Page 1

ANO II Nº 5 - 2010/2 PUBLICAÇÃO DIRIGIDA

SEGURANÇA

Sipat discute prevenção de acidentes

SAÚDE

Rotavírus é tema de reunião

MELHORIAS

Colaboradores são capacitados para melhorias no atendimento

LEITE

Nosso Banco de Leite é o 200º do Brasil

DOM

-

NOV/2010

Núncio visita novas instalações do Hospital Dom Orione

Hospital Dom

ANO II Nº 5

Orione Inaugura Centros de Saúde


A

busca pela HUMANIZAÇÃO e MODERNIDADE é agora! Pe. Márcio Almeida do Prado Diretor-Presidente do Hospital Dom Orione

O

tempo passa depressa e com ele trazemos a alegria de estarmos sempre avançando rumo a novas conquistas e vitórias significativas. Hoje abro esse editorial falando das novidades e conquistas que o Hospital Dom Orione tem dado de presente para a população araguainense. Desde quando chegamos aqui, quase não havia grandes estabelecimentos de saúde e graças ao Padre Quinto Tonini, nossa região começou a ser valorizada e reconhecida nacionalmente na área da humanização dos pacientes. De lá para cá evoluímos muito. De três médicos passamos para mais de 120; e de 17 colaboradores para quase 900. Atualmente, em uma localização estratégica no centro da cidade de Araguaína, Norte do Tocantins, e no pólo de desenvolvimento econômico do país, reconhecido até mesmo pela Revista Veja como uma metrópole do futuro, podemos dizer com toda certeza que estamos acompanhando esse desenvolvimento há 34 anos e somos testemunhas oculares do importante cenário desenhado Hospital Dom Orione instituição respeitada em nosso

município. Ainda que tenhamos esse olhar crítico sobre a história de nossa sociedade, para sermos um Centro de Excelência, não basta apenas termos acompanhado de perto a história dos 52 anos de Araguaína, mas também temos interferido nela para que pudéssemos ser o que hoje somos: referência em saúde para a região Norte do país. Em termos de estrutura física, o Centro de Especialidades Médicas, o Pronto Atendimento e o Banco de Leite Humano foram as mais recentes das grandes conquistas já registradas esse ano. Já em termos de capacitação, o Hospital proporcionou várias etapas de treinamento no intuito de melhorar nosso atendimento. Mas a sensação de busca nos impulsiona a querer mais conquistas e inaugurar novas obras que estejam fundamentadas no carisma e humanização amplamente propagados por São Luiz Orione. Conto com a ajuda de todos vocês para que nossa instituição seja lembrada e perpetuada pelos séculos.

Ave-Maria e Avante!

Banco de Leite Humano do HDO é o 200° do Brasil Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Dom Orione (HDO), localizado em Araguaína (TO), é o 200° do Brasil. A informação está no site da Rede Brasileira de BLH, órgão ligado ao Ministério da Saúde (MS). Nosso Banco de Leite, que já está em funcionamento, é a segunda unidade do Tocantins e a primeira de Araguaína. A equipe foi capacitada por uma nutricionista da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para a realização do processamento e controle de qualidade do leite humano, captado nas mamães doadoras. Para o Hospital, ser o BLH de número 200 é motivo de orgulho. É importante ressaltar que o Hospital Dom Orione está inserido no Pacto de Redução da Mortalidade Infantil na Região Norte e Amazônia Legal, projeto da Organização das Nações Unidas (ONU). O Banco de Leite Humano já recebeu a unção da água benta, realizada pelo Padre Jorge Luiz. A matéria pode ser acessada através do site: www.fiocruz.br/redeblh

O Orionita 02

Banco de Leite Humano

O Orionita é uma publicação oficial do Hospital Dom Orione elaborado pela Assessoria de Comunicação e Marketing Assessor de Comunicação e Jornalista Responsável Weberson Dias (DRT/TO 407) Assistentes e Fotos Cledilson Nascimento e Jeremias Marinho Diretor Presidente Pe. Márcio Almeida do Prado Diretor Financeiro Pe. Eduardo Silva Neves Diretor Administrativo Marcelo Barbosa César Diretor Técnico Dr. Arnaldo Alves Nunes Fique por dentro das novidades, acesse www.hospitalorione.com.br Entre em contato conosco acm@hospitalorione.com.br Fone: (063) 3411-8787 - Ramal: 3211


