Issuu on Google+

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DO COLABORADOR Cultura, a TV que faz bem!


Bem Vindo a Bordo!

2


Introdução Agora você é o mais novo colaborador da Fundação Padre Anchieta - Centro Paulista de Rádio e Televisão Educativas , o que é muito importante para nós! Para um convívio harmonioso e comprometido entre todos desta grande família, você será integrado a nossa cultura por meio deste manual e de algumas palestras ministradas pelo departamento de comunicação, além é claro, de orientações de colegas de trabalho e encarregados de suas respectivas áreas. O presente manual tem por objetivo mostrar-lhe nossa cultura e como funciona nossa estruturação em tão diversas áreas. Aqui você encontrará soluções para diversas duvidas que possa ter sobre nossa instituição, tal como, benefícios, normas, responsabilidade... Leia-o com o devido respeito, conheça seus direitos e seus deveres e proteja o manual ele será seu por toda a jornada na instituição. Desejamos-lhe bons ares nessa nova jornada que empreende junto conosco, e estaremos sempre à disposição quando necessitar!

Seja muito bem-vindo! São Paulo, setembro de 2009.

Jéssica Raquel Batista Lima

Paulo Markun

Diretora de Comunicação

Presidente da Fundação Padre Anchieta - Centro Paulista de Rádio e Televisão Educativas

3


Um Pouco de Nós A Fundação Padre Anchieta - Centro Paulista de Rádio e TV Educativas, instituída pelo governo do Estado de São Paulo em 1967, é uma entidade de direito privado que goza de autonomia intelectual, política e administrativa. Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos própri os obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá -Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM. Por inspiração de seus fundadores, as emissoras de sinal aberto da Fundação Padre Anchieta não são nem entidades governamentais, nem comerciais. São emissoras públicas cujo principal objetivo é oferecer à sociedade brasileira uma informação de interesse público e prom over o aprimoramento educativo e cultural de telespectadores e ouvintes, visando a transformação qualitativa da sociedade. A Fundação Padre Anchieta tem como baliza o artigo terceiro do seu estatuto, que define como missão a defesa e o aprimoramento integral da pessoa humana, por meio de sua formação crítica para o exercício da cidadania, valorizando sempre os bens constitutivos da nacionalidade brasileira, no contexto da compreensão dos valores universais. No plano mais geral, todo o trabalho procura respeitar os artigos 220 a 224 da Constituição Federal, que determinam às emissoras de rádio e televisão dar prioridade a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas; promovendo a cultura nacional e regional e estimulando a produção independente. O respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família são premissas incontornáveis, bem como a garantia de prioridade para o trabalho de profissionais brasileiros na execução das produções televisivas e radiofônicas. Reza ainda a Constituição que a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, não sofrerão qualquer restrição, que não pode haver dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística e que é vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística. Numa TV pública como a Cultura, isso se materializa na independência e autonomia em relação a governos, partidos,

4


correntes, tendências, grupos políticos, artísticos, cultura is e religiosos. Ouvintes e telespectadores - determina ainda nossa Carta Magna - devem ter à disposição, meios para colocar em xeque programas que contrariem suas normas. A Fundação dará apoio à produção independente, aos programas regionais e à exibição de obras cinematográficas brasileiras pela TV, apresentando-se alternativa concreta ao modelo centralizado e vertical de produção da mídia eletrônica. A programação de suas mídias será eminentemente cultural, educativa, informativa, artística e inovadora . Não será comercial, nem terá fins lucrativos; enfatizará o compromisso com a sociedade e não com o mercado. Não será utilizada para promoção pessoal, de causas religiosas, comerciais ou partidárias; dará visibilidade e voz às minorias, buscando apoiar processos de inclusão social. Estará sempre comprometida com a veracidade, trabalhando no sentido de universalizar o direito à informação e à comunicação. Educação, cidadania e serviços, dramaturgia, cultura e arte, música, meio ambiente, juventude e infância e jornalismo são nossas prioridades. A Fundação vai abrir espaço para a experimentação, buscando novas linguagens e formatos, em favor da solidariedade, da democracia e da paz, para assim expressar a diversidade brasileira, socializando a produção do con hecimento e fortalecendo a causa da televisão pública.

