Issuu on Google+

Fotos: Cristiano Estrela

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Ano XVI | Nº 2066

R$ 2,00

Retrospecto dos atentados em SC Desde o dia 31 de outubro o Estado de Santa Catarina vem sofrendo com uma onda de crimes. Apesar da data do início dos atentados ter coincidido com a morte da agente prisional Deise Fernanda de Melo Pereira no mu-

nicípio de São José, a cúpula da segurança pública descarta a ligação do caso com os incidentes. Desde o dia 12 de novembro estão sendo queimados ônibus, carros particulares de policiais civis e militares e cometidos

atentados contra delegacias e postos de fiscalização das polícias. A Polícia Militar organizou uma sala de situação para mapear os locais de maior violência e procurar os culpados pelos crimes. Pág. 13

+

Jorginho Mello pretende reeleição, mas não descarta chance de disputar vaga no Senado Dra. Gisele Dal’Maso Bettiol

Dr. Rafael José Bettiol

Especialista em Endodontia CRO/SC 7576 Especialista em Ortodontia

Especialista em Implantodontia CRO/SC 6926

Rua Floriano Peixoto, 224 Joaçaba - SC - 49 3522.5311

Rua Ver. Rolindo Casagrande, 20 - Centro Médico Capinzal - SC - 49 3555.4071

(Hust) para acompanhar o repasse de R$ 300 mil para a compra de equipamentos. Quem também participou do ato na sexta-feira passada, foi o deputado federal Jorginho Mello (PR). Na ocasião, ele falou de sua pretensão política e adianta que será candidato à ree-

leição. Ele cita que um possível candidato a deputado estadual, formando uma “dobradinha”, seria Armindo Haro Neto. Entretanto, Mello não descartou a possibilidade de concorrer a uma cadeira no Senado, caso haja um convite do partido Pág. 3


2

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Editorial TEMPO DA SEMANA JOAÇABA HOJE

AMANHÃ

QUARTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

MÍN.

MÍN.

MÍN.

MÍN.

19ºC

21ºC

21ºC

23ºC

MÁX.

MÁX.

MÁX.

MÁX.

33ºC

33ºC

34ºC

33ºC

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Sol com algumas nuvens. Não chove.

CAPINZAL

CAMPOS NOVOS

MÍN.

MÍN.

15ºC

18ºC

15ºC

MÁX.

MÁX.

MÁX.

29ºC

31ºC

29ºC

SÃO JOAQUIM

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

FLORIANÓPOLIS

CURITIBANOS

MÍN.

MÍN.

9ºC

16ºC

MÍN.

14ºC

MÁX.

MÁX.

MÁX.

25ºC

28ºC

29ºC

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

FERROVIAS

O governo federal confirmou que Santa Catarina terá quatro novas ferrovias percorrendo o Estado por meio do Programa de Concessões de Ferrovias e Rodovias. Duas confirmadas para passar por Mafra, com projetos que haviam sido divulgados em agosto. Outras duas, que vão partir ou passar por Chapecó, estão em fase de estudo. INDICADORES

CÂMBIO

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR TURISMO LIBRA EURO

Divulgação

fonte:climatempo.com.br

MÍN.

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

TECNOLOGIA EM RITMO

Sol com algumas nuvens. Não chove.

PREVISÃO DO TEMPO LAGES

IMAGEM DO DIA

fonte:climatempo.com.br

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

EMPRESAS

As vendas das empresas do Norte de SC que têm capital aberto e são negociadas na Bolsa de São Paulo cresceram 18,4% no terceiro trimestre de 2012, comparativamente a igual período de 2011. O faturamento foi de R$ 2,746 bilhões. Mas a expansão não está se refletindo nos lucros das empresas.

Os smartphones viraram uma das coqueluches do comércio e já representam 16% do total de celulares em uso. Usuários já sonham com o início do 4G no Brasil, a partir de 2015, mas a geração anterior segue a passos lentos em SC. Com exceção da op-

eradora líder no Estado, o 3G só está disponível em 51 dos 295 municípios catarinenses. Quem desponta na lista é a Vivo, que cobre 54,2% das 295 cidades do Estado. Depois aparecem Claro, TIM e a Oi (confira a cobertura de cada operadora na arte).

CHARGE DO DIA

BOLSA

COMPRA R$ 2,0811 R$ 2,0500 R$ 3,3098 R$ 2,6548

VENDA R$ 2,0818 R$ 2,1700 R$ 3,3127 R$ 2,6567

Índice Pontos Variação BOVESPA 55.402,33 -1,56%

ASSINATURAS: 49 3521 9030 | 3521 0678 | 3521 1047 REDAÇÃO: 49 3521 0678

FUNDAÇÃO: 15 DE FEVEREIRO DE 1996

SEDE Raízes Diário Jornal, Gráfica e Editora LTDA ME CNPJ: 01.125.240/0001-85

MATÉRIAS ASSINADAS NÃO EXPRIMEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, SENDO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DAS FONTES Jornal filiado à ADI Associação dos Diários do Interior

Endereço:

Fone / Fax:

Rua Egídio Vencato, 181 Bairro Boa Vista - Joaçaba - SC CEP: 89600-000

(49) 3521 0678 (49) 3521 9030 (49) 3521 1047

E-mails: raizesdiario@raizesdiario.com.br jornalismo@raizesdiario.com.br editais@raizesdiario.com.br

Diretor Geral: Vitacir Fávero

Diagramação: Rafael da Rosa “Chico”

Dpto Comercial: (49) 3521 0678 (49) 3521 9030 (49) 3521 1047

Impressão: Gráfica Raízes - (49) 3521 0678 grafica@raizesdiario.com.br Circulação: Regional JORNALISTAS: Pablo Casarino Tiago Rafael


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Geral POLÍTICA – Ex-prefeito de Joaçaba, Armindo Haro Neto, foi cogitado pelo deputado Jorginho Mello para fazer uma dobradinha, onde Haro seria candidato a deputado estadual

Jorginho Mello não descarta possibilidade de disputar vaga no Senado Divulgação

Tiago Rafael Da Redação

JOAÇABA – Na sexta-feira passada, o deputado federal Jorginho Mello (PR) esteve no Hospital Universitário Santa Terezinha (Hust) para acompanhar o repasse de R$ 300 mil. Além de tratar dos assuntos relativos a benfeitorias para Joaçaba e região, o parlamentar também comentou sobre sua situação política, onde sempre faz questão de ressaltar que é político da cidade e não de partido. No dia 6 deste mês, Mello assumiu em Brasília o comando do diretório estadual do Partido da República (PR). O parlamentar afirma que a conversação com as representações políticas municipais para ampliar o número de correligionários está bem. Mello ressalta que a troca de sigla foi positiva, pois irá gastar sua força na construção de um partido e não se desgastará com conflitos internos. Em 1994 Mello se elegeu pela primeira vez como deputado estadual pelo Partido Liberal (PL) – atual PR, onde volta após 18 anos. Hoje o partido possui representatividade em 162 municípios e a missão de Mello é fazer com que a sigla penetre nos 295 municípios de Santa Catarina. Apesar do abandono administrativo, conforme o parlamentar, o PR fez cerca de 115 mil votos para vereador, dois prefeitos e 65 vereadores. “Vou remontar

Questionado sobre boatos de que sairia candidato ao Senado, Mello brinca e diz que é candidato à reeleição em 2014

com parte dos meus companheiros do PSDB mais o PR e fazer uma sigla forte”, afirma Mello, reiterando que até a metade do próximo ano, a sigla ser parceira do atual governador João Raimundo Colombo (PSD) em uma reeleição ou com o PMDB. “Já falei com o governador que o PR faz parte do governo, porque eu também já faço parte. Todas as funções sindicadas por mim já passam a ser do PR”, esclarece, citando o caso da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Joaçaba. Outras siglas convidaram o parlamentar, mas Mello optou pelo PR devido a autonomia. Ele

ainda revela que já poderia ter se tornado vice-governador, se não fosse a vaidade pessoal dos correligionários do PSDB. “O presidente do PSDB tinha muito ciúmes de mim e sabia que se eu fosse vice-governador iria ficar muito forte”. REUNIÃO Mello organizou na sexta-feira uma reunião com seus ex-companheiros de PSDB para saber quem irá migrar para o PR. Entretanto, os que permanecerem no PSDB, o parlamentar adianta que continuarão sendo sues cabos eleitoral. Essa foi a primeira reunião com os ex-cor-

Não sei quais as mudanças quer o governador vai fazer. O Jair está mantido e só sai se o governador exonerar ele”, relata. Questionado sobre boatos de que sairia candidato ao Senado, Mello brinca e diz que é candidato à reeleição em 2014. Entretanto, também não descarta a possibilidade, caso surgisse uma oportunidade. “Eu sou político e vou querer ser Senador, vice-governador e governador. Mas em 2014 o meu projeto é me reeleger deputado”. O ex-prefeito de Joaçaba, Armindo Haro Neto, foi cogitado pelo deputado para fazer uma dobradinha, concorrendo como deputado estadual. Porém, não foi revelado se o ex-prefeito foi filiado ao PR após sair brigado do PMDB.

religionários tucanos. ESPECULAÇÕES Ele também diz que a princípio não haverá mudanças na SDR de Joaçaba, mas aguarda o parecer de Colombo, que arquiteta um novo esqueleto das funções no Estado. O ex-tucano também despistou sobre as especulações da saída do atual secretário de Desenvolvimento Regional, Jair Lorensetti, e a entrada de Ricardo Grando ou Armindo Haro Neto. “O Jair é um técnico e está dando conta do recado. Eu digo que não possa ter troca, pois acontece em todos os lugares.

