Page 11

11

Talento Carismático Talento Carism Num pequeno vilarejo, no interior do Rio de Janeiro, chamado Bom Jesus do Itabapoana, em 13 de Abril de 1962, nascia...

Sônia Vieira Silva Botelho

Caçula das quatro irmãs com mais uma dúzia de irmãos, hoje formam uma família de + ou - 70 pessoas. Por vir de uma família evangélica, se batizou e catequizou aos 15 anos, e sua catequista hoje reside no Lar, Ir. Ana. Veio morar em Itaipava com 10 anos e mais tarde conheceu José Luiz e casou-se aos 17 anos. Teve 3 filhos. Eduardo que lhe deu 2 netos: Carlos Eduardo e Gabriel, Karina que concebeu a pequena Ana Clara e o caçula Victor. Sua mãe Cassilda a chamava de Sônia Maria e veio a descobrir que Maria era só pela vontade de sua mãe. Quando aprendeu a ler e teve acesso a sua documentação começou a brigar toda vez que alguém a chamasse de Maria. Com 22 anos após passar por uma dificuldade, ela se ergueu plenamente como dádiva de vitória. Porém por trás disso tudo estava nada menos, que o nosso pai celestial com o qual ela caminha lado a lado até hoje. Veio para o Lar em Janeiro de 2008 para trabalhar como ajudante de cozinha, e diante de seu desempenho, carinho e cuidado com os idosos, foi convidada a trabalhar no PHV como responsável pela Pastoral da Saúde. “Com certeza não teria pessoa melhor para esse trabalho, ela realmente gosta do que faz, está sempre disposta a ajudar sem medir esforços. Carrega consigo uma força materna, que a transforma em alegria e serenidade a cada dia que passa com os idosos.” Diz sua amiga Carol que trabalha com ela no PHV.

Super Avó Além do seu trabalho com o qual está sempre dedicada, precisa arrumar tempo para sua família. Seus dois netos até pouco tempo moravam com ela e ainda ajuda a sua filha a cuidar da neta caçula. Nos fins de semana é ministra da eucaristia na sua paróquia, está terminando os estudos e ainda faz aulas de informática. Ufa!

Curiosidades “Gosto de subir em árvores.” “Tenho o dom para ouvir as pessoas.” “Adoro brincar com meus netos.” “Amo minha família.” “Me sinto bem indo a missa.” “São João de Deus foi o homem que fez o bem sem medir esforços e consequência.” “Eu sei o que quero da vida.” “Ao amanhecer, agradeço a Deus pelo dom da vida.”

A melhor coisa que me aconteceu foi a aportunidade de trabalhar aqui no Lar. Identifico-me muito com meu trabalho, amo o que faço e tento aprimorar a cada dia.

Sônia

Fraternidade Hospitaleira  

Informativo do Lar São João de Deus de Itaipava. Informações da Casa, da Ordem Hospitaleira e sobre Terceira Idade

Fraternidade Hospitaleira  

Informativo do Lar São João de Deus de Itaipava. Informações da Casa, da Ordem Hospitaleira e sobre Terceira Idade

Advertisement