Issuu on Google+

ANO 3

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

N0 34

CAMPINAS, OUTUBRO DE 2011

Haloterapia chega a Campinas

Dia das Crianças A todas as nossas crianças, uma homenagem do Jornal 100% Vida.

Que esta data seja de reflexão sobre o

Spazziom é pioneiro no estado de São Paulo e o segundo espaço do Brasil a oferecer os benefícios da Terapia do Sal.

que estamos fazendo para garantir que as

Veja na página 9.

Nós dedicamos esse dia aos filhos, que são nosso maior tesouro e que fazem cada momento da vida valer a pena, com sua inocência, alegria e luz.

crianças, nossos filhos ou não, cresçam em condições adequadas para construir verdadeiramente um futuro melhor. Equipe do jornal 100% Vida.

Um dia para fugir do estresse há 60 quilômetros de Campinas. Em Cabreúva, um pequeno município localizado entre Jundiaí e Itu, existem passeios inesquecíveis para quem quer sair da correria do dia-a-dia e passar momentos mais que especiais. Veja na página 12.

Espaço Zen do Spa Recanto é formado por bangalôs suspensos entre as árvores para procedimentos estéticos e de relaxamento.

Conheça a sensação do Shopping Galleria. Veja na página 4.

Pra quê serve a Terapia? Como ela pode ajudar em sua qualidade de vida? Veja na página 3.


Página 2

Onde encontrar o jornal 100% Vida Alphaville - Alpha Mall Barão Geraldo - Banca do Amaral - Banca do Guará - Padaria Casa Grande - Padaria Alemã - Banca Barão - Supermercado Pão de Açúcar - Frutaria Barão Bonfim - Academia Acqua Forma - Supermercado Pão de Açúcar Castelo e Chapadão - Banca Nakazone - Padaria Trapiche - Nico Paneteria - Restaurante Chimarrão - Panificadora Pão do castelo - Círculo Militar - Clínica Mario Sabha Cambuí - Pão do Cambuí - Massa Pura - Clínica Pupo Nogueira - Clínica Politano - Papelaria Cambuí - Padaria dos Alecrins - Shopping Frutas Cambuí -Terrace Open Mall

Expediente

Esta é uma publicação da: Editora 100% Vida Ltda - ME CNPJ: 092 11 133 0001-81

Os artigos são de inteira responsabilidade de seus autores. Jornalista responsável: Luciane Pavini - MTB 20310 cemporcentovida@terra.com.br Publicidade: Silvia Capelazzo - 19 - 3256.7091 silvia.capelazzo@gmail.com Diretores administrativos: Alexandre Figueiredo de Souza e Alfredo Figueiredo Jornal 100% Vida : 19 - 3256.7091 www.jornal100porcentovida.com.br cemporcentovida@terra.com.br Tiragem: 30.000 exemplares Impressão: Gráfica Alpha Paper - 19 - 3256.6773 Criação, Design e Editoração: Roberto Barbosa Logotipo: Yuppie Studio Design Distribuição: Alphaville, Barão Geraldo, Bonfim, Castelo, Chapadão, Cambuí, Chácara Primavera, Taquaral, Pq. Taquaral, Alto Taquaral, Guanabara, Vila Itapura, Nova Campinas, Jd. das Paineiras, Jd. Flamboyant, Jd. Paraíso, Parque Prado, Cosmópolis, Paulínia, Sousas, Valinhos, Vinhedo