“O presidente do PSDB tinha muito ciúmes de mim e sabia que se eu fosse vice-governador iria ficar muito forte”

Santa Catarina será o primeiro Estado a ter Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa da Administração Pública Direta e Indireta Estado – O Governo do Estado lançará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), o projeto de elaboração do Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa da Administração Pública Direta e Indireta de Santa Catarina. As etapas de sensibilização e capacitação iniciarão hoje e se estende até o dia 5 de dezembro. “Mais

uma vez, o Santa Catarina se mostra inovadora, agora no que diz respeito à temática das mudanças climáticas. Seremos o primeiro Estado brasileiro a publicar o Inventário de toda a administração pública”, diz o titular da SDS, Paulo Bornhausen. O Inventário reunirá informações das secretarias, autarquias e fundações catarinenses e servirá

como base para a elaboração de políticas públicas referentes às mudanças climáticas globais. Seguindo a metodologia GHG Protocol, internacionalmente reconhecida, a equipe que elaborará o material é composta por representantes de cada uma das instituições ligadas à administração governamental. “Queremos que o conhecimento ge-

rado perpetue dentro do Governo e traduza-se na continuidade das iniciativas em relação ao tema nas próximas gestões”, explica a diretora de Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Sustentável da SDS, Flávia Hila. Durante os meses de novembro e dezembro, a SDS, em parceria com a Fundação Escola de Governo (ENA), realizará as

etapas de sensibilização e capacitação das equipes, compostas por 98 funcionários públicos, divididos em quatro turmas. A primeira etapa, de sensibilização, tem como objetivo destacar a importância do projeto para o Governo do Estado e para a sociedade, bem como, motivar e conscientizar os membros da equipe. Já a fase de capacita-

ção consiste em oficinas técnicas, ministradas pelo Centro de Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (GVces /FGV), onde serão abordados os aspectos práticos da metodologia GHG Protocol, tais como coleta de dados e elaboração dos relatórios técnicos. “Esse processo tornará as equipes aptas a elaborar com êxito o Inventário”, conta Flávia.


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Política Raízes Diário

LOCAIS DE TRÁFICO DE DROGAS 1 11%

1 11%

Alguns Bares

1 11%

1 11%

4 45%

Av. Duque de Caxias e Prx. Live House João Pires Joviva

Não Consta 1 11%

Vila Remor

Após apresentação dos dados, Creas visa levantar alternativas para minimizar estatísticas que coloca em xeque a integridade da sociedade

Creas mapeia características dos bairros de Joaçaba O tráfico de drogas envolvendo crianças e adolescentes é preocupante, uma vez que nove comunidades registraram incidência da prática Tiago Rafael Da Redação

JOAÇABA – Além do levantamento do uso de substâncias psicoativas por estudantes da rede pública e privada de ensino, com idade entre 12 e 18 anos, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) também fez um mapeamento fez

um diagnóstico da violação dos direitos através de mapeamento nos bairros. O trabalho foi apresentado na Câmara de Vereadores de Joaçaba. O objetivo central do trabalho foi de identificar e possibilitar a superação de riscos pessoais e sociais e favorecer o acesso a políticas públicas pautadas na garantia de direitos dos usuários dos serviços sociais. Garantir que a identidade, integridade e história de vida do usuário sejam preservadas também foi um dos objetivos levantados pelo Creas. Além do trabalho social feito com cada indivíduo, a pesquisa foi capaz de identificar características dos próprios bairros, como por exemplo, que todas as 20 comunidades

de Joaçaba possuem rede elétrica. Em contrapartida, oito (40%) não possuem rede de esgoto e dois bairros não possuem água da rede pública. Área de lazer também foi um dos agravantes identificado na pesquisa, sendo que 12 (60%) comunidades não possuem espaço adequado. Ainda nesse quesito, 11 bairros estão sem ginásios de esportes e nove bairros não possuem escolas. O tráfico de drogas envolvendo crianças e adolescentes também é preocupante, uma vez que nove comunidades registraram incidência da prática. Facilitando a entrada de jovens para o uso de substâncias psicoativas, 17 comunidades possuem bares e 20% da clientela é de crianças com idade a partir dos 11 anos.

Ideia de extinguir prisão quando há crime sem violência gera polêmica Das Agências de Notícias

A substituição da pena de prisão por punições alternativas em casos de crimes sem violência, ideia defendida pelo ministro do Supremo José Antonio Dias Toffoli a semana passada, provoca divergências entre especialistas em direito. Para o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, multas são insuficientes para inibir corrupção: “São crimes que retiram do cidadão o direito à saúde, à educação. Prisões talvez façam as pessoas temerem mais do que pagar multas.” Cavalcante diz que deve haver multas pesadas e penas de reclusão que variem segundo a extensão do crime. Já Carlos Velloso, ex-ministro do STF, concorda com penas alternativas. “Quem não é perigoso, não vai causar dano físico à sociedade, pode estar sujeito a penas alternativas. Mas só descobriram isso agora, com condenação de gente importante?”. Toffoli defendeu as penas alternativas ao criticar o tamanho das punições impostas pelo STF aos condenados no processo do mensalão. Segundo ele, esse tipo

de punição para crimes sem violência lembra a Inquisição. O ministro já advogou para o PT e é amigo do ex-ministro José Dirceu, condenado a 10 anos e 10 meses sob a acusação de chefiar o mensalão. Romualdo Sanches Calvo Filho, presidente da Academia Paulista de Direito Criminal, também prefere as multas ao cárcere. “Ou a pessoa paga um valor ou vai presa. Porque algumas pessoas presas são sempre beneficiadas por tráfico de influência dentro das prisões.” Já o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, Alexandre Camanho de Assis, diz que somente a prisão coíbe a ação criminosa. “A pessoa que prejudicou milhões de vidas desviando dinheiro público não representa risco à sociedade? E há cifras desviadas que permanecem ocultas.” Assis considera que haveria quem estivesse disposto a correr o risco se a pena fosse só a multa. Especialista em direito penal pela Universidade de Coimbra, Antonio Gonçalves não difere os crimes de colarinho branco dos demais. “Um político pode ser tão criminoso como um traficante.”

HISTÓRICO Na sabatina no Senado durante seu processo de escolha para ser ministro do STF, em 2009, Toffoli defendeu a adoção de penas alternativas ao responder a ume pergunta sobre a maioridade penal. “O sistema prisional brasileiro, no meu entender, deve aproveitar, cada vez mais, outros tipos de penas previstas na Constituição, não só a privativa de liberdade. [...]. A perda do bem às vezes nesse caso é a pena maior, é a pena principal”, afirmou à época. No Supremo, ele já participou de decisões que resultaram em prisão. Em 2010, defendeu 11 anos de cadeia ao deputado Natan Donadon (PDMB-RO) pelo crime de peculato (desvios de recursos por servidor). A pena era menor do que a defendida pela relatora, Cármen Lúcia, de 13 anos e 9 meses. Donadon recorre em liberdade. Na ocasião, o ministro partiu de uma pena base maior do que a defendeu para Marcos Valério no caso do mensalão. A diferença é que o empresário não é servidor público, agente principal no crime de peculato. Divulgação

17 comunidades possuem bares e 20% da clientela é de crianças com idade a partir dos 11 anos

Ideia defendida pelo ministro do Supremo José Antonio Dias Toffoli provoca divergências entre especialistas em direito


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Geral

Bancos

Política

O governo vai permitir que os bancos cobrem uma taxa nas operações de portabilidade do financiamento imobiliário, transferência do contrato para outro banco que ofereça melhores condições ao mutuário. O valor, no entanto, não poderá ser cobrado do cliente e terá que ser pago pela instituição que vai assumir o financiamento habitacional. O objetivo, segundo fontes da

equipe econômica, é evitar concorrência predatória e permitir que os bancos que cederam o crédito inicialmente possam recuperar os chamado custos de originação (com avaliação do imóvel, análise jurídica e de risco de crédito e comissões). A intenção é que a cobrança de tarifa somente seja feita em contratos recentes, que o credor esteja pagando prestações no período de até dois anos.

Pode ser adiada a votação do fim do fator previdenciário que havia sido colocada na pauta dos dias 20 a 23 de novembro. Segundo informações do gabinete do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), o adiamento pode ocorrer em função de outras prioridades, como a análise do marco civil da internet (PL 2126/11) e de mudanças no Código Brasi-

Telefonia leiro de Aeronáutica (PL 6176/09). Ainda de acordo o gabinete de Maia, o deputado afirmou que a intenção é votar o projeto a partir de um acordo com o governo, que possibilite resolver a questão. O fator, índice que reduz o benefício por tempo de contribuição de quem se aposenta cedo, foi criado para estimular o adiamento do benefício, mas, na prática, isso não ocorreu.

O vice-presidente de assuntos institucionais e regulatórios da TIM, Mario Girasole, reagiu a semana passada à decisão da Anatel de suspender a nova promoção da operadora. Segundo ele, a decisão acaba com o mercado livre de telefonia móvel. “Se ninguém mais pode fazer oferta competitiva, não teremos mais um mercado livre no país. Teremos uma estagnação

das empresas. Acaba com o mercado”, afirmou à Folha. A agência suspendeu desde sexta-feira a promoção da operadora “Infinity Day” que oferece ligações locais ilimitadas entre celulares TIM por apenas R$ 0,50 por dia. Além disso, por apenas mais R$ 0,50 também seria possível fazer ilimitadamente interurbanos com outros clientes da companhia.

