Page 1


Projeto

O projeto é criado com intuito de atrair o público com uma comunicação visual atraente, de forma criativa e informativa, para que o cliente faça a melhor escolha na hora da compra e tenha um alto grau de satisfação com a compra de um produto.


ConteĂşdo


Conceito

A comida fotografada serve para ser consumida com os olhos e para evocar desejos ocultos. Utilizaremos do “food pornâ€? para que esse objetivo seja alcançado.


v

food

PORN


F

ood porn é a definição para o styling e a captura fotográfica feita de forma exagerada de comidas. Assim nossos instintos básicos são ativados e cria-se um convite ao espectador para contemplar e consumir.


Conteúdo fotográfico

F

otografia é a forma que damos para a exposição dos produtos Mr. Cheney. Ela é o principal meio para chamar a atenção dos consumidores para evocar seus desejos. Mantendo os valores da marca em mente, o conteúdo fotográfico deve seguir um padrão de excelência para que o objetivo da plataforma de Digital Signage seja alcançada com sucesso, evitando ao máximo o uso de montagens. Os produtos em cada peça fotográfica devem estar bem apresentados. As preocupações principais devem ser: aparência de frescor, luz, sombra e textura, composição e cor e por fim, exagero.


Aspecto de frescor P

ara caminharmos juntos direcionados pela missão da Mr Cheney, é preciso que exista uma atenção especial a cada fotografia e seu tratamento. A aparência de frescor de cada produto Mr Cheney é essencial em cada peça. As fotos devem ter preferências por tons mais quentes e a saturação deve favorecer a aparência dos produtos em foco sempre. O ideal é que os produtos pareçam quentinhos e recém saídos do forno!

Nas figs. à dir. podemos notar a diferença entre a ideia de frescor através de saturação, contraste e temperatura. A mesma imagem pode passar diferentes ideias, por isso sempre deve-se buscar exaltar o frescor de produtos recém saídos do forno. As figs. a direita mostram um antes e depois de um leve tratamento onde a cor faz toda a diferença na hora de mostrar cookies e deixar eles ainda mais convidativos.


Luz, sombra e textura I

luminar uma foto de forma criativa vai amplificar toda a experiência de comer com os olhos. A importância de uma boa iluminação na hora da fotografia pode mudar o tom de uma foto de “um cookie delicioso” para uma foto de “ EU DESEJO COMER UM COOKIE!”. Devemos dar preferência para fotos que possuem fontes de luz que estão posicionadas acima, nas laterais e atrás de um determinado assunto, criando uma sensação maior de profundidade e realçando as texturas das massas, chocolates, recheios e toppings de cada produto Mr Cheney.

Na fig. abaixo, podemos ver a imagem de cookies frescos porém de uma foto que possui um tratamento fotográfico pobre deixando a foto com uma aparência “amadora” que deixa de ter o toque de desejo atrelado a imagem.

A luz vinda pelas laterais do assunto geram uma sensação de profundidade (junto ao desfoque de abertura da lente da câmera). Também é possível ver as sombras que realçam as texturas do sorvete e dos biscoitos usados nesta receita. Uma foto de dar água na boca.

Na fig. abaixo podemos notar como a luz realça a textura da massa do biscoito, do recheio que tem um aspecto mais pastoso e da cobertura que tem uma aparência de calda de chocolate líquida e muito saborosa!


Composição e cor N

a hora de chamar a atençaõ, uma boa composição e as cores adequadas vão ser os detalhes que fazem toda a diferença. As figuras utilizadas nos exemplos ao lado mostram os assuntos centralizados. O que dá grande destaque a harmonização da foto é a cor do plano de fundo que acentua ainda mais as cores em ambos os casos. Quando a foto do assunto não foi tirada em um plano zenital (visto de cima) cenário ideal é que se trabalhe em fundos que possuam cores complementares ou análogas ao que deve ser destacado no produto da foto. O contraste do produto com relação ao fundo também é de extrema importância. Para guiarmos os olhos de quem vai se deliciar com as fotos para os pontos de interesse da composição, é necessário que exista uma preocupação com esse contraste.


Exagero U

ma cópia de algo em um formato exagerado pode ser mais atraente que “a coisa real”. Essa afirmação vem de Deirdre Barrett, Ph.D em psicologia e seu estudo sobre “supernormal stimuli”. As figuras ilustrativas que vamos apresentar aos clientes Mr Cheney devem ser exageradamente deliciosas aos olhos, porém nunca devemos chegar ao ponto do absurdo. A ideia de exagero funciona extremamente bem com os materiais de cada assunto. As texturas dos produtos podem ter seus aspectos amplificados, dando assim um ar de exagero aos sabor. Uma cobertura de chocolate mais brilhante, pode dar um ar de mais doce. A preocupação com aparência de frescor em cada peça fotográfica deve se manter presente neste momento em especial. Recheios pastosos devem parecer frescos e evitar ao máximo a aparência de “um pouco endurecido”. Repetição pode trazer a ideia de exagero também. Ao invés de utilizar um cookie, por que não empilhar 4 cookies, cortados ao meio para chamar a atenção? Utilize o produto no fundo, um pote cheio de chocolate ou até mesmo alguns farelos ou gotas de chocolate espalhadas ao redor do assunto para dar esse ar de exagero.

