Page 21

Sistema GrowSafe será usada para avaliar a eficiência alimentar da raça Guzerá

cial de melhoramento genético do rebanho de corte australiano. No Brasil, os estudos ainda são recentes, mas a expectativa é de que os resultados auxiliem na seleção de animais economicamente viáveis, tanto pelo menor consumo de alimentos quanto pela maior produtividade e qualidade de carcaça. Os estudos com a raça Guzerá começam a ser colocados em prática. No segundo semestre de 2013, 50 touros terão a eficiência alimentar testada pelo Centro de Performance (CP) da CRV Lagoa. Será a primeira raça zebuína com avaliação para CAR feita pela central. A iniciativa é fruto da parceria entre a Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil e a CRV Lagoa.

Revista Guzerá | Nº 06 | 2013

As inscrições vão até o dia 7 de junho. Podem participar animais nascidos de 1º de agosto a 30 de novembro de 2012. No período de 1º a 14 de junho, será realizada a recepção dos animais. O período de adaptação será de até 42 dias e a duração completa da prova será de 180 dias. “Além de eficiência alimentar, serão avaliados peso, ganho médio diário, perímetro escrotal, Área de Olho de Lombo, Espessura de Gordura Subcutânea, Marmoreio, avaliação por escores visuais (conformação, precocidade, musculosidade, umbigo e temperamento) e morfologia”, explica Ricardo Abreu, gerente de Zebu Corte da CRV Lagoa. De herdabilidade moderada e sem interferência em ca-

19

Revista Guzerá  

Órgão Oficial da Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil

Revista Guzerá  

Órgão Oficial da Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil

Advertisement