AVANÇO – A compra do equipamento representa um avanço para as cirurgias principalmente relacionadas a neurocirurgia

Hust recebe R$ 300 mil para a compra de microscópio para cirurgias Pablo Casarino

Pablo Casarino Da Redação

A manhã de sexta-feira foi marcada por mais um avanço na excelência dos serviços prestados pelo Hospital Universitário Santa Terezinha (Hust) de Joaçaba. Na ocasião foi repassado pelo Deputado Federal Jorginho Mello uma verba no valor de R$ 300 mil oriunda do Fundo Nacional de Saúde que será utilizada para a aquisição de um microscópio cirúrgico. A previsão é de que o equipamento possa estar disponível em cerca de 90 dias permitindo a realização de cirurgias que anteriormente era impossível realizar nas dependências do hospital. De acordo com o neurocirurgião Dr. Fabrício

Molon da Silva, a compra do equipamento representa o início da reestruturação da especialidade de neurocirurgia. Ele ressalta que o microscópio que será adquirido amplifica a visão no campo cirúrgico, permitindo a observação de detalhes e estruturas anatômicas com maior segurança. Segundo Silva para poder operar um tumor ou um aneurisma cerebral é necessário se ter uma visão amplificada e uma melhor iluminação no campo de cirurgia permitida com o novo microscópio. Adgar Bittencourt diretor do Hust ressalta que muitos pacientes já foram transferidos para outros hospitais devido à ausência desse microscópio. Bittencourt informou que o aparelho custa cerca de R$ 325

tos e de leitos do hospital que já foi indicado através de uma emenda parlamentar da bancada catarinense e está dependendo da viabilização dos recursos por meio dos órgãos de fomento. Entre outras personalidades presentes no local o Reitor da Unoesc ArisHust realizará a compra de equipamento que auxilia nas cirurgias de alta complexidade com menos risco tides Cimadon aproveitou para dissertar sobre a plena expansão na oferta de mil, sendo que os R$ 25 de oncologia. PROJETOS PARA serviços oferecidos pelo mil restantes serão pagos As principais áreas do O FUTURO Hust, permitida após a com recursos do próprio corpo que serão utilizaO diretor do hospital Fundação Universidade hospital. das o aparelho são medu- aproveitou a vinda do de- do Oeste de Santa CatariO diretor informou la e cérebro. Bittencourt putado para entregar ao na (Funoesc) assumir sua que a compra do aparelho informa que a compra parlamentar projetos rela- gestão. é fruto de um contrato complementa juntamen- cionados a nova cozinha De acordo o Deputado assinado no ano de 2011 te com outros materiais industrial. De acordo com Jorginho Melo “o hospital e que foi viabilizado para adquiridos, a estrutura Adgar o valor orçado para é hoje referência regional o uso em cirurgias de alta de equipamentos que o a execução do projeto é de e temos que trabalhar para resolução. O aparelho hospital disponibilizará R$ 870 mil. dotar o HUST de todas as permitirá o acesso me- para pacientes principalOutros projetos orça- condições possíveis para nos evasivo em cirurgias mente do setor de cirur- dos em R$ 16 milhões é atender da melhor forma a principalmente do setor gias neurológicas. a reforma de equipamen- população”.

SUS O Ministério da Saúde vai apoiar as secretarias de saúde dos estados e do Distrito Federal na implementação de projetos de planos de cargos, carreiras e salários e de melhorias das condições de trabalho no setor. Os gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) têm até o próximo dia 30 para inscrever as propostas por meio do site www.saude.gov.br/sgtes/carreiraedesprecarizacao. “O objetivo do Ministério da Saúde é estimular gestores

ProUni e profissionais a encontrarem, de maneira integrada, soluções inovadoras que possam melhorar as condições dos profissionais do SUS, evitando, por exemplo, a fragilização dos vínculos trabalhistas”, afirma o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales. Para estimular os estados na ação, o governo investirá R$ 29 milhões nos projetos, recursos previstos na Portaria 2.517.

As instituições de ensino superior interessadas em aderir ao Programa Universidade para Todos (ProUni) deverão emitir termo de adesão, por meio de sua mantenedora até às 23h59 do dia 5 de dezembro de 2012. A adesão deve ser feita pelo Sistema Informatizado do ProUni (Sisprouni), disponível na internet. Segundo portaria as instituições de ensino superior que possuírem mais de um local de oferta de cursos deverão firmar termo

de adesão específico para cada local, abrangendo todos os cursos. As instituições precisam informar o tipo de bolsas de estudo que pretendem oferecer, integral ou parcial, em cursos de graduação ou sequenciais de formação específica. De acordo com a portaria, o cálculo do valor da bolsa deve incluir, mensalidades, matrícula e os custos extras, como no caso de estudantes que precisam refazer uma matéria em caso de reprovação.


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Especial Fotos: Divulgação

Quando você se isola por muito tempo, seu cérebro muda e passa a ser mais difícil socializar novamente

Um estudo da Universidade de Buffalo e da Escola de Medicina Monte Sinai (ambas dos Estados Unidos), publicado no site da revista Nature Neuroscience, revelou que isolar-se do convívio social por um período prolongado pode provocar alterações cerebrais que levam a mais isolamento. No experimento, ratos adultos foram isolados por oito semanas para que chegassem a um estado semelhante ao da depressão. Depois desse período, eles foram apresentados a um rato que nunca haviam visto antes. Apesar de serem normalmente sociáveis, aqueles que tinham sido isolados não mostraram qualquer interesse em interagir e evitaram o novo animal. Mas as mudanças não foram só no comportamento. A análise de tecido

cerebral dos ratos isolados revelou que os níveis de produção de mielina no córtex pré-frontal, uma região do cérebro responsável pelo comportamento emocional, social e cognitivo, estava significativamente menor. A mielina, também chamada de matéria branca do cérebro, é um material gorduroso que envolve os axônios dos neurônios e lhes permite uma condução mais rápida e eficaz de impulsos nervosos. CÉREBRO ADAPTÁVEL O nosso cérebro é capaz de se adaptar às mudanças ambientais e às experiências dos indivíduos (é a chamada plasticidade cerebral) e isso todo mundo já sabia. Mas, até então, se pensava que os neurônios eram as únicas estruturas que sofriam alterações. O estudo

mostrou, porém, que isso também ocorre em outros tipos de células, como as envolvidas na produção da mielina – nesse caso, a tensão do isolamento social interrompe a sua atividade. Alterações similares ocorrem em distúrbios psiquiátricos, como esclerose múltipla e depressão. A parte boa é que um período de integração social foi o suficiente para reverter as consequências negativas do isolamento e restaurar essa produção de mielina. Nada como manter umas boas amizades e frequentar umas reuniões sociais para fazer você se sentir melhor, né não? Agora, a expectativa é que o estudo ajude a entender melhor o papel da mielina e da interação social no tratamento de distúrbios psiquiátricos, bem como o mecanismo de adaptação do cérebro.

Alterações similares ocorrem em distúrbios psiquiátricos, como esclerose múltipla e depressão

LAVAÇÃO COM HIGIENIZAÇÃO INTERNA

Fone: (49) 3521.1102 | Av. Caetano Natal Branco, 55 Próx. a rodoviária (saída para Luzerna) - Joaçaba - SC

O nosso cérebro é capaz de se adaptar às mudanças ambientais e às experiências dos indivíduos

Gasolina

Posto Quatro Ltda.

R$2,689 pagamento em dinheiro

Fone 49 3521.1102


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Variedades

RESUMO DE NOVELAS

PENSAMENTO DO DIA... A bravura provém do sangue, a coragem provém do pensamento. (Napoleão Bonaparte)

HORÓSCOPO ÁRIES 21/03 A 20/04

A semana inicia com o contato entre Lua e Júpiter, estimulando a confiança. Diante de tantos desafios que tem você tem enfrentado é importante se sentir acolhido com amigos. O momento atual evoca uma das transformações mais importantes de sua vida, ariano.

TOURO 21/04 A 20/05

Dia interessante para expressar seus talentos, inovando e se reinventando. Questões profissionais e materiais estão em evidência. Relacionamentos em transformação. Está ocorrendo uma reavaliação do que é essencial, relevante e prioritário, taurino.

CÂNCER 21/06 A 21/07

GÊMEOS 21/05 A 20/06

Um início de semana em que o astral tende a estar confiante, apesar dos desafios. Desapego é uma necessidade apontada pelo céu astrológico para os geminianos. Habilidade de se expressar por meios inconvencionais e inusitados. Reavaliações.

A Lua, regente canceriano, segue em Aquário, propondo renovação e desapego. Necessário agir com desprendimento, mas sem deixar de cultivar vínculos profundos. Permita-se um outro olhar sobre afeto, sexualidade, intimidade. Transformações e curas.

VIRGEM 23/08 A 22/09

LEÃO 22/07 A 22/08

Oportunidade de perceber a importância do respeito às diferenças nos relacionamentos. A semana inicia com um astral confiante e descontraído, embora o momento seja conflitivo. Seja grato pelas pessoas com quem tanto tem aprendido. Compartilhe.

Momento interessante para a inovação profissional, com belos resultados. Reavaliação de seus objetivos, do que é considerado relevante em termos pessoais e profissionais. Mercúrio retrógrado segue pedindo para repensar, reavaliar, reconsiderar, retomar.

ESCORPIÃO 23/10 A 21/11

LIBRA 23/09 A 22/10

Um dia importante para você perceber se está agindo de acordo com os seus ideais. A expressão dos sentimentos não deve tentar se enquadrar em padrões. Seja autêntico. Um dia que traz confiança, num período astrológico de grandes desafios e transformações, libriano.

Tenha um olhar diferente para as questões que envolvem família e vida privada. Momento em que reavalia a sua atitude na sexualidade, na intimidade e nos negócios. Cenário astrológico que indica muitas transformações e reavaliações, escorpiano.

CAPRICÓRNIO 22/12 A 20/01

SAGITÁRIO 22/11 A 21/12

Um dia que enaltece a amizade, os contatos e o desapego, nativo de Sagitário. Esta semana o Sol ingressará seu signo. Mas você vivencia ainda uma fase de términos. Importante refletir sobre o que falta eliminar, desapegar, transformar e curar.