Chácara Primavera, Taquaral, Pq. Taquaral e Alto do Taquaral - Padaria Império dos Pães - Padaria Primavera - Shopping Primavera - Centro Cultural CPFL - The Mall - Padaria Nova Diamante - Restaurante Vilani - Restaurante Takeda Guanabara e Vila Itapura - Banca do Dirceu - Banca Brasil - Instituto Salludys Nova Campinas, Jd. das Paineiras, Jd. Flamboyant e Jd. Paraíso - Ventura Mall - Banca Berini - Padaria Abelha Gulosa - Banca Paineiras - Carrefour Bairro - Padaria Norte Sul - Padaria Fratelli - Casa do Yakisoba Parque Prado - Condomínios Prado - Shopping Prado Cosmópolis -Banca do Shopping - Plena Farma Paulínia - Banca do Cemitério - Paulínia Shopping - Padaria Real - Farmácia Farmais - Banca da Praça - Banca do Bosque Sousas - Banca Praxedes - República da Pizza - Café Senzala - Galpão Supermercado - Banca do Jair - Rico Panne - Supermercado Kushi - Agropecuária Reino Animal Valinhos - Padarias Centrais Vinhedo - The Gardener Place


Página 3

Pra quê serve a terapia?

C

omo ela pode ajudar em sua qualidade de

vida... Em vinte anos como psicoterapeuta, pude constatar que muitas pessoas ignoram a verdadeira contribuição que a terapia tem a oferecer às suas vidas. Outras pessoas têm certo preconceito e imaginam que a terapia provoque dependência, que é útil apenas em casos extremos ou ainda que não ajuda em nada. Pois bem, tentarei esclarecer para estas pessoas e também para aquelas que pensam em fazer terapia, mas tem dúvidas, o real sentido deste processo e os ganhos imponderáveis que ele pode oferecer. Imagine a vida de uma pessoa como um caderno onde a cada dia uma página nova é escrita. Nas páginas constam experiências importantes, boas ou más que, mesmo que tentemos esquecer,

estarão lá, no livro pessoal de cada um, afetando profundamente suas novas vivências. Acontece que, aquilo que foi escrito anteriormente afe-

ta diretamente a forma como sentiremos os novos acontecimentos. Pois bem, o papel da psicoterapia é o de revisitar algumas páginas e fornecer ferramentas para que o paciente possa rever suas cenas e resignificá-las. Só assim não repetirá mais as antigas fórmulas cristalizadas de comportamento que o(a) impediam de fazer algo diferente, de agir de forma mais autônoma e espontânea. Autônoma porque muitos

pensam estar escolhendo suas atitudes, mas não estão. Estão repetindo padrões e crenças altamente limitantes. Através da psicoterapia é possível olhar novamente para uma situação do passado, sentir novamente as emoções contidas nela, olhar sob novos pontos de vista, entender, resolver e superar. Por isso, ao contrário do que pensam alguns, a terapia liberta as pessoas de suas próprias amarras. O momento certo de buscar esta ajuda é aquele onde a pessoa percebe que a vida não caminha como deveria. Apesar de ter muitas coisas para ser feliz, a pessoa não se sente feliz. A vida é surpreendente e nos ensina a cada minuto mas, quando se torna pesada e enfadonha, é o momento de buscar ajuda. O papel do psicoterapeuta é utilizar as ferramentas que

possui para auxiliar o paciente a buscar dentro de si suas potencialidades em reescrever suas páginas na busca de um nível maior de autoconhecimento e satisfação. E, na medida em que vai se conhecendo mais e curando suas feridas percebe que a felicidade é uma conquista possível. Boa primavera a todos

Silvia Barros Terapeuta clínica de adolescentes, adultos e casais com experiência de 20 anos. Fone: 19 - 3294-1005 psicodrama@uol.com.br www.silviabarros.com


Página 4

Exercícios físicos fazem toda diferança na maturidade

I

niciar uma atividade física após os 40 anos de idade pode parecer uma tarefa quase impossível, mas não é tão difícil e dá sim, resultados. A analista de Recursos Humanos Evangelina de Oliveira Silva é prova disso. Em 2009, aos 51 anos, com quadro de colesterol alto, dores nas costas, no peito e nas articulações, além de stress e insônia, decidiu reiniciar as atividades físicas depois de um longo período de sedentarismo. “Eu sentia falta de ar, dor no peito, não conseguia correr, nem mesmo para pegar o ôni-

bus”, conta Evangelina. Além do histórico familiar de hipertensão, o trabalho colaborava para o quadro. Evangelina atua há 23 anos na área de Recursos

Humanos no serviço público.

mando as atividades físicas.

