Page 1

O martim-pescador ou guarda-rios ou ainda pica-peixe é um belo produto da natureza que enfeita rios e mares daqui e de alhures, o “kingfisher” para os gringos, bem merece, por sua especialidade e beleza consagrar-se como o símbolo dos destacados pescadores que se integraram a este álbum.


P

R

Ó

L

O

G

O

A

pescaria a partir do ICRJ, a primeira das atividades marítimas do clube, depois do remo de lazer e das corridas de lanchas, gerou intensa movimentação, a partir de 1962 quando, à míngua de experiência oceânica dos comandantes e tripulações das embarcações, os nossos mergulhadores foram convocados para compor as equipes dos barcos que começavam a aventura do mar aberto sob a liderança de Raymundo de Castro Maya, dos irmãos Manoel e Aristides Leão, Herbert Richers, Luiz (Lulú) Nolasco, Octavio Reis, Luiz Carlos Laport e John Kitchman, para exemplificar; tendo como tripulantes-pescadores os mergulhadores Bruno Hermanny, Luiz (Lulú) Correira de Araujo e Luiz Leopoldo Noronha (Bijú). Tripulações femininas também foram formadas , atuando com desembaraço e eficiência, orientadas pelos comandantes das lanchas.

No verão 1962/63, quando foi lançado o 1º Torneio de Peixes de Bico do ICRJ, o associado Dr. Alberto Carvalho (Carvalhinho), então “Capitão da Pesca”, título que antecedeu a atual denominação de Diretor de Pesca, conversa (foto ao lado) com José Carlos Laport, ultimando as providências para a largada das lanchas (vistas ao fundo) que partiriam para a aventura.


A NEMESIS

do Pioneiro - Raymundo Castro Maya

P

rimeiro representante da IGFA no Brasil, Castro Maya, igualmente devotado às artes plásticas, reuniu no Museu da Chácara do Céu boa parte da sua rica pinacoteca, dedicando-a assim à Cidade do Rio de Janeiro. Devoção idêntica recebeu dele a pesca oceânica, que iniciou praticando no exterior, lá mesmo na Humbolt Current, na costa noroeste da América do Sul, águas fronteiras ao Peru, integrando-se aos mais notáveis pescadores americanos da época, com quem se associou na fundação do Clube de Cabo Blanco, que para ali transferiram sua atividade quando perdeu ênfase a região de Avalon na costa oeste californiana. Do Peru trouxe a mentalização de que havia que opor força contra os peixes de bico, cujo porte excepcional ensejava, naquela época, a ocorrência de recordes de marlin ne-

gro a cada dia de atividade pesqueira. No Brasil, mais precisamente a partir do Cabo Frio, onde mantinha uma casa no Arraial do Cabo, sempre utilizou os parâmetros de Cabo Blanco em termos de material de pesca, anzóis grandes e duplos, linhas potentes e caniços especiais, com eles pesquisando a região sul do Cabo, durante cerca de 14 anos, sem sucesso, que também não foi favorecido pelo porte da Nemesis, mais um iate do que um barco de O primeiro bico - 1955 pesca.   Até que diminuindo o peso dos instrumentos e o tamanho das iscas, capturou os primeiros peixes de bico no Brasil, talvez secundando os militares americanos sediados na Ilha de Fernando de Noronha, durante os anos finais da segunda guerra mundial. Gênio criador, mobilizou as melhores forças políticas do ICRJ e projetou construir onde é hoje a área do hangar 8 um prédio exclusivamente destinado às atividades da pesca até com aprovação do Conselho Deliberativo do Clube, posteriormente revista.


Castro Maya prosseguiu nas suas buscas pelo peixe de bico nas águas fronteiriças ao Cabo Frio, no rumo Sul, onde atualmente grandes conquistas foram alcançadas pelos modernos pescadores do clube, com a realização já agora, por mais de 26 anos do Torneio Cabo Frio Invitation. À esquerda o produto dessa pesquisa, dois belos sails e à direita, no canal Itajuru, diante da casa de seu amigo, Alberto Proença de Faria, um marlin branco de bom tamanho. bom

Do lado esquerdo, Castro Maya com um marlin negro do Peru e, à direita, com sua equipe formada por Mario Ornardes, Carlos Figueiredo, Bento Soares Sampaio e Victor Lage, em Wedgeport, Canadá, exibindo suas capturas de atuns negros.