Um cookie é bom, dois é melhor, cinco cookies empilhados enchendo a composição inteira é um exagero delicioso.


Exagero “Hmmmmmmmmm...”. A ideia de “transbordar e escorrer” traz uma sensação de exagero deliciosa, junto com uma calda de chocolate brilhante e doce, esse exagero vai dar água na boca de qualquer um.

Migalhas e ingredientes espalhados ao redor do assunto principal da peça fotográfica vão deixar a composição mais recheada de sabores.

O produto não vem apresentado em cima de um prato custom da Mr Cheney, ele está em cima da mesa e representa uma imagem ilustrativa do produto final.

N

o cenário ideal, em cada peça fotográfica cada um dos produtos deve conter mesma quantidade de cada igrediente que existe no produto final, com a exceção de ingredientes ao redor da mesa, espalhados e sem indicação que o produto oferecido na hora da compra vem servido com esses ingredientes (ver fig. à esq.). Ou seja, caso um cookie tenha aproximadamente 4 gramas de recheio, esses 4 gramas de recheio devem ser utilizados na produção da peça fotografada, estando dentro do cookie, na forma em que o produto é vendido, ou 4 gramas de recheio posicionadas na composição de forma estratégica, dando a aparência de um recheio exagerado. Para reforçar que cada peça é uma imagem ilustrativa o produto não deve estar apresentado na peça fotográfica exagerada da mesma maneira que é apresentado ao consumidor. Por exemplo, se o milkshake Malcheney vem servido em um copo em cima de um prato, na peça fotográfica exagerada ele deve estar em cima de um pano, papel manteiga ou posicionado direto em cima de uma mesa.


v

UGC

User Generated Content


User Generated Content

O

conteúdo criativo gerado pelos usuários de redes sociais pode ser uma ferramenta poderosa para conectar e gerar interação do público com o digital signage Mr Cheney, fortalecen vínculo entre a marca e o cliente. Através de uma filtragem, podemos obter conteúdo para ser usado nas telas e de extremo valor para a marca. Com o uso de uma hashtag, como por exemplo, #seébomnãotemproblema, podemos gerar umas ação interativa onde fotos de aparelhos celulares postadas no instagram, aparecerão nas telas do Mr Cheney. É interessante nesses casos, sortear ou premiar as fotos mais bonitas e gostosas com um produto, gerando ainda mais retorno da interatividade da marca.


v

UI/UX User Experience


Aplicativo interativo O

consumidor tem criado cada vez mais expectativas de melhores experiências com as marcas que existem no mercado. As gerações Y e Z são as mais exigentes em termos de informação e interatividade. Para atendermos essa necessidade, criamos para as filiais da Mr Cheney o aplicativo e jogo “Qual cookie foi feito para você?”. Neste jogo, o cliente tem múltiplas escolhas e através delas, ele chegará as opções vencedoras, podendo escolher dentre os produtos Mr Cheney qual vai comprar. Ao iniciar o jogo, o cliente deverá preenche sua idade e sexo, podendo trazer informações de demografia mais precisas sobre cada ponto de venda da Mr Cheney, fazendo com que um marketing mais direcionado possa ser feito em cada uma das filiais

“Disneybracket” um jogo digital criado para que você definisse através de disputa entre filmes qual o melhor filme da Disney.


Menu Boards U

ma simples ferramenta como um menu board digital não deve ser ignorado. O grande poder do Digital Signage está em ser utilizado para disponibilizar a informação certa, na hora certa, no local certo para a pessoa certa. Com isso em mente, os Menu Boards se tornam um recurso poderoso e de baixo custo para promoção e propaganda dos produtos e da marca Mr Cheney. Os menu boards devem ser o meio onde cada uma das informações dos produtos Mr Cheney estão expostas de forma clara e objetiva. Os menu boards podem auxiliar as vendas de maneira criativa. Promoções relâmpagos ou sazonais devem tirar proveito da forma centralizada de gerar conteúdo para todas as filiais da marca.


Tecnologia


LG - 86BH5C

86” (85.6” Diagonal) Ultra-Stretch Digital Signage Ultra HD Resovlution (3840 x 600) 58:9 Formato Ectended Wide 4 Divisões PBP Criação de Conteúdo Múltiplo


LG - 49VL5B

49” class (46.96” diagonal) Full HD Resolution (1920 x 1080) 16: 9 Formato Super Wide Borda Ultra Fina


Aplicações


Layouts

Full HD 1 Tela- 16:9 Formato padrão de monitores com conteúdo em 1920x1080.

Formato Vertical 9:16 O mesmo formato de um smartphone, pode ser utilizado para referênciar o mesmo com conteúdos que simulam aplicativos.

Ultrastretch ou 3 Telas- 48:9 O melhor formato para menu board e para apresentar os produtos na hora da decisão de compra.


Digital Signage - Mr Cheney  

Projeto criado para Mr Cheney, apresentando conteúdo em cima de formatos para melhor proveito do Digital Signage.

Digital Signage - Mr Cheney  

Projeto criado para Mr Cheney, apresentando conteúdo em cima de formatos para melhor proveito do Digital Signage.

Advertisement