Page 1


Brutale 1090

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 1


Editorial Atualmente o jornalista profissional tem sofrido atentados, perseguições, prisões, assassinatos, demissões fraudulentas, e tudo mais que seja possível fazer para cercear o sagrado dever de informar, denunciar situações nebulosas, escabrosas, revelar a verdade, a sociedade e todo cidadão de bem. Artigo 220 da Carta “Nenhuma Lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação”. Os incisos quatro. cinco. nove. 10. 13. Do artigo quinto “Direitos e deveres individuais e coletivos”. O resto é apenas delírio fugaz. Mórbida pretensão de cercear a imprensa e blindar maracutaias. A imprensa e a democracia, na vigente ordem constitucional brasileira, são irmãs siamesas uma abriga a outra, solene e agradecidamente.

“Eu sou quem sou para serdes ti quem sois.” José Heitor da Costa

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 2


Fundador e Diretor Responsável: José Heitor da Costa Fundado em 12/09/2012. Presidente: Jaldete Vieira Garcia. Vice-presidente: José Heitor da Costa. Diretor Executivo: Valberto Garcia Diretor Comercial: João Pedro Gutierrez Teixeira Diretora de Publicidade: Carmem Lúcia Diretora de Assuntos Culturais: Ana Cristina Diretora de Projetos Gráficos e Web Designers: Iza Souza Diretor e Editor de Esportes: João Costa Diretor de Assuntos Internacionais: Gilmar Freitas Repórteres: Afonso Aquino. Pinheiro Junior. Rodrigues Taú. Wanda Lacerda. Álvaro Cintra. João Mendes. jhcMídiaDigital@gmail.com Cel: +55 (11) 98178-5433 Conselho Administrativo Presidente: Jaldete Vieira Garcia. Vice-Presidente: José Heitor da Costa.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 3


MUNDO Evo Morales Sean Penn

nomeia

Redação O presidente boliviano Evo Morales nomeou o ator Sean Penn embaixador pela promoção da mastigação da folha de coca

D

e acordo com o ministro da Presidência, Juan Ramón Quintana, Penn «recebeu uma explicação sobre o valor do histórico e ancestral uso da folha de coca». O uso da folha de coca para fins medicinais e religiosos faz parte das tradições das culturas indígenas andinas.

Acesso ao mar A Bolívia pediu ainda a Penn que seja interlocutor internacional para outra questão política, o acesso ao mar. A Bolívia exige do Chile a revisão dos tratados internacionais assinados no século XIX, que retiraram dos bolivianos o acesso ao mar pela costa do Pacífico.

Sean Penn falou com Evo Morales sobre o Haiti Redação

N

esta segunda visita de Penn, o ator abordou novamente a cooperação com o Haiti. Penn, nomeado embaixador itinerante do país, almoçou com Morales no Palácio do Governo e afirmou depois, à imprensa, que a visita tinha como propósito «fazer o acompanhamento de alguns assuntos de colaboração entre os governos da Bolívia, Haiti e Estados Unidos». Para o ator a reunião foi «fantástica» e «positiva», apesar de não ter dado mais detalhes sobre os temas abordados. «Estou muito impressionado com o compromisso do presidente com seu país e sua abertura de mente sobre os assuntos referentes ao Haiti», disse o ator.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 4


China deve ser mais ativa na resolução do conflito sírio, pede enviado especial da ONU Comandante das Forças Aéreas da Síria é morto em Damasco e ativistas levantam possibilidade de assassinato por forças de Assad Agência Efe

(Enviado Especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi (esq.), e ministro de Relações Exteriores da China, Yang Jiechi (dir.))

O

enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi, pediu nesta quarta-feira (31/10) maior envolvimento do governo chinês na resolução do conflito sírio, que assola o país há cerca de 19 meses. Desde o fim da trégua temporária no feriado muçulmano do Eid al-Adha, o diplomata argelino visita os principais aliados do presidente Bashar al Assad no Conselho de Segurança da ONU em busca de uma negociação para a reunião que ocorrerá em novembro. Brahimi se reuniu com o governo russo nesta segundafeira (29/10) e, nesta quarta (31/10), participou de encontros na China com as autoridades do país. “Espero que a China desenvolva um papel ativo na resolução dos eventos na JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 5


Síria”, disse o enviado ao cumprimentar o ministro de Relações Exteriores da China, Yang Jiechi. Ambos se encontraram na sede do ministério em Pequim, onde desembarcou na terça-feira (30/10). “A comunidade internacional deveria cooperar e apoiar os esforços de Brahimi com maior senso de urgência e responsabilidade”, respondeu Yang, segundo a agência oficial chinesa Xinhua. O ministro ainda reiterou a posição de Pequim de que o conflito sírio apenas poderá ser solucionado por meio de negociações políticas, excluindo medidas mais severas como sanções e a intervenção militar. Dentre os países que compõem o Conselho de Segurança, a China e a Rússia são os únicos que apoiam o regime de Assad e, por esta razão, vetaram três resoluções sobre a situação síria. Ambos os países também desaprovaram um plano de paz sugerido por Kofi Annan, antecessor de Brahimi no cargo de enviado especial, de acordo com o qual o presidente sírio deveria deixar o poder. O documento de Annan propunha a criação de um governo de transição composto por representantes de Assad e dos grupos de oposição ao regime, sem a participação de oficiais cuja presença pode dificultar os esforços de conciliação. O ex-enviado especial deixou o cargo por conta da falta de avanço nas negociações e, agora, Brahimi tenta estabelecer um plano de paz que possua o apoio das potências aliadas ou não de Assad. O diplomata argelino deve apresentar sua proposta na próxima reunião do Conselho de Segurança em novembro, na qual participará como convidado. Nas últimas semanas, o enviado especial viajou para diversos países do Oriente Médio e Norte da África para negociar um acordo de cessar-fogo temporário na Síria da sexta-feira (26/10) até segunda (29/10). Forças do governo e da oposição aderiram ao acordo, mas a trégua foi rompida diversas vezes.

Conflito na Síria

A

violência na Síria continuou nesta quarta-feira (31/10) com a explosão de uma bomba na periferia de Damasco, que deixou pelo menos oito civis mortos e dezenas de feridos. Segundo a agência oficial Sana, os explosivos estavam localizados dentro de um lixo numa rua movimentada próximo ao mausoléu xiita de Sayida Zeinab. Ativistas afirmaram que as forças do governo realizaram ataques aéreos nesta quarta (31/10) e que o confronto em diversas cidades do país entre oficiais próAssad e da oposição continuaram. As autoridades sírias também anunciaram o assassinato do general Abdullah Mahmoud al Khalidi, que comandava as forças aéreas do país, por “grupo armado terroristas”. De acordo com a agência France Press, o Exército Livre da Síria assumiu a autoria pelo ataque. O jornal britânico Guardian divulgou a possibilidade de que agentes do regime mataram o militar para prevenir sua deserção.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 6


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 7


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 8


Uma em cada três oficiais foi estuprada nas Forças Armadas dos EUA A probabilidade de ser estuprada por companheiros é maior do que a de sofrer um ataque terrorista

A

tem a quem recorrer.

rotina das mulheres norteamericanas que servem nas Forças Armadas é repleta de perigos: elas têm de enfrentar o risco, diariamente, de atentados contra os seus batalhões e bombas plantadas além de outros desafios intrínsecos aos conflitos armados. No entanto, essas militares também sofrem com a violência dentro dos próprios quartéis e muitas vezes, não

A oficial Rebekah Havrilla conta que já estava preparada psicologicamente para a possibilidade de morrer em um ataque terrorista no Afeganistão, mas não para ser estuprada por muitos de seus colegas e superiores nas bases e campos militares dos EUA. Na primeira vez em que foi assediada, o líder de seu grupo se aproximou por trás, mordeu com força o seu pescoço e disse “Eu quero muito te foder agora”. Dias depois, outro colega a estuprou. Tia Christopher, que se alistou na Marinha em 2000, passou por uma situação muito similar apenas dois meses depois de ter entrado na organização. Em uma noite quando estava entrando em seu quarto para dormir, um companheiro do JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 9


batalhão militar invadiu o local e a estuprou, batendo sua cabeça várias vezes contra a parede. Assustada e com apenas 18 anos, a aspirane a oficial se livrou de todas as provas contra o companheiro que continuou a assediá-la.