5


Cultura de Recursos Humanos Nossos objetivos são: 1. Proporcionar um ambiente de trabalho harmonioso, onde os funcionários sintam prazer em trabalhar e encontrem reconhecimento e segurança, de modo qu e possam se desenvolver profissional e pessoalmente. 2. A Fundação Padre Anchieta oferece treinamento adequado, proporcionando, sempre que possível, o aproveitamento interno no preenchimento das vagas existentes e oferecendo salários e benefícios compatíveis com o merecimento do funcionário. A Fundação Padre Anchieta entende que estas são a principal maneira de um profissional obter, com seu trabalho, satisfação pessoal e recompensa material, ao longo do tempo. A Política de Recursos Humanos da Fundação Padre Anchieta é executada por meio de seu Departamento de Recursos Humanos – DRH. A Fundação é aberta a quem considera a cultura como fator primordial à formação e desenvolvimento do cidadão e que esteja em busca de uma colocação profissional.

6


Centro de Aprendizado e Aperfeiçoamento O Centro de Aprendizado é um composto de recursos físicos (instalações, equipamentos, pessoal, etc.) e organizacionais (programas de treinamento, cursos, intranet, etc.). Os cursos dividem-se em duas categorias:

● Presenciais: Ministrados nos sets ou auditórios da TV Cultura por professores treinados na cultura da instituição ou por funcionários de carreira. ● Distância: Ministrados por técnicas de e -learning, utiliza-se de computadores, softwares, intranet, geral mente ministrados a funcionários em locais distantes da sede ou a colaboradores convidados.

7


Recursos Humanos, Salários e Bonificações Administração de Cargos e Salários A Fundação possui uma cultura de estruturação de cargos e salários movida por sistemas modernos de técnicas administrativas. Por meio de pesquisas periódicas efetuadas pelo departamento de comunicação e do de Recursos Humanos analisamos os valores e salários procurando o equilíbrio sobre os diferentes cargos de quadro de pessoal da instituição, sempre equilibrando o obtido a média de mercado.

Departamento de Pessoal Neste departamento ficam-se os registros de nossos colaboradores, tal como benefícios e utilidades fornecidas pela Fundação, aplica-se também aqueles decorrentes da legislaç ão vigente.

Remuneração e Benefícios O salário é creditado em conta bancária e realizado duas vezes por mês, da seguinte forma: No dia 20, o adiantamento quinzenal que compreende: 40% do salário, e, deduzido o Imposto de Renda na Fonte, se houver. O sald o restante é creditado no dia 5 do mês seguinte, com os demais descontos legais. Quando o

8


dia 5 ou 20 não for dia útil, o pagamento será antecipado para o dia útil anterior.

FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço Mensalmente a Fundação deposita o equivalente a 8% dos vencimentos mensais em conta vinculada ao colaborador na CEF – Caixa Econômica Federal. O saldo é corrigido mensalmente e você poderá utilizá-lo conforme legislação específica.

Férias + 1/3 Após 12 meses de serviço, o funcionário terá direito a férias que deverão ser concedidas, a critério da empresa, nos 12 meses subsequentes ao período aquisitivo.

9


Adiantamento de 13º Salário Por ocasião do gozo das férias, entre os meses de janeiro e novembro de cada ano, caso o empregado ten ha solicitado, receberá metade do salário como adiantamento de 13º salário.

Licença-Maternidade A funcionária gestante terá direito a uma licença de 120 dias. Durante este período receberá seu salário integral e os devidos benefícios, contudo com os descontos devidos.

10


Salário Família Beneficio concedido pela Fundação em parceria com patrocinadores públicos-privados concedido ao funcionário com filhos de até 14 anos de idade ou inválidos, sendo as condições estabelecidas pelo INSS.

Vale Transporte O Vale Transporte é concedido ao funcionário que utiliza o sistema de transporte coletivo para deslocamento da residência ao trabalho e vice-versa.