Hoje há favorecimento para as questões financeiras e profissionais. Momento de reavaliações sobre o que levará ao crescimento e progresso no trabalho. Pode resgatar antigos conhecimentos, atividades ou interesses, que tenham ligação com o trabalho.

LADO A LADO Constância fica intrigada com a visita de Edgar. Matilde fala para Laura que Edgar sofreu com sua ausência. Zé Maria fica perturbado com o que descobre sobre Isabel. Elias conta para Jurema que não pode chamá-la de tia. Quequé critica Neusinha por querer se aproximar de Catarina. Edgar fica apreensivo quando Catarina pergunta o nome da professora de Melissa. Constância descobre que sua filha voltou para o Rio de Janeiro. Laura e Edgar discutem na porta do colégio. Celinha descobre por que Guerra mudou seu comportamento com ela. Zé Maria fala para Chico que não quer voltar a trabalhar no mar. Constância procura Laura.

GUERRA DOS SEXOS Roberta tenta controlar Nando para não machucar Kiko. Felipe se preocupa com as suspeitas de Manoela. A polícia invade a casa de Semíramis e a leva com Nieta para a delegacia. Ulisses vê Carolina chegar com Fábio de moto. Analú pensa em dar um presente para Nando e Kiko acredita ser para ele. Fábio implora que Juliana não se afaste dele. Vânia simula uma queda para fazer ciúmes em Felipe. Juliana decide dar uma chance a Ronaldo. Kiko desafia Nando. Nieta e Semíramis são acusadas de contrabandistas por causa dos pacotes de Nenê. Charlô invade o Clube Inglês atrás de Otávio.

CARROSSEL Cirilo vai até a barraca de Maria Joaquina e diz que vai demorar muito tempo para juntar dinheiro para eles se casarem. Maria Joaquina não acredita no que escuta, pergunta se ele está louco e pede para que se afaste de sua barraca. Cirilo observa a barraca da patricinha e declara: “Um dia a sua barraca vai ser o nosso barraco”. Maria Joaquina desacredita do que acaba de escutar e se retira. Valéria vai conversar com a professora Helena antes de ir dormir. A menina diz que gosta muito dela e que queria voltar a ter aula com Helena. Suzana aparece irritada. Helena pede para Valéria vá dormir e agradece o favor que ela e Jaime fizeram. Suzana resmunga e diz que ninguém avisou que a brincadeira havia acabado e as crianças já haviam ido dormir. Helena e Firmino entram na sala dos professores com um bolo para fazer uma surpresa para Graça, pelo seu aniversário.

SALVE JORGE Wanda tenta despistar Maitê e Helô desconfia. Theo conta para Morena que está voltando a se dar bem com Érica. Carol se esconde no carro de Caique. Demir acha graça quando Zyah mente para manter Bianca e Stênio afastados. Barros encontra pistas sobre a adoção de Aisha. Amanda flagra Carlos e Yolanda conversando no hotel. Aída pede para Morena levá-la ao local do coquetel. Érica tenta seduzir Theo, mas Morena se aproxima do noivo. Lucimar pede para Diva emprestar o dinheiro do aluguel. Miro paga Samantha para despistar Nilcéia. Adam se incomoda na presença de Rosângela e Jéssica. Bianca se surpreende com Zyah. Ayla vai de bicicleta até a caverna de Zyah.

MALHAÇÃO Dinho se incomoda com a possibilidade de Lia dar aulas para Gil. Morgana reclama da falta de atenção de Nando. Cezar convida Marcela para sair. Ju conta para Rita que Bruno está sofrendo com o fim do namoro. Rosa e Tizinha festejam a volta de Nando. Rita discute com Fatinha durante a aula. Morgana e Rafael aderem à chapa de Ju e Rita. Ju sugere que Jorge libere sua aula para um debate entre as duas chapas candidatas ao Grêmio Estudantil. Paulina sai para encontrar Rômulo e deixa Raquel responsável pela cozinha. Lia é surpreendida pelo convite a um debate e Ju questiona se a ex-amiga quer ganhar a eleição só por causa de Dinho. Bruno não consegue se concentrar em um trabalho para a faculdade.

BALACOBACO Espantado, Norberto se solta de Diva e corre atrás de Isabel para tenta explicar o beijo. As gêmeas Paranhos se divertem com a situação e comemoram. Isabel foge com o seu carro e Norberto a persegue. Breno tenta ensinar boas maneiras a Patrick, mas é corrigido pelo amigo. Norberto fecha o carro de Isabel e beija a arquiteta à força. Em comemoração ao sucesso do plano, Diva e Dóris se embebedam. Isabel se desvencilha de Norberto e pede que ele não a procure mais. Apreensivo, Breno conta para Patrick que seus pais vão passar uns dias na casa deles. Norberto revela que ama Isabel e a moça fica mexida. Mirela e André conversam sobre o itinerário de uma viagem. Ao falarem sobre Las Vegas, Jayme demonstra repulsa pelo jogo e Danilo fica desconfortável. Joana apresenta Mauro para Patrick e Breno, que revela estar nervoso com a vinda dos pais caretas.

RECEITA

TORTA FAROFA DE BANANA INGREDIENTES

PEIXES 20/02 A 20/03

AQUÁRIO 21/01 A 19/02

A Lua continua atuando em seu signo e hoje está em contato com Júpiter. Você tende a se sentir mais entusiasmado e confiante e isso ajuda a atrair oportunidades. A fase atual é delicada, porque lhe coloca frente a frente com o que é preciso modificar.

Reflita, reveja, reconsidere, repense. Mudar de idéia pode se revelar necessário. Questões domésticas e familiares passam por um processo de reavaliações, pisciano. Um dia introspectivo, em que há muito a refletir. Observe o resultado de seus atos.

DATA COMEMORATIVA Em 19 de Novembro é comemorado o Dia da Bandeira. Pois essa foi a data de instituição da bandeira nacional republicana, no ano de 1889.

Massa (farofa): 150 g de margarina; 1 xícara de açúcar; 1 gema; 2 xícaras de farinha de trigo; 1 colher de sobremesa de fermento em pó; 1 colher de sopa de vinagre de limão. Recheio: 2 latas de leite condensado; 12 colheres de vinagre de limão; 4 gemas; 6 bananas nanicas cortadas no sentido do comprimento.

MODO DE PREPARO Misture bem todos os ingredientes da massa até formar uma farofa e com metade dela forre o fundo de uma forma untada e enfarinhada. Reserve. Misture todos os ingredientes do recheio (exceto as bananas). Coloque as bananas na massa reservada e por cima o recheio. Cubra com o resto da farofa e leve para assar até dourar levemente. Sirva gelado, de preferência de um dia para o outro. Polvilhe com canela e açúcar.


brunocésar

Vips

happy birthday

O jornal Raízes Diário deseja muitas alegrias e sucessos para Tuaine Vieceli, que hoje comemora aniversário. Parabéns

Parabéns para a linda estudante Daniela Ceron, que hoje comemora mais um aniversário. Felicidades!

Parabéns para Barbara Guareski, que ontem assoprou velinhas. A garota cursa Odontologia na Unoesc de Joaçaba

Quem também completou idade nova ontem, mas recebe hoje a homenagem em nossa Coluna Social é Juliana Caroline Schneider. Parabéns!


curiosidades

CRIANÇAS QUE MENTEM VIRAM ADULTOS BEM-SUCEDIDOS Seu filho pequeno anda contando mentiras? Não fique bravo, fique feliz! É o que aconselham pesquisadores do Instituto de Estudos Infantis da Universidade de Toronto, no Canadá. Depois de testar 1.200 crianças com idades entre dois e 16 anos, eles afirmam que os pequenos que mentem com pouca idade mostram um desenvolvimento mental especialmente rápido – o que indica que eles crescerão para se tornar adultos mais desenvoltos e perspicazes. E quanto mais novos eles começam a mentir, melhor! “Os pais não devem ficar alarmados caso os filhos contem ‘mentirinhas’”, diz

o Dr. Kang Lee, líder do estudo. “Quanto mais bem construída for a mentira, melhor é o desenvolvimento cognitivo da criança. Eles podem se tornar grandes banqueiros no futuro”, conta. Mas mentir não é ruim? Meu filho não vai crescer um mentiroso inveterado, um fraudista?! Para alegria geral, o Dr. Lee garante que não há qualquer indício de que alguém que minta na infância venha a desenvolver tendências criminosas no futuro. Ou seja: pode sim ficar feliz ao ouvir aquela mentirinha precoce. Em tempo: de acordo com o Dr. Lee, aos dois anos, 20% das

Hoje, às 20h, no Teatro Alfredo Sigwalt, o Sesc de Joaçaba apresenta o espetáculo “Nós”. Trata-se de um processo de dança que pretende criar variados ambientes de vínculos para refletir sobre distância, invisibilidade, conectividade, singularidade. Investigar as possibilidades de atravessar o outro. “Nós” trata de um embaraço e um coletivo, em que tudo concorre para um sentido chamado encontro. Vai ficar de fora? Prestigie! crianças mentem. O número sobe para 50% aos três e quase 90% aos quatro anos. A idade mais ‘mentirosa’, de acordo com ele, é aos 12 anos, quando praticamente toda criança mente.

balada

Na última quarta-feira, véspera do feriado de Proclamação da República, aconteceu o “Pop Live Festival”, na Live House. Na festa teve as mais variadas atrações e ritmos musicais. No palco principal tocou a banda Diplomattas (PopRock), a Turma Sertaneja (Sertanejo Universitário), Pagode Alto Astral (Pagode), Jonathan e Rastasaia (Arrocha) e o DJ Osmar Colla (Eletrohouse). No lounge Live apresentou-se o DJ Alan Aguiar e DJ Ronaldo Kunzler. A festa contou ainda com pernas de pau, malabares e pirofagistas. Na foto, os amigos Hasler Favero, Juliana Cordeiro, Jean Souza, Kelry Saticq e Juliana Lima curtindo o Pop Live Festival.

