Page 1


PRODUTOS E SERVIÇOS DE BELAS ARTES

www.pontodasartes.com


LOJA CACÉM (MEGA STORE) Avenida das Industrias Lote H - Colaride 2735-213 Agualva Cacem loja.cacem@pontodasartes.com LOJA CHIADO Rua Ivens, nº 10, 1200-227 Lisboa loja.chiado@pontodasartes.com LOJA ALMADA Almada Forum Loja 1.78 - Piso 0 2810-354 Almada loja.almada@pontodasartes.com LOJA CASCAIS Avenida 25 de Abril nº 475 2750-516 Cascais loja.cascais@pontodasartes.com LOJA PORTO Rua de Santa Catarina nº 125 4000-450 Porto loja.porto@pontodasartes.com LOJA LXFACTORY Rua Rodrigues Faria, 103 Edifício H - Piso 0 - Loja 0.2 1300-501 Lisboa loja.lxfactory@pontodasartes.com


editorial 09

entrevista exclusiva com ricardo cabral 10

o acidente 16

portal de pedra 26

mancha maldita-2 36

criancas do futuro 50

Mulher da Lua 60

Paixao liquidada 74

a rapariga feita de letras 82

fabula 92

convencao dos deuses 100

a casa do inferno 104

Kim Roberts, João Tavares, Cristian Navarro Joana Varanda, Tânia Cardoso Sérgio Santos, Alberto Pessoa Fábio Veras Jack Wallace, Nick Hadley, Chris Allen, Sérgio Santos Edgar Ascensão, Filipe Duarte Joana Varanda, Catarina Eusébio Roberto Gomes, Sofia Livesay Jack Wallace, Gabe Ostley, Chris Allen, João Tavares Jack Wallace, Francesco Conte, Chris Allen, João Tavares


v0zes na floresta 114

as cavernas do desespero 120

signus 126

zutopia 134

aquela estranha cidade-1 144

a rapariga cega 148

the space cowboy 152

Mr. warner 158

pizza 164

copo meio cheio 168

descobrir-sara leal 170

Kim Roberts, Alexandre Carvalho, Sérgio Santos Troy Vevasis, Nick Valente, Matt James, João Tavares Machinson, M.C.Carper Bárbara Lopes Sandro Leonardo, Mafalda Fernando Filipe Duarte, Gabriela Torres Paul Bradford, William Allan Reyes, Ibrahim Aydin, Sérgio Santos Daniel Ablev, Bob Schroeder, Sérgio Santos José Marono Edgar Ascensão, Bruno Teodoro Maio


Editor Sérgio Santos

Design

Neste quinto número existe uma grande diversidade de histórias de BD, com estilos de desenho e argumentos muito heterogéneos, como já é habitual.

Revisão de texto

A ilustração da capa pertence ao ilustrador e autor de banda desenhada Ricardo Cabral. Trata-se de um conceituado artista português que tem vindo ao longo dos anos a construir uma carreira de prestígio e respeito entre a crítica. Nesta edição podemos ler também uma interessante entrevista com ele.

André Mateus João Tavares

Na secção Descobrir poderemos conhecer um pouco mais sobre o trabalho da ilustradora e character artist Sara Leal.

Sérgio Santos

Ilustração de capa Ricardo Cabral

ISSN 2183-6477

facebook.com/h.alt.bd

Novos desafios esperam a H-alt no ano de 2017, o Clube H-alt e a aposta nos mini comics será outra vertente deste projecto que esperemos que seja positiva e frutífera. No site da H-alt, a secção Zoom está cada vez melhor com vários artigos sobre BD de temáticas diversificadas.

Barreiro- Portugal © 2017

No panorama da banda desenhada portuguesa anunciamse várias notícias positivas para a comunidade no ano de 2017, o que muito nos alegra.

