Issuu on Google+

jhcMiídiaDigital

Edição 033

Ano 2013

Para os olhos da mente, um fractal é uma maneira de entrever trever o infinito.

~2~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Índice

06

Capa Fractais

13

Extrato de crédito bancário do INSS passa a valer por 90 dias

15

Contos e Lendas

16

Fatos em Foco

Matérias 37

Aborto - silêncio e rito sumário

40

Grécia quer pôr os mais ricos pagando proteção policial.

42

O toureiro foi operado novamente

45

46

Gastronomia

Street Style

56

A bagunça vai se instalando

58

Ciência e Tecnologia

80

Lady Gaga fala sobre lesão:

84

Isso ainda acontece no Brasil.

~3~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Fundado em 12/09/2012.

Fundador Diretor Editor Responsável: José Heitor da Costa Presidente: Jaldete Vieira Garcia. Vice-presidente: presidente: José Heitor Heit da Costa. Diretor Executivo: Sandoval Freire Diretor Administrativo: Valberto Garcia Diretor Comercial: João Carlos Junior Diretor de Contatos Publicitários: Pedro Gutierrez Teixeira Diretora de Publicidade: Carmem Lúcia Diretora de Assuntos Culturais: Culturais Ana Cristina Diretora de Projetos Gráficos e Web Designers: Izabel Souza Diretor e Editor de Esportes: João Costa Diretor de Assuntos Internacionais: Gilmar Freitas Correspondentes internacionais: Gilmar Freitas. Rotieh Atsoc. Afonso Arruda. Penélope Mirta rta Repórteres: Afonso Aquino. Pinheiro Junior. Rodrigues Taú. Wanda Lacerda. Colunista colaborador: Chakra Amor. Consultores: Moda / Beleza: Carmem Lúcia. Gastronomia nacional e internacional: Sochiro Ochida Conselho Administrativo Presidente: Jaldete Vieira Garcia. Vice-Presidente: Vice Presidente: José Heitor da Costa.

~4~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Editorial Parece que teremos um fim de semana favorável com a presença do astro rei se apresentando de forma radiante. Na semana passada enfre nfrentamos dias trevosos que muitos distraídos atribuíam ao período do frio o inverno. Porém, observamos que realmente a temperatura a emocional das d populações, continuam em processo de ebulição. Interessante nteressante o comportamento dessas pessoas, pessoas, marcam hora e lugar, para dali partirem com suas ‘revindicações democráticas’ embasadas em puro ideal niilista. nto e, quando recebem os rigores daqueles Provocam o confron responsáveis pela manutenção manu da ordem plena atribuem buem a eles, serem servos de um sistema ditatorial. Aonde nos levará á essa dicotomia insana? Emoção ão Razão. Raz Povo Poder. Honesto Ladrão. Ladr Ditadura Democracia. O que irá ir acontecer se o Barcelona não não escalar o Neymar para jogar com o Messi? O Brasil irá á invadir a Espanha? A idolatria é condenada, condenada mas, o que vimos nestes últimos dias, dias nos faz entender que o pecado é pertinente quando o ídolo ocupa o imaginário ário popular. O sagrado e o profano são são aclamados em prosa e versos, versos e os ideais? Conforme os interesses são conduzidos, defendidos, ocultados. Como os movimentos das marés o povo é levado.

~5~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Fractais "O Caos não tem estátua nem figura e não pode ser imaginado; é um espaço que só pode ser conhecido pelas coisas que nele existem e ele contém o universo infinito." Frances A. Yates

Rotieh atsoc. jhcMídiadigital

Na Mitologia grega, o Caos era considerado o estado não organizado, ou o nada, de onde todas as coisas surgiam. De acordo com a Teogonia de Hesiold, o Caos precedeu a origem, não só do mundo, mas também dos deuses. deuses. A cosmogonia de Orphic afirma que Chronos (personificação do tempo) deu origem a Ether e a Caos, este formou um enorme ovo de onde nasceu o Paraíso, a Terra e Eros.

~6~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Atualmente, com o desenvolvimento da Matemática e das outras ciências, a Teoria do Caos Caos surgiu com o objetivo de compreender e dar resposta às flutuações erráticas e irregulares que se encontram na Natureza, resíduos da formação primordial vinda do grande ovo de Caos.

A ciência do Caos é relativamente recente e é considerada a terceira ceira grande revelação deste século nas ciências físicas. A investigação do Caos teve início nos anos 60, quando se descobriu que sistemas complexos, que podiam descrever possíveis previsões do tempo, podiam ser traduzidos por equações matemáticas simples. Do mesmo modo, sistemas que eram aparentemente simples e modelos deterministas, podiam levar a problemas muito complexos. Através do estudo desta ciência, verificou-se verificou se que um sistema passa facilmente de um estado de ordem para um estado caótico, podendo surgir, por vezes de uma maneira espontânea,

~7~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


dentro do caos, a ordem. Também foi verificado que pequenas diferenças nas condições iniciais de um sistema podem conduzir a diferenças bastante significativas no resultado final, sendo deste modo fortemente abalado o paradigma da física determinista. Porém, compreendendo o comportamento caótico, muitas vezes é possível entender como o sistema se comportará como um todo ao longo do tempo. Esta ciência tem proporcionado algumas descobertas extraordinárias e levantado questões tão problemáticas que a tornam muito interessante e desafiante. A geometria fractal está intimamente ligada à Teoria do Caos. São as estruturas quebradas, complexas, estranhas e belas desta geometria que conferem uma certa ordem ao caos, e esta é muitas vezes caracterizada como sendo a linguagem do caos. A geometria fractal busca padrões organizados de comportamento dentro de um sistema aparentemente aleatório. Vejamos o seguinte exemplo: O João sai de casa às 9 horas para visitar a avó que vive a 30 Km. Ao sair de casa, fica preso no elevador, por falta de corrente, o que o faz demorar 5 minutos e perder o autocarro que passa de 10 em 10 minutos (passou às 9 horas e 4 minutos). Chega à estação, acabando de perder o comboio (só o viu ao fundo da linha), o próximo é daí a 2 horas. Esta relação é um bom exemplo de caos: uma pequena alteração pode provocar uma diferença considerável, como no caso anterior.

Mas também pode acontecer que uma alteração não origine uma diferença significativa como se pode ver na situação seguinte: Se o João tivesse saído de casa às 8 horas e 59 minutos, o elevador não tinha parado e teria chegado a horas a casa da avó.

~8~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Mas a mais pequena alteração pode ter consequências imprevisíveis. Neste exemplo, saíndo às 9 horas, horas, apenas um minuto mais tarde, o João vai chegar a casa da avó 2 horas e 14 minutos mais tarde. Outra relação existente entre a geometria fractal e a Teoria dos Caos prende-se se com o fato de ambas se terem desenvolvido e crescido graças ao desenvolvimento desenvolvimento da informática. No entanto, embora a utilização de computadores seja indispensável, não podemos confiar cegamente nos computadores pois uma alteração mínima nas condições iniciais pode ser o suficiente para que o resultado sofra mudanças bastante significativas. signifi Apesar das inúmeras aplicações e utilidades, os fractais ainda têm um longo caminho pela frente. Faltam muitas ferramentas e vários problemas continuam sem solução. Uma teoria completa e unificada é necessária e a pesquisa quisa prossegue neste sentido.

"O mundo que nos cerca é caótico mas podemos tentar limitá-lo limitá no computador. A geometria fractal é uma imagem muito versátil que nos ajuda a lidar com os fenômenos fen menos caóticos e imprevisíveis." ‘Benoît Benoît Mandelbrot’’ Mandelbrot Para os olhos da mente, um fractal é uma maneira de entrever o infinito.’ in James Gleick’.