São 13.800 funcionários e uma rotina que, às vezes, inclui jornada até nos feriados. “No final do mês a demanda de trabalho é intensa e exaustiva. Lidamos com pessoas, o que não é uma tarefa fácil e temos que driblar a pressão das normas e leis da empresa e administrar/ adequar as necessidades psicológicas/sociais e financeiras desses servidores”.

“Não gosto de academias onde os alunos ficam se exi bindo ou competindo entre si. Aqui, o ambiente é diferente, a proposta também. Tenho liberdade de fazer os exercícios no meu ritmo, dentro dos meus limites, além de receber mais atenção porque as turmas são pequenas”.

Para enfrentar a rotina estressante, Evangelina já havia recorrido às aulas de hidroginástica e alongamento. “Dava resultado, mas quando parava as dores voltavam”. Há cerca de dois anos, ela optou pela musculação e exercícios aeróbicos. A diferença é que desta vez procurou uma academia especializada em pessoas acima de 40 anos, que nunca fizeram ou estão reto-

O que também mantém Evangelina fiel às aulas são os resultados. “Antes eu tinha muita insônia, e hoje durmo muito bem... Não vivo estressada porque descarrego a tensão nos exercícios, a parte respiratória melhorou muito e ganhei massa muscular”, comemora. Evangelina de Oliveira Silva é aluna da Academia 40+ Unidade Guanabara Fone: 19 - 3235. 2887


Página 5

Onde você está hoje? No ontem ou no amanhã?

G

rande parte das pessoas não vivem o presente: estão vivas hoje, no entanto se

sado também vivem uma situação similar, pois quem sofreu uma decepção profissional ou

O maior conflito nesta questão é que as pessoas que estão deslocadas no tempo, tanto no

específico sejam apresentados ao cliente, os mecanismos que o afastam do presente. O passado

ocupam muito com o passado ou com o futuro. Muitas delas justificam seu fracasso atual com angústias que sofreram em sua infância, ou pela falta de amor

amorosa, carrega o fracasso e o desafeto consigo. Eu chamo isso de “Síndrome de Zumbi”, pois o passado está morto, enterrado, passou, porém continua vivo na

passado como no futuro vivem uma ilusão indistinguível pelo cérebro que não sabe diferenciá-la da realidade. Assim, suas ilusões são sentidas como ver-

já passou, inclusive ontem, já foi. O exato momento em que acabar de ler este texto já é passado. O amanhã ainda não existe e depende exclusivamente de você,

em sua adolescência. Outra parte delas é desencorajada por tudo o que terá que enfrentar amanhã, pela ansiedade de como será o próximo dia. Será que no mês

lembrança do “traumatizado” e com essa força dá vida a um “Zumbi” (morto-vivo) que volta sempre que houver uma situação parecida. Por exemplo: me lem-

dadeiras e a partir daí sua mente começa a criar sua realidade de forma deturpada, de forma a não sentir o prazer de viver. Vejamos alguns sintomas das pessoas que

que é co-criador dele. A única coisa que você pode fazer hoje a favor do seu sucesso é viver com o melhor que puder no presente, fazendo deste exato momento o

seguinte ainda estará no mesmo emprego, com o mesmo chefe? Ainda estará na mesma situação? Será que aquele projeto vai vingar? Será que aquele grande

bro de ter atendido um cliente que chegou desesperado, pois não conseguia abrir sua loja comercial. Depois de algumas sessões, descobri que ele carregava

vivem deslocadas no espaço-tempo: vivem desmotivadas, envelhecem mais rápido, não se sentem bem em nenhum ambiente, estão sempre com pressa

seu melhor PRESENTE!!!