_

zine.h.alt@gmail.com h-alt.weebly.com

_

09


ZOOM

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM Ricardo cabral

Ricardo Pereira Cabral nasceu em Lisboa, a 19 de Janeiro de 1979. Licenciou-se em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa em 2005, e possui o Curso Geral de Artes 2 na Escola António Arroio, finalizado em 1998. Foi bolseiro Erasmus no Lahti Polytechnic of Fine Arts, em Lahti, Finlândia, em 2003. Tem colaborado com bandas desenhadas em várias publicações, designadamente revistas, fanzines e jornais, e também num jornal on-line, desde 2002. Mas o momento alto a que aspira qualquer autor de BD, a publicação em álbum, chegou em Janeiro de 2007, ao ser publicada, pela dupla institucional Câmara Municipal de Lisboa/Junta de Freguesia dos Olivais (o seu bairro), a obra "Evereste", de que é autor completo (argumento e desenho). Ainda nesse mesmo ano de 2007, "Evereste" mereceria da editora ASA uma diferente e melhorada edição. Voltando atrás, podemos encontrar as seguintes colaborações: Uma tira cómica intitulada, com sentido de humor, "Bernardo Mais Que Perfeito", no e-jornal Portugal Diário. A bd "Totem/n" na revista (estranhamente classificada como jornal pelos seus editores, alunos universitários), Os Fazedores de Letras, Dezembro 2003; "Otto'matique", outra vez em Os Fazedores de Letras, Março 2004; "Chu & Manchu", em Os Fazedores de Letras, Janeiro 2005; "Careto", no Blazt Magazine, nº1, Outubro 2006; "A Montanha", bd a cores, numa prancha, no semanário Mundo Universitário, Fevereiro 2005;"The God Tracking Station", bd no fanzine de BD e Jazz, Jazzbanda, nº1, Maio 2005; "O Palco da Vida", bd a cores, prancha única, no semanário Mundo Universitário, Maio 2006; "Chu & Manchu 0.2", no BDjornal nº18, Abril 2007; "Gigantes", bd a cores numa só prancha, no semanário Mundo Universitário, Maio 2007; "Israel Sketchbook", 2009; "Newborn - 10 Dias no Kosovo", 2010; "Pontas Soltas - Cidades", 2011; "Comic-Transfer", 2013; "Pontas Soltas - Lisboa", 2014.

10


Todo este currículo tem a ver com BD, mas o jovem autor tem igual obra no quadrante da Ilustração, distribuída por diversificados suportes e entidades: Reitoria da Universidade de Lisboa: um spot publicitário do Fatal (Festival de Teatro) para a TV e para o programa do Fatal; Jornal de Letras Artes e Ideias; Correio da Manhã; Bike Magazine; GTL - Grupo de Teatro da Faculdade de Letras (Ilustração para o cartaz da peça "Cara de Fogo"); Revista L'Inedit, nº 24 (Bélgica). Também colaborou em ilustração infantil nos livros "História de Portugal para Miúdos" (2011),"Caras e Coroas; Reis e Raínhas de Portugal para Miúdos" (2014). No capítulo da participação em exposições, constam as seguintes: "Desenhos", na Galeria Corrente d'Arte, Lisboa, Março/Abril 2008; "Israel Sketchbook", no Sapir College, Sederot, Israel, Abril 2008; "Israel Sketchbook" no Dizengoff Center, Tel-Aviv, Israel, Abril/Maio 2008; e "Something Wonderful, Something New", colectiva com o Grupo Articum, na Casa do Alentejo, Lisboa, Julho/Agosto 2008. ​ O blogue dele fica no seguinte endereço http://ricardopereiracabral.blogspot.com.

Nota-se que, ao longo do teu percurso artístico, sentiste necessidade de experimentar novas soluções. Porquê? Acho que me aborreço facilmente e, quando faço as coisas da mesma maneira durante demasiado tempo, começo a querer fazê-las de outra.


