Page 9

09

situação se modifique, é preciso que ela continue a ser debatida e reivindicada em todos os espaços possíveis. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

A aposentadoria deveria ser vista como uma premiação e reconhecimento, mas na maioria das vezes representa a perda de poder econômico, trazendo com isso um sentimento de baixa autoestima e desqualificação decorrente da anulação da identidade profissional. Ao encerrar uma etapa na vida do ser humano, a do trabalho, da produtividade, a aposentadoria muitas vezes, retira da pessoa aquilo foi seu determinante por tantos anos, sua profissão. POLÍTICAS PÚBLICAS: A Constituição Federal de 1988 foi um marco na trajetória em atenção ao idoso, que introduziu em suas disposições o conceito de Seguridade Social, fazendo com que a rede de proteção social alterasse o seu enfoque estritamente assistencialista, passando a ter uma conotação ampliada de cidadania.A Política Nacional do Idoso, estabelecida em 1994 (Lei 8.842), criou normas para os direitos sociais dos idosos, garantindo autonomia, integração e par ticipação efetiva como instrumento de cidadania, sendo a família, a sociedade e o Estado os responsáveis em garantir sua participação na comunidade, defender sua dignidade, bem estar e direito a vida. Mas ainda é muito grande o distanciamento entre a lei e a realidade dos idosos no Brasil. Segundo os especialistas, para que esta

É importante investir em políticas públicas com programas de suporte aos idosos e a seus familiares, oferecendo serviços de apoio como centros-dia e hospitais-dia e em áreas de alimentação, transporte, assistência médica, serviços de orientação e atividades culturais. Contato:

elenicemariagoncalves@gmail.com

Fraternidade Hospitaleira  

Informativo do Lar São João de Deus de Itaipava. Informações da Casa, da Ordem Hospitaleira e sobre Terceira Idade

Fraternidade Hospitaleira  

Informativo do Lar São João de Deus de Itaipava. Informações da Casa, da Ordem Hospitaleira e sobre Terceira Idade

Advertisement