TITÂNIA

Comandante Manoel de Azevedo Leão

O

doutor Manoel de Azevedo Leão e seu irmão Aristides foram pesquisadores nas águas da cidade do Rio de Janeiro e tiveram como companheiComandante ros, além do devotado marinheiro Manoel Leão Antônio Ramos Mota - o “Antônio da Titânia”, os amigos John Kitchman, antigo administrador de uma empresa americana de combustíveis, Lulu Nolasco e Alberto Faria. Manoel e Kitchman foram os priJohn Kitchman meiros, num sentimento acentuado de solidariedade, a transmitir, em diversas conferências e conversas, os segredos do material leve que, depois de aprendida a lição, seus companheiros e alunos souberam aplicar, com competência crescente. É o que este álbum quer mostrar.

Manoel Leão, de bordo da sua Titânia, também como a Nemésis de Catsro Maya, um barco alto, que não facilitava a ferrada dos peixes menores que os marlins, como os abundantes sails encontrados nas águas fluminenses, soube persistir e trazê-los ao cais da subsede de Cabo Frio, onde, não raro, dividia a popa do Nemesis com castro Maya.


Manoel Leão, com a carta aqui transcrita que dirigiu a Helio Barroso, produziu um rápido histórico dos primeiros passos dos pescadores mais antigos que limitavam suas sortidas aos pesqueiros então atraentes das tranquilas águas da baía de Guanabara, enquanto acumulavam energias para dar o salto para o arquipélago fronteiriço às águas do Rio de Janeiro, onde eram usados varões na busca de badejos e garopas.


“Rio de Janeiro, 16 de janeiro 1975. Meu caro Helio Barroso, Profundamente emocionado, recebi a placa de prata que os companheiros do Primeiro Torneio Brasileiro Aberto de Pesca Oceânica tiveram a gentileza de presentear-me, com dizeres que não sei como agradecer. Da velha-guarda, conheci os tempos em que as pescarias se faziam aqui na baía – os robalos de Mocangê, de Santa Cruz, do Boqueirão, os badejetes e garoupas da ponta do Cara de Cão, as enchovas da Lage. Mais tarde animaram-se e começaram a ir às Cagarras; à Rasa, às Tijucas. Eu já era homem feito quando as saídas estenderam-se até às Maricás, onde o clube fez construir uma barraca para os pescadoresque desejavam pernoitar. Em 1937 o Raymundo de Castro Maya trouxe o Nemesis da Inglaterra e da casa que possuía no Arraial do Cabo, começamos a pescar pelas ilhas até a Ancora,. mas de modo geral eram sempre pescarias costeiras. Quando em 1958 adquiri em Buenos Aires a primeira Titânia (que se chamava Enca) começamos o meu irmão mais moço Aristides, atual Presidente da Academia de Ciências, e eu a fazer explorações ao largo, mas de começo sem grande sucesso. Saíamos do Clube às 10 horas da noite e no rumo sul navegávamos a noite inteira arreando as linhas n’água ao clarear do dia e começávamos a regressar em marcha de corrico.

Matávamos alguns dourados, uns atuns pequenos e era só. Até que uma vez, abrindo um pouco mais para leste, em águas azuis, ao largo da Ponta Negra, Aristides matou um marlim-azul de 56 quilos e eu dois sails, sendo que um escapou na hora de ser embicheirado. Nessa mesma semana, o Raymundo de Castro Maya, em Cabo Frio, pescava também o primeiro peixe de bico. A nossa captura não causou emoção no Clube, o que de certo modo nos decepcionou. No ano seguinte, porém pesquei um marlim de 108 kg e então a turma da pesca ficou interessada. Tínhamos um companheiro, bom pescador, o John Kitchman, gerente da Atlantic e nós dois fizemos uma palestra no Clube sobre tipos de isca, modos de ferrar os sails, uso de outriggers, etc. Aí então começou a animação. Nunca nos passou pela cabeça, entretanto, que o interesse pela pesca oceânica crescesse tanto e em tão pouco tempo. E hoje sinto-me enormemente satisfeito por ver tantos companheiros abraçando um sport que, além de toda a sua beleza e excitamento, está levando a nossa rapaziada a um contacto mais íntimo com o mar. A todos o meu muito obrigado e para você um abraço do Amigo certo”

No tocante ao peixe de Raymundo de Castro Maya, a memória traiu o eminente missivista, já que essa captura, a primeira do Brasil, ocorreu, de fato, em 1955, em Cabo Frio.


