Page 1

4

Saiba quem integra nossa chapa Guilherme Carvalho Diretor-Presidente Trabalha no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc). Mestre pela UFPR e doutor em Sociologia pela Unesp, formado em jornalismo pela UEPG. Foi diretor do Sindijor-PR na gestão 2006-2009.

Gustavo Henrique Vidal Diretor-Executivo Atua como jornalista nos sindicatos dos Servidores do Poder Judiciário e dos trabalhadores nos Correios do Paraná. Formado na Universidade Paranaense. Fez parte da última gestão do Sindijor-PR.

Célio Martins Diretor de Defesa Corporativa Editor de Mundo da Gazeta do Povo. Formado em Comunicação Social na UEL, trabalhou em várias empresas de comunicação, entre elas Folha de Londrina, Correio do Estado (Campo Grande), Folha de S. Paulo, TV Iguaçu e Gazeta do Povo.

Mauren Lucrecia Diretora de Cultura Correspondente do jornal O Paraná. Jornalista diplomada pela UP, pós-graduada em Educação em Valores Humanos, repórter da agência PautaSJP.com. Fez parte da última gestão do Sindijor-PR.

Wilson Soler Diretor de Saúde e Previdência Trabalha na RPCTV. Formado em jornalismo pela UFMS e bacharel em Direito pela UCDB, com MBA em Gestão Empresarial com Ênfase em Gestão de Pessoas (ISAE/ FGV). Fez parte da última gestão do Sindijor-PR.

Ismael de Freitas Diretor de Ação e Cidadania Atua como repórter e apresentador do programa DOC.COM, na Band TV Vila Velha, em Ponta Grossa. Formado em Jornalismo pela UEPG.

Júlio Carignano Diretor Adm. de Interior

Maigue Gueths Diretora-Financeira Trabalha na Folha de Londrina. Jornalista formada pela PUC-PR. Ex-presidente do Sindijor PR.

Ivonaldo Alexandre Diretor de Fiscalização do Exercício Profissional Trabalha na Gazeta do Povo. Jornalista e bel. em direito pela PUC-PR, pós em direito trabalhista, internacional e penal.

Pedro Carrano Diretor de Formação Jornalista do jornal Brasil de Fato. Graduado pela Tuiuti, realiza especialização em Economia Política pela UFES e Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF).

Pedro Serápio Diretor de Imagem Repórter Fotográfico da Gazeta do Povo e repórter Cinematográfico da TV Educativa “ÉParana”, gerente Operacional da Tv Educativa “EParaná. Formado em Jornalismo, na Tuiuti. Membro do Conselho Deliberativo da Arfoc e dirigente de gestões recentes do Sindijor-PR.

Ana Cecília de Souza Diretora Adm. Assessoria de Comunicação Assessora de imprensa da Sanepar. Formada pela UFPR, com Pós em Marketing pela FGV.

Blogueiro e assessor do Sinteoeste (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos do Ensino Superior do Oeste do Paraná), em Cascavel. Formado em jornalismo pela Unipar.

Cristiane Lebelem Diretora Adm. Professores e Estudantes Repórter da RICTV Record. Formada pela PUCPR, com especialização em Gestão de Processos Comunicacionais pela USP e Sociologia Política pela UFPR.

Fernando César Oliveira Diretor Adm. Institucional É jornalista da Assessoria de Comunicação da UFPR, graduado em jornalismo pela UFPR, especialista em Comunicação Política pelo Departamento de Ciências Sociais da UFPR. Fez parte da última gestão do Sindijor-PR.

Filipi Oliveira Diretor Adm. Esporte, Lazer e Eventos Repórter da Rádio CBN. Jornalista por formação, com graduação pela PUCPR e pósgraduação em Marketing pela UniFAE. É dono da F13 Comunicação.