O caso dessas duas mulheres norte-americanas não é excepcional nem muito diferente de suas companheiras militares. O jornal norte-americano Huffington Post divulgou essa e outras histórias, além de dados sobre a ocorrência de estupros dentro das Forças Armadas dos EUA, em uma reportagem especial neste sábado (06/10). De acordo com dados do Departamento de Defesa, pelo menos uma em cada três mulheres entre as 207 mil do corpo militar norte-americano já foi vítima de estupro e/ou outros abusos sexuais. O índice de ocorrência é o dobro do que ocorre, em média, na sociedade do país, onde uma em cada seis mulheres já sofreu violência sexual. Entre outubro de 2010 e setembro de 2011, cerca de 3,2 mil estupros dentro das Forças Armadas dos EUA foram denunciados, mas o Pentágono calcula que dentro deste período, pelo menos 19 mil abusos sexuais entre colegas aconteceram. Apesar de autoridades explicarem que a violência não acontece apenas contra mulheres, o grupo feminino representa a grande maioria. Isso significa que o risco de uma militar norte-americana ser estuprada no período de um ano dentro das Forças Armadas é 180 vezes maior do que o de ser morta em combate no período de onze anos no Iraque ou no Afeganistão, informou o Huffington Post. Os dados disponibilizados pelo governo norte-americano também apontam que a maior parte dos estupradores é homem com mais de 25 anos e que possui posição hierárquica mais elevada do que a da vítima. Estas informações explicitam que o caso de Rebekah e Tia longe de serem exceções, representam o padrão da violência dentro das Forças Armadas.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 10


Enfrentando a estrutura

M

esmo triste e assustada, Tia decidiu lavar os lençóis, roupas e tudo o que pudesse indicar que havia sido vítima de estupro. A aspirante a oficial decidiu que não levaria essa história adiante, apesar de saber que o seu colega poderia violenta-la novamente. Ela apenas mudou de ideia, de acordo com entrevista ao Huffington Post, quando soube que este mesmo militar estuprava outras garotas. Outra oficial tentou desencorajá-la de denunciar o estuprador para seus superiores, mas Tia foi adiante com o seu plano e acabou por esbarrar na estrutura judicial militar. “Então, me diga mais uma vez, qual era a cor da sua calcinha quando você foi estuprada?”, teria perguntado o oficial responsável pela investigação de acordo com sua entrevista ao Huffington Post. Segundo dados do governo dos EUA do ano 2011, apenas 240 das 3,2 denúncias foram para o tribunal e destas, somente 6% resultaram em sentenças condenatórias. A grande parte dos estupradores condenados teve que pagar multa ou, no pior dos casos, foi rebaixado na carreira. Em muitos casos, a vítima não denuncia a violência sexual porque a pessoa para quem devem denunciar é o próprio estuprador e em outros, a alta patente do agressor impede a continuidade das investigações. O processo de Claire Russo, que envolveu alto grau de violência, foi interrompido porque os Fuzileiros Navais não gostam de “lavar roupa suja em publico”, informou ela ao Huffington Post. Em 2004, Claire foi sedada por um capitão que a violentou brutalmente. Segundo informações de seu processo judicial, a oficial tinha hematomas em suas nádegas, vagina e lábio, além de machucados em seu ânus. “No fim, foi-me dito pelo comando direto que a sodomia – forçada ou não - não é crime segundo o Código Militar de Justiça (UCMJ na sigla em inglês) de modo que eu não poderia prestar queixa”, disse Claire ao Huffington Post.

E o governo?

N

o dia 27 de setembro, o secretário de Defesa dos EUA, Leon Panetta, ordenou uma mudança no treinamento militar das diferentes corporações que compõem as Forças Armadas. Um de seus objetivos é o de prevenir a violência sexual dentro dos quartéis, que atinge níveis preocupantes em algumas localidades. Não é a primeira vez, no entanto, que o governo tenta acabar com o problema. Em 2005, o então secretário de Defesa Donald Rumsfeld também exigiu a reformulação dos programas de formação militar. "A meta do Departamento de Defesa é uma cultura livre de abuso sexual, por meio de um ambiente de prevenção, educação e treinamento, de apoio à vítima e de responsabilização apropriada", afirmou o órgão na época. Desde então, milhares de mulheres continuam a ser violentadas pelos próprios oficiais. JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 11


A Beleza Americana no Iraque Militares femininas americanas envolvidas em torturas no Iraque. A bela Uma Thurman decepa cabeças e membros em Kill Bill. A força bruta masculina parece contaminar as mulheres. Mas, filmes como Beleza Americana e Nascido para Matar ajudam a explicar porque a violência não é natural, nem nos homens. Por Sérgio Domingues, 24 de maio de 2004 Nessa matéria podemos entender o Por quer dos fatos narrados.

A

soldada Sabrina Harman posou para uma foto toda sorridente e fazendo sinal de positivo diante do cadáver de um iraquiano. Outra foto mostra a soldada Lynndie England arrastando um prisioneiro amarrado pelo pescoço. Segundo o New York Times de 17/05/2004, England disse durante a investigação sobre o caso, que a cena lhe "parecia engraçada. Portanto, as fotos foram tiradas" (leia em http://www.consciencia.net). A generala Karpinski é um exemplo de que mulheres podem progredir na carreira militar. Infelizmente, também é um exemplo de que progresso profissional pode significar regresso moral. Está sendo investigada por envolvimento de comandados seus em episódios de tortura contra prisioneiros capturados no Iraque. É claro que o mais importante é denunciar os atos praticados pelas tropas de ocupação no Iraque. Desmontar qualquer ilusão de que os invasores trariam democracia e liberdade. No entanto, as imagens dessas mulheres esclarecem duas coisas. Primeiro, mostram que a violência não é produto de disposições naturais. São criações sociais e culturais. Segundo, embaçam cada vez mais o retrato composto por "delicadeza, maternidade, intuição, ponderação" e outras características que costumam ser associadas à figura feminina. Denunciam que tais características podem até fazer sentido em determinada época e lugar, mas nada têm a ver com uma suposta natureza feminina. No recente Kill Bill, de Quentin Tarantino, Uma Thurman interpreta uma samurai que vence duelos sangrentos com seus inimigos. Dentre estes, também estão homens, só que não passam de coadjuvantes. Quem realmente é páreo para a personagem de Thurman são outras mulheres. Os homens aparecem para serem devidamente castrados de seus membros superiores, inferiores e intermediários. Não é uma grande novidade. Pelo menos desde Alien, o 8º Passageiro, a figura guerreira da mulher é cada vez mais freqüente. A personagem de Sigourney Weaver enfrentava as horríveis criaturas espaciais disparando balas com sua pesada metralhadora-bazuca.