ZAZÁ

Comandante Herbert Richers

Premiação de Zazá vencedora do Torneio de Peixes de Bico de 1966/1967

Três mergulhadores que empunharam os caniços nas primeiras etapas, Bruno Hermanny, Luiz Leopoldo Noronha (Bijú) e Luiz Correia de Araújo (Lulu).

Herbert Richers e Bruno Hermanny


ERNA A “Erna”, uma lancha de 24 pés, produzida pela Carbrasmar, de madeira e casco trincado, ainda equipada com out-riggers de bambu e comandada por Herbert Renaux, tendo a bordo o então marinheiro Homero Mendes, foi a vencedora dos três primeiros torneios de bico realizados pelo clube.

Comandante Herbert Renaux

Homero Mendex


O

comandante da Erna, catarinense Herbert Renaux, contou sempre com o auxílio do marinheiro, Homero Mendes, posteriormente transformado em produtor de caniços (excelentes, diga-se) e de todos os implementos componentes, além de tornar-se especialista na manutenção dos molinetes utilizados na época e, por anos seguidos, daqueles modernos que foram sendo introduzidos e utilizados pelos nossos pescadores. O diretor Victor Welich acompanha o diretor geral do JB, Sr. Bernard Campos na entrega da premiação ao vencedor do III Torneio Anual de Peixes de Bico.

Em destaque, o sempre presente Homero Mendes, com as capturas da “Erna”que lhe deram a vitória em sucessivos torneios, o habilidoso artesão, atualmente aposentado e vivendo em Uberlândia, em Minas Gerais, onde o mar ainda não chegou.


A PESCA, A CONDESSA E O JB Se foram auspiciosos os primeiros passos da pesca oceânica no ICRJ, muito se deve ao Jornal do Brasil e a sua presidente, a Condessa Pereira Carneiro, que deu apoio publicitário e patrocínio de prêmios, chegando ao ponto de enviar avião à região em que estavam concentradas as lanchas do clube para fotografá-las e colocá-las na primeira página do JB. Enquanto durou esse saudável elacionamento, a Condessa não deixou de prestigiar as festas de encerramento da temporada, oferecendo e entregando a premiação aos vencedores, juntamente com Bernard Campos, diretor geral daquele diário.

O diretor Alberto Carvalho, o Carvalhinho e o Comodoro Cecil Daves assistem a Condessa na entrega de prêmios do 1º torneio de bicos.


Ao

encontrar, lá em Manguinho, Búzios, o mural retratando uma boa pescaria da Miss Flamengo de 1975, eu e o meu caro amigo Luiz Carlos Nolasco sentimo-nos comovidos pela iniciativa do Antonio Branco e, confesso que, emocionado, resolvi estender a minha satisfação aos demais companheiros da pesca a partir do ICRJ, retratando-os ao expor num álbum as fotos de nossas lanchas e de alguns bons momentos de boas pescarias de cada qual sem mencionar todas as vitórias individuais, que ficaram anotadas ao final. De sorte que nenhuma comparação foi estabelecida, preservando o orgulho que todos cultivam por suas conquistas. É um preito de saudade, amizade e carinho que reafirmo dispensar a todos que estão presentes neste álbum. Com mais de 40 anos de atividade, passaram pela minha visão nomes de grandes personalidades e excepcionais pescadores que nos ajudaram a consolidar a atividade pesqueira e muito amadora no ICRJ, uma casa muito acolhedora. A eles, que aqui já não mais estão, dedico este trabalho fazendo-os representar pelos nomes saudosos de Manoel de Azevedo Leão, Luiz Nolasco, Raymundo de Castro Maya e John Kitchman, grandemente destacados em seu tempo. A palavra final vai, porém, com especial devoção para os meus companheiros pescadores que ajudaram a compor a nobreza da Miss Flamengo, dos quais é exemplo o meu fiel amigo Antonio da Rocha Soares, português de boa cepa, em cujas mãos seguras de quem tem o instinto do mar estiveram sempre os lemes das quatro Miss Flamengo, em que com eles, naveguei e pesquei por longos e inesquecíveis tempos. Helio Barroso


ALI DE DEUS

Comandante Helio Marques


ANDREA RIO

Comandante Adolpho A.. Mayer


BACCARAT

Carloman e Elizabeth, líderes das tripulações masculina e feminina .


BINOCA BINOCA

Leonardo Bocner Leonardo Bocner comandante, comandante, inclusiinclusive abaixo com seu pai ve abaixo com seu pai Henrique e um belo marlin. Henrique e um belo marlin.