~9~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Cronologia dos Fractais Há mais de dois mil anos, Euclides, segundo conta a tradição, enquanto caminhava pela praia, notou que a areia, vista como um todo, se assemelhava a uma superfície contínua e uniforme, embora fosse composta por pequenas partes visíveis. Desde então, empenhou-se em tentar provar, matematicamente, que todas as formas da natureza podiam ser reduzidas a formas geométricas simples (cubos, esferas, prismas). Concentrado sobretudo nas formas, deixou de lado um elemento importantíssimo neste tipo de análise: a dimensão. No entanto, inconscientemente, esta foi a chave para o pensamento inicial de Euclides, já que um grão de areia, considerado isoladamente, apresenta três dimensões (largura, altura e profundidade), enquanto que a superfície arenosa da praia é visualmente plana (com duas dimensões). Século XVII Newton e Leibniz criaram o cálculo, com as suas técnicas de "diferenciação” em termos geométricos, para assim poderem encontrar a tangente e a curva em qualquer ponto dado. No entanto, algumas funções eram descontínuas e, não tinham tangentes nem pontos isolados. 1870 Weierstrass descreveu uma função que era contínua, mas não era diferenciável, isto é, em nenhum ponto se podia descrever uma tangente à curva. Quase simultaneamente, Cantor criou um método simples de transformar uma linha numa poeira de pontos, que apesar de não passar de pontos isolados no intervalo [ 0, 1 ], tem mais pontos do que os números racionais, ou seja, tem uma quantidade não numerável de pontos. Peano, por seu lado, gerou pela primeira vez uma curva ondulada, que tocava em cada ponto do plano.

~ 10 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Todas estas formas pareciam sair das categorias usuais de linhas unidimensionais, bidimensionais e planos tridimensionais, daí o facto pelo o qual a maioria ser vista como “casos patológicos”. 1880 Poincaré ao analisar a estabilidade do sistema solar, desenvolveu um método qualitativo no qual cada ponto representava uma diferente órbita planetária, criando, o que hoje podemos chamar topologia. Revelou ainda que enquanto muitos movimentos iniciais velozmente caíam em curvas familiares, algumas eram deveras estranhas, “caóticas” cujas órbitas nunca se tornavam periódicas e previsíveis. 1935 O ponto de partida para um matemático bastante célebre, Benoît Mandelbrot foi precisamente a questão da dimensão, que tinha “escapado” a Euclides. Mandelbrot descreveu matematicamente a ideia original de Euclides, acrescentando a essa ideia a questão da dimensão e, foi deste modo que surgiu a geometria dos fractais. Num tempo em que o treino matemático francês era fortemente analítico, Benoît Mandelbrot visualizava os problemas sempre que possível, de forma a também os poder resolver em termos geométricos. 1958 Mandelbrot juntou-se à IBM e, iniciou uma análise matemática do ruído electrónico começando a perceber a estrutura presente nele: as hierarquias de flutuações de todos os tipos que não podiam ser descritas pelos métodos estatísticos existentes. Assim, à medida que os anos foram decorrendo, diversos problemas que não pareciam relacionados, foram se unindo cada vez mais, dando origem ao nome: Geometria Fractal.

~ 11 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Anos Mais Tarde... Outros investigadores, ao tentar compreender a flutuação, como por exemplo o ruído; séries de preços em economia; ou o percurso de partículas no movimento browniano de fluídos, puderam comprovar que os modelos tradicionais não correspondiam aos dados. Embora, estas pesquisas parecessem sem relação, estavam a convergir para um objetivo comum. Embora não aparentem, os fractais podem ser encontrados em todo o universo natural e em toda a ciência, desde o aspecto das nuvens, montanhas, árvores e relâmpagos, até à distribuição das galáxias e à economia de stocks e mercados. Assim, o impacto dos fractais e da geometria fractal é bem evidente, quer na engenharia, nas comunicações telefônicas, na química, na metalúrgica, na arte, na matemática e, até no estudo de doenças crônicas e noutros campos da medicina.Por exemplo, na década passada, alguns estudos revelaram que um coração saudável bate a um ritmo fractal e, que um batimento cardíaco quase periódico, é um sintoma de insuficiência cardíaca. Periódico, é um sintoma de insuficiência cardíaca.

~ 12 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Extrato de crédito bancário do INSS passa a valer por 90 dias Portal Brasil

Documento serve como comprovante de rendimentos dos beneficiários da Previdência e evita deslocamento até agência para obtenção da certidão comprobatória edifício-sede do INSS, inaugurado em Brasília

O Demonstrativo de Crédito de Benefício expedido pelas instituições financeiras pagadoras de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa a ter validade de 90 dias, a contar da data de sua emissão. A alteração, instituída pela Resolução nº 320 do INSS, determina que o demonstrativo possa ser utilizado como documento comprobatório de rendimentos, inclusive para comprovar sua condição de beneficiário do INSS. Emitido pelos bancos por meio dos terminais de autoatendimento, o extrato também tem validade para a retirada de bilhetes grátis ou com desconto em viagens interestaduais. Os idosos com mais de 60 anos e com renda

~ 13 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


mensal de até dois salários mínimos têm direito a passagem gratuita ou com abatimento de 50% no transporte interestadual. Para dar direito a estes benefícios o demonstrativo deve conter, obrigatoriamente, os dados cadastrais do beneficiário, informações sobre o benefício, a competência do pagamento, rubricas e valores referentes aos créditos e débitos. As instituições bancárias disponibilizarão gratuitamente o extrato do mês corrente ou dos últimos três meses. O acesso ao documento é realizado com a utilização do cartão de pagamento ou da conta corrente, conforme os critérios de segurança de cada banco. Ele também poderá ser disponibilizado na Internet, a critério de cada banco, para o beneficiário que receber via crédito em conta. Quando apresentado juntamente com um documento de identificação contendo foto do segurado, o demonstrativo tem valor para comprovar a renda do beneficiário do INSS junto a órgãos públicos e empresas. Dessa forma, não é mais necessário o deslocamento do beneficiário até uma agência para obter a certidão comprobatória de renda. Caso o valor do salário mínimo nacional seja alterado em data posterior à emissão do demonstrativo, os órgãos públicos e demais instituições poderão solicitar novo documento ao beneficiário. Outras Declarações Além do Demonstrativo de Crédito de Benefícios, as instituições financeiras pagadoras de benefícios do INSS devem disponibilizar anualmente aos beneficiários: o Extrato Anual de Pagamento de Benefício e o Comprovante de Rendimentos Pagos e de Retenção de Imposto de Renda na Fonte. Apenas o Demonstrativo de Crédito de Benefício e o Extrato Anual de Pagamento de Benefício servem como comprovante de renda do beneficiário quando apresentados junto a um documento de identificação com foto.

~ 14 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Contos e Lendas Nesta sessão, colocaremos diversas lendas, contos e estórias que nos fazem refletir e descobrir novos caminhos para nossas vidas. Chakra Amor é filosofo poeta pensador artista plático: jhcMídiaDigital

Ter e Ser Um pai, em uma situação muito confortável de vida, resolveu dar uma lição a seu filho ensinando o que é ser pobre. Ficaria hospedado por alguns dias na casa de uma família de camponeses. O menino passou três dias e três noites vivendo no campo. No carro, voltando para a cidade, o pai lhe perguntou: “Como foi sua experiência?” “Boa.” respondeu o filho, com o olhar perdido à distância. “E o que você aprendeu?”, insistiu o pai. O filho respondeu: “Que nós temos um cachorro e eles têm quatro. Que nós temos uma piscina com água tratada, que chega até metade do nosso quintal. Eles têm um rio sem fim, de água cristalina, onde têm peixinhos e outras belezas. Que importamos lustres do Oriente para iluminar nosso jardim , enquanto eles têm as estrelas e a lua para iluminá-los. Nosso quintal chega até o muro. O deles chega até o horizonte. Compramos nossa comida e esquentamos em microondas, eles cozinham em fogão à lenha. Ouvimos CD’s, Mp3, eles ouvem a sinfonia de pássaros, sapos, grilos, tudo isso às vezes acompanhado pelo sonoro canto de um vizinho trabalhando sua terra. Para nos protegermos vivemos rodeados por um muro, com alarmes… Eles vivem com suas portas abertas, protegidos pela amizade de seus vizinhos. Vivemos conectados ao celular, ao computador, sempre plugados, neuroticamente atualizados. Eles estão “conectados” à vida, ao céu, ao sol, à água, ao campo, animais, às suas sombras, à sua família.” O pai ficou impressionado com a profundidade de seu filho e então o filho terminou: “Obrigado, pai, por ter me ensinado o quanto somos pobres! “ Nós temos olhos para enxergar, ouvidos para escutar, mas falta a humildade em nossa mente e coração para poder sentir.

~ 15 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Fatos em Foco

Mulher mostra tatuagens no rosto durante evento Tattoo Week, que reúne tatuadores em São Paulo, no Expo Center Norte, na zona norte da cidade.

~ 16 ~

Rodrigo Capote/UOL

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Homem mostra tatuagens no rosto durante evento Tattoo Week, que reúne tatuadores em São Paulo, no Expo Center Norte, na zona norte da cidade.