Chapas das delegacias regionais que apoiamos: REGIONAL (SUBSEÇÃO) CAMPOS GERAIS CHAPA: CAMPOS GERAIS MAIS CIDADÃ Vice-Presidente Regional: Aline de Oliveira Rios Diretor Executivo: Manoel Moabis Diretor Financeiro: Jair Marques Diretor de Defesa Corporativa: Edson Gil dos Santos Diretor de Imagem: Antônio Anhaia Diretora de Ação para a Cidadania: Barbara Tostes Diretor de Cultura: Rodrigo Kwiatkovski Diretora de Formação: Hebe Gonçalves Diretor de Saúde e Previdência: Bem-Hur Demeneck Diretor de Fiscalização do Exercício Profissional: Odilmar Franco REGIONAL (SUBSEÇÃO) CASCAVEL CHAPA: PELA CLASSE, PELA CATEGORIA Vice-Presidente Regional: Luiz Henrique Haab Tesoureiro: Fábio Luiz Conterno Diretora de Cultura: Laís Laíny Diretor de Imagem: Ailton Santos Diretor de Comunicação: Dielson Kleber Pickler REGIONAL (SUBSEÇÃO) FOZ DO IGUAÇU CHAPA: DEFESA DA CATEGORIA Vice-Presidente Regional: Wemerson Augusto da Silva Pinheiro Diretoria de Ação para a Cidadania: Vilson Quintino de Oliveira Diretor de Saúde e Previdência: José Roberto Geremias Diretor de Defesa Corporativa: Alexandre Palmar Diretora de Cultura: Fernanda Regina da Cunha Diretor de Imagem: Nilton Acassio Rolin

Candidatos ao Conselho Fiscal que apoiamos: Roger Pereira (Vanguarda Política) Marcio Mirando (CBN) Maria Aparecida Bacaycoa de Ribeiro (RIC)

Jornalistas que já declararam apoio: Adir Nasser Júnior, assessor de imprensa da APP-Sindicato • Adriana Czelusniak, repórter da Gazeta do Povo • Adriano Rima, assessor de imprensa • Ana Bendlin, repórter da Tribuna do Paraná • Aniela Almeida, ex-repórter da Gazeta do Povo • Aurélio Munhoz, ex-diretor do Sindijor-PR • Ceres Battistelli, jornalista e assessora de imprensa • Claudio Stringari, jornalista na Central Press • Davi Macedo, jornalista do Sindipetro (PR/SC) • Diogo Tamoio, assessor da Unioeste e diretor do jornal Impacto Acadêmico • Elizabete Castro (Betinha), repórter do Vanguarda Política • Elson Faxina, jornalista da Secretaria de Estado da Justiça e professor da UFPR • Elza Oliveira, professora da Universidade Positivo • Emerson Castro, ex-presidente do Sindijor-PR • Erik Feitosa, ex-repórter da Band News e Educativa, hoje jornalista do IFPR e assessor da Profª Josete • Estela Matsumoto, jornalista de O Boticário • Euclides Lucas Garcia, repórter da Gazeta do Povo • Iloni Rodrigues, presidente da Associação dos Jornalistas de Cascavel • Izabel Tavares, jornalista da Izata Comunicação • James Alberti, jornalista da RPCTV • Evandro Fadel, repórter de O Estado de S.Paulo • Juliana Bannach, jornalista na Fiep • Júlio Tarnowski, jornalista na Rede Massa • Heliberton Cesca, repórter da Gazeta do Povo • Karlos Kohlbach, repórter da Gazeta do Povo • Lorena Nogarolli, jornalista na Central Press • Lorena Pellanda, repórter da Band News • Marcela Mendes, produtora da CBN • Marcos Rosa Filho, jornalista do PautaSJP.com • Márcio Rodrigues, atual presidente do Sindijor-PR • Maria Duarte, assessora do Ministério Público Estadual • Mário Messagi, ex-presidente do Sindijor-PR • Miguel Portela, repórter de O Paraná • Paulo Alexandre Oliveira, editor da Gazeta do Paraná • Paulo Porto Borges, repórter fotográfico e professor da Unioeste • Rafael Porto, repórter das rádios Transamérica e É-Paraná • Ralph Willians, coordenador do curso de Jornalismo da FAG • Rodolfo Stancki, repórter da Gazeta do Povo • Roger Pereira, repórter do Portal Terra e do site Vanguarda Política • Silvia Calciolari, assessora na Câmara dos Deputados • Silvio Rauth Filho, repórter do Jornal do Estado e ex-diretor do Sindijor-PR • Vinícius Boreki, repórter da Gazeta do Povo.