BOM DE BICO e JOCKER Comandante Marcelo Rodrigues


EMA

Comandante Harry Adler


EMĂ?LIA MARIA

Comandante J.A. Esteves Correia


FLYING FISH e CAT WALK Cat Walk - 26 pĂŠs

O comandante Fernando Garcia e as duas lanchas com as quais produziu com seus companheiros tripulantes belas pescarias.


JENNY

Comandante Victor Adler


LUAMAR

Comandante Mario Veiga de Almeida


MACUNAIMA

Comandante Raymundo Pacheco de Brito


MELLY BLACK

Comandante Claus Buckman


PASARGADA

Pasargada de Alberto EmĂ­lio Dumortout , em mar revolto


As duas PATTY Comandante Sergio Tristão

39”

44”


PONTA NEGRA

Comandantes: José Vasco Costa

João Paulo Costa


RICAMAR

Comandante Raul de Souza Francisco


STRICKER, TURCA e TRAPAC Stricker

Comandante Antonio Bali

Comandante A. L. Lobato


TARPON

Comandante Marco Ribas


WIKAKA II

Comandante Arthur B. Redig


XIMBICA

Comandante LuĂ­s Americo A. Costa


Helio Barroso e Luiz Carlos Nolasco em visita ao mural existente no Bar dos Pescadores, em Manguinhos, Armação dos Búzios, extraído de uma fotografia de boa pescaria da lancha Miss Flamengo em 1975, na região (original ao lado), pintado pelo artista francês Hugo Desmaziéres , por iniciativa de Antonio Branco.


Tripulantes - Pescadores ao longo do tempo

Belmiro Tibau

Arthur Redig

Antonio Soares

Renato “Caca”

Francisco Olival

Patrick Josquin

Antonio Branco

Luiz Carlos Nolasco


As 4 MISS FLAMENGO 37” - Casco trincado

Dupla proa - trincado

47” - Mares


PEIXES EXCEPCIONAIS I

IV

II

III

I - Marlim Azul - Cabo Frio - João Paulo Costa - 464 kg / 1022 lb II - Marlim Negro - Austrália - Justino Magalhães - 456 kg / 1005 lb III - Marlim Negro - Austrália - Justino Magalhães - 465 kg / 1022 lb IV - Marlim Negro - Austrália - Helio Barroso - 442 kg / 976 lb


Marlim Negro escapado, mas no sentido da balanรงa e depois liberto.