Quem também prestigiou a festa na Live House, na última quarta-feira, foram as belas amigas Cleonice Luvison e Yara Antunes.

TEATRO

Depois de se apresentar no palco principal com a banda Diplomattas, Jaime Telles Filho e Guilherme Britto aproveitaram pra curtir e se divertir no Pop Live Festival

Venha conferir a coleção primavera - verão

Av. XV de novembro, 770 (Anexo Lorenci Baby) Joaçaba - SC - CEP 89600-000 - Fone: (49) 3521-2323


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Geral

SC trabalha para assumir a liderança na produção de barcos de lazer no país Divulgação

Santa Catarina é o segundo maior produtor do Brasil de barcos de lazer. E passou o Rio de Janeiro no número de estaleiros, assumindo a segunda posição, também, como polo náutico no país. A nova posição do Estado será divulgada nesta quinta-feira pelo Sebrae-SC na Exponáutica. Com a chegada da maior fabricante mundial a Joinville, a americana Brunswick, além da negociação com outras empresas estrangeiras, a expectativa do setor é dobrar a produção em 2013, avançando ao primeiro lugar do ranking. Segundo o Sebrae-SC, SP segue na liderança como polo náutico do país, com 35% dos estaleiros. SC já teria 22% dos fabricantes, seguido do Rio, com 14%. Além da Brunswick, que inaugurou, na semana passada, a sua primeira fábrica na América Latina, SC se destaca por outras indústrias de peso, como a Schaefer Yachts, de Palhoça. A empresa líder em embarcações de lazer de alto padrão deve fechar o ano com 10% de crescimento. Leandro Ferrari, presidente da Associação Catarinense de Marinas e Garagens Náuticas (Acatmar), percebeu, este ano, em uma feira náutica em Gênova, na Itália, como SC

Exponáutica, que aconteceu no fim de semana ofereceu cursos para preparar mão de obra qualificada para atender o mercado

está na mira dos estaleiros. Em um só dia de evento, 50 empresas demonstraram vontade de investir no Estado. É por isso que a expectativa do empresário é de que o setor cresça 40% em 2013. O aquecimento do setor vem acompanhado de ações de profissionalização do setor náutico. De acordo com Ferrari, dois cursos gratuitos para 25 pessoas, cada, vão ser oferecidos na Faculdade Municipal de Palhoça (FMP) ainda neste

ano. As inscrições estarão abertas na Exponáutica. MARINAS DIVIDEM OPINIÕES DO SETOR A necessidade de marinas para alavancar a produção catarinense divide opiniões no setor. Leandro Ferrari, presidente da Acatmar, acredita que o Estado só não retém mais do que 20% das embarcações que produz por falta de espaço para atracação. O empresário defende que não é preciso construir

mais marinas, e sim melhorar as que já existem para suportem embarcações de grande porte. Para Ferrari, o ideal é que essas marinas recebam licença ambiental, além de incentivos do BNDES para investirem, principalmente, em trapiches flutuantes. Em todo o Estado, de acordo com a Acatmar, há cerca de 60 marinas. E o número de estaleiros, que fabricam barcos de 14 pés até 80 pés, é de 30, segundo dados do Sebrae-SC.

O dono da Marina 3 Mares, em Biguaçu, Luiz Lunardelli, afirma que a falta de espaço não é problema. “Em 10 anos, a minha marina jamais trabalhou com 100% de ocupação. A taxa média é de 70%. Falta, sim, espaço para as embarcações maiores. Mas, para se ter uma ideia, há somente um barco acima de 60 pés em Florianópolis. O investimento em marinas privilegiaria um público muito específico, que compra bar-

cos de R$ 3 milhões a R$ 6 milhões”, afirma Lunardelli. O presidente da Schaefer Yachts, Márcio Schaefer, opina que as marinas de SC precisam melhorar muito. Para ele, não é da responsabilidade do Estado construí-las, mas investir em saúde e educação. O que o governo deveria fazer, segundo ele, é uma legislação clara para a construção, além de incentivar o setor. O maior problema, de acordo com Schaefer, são os turistas que o Estado, principalmente a Capital, “perde por não ter marinas melhores. Com exceção do Iate Clube (Veleiros da Ilha) não há lugar para desembarcar na Ilha”. O executivo esclarece que a falta de estrutura não freia a produção da empresa, que vende 90% da sua produção para outros estados do Brasil. Mas que SC, que é um estado importante para a empresa, fica limitada. Schaefer afirma que a própria empresa está construindo um travel de 75 toneladas, ao lado da ponte Hercílio Luz, para transportar os seus barcos, já que a cidade não oferece estrutura suficiente. Apenas a empresa de Schaefer tem 850 funcionários e, no ano passado, pagou R$ 30 milhões em impostos.

Exportações brasileiras de calçados crescem 24,7% em outubro As exportações brasileiras de calçados cresceram 24,7% em outubro, na comparação com o mês anterior. Conforme dados da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), no mês passado foi embarcado o equivalente a US$ 110,3 milhões ante US$ 88,4 milhões registrados em setembro. No comparativo com outubro do ano passado (US$

101,1 milhões) o incremento foi de 9%. Por outro lado, no acumulado de janeiro a outubro deste ano o resultado segue negativo em 15,3%. No período de 2012 as exportações chegaram a US$ 911,8 milhões, número que foi de US$ 1,07 bilhão no ano passado. Em pares, porém, foi registrada uma leve alta, de 1,1% (de 91,1 milhões para 92,1 milhões).

A queda do preço médio do par exportado no período foi de 16,2% (US$ 9,90 ante US$ 11,82). Ao mesmo tempo, nos 10 meses foi apurada uma queda nas exportações de calçados de couro na ordem de 26,7% (de US$ 620 milhões para US$ 455,4 milhões) e um incremento de 2,4% nas de produtos de materiais sintéticos (US$ 386,2 milhões ante US$ 395,6 milhões).

Apesar da queda, os Estados Unidos segue sendo o principal destino do calçado verde-amarelo. Entre os meses de janeiro e outubro deste ano foram embarcados o equivalente a US$ 164,4 milhões, 17,3% menos do que no mesmo período de 2011 (US$ 198,8 milhões). A Argentina aparece em segundo lugar, comprando US$ 122,17 milhões de

calçados do Brasil, 26,6% menos do que o apurado em 2011. A França, que vem aumentando suas importações de produtos brasileiros, aparece no terceiro posto, com US$ 59,2 milhões, 19,1% mais do que o registrado ano passado (US$ 49,7 milhões). O Rio Grande do Sul continua sendo o maior exportador de calçados brasileiros, apesar de ter

registrado uma queda de 34,3% nas divisas provenientes dos embarques frente o mesmo período de 2011. Respondendo por 35% do total exportado neste ano, os gaúchos embarcaram o equivalente a US$ 320,3 milhões ante os US$ 487,3 milhões do ano passado. Houve queda também no número de pares embarcados, de 34% (de 19,1 milhões para 12,6 milhões).


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

TV + Famosos

BABADOS DOS FAMOSOS

Fotos: Divulgação

Com aliança na mão direita, Neymar embarca em São Paulo sexta, dia 16, o jogador postou no Twitter uma foto onde aparece fazendo um coração com as mãos. Apontada como namorada de Neymar, Bru-

na Marquezine também tem aparecido com uma aliança na mão direita em alguns eventos e em uma imagem, postada por ela no Instagram. Mistério...

Tiago Leifert teve apenas uma hora de descanso após se casar com a jornalista Daiana Garbin. Na manhã de ontem, o apresentador do “The Voice Brasil” contou no Twitter que já estava no Rio - o casamento aconteceu em São Paulo na noite de sábado - para trabalhar. “Dormi 1 horinha e ja to no Rio! Bora trabalhar!”, escreveu Tiago. O CASAMENTO A cerimônia e a festa aconteceram em um dos salões de um hotel luxuoso de São Paulo e teve entre os padrinho o ex-jogador Caio Ribeiro. Além de Tiago e Daiana, a irmã de Tiago, Marcela, se casou com o diretor do “Programa do Jô”, Willem Van Weerelt. As noivas entraram separadas, cada uma com uma música. A cerimônia foi ecu-

Com o pé imobilizado, Ivete Sangalo agita micareta em Florianópolis Nem o pé imobilizado tirou as energias de Ivete Sangalo na noite de sábado, 17. A cantora se apresentou no terceiro dia de “Folianópolis”, micareta em Florianópolis, e empolgou o público. Mayra Cardi, Pérola Faria, Babi Rossi, Karen Kounrouzan e Fernanda Motta conferiram tudo de pertinho.

mênica, já que a família Leifert é judia. O maestro João Carlos Martins tocou uma peça judaica, “Jerusalém de Ouro”, e uma ca-

tólica, “Ave Maria”. Outra música que tocou durante o casamento foi “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos.

Mariah Carey gasta R$ 13 mil por mês em pomada contra assadura Nick Cannon, marido de Mariah Carey, já revelou que a cantora anda fugindo da tarefa de trocar as fraldas dos filhos gêmeos, mas segundo uma fonte próxima ao casal, isso não impede que a cantora gaste uma fortuna para proteger o bumbum de seus primogênitos. De acordo com a revista Life&Style, Carey gasta por mês, US$ 6 mil - cerca de R$ 13 mil - numa pomada hidratante contra assaduras, da marca La Mer.

