Page 1

16 || | CORREIO SPORT ||| Sábado, 17.10.2009

CORREIO DA MANHÂ Sábado, 17.10.2009

CORREIO DA MANHÂ

||| CORREIO SPORT ||| 16|

Mundial 2018

CANDIDATURA n PORTUGALJÁ ESCOLHEU RECINTOS PARAACOLHER CAMPEONATO DO MUNDO

l DAVID BARATA

G

ilberto Madail e Angel María Villar, presidentes da Federação Portuguesa de Futebol e da Real Federação Espanhola de Futebol, respectivamente, vão deslocar-se na próxima terça-feira a Zurique (Suíça) para apresentarem formalmente a candidatura ibérica ao Mundial de 2018, ou de 2022, ao presidente da FIFA,Joseph Blatter. Se no país vizinho ainda são discutidos os palcos que poderão acolher a prova (são 13 os interessados), em Portugal a escolha está feita. Segundo o Correio Sport apurou,Gilberto Madail e restante

Estádio da Luz foi final do Euro’2004

PEDRO CATARINO

Inaugurado a 25 de Outubro de 2003, o Estádio da Luz tem capacidade para 65 mil lugares e custou 165 milhões de euros. Foi palco da final do Euro’2004.

staff da FPF já definiram o lote de a que o Estádio da Luz possa rececidades e estádios a incluir na ber o jogo inaugural. Voltando ao Estádio Municipal ‘proposta’. Os recintos de Lisboa (Luz e Alvalade), Porto (Dragão), de Braga e àquele que parece ser o Braga e Algarve são os escolhidos, caso mais complexo (o recinto está sendo que os dois últimos necessi- construído no meio de uma petam de obras de ampliação para dreira),a solução deverá passar por cumprirem o requisito de lotação uma bancada amovível, uma situação inédita nestas mínima (42 mil lugaandanças mas, apures) imposto pelo orrou o Correio Sport, ganismo máximo que tutela todo o futebol Espanha terá permitida pela FIFA. mundial (FIFA). Fora deste lote fidireito a Dos dez estádios cam os estádios de indicar entre construídos para o Guimarães, Bessa, Euro’04, apenas três cinco e sete Av e i r o , L e i r i a e (Luz, Alvalade e Dra- estádios C o i m b ra , to d o s gão) cumprem esta construídos para o norma. Não estão, Euro’04 mas que, ao todavia,habilitados para receber o que o Correio Sport pôde comjogo de abertura ou a final, pois provar, não revelaram interesse neste particular a FIFA pede, nor- em fazer parte de uma lista que malmente,recintos com um míni- terá cinco estádios portugueses. mo de 80 mil lugares. Contudo, Espanha poderá indicar até sete esta é uma questão que a candida- recintos,num total tura ibérica quer tornear,de forma de doze. n

Estádio do Dragão

Estádio José Alvalade

Estádio Algarve

Municipal de Braga

Desenhado pelos arquitectos Jorge Estriga e Manuel Salgado, o Estádio do Dragão tem lotação oficial de 50 399 lugares. Foi inaugurado no dia 16 de Novembro de 2003 e teve um custo de aproximadamente 96 milhões de euros. Foi o palco da abertura do Euro’2004, no dia 12 de Junho: Portugal, 1 - Grécia, 2.

Tomás Taveira foi o arquitecto responsável por fazer do Estádio José Alvalade uma realidade. Com inauguração datada de 6 de Agosto de 2003 – foi o primeiro a ficar concluído –, tem 50 080 lugares e custou pouco mais de 105 milhões de euros.

Foi o mais barato de todos os estádios construídos para o Euro’2004: 29 milhões de euros foram suficientes para pôr de pé o Municipal de Faro/Loulé. Tem, actualmente, capacidade para 21 mil lugares. Precisa do dobro para poder entrar nas contas.

Custou mais de 100 milhões de euros e é uma obra com o cunho pessoal de Souto Moura. O Municipal de Braga, também conhecido por ‘Pedreira’, tem lotação para 30 286 espectadores. Pouco ainda para atingir a lotação mínima exigida pela FIFA (42 mil lugares). Existe a opção de instalar uma bancada amovível.

Figo apoia candidatura conjunta

INÁCIO ROSA/LUSA

Luz, Alvalade e Dragão cabeças de cartaz.Braga e Algarve precisam de ajustes

n

JORGE PAULA

Os cinco trunfos lusos para seduzir a FIFA

n

União Ibérica. No encontro a ter lugar na terça-feira na sede da FIFA, em Zurique, Madail e Villar aproveitarão para mostrar os resultados de um estudo encomendado a duas instituições universitárias dos dois países que comprovam as potencialidades da candidatura ibérica aos níveis social, económico, financeiro e desportivo.

l Em vésperas de semana em que decorre a apresentação da candidatura conjunta, Luís Figo defendeu a organização da mesma na Península Ibérica,elegendoa como “uma das mais fortes e com todas as condições para ganhar”. “Temos tudo. O mais importante são os adeptos e a paixão que têm pelo futebol. Depois, as infra-estruturas existentes, comida, hotéis e clima. Tudo isso faz com que sejamos um dos fortes candidatos, tanto mais pela experiência na organização deste tipo de eventos”, afirmou.n

Saiba mais l BLATTER CONTRA UNIÃO Joseph Blatter mostrou-se inicialmente contra a possibilidade de uma candidatura conjunta. No entanto, e depois de uma visita à Bélgica (que irá apresentar-se em união com a Holanda), este cenário alterou-se substancialmente.“São hipóteses simpáticas”, disse o líder da FIFA.

10 opções

l l Austrália, Inglaterra, Rússia, Holanda/Bélgica, Indonésia, Japão, Qatar, Coreia do Sul e Estados Unidos são outros candidatos à organização do Mundial’2018. A Inglaterra parece levar vantagem mas as campanhas de Portugal e Espanha no próximo Mundial serão decisivas.

Portfolio Mockups (Final Art)  

Saiba mais l DAVID BARATA gão cabeças de car- taz.Braga e Algarve precisam de ajustes Espanha terá direito a indicar entre cinco e sete está...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you