TORNEIOS DE PEIXES DE BICO -

EQUIPES VENCEDORAS

1963/1964 ERNA

Herbert Carlos Renaux

1972/1973 MAÍRA

Ivan Guimarães Briggs

1964/1965 ERNA

Herbert Carlos Renaux

1973/1974 AQUARIUS

Antônio Augusto Roxo Monarcha

1965/1966 ERNA

Herbert Carlos Renaux

1974/1975 ARATACA

Sérgio Kastrup

1966/1967 ZAZA

Herbert Richers

1975/1976 WIKAKA II

Arthur Bittencourt Redig

1967/1968 BB

Sérgio Mendes Pinheiro

1976/1977 BANDIDA

Antônio Pinhão da Silva

1968/1969 LUAMAR 1969/1970 MAÍRA

Mário Veiga de Almeida

1977/1978 ANDREA RIO

Adolpho A. Mayer

Ivan Guimarães Briggs

1978/1979 RICAMAR

Raul de Souza Francisco

1970/1971 MISS FLAMENGO

Hélio Barroso

1979/1980 STRIKER

Antônio Bali

1971/1972 MISS FLAMENGO

Hélio Barroso

1980/1981 MACUNAIMA

Raymundo de Britto


1981/1982 PONTA NEGRA

José Vasco Teixeira da Costa

1990/1991 PATTY

Sérgio Giestas Tristão

1982/1983 PONTA NEGRA

José Vasco Teixeira da Costa

1991/1992 DAMG

Denison Floret Duque Silva

1983/1984 BINOCA

Leonardo Bochner

1992/1993 MISS FLAMENGO

Hélio Barroso

1984/1985 PATTY

Sérgio Giestas Tristão

1993/1994 BACCARAT

Carloman Maia de Oliveira

1985/1986 BINOCA

Leonardo Bochner

1994/1995 BACCARAT

Carloman Maia de Oliveira

1986/1987 MISS FLAMENGO

Hélio Barroso

1995/1996 MALA

Arnaldo Araújo de Mattos Filho

1987/1988 José Augusto Esteves Correia EMILIA MARIA

1994/1995 BACCARAT

Carloman Maia de Oliveira

1988/1989 RICAMAR

Ricardo Souza Francisco

1995/1996 MALA

Arnaldo Araújo de Mattos Filho

1989/1990 TRAPAC

Antônio Carlos Lobato

1996/1997 MALA

Arnaldo Araújo de Mattos Filho


TORNEIOS DE PESCA COSTEIRA - EQUIPES VENCEDORAS 1969

MISS FLAMENGO 1970

MISS FLAMENGO

Comandante: Hélio Barroso Pescadores: Antônio Soares Belmiro Tibau Renato Costa (Cacá)

1976

Comandante: Pescadores:

Ivan Briggs Alberto Ivan Briggs Mário Vignal Victor Lourival

Comandante: Hélio Barroso Pescadores: Antônio Soares Belmiro Tibau Renato Costa (Cacá)

1977 Comandante: CABARET Pescadores:

Augusto Nobre Luiz Ozório Werneck Léa Nobre Eduardo Ozório

1978 Comandante: STRAVAGANZA Pescadores:

Evangelista Pereira Antônio Wakigawa Joilson dos Santos Rodrigo Costa Pereira Eliseu Soares

1979 Comandante: QUEBEC Pescadores: 1980 Comandante: CAMBARRA Pescadores:

Antônio Sabbato Annechino Carlos Fernando Axé Annechino Wilson Nogueira Rodrigo Costa Pereira Moacir Santos

1981

Comandante: Pescadores:

Arthur Bittencourt Redig Joaquim Tavares Amauri Silva Cid Gonçalves Nunes da Costa Eliseu Soares Neto

1982 Comandante: EMILIA MARIA Pescadores:

José Augusto Esteves Corrêa Eliseu Soares Neto Eliseu Soares Evandro Soares Eliseu Soares

1971

Comandante: MISS FLAMENGO Pescadores:

Hélio Barroso Antônio Soares Belmiro Tibau Renato Costa (Cacá)

1972

Comandante: MISS FLAMENGO Pescadores:

Hélio Barroso Antônio Soares Belmiro Tibau Renato Costa (Cacá)

1973

Comandante: MISS FLAMENGO Pescadores:

Hélio Barroso Antônio Soares Belmiro Tibau Renato Costa (Cacá)

1974 Comandante: VIDA MANSA Pescadores:

Chafik Saade Evaristo Nogueira de Sá Filho Manoel Martins Albino Martins da Costa

1975 Comandante: QUEBEC Pescadores:

Antônio Sabbato Annechino Carlos Fernando Axé Annechino Wilson Nogueira Rodrigo Costa Pereira Moacir Santos

MAIRA

WIKAKA

Rocha Pinto Oscar Mattos Luis Ernesto Bley


1983 EMILIA MARIA

Comandante: José Augusto Esteves Corrêa Pescadores: Otto Loureiro de Noli Vergueiro Evandro Soares Eliseu Soares

1984

Comandante: Victor Adler Pescadores: Loris Lupetina Cid Gonçalves Nunes da Costa Comandante: José Augusto Esteves Corrêa Pescadores: Victor Pestana Marcelo Soares Evandro Soares Eliseu Soares

JENNY

1985 EMILIA MARIA 1986

JO ANNE

1987

Comandante: Walter Gainsbury Pescadores: Maurício de Souza Paixão Fernando Almeida Júlio Giesteira Almeida

ANGÉLICA

Comandante: Luiz Oswaldo Norris Aranha Pescadores: Joilson dos Santos Johny Spievak Evandro Soares Eliseu Soares

1988 EMILIA MARIA

Comandante: José Augusto Esteves Corrêa Pescadores: Johny Spievak Evandro Soares Eliseu Soares

1989

Comandante: Renato Quintaes Pescadores: Alberto Quintaes Cid Gonçalves Nunes da Costa Eduardo Baumeier

KHAYYAM

1990

Comandante: Jamil da Silva Lessa Pescadores: Miguel Abdala Eurico Soares Johny Spievak Eliseu Soares

1991 LAUROCRIWA

Comandante: Jamil da Silva Lessa Pescadores: Miguel Abdala Eurico Soares Johny Spievak

1992 ERYTHREUS

Comandante: Adilson Martins Xavier Pescadores: Fernando José de Souza Almeida Otto Loureiro de Noli Vergueiro Alberto Quintaes