amor aparecerá? A frase de todo preocupado

muitas crenças negativas, pois no passado ele já tinha tido uma loja,

e não sabem o porquê, choram sem motivos, não arriscam em

começa ou termina com “será?”. Todo preocupado sente que con-

mal sucedida. Com problemas financeiros teve que encerrá-la.

nenhuma área, nem fazem novos planos, não percebem o ambiente

Dr. Mário Sabha Jr . Doutor em Neuroanatomia

trola o tempo, como se “resolver” situações (apenas mentalmente, por isso está entre aspas) ten-

Neste caso, suas crenças de fracasso pessoal alimentavam sua “Síndrome de Zumbi” no aspec-

ou as pessoas ao seu redor, têm a sensação de desvalor e sentem sua vida estagnada.

(UNICAMP) . Palestrante Motivacional e Consultor Metafísico

tando antecipar um problema que está por vir, eliminasse o

to profissional, ou seja, ele levava adiante sua imagem de fracas-

Existe cura para quem vive no ontem ou no amanhã? Sim

. Conselheiro Metafísico Trans-energético (Luiz Gasparetto)

mesmo. Muito pelo contrário! Quando “resolvemos” algo antes que aconteça, exaurimos nossa

sado e a trazia para o presente. Ainda assim, quantas pessoas deixam de tentar um relaciona-

existe... Sei que você já concluiu a resposta. Claro, a cura é viver aqui e agora, viver no presente.

Em Campinas, fones: (19) 3386-9411/ 8173-7731.

energia e quando a situação nos é realmente apresentada, sentimos cansaço, preguiça, esgotamento,

mento novo, carregando o desafeto sofrido pelos relacionamentos passados? Mesmo que não

Contudo, geralmente isso não é algo que possa ser resolvido apenas teoricamente ou através

Visite o Site e envie sua opnião: www.mariosabha.com.br Participe da Comunidade “Dr.

desânimo, insegurança e até raiva, por mais simples que seja a

saibam e queiram convencer-se de que estão bem sozinhas, geral-

de uma simples explicação, mas sim através de vivências psico-

Mário Sabha Jr.” no ORKUT, clicando no link abaixo:

real solução. Os traumatizados pelo pas-

mente não querem enxergar sua “Síndrome de Zumbi” afetiva.

emocionais bem orientadas por um profissional para que no caso

www.orkut.com/Community. aspx?cmm=35878800


Página 6

Será que estou com depressão? Como identificar o problema

A

depressão é uma doença que acomete pessoas de todas as idades, classes sociais, culturas diversas, homens, mulheres... É um desequilíbrio bioquímico neuronal que afeta nosso estado de humor, podendo ser causado por eventos sentidos como estressantes, por exemplo: perda de pessoas queridas (separação ou luto), doenças, a saída de um filho de casa ou nascimento, mudança de país, menopausa, problemas no trabalho ou demissão, ou seja, momentos que exigem muita energia e habilidades novas para lidar com as situações. Muitas pessoas, no entanto, menosprezam ou ignoram o sofrimento do depressivo, dizendo para ele ser mais otimista, “tirar” estes pensamentos negativos da cabeça, relaxar e parar de se estressar e se preocupar tanto. Mas só quem sofre desta tristeza que parece não ter começo nem fim sabe que a melhora e a cura parecem estar além de sua vontade e controle. Há uma série de sintomas (físi-