ScheilaPersonal Cris Parisoto Trainer cref: 01 5084-g/sc

(49) 8806 . 7756 (49) 9114 . 6815 scheparisoto@hotmail.com

Avaliação física | Fortalecimento | Emagrecimento Condicionamento Físico | Hipertrofia | Alongamento

WR nt me a n Trei

os

O jogador Neymar supreendeu ao aparecer com uma aliança dourada na mão direita, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ontem. Na última

Tiago Leifert dorme apenas uma hora após casamento: ‘Bora trabalhar!’

Manutenção em Impressoras, Computadores, Notebook e Recarga de Tonner

Rua Júlio Wasemberg, 306 | Luzerna - SC Fone: 8854-0739 | wrcopiadoras@hotmail.com


PeloEstado

Matéria Especial

Maurício Justino/Facebook

“Um entrou pela porta da frente do ônibus e outros dois pela de trás. Enquanto o da frente falava, com arma na mão, os dois derramavam gasolina pelo chão do ônibus, respingando nas pessoas. Todo mundo entrou em pânico. Eles usavam dessas máscaras de filme de terror, de monstro. O que ficou perto do motorista, falou que estavam ‘vingando os mano’. Tinha um sotaque bem forte de paulista. Depois disso, mandaram todo mundo descer e sair correndo sem olhar para trás. E foi o que fizemos. Mesmo assim, quando o último passageiro conseguiu sair, o ônibus, que estava lotado, já estava pegando fogo. Foi horrível!” O relato é de J., uma estudante de 17 anos que estava no interior de um dos primeiros ônibus incendiados em Florianópolis. Juntamente com seu primo, L., também de 17 anos, voltava da escola, no Centro da Capital. “Achei que fôssemos morrer. Nunca senti tanto medo”, lembra. Na foto ao lado, o resultado do ataque a um ônibus no bairro de Picadas do Sul, em São José, na Grande Florianópolis, na manhã de sexta-feira (16).

Ataques em SC: muito medo, muitas perguntas, poucas respostas Santa Catarina está vivendo algo jamais imaginado. Do dia 12 de novembro até o fechamento dessa matéria, foram incendiados 26 ônibus, além de ataques a instalações e viaturas da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Departamento de Administração Prisional (DEAP), e a carros de particulares. Em apenas cinco dias, o total de ocorrências chegou a 59, nas cidades de Florianópolis, Itajaí, Palhoça, Criciúma, Tijucas, Blumenau, Navegantes, São José, Itapema, Balneário Camboriú, Camboriú, Indaial, Gaspar e Tubarão. No mesmo período, 62 pessoas foram levadas às delegacias para averiguações e 46 permaneceram detidas ou, no caso de menores de idade, apreendidas. Três suspeitos de envolvimento na onda de ataques morreram em confronto com a polícia - quase um empate com o número de policiais mortos em serviço ao longo de todo o ano no estado, num total de quatro. A onda de terror se espalhou por cidades até então pacatas e Santa Catarina ganhou um espaço indesejável na imprensa nacional e internacional. Os motivos podem ser vários. O governador Raimundo Colombo vem destacando, nas entrevistas que concede sobre o assunto, que se trata de uma reação do crime organizado ao aperto que a Segurança Pública vem dando, especialmente no tráfico de drogas.

Somente no primeiro semestre foram 2.154 casos registrados envolvendo tráfico de drogas, número quase 15% superior ao do primeiro semestre de 2011. As apreensões de grandes quantidades de drogas, de variados tipos e em diferentes regiões do estado, passaram a ocupar as manchetes dos jornais. Soma-se a isso a prisão do traficante de São Paulo conhecido como Piauí, no final do mês de agosto. Foragido desde maio e apontado como mandante em assassinatos de policiais naquele estado, Piauí foi preso em Itajaí, numa ação que envolveu o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual (Gaeco), serviço de inteligência da PM paulista e o Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da Polícia Federal. O governo do Estado faz o que pode diante do inesperado. “Não há como prever onde e quando vão atacar”, afirma o secretário de Segurança Pública, César Grubba. Ônibus escoltados, reforço no número de policiais nas ruas, trabalhando em estado de alerta, e a constituição de um gabinete de crise permanente são algumas das reações do governo. Se de um lado existe a rede de inteligência oficial, reforçada por câmeras de monitoramento, por outro há um número de soldados do tráfico prontos a obedecer a ordens que, ao que tudo indica, têm origem nos

presídios. O próprio comandante geral da Polícia Militar, coronel Nazareno Marcineiro, admitiu essa possibilidade em coletiva à imprensa. “Não trabalho com certeza absoluta, mas há uma correlação perceptível entre a repressão ao tráfico de drogas e essa reação.” Prejuízo Apenas uma empresa de transporte urbano de passageiros que teve veículos queimados contabiliza prejuízos de mais de R$ 1 milhão. Mas não é só esse prejuízo direto que preocupa. O comércio das cidades afetadas já se ressente da queda na circulação de consumidores. E tudo pode piorar. “Se não for tomada uma medida radical, na linha tolerância zero, essa situação pode se estender e acabará repercutindo na temporada de verão.” A preocupação é do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-SC), João Eduardo Moritz. Ele sugere, por exemplo, que se proíba a circulação de motocicletas das 22h às 6h. “Algumas pessoas de bem serão prejudicadas, mas ampliamse as possibilidades de conter esses ataques”, aposta. Moritz receia que os turistas que já fizeram suas reservas para passar Natal, Ano Novo e férias de verão no litoral catarinense, até o Carnaval, possam iniciar um movimento de desistência das vagas. “Seria um desastre para o turismo catarinense.”

Andréa Leonora

PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br

CENTRAL DE DIÁRIOS TRINTA INTEGRADOS TRINTA INTEGRADOS

DIÁRIOS

INTEGRADOS

PRESENÇA EM 62% DE SC

“As instituições estão ficando impotentes” Doutor em Ciências Políticas, professor de pós-graduação em Sociologia Política e coordenador do Núcleo Interdisciplinar de Políticas Públicas da Universidade Federal de Santa Catarina (NIPP-UFSC), Erni Seibel tem acompanhado pela imprensa a situação dos ataques em Florianópolis e outras cidades do estado. Para ele, é certo que existe um comando criminoso por trás das ações, mas não afasta a hipótese de o grande número de casos estar relacionado com o que chamou de “ações oportunistas”, resultado da “espetacularização da notícia”. Seibel considera que gangues com origem em outros estados estão atuando em território catarinense e acredita que as denúncias de maus tratos no Presídio de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis, cujo diretor, Carlos Alves, pediu afastamento, foi um “fator motivador”. Ainda assim, afirma: “Nada mais é do que uma mostra da explosão do sistema penitenciário brasileiro. No caso específico de Santa Catarina, as próprias autoridades da Segurança Pública dizem que há uma década a população carcerária era de 10 mil presos e hoje já passa dos 17 mil presos”. Em ritmo inverso, a Polícia Militar de Santa Catarina já chegou a ter 13.120 policiais, hoje tem apenas 11.200. Para o coordenador do NIPP-UFSC, “criou-se um clima de tática de guerra e parece que o afastamento do diretor do presídio de São Pedro de Alcântara não foi interpretado pelo comando desse movimento como uma bandeira de paz por parte do governo do Estado.” Ele lembra que são acontecimentos, de certa forma, inéditos para a própria Segurança Pública catarinense. “A situação explodiu e as instituições estão ficando impotentes diante dessas reações que, na verdade, começam a se espalhar por outros estados, para além de São Paulo. Muitas das gangues foragidas das Unidades de Polícia Pacificadora do Rio de Janeiro, as UPPs, foram para o Nordeste e vieram para cá. Os criminosos não foram presos nas ocupações dos morros do Rio, mas espalhados”, lamentou. No registro do fotógrafo Daniel Búrigo, a escolta policial a ônibus de Criciúma ��or�an��o���� �� 19Nov12


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Polícia

VIOLÊNCIA – Confira um retrospecto dos ataques que tem causado pânico na população de Santa Catarina

Estado de Santa Catarina sofre com onda de ataques que mantém polícia em alerta Divulgação

Pablo Casarino Da Redação

Desde o final do mês de outubro Santa Catarina vem enfrentando com episódios de violência em muitos de seus municípios. A onda de ataques iniciou-se no dia 31 de outubro com a morte da agente prisional Deise Fernanda de Melo Pereira. A agente foi morta a tiros quando chegava a sua residência no município de São José. Apesar da onda de crimes ter coincidido com o episódio a cúpula da segurança púbica do Estado afirmou em coletiva não haver ligação entre a morte de Deise e os ataques em Santa Catarina. INÍCIO DOS ATENTADOS No dia 31 de outubro um carro da Polícia Civil foi alvejado em Florianópolis. Os tiros perfuraram a viatura e deixaram um policial ferido. Apesar de terem sido feitas buscas pela região, os responsáveis não foram localizado. Outro atentado ocorreu dia três de novembro quando uma base da PM foi alvo de tiros no bairro Vila Aparecida também na capital. Cinco dias depois, no dia oito de novembro uma barricada com viaturas da

Polícia Civil foi montada para proteger uma delegacia de Canasvieiras em Florianópolis. Os atos criminosos se tornaram mais intensos e ousados quando no dia 12 de novembro meliantes atiraram um objeto em chamas para dentro de uma viatura que estava estacionada em frente a uma delegacia no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis. Plantonistas conseguiram controlar o fogo. A tática dos criminosos mudou quando ônibus começaram a ser incendiados na grande Florianópolis. Na maioria das ações, bandidos que já estavam dentro dos coletivos obrigavam os passageiros a saírem ateando fogo nos veículos. O primeiro ônibus incendiado foi no bairro Canavieiras durante a noite do dia 12 de novembro na capital. UM DOS DIAS MAIS VIOLENTOS Os criminosos começam a migrar para outras cidades do Estado quando no dia 13 de novembro uma delegacia do município de Palhoça foi alvejada no início da manhã. No mesmo dia no bairro Canavieiras na capital um carro particular de um policial militar foi

torna alvo dos criminosos.