~ 17 ~

Rodrigo Capote/UOL

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 18 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 19 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 20 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 21 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 22 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 23 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


oaquim Barbosa cumprimenta Francisco em cerimônia no Palácio do Guanabara, no Rio.

Ao lado da Jornada Mundial da Juventude, A Marcha das Vadias acontece no Posto 5 da Praia de Copacabana, no Rio, em protesto contra o controle às mulheres

~ 24 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 25 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Volta do sol levou fiéis, padres e freiras para a praia de Copacabana,

~ 26 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Papa aponta para a estátua de Nossa Senhora de Aparecida aos peregrinos e fiéis a partir da varanda da Basílica de Aparecida, na quarta-feira, 24.

~ 27 ~

Foto: AP Photo/Domenico Stinellis

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 28 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Mais um atentado contra a imprensa e a Democracia.

Terrorista queimaram veículo da TV Record durante protesto no dai 26 de julho .

Foto: REUTERS/Victor Moriyama

25.jul.2013 - Manifestantes mascarados ouvem recomendações de policial militar durante protesto nos arredores da residência do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, nesta quintafeira (25). Até uma máscara do Homem Aranha foi usada por um dos integrantes do grupo Tasso Marcelo/Afp

~ 29 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Os atentados vem crescendo Cinco pessoas permanecem detidas após protesto em São Paulo De acordo com a SSP, policiais militares acompanhavam a manifestação quando as cinco pessoas que acabaram presas começaram a jogar pedras em uma viatura

Fernando Frazão/ABr Agência bancária tem vidro quebrado durante protesto em Niterói, no Rio de Janeiro Agência bancária tem vidro quebrado: durante o protesto, quatro agências bancárias tiveram vidros, portas e caixas eletrônicos danificados.

São Paulo – Os cinco manifestantes que foram presos durante o protesto ocorrido ontem (30) na capital paulista foram

~ 30 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


transferidos na manhã de hoje (31) dos distritos policiais para centros de detenção. Entre os detidos estão quatro homens que foram levados para o Centro de Detenção Provisória de Pinheiros e uma mulher encaminhada para a Penitenciária Feminina de Franco da Rocha. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, policiais militares acompanhavam a manifestação quando as cinco pessoas que acabaram presas começaram a jogar pedras em uma viatura, que teve o vidro dianteiro danificado. Em seguida, foi feita a abordagem dos manifestantes, que resistiram à prisão, "sendo necessário o uso de força moderada", segundo informações do boletim de ocorrência. A secretaria informou ainda que as pessoas detidas carregavam leite de magnésia, vinagre, máscaras e pincel atômico. Segundo o órgão, esses objetos foram utilizados no confronto com a Polícia Militar. Os presos estão sendo acusados de dano qualificado, formação de quadrilha e desacato à autoridade. O ato, convocado pelas redes sociais, ocorreu na Avenida Rebouças, sentido Avenida Paulista, uma das principais vias da capital, em protesto contra o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pela desmilitarização da polícia e em solidariedade ao pedreiro desaparecido Amarildo de Souza, do Rio de Janeiro. A secretaria informou também que, durante o protesto, quatro agências bancárias tiveram vidros, portas e caixas eletrônicos danificados. Uma concessionária teve vidros quebrados e a fachada pichada. Além disso, cinco veículos foram danificados, dois deles com pichações. Uma nova manifestação está agendada em frente à sede da prefeitura de São Paulo. Mais de 2 mil pessoas confirmaram presença na página do evento em uma rede social.

~ 31 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


SP tem novo protesto contra governador Grupos se reuniram em frente a prefeitura da cidade e caminharam até a Av. Paulista.

Policiais detêm manifestantes durante protesto em São Paulo. Nacho Doce/Reuters

Um manifestante do Black Bloc é arrastado ao ser detido por policiais militares durante um protesto contra O governador Geraldo Alckmin, em São Paulo.Nacho Doce/Reuters

~ 32 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Princípio de tumulto aconteceu quando grupo estava na altura da Rua 13 de Maio. Uma mulher está caída no chão, aparentemente atingida por algo no rosto e os policiais tentam deter um manifestante. Gabriela Biló/Futura Press

~ 33 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 34 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 35 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 36 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Aborto - silêncio e rito sumário CARLOS ALBERTO DI FRANCO *

Em pouco mais de dois meses, sob a proteção de um gritante silêncio, foi aprovado um projeto que abre as portas para a ampliação do aborto no Brasil. Segundo informação do jornal interno da Câmara dos Deputados, a iniciativa partiu do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Em reunião com o deputado Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara, em fevereiro, Padilha pediu que, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, fosse votado no plenário da Casa, em regime de urgência, o Projeto de Lei 60/1999 - que trata do atendimento prioritário nos hospitais às mulheres vítimas de violência.

Como resultado do acordo entre o ministro da Saúde e o presidente da Câmara, o deputado José Guimarães, irmão do deputado José Genoino (PT-SP) e líder da bancada petista, pediu a tramitação do projeto em regime de urgência. Na ausência por motivo de viagem de Henrique Alves, a presidência da Câmara foi assumida pelo deputado André Vargas, secretário nacional de Comunicação do PT. O regime de urgência foi, então, aprovado por uma reunião de líderes das bancadas dos diversos partidos. Em seguida, no mesmo dia, o projeto foi

~ 37 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


emendado, apresentado ao plenário da Casa e aprovado em 5 de março. Três dias depois foi encaminhado para ser apreciado pelo Senado. Velocidade incomum para os padrões parlamentares. No dia 10 de abril, já renomeado como Projeto de Lei Originário da Câmara 3/2013, ou PLC 3/2013, o texto foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado, após leitura de relatório favorável da senadora Ana Rita, do PT do Espírito Santo. Em 19 de junho, depois de relatório favorável da senadora Angela Portela, do PT de Roraima, o projeto foi também aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Finalmente, no dia 4 de julho, sem que houvesse sido apresentado um único pedido de emenda, o PLC 3/2013 foi aprovado no plenário do Senado e, em seguida, encaminhado à Presidência da República para ser sancionado. Estrategicamente, o texto evita mencionar a palavra aborto, mas abre atalhos para a sua ampla ampliação. O projeto, na sua formulação conceitual e na sua tramitação política, foi conduzido com muita esperteza, mas também com notável autoritarismo. Um tema sensível foi conduzido de costas para a sociedade. Vamos analisar o texto, amigo leitor. O artigo 1.º diz que os hospitais - todos os hospitais, sem que aí seja feita nenhuma distinção - "devem oferecer atendimento emergencial e integral decorrentes de violência sexual, e o encaminhamento, se for o caso, aos serviços de assistência social". Atendimento emergencial significa que ele deve ser realizado imediatamente após o pedido, não podendo ser agendado para uma data posterior. Foram postos no mesmo pacote o aborto terapêutico e o aborto por estupro. Atendimento integral significa que nenhum aspecto pode ser omitido, o que, por conseguinte, subentende que se a vítima de violência sexual estiver grávida deverá ser encaminhada aos

~ 38 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


serviços de aborto. Os serviços de assistência social aos quais a vítima deve ser encaminhada, e que não eram mencionados no projeto original, são justamente os que encaminharão as vítimas aos serviços de aborto ditos legais. É todo um jogo malandro de palavras que conduz a um objetivo bem determinado: escancarar janelas para o aborto no Brasil. Portanto, uma vez o projeto sancionado, todos os hospitais do País serão obrigados a encaminhar as vítimas de violência sexual à prática do aborto. O projeto não contempla a possibilidade da objeção de consciência.

O artigo 2.º define que, para efeitos dessa lei, "violência sexual é qualquer forma de atividade sexual não consentida". A expressão "tratamento do impacto da agressão sofrida", constante do artigo 1.º do texto original, foi suprimida e substituída por "agravos decorrentes de violência sexual", para deixar claro que a violência sexual não necessita ser configurada por uma agressão comprovável num exame de corpo de delito. Uma vez que o projeto não especifica nenhum procedimento para provar que uma atividade sexual não tenha sido consentida - e o consentimento é uma disposição interna da vítima -, bastará a afirmação da mulher de que não consentiu na relação sexual para que ela seja considerada, para efeitos legais, vítima de violência e, se estiver grávida, possa exigir um aborto ou o encaminhamento para o aborto por qualquer hospital. O inciso 4.º do artigo 3.º menciona ainda, como obrigação de todos os hospitais, em casos de relação sexual não consentida, a "profilaxia da gravidez". A expressão é nova. Foi estrategicamente plantada nesse projeto de lei. Terá de ser regulamentado ou interpretado. O projeto, que tramitou com velocidade surpreendente e sob um silêncio antidemocrático, configura uma violência. O brasileiro é

~ 39 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


a favor da vida. Não se trata apenas de uma opinião, mas de fato medido em reiteradas pesquisas. A defesa da vida, da liberdade e dos direitos das minorias, tão duramente conquistados, compõem o mosaico da nossa cidadania. A presidente Dilma Rousseff, em 2010, empenhou sua palavra ao rejeitar qualquer iniciativa do seu governo em favor da legalização do aborto. Compete-lhe, agora, vetar o projeto e, sobretudo, garantir a objeção de consciência do médico e da instituição hospitalar. É o mínimo.