Aniversariantes do mês de

10/2010

Dom Lorenzo Baldisseri visita Hospital Dom Orione O

Núncio Apostólico no Brasil, Dom Lorenzo Baldisseri, que representa o papa Bento XVI no país, visitou dia 28 de Outubro, as novas instalações do Centro de Especialidades Médicos (CEM) e do Pronto Atendimento, além da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, do Hospital Dom Orione (HDO). A visita aconteceu por volta das 11 horas da manhã, após a bênção e inauguração do Seminário Menor Propedêutico Don Corona, em Araguaína (TO). A visita foi acompanhada pelo Bispo de Tocantinópolis, Dom Giovane Pereira de Melo, o diretor presidente do HDO, Padre Márcio Almeida do Prado e oDiretor Técnico do HDO, Aranaldo Alves Nunes. O Seminário inaugurado fica na Vila Ferreira e conta com dez apartamentos com capacidade para 20 seminaristas. Seis inscritos devem começar a estudar no próximo ano no local. PROGRAMAÇÃO Em sua passagem por Araguaína, o Núncio realizou uma missa de Ação de Graças pela inauguração do Seminário, na Paróquia São Sebastião, na cidade, e visitou as Paróquias São Jose Operário, São Vicente de Paula, Nossa Senhora Aparecida, São Paulo Apóstolo e o Santuário Sagrado Coração de Jesus. O Núncio também dirige uma Conferência no Auditório da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), sobre o Acordo Brasil Santa Sé.

A

foto foi tirada na cidade

de Florianópolis (SC), no mês de Outubro deste ano, quando as enfermeiras Sônia Garcia (E), Alyne Renya e a gerente de enfermagem Fernanda Aguiar (D), do Hospital Dom Orione (HDO), marcaram presença no 62° Congresso Brasileiro de Enfermagem. A viagem foi oferecida pelo Diretor Presidente do Hospital, Padre Márcio Almeida do Prado, em comemoração ao Dia do Enfermeiro (12 de maio).

ALCIRENE FERREIRA DE OLIVEIRA ALEX JOSE DOS SANTOS ANA CLAUDIA TELES DOS SANTOS ANA PAULA DOS SANTOS BARBOSA CARLOS ANTONIO ALVES DOS SANTOS CARMELITA MATOS NUNES FEITOSA CECILIA GOMES DA SILVA CLEDILSON NASCIMENTO CARVALHO CRISTIANE FERREIRA DE SOUSA DANIELLA PINHEIRO DA SILVA CIRQUEIRA DILEUZA PEREIRA LEITE MENEZES EDILENE MARIA DA SILVA SOUSA EDJANE RIBEIRO DA SILVA MOURA EDMAR PEREIRA VALADARES EDMILSON DE SOUSA SILVA ELDER ALVES DE AQUINO ELIETE DA SILVA ARAUJO ERCILENE BATISTA DIAS ERICA ALESSANDRA DA CRUZ SOUSA ETIENE PEREIRA SANTANA DAS CHAGAS FRANCINEIA RIBEIRO COELHO FRANCISCA FERREIRA DOS SANTOS FRANCISCO DE ASSIS DA SILVA FRANCISCO FLAVIO MIRANDA SOARES GENIVALDO GUEDES CARDOSO GILSON COSTA DE CARVALHO HALAN PEREIRA LIMA HAMILTON PEREIRA DA SILVA ITANAAN DO NASCIMENTO DA SILVA JANAINA GOMES DA SILVA VIVEIRO JOADSON PEREIRA DOS SANTOS JOELMA DE OLIVEIRA MATOS SANTOS JOSE FILHO DIAS DE SOUSA JOSE IRAN DA SILVA CARVALHO JUCILENE CARDIAL DA SILVA JULIANE KARINY COSTA BRITO KARLA BIANCA SOARES DE ABREU SOUSA LEILA ALVES BARBOSA LEUZEMIR GOMES DANTAS EUGENIO LIVIA MARIA CHAVES RIBEIRO LIVIO ALVES DO NASCIMENTO LUZIA DA SILVA SOUSA MARCOS AURELIO DE FREITAS MARGARETE CAMPOS DA SILVA MARIA APARECIDA DE SOUSA FERREIRA MARIA APARECIDA MAIA MARIA APARECIDA PEREIRA MARIA APARECIDA TELES DA SILVA MARIA DA CONCEIÇAO RIBEIRO COELHO MARIA DA CRUZ LOPES DOS REIS MARIA DE FATIMA GOMES PIRES MARIA DO SOCORRO FONTES DE SOUSA MARIA DO SOCORRO SOUSA DOS SANTOS MARIA DOS ANJOS DE SOUSA R.BARROS MARIA FARAILDES COELHO DE MACEDO MARIA NOEMIA RODRIGUES S.SILVA MAURO SERGIO DE ARAUJO MYCHELLE SARMENTO AGUIAR NILTON CARLOS RIBEIRO LOUREIRO NORMANDO CELIO LIMA MORAIS ODILIA COELHO DA LUZ OSCARINA SILVA DOURADO OSEAS DE PAULO PEREIRA DA SILVA PEDRO DE ALCANTARA ALVES DE ARAUJO RODRIGO GONÇALVES CARDOSO ROSANA RODRIGUES MARINHO ROSANGELA RIBEIRO DA CUNHA ROZIELDO VIEIRA PIMENTEL SAMARA CHAVES QUEIROZ SAMARA SANTOS FREIRE SAMUEL RIBEIRO DA SILVA SANDRA REGIA FELIPE CARVALHO BESSA SMITHIANE RIBEIRO DE ALMEIDA BARBOSA TEREZINHA PEREIRA DA SILVA VALERIA DOS SANTOS SILVA VALMIR SOUSA SILVA WALKENNEDY PEREIRA DA SILVA

