Page 1

Ano 01 / Abril 2014 - nยบ 01

fotografo!


Edição 01

revista

fotografo! Catálogo Fotografo! apresenta nesta edição as fotos realizadas com a máquina Canon, lente 50 mm, de texturas dos mais variados lugares de Curitiba. Vidros, pedras, orgânicos, metais, objetos e livros são os temas, confira!

1

Aluno do 7º periodo do curso de Design, das Faculdades Integradas do Brasil - Unibrasil.

A textura é um elemento que possui, simultaneamente, qualidades ópticas e tácteis. Este último aspecto é o mais saliente, já que a textura é o elemento visual que sensibiliza e caracteriza materialmente as superfícies dos objetos ou dos sujeitos fotografados. Por vezes, o grão de uma imagem fotográfica pode ser simultaneamente forma, textura e cor, como sucede com o tipo de pincelada empregada no campo da pintura. Com as técnicas de tratamento digital podem imitar-se as texturas da imagem pictórica, com a utilização dos numerosos filtros que oferece o programa Photoshop da Adobe, um dos mais difundidos do mercado. Muitas vezes, a utilização de filtros digitais constitui um recurso que permite disfarçar a escassa qualidade da fotografia ou simplesmente possibilita construir imagens singulares que apresentam impacto ou chocam o espectador (técnicas que, com os procedimentos fotoquímicos de laboratório, seriam quase impossíveis de concretizar, pela sua dificuldade). Na fotografia fotoquímica, a textura é determinada sobretudo pelo tipo de emulsão fotográfica empregada. Quanto menos sensível (mais lenta) é a película, menos visível será o grão fotográfico e a resolução da imagem será muito maior da imagem rea.

Pelo contrário, quanto mais sensível (mais rápida) for a emulsão fotográfica, menor será a resolução da imagem e mais visível será o grão fotográfico. A visibilidade do grão pode ser determinada pelo tipo de revelador utilizado no processo de obtenção da imagem, ou talvez pela utilização de técnicas digitais de revelação, positivação ou de tratamento digital das imagens retiradas. A maior visibilidade do grão pode ser um factor que compromete a nitidez da imagem, até um ponto em que a imagem careça de profundidade espacial e pareça absolutamente plana. Finalmente, cabe destacar que a textura é um elemento chave para a construção de superfícies e de planos. Arnheim afirma que se trata de um elemento ao serviço da criação de profundidade na imagem, da qual depende a sua tridimensionalidade e onde a iluminação joga um papel essencial, como veremos nesta edição.

Fotografe! / nº 01 2014

Fotografe! / nº 01 2014

Helder Yurk Vizinoni

A textura

2


Fotografe! / nยบ 01 2014

Vidros

Fotografe! / nยบ 01 2014

3

4


Fotografe! / nยบ 01 2014

Pedras

Fotografe! / nยบ 01 2014

5

6


Fotografe! / nยบ 01 2014

Metais

Fotografe! / nยบ 01 2014

7

8


Fotografe! / nº 01 2014

Orgânicos

Fotografe! / nº 01 2014

9

10


Fotografe! / nยบ 01 2014

Objetos

Fotografe! / nยบ 01 2014

11

12


Fotografe! / nยบ 01 2014

Livros

Fotografe! / nยบ 01 2014

13

14


Helder Yurk Vizinoni

Catalogo fotografo! Helder Yurk Vizinoni  

Trabalho realizado na disciplina de Fotografia, com o objetivo da captura de imagens das texturas de vidros, metais, orgânicos, objetos, liv...

Advertisement