Nos dias 21, 22 e 23 de maio ocorre mais uma eleição para a direção do Sindicato dos Jornalistas do Paraná (Sindijor-PR). Nós, da chapa “Juntos somos mais fortes”, inscrita como chapa única, defendemos um sindicato forte e com a participação dos trabalhadores. É com este princípio que construímos propostas para fortalecer a representatividade dos jornalistas paranaenses e organizar a categoria. Com uma gestão participativa, queremos preparar novas mobilizações para avançar em direitos e fazer valer aqueles que têm sido desrespeitados. Dentre os principais desafios do próximo período está a inclusão de uma grande parcela de jornalistas distantes das condições previstas na Convenção Coletiva de Trabalho. É o caso de assessorias públicas, políticas e privadas, freelancers, funcionários de pequenos veículos, entre outros, que hoje constituem a maioria da categoria. Nas redações dos grandes veículos devemos nos contrapor à ação patronal que insiste no discurso de crise econômica para

reduzir os direitos dos jornalistas e demitir profissionais. Por fim, precisamos superar a crise da falta de postos de trabalho que acompanha a profissão nos últimos anos. Dentre as principais iniciativas, nesse sentido, está a luta pela regulamentação da profissão e da obrigatoriedade do diploma. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná é uma entidade respeitada pela sociedade. Tem mais de 4 mil trabalhadores sindicalizados. Suas mais recentes direções têm sido marcadas pelo compromisso com a defesa dos trabalhadores e com a democratização da mídia. Nós, jornalistas paranaenses, acreditamos que juntos somos mais fortes. É possível superar estes desafios, colaborando para fazer um sindicato cada vez mais representativo. Para isso, defendemos um Sindijor-PR aberto para a participação de todos, comprometido com os interesses coletivos e com a luta por uma sociedade mais justa. Nestas eleições contamos com seu apoio e seu voto.

Acesse: sindijorpr2012.blogspot.com www.facebook.com/JornalistasParanaenses

twitter.com/Chapa1Sindijor


2

3

1. Acompanhar sistematicamente e adotar medidas judiciais em casos de contratações irregulares; 2. Desenvolver uma campanha, com apoio de outras entidades, contra a “pejotização” da profissão (adotada por um número cada vez maior de empresas, que exigem dos jornalistas a abertura de cadastro de Pessoa Jurídica, desprezando os direitos trabalhistas conquistados); 3. Combater o acúmulo e desvio de função sem a devida remuneração; 4. Mobilizar a categoria para exigir que empresas estatais instituam o registro da função de jornalista; 5. Acompanhar de perto as condições de proteção e segurança dos profissionais no dia-a-dia de trabalho; 6. Abrir negociações com as empresas para implantação de planos de saúde aos jornalistas e vale-refeição; 7. Intensificar nossa campanha pela reposição do poder aquisitivo dos jornalistas, com aumento real sobre o piso salarial da categoria; 8. Prestar serviços de forma ágil e eficiente aos jornalistas de todo Paraná; 9. Reforçar o movimento nacional dos jornalistas pela aprovação no Congresso Nacional do projeto que estabelece a exigência de formação superior em Jornalismo para o exercício da profissão; 10. Lutar pela regulamentação da atividade de assessoria de imprensa; 11. Melhorar o atendimento às demandas dos jornalistas que atuam no interior; 12. Buscar aproximação com os estudantes, centros acadêmicos, jornalistas recémformados e professores de comunicação social, promovendo o diálogo e formação de qualidade da categoria.