As passeatas mostram o nascimento de um novo Brasil. Os cidadãos exigem transparência dos seus governantes e liberdade para manifestar seus pontos de vista. E o que está em jogo não é coisa pouca. É a preservação de um valor fundamental: o direito à vida. * CARLOS ALBERTO DI FRANCO É DOUTOR EM COMUNICAÇÃO PELA UNIVERSIDADE DE NAVARRA E DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO DO INSTITUTO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS SOCIAIS (IICS). E-MAIL: DIFRANCO@IICS.ORG.BR.

Grécia quer pôr os mais ricos pagando proteção policial. por Patrícia Viegas,

Os gregos que ganhem mais de cem mil euros por ano terão de pagar a sua própria proteção policial contra atos terroristas e ataques do crime organizado. A medida consta de um novo plano de cortes do Governo grego, no âmbito da política de austeridade seguida por imposição da 'troika', noticiou a AP.

~ 40 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Na terça-feira, refere a mesma agência, o Ministério da Ordem Pública grego indicou que os mais ricos do país terão que pagar dois mil euros por mês pelo agente das forças de segurança que lhes assegura proteção e uma taxa diária de 50 euros por utilização do carro de patrulha. Na Grécia, país da União Europeia que entrou no sexto ano de recessão, têm sido frequentes os ataques de grupos anarquistas e de extrema-esquerda, sobretudo contra governantes e outras figuras públicas que ocupam cargos de responsabilidade. No entanto, esta proposta, que ainda requer aprovação do Ministério das Finanças, não irá abranger as pessoas eleitas para cargos públicos e as pessoas que desempenhem cargos executivos na Administração Pública.

~ 41 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


O toureiro foi operado novamente Fotografia © Sávio Fernandes/Global Imagens

José Luís Gonçalves foi submetido a uma nova cirurgia no cérebro devido a um agravamento do ponto de vista neurológico " José Luís Gonçalves necessitou de ser operado para controle da sua situação clínica que sofreu um agravamento.ico. Após a intervenção cirúrgica mantém-se o coma induzido terapêutico, aguardando-se a evolução nas próximas 48 horas para avaliação do seu estado clínico. O prognóstico mantém-se reservado", pode ler-se no comunicado emitido esta quarta-feira. Américo Manadas, amigo do toureiro, está, ainda assim, confiante. "Houve uma ligeira melhoria. Ontem por volta das 23 horas ele foi novamente operado e hoje o nível da inflamação diminuiu, mas ainda está induzido em coma. Resta-nos esperar para ver como é que ele reage", diz. Paulo Pereira, relação públicas do Campo Pequeno, também tem acompanhado a evolução do estado clínico do concorrente do concurso Dança com as Estrelas (TVI). "A cirurgia foi para despressionar a zona afetada do cérebro na sequência da queda. O prognóstico continua a ser muito reservado e o seu estado de saúde mantém-se grave", destaca. De recordar que José Luís Gonçalves sofreu uma aparatosa queda nos ensaios do programa Dança com as Estrelas, no último domingo, da qual resultou um traumatismo crânio encefálico e a fratura da clavícula e três costelas.

~ 42 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Palhaço faz malabarismo durante um desfile para inaugurar a 5ª Convenção Anual de Palhaços, na Cidade da Guatemala, na Guatemala.

Jorge Dan Lopez/Reuters

Crânios e ossos humanos são exibidos na Casa de Ossos (Beinhaus) na vila Hallstatt, patrimônio mundial da humanidade, na Áustria. Leonhard Foeger/Reuters

~ 43 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Lua é vista através de luminária de rua em Nice, na França. Lionel Cironneau/AP

-Pessoa se protege do frio em Urupema, Santa Catarina, onde a previsão do tempo é de mínima de 2°C e máxima de 12º neste domingo. A onda de frio deve chegar no início desta semana em toda a região Centro-Oeste, com potencial para causar queda acentuada de temperatura. deve bater recordes. Charles .Guerra/Agência RBS

~ 44 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Gastronomia

S a k u r o O c h i d a: C o n s u l t o r j h c M í d i a D i g i t a l

Missoshiru - Sopa de Missô Ingredientes 1 saquinho de hondashi 1 colher (café) de ajinomoto 1 xícara (chá) de cebolinha picadinha 1 xícara (chá) de tofu picado em cubos 1 e 1/2 l de água 3 colheres (sopa) de missô

modo de preparo Ponha a água numa panela e levar para ferver. Quando levantar fervura adicione o missô, o hondashi e o ajinomoto. Deixar ferver por 5 minutinhos. Mexa bastante. Coloque o tofu e a cebolinha.Apague o fogo.

~ 45 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Street Style

Regina Flores Consultora da jhcMídiaDigital

~ 46 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 47 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 48 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 49 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 50 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 51 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 52 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 53 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 54 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 55 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


A bagunça vai se instalando O Estado de S.Paulo As manifestações que começaram no mês de junho não só perderam envergadura, como se tornaram mais raras, mas os atos de vandalismo promovidos por pequenos grupos, que nelas se infiltram, continuam com o mesmo ímpeto. Muitas vezes eles agem sozinhos, sem buscar a cobertura da grande maioria dos manifestantes pacíficos. Como não são reprimidos pela polícia ou só o são, e ainda assim de forma tímida, quando sua violência ameaça escapar a todo controle -, sua ousadia vem num crescendo.

Eles voltaram a atacar na sexta-feira, deixando em São Paulo um rastro de destruição por onde passaram e, no Rio, amedrontando peregrinos reunidos à noite na Praia de Copacabana, onde se realizava um show promovido pela Jornada Mundial da Juventude. Na capital paulista, a manifestação - em apoio aos jovens que no Rio protestam contra o governador Sérgio Cabral - começou pacífica por volta das 18 horas no vão livre do Masp, na Avenida Paulista. Mas logo desandou, quando entrou em ação um grupo de participantes dos Black Blocks, que se intitulam anarquistas. Eles ignoraram os apelos dos organizadores da manifestação para que não houvesse vandalismo e logo começaram um quebra-quebra. Depredaram 13 agências bancárias e picharam as Estações Trianon e Brigadeiro do metrô. Os poucos PMs ali presentes assistiram a tudo passivamente. Um tenente disse à reportagem do Estado que a ordem era não intervir. Quando um manifestante pediu a outro PM que agisse contra os vândalos, ouviu como resposta: "Se você for até a delegacia e identificar (o suspeito de vandalismo) eu levo. Senão, não posso". Os Black Blocks se dirigiram em seguida para a Avenida

~ 56 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


23 de Maio, onde usaram um ônibus biarticulado para interromper o trânsito. Só então a PM interveio, liberando o trânsito, e conseguiu dispersar o grupo quando ele retornou à Paulista. No Rio, dessa vez não houve destruição, mas em compensação o susto foi grande. Cerca de 300 manifestantes, gritando "Fora Cabral" e "Não vai ter Copa", tentaram invadir a área que dá acesso ao palco onde pouco antes estivera o papa Francisco. Os peregrinos reagiram com medo e, se o show que se realizava ali no momento não tivesse sido encerrado antes da hora por causa dos gritos dos manifestantes, favorecendo sua dispersão, eles poderiam ter provocado pânico, com as consequências facilmente previsíveis. A agressividade crescente desses grupos e o comportamento hesitante da polícia, que só intervém em último caso, quando o mal já está feito, criam uma situação altamente perigosa. Ela combina o medo da população - que, quando não presencia, assiste pela televisão às cenas impressionantes de destruição com a ousadia dos vândalos, alimentada pela impunidade de seus atos. A essa altura, nada mais justifica a hesitação e a timidez da polícia. Se a própria maioria dos manifestantes deixa clara sua discordância com a violência, o que os governantes ainda esperam para determinar às forças da ordem que ajam com o rigor que a situação exige? Ao contrário do que afirmaram algumas autoridades policiais, não há dificuldade alguma em distinguir os grupos violentos dos demais manifestantes. Basta ver o que fazem. A passividade da polícia só se explica pelos receios dos governantes de serem acusados de violentos. O que se exige deles é a firmeza que tem faltado, porque a violência hoje está do outro lado - o dos grupos de vândalos. Nenhum deles - sejam os autoproclamados anarquistas como os Black Blocks, os skinheads, os funqueiros ou os simples bandidos - esconde sua

~ 57 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


clara adesão aos atos violentos para atingir objetivos tão vagos que a violência em si parece satisfazê-los. Como o governo pode tolerar isso? Sua omissão só estimula os quebra-quebras e, a continuar assim, é grande o risco de que a situação fuja ao controle nas grandes cidades. Evitar isso, mantendo a ordem, é a atitude mais democrática a ser adotada pelos governantes. A bagunça não combina com a ordem democrática. É o seu oposto.