11


Ausência Legal ● 2 dias corridos nos casos de falecimento do cônjuge, de familiares (pai, mãe, filhos, sogro, sogra, etc.); ● 5 dias corridos em virtude de casamento; ● 5 dias corridos nos casos de nascimento de filho (ao pai); ● 3 dia por ano para doação de sangue, devidamente comprovada; ● 2 dias para o fim de alistamento eleitoral; No período de tempo em que tiver que cumprir as exigências do serviço militar;

Assistência Médico-Hospitalar A Fundação mantém convênios com entidades especializadas em assistência médica, com extensa rede de ambulatórios e hospitais em todo o país. Em caso de locais não abrangidos pelo convênio você será reembolsado

12


pelas despesas realizadas em clínicas ou consultórios, somente nos atendimentos de emergência e desde que compatívei s com o padrão de atendimento do convênio médico da empresa .

Auxílio-alimentação A Fundação paga mensalmente uma importância equivalente ao valor de 150% de uma cesta básica estipulada pelo Estado (FIP) sob a forma de tíquete alimentação. Esse benefício também é concedido a funcionários em férias, licença maternidade e para os afastados por doença ou acidente de trabalho, salvo se o período de afastamento for superior a 180 dias.

Medicamentos Os medicamentos receitados médico da Fundação, ou

ao

funcionário

pelo

serviço

pela rede conveniada, são fornecidos gratuitamente (este benefício não é concedido aos dependentes de funcionários.). 13


Restaurantes A Fundação conta em sua sede em São Paulo de restaurante próprio, controlado por empresa especi alizada, que garante o fornecimento de refeições de qualidade a custo simbólico. Aos funcionários das filiais é fornecido ―tíquete restaurante‖ no valor condizente com a refeição oferecida pelo nosso restaurante.

Seguro de Vida Participativo A participação nesse plano é facultativa. O custo desse benefício é dividido em partes iguais entre a Fundação e o funcionário, que fica permanentemente coberto, dentro de um certo valor, nos casos de morte e invalidez parcial ou total, propiciando, desse modo, um pouco mais de segurança e tranquilidade à sua família. Caso haja interesse procure o Departamento de Pessoal.

14


Plano de Sugestões Todo funcionário pode participar dos planos e idéias da Fundação, dando suas sugestões. Caso sejam aprovadas pela comissão de administração o funcionário receberá uma importância em dinheiro proporcional ao seu salário, para maiores informações procure o Departamento de Planejamento.

Cesta de Natal No final do ano você receberá uma Cesta de Natal com cumprimentos da Superintendência.

15


Adiantamento de salário (Empréstimo) A concessão de adiantamento de salário (empréstimo) somente será feita em casos de emergência comprovada, após análise da Superintendência.

Jornada de Trabalho A Fundação mantém, para algumas áreas de trab alho, o sistema de horário flexível. Seu horário de trabalho e intervalo para almoço está vinculado ao local onde você trabalha.

16


Normas de Trabalho Registro Ao ser admitido na Fundação, registradas no seu prontuário.

várias

informações

são

Qualquer alteração dessas informações, como mudança de endereço, estado civil, nascimento de filhos e conclusão de cursos, deverão ser comunicadas ao Departamento de Recursos Humanos.

Registro de ponto A Fundação possui cartão de ponto, contudo o uso é eventual, devido à natureza da cultura da fundação, porém não seja descuidado com este benefício.

17


Faltas e atrasos Se necessário faltar avise com antecedência seu superior ou o departamento de Recursos Humanos, na impossibilidade de aviso antecipado, avise tão logo possa. Faltas não justificadas trazem prejuízos para a Fundação e para você, tal como produtividade e salário. Em caso de doença não esqueça o atestado médico.

Segurança do trabalho - CIPA A Fundação não possui nenhum serviço que ponha em risco real a vida de você colaborador, contudo possuímos um departamento de segurança do trabalho, atrelado a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), que atenta para a saúde física e mental de seus colaboradores, bem como a segurança destes na instituição, caso tenha interesse em participar ou saber mais procure o representante da CIPA em seu departamento.

18


Suas Responsabilidades Como dentro da sua família você possui responsabilidades e deveres, aqui nesta nova família não é diferente, você entra nesta casa com normas que quando aceitas e seguidas por todos somente beneficiam o convívio o tornando mais harmonioso.

Sigilo Tudo que se elabora na Fundação deve ser mantido para seus pares, temos confiança em você, segredos e acontecimentos ficam em família, certo? E aqui também deve ser assim.