Morreu, mas pariu. É santa!

O

senso comum dirá que isso é produto da brutalização das mulheres. Da falta de feminilidade reinante em tempos modernos demais. Mas, o que pode estar por trás desse lamento é a saudade do lugar submisso da mulher na divisão social de tarefas. JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 12


Exagerando, é algo parecido com o que levou o Papa João Paulo 2º a beatificar Gianna Molla porque ela se negou a fazer um aborto. A gravidez era de alto risco. A opção pelo aborto seria a mais segura. A mulher se recusou. Morreu no parto, mas a criança sobreviveu. Um verdadeiro exemplo do que pensa a cúpula da Igreja Católica. A função da mulher é procriar. Morreu, mas pariu. Cumpriu sua maior missão. O resto é detalhe. Em tempos em que as mulheres não querem se resumir a isso, a falecida só poderia ser considerada uma santa! Na verdade, é preciso lamentar a brutalização dos seres humanos em geral. Não apenas a da parte feminina dele. O ambiente que levou as militares Harman e England a assimilar tão bem a tortura e a humilhação como formas de tratar prisioneiros é o mesmo que criou nos homens igual disposição. No caso em questão, estamos falando do exército ianque, que só recentemente começou a admitir recrutas do sexo feminino em suas fileiras. Espero que seja difícil imaginar que a presença de mulheres nas forças armadas tornaria o exército mais "gentil, intuitivo, equilibrado" como querem alguns (e algumas) machistas enrustidos. É claro que só poderia ter acontecido o contrário. Quem assistiu Nascido para Matar, de Stanley Kubrick, deve-se lembrar de que o filme é dividido em duas partes. A primeira, mostra o treinamento militar anterior à entrada em combate. Ainda em solo norte-americano, os soldados recebem treinamento e tratamento brutais. A tal ponto que um deles comete suicídio. A bala que o recruta dispara em sua própria boca encerra a primeira parte do filme. O objetivo é mostrar que toda a brutalidade que virá na segunda parte, quando os soldados são mostrados em ação no Vietnã, é quase banal perto do tratamento recebido no quartel. São essas condições com que se depararam as militares femininas. Por outro lado, são essas mesmas condições que ajudam a entender as já numerosas denúncias de estupros de prisioneiros iraquianos por soldados das tropas de ocupação. Os acusados são, muito provavelmente, homossexuais mal resolvidos. Passaram por uma educação que reprimiu sua opção sexual e sofreram repressão aperfeiçoada no ambiente estúpido da caserna. O resultado é o apelo ao estupro em sua condição mais facilitada. A do domínio militar sobre a vítima.

Onde a feiúra impera

N

o filme Beleza Americana o militar aposentado interpretado por Chris Cooper criou seu filho debaixo de uma férrea disciplina. Queria enfiar-lhe alma a dentro valores conservadores, como amor à pátria, ódio ao estrangeiro, fundamentalismo religioso, a família acima de tudo. Vê tudo cair por terra quando começa a pensar que o filho está tendo um caso com seu vizinho. Não passa de um engano. Na verdade, é ele que se descobre apaixonado pelo vizinho, a quem procura e é rejeitado. Como macho que é, responde à rejeição JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 13


disparando uma bala na cabeça daquele a quem deseja de forma doentia. Ainda falando de produções cinematográficas, lembremos o excelente Tiros em Columbine, do recém premiado de Cannes, Michael Moore. Retrato de uma sociedade vivendo um permanente cabo-de-guerra entre o medo e a violência. Ou seja, as ações do exército norte-americano no Iraque não passam de conseqüências de uma longa preparação do sistema de poder dos Estados Unidos. Uma preparação voltada para combater o que consideram barbárie com mais barbárie. Foi assim que fizeram com os indígenas, com os negros e as minorias em geral. É assim que respondem aos métodos carniceiros dos fundamentalistas islâmicos. Não é à toa que Ariel Sharon, Saddam Hussein, Bin Laden e outros assassinos em série foram, ou são, grandes parceiros dos governantes estadunidenses. Mas não se trata de uma característica natural de norte-americanos, dos britânicos, xiitas, árabes ou judeus. Nem de homens, mais do que em mulheres. A igualdade entre mulheres e homens precisa ser alcançada. Mas não para mostrar a mesma capacidade de gerar violência e morte. Isso é produto de um caminho civilizatório que precisa ser negado. Um caminho que só poderia assumir tamanha clareza no país mais capitalista do mundo. Lá, onde a feiúra impera.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 14


Vaticano pode limitar a entrada de turista na Capela Sistina

A

utoridades do Vaticano estudam a possibilidade de limitar o número de pessoas que podem visitar diariamente a célebre Capela Sistina, sede dos conclaves dos Papas que possui afrescos considerados obras-primas do Renascimento. A ideia foi lançada pelo diretor dos Museus Vaticanos, Antonio Paolucci, na véspera da cerimônia oficial que será presidida pelo Papa Bento XVI para lembrar os cinco séculos de sua inauguração, no dia 31 de outubro de 1512. "Se não for instalado imediatamente um novo sistema de climatização, cabe a nós limitar as visitas para preservar um patrimônio artístico tão valioso", advertiu Paolucci. A célebre capela, que faz parte do conjunto do palácio apostólico do Vaticano, decorada com afrescos de Michelangelo, Rafael e Botticelli, é um dos monumentos mais visitados do mundo. Cerca de cinco milhões de turistas visitam todos os anos a capela e, durante a alta temporada, cerca de 30.000 pessoas entram diariamente no local, segundo dados divulgados pelo jornal italiano La Repubblica. "A presença de tantos visitantes pode provocar danos pelo pó, pela pressão antrópica, pela umidade dos corpos, pelo anidrido carbônico, pelas temperaturas altas, pelas mudanças climáticas e pela transpiração. Esses elementos que os visitantes produzem alteram o microclima da capela e, a longo prazo, podem afetar os afrescos", explicou Paolucci.

Pietà de Michelangelo Buonarroti

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 15


Virgem Maria com menino Jesus entre São Pedro e São Paulo

P

ara evitar tomar uma medida tão drástica como a redução do número de visitantes, as autoridades do Vaticano encarregaram uma firma especializada da instalação de um novo sistema de climatização para proteger os afrescos. O novo sistema é capaz de garantir a eliminação do pó e de outros agentes contaminantes, por meio de uma troca rápida e eficaz do ar e pelo controle da temperatura e da umidade. Ele deverá ser instalado no ano que vem.

Região atingida por Sandy tenta retomar a rotina Por AE

Caminhonete sofre para passar pela inundação causada pelas fortes ondas em Southampton, Nova York.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 16


A

população da Costa Leste dos Estados Unidos, bastante atingida pela supertempestade Sandy, dá nesta quarta-feira os primeiros passos para retornar à normalidade, mesmo enquanto equipes de resgate trabalham em vizinhanças com destroços espalhados e marcadas por sinais de enchentes e incêndios. Apesar dos ônibus da cidade de Nova York terem voltado a percorrer as ruas (ainda escuras pela falta de energia elétrica e praticamente sem trânsito) e a Bolsa de Valores ter voltado a funcionar, está claro que restaurar a rotina da região deve demorar dias. Reconstruir os bairros mais fortemente atingidos e a rede de transportes que os liga pode demorar ainda mais.