Ciência e Tecnologia Pesquisas de ponta em hidroceanografia serão implementadas no País Portal Brasil

A embarcação científica ampliará a presença da ciência brasileira no Oceano Atlântico Sul e Tropical

Divulgação/EBC

Pesquisas de ponta serão implementadas em hidroceanografia no País Pesquisas de ponta serão implementadas em hidroceanografia no País

~ 58 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Um navio voltado para pesquisas hidroceanográficas avançadas na costa brasileira foi apresentado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) nesta terça-feira (23). Com a nova aquisição, o País busca ampliar a presença da ciência brasileira no Atlântico Sul e Tropical. A compra, no valor de R$ 162 milhões, é resultado de um acordo de cooperação entre o MCTI, o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil, a Petrobras e a empresa Vale. O anúncio foi feito durante a 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife. A embarcação integra o projeto do Instituto Nacional de Pesquisas Oceanográficas e Hidroviárias (Inpoh), que prevê uma série de ações na conservação da biodiversidade marinha, na melhoria de processos associados à pesca, aquicultura e maricultura, na bioprospecção, proteção e adaptação de zonas costeiras para as mudanças climáticas, na realização de estudos sobre vias fluviais, hidráulica fluvial e portuária, além de formação de recursos humanos na área de hidroceanografia. “Estamos concretizando uma demanda antiga da comunidade científica, que culminará em um grande avanço para as pesquisas oceanográficas e para o uso sustentável dos nossos recursos marítimos e fluviais”, disse o ministro Marco Antonio Raupp. De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha, almirante Wilson Guerra, o navio está sendo construído na China, que detém a expertise em embarcações do tipo offshore (com capacidade para navegar em alto mar). A previsão é a de que o projeto esteja concluído até o segundo semestre de 2014.

~ 59 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Veja em fotos a diversidade de peixes, mamíferos, aves, anfíbios e invertebrados que dependem do meio aquático para sobreviver Ig. jhcMídiaDigital

O temido tubarão galha branca nada pacificamente ao lado de um biólogo. Foto: Brian Skerry / National Geographic Image Sales

~ 60 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


No Ártico: arquipélago norueguês tem ecossistema marinho brilhante e cheio de cor. Foto: Paul Nicklen / National Geographic Image Sales

Espécie de nudibranquios, conhecida como bailarina espanhola, vive na costa da Austrália mede quase 50 centímetros. Foto: William Albert Allard / National Geographic Image Sales

~ 61 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Do tamanho da palma de uma mão, esta espécie de tartaruga é uma das que mais corre risco de extinção, sendo encontrada quase que unicamente em cativeiro. Foto: Joel Sartore / National Geographic Image Sales5/100

O madtom é um peixe-gato pequeno (do tamanho de um dedo) que vive somente no rio Saline, em Arkansas, EUA. Foto: Joel Sartore / National Geographic Image Sales

~ 62 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Esta rã vive nas montanhas Foja, na Nova Guiné. Foto: Tim Laman / National Geographic Image Sales)

Corais Pennatulacea, que habitam normalmente as profundezas, costumam aparecer nos baixios da Reserva Long Sound, na Nova Zelândia. Foto: Brian Skerry / National Geographic Image Sales

~ 63 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


A luminosidade e as cores dos nudibrânquios, moluscos gastrópodes marinhos, alerta potenciais predadores sobre seu veneno. Foto: Photograph by David Doubilet

Lagostim laranja nada em rio do cânion Claustral, na Austrália. Foto: Carsten Peter, National Geographic

~ 64 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Um baiacu pode engolir muita água rapidamente para aumentar várias vezes de tamanho. Foto: Ben Horton / National Geographic Image Sales

O crocodilo-marinho é o maior animal do seu tipo, podendo chegar a 7 metros de comprimento e uma tonelada de peso. Foto: Randy Olson / National Geographic Image Sales

~ 65 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


A pose do pequeno peixe serve para espantar possíveis predadores de seu território. Foto: Brian J. Skerry / National Geographic Image Sales

Colorido do peixe funciona como uma ótima estratégia para se esconder em corais exóticos. Foto: Wolcott Henry/National Geographic Image Sales

~ 66 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Caramujo da espécie "Stagnicola caperata". Foto: Joel Sartore / National Geographic Image Sales

Mergulhadores examinam um coral de 500 anos de idade no Pacífico Sul. Foto: National Geographic

~ 67 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Hackers atacaram sites governamentais 672 vezes em 2013 Por Wilson Lima e Nivaldo Souza - iG Brasília

Parte das invasões foi feita em apoio às manifestações de junho, segundo relatório do governo obtido pelo iG Os ataques de hackers aos sites e portais da Administração Pública Federal (APF) se tornaram um problema quase corriqueiro na estrutura de informática governamental. Somente no primeiro semestre de 2013, as páginas do governo federal ficaram fora do ar 672 vezes – conforme relatório obtido pelo iG junto ao Centro de Tratamento de Incidentes de Segurança de Redes de Computadores (CTIR-Gov), departamento do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Palácio do Planalto. O grupo hacker Lulzsec Brazil, braço brasileiro do “Lulzsec” e que reivindicou ataques aos sites do governo em dezembro de 2012 Em média, as páginas do governo na internet ficaram inacessíveis uma vez a cada oito horas. A suspensão desses acessos é a segunda maior reclamação de incidentes de informática no governo. Entre janeiro e junho deste ano, cerca de 20% das reclamações repassadas ao CTIR-Gov foram relacionadas à “indisponibilidade de sítio”, segundo o relatório. A reclamação mais recorrente é o chamado “abuso de sítio”, ou seja, problemas com a configuração dos sites (provocados por agentes externos ou não) e exposição de códigos fonte ou descobertas de eventuais vulnerabilidades nos sistemas. Esses casos foram responsáveis por 25% das notificações no primeiro semestre. Ataques pró-manifestações A reportagem do iG revelou, com base nos documentos do CTIRGov, 67 casos de vazamento de informações de órgãos federais

~ 68 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


no primeiro semestre . Nesses casos, houve vazamento de dados sigilosos e confidenciais do governo. No dia 22 de junho, durante os protestos em todo o Brasil, por exemplo, o portal do governo federal sofreu ataque de hacker e ficou fora do ar por pelo menos uma hora. A invasão ocorreu por volta das 2h da manhã. A mesma situação ocorreu nos portais Receita Federal e Presidência da República. Ainda no dia 22, o site da Petrobrás ficou instável pela manhã e caiu durante a tarde. Já no final de junho foram alvos de ataques os portais da Polícia Federal, Senado, Ministério dos Esportes, Ministério da Cultura, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e Ministério das Cidades. Parte desses ataques foi assumida por grupos como Fatal Error, Havittaja, Fail Shell e Anonymous. Especialistas apontam, entretanto, que invasões desse tipo são consideradas menos danosas, porque o autor não consegue acesso a dados sigilosos, como nos casos de entrada dos sistemas de órgãos estratégicos. Os hackers conseguiram apenas acesso remoto dos portais sem autorização ou simular um grande número de acessos, ocasionando a derrubada ou dificuldade de navegação por usuários reais – é o chamado DDoS (Distributed Denial of Service). “Em todos estes casos, o que houve foi acesso aos portais, não alcançando informações sigilosas, e/ou indisponibilização dos serviços”, avalia o secretário-geral da Comissão Especial de Crimes de Alta Tecnologia da OAB-SP, Fernando Barreira.