Confira o mapa com as principais cidades que sofreram ataques no Estado de Santa Catarina

incendiado. Novamente representantes da segurança pública de Santa Catarina, entre eles Aldo D’ávila, César Augusto Grubba e Ada de Luca se reuniram em coletiva de imprensa para discutir problemas relacionados aos atentados e comentar os episódios ocorridos. Também no dia 13 na cidade de Blumenal uma tentativa frustrada de atear fogo em um ônibus coletivo mobilizou a polícia. Os bandidos tentaram quebrar o para-brisa com o uso de uma pedra, mas fugiram do local. Na cidade

de Navegantes criminosos conseguiram colocar fogo em um ônibus na rua José Olímpio Mianes, mas somente os pneus do veículo foram atingidos. No mesmo dia dois ônibus são incendiados um no bairro de Ponta Aguda em Blumenal outro no bairro dos Ingleses no Norte da Ilha. O dia 13 foi considerado um dos mais violentos desde o início dos atentados. CONTINUA A ONDA DE CRIMES Outro ônibus é incendiado no dia 14 de novembro desta vez na cidade de

Itajaí. Também no dia 14 o Presídio Regional de Blumenal foi atingido por cinco disparos. A polícia não tem pista dos autores. Na cidade de Criciúma, ao acompanhar uma busca por bandidos, uma equipe de televisão é recebida a tiros em um bairro do município. Na cidade de Palhoça, um veículo que anteriormente pertencia a Polícia Militar e havia sido comprado em um leilão é incendiado por criminosos. Verificado o clima de tensão e o aumento no número de ataques com a migração da onda de atentados para outras cidades do Estado, o Governador Raimundo Colombo ressalta em entrevista coletiva que haverá revide por parte das forças de segurança pública. Mesmo após pronunciamento do governador, mais um ônibus é incendiado no bairro dos ingleses no Norte da Ilha e uma Escola do bairro Cachoeira do Bom Jesus também se

15 DE NOVEMBRO O dia começa com uma delegacia do município de Balneário Camburiú sendo alvejada e um ônibus da empresa Jotur incendiado no município de Palhoça. Os ataques mudaram toda a rotina do transporte público das cidades afetadas pela violência. Em Florianópolis os ônibus da empresa Canavieiras estão sendo escoltados durante todo o itinerário por efetivo da Polícia Militar. Mesmo com todo o aparato montado pelas forças de segurança pública outro ônibus queimado no município de Itajaí demonstra que bandidos pretendem continuar com os atos. No município de Gaspar, outro coletivo foi incendiado no bairro Óleo Grande. Outra tentativa de atentado contra um ônibus ocorreu em Itapema, mas o incêndio foi logo controlado. 16 DE NOVEMBRO As últimas notícias sobre os atentados são de que um ônibus foi incendiado por menores no município de São José. Outro coletivo foi inteiramente queimado no último sábado na praia de Ubatuba em São Francisco do Sul. SALA DE SITUAÇÃO Desde segunda-feira da semana passada cerca de 20 Policiais Militares revezam em uma sala de situação montada dentro do Comando da Polícia Militar, localizado no centro de Florianópolis na tentativa de mapear os ataques e chegar até os responsáveis.


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Esporte

Empate em 1 a 1 entre Esmeraldino e Azulão não permite que Tigre saia mais do G-4, enquanto Atlético-PR depende só de si diante do Paraná

Mesmo com empate dentro de casa, o Criciúma volta à Série A com ajuda do Goiás, e Furacão

Fotos: Divulgação

Da Redação

Os torcedores do Criciúma queriam a vitória, mas o empate em 0 a 0 contra o Atlético-PR, no último sábado, no Estádio Heriberto Hülse, serviu para garantir o acesso do Tigre para a Série A do Campeonato Brasileiro em 2013, após oito anos afastado da elite do futebol nacional. Com a defesa do Furacão tendo uma ótima atuação ao longo da partida, restou ao time catarinense contar com uma ajudinha do Goiás para conseguir a tão sonhada classificação. O time esmeraldino não permitiu que o São Caetano ganhasse, no Anacleto Campanella. Com o empate em 1 a 1 na partida realizada em São Paulo, os torcedores do Criciúma puderam finalmente comemorar. Já o Atlético-PR deixa a definição da sua vaga para o clássico da última rodada contra o Paraná. A tensão foi um sentimento presente desde o primeiro apito do árbitro Márcio Chagas da Silva. O Criciúma não conseguia se desvencilhar da marcação dos visitantes. Foram poucos os lances de perigo na etapa inicial. Já no segundo tempo, o jogo no Heriberto Hülse ficou em segundo plano, pois a torcida do Tigre estava mais interessada no placar do jogo do São Caetano, no Anacleto Campanella. A partir dos 35 minutos, o resultado

do jogo contra o Atlético-PR pouco importava mais, pois o Azulão não tinha conseguido a vitória, garantindo o acesso da equipe catarinense. O Atlético-PR, por sua vez, correu atrás do placar para chegar na Série A por antecipação, mas não conseguiu sair do 0 a 0. O Criciúma ainda tem uma pequena chance de conquistar o título da Série B, mas precisa passar pelo Avaí, no próximo sábado, às 16h20min, na Ressacada, e torcer pela derrota do Goiás em casa para o rival catarinense Joinville. Já o Atlético-PR espera garantir o seu retorno à elite do futebol brasileiro no clássico diante do Paraná, no mesmo dia e horário, no Ecoestádio. JOGADORES ‘INVADEM’ COLETIVA Parecia que na sala de imprensa do Criciúma havia um cano de água estourada. Porém, era o resquício da invasão do grupo de jogadores antes da entrevista coletiva do técnico Paulo Comelli. Como de hábito, o treinador saiu de campo, tomou banho e foi falar com os jornalistas. No entanto, antes de qualquer explicação sobre o 0 a 0 com o Atlético-PR, que rendeu a vaga na Séria A ao Tigre, o grupo deu novo banho em seu comandante. Todos os jogadores invadiram a sala de imprensa e mo-

Av. XV de Novembro, 744 Centro - 49 3522.4299

1º Pagamento para Janeiro/2013

Tudo em 10x

Luiz Alberto e Zé Carlos disputam bola no Heriberto Hülse

lharam o treinador. Alguns atletas subiram na mesa do local. Enquanto isso, o goleiro Douglas Leite contou uma parte do que ocorre nos vestiários para o público. Ele imitou alguns companheiros de equipe. Nesta altura, Comelli estava ao lado de Zé Carlos em cima da mesa e se divertia com as graças do arqueiro que começou o campeonato como titular e capitão.

Time do Criciúma comemora na sala de imprensa do Heriberto Hülse

VENHAM CONHECER OS LANÇAMENTOS Tênis Coca-Cola Los Angeles

por R$ 125,00 ou 10x de 13,90

Tênis Coca-Cola

por R$ 116,00 ou 10x de 12,90


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Esporte

Hamilton tira vitória de Vettel, Alonso é 3º Divulgação

No Velho Oeste de Austin, capital do Texas, Sebastian Vettel não levou o título antecipado e sequer a vitória no GP dos Estados Unidos de ontem. Como nos clássicos filmes de faroeste, Lewis Hamilton encarnou o forasteiro e invadiu o saloon preparado para uma possível festa do tri do alemão. Ultrapassou Vettel a 14 voltas do fim e venceu a 19ª etapa da temporada 2012 da Fórmula 1. Em segundo, o piloto da RBR só ergueria a taça se seu rival na briga pelo campeonato, Fernando Alonso, fosse oitavo. E naquela altura da prova, nem a vitória serviria mais para Vettel ser campeão no Circuito das Américas: após ser rápido no gatilho na largada e pular de sétimo para quarto, o espanhol da Ferrari ainda cruzou a linha de chegada em terceiro, adiando a disputa do título para a última corrida do ano, o GP do

Classificação

Com chapéus de caubói, Vettel, Hamilton e Alonso formam pódio no Texas

Brasil, dia 25 de novembro, em Interlagos. Com o resultado, Vettel chegou aos 273 pontos, aumentando a vantagem na liderança para Alonso de dez para treze pontos. Entretanto, foi o espanhol quem saiu de Austin com o gostinho de vitória. Após temer perder o caneco para o alemão já no dia de ontem, ele segue para São Paulo ainda vivo no campeonato.

O cenário passou a ser o seguinte: para Vettel levantar a taça sem depender do espanhol,precisa chegar em quarto no Brasil. Já para Alonso levar o título, tem que vencer e torcer para o rival ser no máximo quinto. Se chegar em segundo, o alemão da RBR não poderá passar de oitavo. Se cruzar em terceiro, Vettel poderá chegar no máximo em décimo.

Felipe Massa fez boa prova e terminou em quarto. Mas poderia ter ido mais além, caso não fosse uma atitude polêmica e estratégica da Ferrari, poucas antes de começar a prova. A equipe de Maranello violou propositalmente o lacre da caixa de marcha do carro do brasileiro para forçar uma punição de cinco posições no grid com o objetivo de favorecer Alonso.