Como explicas o sucesso de vendas de livros baseados em diários de viagens como, por exemplo, o Israel Sketchbook ? Não sei. O livro foi publicado numa altura em que grupos como os Urban Sketchers começaram a surgir. Andar a desenhar na rua deixou de ser uma coisa para se fazer sozinho, mas uma experiência a partilhar. Gosto de pensar que os leitores se identificaram com a autenticidade dos desenhos. Tens inúmeras ilustrações para livros infantis. É um trabalho estimulante? Sim, se não, não os fazia. Para mim, fazer os livros infantis é como voltar a ser miúdo, quando pegava nos playmobils, nos carrinhos ou nos legos e ia inventando histórias para brincar. Poderias falar-nos da tua relação com a banda desenhada, desde os primórdios até às múltiplas colaborações que já tiveste? Eu sempre desenhei, mas só comecei a interessar-me pela banda desenhada quando cheguei à Faculdade de Belas Artes. Mesmo enquanto leitor, era um universo que eu não conhecia. Lembro-me de descobrir autores como o Dave Mckean ou Jonh Bolton e achar que eram os melhores desenhadores que eu tinha visto e que era aquilo que eu queria fazer. As várias colaborações que tive durante a o tempo das Belas Artes foram-me ajudando a evoluír e a experimentar coisas diferentes. Fiz bandas desenhadas curtas para os Fazedores de Letras (revista da Universidade de Letras) ou para o jornal Mundo Universitário e para a revista Blazt, do Núcleo de BD nas Belas Artes, que ajudei a fundar. Depois disso, fiz o “Evereste”, e o resto é relativamente conhecido.


És um autor muito respeitado e conceituado em Portugal. Poderias falar-nos de alguns momentos marcantes que contribuíram para que o teu nome se consolidasse no panorama artístico? Eu tive a sorte de conseguir publicar a maior parte dos meu livros com uma grande editora como a ASA, e isso obviamente ajuda, tal como ter feito uma capa para a Moleskine ou ter trabalhado com a Samsung. A tua estadia no Lisbon Studio foi benéfica para o teu amadurecimento enquanto ilustrador? Claro, é impossível estar rodeado de tanto talento e não ser contaminado por ele. Seria possível explicares-nos um pouco da concepção do magnifico cartaz da Amadora BD de 2013? Eu só respondi ao briefing que o festival me deu, que era o de fazer uma ilustração com elementos suficientes para serem “cortados” e usados nos vários suportes de comunicação, poster, flyers, cartazes, postais, catálogo. É claro que eu queria fazer o melhor trabalho possível e isso deu naquele cartaz. Podes contar-nos aspectos positivos e negativos da tua carreira de ilustrador? Os aspectos positivos são aqueles relacionados com a prática do trabalho, fazer o que gosto, tenho horários flexíveis, arranjo tempo para viajar. Os negativos são todos aquele que têm a ver com a parte do “negócio” de viver da ilustração, os impostos, os recibos verdes, os clientes que não pagam, andar sempre atrás


de trabalho, etc... Como alguém descreveu, um ilustrador é uma espécie de one-man startup. Como tem corrido a internacionalização da tua carreira? Eu devia ser mais proactivo nessa área, mas felizmente tenho trabalho que chegue para me manter ocupado. Projectos futuros? Sonhos ainda não realizados? Projectos há muitos, é só arranjar tempo para eles.

Os dados biográficos do entrevistado foram retirados do blog de Geraldes Lino (Divulgando BD). A entrevista com Ricardo Cabral foi originalmente publicada no site da H-alt em 2016-08-02. O autor desta entrevista foi Sérgio Santos.


o acidente Argumento: Kim Roberts Legendagem: João Tavares Tradução: João Tavares Arte: Cristian Navarro

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

16


portal de pedra Argumento: Joana Varanda

Legendagem: Joana Varanda Arte: Tânia Cardoso

Cores: Tânia Cardoso

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

26


mancha maldita- 2 Argumento: Sérgio Santos Legendagem: Sérgio Santos Arte: Alberto Pessoa

A 1º parte da história foi publicada na revista H-alt nº4. Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

36


criancas do futuro Argumento: Fábio Veras Legendagem: Fábio Veras Arte: Fábio Veras Cores: Fábio Veras