~ 69 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Dependência de tecnologia estrangeira abre brecha para espionagem no Brasil Por Nivaldo Souza e Wilson Lima - iG Brasília

Importação de equipamentos e acesso a ferramentas como Gmail ou Facebook abrem espaços para ataques a arquivos do governo federal O governo brasileiro ainda não tem clareza sobre o nível de varredura de espionagem feito pela Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos no sistema de informática do país, revelado pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden . Mas a fragilidade da rede, na avaliação do ex-presidente da Telebras João Santanna, está em parte na dependência de tecnologia importada. É ali que se abre um flanco para a obtenção de informações e dados sigilosos, a partir do acesso remoto a equipamentos e sistemas adquiridos no exterior. “Acho que o governo não tem dimensão do problema. A novidade é o tamanho da varredura americana, que foi maior que o que franceses, ingleses e chineses fazem”, afirma Santanna. “A questão central em telecomunicação é que quem não tem tecnologia não tem como saber o que acontece (em acesso a dados privados)”, completa o ex-presidente da Telebras. Nas últimas semanas, a notícia de que gigantes do setor de tecnologia, como o Google, cooperaram com as operações de espionagem comandadas pelo governo americano jogou luz sobre a relação de órgãos de governo com empresas estrangeiras. Ismael Tedesco, chefe da Divisão de Segurança Operacional da estatal federal Serpro, aponta a necessidade de importar tecnologia como natural, em função do estágio mais avançado de desenvolvimento – tanto de software quanto de hardware –

~ 70 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


em países com nível de excelência industrial superior ao do Brasil. “Há fabricantes com nível muito grande de maturidade (tecnológica). As empresas do Brasil não têm o mesmo nível de maturidade que as estrangeiras”, diz. Responsável pela área de segurança da empresa que fornece parte consistente dos serviços de informática contratados pelo governo federal, Tedesco compara os firewalls fornecidos pela israelense Check Point e a brasileira Aker. “A Check Point conhece níveis de ataques muito maiores do que a Aker”, afirma. Sérgio Amadeu, ex-diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (INTI), diz que a deficiência em segurança reflete a falta de desenvolvimento técnico. “O cenário não é catastrófico, mas é cada vez pior para países sem desenvolvimento técnico próprio”, diz. Para Tedesco, o risco de segurança é inerente ao consumo de tecnologia externa. “Todos os equipamentos mandam informações para o fabricante e precisam estar isolados para evitar isso”, afirma. “Não permitimos que nada saia (dos servidores).” Janelas No Brasil, as estatais Serpro e Dataprev aparecem hoje como as principais fornecedoras de serviços de informática do governo federal. Elas responderam por 90% do fornecimento de serviço contratado sem a realização de licitações – como permite a lei 8.666/93. Foram contratados R$ 2,87 bilhões nessa modalidade em 2012, o equivalente a 49% do total de R$ 5,84 bilhões dos gastos federais em tecnologia da informação no ano passado. As empresas controladas pelo governo são responsáveis, entre outras atribuições, por desenvolver o sistema de e-mail utilizado em ministérios, órgãos públicos e no Palácio do Planalto. O Serpro desenvolveu, por exemplo, o Expresso Livre, programa por meio do qual funcionários do governo acessam seus e-mails corporativos.

~ 71 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


O sistema é instalado em servidores do Serpro, o que reduz o risco de vazamento de dados e serve de alternativa a outras suítes de comunicação, como o Gmail, do Google. O Expresso é usado em órgãos como a Presidência da República, Ministério da Fazenda (secretarias e órgãos especiais), Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Ministério do Planejamento, Ministério do Meio Ambiente, entre outros órgãos federais. A estrutura de e-mail governamental atende atualmente aproximadamente 52 mil servidores públicos – a União têm 635,7 mil funcionários na ativa. Cada e-mail paga um custo mensal de franquia de R$ 3,43 ao Serpro para manter uma conta de 500 MB. O Expresso foi desenvolvido como plataforma de software livre, o que facilita o controle do código-fonte pela estatal. “Boa parte da espionagem foi por leitura de e-mail”, explica Tedesco. Os computadores da Presidência da República e Ministério das Comunicações, por exemplo, adotam como sistema operacional a plataforma Windows – que é vista por especialistas como altamente vulnerável. Segundo Sérgio Amadeu, a vulnerabilidade nos sistemas Windows está na própria política de privacidade da Microsoft, que precisa ser aceita pelo usuário para poder usar o programa. Ele afirma que a Microsoft coloca cláusula no contrato de adesão do Windows atestando que a Microsoft pode “acessar ou divulgar informações sobre o usuário, incluindo conteúdo de suas comunicações, para cumprir a lei ou responder a solicitações legítimas ou judiciais”. “Essa política é muito genérica e esse termo abre brechas para espionagem”, afirma Amadeu. “Não adianta o ministro das Comunicações (Paulo Bernardo) pedir para que as gigantes instalem seus servidores no Brasil se eles utilizam programas com código-fonte fechado. É como usar porta de aço em paredes de isopor”, compara.

~ 72 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Em órgãos estratégicos, como a Polícia Federal, são utilizados sistemas operacionais com código-fonte aberto, que podem ser auditados para corrigir falhas de segurança. Ao contrário do que o nome possa sugerir, programas com código-fonte fechado são potencialmente inseguros. “Quando se abre um sistema, é possível saber antecipadamente quais as brechas que aquele software permite”, diz Amadeu. A Microsoft, entretanto, nega que o Windows seja potencialmente inseguro. “Nós respondemos apenas a solicitações por contas e identificadores específicos. Não há acesso amplo ou indiscriminado a dados de clientes da Microsoft”, afirmou recentemente o diretor jurídico da companhia, Brad Smith. Acesso na ponta Um dos riscos apontados por especialistas para a segurança de informações na estrutura de governo é o acesso a redes sociais, por exemplo. A Presidência da República, Ministério das Comunicações e Educação, entre outros órgãos subordinados à União, permitem acesso a sites como o Facebook e Google. Com isso, afirmam especialistas em TI consultados pelo iG , nem mesmo a adoção do Expresso para filtrar e-mails de risco é capaz de assegurar que os computadores não fiquem vulneráveis a arquivos invasores. Tudo sobre as denúncias de espionagem do governo americano ao Brasil O Centro de Tratamento de Incidentes de Segurança de Rede de Computadores da Administração Pública Federal (CTIR-Gov) aponta que, no primeiro semestre deste ano, aproximadamente 5% dos casos de infecção por software malicioso que se infiltra em sistemas para acessar dados pessoais – os malware – nos computadores do governo surgiram após acessos de ferramentas do Google Docs. Entre janeiro e junho, foram

~ 73 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


registrados cerca de 430 casos de detecção de malwares em computadores do governo federal. Entra no cenário de risco o fato de que os sites de busca instalam cookies de rastreamento de dados que coletam informações dos usuários. Assim, involuntariamente, o usuário concede seus dados de navegação às empresas estrangeiras. Ou seja, se o usuário estiver logado num sistema sensível do governo e abrir sua caixa de e-mail e seguir algum link malicioso, o atacante remoto poderá ter acesso ao sistema sensível. A mesma coisa acontece em links repassados nas redes sociais. Procurado pela reportagem do iG , o Google afirmou, em nota, que trabalha para “manter a internet aberta, segura e um instrumento de crescimento econômico”. A assessoria do Facebook não atendeu aos pedidos da reportagem. Gastos governo federal tecnologia da informação 2012 R$ 5,84 bilhões Em 13.971 contratações, sendo R$ 2,97 bilhões por meio de licitação e R$ 2,87 bilhões sem licitação (dispensada por critério de excepcionalidade prevista na Lei 8.666/93) 78% das compras

Foram concentradas nos ministérios da

Educação (R$ 1,7 bilhão), Fazenda (R$ 317,9 milhões) e Defesa (R$ 260,6 milhões) 153% de crescimento

No investimento federal em

tecnologia entre 2007 e 2013 Onde foram aplicados os recursos federais R$ 1,55 bi em computadores, impressoras, tablets e periféricos R$ 154,9 mi em software R$ 127,2 mi em switches (conectores de rede) R$ 117,4 mi em servidores de rede

~ 74 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Hardware vulnerável A vulnerabilidade a ataques, explica o ex-presidente da Telebras João Santanna, pode estar também em equipamentos necessários à infraestrutura de rede. Um exemplo, diz ele, são os roteadores de alta frequência, utilizados em entroncamentos de dados para interligar computadores a um sistema de rede local ou universal (internet) e sistema de telecomunicação de empresas de telefonia – é o chamado switch, equipamento de alto desempenho capaz de ligar diversos cabos ao tronco de rede. O chefe do Serpro considera os switches como passíveis de acessado remoto (via internet), permitindo o acesso aos dados trafegados na rede na qual está instalado. “Os switches de grande porte têm portas de spam ou espelho por onde pode passa tudo”, explica. “Se uma pessoa tiver acesso a essa porta, ela tem acesso a tudo”, afirma. O Brasil importa parte desses equipamentos estratégicos de diversos produtores. O governo federal gastou R$ 127,2 milhões em switches em 2012, conforme dados da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação. O Serpro também mantém vários contratos com gigantes do mundo da informática. “Em segurança você usa vários fabricantes. Temos, por exemplo, diversos fabricantes de firewall – como Aker, Chec Point, Cisco, IBM e Iptables.” Segundo Tedesco, a estrutura de segurança para evitar vazamentos independe da origem do fornecedor. Ele explica que a estatal utiliza uma estrutura de proteção de informações – como as declarações de imposto de renda entregues pelos brasileiros à Refeita Federal - em cinco “camadas” de segurança (veja o quadro abaixo). “Esse conjunto é o que dá o sucesso de não ser atacado. Os servidores da Serpro nunca foram invadidos”, afirma.