1992 MIAMI VICE

Comandante: Armando Santone Pescadores: Eduardo Aranha Sérgio Tunhas Moreira

1993 LAUROCRIWA

Comandante: Jamil da Silva Lessa Pescadores: Roberto Gomes de Oliveira Jayme Silva Johny Spievak

1994

BINOCA

Comandante: Leonardo Bochner Pescadores: João Paulo Teixeira da Costa Eduardo Baumeier Eliseu Soares Neto

1995 SPLENDORE

Comandante: Armando Santone Pescadores: Marco Antônio Alves Pessanha Sérgio Tunhas Moreira Eduardo Aranha Eliseu Soares

LAUROCRIWA

Eliseu Soares


1996 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia João Machado Vaz Eliseu Soares Jamil Abrão

2002 Comandante: CATALAN Pescadores:

Manolo Camero Bertolino Lowen Paulo Cechetti Carlos Bartolomeu Bastos Barbosa

1997 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia Eliseu Soares Evandro Soares

2003

BINOCA

Comandante: Pescadores:

Leonardo Bochner Eliseu Soares Neto Johny Spievak João Paulo Teixeira da Costa Vicente Arruda Filho

1998 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia Evandro Soares Eliseu Soares Eurico Soares

1999 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia Evandro Soares Eliseu Soares

2004 Comandante: BINOCA Pescadores:

Leonardo Bochner Johny Spievak Vicente Arruda Filho Eliseu Soares Neto João Paulo Teixeira da Costa Eduardo Baumeier

2000 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia Evandro Soares Eliseu Soares Cristiano Merheb

2005 Comandante: FLYING FISH Pescadores:

Fernando da Costa Garcia Jayme da Costa Garcia Marco Aurélio Vahia de Abreu Eliseu Soares Neto Luis Carlos Bulhões Marcelo Agostini

2006

2001 Comandante: ALHAMBRA Pescadores:

Guilhermino Lima Wilton Eloy Pontes Claudio Eduardo Castro Fernando Pedrosa Sérgio Lannes Vieira

Victor Adler Eliseu Soares Evandro Soares Eurico Soares Eduardo Elias Jorge Filho Paulo Cesar Picorelli Fernando Caetano Almeida Neto

Comandante: JENNY Pescadores:


2007

Comandante: JENNY Pescadores:

Victor Adler Eliseu Soares Evandro Soares Eurico Soares Eduardo Elias Jorge Filho Paulo Cesar Picorelli Fernando Caetano Almeida Neto Flรกvio Campos Reis

2008 Comandante: JENNY Pescadores:

Victor Adler Eliseu Soares Evandro Soares Eurico Soares Eduardo Elias Jorge Filho Paulo Cesar Picorelli Fernando Caetano Almeida Neto Flรกvio Campos Reis

2009

Victor Adler Eliseu Soares Evandro Soares Eurico Soares Eduardo Elias Jorge Filho Paulo Cesar Picorelli Joรฃo Victor Dias Flรกvio Campos Reis

Comandante: Pescadores:

JENNY


TORNEIOS OPEN 25 (ICRJ 25) - EQUIPES VENCEDORAS 1994 JOKER

Marcelo Saade Rodrigues

1995 MELLY BLACK

Claus Buckmann Cardoso de Melo

1996 MAGUI

Denison Floret Duque Silva

1997 KAHALA

Cid Gonรงalves Nunes da Costa

1998 BINOCA

Leonardo Bochner

1999 KAHALA

Cid Gonรงalves Nunes da Costa

2000 BINOCA

Leonardo Bochner

2001 BINOCA

Leonardo Bochner

2002 BINOCA

Leonardo Bochner

2003 FLYING FISH

Fernando da Costa Garcia

2004 AQUILA BLANKA

Eliseu Soares Filho

2005 AQUILA BLANKA

Eliseu Soares Filho

2006 FLYING FISH

Fernando da Costa Garcia

2007 FLYING FISH

Fernando da Costa Garcia

2008 FLYING FISH

Fernando da Costa Garcia

2009 RELEASE

Leonardo Bochner Eliseu Soares Neto Johnny Spievak


O martim-pescador, cidadão de todas as águas, emerge no oceano Índico com seu troféu: “peixe no bico do emérito pescador”.

Pescarias de Vencedores  

Este álbuum é uma homenahem do autor, Helio Barroso, aos bons companheiros participantes do Torneio Tradicional do ICRJ (1962/2010).