Flu celebra título antecipado com festa, ‘olé’ e derrota para o Cruzeiro Chute para fora, erro de passe e até pênalti cometido. Nada disso incomodou a torcida do Fluminense no jogo de ontem contra o Cruzeiro. Justificável. Era dia de celebrar a conquista antecipada do título brasileiro. Mas entre um grito e outro de tetracampeão, o Flu deu bre-

TABELA DO BRASILEIRÃO

chas, e o Cruzeiro venceu por 2 a 0. Montillo e Elber fizeram os gols. Os mais de 35 mil torcedores presentes no estádio só esperavam o apito final para assistir à entrega da taça. Tudo bem que a atuação ruim deixou o Engenhão mudo em parte dos 90 minutos. No geral,

porém, a festa imperou e, mesmo derrotado, o tetracampeão nacional saiu de campo aplaudido. Os protagonistas também entraram no clima festivo. O capitão Fred deixou um bigode à la “Don Fredom” para receber o troféu, Thiago Neves foi ainda mais ousado e

pintou parte do cabelo de verde. Diego Cavalieri não mudou o visual, mas abriu mão da fisionomia geralmente fechada. O Fluminense continua com 76 pontos e na penúltima rodada enfrenta o Sport no Recife. Esta foi a quarta derrota do time em 36 jogos. Divulgação

Jogadores do Fluminense posam para foto antes do jogo

P

J

V

E

D

GP GC

SG

%

1

Fluminense

0

76 36 22 59

28

31

72.4

2

Grêmio

0

67 36 19 50

29

21

62.9

3

Atl.-MG

0

66 36 18 56

31

25

61.9

4

São Paulo

0

62 36 19 54

35

19

56.2

5

Botafogo

0

55 36 15 56

43

13

51.4

6

Vasco

1

54 36 15 47

35

12

50.5

7

Corinthians

1

54 36 14 40

41

-1

48.6

8

Inter

0

52 36 13 44

36

8

48.6

9

Cruzeiro

1

49 36 14 35

42

-7

44.8

10 Santos

2

49 36 12 41

47

-6

43.8

11 Flamengo

2

48 36 12 37

43

-6

43.8

12 Ponte Preta

1

46 36 12 44

42

2

43.8

13 Náutico

0

45 36 13 41

48

-7

42.9

14 Coritiba

0

45 36 13 48

56

-8

42.9

15 Bahia

1

43 36 10 35

39

-4

38.1

16 Portuguesa

1

41 36

9

34

40

-6

38.1

17 Sport

0

38 36

9

36

54

-18 35.2

18 Palmeiras

0

34 36

9

36

48

-12 31.4

19 Figueirense

0

30 36

7

37

63

-26 28.6

20 Atlético-GO

0

27 36

6

33

63

-30 24.8

Hendricks, St-Pierre, Carlos Condit e Menjívar levam os bônus do UFC 154 Não foi difícil para o UFC escolher os lutadores que receberam os bônus de melhor luta, melhor nocaute e melhor finalização do UFC 154, que foi realizado no sábado, em Montreal, no Canadá. Como só houve um nocaute e duas finalizações, a decisão foi simples. Johny Hendricks, pela vitória sobre Martin Kampmann, foi eleito o autor do melhor nocaute; Ivan Menjívar, pela vitória sobre Azamat Gashimov, foi eleito o autor da melhor finalização; e Carlos Condit e Georges St-Pierre, que protagonizaram a batalha épica pela unificação do cinturão dos meio-médios, foram eleitos os protagonistas da melhor luta do evento. Os quatro lutadores receberam US$ 70 mil de prêmio.


Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Esporte

Neto marca no fim, Brasil bate Fúria na prorrogação e conquista o hepta Divulgação

Oito anos após ter perdido um pênalti decisivo contra a mesma Espanha, jogador do Joinville faz gol a 19 segundos do fim e decide competição Em 2004, o fixo Neto saía do Mundial de Taiwan como grande vilão, ao perder a última cobrança na decisão por pênaltis contra a Espanha. Oito anos depois, o jogador do Joinville virou a página com uma atuação brilhante e decisiva na grande final da mesma competição, marcando o gol do título a 19 segundos para o fim da prorrogação. Jogando contra a mesma equipe espanhola, o defensor balançou a rede duas vezes na vitória do Brasil por 3 a 2, ontem, no ginásio Huamark, em Bangcoc - Falcão completou o placar, com Torras e Aicardo fazendo os gols dos europeus. Pela sétima vez na história, o Brasil é campeão mundial de fut-

sal, embora a Fifa só reconheça cinco destes títulos. Dona de duas Copas do Mundo (2000 e 2004), a Espanha amargou o quarto vice-campeonato para o Brasil, em cinco decisões contra os arquirrivais. Além de 2012, o país ibérico foi derrotado pelo Brasil nas decisões de 1985 (competição organizada pela extinta Fifusa), 1996 e 2008. INÍCIO TRUNCADO O jogo começou truncado, com as duas equipes marcando muito. Aos dois minutos, Fernandinho arriscou da esquerda da quadra de ataque e mandou por cima. A resposta da Espanha veio em grande estilo. Em tabela rápida, Lozano recebeu livre e tocou para o gol. Vinicius tirou em cima da linha, salvando o Brasil. Com mais volume de jogo, a Fúria por muito pouco não perdeu o pivô Lozano, aos sete. Depois de um carrinho de Jé, o camisa 9 espanhol sentiu o tornozelo, deixando a quadra carregado e só voltando no fim do primeiro tempo. Mesmo sem um de

seus principais jogadores, o time europeu seguiu levando perigo e, aos oito, Alemão fez jogada individual na esquerda e bateu em gol. A bola tocou em Ari e foi para fora. Acuada, a seleção brasileira não conseguia ficar com a bola. Aos 12, Fernandão avançou em jogada de contra-ataque e chutou por cima do gol de Tiago, rente ao travessão. O goleiro brasileiro mal teve tempo de descansar. A cinco minutos do fim, o Brasil finalmente conseguiu assustar a defesa adversária. Em saída rápida para o ataque, Vinicius rolou bola limpa para Ari, que acabou travado por Kike no momento da conclusão. Aos 18, Jé dominou na intermediária e Rafael Rato chegou chutando com força, assustando o goleiro espanhol Juanjo. A um minuto do fim, a Espanha perdeu outra grande chance, a última da etapa. Após cobrança de falta de Miguelin, Fernandão desviou de letra e a bola foi para fora, triscando o poste esquerdo de Tiago. O Brasil voltou para o segundo tempo com

Neto é saudado por Rafael Rato e Falcão após abrir o placar para o Brasil

Falcão em quadra. Logo na primeira jogada, o camisa 12 tentou surpreender Juanjo, arriscando da intermediária e quase acertando a meta. Aos três, o craque tabelou com Fernandinho e bateu para fora, à direita do gol, mostrando que o panorama da partida havia mudado. A seleção sentiu o bom momento e continuou atacando. Aos quatro, Rato girou para cima de um marcador e chutou rasteiro. Juanjo tirou com o pé. De tanto insistir, o Brasil conseguiu abrir o placar aos cinco. Após cobrança de escanteio de Rato, Neto pegou de primeira, acertando o canto esquerdo de Juanjo: 1 a 0. Em desvantagem, a Espanha passou a sair mais para o jogo e, aos seis, Ortiz recebeu na frente, mas parou em Tiago, que conseguiu fechar o ângulo. Inspirado, Neto seguiu desequilibrando. Aos sete, ele arrancou pela direita e soltou uma bomba, para uma difícil defesa de Juanjo.

Um minuto depois, foi a vez de Simi assustar a defesa espanhola. Após apertar a marcação do rival, o camisa 8 brasileiro encheu o pé e a bola passou rente ao poste direito. Como não fez o segundo, o Brasil acabou castigado aos 10. Em cobrança de falta frontal, Tiago deu rebote e Torras apareceu para conferir, igualando em 1 a 1. Um minuto depois, a Espanha viraria a partida. Em lance semelhante ao gol de Neto, Aicardo emendou cobrança de escanteio e Tiago não conseguiu segurar. O Brasil não desistiu e, aos 13, Falcão chutou forte da lateral esquerda, para uma difícil intervenção de Juanjo. Aproveitando o desespero brasileiro, a Espanha teve a chance para liquidar aos 16, quando Torras carimbou o travessão, em cobrança de falta ensaiada. O gol perdido custaria caro ao time europeu. Jogando com Rodrigo como goleiro-linha, a seleção brasileira foi

para o tudo ou nada nos minutos finais e, logo na primeira jogada após a mudança, Falcão bateu de esquerda, da intermediária, empatando novamente a partida: 2 a 2. O gol fez o jogo ficar aberto nos minutos finais e, aos 19, Jé deixou Rato de frente para a meta, mas a finalização foi em cima de Juanjo, na última oportunidade do tempo normal. A partida seguiu lá e cá na prorrogação e, aos dois minutos, Lin tentou um chute frontal e Vinicius tirou com o peito. A 45 segundos do fim do primeiro tempo, Miguelin limpou para o meio e soltou uma bomba. Tiago voou para salvar o Brasil. No segundo tempo, a primeira grande chance surgiu aos três minutos, quando Fernandinho dividiu com a defesa espanhola e a bola sobrou limpa para Neto, que mandou por cima. A pouco mais de um minuto do fim, a Espanha cometeu a sexta falta. Tiro livre direto para o Brasil. Na cobrança, Juanjo defendeu o chute de Rodrigo. A 19 segundos do fim, veio o momento que todos esperavam. Em jogada individual, Neto avançou pela lateral e soltou uma bomba certeira: 3 a 2. Jogando com Kike como goleiro-linha, a Espanha foi para o tudo ou nada nos segundos finais, mas não dava mais. O título era mesmo brasileiro, situação confirmada com a defesa de Tiago no último segundo.

POSTO CEM Novas instalações Bs50 combustível

3554-8600

Rua Nereu Ramos, 2 - Herval d’Oeste - SC


Jornal Raizes Diario