cos e psicológicos) através dos quais esta doença se manifesta que vão além da sensação de tristeza e dos pensamentos negativos, revelando-se extremamente desconfortáveis, prejudicando a vida pessoal, familiar, social e profissional da pessoa. Os sintomas mais comuns que os pacientes se queixam são a perda de vontade e interesse nas atividades, dificuldades de concentração e memória, lentidão física e mental, problemas com sono e apetite, muita irritabilidade e impaciência, chorar com facilidade, achar que não vale mais a pena viver, e, pensamentos suicidas. Preste atenção: se você vem apresentando muitos destes sintomas com frequência e há algum tempo, procure a ajuda de um profissional para tirar suas dúvidas e fazer um diagnóstico. Como o psicólogo trata a depressão? Primeiramente, ele oferece apoio e um espaço reservado para cuidar da pessoa que está

em sofrimento. Durante as sessões, o psicólogo ajudará a diminuir os sintomas, prevenir para que não ocorram recaídas, capacitar o paciente para que consiga se relacionar bem com as pessoas e com seu ambiente, enfrentar seu dia-a-dia da melhor maneira possível. Pacientes depressivos mais graves que são acompanhados por médicos e fazem uso de antidepressivos

também devem procurar um psicólogo para se recuperarem de maneira total. O objetivo é voltar a ter prazer em viver! A depressão é uma doença grave que tem tratamento! Procure ajuda! É possível vencer este grande mal do século! Giselle Dechen - psicóloga F.: 19-3368 6468 www.giselledechen.com.br psicologia@giselledechen.com.br

Taís Fernanda V. F. de Azevedo Psicóloga CRP 06/94214 Formação em Psicologia Corporal Biodinâmica e Perinatal

Atendimento: infantil, adulto, gestante e casal Rua Jorge de Figueiredo Corrêa, 1334

Parque Taquaral - CEP: 13087-261 - Campinas - SP - (Atrás da CPFL)

Fone: (19) 3256.5488 - Cel.: (19) 9601.3044 atendimento@psicologoscampinas.com.br www.psicologoscampinas.com.br


Pรกgina 7


Pรกgina 8


Página 9

Haloterapia chega a Campinas - Spazziom é pioneiro no estado de São Paulo e o segundo espaço do Brasil a oferecer os benefícios da Terapia do Sal.

A

inda bem pouco conhecida no Brasil, a Terapia do Sal, faz sucesso em outros países como excelente coadjuvante na melhoria da qualidade de vida. Ema Campinas, o Spazziom promove sessões de Haloterapia e é pioneiro no estado de São Paulo. Essa terapia integrativa e complementar da medicina natural é reconhecida, há muitos séculos, como significativo e natural apoio ao alívio sintomático de doenças respiratórias, dermatológicas, alérgicas e psicológicas. As sessões, numa câmara de sal, limpam e aliviam as vias respiratórias tornando mais fácil a respiração, melhoram a pele, relaxam, energizam e tranquilizam a mente. O sal mineral puro e de alta qualidade contêm quantidade elevada de 84 micro-elementos benéficos para os seres humanos. A Haloterapia já se comprovou como um método muito eficaz e de apoio para prevenir, tratar e reabilitar doenças respiratórias, de pele, alérgicas e psicológicas. Assim, também, é indicada para fumantes. As sessões terapêuticas são realizadas dentro de uma câmara de sal. Essa câmara, também chamada de caverna ou sala de sal, é um espaço seco, estéril e hermético onde, normalmente, se ouve uma música calma que ajuda o paciente a

relaxar. Na realidade, o espaço estruturado reproduz as grutas de sal subterrâneas que são usadas para fins terapêuticos há muitos séculos. E as mais recentes inovações tecnológicas aumentaram, em muito, a eficácia delas. A Haloterapia Spazziom reproduz esse ambiente natural de caverna de sal puro onde os usuários sentam-se, por 45 minutos, 25 minutos na primeira sessão, em cadeiras confortáveis numa sala em que as paredes, o teto e o piso são cobertos com camadas de várias toneladas de sal.