Estacionamento inundado após passagem da supertempestade em Nova Jersey (Foto: Charles Sykes)

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 17


Foto de U.S. Coast Guard, Petty Officer 2nd Class Tim Kuklewsk

Foto de SHANNON STAPLETON/Reuters

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 18


Foto de ADAM HUNGER/REUTERS

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 19


A água invade o local de construção do Marco Zero em Nova York, onde estavam as torres gêmeas. (AP Photo/ John Minchillo)

Foto de Stan Honda

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 20


Foto de Bebeto Matthews

Foto de TWITTER/Reuters

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 21


Foto de Stan Honda/AFP

Foto de LUCAS JACKSON/Reuters

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 22


Foto de Stan Honda/AFP

1

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 23


2

3

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 24


4 1. Sacos de areia protegem uma das entradas da Bolsa de Nova York nesta segunda-feira. 2. Vento quebrou um guidaste utilizado na construção de um prédio de 65 andares em Nova York. As ruas próximas foram fechadas pelas autoridades devido à possibilidade do equipamento se desprender totalmente. 3. Via em Nova York aparece completamente deserta enquanto a população aguarda a passagem do furacão Sandy. Autoridades informam que mais de 300 mil pessoas já estão sem luz em sete estados dos Estados Unidos. 4. Aproximação do furacão Sandy já causa inundações nos Estados Unidos. Homem anda pelas ruas alagadas em Scituate, Massachusetts. Cientistas financeiros acreditam que o prejuízo após a tempestade pode chegar a US$ 18 bilhões.

O

fim da terça-feira, os ventos e inundações causados pela supertempestade diminuíram. Pelo menos 55 pessoas morreram na região da costa atlântica. No auge do desastre mais de 8,2 milhões de pessoas ficaram sem eletricidade. O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse que o metrô só deve voltar a funcionar daqui a quatro ou cinco dias. O governador do Estado de New Jersey, Chris Christie, afirmou que a recuperação do que ele chamou de desastre "inimaginável" deve levar meses e que toda a energia só será restabelecida daqui a uma semana ou mais.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 25


Mesmo com o retorno de parte dos transportes e planos de reabrir escolas e o comércio, mais danos infligidos por Sandy ainda devem continuar a surgir nos próximos dias. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), afirmou que "vestígios de Sandy" continuam a mover-se no Estado da Pensilvânia e que o fenômeno natural agora é uma "superfície de baixa pressão", não mais um ciclone pós-tropical. As informações são da Associated Press.

A outra face do furacão Sandy que não aparece na mídia

IMAGENS DA DESTRUIÇÃO PROVOCADA PELO FURACÃO SANDY NAS PROVÍNCIAS ORIENTAIS CUBANAS

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 26


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 27


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 28


Brasil é "uma voz muito importante" para atuar na Síria, diz Hillary Clinton Em encontro com Antonio Patriota, ela apoiou a busca do Brasil por um assento no Conselho de Segurança da ONU

A

secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, afirmou que os Estados Unidos aprovariam uma eventual mediação do Brasil no conflito sírio e que o país sul-americano tem "uma voz muito importante" na crise do Oriente Médio. "Nos alegramos pela participação do Brasil em qualquer esforço para conseguir o cessar-fogo, para colocá-lo em prática e ajudar com a transição política na Síria", disse Hillary em entrevista coletiva depois de reunir-se com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, em Washington. Agência Efe

A secretária de estado também apoiou a iniciativa brasileira por um assento no Conselho de Segurança da ONU

"Estou em estreito contato com o enviado especial [Lakhdar] Brahimi. E estamos buscando uma maneira de apoiar seu trabalho, que precisa do firme apoio do Brasil, por ter uma voz muito importante para tentar resolver esta trágica situação", acrescentou a secretária de Estado. Patriota e Hillary se reuniram hoje na capital dos EUA pela quarta vez, no marco do Diálogo de Associação Global Brasil-Estados Unidos, criado em 2010, JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 29


cujo objetivo é estreitar e melhorar as relações bilaterais e de cooperação entre os países. "É extremamente importante que, com estas discussões que estamos tendo com os EUA e um número cada vez maior de países, inclusive os membros permanentes do Conselho de Segurança, possamos mobilizar a força diplomática internacional para retomar o processo de paz e para encontrar uma solução negociada para a Síria", comentou Patriota. O ministro, que acaba de realizar uma viagem pelo Oriente Médio, recebeu o apoio de Hillary para tentar um assento para o Brasil no Conselho de Segurança das Nações Unidas. Precisamente nesta semana o ex-secretário geral da ONU Kofi Annan propôs a criação de "mais cinco ou seis assentos permanentes, para que todas as regiões do mundo se sintam representadas" e considerou "indefensável" que a América Latina não tenha um. O Conselho de Segurança da ONU está composto por 15 membros, dos quais cinco (França, China, Reino Unido, Estados Unidos e Rússia) são permanentes e contam com poder de veto. Os outros dez são escolhidos pela Assembleia Geral do organismo por um período de dois anos e são distribuídos de acordo com os grupos regionais que formam o órgão legislativo da ONU. Além de assuntos internacionais, Patriota e Hillary trataram dos programas bilaterais de intercâmbio de estudantes e das negociações para facilitar os vistos entre os países

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 30


ECONOMIA Desemprego bate recorde na Eurozona a 11,6% Isto significa que 18,490 milhões de pessoas estavam sem trabalho neste mês nos 17 … »O desemprego na Eurozona aumentou a 11,6% em setembro, um recorde para o bloco, puxado pela Espanha, quarta economia da união monetária e com um índice de paralisação de 25,8%, anunciou a agência europeia de estatísticas, Eurostat. "Na zona do euro, a taxa de desemprego corrigida pelas variações sazonais alcançou 11,6% em setembro de 2012, contra 11,5% em agosto", anunciou a Eurostat. Isto significa que 18,490 milhões de pessoas estavam sem trabalho neste mês nos 17 países que adotaram o euro.

Foto de Martti Kainulainen/AFP

A

Espanha - em recessão e que tenta superar a crise com cortes e medidas de austeridade - continua liderando a lista do desemprego, com um índice de 25,8%, contra 25,1% em agosto. De acordo com os dados oficiais do país, em setembro o desemprego foi de 25,02%. Depois aparece a Grécia, com desemprego de 25,1%. O dado, no entanto, faz referência ao mês de julho. A falta de emprego afeta sobretudo os mais jovens. Em setembro, a taxa de desemprego nesta faixa etária era de 23,3%, contra 21,0% em setembro de 2011. Na Espanha, o governo de Mariano Rajoy se comprometeu a reduzir o enorme

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 31


déficit público e adotou um ambicioso programa de austeridade para cortar 150 bilhões de euros entre 2012 e 2014. As medidas, assim como em outros países afetados, incluem aumento de impostos, cortes de salários dos funcionários públicos, reduções do segurodesemprego e menos gastos em setores como saúde e educação. Até o momento, no entanto, as medidas apenas agravaram a recessão e o desemprego. Além disso, a política de austeridade aumentou o descontentamento social nos países mais abalados pela crise. Os países menos afetados pelo desemprego na Eurozona são Áustria (4,4%), Luxemburgo (5,2%), Alemanha e Holanda (5,4%). A crise da dívida europeia - que começou na Grécia em 2010 e depois atingiu Irlanda, Portugal, Chipre e Espanha - devastou a confiança empresarial e, com isto, a criação de novos postos de trabalho. Na União Europeia, formada por 27 países, o desemprego manteve o nível recorde de 10,6%, com 25,751 milhões de pessoas sem trabalho em setembro. Ao mesmo tempo, a Eurostat anunciou que a inflação em outubro na Eurozona ficou em 2,5%, o que significa que pelo 23º mês consecutivo o índice superou a meta de 2% estabelecida pelo Banco Central Europeu (BCE).