Conheça nossas principais propostas na DIRETORIA EXECUTIVA - Trabalhar pela melhoraria a infraestrutura do nosso sindicato: desde a composição de um fundo financeiro para aquisição de uma sede própria, no futuro, até a melhoria das instalações do atual prédio e manutenção dos equipamentos que dispomos; - Implantar um cadastro eficiente de jornalistas, com atualização online pelo próprio sindicalizado. O que propõe inclusive a melhor visualização de um Banco de Curriculum para freelas; - Regularização do comodato da sede do sindicato. na DIRETORIA DE FINANÇAS - Promover campanhas de filiação, e regularização de contribuições sindicais. - Trabalhar pelo uso eficiente dos recursos e parcerias, promovendo sempre atransparência e equilibrio das finanças. na DIRETORIA DE DEFESA CORPORATIVA - Assegurar aos jornalistas o direito a denunciar violações dos direitos trabalhistas, criando canais de diálogo e esclarecimentos sobre assédio moral, convenção coletiva, bem como exigir que os direitos de remuneração e carga horá-ria já estabelecidos sejam cumpridos. - Acompanhar os processos internos como escolha de representantes da CIPA; planos de cargos e salários. - Intensificar os trabalhos para antecipar de outubro para 1º de Maio a data-baseanual da categoria. - Efetivar as organizações por local de trabalho, também buscando participação ativa dos jornalistas sobre as demandas para a negociação da convenção coletiva.

na DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO - Intensificar o acompanhamento Jurídico do Sindicato nas questões de contratações irregulares. Assegurando no mercado a remuneração pelo piso e carga horáriada categoria, respeitando a CLT, e desarticulando propostas de contratação via pessoa jurídica, que tem excluído os direitos trabalhistas dos jornalistas. - Incluir cláusula na Convenção Coletiva de Trabalho para impedir que empresas contratem jornalistas como Pessoa Jurídica para se livrar o pagamento de direitos trabalhistas e denunciar as infrações à Delegacia Regional do Trabalho e aoMinistério Público - Trabalhar pelo registro de função dos jornalistas que empresas estatais. - Manter a política de defesa do diploma, rejeitando a concessão de novos provisionamentos. - Combater o acúmulo de função sem a devida remuneração . - Negociar a situação dos web jornalistas (jornalista multimídia). - Maior rigor na fiscalização de assessorias de imprensa, pela manutenção dos direitos e caracterísitcas da função. - Assegurar a liberdade de imprensa e expressão à sociedade, trabalhando nafiscalização e combate de veículos forjados com fins distorcidos da função de comunicação social. na DIRETORIA DE SAÚDE E PREVIDÊNCIA - Exigir a proteção e segurança dos profissionais no desempenho de suas atividades, com a devida melhoria das condições, instalações, local de trabalho e medidas mínimas de segurança, bem como trabalhar com campanhas de informação sobre prevenção de acidentes de trabalho e doenças recorrentes das funções jornalísticas.

- Negociar com as empresas a implantação de planos de saúde aos jornalistas. - Viabilizar, por meio do sindicato, plano de saúde para filiados. - Acompanhar os casos e produzir relatório anual de violência contra os jornalistas paranaenses. - Fiscalizar as empresas para verificar se há e como atuam os médicos do trabalho e a CIPA. - Trabalho sistemático de combate ao assédio moral, que desencadeiam doenças e afastamentos. - Combate aos excessos na jornada de trabalho, carga de trabalho, acúmulo de pautas. na DIRETORIA DE IMAGEM - Combater rigorosamente os desvios de funções – repórteres cinematográficos atuando como cinegrafistas. Realizar campanha direcionada aos profissionais de imagem, estimulando-os a obter registro de repórter fotográfico e cinematográfico. - Ampliar a parceria com a Arfoc. - Promover eventos em escolas para estimular a valorização dos profissionais de imagem. - Fiscalizar e o direito a crédito de ilustradores, infografistas e diagramadores, promovendo também campanha de registros destes profissionais junto ao sindicato. - Manter a avaliação semestral para registro profissional de repórteres fotográficos e cinematográficos - Trabalhar pela regularização dos profissionais paginadores como jornalistas. na DIRETORIA DE AÇÃO E CIDADANIA - Desenvolver ações de mobilização Pró-Conferência Nacional de Comunicação. - Participar ativamente da Coordenação dos Movimentos Sociais.