ção do sal significa uma grande ajuda no rejuvenescimento e equilíbrio do corpo e na manutenção da saúde respiratória, da pele e psicológica. Os clientes, confortavelmete acomodados em chaises ou cadeiras relaxantes, podem escolher como desfrutar daquele seu momento. Podem sentar-se, relaxar e dormir ou meditar enquanto uma música calma é difundida... Ou podem, ainda, ler ou estudar enquando recebem o necessário para seu tratamento.

As crianças apreciam naturalmente o ambiente exclusivo da sala de sal e sentirão fascínio pela aparência de neve que a sala apresenta ao mesmo tempo em que permite brincadeiras com o sal em baldes e forminhas, como se estivessem na praia. É puro prazer!

Ali, tranqüilos e relaxados, passam a respirar as partículas do sal puro que se transporta para os pulmões, através das vias aéreas até aos brônquios, bem como para outras áreas do trato respiratório, tais como os seios da face, ouvidos e a cavidade nasal. As partículas de sal atuam como agentes antibacteriano que dissolvem os poluentes existentes no trato respiratório. que vão sendo expulsos através da tosse e da respiração. O tratamento também reduz a inflamação nos pulmões, diminui o aumento de muco, melhora a função pulmonar abrindo as vias respiratórias. Além disso, todo o processo que permite a absor-

A Haloterapia é altamente recomendada para as crianças por ser um método 100% NATURAL, não invasivo e de fácil utilização, sem efeitos colaterais ou riscos potenciais à saúde. O tratamento é indicado para qualquer idade (a partir de um mês de idade).

permite a absorção celular de nutrientes e a restauração do equilíbrio alcalino e dos eletrólitos do corpo. A pureza biológica e química do sal utilizado satura o ambiente com oligoelementos como: • ferro (previne anemia, elimina sonolência e aumenta a resistência às infecções), • cálcio (previne a osteoporose), • magnésio (protege contra doenças metabólicas e reduz a excitabilidade),

• cobre (elimina distúrbios metabólicos), • manganês (reduz elementos tóxicos de muitos compostos de vida diária), • zinco (previne doenças da próstata), • selênio (varre os radicais livres, previne doenças cancerosas, e retarda o envelhecimento do corpo), • lítio (previne doenças de esclerose e coração, e reduz diabetes), • iodo (previne doenças da tiróide) •

ionização negativa.

Spazziom - Espaço de Harmonia e Bem-Estar pessoal e corporativo. Av. Diogo Álvares, 2380, Parque São Quirino, Campinas/SP. Os poderes do sal O sal contém 84 elementos importantes para a saúde. Sua estrutura altamente cristalina

Fone: 19 - 3396.9878 E-mail: contato@spazziom.com.br


Página 10

V

O Ronco e a Apnéia Obstrutiva do Sono e o tratamento fonoaudiológico

ocê sabia que o roncar pode trazer problemas para sua saúde? Se antigamente o ronco era sinal de sono profundo, agora ganhou status de alerta. O ronco tem sido preocupação freqüente de especialistas por causar problemas sociais, emocionais, de saúde e até conjugais, que afetam a qualidade de vida do paciente roncador.

vias aéreas e impedem a respiração, causando ruído e pausas respiratórias que podem durar de 10 segundos ou mais, conhecidas como apnéia.

Mas, o que é o ronco? O ronco é ruído causado pela vibração das estruturas da via respiratória que relaxam durante o sono. Pode ser normal, também chamado de posicional – dependendo da postura, pode favorecer o deslocamento do queixo para trás e a compressão da faringe, o que ocasiona estreitamento da região e vibração das estruturas adjacentes. E, pode ser patológico provocado por diversos fatores: - flacidez da musculatura; - sobrepeso; - problemas respiratórios; - deformidades do nariz ou do septo nasal. O ronco pode levar a uma doença grave? Em algumas pessoas o ronco pode ser causado por um distúrbio chamado Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS). Neste caso, os tecidos moles da orofaringe obstruem as