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 32


POLÍTICA Marcos Valério propõe contribuir com a justiça em troca de redução da pena Brasília, (EFE) O publicitário Marcos Valério Fernandes, condenado a 40 anos de prisão por integrar o sistema de corrupção que sacudiram o Brasil em 2005, ofereceu colaborar com a justiça em troca de uma pena menor, confirmaram nesta quartafeira fontes judiciais.

Além do tempo de prisão, o condenado de operar o esquema terá de pagar uma multa de R$ 2,78 milhões. (Foto: Agência Brasil)

V

alério foi um dos personagens-chave de uma densa trama de corrupção tecida por alguns quadros PT durante o primeiro mandato de Lula. Desde 2 de agosto, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou 37 acusados e condenou 25. Até agora, somente foi definida a sentença de Valério, condenado a 40 anos, um mês e seis dias de prisão pelos crimes de corrupção ativa, peculato, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O presidente do STF, Carlos Ayres Britto, confirmou que a corte recebeu uma oferta de "colaboração" apresentada pela defesa de Fernandes, que pretendia ganhar os benefícios da chamada "delação premiada", que podem reduzir sua pena.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 33


O magistrado, no entanto, considerou a oferta "tardia", pois "o caso já foi julgado", portanto uma nova declaração do publicitário não modificaria a sentença. Ayres Britto admitiu, no entanto, que o pedido foi recebido e será analisado pelo tribunal, que deve decidir se o aceita ou não. O advogado do publicitário, Marcelo Leonardo, confirmou também que apresentou o recurso, embora tenha evitado explicar que poderia acrescentar seu cliente ao processo. Segundo a corte decidiu durante o julgamento, Valério foi o "operador financeiro" do esquema e pôs duas de suas empresas a serviço do PT entre 2002, quando Lula venceu as eleições, e 2005, quando o escândalo foi denunciado. A corte interpretou que as empresas de Fernandes eram beneficiárias com contratos de organismos públicos e que depois o dinheiro acabava nas mãos do PT, que o usou para financiar campanhas de forma ilegal e subornar dirigentes de outros partidos, para "comprar" assim a maioria parlamentar que o partido não conseguiu nas urnas. Entre os 25 réus declarados culpados no julgamento, estão o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o antigo tesoureiro dessa formação Delúbio Soares. A corte começou a ditar sentenças contra os 25 culpados na semana passada, mas interrompeu o processo até 7 de novembro, devido a que o juiz relator, Joaquim Barbosa, teve que viajar à Alemanha para se submeter a um tratamento médico. Além de condenar Valério a 40 anos de prisão, o tribunal ditou uma sentença parcial de 14 anos e três meses de prisão para o empresário Ramon Hollerbach, sócio do publicitário. Hollerbach foi sentenciado até agora pelos crimes de corrupção ativa, peculato e formação de quadrilha, mas ainda estão pendentes as penas correspondentes a lavagem de dinheiro e evasão de divisas. EFE

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 34


CIÊNCIA Bebê macaco que parece Einstein é visto na Malásia Um bebê macaco, da espécie Macaca arctoides, foi visto no parque nacional de Taiping, na Malásia e foi imediatamente comparado ao físico Albert Einstein.

Bebê macaco que parece Albert Einstein é visto na Malásia.

O pequeno estava acompanhado da mãe e foi fotografado pelo professor Mihail Nazarov. "Assim que vi o bebê macaco, meu primeiro pensamento foi que parecia o Einstein e que eu precisava tirar umas fotos para provar isso", contou Nazarov ao jornal "The Sun".

Albert Einstein. E não é que parece mesmo?

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 35


BRASIL Justiça brasileira ordena expulsão de indígenas Guarani Kaiowá

Carta da comunidade Guarani-Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay-Iguatemi-MS para o Governo e Justiça do Brasil.

N

ós (50 homens, 50 mulheres, 70 crianças) comunidades GuaraniKaiowá originárias de tekoha Pyelito kue/Mbrakay, vimos através desta carta apresentar a nossa situação histórica e decisão definitiva diante de despacho/ordem de nossa expulsão/despejo expressado pela Justiça Federal de Navirai-MS, conforme o processo nº 000003287.2012.4.03.6006, em 29/09/2012. Recebemos esta informação de que nós comunidades, logo seremos atacada, violentada e expulsa da margem do rio pela própria Justiça Federal de Navirai-MS. Assim, fica evidente para nós, que a própria ação da Justiça Federal gera e aumenta as violências contra as nossas vidas, ignorando os nossos direitos de sobreviver na margem de um rio e próximo de nosso território tradicional Pyelito Kue/Mbarakay. Assim, entendemos claramente que esta decisão da Justiça Federal de Navirai-MS é parte da ação de genocídio/extermínio histórico de povo indígena/nativo/autóctone do MS/Brasil, isto é, a própria ação da Justiça Federal está violentando e exterminado e as nossas vidas. Queremos deixar evidente ao Governo e Justiça Federal que por fim, já perdemos a esperança de sobreviver dignamente e sem violência em nosso território antigo, não acreditamos mais na Justiça Brasileira. A quem vamos denunciar as violências praticadas contra nossas vidas?? Para qual Justiça do Brasil?? Se a própria Justiça Federal

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 36


está gerando e alimentando violências contra nós. Nós já avaliamos a nossa situação atual e concluímos que vamos morrer todos mesmo em pouco tempo, não temos e nem teremos perspectiva de vida digna e justa tanto aqui na margem do rio quanto longe daqui. Estamos aqui acampados 50 metros de rio Hovy onde já ocorreram 4 mortos, sendo 2 morreram por meio de suicídio, 2 morte em decorrência de espancamento e tortura de pistoleiros das fazendas. Moramos na margem deste rio Hovy há mais de um (01) ano, estamos sem assistência nenhuma, isolada, cercado de pistoleiros e resistimos até hoje. Comemos comida uma vez por dia. Tudo isso passamos diaa-dia para recuperar o nosso território antigo PyleitoKue/Mbarakay. De fato, sabemos muito bem que no centro desse nosso território antigo estão enterrados vários os nossos avôs e avós, bisavôs e bisavós, ali estão o cemitérios de todos nossos antepassados. Cientes desse fato histórico, nós já vamos e queremos ser morto e enterrado junto aos nossos antepassados aqui mesmo onde estamos hoje, por isso, pedimos ao Governo e Justiça Federal para não decretar a ordem de despejo/expulsão, mas solicitamos para decretar a nossa morte coletiva e para enterrar nós todos aqui. Pedimos, de uma vez por todas, para decretar a nossa dizimação/extinção total, além de enviar vários tratores para cavar um grande buraco para jogar e enterrar os nossos corpos. Esse é nosso pedido aos juízes federais. Já aguardamos esta decisão da Justiça Federal, Assim, é para decretar a nossa morte coletiva Guarani e Kaiowá de Pyelito Kue/ Mbarakay e para enterrar-nos todos aqui. Visto que decidimos integralmente a não sairmos daqui com vida e nem morto e sabemos que não temos mais chance em sobreviver dignamente aqui em nosso território antigo, já sofremos muito e estamos todos massacrados e morrendo de modo acelerado. Sabemos que seremos expulsas daqui da margem do rio pela justiça, porém não vamos sair da margem do rio. Como um povo nativo/indígena histórico, decidimos meramente em ser morto coletivamente aqui. Não temos outra opção, esta é a nossa última decisão unânime diante do despacho da Justiça Federal de Navirai-MS.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 37