19


Atendimento Não importa se é o faxineiro, porteiro, supervisor, jornalista, cliente, apresentador, diretor ou o próprio Presidente da Fundação, todos devem e merecem o devido respeito.

Documentação Mantenha sempre atualizado o departamento de pessoal sobre particularidades importantes para a empresa, tal como: endereço, estado civil, filhos, cursos... Sua Carteira de Trabalho deve ser mantida sempre atualizada ela reflete a vida profissional e pode ser útil a qu alquer momento.

20


Fumantes Em obediência a lei instituída no estado de São Paulo pelo governador José Serra, é proibido fumar nas dependências da instituição.

Apresentação Pessoal O colaborador reflete a instituição, e isso é um ponto chave, a Fundação não exige traje social completo, contudo temos uniformes e na falta dele utilize de roupas adequadas ao seu ambiente de trabalho, zelando pela aparência e higiene pessoal.

21


Comércio O comércio de roupas, doces, jóias, cosméticos, etc., são vedados dentro das dependências da instituição, contudo, é permitido dentro do grêmio esportivo.

Uso dos Recursos Os recursos da Fundação estão dimensionados para atender suas necessidades funcionais, integrar colaboradores, reduzir custos e melhorar a eficiência dos processos. Portanto, utilize-os de forma consciente.

Preservação do material e equipamentos Confiamos a você: maquinas, computadores, armários, telefones e todo material necessário para o prosseguimento de seu serviço, cuide bem de tudo isso, pois eles muito mais que patrimônio da Fundação é o patrimônio de você colaborador. Caso note algum problema ou defeito contate de momento o departamento responsável. Contamos com você para cuidar, guardar e cobrir, quando for o caso, seus equipamentos antes de sair do local de trabalho.

22


Quando em reportagem ou quaisquer outros serviço fora da Fundação é de sua responsabilidade os equipamentos. É vetado que se retire equipamentos da Fundação sem prévio consentimento e autorização do departamento responsável.

Evite o desperdício Desperdícios causam custos indevidos à instituição, e isso não é bom nem pra ela nem para você, seja consciente, a Fundação e o Mundo agradecem. Ações simples que podem mudar tudo: 1. Imprima dos dois lados do papel 2. Imprima o mínimo possível 3. Não pegue comer

o

que

não

poderá

4. Não deixe a torneira ligada 5. Economize copos plásticos

Conservação do Ambiente A sala, departamento, set, etc., é seu espaço conserve-o, mantenha-o limpo, auxilie os funcionários da limpeza e da manutenção.

23


Nas salas pessoais é permitido mexer na decoração — com bom-senso —, criar plantas, bem como colocar quadros, diplomas e fotos.

Tecnologia da Informação ● O arquivamento de material particular é proibido nos equipamentos de uso comum da Fundação. ● Nas estações de trabalho é permitido arquivar material particular, contanto que isso não atrapalhe o funcionamento normal da maquina e a produtividade do funcionário. ● E-mail, Messenger, sites de relacionamento e afinidades são permitidos desde que utilizados com o devido bom-senso.

24


Canais de Comunicação A Fundação tem como meta principal manter boas relações com seus colaboradores, por meio da cooperação e harmonia em todos os níveis da instituição.

A Fundação assegura ao colaborador o Direito de sugerir soluções e maneiras a Agir com determinados problemas ou mal entendidos, melhorando as condições de trabalho e fomentando a liberdade e colaboração.

Os canais para isso são: Departamento de Comunicação, Assessoria da Superintendência, Caixa de Sugestões, Intra net, Recursos Humanos e Direção de cada Departamento.

25


Agradecimentos Confiamos em você e em seu potencial! Quando escolhemos você, foi porque você possui as características e qualidades de excelência para participar de nossa família. Temos a certeza de que você tem capacidade e não terá dificuldades para adaptar-se a nós, mas caso venha a ter, saiba que terá o apoio de cada colaborador aqui. A partir de agora, você é o mais novo patrimônio desta Fundação e como tal tem muito valor a ela! Seja bem-vindo e boa sorte nesta caminhada conosco!

Fundação Padre Anchieta Centro Paulista de Rádio e Televisão Educativas Radio e TV Cultura

26


Manual de Integração