Eventualmente, a falta de oxigenação do sangue pode fa zer com que a pessoa tenha microdespetares durante o sono, seguida de um ronco mais alto ou um engasgo. Quando não tratada, pode ser potencialmente fatal. O ronco e a apnéia do sono são fatores de risco para desenvolver a hipertensão arterial, derrame e complicações cardiovasculares. Como identificar o problema? O diagnóstico pode ser feito por meio de avaliação médica e exames como a polissonografia e videoendoscopia nasal e laríngea. As queixas mais freqüentes dos pacientes roncadores são: hipersonolência diurna, cansaço, irritação, dificuldade de atenção e memória e alteração do humor. Tem tratamento? O tratamento envolvia algu-

mas possibilidades - dependendo do grau e causas do ronco e apnéia, dentre elas: aparelhos intra-orais, uso de respirador artificial (conhecido como CPAP) e cirur-gias. H o j e , outro tratamento tem apresentado resultados satisfatórios, que aliviam o incômodo e melhoram a qualidade de vida em curto prazo: a TERAPIA FONOAUDILÓGICA. A FONOTERAPIA trabalha diretamente a musculatura envolvida na respiração e de ou tras funções, como a mastigação e deglutição. Pode reduzir em até 40% a gravidade e os sintomas, visando à melhora da postura, da sensibilidade e propriocepção, do tônus e mobilidade da musculatura orofacial e faríngea.

Para tanto, são utilizados recursos como conscientização do problema, percepção postural, higiene do sono e exercícios de fortalecimento e coordenação dos músculos da língua, lábios, bochechas e palato mole. A melhora pode ser “medida” com os exames objetivos e documentação de foto e filmagem dessas funções pré e pós fonoterapia, bem como o relato das pessoas que foram tratadas. A melhora da qualidade de vida é enorme, tanto para o paciente quanto para o cônjuge. Se você ronca agende uma avaliação. Se você conhece alguém que sofre deste problema indique a ajuda de um profissional! Thais Maziviero audióloga

-

Fono-

R. Jorge de Figueiredo Corrêa,1334. Taquaral. thaismaziviero@gmail.com Fone: 11- 32565488.


Página 11

F

alar sobre nossa raiva nem sempre é fácil. Sentir também não é. Muitas vezes nos culpamos por isso, mas todo mundo tem o direito de sentir raiva, e até certo ponto o sentimento pode ser positivo, pois nos protege de injustiças e abusos. Por ser um mecanismo de defesa é fundamental para nossa sobrevivência. A situação pode se complicar quando escondemos a raiva de nós mesmos ou quando perdemos o controle sobre ela. Quem nunca sentiu vontade de gritar, brigar e passar dos limites? É ai que mora o problema, pois esse sentimento pode interferir em nossas relações interpessoais. Geralmente a raiva aparece quando nos frustramos por não conseguirmos realizar algo que desejávamos muito ou quando nos sentimos desvalorizados e humilhados. Existem formas ruins de lidar com a raiva. Uma delas é perder o controle, e consequentemente a razão. Outra forma é “engolir o sapo”, geralmente

Você sente raiva? para atender às expectativas dos outros. É quando uma pessoa não consegue dizer NÃO e acredita que as vontades do outro são mais importantes do que as suas. Às vezes até sente desejo de colocar limite na situação, mas não sabe como. Não ter raiva nenhuma é tão perigoso quanto explodir de raiva. Quando não expressamos o sentimento, podemos sofrer com a depressão, dificuldades para nos relacionarmos na escola, trabalho, com amigos, doenças, etc. Quando não conseguimos lidar bem com a raiva, nossa saúde é atingida através da: • Irritação • Depressão • Batimento cardíaco acelerado • Respiração ofegante • Músculos tensos • Maxilar travado • Dores de cabeça • Choro descontrolado • Timidez,