~ 75 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Conheça as estapas de proteção das redes do governo Borda

Bloqueio instantâneo de IP de computadores de fora

do país Anti-DDoS Evita o ataque à navegabilidade de sites, evitando que páginas sejam tiradas do ar Firewall

Filtro de navegação que evita invasão a

computadores Firewall de Aplicação

Trava o acesso de usuário não

autorizados a visualizar determinados conteúdos Pool de servidores

Rede fragmentada em diversos

equipamentos para evitar que a derrubada de um servidor por hacker afete todo o sistema Fonte: Grupo de Resposta a Ataques (GRA) do Serpro

EUA divulgam documentos sobre programas de monitoramento telefônico Divulgação de programa antes secreto foi feita enquanto autoridades prestavam depoimento perante Senado

O governo do presidente Barack Obama divulgou nesta quartafeira documentos antes confidenciais detalhando um programa anteriormente secreto da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) que coleta registros de todas as chamadas telefônicas domésticas nos EUA . A divulgação foi feita enquanto autoridades graduadas prestavam depoimento perante a Comissão de Justiça do Senado.

~ 76 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Vigilância: EUA mantêm ampla base de dados de ligações telefônicas AP

Presidente da Comissão de Justiça do Senado, democrata Patrick Leahy (D), e o republicano Chuck Grassley, chegam ao Capitólio para audiência sobre programa de vigilância Presidente da Comissão de Justiça do Senado, democrata Patrick Leahy (D), e o republicano Chuck Grassley, chegam ao Capitólio para audiência sobre programa de vigilância Denúncia: EUA coletam secretamente registros de telefonemas da Verizon Os documentos incluem uma decisão de abril da Corte de Vigilância de Inteligência Externa (Fisa, na sigla em inglês) apoiando uma ordem secundária - vazada pelo ex-prestador de serviços da NSA Edward J. Snowden - requerendo que uma subsidiária da Verizon entregasse todos os registros telefônicos

~ 77 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


de seus clientes por um período de três meses. Ela ordenou que o governo seguisse certas regras ao acessar os dados. A divulgação também inclui dois documentos previamente confidenciais enviados ao Congresso de 2009 a 2011, quando a provisão do Ato Patriótico (aprovado após o 11 de Setembro ) sob a qual a corte se baseia para emitir a ordem estava para ser reautorizada. Os documentos detalharam o volume da coleção de "metadados" referentes a todas as comunicações domésticas via telefone e email dos americanos, que eles retratam como um "sistema de alerta" que permitiu ao governo rapidamente ver quem está vinculado a um suspeito de terrorismo. Os metadados indicam a duração e número de chamadas, mostrando quando as ligações foram feitas, mas não seu conteúdo ou o nome de quaisquer assinantes da linha. Chefe de inteligência: Programa de monitoramento dos EUA evitou ataques

“Ambos programas operaram em uma escala muito ampla", disse o documento de 2011, acrescentando: "Entretando, como descrito abaixo, apenas uma mínima fração de tais registros é alguma vez vista pelos analistas de inteligência da NSA." Cenário: Obama manteve abordagem de Bush para defesa dos EUA Os programas remetem aos esforços de monitoramento que o governo de George W. Bush secretamente começou depois dos ataques terroristas de 2001 e que inicialmente operavam fora da autoridade estatutória ou da supervisão judicial. Mais tarde, o governo Bush obteve mandados da Fisa para mantê-los. A administração Obama disse que pôs fim ao programa que coletava "metadados" de email em 2011, mas não está claro se tal coleta continuou sob um programa diferente.

~ 78 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


No início da audiência desta quarta-feira, o presidente da Comissão de Justiça do Senado, o senador democrata Patrick J. Leahy, expressou um profundo ceticismo em relação ao programa de registros telefônicos. Ele disse ter revisado uma lista de conspirações terroristas evitadas ou frustradas por causa do programa, e que havia escassa evidência de sua efetividade. Inteligência dos EUA: Monitoramento evitou ataque à Bolsa de Valores de NY Citando as "grandes implicações de privacidade" do programa, Leahy afirmou: “Se esse programa não é efetivo, tem de terminar. Por enquanto não estou convencido pelo que vi." Mas a senadora Dianne Feinstein, a presidente da Comissão de Inteligência do Senado que também está no painel da Justiça, disse que, se o programa puder ser modificado para ter mais restrições e salvaguardas, deveria ser preservado porque sua eliminação representaria um risco para o país.

Robert Litt, o principal advogado no gabinete do Diretor de Inteligência Nacional, testemunhou que o governo Obama também "estava aberto para reavaliar o programa" para criar uma confiança pública de que protege a privacidade ao mesmo tempo em que "preserva a essência do programa". Na semana passada, a Câmara de Representantes dos EUA votou por margem estreita para derrotar uma emenda que acabaria com o programa de rastreamento telefônico da NSA . A votação de 205 a 217 foi muito mais apertada do que o esperado e foi feita enquanto membros dos partidos Democrata e Republicano desafiavam suas liderança para se opor à continuidade do programa, sugerindo que havia um crescimento da oposição ao programa.

~ 79 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Antes de os vazamentos de Snowden deixarem claro o que o governo fazia sob o programa do Ato Patriótico, vários senadores na Comissão de Inteligência haviam dado alertas discretos de que a lei era interpretada de forma retorcida para permitir algo alarmante.

Lady Gaga fala sobre lesão: "Havia crateras gigantes, um buraco no meu quadril" Para fazer cirurgia, cantora teve de cancelar mais de 20 turnês neste ano

A cantora Lady Gaga disse que tinha "uma enorme quebra" e "crateras gigantes" no quadril direito, o que a obrigou a cancelar mais de 20 shows neste ano para fazer uma cirurgia. A produtora Live Nation disse em fevereiro que a artista estava com lesão labral no lado direito do quadril. "Minha lesão na verdade era bem pior do que apenas uma lesão labral", disse Lady Gaga nesta semana à revista Women's Wear Daily. "Eu tinha um quadril fraturado."

A cantora de 27 anos disse que seu médico a havia alertado que, se fizesse mais um show dançante, precisaria colocar uma prótese de quadril. "Mas quando tínhamos terminado todas as ressonâncias, antes de eu ir para a cirurgia, havia crateras gigantes, um buraco no meu quadril do tamanho de

~ 80 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


uma moeda de 25 centavos, e a cartilagem estava implesmente pendurada no outro lado do meu quadril", disse ela. "Eu tinha um rasgo no lado de dentro da junta, e uma enorme quebra."

O palco do show: um castelo com vários níveis diferentes.

~ 81 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 82 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Lady Gaga em show da turnê 'Born This Way Ball

A cantora volta ao palco em agosto, apresentando-se no MTV Video Music Awards.

~ 83 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Isso ainda acontece no Brasil. Tortura deixa preso tetraplégico e cego Postado em: 31 jul 2013 às 11:58 Preso fica cego e tetraplégico após tortura por agentes penitenciários. Médicos, enfermeiros, assistentes sociais e agentes penitenciários estiveram empenhados durante quase dois meses em abafar o caso Altino Machado, blog da Amazônia Um preso que estava “íntegro e capaz fisicamente” ficou cego e tetraplégico após ser torturado em Rio Branco (AC), dentro do presídio federal Antonio Amaro Alves, de segurança máxima. Seis agentes penitenciários são acusados de golpeá-lo com uma marreta de borracha, usada normalmente por lanterneiros e borracheiros.