ARTE Corpos nus e muita delicadeza na pintura do artista hiperrealista Javier Arezabalo Por Rita de Sousa O francês de Saint-Jean-de-Luz Javier Arizabalo, pintor hiperrealista, demonstra em sua obra um olhar carinhoso para a velhice (veja as reproduções no final do post), mas é para as mulheres que guarda a maior porção de sua delicadeza. Esculpe, com pincéis, corpos – nus – e tudo o que fazem parte de seu universo: sentimentos, esperanças, sonhos e prazeres. Sua obra ostenta dupla entrega: a do próprio pintor, que dá vida a um imaginário latente, vívido, prazeirento e lânguido, e a do modelo, que confia que seu reflexo espelhe o que de melhor tem a oferecer.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 38


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 39


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 40


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 41


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 42


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 43


N

as suas palavras: “A “arte” ou o “fazer” são por e para a vida humana; como tudo o que é real, o são por “razões” (sentido, vontade…). Faz tempo que utilizo a arte para curar-me, alimentar-me; resolvo os desejos a partir das imagens que re-presento, é maravilhoso”. Arizabalo é um daqueles artistas que, por alguma razão, não dá títulos a seus quadros. Isso, naturalmente, não muda a qualidade de seu trabalho.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 44


EUROPA 29/10/2012 - 17h19 | Marina Mattar | Redação

Grécia

detém

jornalista

que

divulgou

lista

de

compatriotas com contas ilegais na Suíça Ex-ministro das Finanças admitiu que governo não agiu por medo de enfrentar elites Agência Efe

Edição da revista Hot Doc que contém lista com os nomes de dois mil gregos que possuem contas na Suíça

U

m jornalista grego foi detido neste domingo (28/10) por ter revelado os nomes de mais de dois mil membros da elite financeira e política do país que possuem contas bancárias ilegais na Suíça. As autoridades gregas ainda entraram com processo contra Kostas Vaxevanis por violação de privacidade. A lista, publicada na última edição da revista Hot Doc, foi entregue ao governo do país há dois anos pela então ministra das Finanças da França, Christine Lagarde, mas ainda era desconhecida do grande público. O documento mostra que 2059 gregos sonegaram mais de 1,5 bilhão de dólares em impostos e enviaram ilegalmente elevadas somas ao país europeu. O Ministério Público se defendeu das acusações e afirmou que a revista não respeitou a legislação de informações pessoais. “Não há provas de que as pessoas ou empresas incluídas na lista tenham violado a lei. Não há provas de que eles violaram a lei de sonegação de impostos ou lavagem de dinheiro", disse um oficial.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 45


Agência Efe O editor da revista Hot Doc, Kostas Vaxevanis (acima), foi preso pela polícia grega por violação de privacidade

"Em vez de prender os sonegadores de impostos e ministros que tinham a lista em suas mãos, eles estão tentando prender a verdade e a liberdade da imprensa", acrescentou Vaxevanis. Para apoiadores do jornalista, sua prisão foi uma forma encontrada pelas autoridades de ocultar as denúncias e apaziguar possíveis manifestações. A revelação do documento ocorre em um momento complicado na Grécia, que enfrenta dura recessão econômica e altos índices de desemprego. O recémeleito governo continuou com a política de austeridade e anunciou no dia 24 de outubro novos cortes no orçamento público, o que provocou a indignação de grande parte da sociedade.

Medo das elites

E

m comunicado, o partido de esquerda Syriza (Coalizão da Esquerda Radical) condenou a prisão do editor da Hot Doc, que caracterizou como “provocativa e inaceitável”. "A acusação contra Vaxevanis é política, e como tal deve ser enfrentada pela totalidade do povo grego”, diz o texto citado pelo site de notícias Athens News. “A população sofre com as consequências da política mais classista já conhecida pela Grécia desde a restauração da democracia”. O partido comunista do país aderiu às críticas. “O deboche e a enganação do povo grego por aqueles que os enganam e os utilizam de acordo com suas conveniências políticas e econômicas deve parar”, afirmou o grupo em texto. “O sistema econômico e político que prevalece não quer que as pessoas saibam a verdade e o seu objetivo é desorientar e enganar o povo”, acrescentou. George Papaconstantinou, ex-ministro das Finanças que recebeu a lista de Lagarde, disse que as autoridades gregas não agiram por medo de confrontar a elite econômica e política do país. O membro do PASOK (Partido Socialista Pan-

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 46


Helênico) ainda alertou que o problema da evasão fiscal do país é muito mais extenso do que estes dois mil nomes. “A quantia não é insignificante, mas a verdade é que, se comparada a outras listas que o Ministério das Finanças possui, ela não é o tesouro encantado que todos esperam”, disse ele segundo o jornal britânico Guardian. “Existe uma lista do Banco da Grécia com 54 mil pessoas que tiraram 22 bilhões do país. Isso é oficial e pode ser utilizado na Justiça”, acrescentou.

Histórico

O

documento foi adquirido pelas autoridades francesas há quatro anos, em uma investigação contra Herve Falcianium, ex-funcionário do banco HSBC que copiou detalhes de contas bancárias dos correntistas em um computador pessoal. Em 2010, Lagarde entregou a lista em um CD e USB para Papaconstantinou, que diz ter iniciado as investigações. Por conta de alegação da administração atual do Ministério das Finanças, de que não recebeu o documento do ex-ministro, o Parlamento grego abriu o inquérito sobre o caso. Depois do esclarecimento de Papaconstantinou, as autoridades disseram que encontraram a lista.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 47


GASTRONOMIA A exótica e perfumada cozinha marroquina

M

arrocos é um país do norte da África na fronteira com a Argélia, o Oceano Atlântico e do Mar Mediterrâneo. O território marroquino é principalmente montanhoso, embora a maior parte do terreno é ocupada pelo deserto do Saara ocidental.

dirigido por Michael Curtiz.

A capital do Marrocos é Rabat, mas a cidade mais importante e mais conhecida é Casablanca, centro econômico verdadeiro do país, deu o seu nome ao homônimo filme inesquecível de Hollywood, estrelado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, e