• Hipertensão • Úlceras, gastrites • Perturbação no sono: insônia ou sono em excesso. • Desânimo • Compulsão alimentar ou falta de apetite • Dificuldades inter relacionais • Estresse • Baixa auto estima • Baixo rendimento no trabalho Através da psicoterapia corporal biodinâmica, é possível aprender a lidar com a raiva de maneira sadia. A terapia possibilita reconstruir a imagem que você carrega, ajudando a aumentar o autocontrole dian-

te das situações que a vida oferece, recuperando assim sua auto–estima. A psicoterapia corporal utiliza a massagem biodinâmica, exercícios respiratórios, relaxamento, que impulsionam e aumentam a percepção do ser humano conciliando corpo e mente em busca da saúde emocional. Tais Azevedo Psicóloga R: Jorge de Figueiredo Corrêa, 1334 – Taquaral – Campinas Fone: (19) 3256 -5488 atendimento@psicologoscampinas.com.br

www.psicologoscampinas.com.br


Página 12

Turismo Um dia para fugir do estresse há 60 quilômetros de Campinas

C

abreúva tem o nome originário de uma árvore conhecida pelos indígenas como Kaburé-Iwa (árvore da Coruja). O pequeno município localizado entre Jundiaí e Itu reserva passeios inesquecíveis para quem quer sair da correria do dia-a-dia e passar momentos mais que especiais. Margeando o Rio Tietê na Estrada Parque, entre Itu e Cabreúva, a primeira parada pode ser feita na Fazenda do Chocolate, que conserva construções antigas de 400 anos atrás, época de sua fundação. Como o próprio nome diz, no local, os visitantes acompanham o processo de fabricação do produto, passo a passo em uma estrutura montada para o turismo rural. Animais como lhama, avestruz, pavão, bode, pato, cavalo e galinha, dividem espaço com crianças e adultos, que na propriedade podem participar de cavalgadas e passeios pela fazenda. Spa nas alturas Chegando a Cabreúva, o visitante pode escolher passar o dia no Spa Recanto, tradicional e conhecido na cidade por estar em funcionamento há mais de 23 anos. O spa oferece uma alimentação balanceada e programação recheada de atividades físicas para quem quer cuidar da saúde e ganhar bem estar. Numa área de 125 mil metros quadrados, ficam distribuídas as dependências do spa que incluem piscinas aquecida e natural, qua-

dras de squash e tênis, campo de golfe, sala de jogos, cinema, academias, além do Espaço Zen composto por bangalôs instalados a 20 metros de altura na copa das árvores, onde os hóspedes fazem massagens, banhos e tratamentos estéticos e de relaxamento. Resort Em pleno centro da cidade, também é possível descansar no Hotel Cabreúva, um resort que ocupa uma área de 62 mil metros quadrados e conta com 54 suítes com capacidade para cerca de 200 pessoas. Entre as atividades programadas para os hóspedes, estão o passeio ecológico passando pela cachoeira Guaxinduva, tirolesa de 10 metros de altura, rapel, campo de batalha com obstáculos, além dos espetáculos encenados na Toca da Coruja. A proposta do hotel é o de oferecer laser para toda família com projetos como o da Casa da Colina, onde as crianças têm atividades de paintball, arco e flecha, tiro ao alvo e badminton. Doces caseiros Como lembrança deliciosa do passeio à Cabreúva, o visitante pode levar para a casa os irresistíveis doces caseiros Dona Maria. Na pequena loja montada na avenida principal da cidade, são vendidas queijadinhas, doce de figo, cocadas, doce de batata doce. Tudo feito artesanalmente e a preços que ficam em torno de 32 reais o quilo.

ASSESSORIA CONTÁBIL E TRIBUTÁRIA LTDA. Contabilidade em Geral, Assessoria Jurídica Desde 1984 Tel.: 19 3294-5454 Rua Dr. Cândido Ferreira de Camargo, 49/Cambuí - Campinas - SP

Visite nosso site: www.soma-assessoria.com.br


jornal100%vida-outubro