- Intensificar a defesa da democratização dos meios de comunicação. - Rever a participação na TV Comunitária – produção de programa próprio. na DIRETORIA DE CULTURA - Aprimorar os eventos: Prêmios Sangue Bom, Prêmios e Seminário Sangue Novo e Churrasco do Sindijor-PR. - Intensificar a realização de eventos esportivos, como campeonatos de futebol e outros. - Buscar a ampliação do acervo da biblioteca e outros meios de informação, disponíveis pelo sindicato. - Estreitar o apoio às mostras organizadas pela Arfoc. - Estabelecer novos convênios na área cultural: cinema, teatro, provedores de internet, revistas, jornais e livrarias. na DIRETORIA DE FORMAÇÃO - Estimular o interesse pelas questões de defesa profissional, promovendo cursos de formação nos locais de trabalho para representantes e dirigentes sindicais. - Estabelecer convênios com instituições de ensino para cursos de extensão e pósgraduação aos sindicalizados. - Trabalhar na ampliar o acervo do sindicato e organização do patrimônio doarquivo de trabalhos inscritos no Sangue Bom. na PRESIDÊNCIA do SINDIJOR-PR - Vamos acompanhar as ações da Fenaj sobre a regulamentação da profissão, a comissão do MEC sobre o currículo acadêmico e número de vagas do curso de jornalismo, fortalecendo a defesa do diploma. - Unificar o jornalismo paranaense, estreitando as

relações com os jornalistas do interior e do litoral. - Retomar a realização do Congresso Estadual dos Jornalistas. - Promover uma gestão colegiada e participativa do Sindicato. - Propor a reforma do estatuto, trazendo as novas realidades da profissião. na DIRETORIA ADMINISTRATIVA - PROFESSORES E ESTUDANTES - Vamos intensificar a aproximação com docentes por meio do Fórum dos Professores. - Trabalhar para melhorar a participação do Sindijor-Pr em eventos de formaçãonas faculdades, ampliando o contato dos acadêmicos com o dia-a- dia da profissão. - Retomar o projeto de montar a Secretaria Estudantil dentro do Sindijor-PR. - Supervisionar a concessão de estágio, e promover a présindicalização do estudante. profissional. - Retomar o Ciclo de Ideias, com palestras de profissionais, ampliando o diálogo entre profissionais e universidades, fortalecendo a formação acadêmica dos jornalistas. na DIRETORIA ADMINISTRATIVA - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO E IMPRENSA - Trabalhar na regulamentação da atividade de assessor. - Reativar o Núcleo de Assessoria de Imprensa no sindicato. - Retomar a negociação pela convenção coletiva para a categoria.

- Incentivar empresas e órgãos públicos a contratar jornalistas como assessores de imprensa. - Retomar a realização do Encontro Estadual de Assessores de Comunicação. na DIRETORIA ADMINISTRATIVA - COMUNICAÇÃO SOCIAL - Ampliar significativamente os espaços do Sindijor na mídia. - Produzir um jornal mural a ser veiculado nas redações e assessorias de imprensa. - Reformular o site e o blog do Sindijor-PR na internet. - integrar e unificar e planificar a comunicação com os jornalistas, promovendo participação ativa de todos. na DIRETORIA ADMINISTRATIVA – INTERIOR - Discutir com os jornalistas locais a criação de novas regionais. - Estudar a criação de sede física das regionais já existentes. - Criar convênio com escritórios trabalhistas onde funcionam regionais do Sindijor-PR. - Elaborar um calendário anual de visitas para ouvir a categoria e suas reivindicações na DIRETORIA ADMINISTRATIVA – INSTITUCIONAL - Estreitar relações com os demais sindicatos de jornalistas do país e também de outras categorias de trabalhadores. - Fazer levantamento das associações de jornalistas no Paraná, promovendo diálogo com o pares para fortalecimento da profissão.

Confira mais: sindijorpr2012.blogspot.com.br www.facebook.com/JornalistasParanaenses twitter.com/Chapa1Sindijor sindijorpr2012@hotmail.com

Jornal da chapa "Juntos somos mais fortes"  

Informativo