Uma terra rica em história, Marrocos está entre os invasores, algumas das maiores civilizações de todos os tempos que você deixou em tradições culinárias de seu território de grande valor. povos como os árabes, os persas, os britânicos, os espanhóis e os italianos também ajudaram a deixar uma marca significativa não só no estilo de vida , mas também na cozinha deste lugar que ainda hoje é variado e diversificado. Receitas e tradição culinária tradicional marroquina tem mais de 2000 anos da história, combinando aprendizagem e estilos das pessoas que influenciaram gastronomicamente. A natureza concedeu a Marrocos uma maior variedade de frutas e vegetais que são certamente os ingredientes básicos da cozinha. O deserto, por sua vez, paga o seu povo para a terra inabitável, com um monte de datas para a exportação e cozinha local. Outra atividade importante na cultura marroquina está levantando ovinos, caprinos e carne de aves é preparada na maioria dos pratos. A principal refeição do dia é sem dúvida o almoço:. O "ritual" é quase inexistente pequeno-almoço e ao jantar, para que você coma muito leve atração no Food tabelas é definitivamente pão marroquino, preparado de maneiras diferentes, que acompanha igualmente a todos os pratos. O prato nacional, conhecido no mundo inteiro, é o delicioso " Couscous "um grão de farinha de sêmola muito pequena, que é cozinhado em um caldo temperado e muito picante e servido com legumes e carne ou peixe e legumes. Outro prato típico é " Tajine ", um prato de frango e carnes diversas (principalmente caprinos e ovinos), que leva o seu nome do pan clássico em que é preparado. Entre os pratos principais incluem os de " Mechoui "(cordeiro assado)," vários Shashlik ", o" cordeiro cozido ", a" Pílula "(massa folhada recheada com carne de pombo e amêndoas), o B'stilla " "(carne de pombo temperado com limão e amêndoas e servido com ovos), o" Harira "(uma sopa servida somente durante o Ramadã) e, claro, todos os pratos para" Caril ", uma deliciosa mistura preparada com cerca de 35 especiarias diferentes, usados para dar sabor muitos pratos. Não se pode deixar de mencionar o " Briouats com Kefta "(preparado com gordura de carneiro, carne moída, ovos, canela e pimenta) e" Chorba fassia "( açafrão). JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 48


Muito importante são os molhos utilizados para acompanhar pratos diferentes. Entre eles o " Chermoula "usado principalmente na preparações de peixe, e "Feggas ", um molho que vai bem com qualquer prato. Quanto a sobremesas, Marrocos tem uma tradição rica e variada. Não necessariamente servido após a refeição, doces marroquinos são ricos e sabores intenso. Os mais típicos são: " Kaab e Ghzal "(feito com pasta de amêndoa e açúcar), o" bolo de mel ", o" Ghoriba "(feito com amêndoas e merengue de amêndoas), o"Harcha "(panquecas típicas semolina ) e " Halwa shebakia "(cookies que são tipicamente consumidos durante o Ramadã). Quanto às bebidas típicas, Marrocos é um país de religião islâmica, não há produção de bebidas alcoólicas. A única exceção são os vinhos produzidos em Meknes. Além disso, a bebida nacional do Marrocos é o "Chá de menta", que é servido em copos de vidro especial com uma folha de hortelã fresca e muito açúcar.

Receitas com História Creme Frangipane

C

atarina de Médicis, esposa de Henrique II de França, o tribunal francês levou muitos especialistas em várias profissões, incluindo Cesare foi Frangipane, que, entre outras coisas, era perfumista real. De acordo com relatos da época, Frangipane colocou seu conhecimento para usar na cozinha a combinação de essências e outros ingredientes creme de pastelaria, criado que leva seu nome. Sua preparação tem algumas variações, mas a receita básica é: Mix 100 gr em uma panela. farinha com 300 gr. agar, 100 gr.amêndoas, secas no forno, e, em seguida, picado ou ralado, 1 litro de leite e adicionar lentamente 4 ou 5 gemas de ovos, um de cada vez, misturando bem após cada adição. Coloque a panela em fogo médio, mexendo sempre com uma colher de pau até o creme ferver alguns segundos. Villeroy O marquês Louis de Villeroy, o marechal de Luís XV, entrou para a história não como militares de destaque, mas sim como "um perito na arte de comer" é atribuído, entre outras criações, o molho que tem o seu nome e é utilizado para revestimento de carnes, vegetais e ovos cozidos. Este é um molho bechamel espesso, adicionou brotos encharcados cogumelos secos e picados, uma vez revestidas com seus ovos, carne ou legumes são passados por ovo e farinha de rosca e depois frito. Parmentier Em Antonio Augustin Parmentier (1737-1813), economista agrícola, farmacêutica e francês , que teve desenvolvido em seu país a batata. Como resultado, os chefs reais usam o tubérculo em receitas variadas, queriam que o rei desse o nome de Parmentier. Desde então, os preparativos são nomeados com base nas batatas. JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 49


Peitos Pagode País: China

Ingredientes 600 gr. peitos de frango 1 limão 2 dentes de alho 30 gr. gengibre fresco ou 1 colher de chá. terreno gengibre 4 colheres de sopa. molho de soja 8-10 gotas de tabasco molho gr 500. de cenouras 1 cebola monte verde ou alho-poró 1 pimentão vermelho 1/2 xícara de xerez seco uma colher de sopa. amido de milho colher de sopa 8. Óleo Tempo • • •

Tempo de preparo: 1 hora Tempo de cozimento: 15 minutos Tempo total: 1 hora e 15 minutos

Método de preparação Rale a casca de limão e espremer. Descasque e descartar o alho, esmagamento e rale o gengibre se utilizando fresco. Misture as raspas, o suco, o alho, o gengibre ralado ou em pó, molho de soja, sal e Tabasco. Corte o frango em tiras finas e deixe marinar na preparação acima, coberto. Raspe as cenouras, lavar e polonês cebola verde, cortado em fatias finas e oblíquos. Cortar os pimentões em tiras. Misture o xerez com meia xícara de água e dissolva o amido de milho neste. colheres de sopa de calor 4. óleo em uma panela, frite-lhe cenoura e pimentão, entregá-los e adicionar sal.Adicionar as cebolas verdes, fritar um tudo de alguns minutos e retire do fogo. Em outro calor pan o restante do óleo e frite o peito de frango marinado com forte calor durante 2 ou 3 minutos, mas não mais. Adicione os legumes cozidos e sartenear alguns minutos. Adicione o amido de milho dissolvido em água e xerez e mexa sobre o calor até que o molho engrosse. Sirva em um prato quente, com arroz polvilhado com sementes de gergelim torradas.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 50


Impressionism and Fashion

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 51


Todas as pinturas de Pierre-Auguste Renoir (1841-1919)

A

nsioso para contabilizar a vida contemporânea, Impressionismo Favorecido a representação de figuras humanas em seus arredores diários, capturou o homem "moderno" em suas atividades rotineiras, ambos, nas cidades e no campo. Eles não se esforçam para tornar embora escrupulosamente a fisionomia do traje, ou vestido, no entanto, os impressionistas representaram a modas e atitudes de seus tempos. Eles alcançaram o seu entusiasmo a esta através Considere o retrato como um instantâneo de uma pessoa em suas / seus ambientes familiares, através da sua capacidade de renovar o gênero funciona a partir do duplo ponto de vista da tipologia e topografia e, acima de tudo através de sua atenção para a "metamorfose cotidiana das coisas exteriores ", como Baudelaire colocou.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 52


Esportes Velas ao Mar

Robert Scheidt e Bruno Prada, à esquerda, disputam a regata da medalha na classe Star Pascal Lauener/Reuters

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 53


Robert Scheidt terminaram última regata da classe Star na sétima colocação REUTERS/Pascal Lauener

Bruno Prada faz sinal de positivo ao lado de Robert Scheidt durante regata da medalha da Star Jorge Zapata/EFE

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 54


As velejadoras brasileiras Ana Barbachan e Fernanda Oliveira durante disputa de regata em Londres (03/08/2012) AFP PHOTO/ William WEST

Ana Barbachan (e) e Fernanda Oliveira disputam a medal race da classe 470 em Londres AFP PHOTO / William WEST

Barco da Austrália teve problema e a Espanha levou o ouro na classe Elliot AP Photo/ Francois Mori