WILTON PEREIRA ROCHA

O Orionita 03


Sipat debate prevenção de acidentes do trabalho Vigilância Epidemiológica recebeu doação de Computador

CIPA O Orionita 04


Prosseguimento à capacitação dos Colaboradores

C

HDO sedia reunião para tratar do Rotavírus

O

Hospital Dom Orione

(HDO), foi palco no dia 7 de outubro na Sala de Desenvolvimento Humano, de uma reunião para tratar da implementação nas unidades hospitalares do Plano Nacional das Gastroenterites, que pretende reduzir a infecção ocasionada pelo vírus causador de diarréia grave em lactentes e crianças jovens, conhecido como Rotavírus.................... A reunião foi organizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), através do Programa de Monitoramento das Doenças Diarréicas Agudas, do qual são coordenadoras a gerente do núcleo de Enfermagem, Luana Santana, a assistente social Maria Margarete Marques e a técnica de Enfermagem, Valdete Alves. O Núcleo de Vigilância Epidemiológica do

HDO estará dando suporte logístico e apoio técnico à realização do evento. Todos os profissionais que atuam na área da saúde são convidados para a reunião, que deve receber também profissionais de outros hospitais da região. NÚMEROS Segundo a Sesau, a implantação do Plano Nacional conta com o apoio do Ministério da Saúde (MS) e tem como objetivo conhecer o perfil das diarréias causadas por Rotavírus em crianças menores de cinco anos em todo o Estado. O Rotavírus é considerado uma das causas mais comuns de diarréia grave na infância, sendo responsável por cerca de 25% dos óbitos nos países em desenvolvimento.

CLÍNICA

63'

om o objetivo de melhorar os processos e rotinas de atendimento, o Hospital Dom Orione (HDO), por meio da Assessoria de Planejamento e Controle, realizou nos dias 13,14 e 15 de Outubro, o segundo e o terceiro módulo da capacitação para as equipes de colaboradores do atendi-mento e planejamento, no Centro de Desenvol-vimento Humano. Dentro da programação, foram discutidos assuntos como as normas regulamentadoras, os fluxos, as rotinas e os processos dos serviços de atendimento ambulatorial. No último dia, a capacitação terminou com o curso de apresentação pessoal, com dicas de automaquiagem que foi ministrado por profissionais da empresa O Boticário. Mais de 50 colaboradores, divididos em duas turmas por período, que trabalham na Clínica da Mulher e no Centro de Especialidades Médicas do Hospital Dom Orione. A capacitação é uma extensão do primeiro módulo, ministrado pela psicóloga palmense Bianca Zortéa.

