos e de uma grande variedade de dinâmicas. O ábaco é um instumento de cálculo milenar utilizado, também, para desenvolver a concentração e a velocidade do processamento da informação, garantindo maior desempenho na resolução de problemas e aumento da criatividade.


.Autoconhecimento .Planejamento / Ação .Pesquisa .Avaliação / Autonomia .Segurança .Regulação Emocional .Projeto de Vida

Coach Renata Demarchi - Reeducação cognitiva Luciana Teixeira - Treinamento Funcional Dra. Maria Emília - Nutricionista Marcela Becho - Psicóloga e Auriculoterapeuta

39


as

s a s E s p ecia

A

M

C

s

de

g a d e Vin h

os

fattoamanogv

n e s N o b re

is

fattoamanogv

ar

av. mucuri, 42

- ilha dos araĂşjos

(33) 3225-2738


Revista Colégio Franciscano Imaculada Conceição  

75 anos formando gerações que fazem diferença! Sou Imaculada, sou conexão de tradição e inovação. Esse slogan, propagado por todo o ano e em...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you