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 55


MEIO AMBIENTE Poluição Ambiental

Traineira parcialmente afundada deixada ao abandono na Baia de Guanabara, Nelson Veiga/ Folha Imagem

Lixo acumulado após chuva na praia da Coroa, em Mauá, no Rio. Rafael Andrade/Folha Imagem

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 56


Lixo flutuante em Niterói, depois do início do programa de despoluição Varanda/Folha

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 57


MODA São Paulo Fashion Week

Desfile da grife Samuel Cirnansck na 33ª São Paulo Fashion Week Verão 2012/2013 - Nelson Almeida/AFP

Desfile da grife André Lima na 33ª São Paulo Fashion Week Verão 2012/2013 - Nelson Almeida/ AFP

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 58


Desfile da grife Amapô na 33ª São Paulo Fashion Week Verão 2012/2013 - Nelson Almeida/AFP

Desfile da grife Amapô na 33ª São Paulo Fashion Week Verão 2012/2013 - Nelson Almeida/AF

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 59


Desfile da marca R. Rosner durante a edição de verão da São Paulo Fashion Week 2012 Nelson Almeida/AF

Desfile da marca Osklen durante a edição de verão da São Paulo Fashion Week 2012 - Nelson Almeida/AFP

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 60


TURISMO Passeio no Cânion do Xingó

C

om a construção da barragem da Usina Hidroelétrica de Xingó no Rio São Francisco, deuse origem a um cânion, formado por um vale profundo, com 65 quilômetros de extensão, 170 metros de profundidade e largura que varia de 50 a 300 metros. O visual é muito bonito, com rochas de granito avermelhado e cinza na encosta, além das diferentes espécies de aves e répteis na caatinga, vegetação do local. Também se pode contar com os passeios dos catamarãs Cotinguiba e Delmiro Gouveia e da Escuna Maria Bonita que oferecem variadas opções de passeios náuticos no lago de Xingó, que possui as mais belas paisagens do Cânion do Rio São Francisco, sendo o quinto maior do mundo e o maior em extensão navegável , possui águas verdes e transparentes. As rochas das encostas são de granito avermelhado e cinza. Destaca-se nessa área o riacho do Paraíso do Talhado. Para atender os turistas com relação a passeios, a cidade dispõe de guias e um centro de recepção ao visitante coordenado pela CHESF. A cidade oferece a visita a Usina Hidroelétrica de Xingó que é a segunda maior do Brasil e uma das mais modernas do mundo. As antigas e não navegáveis corredeiras deram lugar a águas mais calmas, possibilitando inesquecíveis passeios num labirinto de belissimos Cânions de formação rochosa de cerca de 60 milhões de anos de existência, que infundem respeito e admiração em quem as contempla. Não deixe de visitar a Usina de Xingó. A visita começa com apresentação de vídeos sobre a obra e termina com um passeio pelas barragens de desvio. É impressionante a grandeza da Hidroelétrica, a terceira maior do Brasil, com seis turbinas. JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 61


Trilha do Vale dos Mestres

P

ara os amantes da natureza opções não faltam. Uma caminhada pela trilha do Vale dos Mestres é algo deslumbrante e dura cerca de duas horas. A partir do leito seco de um riacho, próximo ao povoado Curituba, a 30 km da sede do município, o visitante conhece a vegetação típica da caatinga, a fauna do sertão e os paredões de arenito rochoso, com pinturas rupestres de mais de três mil anos. Para os amantes do ecoturismo e do trekking opções não faltam na região. Uma delas é uma caminhada pela trilha do Vale dos Mestres, que dura cerca de duas horas. Saindo do leito seco de um riacho próximo ao povoado Curituba, a 30 km da sede do município, o visitante conhece a vegetação típica da caatinga, a fauna do sertão e os paredões de arenito rochoso com pinturas rupestres de mais de três mil anos.

Gruta do Talhado

A

gruta recebeu seu nome por suas paredes que parecem ter sido talhadas à mão. Os paredões enormes com rochas areníticas têm diversas formas e um visual muito bonito. O local é próprio para banho e mergulho, além de ter um santuário para São Francisco.

Sítio Arqueológico Mundo Novo Para quem gosta de apreciar a natureza e caminhar por trilhas (7 trilhas), uma opção imperdível é a fazenda Mundo Novo, o primeiro parque temático da caatinga do Brasil, também localizada no município de Canindé do São Francisco. É uma área particular preservada, ideal para os amantes do turismo ecologicamente correto e de aventura, recém-incorporado ao roteiro turístico das belezas naturais da região. O parque conta com sete trilhas diferentes que podem ser percorridas: dos veados, arqueologia, cangaço, caatinga, craibeiros, alto do céu e navegar é preciso. Uma delas leva à história do cangaço, visitando um dos refúgios prediletos de Virgulino Ferreira — o Lampião. Outra passa por sítios arqueológicos com pinturas rupestres, catalogadas pelo museu arqueológico de Xingó. Ainda é possível conhecer de perto a vegetação típica da caatinga ou tomar um banho JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 62


nas águas refrescantes do rio São Francisco, tendo como cenário o quinto maior Cânion navegável do mundo. As caminhadas duram, em média, quatro horas e é melhor ter o acompanhamento de guia de turismo especializado em trilhas.

Grota do Angico

O

acesso a Grota de Angico é pelo Rio São Francisco, partindo de Canindé, seguindo no catamarã Pomonga, passando pela cidade histórica de Piranhas e por belíssimas formações rochosas, ilhas e prainhas fluviais. Quando o catamarã atraca na margem do rio, as pessoas seguem a pé por uma trilha no meio da caatinga por 700m até chegar ao local que até hoje é cheio de mistérios. Lampião, o Virgulino Ferreira, escapou de várias batalhas, mas foi em Angico, que ele, Maria Bonita e mais nove cangaceiros foram mortos em 28 de julho de 1938. O grupo foi ameado pela volante composta de 48 homens, comandada pelo tenente João Bezerra da Silva, depois da denúncia de Joca Bemardes. Os soldados mataram Lampião logo nos primeiros tiros e Maria Bonita em seguida foi atingida nas costas. O tiroteio foi intenso por cerca de 15 minutos matando também Enedina, com um firo na cabeça e mais oito homens: Lampião, Luiz Pedro, Quintafeira, Elétrico, Mergulhão, Moeda, Alecrim, Colchete e Marcelo. Da volante, apenas o soldado Adrião Pedro de Souza foi morto. Todos os cangaceiros tiveram suas cabeças decepadas e levadas como troféus para serem exibidas em Piranhas e em outras cidades alagoanas até chegar em Maceió. Mais ou menos trinta dias depois do massacre de Angico, a maioria dos cangaceiros já havia se rendido, permanecendo na ativa apenas os grupos de Labareda e de Corisco, sendo este último morto em 25 de maio de 1940. “Com a morte de Lampião, morria também o cangaço”, diz a sua neta Vera Ferreira, que realiza anualmente no dia 28 de julho a missa do cangaço, atraindo um grande número de visitantes a Grota de Angico.

JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 63


JHC Mídia Digital - Edição 004 Ano 2012 64


Contato jhcMidiaDigital@gmail.com Cel: +55 (11) 98178-5433l www.facebook.com/jhcmidiadigital

JHCMídiaDigital - Edição 004 Ano 2012  

Atualmente o jornalista profissional tem sofrido atentados, perseguições, prisões, assassinatos, demissões fraudulentas, e tudo mais que sej...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you