DA

3411-8787 Ramal: 2235

O Orionita 05


Hospital Dom Orione inaugura centros de Saúde

em Araguaína O

Hospital Dom Orione

(HDO), o maior Hospital f i l a n t r ó p i c o d o To c a n t i n s , localizado em Araguaína (TO), inaugurou oficialmente no dia 22 de outubro, a partir das 18 horas, as novas instalações do Centro de Especialidades Médicas (CEM), do Pronto Atendimento (PA) e do Banco de Leite Humano (BLH) de Araguaína. A reforma dos três complexos do Hospital foi garantida através de recursos próprios no valor de R$ 500 mil, além de verbas oriundas de emendas parlamentares e da Conferência Episcopal Italiana (CEI), que juntas somam R$ 500 mil, totalizando R$ 1 milhão investidos na obra. “Eu vejo essa inauguração como a realização de um sonho muito acalentado por nós, em vista das estruturas que à época existiam e não supriam as necessidades das demandas dos milhares de pacientes que procuram o Hospital Dom Orione” disse o diretor presidente do HDO, Padre Márcio Almeida do Prado, acrescentando que o momento é de alegria. “Porque oferecemos

uma estrutura humanizada, com conforto, onde podemos acolher mais dignamente nossos assistidos” ressaltou o Padre. CEM Além de contar com uma arquitetura moderna e confortável, o Centro de Especialidades Médicas (CEM) possui um sistema integrado de TV’s e computadores de última geração, que possibilitarão a melhoria no atendimento e mais eficiência, rapidez e demonstração do carisma orionita nos prédios inaugurados. No local, serão abertos pela primeira vez ao público, os 22 novos consultórios com o mesmo número de especialidades, onde antes eram apenas 15 salas. Os mais de 17 mil pacientes atendidos mensalmente pelo hospital poderão, a partir desta data, desfrutar do conforto e bom gosto decorativo do ambiente. As 22 especialidades oferecidas no novo Centro são: Clínica Médica, Cirurgia Geral, Clínica Digestiva,


Gastroenterologia, Cirurgia Va s c u l a r , D e r m a t o l o g i a , Geriatria, Hematologia, Infectologia, Medicina do Tr a b a l h o , N e u r o c i r u r g i a , Neurologia, Nefrologia, Ortopedia, Traumatologia, Pediatria, Pneumologia, Perícias Médicas, Urologia, Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia.

Para o Diretor Técnico do HDO, Dr. Arnaldo Alves Nunes, a logística de infra-estrutura, novos equipamentos e profissionais qualificados na instituição são a garantia de melhores resultados. “Nós temos modificado nossa gestão e queremos oferecer para a população e aos profissionais médicos um ambiente de qualidade para um atendimento personalizado” afirmou ele, ressaltando que os resultados positivos beneficiarão os pacientes, a instituição e a sociedade em geral. PRONTO ATENDIMENTO Na mesma data foram inauguradas oficialmente as novas instalações do Pronto Atendimento (PA). O local possui uma moderna estrutura para urgência e emergência, com sala de espera, triagem para classificação de risco e salas de tratamento semi-intensivo. Ao todo, o PA conta com dez leitos para observação de adultos e oito leitos infantis. Toda a estrutura já recebeu a bênção do local pelo diretor presidente

do HDO, Padre Márcio Almeida do Prado, na data de pré-inauguração, em 29 de março deste ano. BLH O Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Dom Orione merece um parágrafo à parte. O Banco é o segundo no Estado e o primeiro na região Norte do Tocantins e de Araguaína. O BLH está em funcionamento e já recebeu várias doações de mamães que possuem leite de sobra para amamentar. A enfermeira Diana Joy e a nutricionista M a r i n a Va s q u e s f o r a m capacitadas e orientadas pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para a abertura do Banco de Leite na unidade hospitalar araguainense, que tem capacidade para processar o leite semanalmente. É no BLH que ocorre a coleta, o processamento, o controle de qualidade (cor, odor, presença de sujeiras, embalagem, acidez e valor calórico), estocagem e distribuição do leite materno humano. Após passar por esse processo, o leite deve beneficiar cerca de 40 recémnascidos abaixo do peso, com algum tipo de infecção ou alergia, internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Unidade Intermediária (UT), ambas Neonatais, do HDO. 66


Missão ‘‘Aliviar a dor dos mais necessitados oferecendo serviços de saúde humanizados com qualidade, vivenciando o carisma de São Luiz Orione’’.

Visão ‘‘Ser um centro de excelência em saúde com carisma de São Luiz Orione’’.

O Orionita 5  

Informativo do Hospital Dom Orione