Excepcionalmente e devido ao imenso mérito do trabalho do Fábio Veras, considerou-se que valia a pena quebrar as regras. Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

50


a mulher da lua Argumento: Jack Wallace Legendagem: Sérgio Santos Tradução: Sérgio Santos Arte: Nick Hadley Cores: Chris Allen

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

60


paixao liquidada Argumento: Edgar Ascensão Legendagem: Filipe Duarte Arte: Filipe Duarte Cores: Edgar Ascensão

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

74


A rapariga feita de letras Argumento: Joana Varanda

Legendagem: Joana Varanda Arte: Catarina Eusébio

Cores: Catarina Eusébio

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

82


fabula Argumento: Roberto Gomes/ Sofia Livesay Legendagem: Sofia Livesay Arte: Sofia Livesay Cores: Sofia Livesay

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

90


convencao dos deuses Argumento: Jack Wallace Legendagem: João Tavares Tradução: João Tavares Arte: Gabe Ostley Cores: Chris Allen

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

100


a Casa do inferno Argumento: Jack Wallace Legendagem: João Tavares Tradução: João Tavares Arte: Francesco Conte Cores: Chris Allen

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

106


vozes da floresta Argumento: Kim Roberts Legendagem: Sérgio Santos Tradução: Sérgio Santos Arte: Alexandre Carvalho

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.O objectivo da H-alt é criar histórias colaborativas.

114


As cavernas do desespero Argumento: Troy Vevasis Legendagem: João Tavares Tradução: João Tavares Arte: Nick Valente Cores: Matt James

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

120


signus Argumento: Machison Arte: M.C.Carper Cores: M.C.Carper

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

126


zutopia Argumento: Bárbara Lopes Legendagem: Bárbara Lopes Arte: Bárbara Lopes

Excepcionalmente e devido ao imenso mérito do trabalho da Bárbara Lopes, considerou-se que valia a pena quebrar as regras. Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

134


aquela estranha cidade-1 Argumento: Sandro Leonardo Legendagem: Mafalda Fernando Arte: Mafalda Fernando

Esta história irá ter continuação em próximas edições. Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

144


a rapariga cega Argumento: Filipe Duarte Legendagem: Gabriela Torres Arte: Gabriela Torres Cores: Gabriela Torres

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

148


the space cowboy Argumento: Paul Bradford Legendagem: Sérgio Santos Legendagem: Sérgio Santos Arte: William Allan Reyes Cores: Ibrahim Aydin

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

152


Mr. Warner Argumento: Daniel Ablev Legendagem: Bob Schroeder Tradução: Sérgio Santos Arte: Bob Schroeder

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

158


pizza Argumento: José Marono Legendagem: José Marono Arte: José Marono Cores: José Marono

O objectivo da H-alt é criar histórias colaborativas. Excepcionalmente e devido ao grande mérito do trabalho de José Marono considerou-se que valia a pena quebrar as regras. Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

164


copo meio cheio Argumento: Edgar Ascensão Arte: Bruno Teodoro Maio Cores: Bruno Teodoro Maio

Para conhecerem melhor a biografia e contactarem os autores podem ir ao site da H-alt (H-alt.weebly.com), basta clicarem na secção de colaboradores para poderem aceder a essa informação.

168


DESCOBRIR

sara leal Ilustração Desenha desde pequena vários rabiscos aqui e ali. Mas foi só quando esteve em contacto com as WITCH, de Alessandro Barbucci, que descobriu a sua paixão por desenho. Seguiu Artes na escola secundária e na Universidade estudou Animação 2D, hoje em dia trabalha como Character Artist freelance. Hoje em dia qual é o objectivo principal dela? Ser uma Character Artist a trabalhar na Disney. Em paralelo com o seu trabalho, tem projectos pessoais que vai desenvolvendo e que podem seguir em @loyal.art no Instagram ou no Tumblr loyalart.

https://www.artstation.com/artist/loyal_art

170


H-alt nº5  

Revista digital de BD H-alt sobre Sci-fi, fantasia e realidade/história alternativa.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you