Page 1


O mundo é cinza. O céu é Negro. Os humanos predadores. Cultivam o desprezo. Esse é meu mundo. Essa é minha arte. Seres Pensantes. Convido-os a fazer parte... ilustrações:Red textos:Flay

Sejam bem vindos ao mundo da ilusão... Eu não possuo um nome e vocês também não. Apenas escutem e prestem atenção, a estas palavras que não lhes digo em vão. Todos serão felizes, a todo momento irão sorrir, dores e sofrimentos não irão existir. Futuro e humildade encontrarão aqui. Um rumo perfeito pelo qual seguir. Encontrem seus propósitos,sua razão para viver. Nesse mundo é tudo simples, será algo fácil de fazer. Abaixem suas armas,escondam seu orgulho. E parem para ver. O bom convivio que irão ter. Terão amor e compreensão. Sentimentos correspondidos e respeitados. Poderão ter dinheiro até mesmo parados. Não existirão alienados. Agora lhes digo para abrirem seus olhos... Tiremsuas próprias conclusões. Se é real ou não. Pois este é o mundo da ilusão.


Vácuo,em uma mente vazia reprimido. O medo eterno do desconhecido. Rejeição automática a evolução. Vinvendo em função do tempo, renegando suas mentes,jogando idéias ao chão. Sou o equilibrio natural observando sua vida,suas atitudes. Sua fome de saber Saciada por copos cheios de nada. ao fechar seus olhos, viaja em sua mente comum. desejando chegar ao longe. ser algo além de mais um. Sua falta de conhecimento , é confundida com escuridão. Sua alma chora por algo que não seja manipulação. não consegue raciocinar ou caminhar. Está em coma no vácuo. E não tem forças para acordar.

Agonia... Um presente não requisitado. Silêncio absoluto. Um caminho que não pode ser desviado. Um grito lançado ao vácuo na esperança de ser propagado... Olhos calados lançando reprovação. poucas palavras...pouca ação. Apenas... Agonia... O grito lançado da meia noite ao meio dia. Agonia... ruídos discretos não se escondem. no silêncio... Frio? Solidão... Mania. Atitude ortodoxa retida... Que vicia... Silêncio... Agonia... O tempo que separa. O terror da fantasia. O ponteiro que se cala. Transtornando a harmonia. O medo que exala... Propagando a agonia.


o vento sopra forte nas ruas vazias. tantas idéias,jogadas pelas esquinas o frio que nos invade o corpo. a chuva, que traz sempre o mesmo clima morto. o céu cinzento que traz tanta inspiração. o toque gelado do tempo nos tira a razão. os olhares do desprezo humano,algo que se torna tão comum. apenas pelo simples fato, de não sermos apenas mais um. sorrisos sinceros, seguindo sem direção. o mundo a volta não importa, quando se tem proteção o destino tão almejado,que por muitos não é alcançado. apenas sorrir,sem por isso ser cobrado. viver somente,sem nada esperar. não traçar planos, e a tudo contestar. dar a mão ao tempo, deixar tudo fluir. entregar-se a tudo aquilo, que sempre te faz sorrir. uma receita não sensata... incertezas contestadas... e uma vida.. abstrata.

Mundo em lamentação Humanos em destruição. Pensamentos profundos. Que invadem um coração. Poesia... idéias reprimidas tomando vida. Como falar estando calado. Como caminhar...Estando parado.

Adormecida Flor Cinza  

poesias e reflexões:Flay Ilustrações:Red