Wesley ficou cego e tetraplégico após ser torturado. (Foto: Blog da Amazônia)

~ 84 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Faz 56 dias que Wesley Ferreira da Silva, de 27 anos, encontrase prostrado no leito 72 do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Cego e com lesões no cérebro e na coluna, ele contou que os agentes penitenciários, além da marreta de borracha, usaram spray de pimenta e aplicaram Wesley ficou cego e tetraplégico após ser torturado por agentes penitenciários (Foto: Blog da Amazônia) Médicos, enfermeiros, assistentes sociais e agentes penitenciários estiveram empenhados durante quase dois meses em abafar o caso. A versão oficial é de que caiu no banheiro, bateu a cabeça e sofreu lesões na coluna. Uma enfermeira e uma assistente social alegaram que compete somente aos familiares denunciar às autoridades casos de pacientes suspeitos de crime. Após uma avaliação médica, o preso foi recusado em um hospital psiquiátrico para onde chegou a ser enviado para internação. Antes disso, durante inspeção de rotina do Ministério Publico no presídio, agentes penitenciários o mantiveram escondido para evitar que revelasse a tortura a promotores de justiça. A situação de Wesley Ferreira da Silva, que consegue apenas movimentar a cabeça e fala com muita dificuldade, foi comunicada pela reportagem à juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, bem como à procuradora de justiça Patrícia Amorim Rego, chefe do Ministério Público do Estado do Acre. Um homem que acompanhava um parente internado na mesma enfermaria do preso, ouviu dele o relato de tortura e espancamento e revelou o caso ao Blog da Amazônia.

~ 85 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


A juíza Luana Campos, que esté de férias, aceitou acompanhar a reportagem ao Pronto Socorro, na manhã de terça-feira (30). Chocada com o relato do preso, a juíza telefonou para o delegado da Polícia Civil, Fabrizio Leonard, titular da Delegacia Itinerante, a quem pediu que fosse ao hospital ouvir o depoimento e instaurar inquérito para apurar a denúncia de tortura.

O delegado alegou que estava em reunião, mas prometeu que ia ouvir Wesley Silva a partir das 14 horas. Até às 17h30 o delegado não havia procurado o preso, de acordo com informação da promotora de Justiça Laura Miranda Braz, da 4ª Promotoria Criminal, que também ouviu a vítima e passou a atuar no caso a pedido da procuradora geral de Justiça do Acre. Wesley Ferreira da Silva, que nasceu em Colorado do Oeste (RO), cumpre oito condenações que totalizam 21 anos, 10 meses e 12 dias de prisão, por um homicídio, seis furtos e um roubo. Ele foi transferido de Porto Velho (RO) para Rio Branco no início do ano, passou mais ou menos 20 dias na triagem do presídio estadual Francisco de Oliveira Conde e em seguida foi conduzido ao presídio Antônio Amaro Alves. O preso contou que foi torturado porque era suspeito de integrar a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e de ameaçar de morte um agente penitenciário do Acre.

~ 86 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


- Durante a terceira sessão de tortura, implorei ao Souza, chefe da equipe de segurança do presídio, que mandasse buscar minha ficha. Ele atendeu e constatou que eu estava há poucos dias dias em Rio Branco. Eu não conhecia ninguém no Acre. O Souza disse: “Tudo bem, ninguém fez nada com você, entendeu?”. E eu entendi que era pra não contar nada sobre a tortura. Depois falei com o diretor do presídio e vi ele dizendo pro pessoal dele: “Se eu soubesse que esse preso estava nessa situação eu não tinha recebido. Quem recebeu esse preso?”. O diretor não tomou conhecimento da tortura. Não soube de nada porque eu tive medo de contar. O diretor do Instituto Penitenciário também não ficou sabendo. Quem mais me bateu foi um agente alto, forte, careca – relatou. Após acompanhar a reportagem ao Pronto Socorro, a juíza Luana Campos foi direto ao juiz Elcio Sabo Mendes Júnior, que está respondendo pela Vara de Execuções Penais até a próxima segunda-feira (5), para informá-lo sobre as condições do preso. Na noite de terça Elcio Sabo Mendes Júnior decidiu por requisitar que a direção do presídio remeta a pasta carcerária de Wesley no prazo de 24 horas. O magistrado também deferiu um pedido de prisão domiciliar, solicitado pela do preso, por considerar que “a situação de saúde do reeducando é extremamente grave”. A prisão domiciliar á havia sido recomendado pelo Iapen e o Ministério Público. Para melhor instrução dos autos e para esclarecer a situação do preso, o juiz determinou que a direção do hospital forneça, dentro de 48 horas, o prontuário e demais documentos anexados à pasta carcerária, bem como um diagnóstico clínico do apenado.

~ 87 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Elcio Sabo Mendes Júnior requisitou ainda a instauração de inquérito policial para investigar os fatos que levaram ao atual estado de saúde da vítima. Wesley Silva, que cumpria pena no presídio Urso Branco, de Porto Velho (RO), foi transferido para Rio Branco, mas o processo dele contém falhas. A transferência foi deferida em julho de 2012, o expediente confirmando a transferência em novembro de 2012, mas não havendo mais notícias acerca do aporte da sua execução penal na Justiça do Acre. - Eu sei que eu errei e estou pagando pelo meu crime. Eu falo pra minha mãe que estou pagando muito caro, muito caro. Se hoje -e não é porque estou nesta situação- se eu pudesse voltar atrás eu não faria o que eu fiz na minha vida porque só eu sei o que eu passo, deitado nessa cama quente, sem poder me mexer, sem poder enxergar quem está próximo de mim – disse aos prantos. Em maio, possivelmente após as sessões de tortura e as evidências de que o preso é ligado ao PCC, surgiu nos autos um relatório social cujo teor recomendava uma nova transferência de Wesley Silva de volta a Rondônia, de modo que pudesse ser assistido pela mãe dele, Maria Sueli Ferreira da Silvas, de 54 anos, pois não tem familiares no Acre. De acordo com o último relatório social, Wesley Silva apresentava, desde a época que se encontrava recluso em Rondônia, uma saúde comprometida. De acordo com o documento, ele havia sido espancado por outros detentos e passou dois meses internado em hospital. Ao receber alta, descobriu as seqüelas deixadas pelo espancamento, sendo que perdeu o baço e ficou com pressão arterial descontrolada. Na decisão, o magistrado assinala que Wesley Silva se “mostrava íntegro e capaz fisicamente, o que não se faz mais presente”. Laudo assinado pelo médico Josleilson dos Santos Nascimento informa que o preso “encontra-se em um quadro de

~ 88 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


paralisia flácida, amaurose e restrito ao leito por incapacidade de deambulação.” Ele foi avaliado por neurologistas do Acre e de Rondônia, mas os médicos não diagnosticaram a causa da paralisia dos braços e das pernas. Wesley Silva ainda tem esperança e estava preocupado porque a mãe dele trabalha e terá que retornar para Rondônia. - Eu quero primeiramente a minha saúde, porque eu vim pra cá andando, enxergando e falando normal. Hoje estou numa situação que minha mãe que me dá banho, que me dá comida e eu só fico deitado. A minha mãe trabalha. Ela tá indo embora. Tem agente penitenciário que vem cuidar de mim, que deixa as pessoas me ajudar. Tem uns que não deixa ninguém se aproximar de mim. Depois que minha mãe for embora, quem vai me dá comida? Quem vai limpar minha bunda? Quem vai me ajudar? Procurada pela reportagem, a secretária adjunta de Comunicação do governo do Acre, Andréa Zílio, sugeriu uma entrevista com o diretor presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), Dirceu Augusto Silva, que preferiu não se pronunciar a respeito da denúncia. O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre, Adriano Marques, também foi procurado pela reportagem. Em nota, ele defendeu os colegas da acusação de tortura, espancamentos e maus tratos no sistema penitenciário do Acre. - Os agentes apresentaram cópias de documentos que comprovaram que nenhum responde por processos administrativos ou judiciais e que a direção do Iapen informou que o preso já chegou ao Acre com problemas de saúde. Não podemos extrapolar princípios constitucionais. Os agentes penitencários gozam da presunção da inocência.

~ 89 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


~ 90 ~

jhcMídiaDigital Edição 033 Ano 2013


Trigésima terceira revista