Page 1

CasadopãodequeijoAccorBluePinkSkillReidoMateEmagrecentroRedBaloonTopMovieTramitUnifl oraSOSQualityCleanersSuafranquiaaStruturaTSATribodospésUnimedBoTimesservicesfranchisin gTennisOneUniversidadecoorporativaAllParmegianaAcquaZeroALPSElephanteHouseDumondE mpórioNakaLeChocolatierMapleBearMerceariaFederalInvestFormareOficinaBrasilHabib’sHertzI ceMellowGenialBooksHokenInternationalKopenhagenLaBasqueProCleanLigLigMicrocampLavass ecoItBeachMicrolinsGrupoMultLePosticheMontanaGrillKumonOdontoClínicProjetaCursosPBFQu iosqueChoppBrahmaSamelloScadaCaféDivinoFogãoSorridentesTantraRestauranteTheHouseUnio rtoUNSIdiomasCasadopãodequeijoAccorBluePinkSkillReidoMateEmagrecentroRedBaloonTopMo vieTramitUnifloraSOSQualityCleanersSuafranquiaaStruturaTSATribodospésUnimedBoTimesserv icesfranchisingTennisOneUniversidadecoorporativaAllParmegianaAcquaZeroALPSElephanteHou seDumondEmpórioNakaLeChocolatierMapleBearMerceariaFederalInvestFormareOficinaBrasilH abib’sHertzIceMellowGenialBooksHokenInternationalKopenhagenLaBasqueProCleanLigLigMicr ocampLavassecoItBeachMicrolinsGrupoMultLePosticheMontanaGrillKumonOdontoClínicProjeta CursosPBFQuiosqueChoppBrahmaSamelloScadaCaféDivinoFogãoSorridentesTantraRestaurante TheHouseUniortoUNSIdiomasCasadopãodequeijoAccorBluePinkSkillReidoMateEmagrecentroRe dBaloonTopMovieTramitUnifloraSOSQualityCleanersSuafranquiaaStruturaTSATribodospésUnim edBoTimesservicesfranchisingTennisOneUniversidadecoorporativaAllParmegianaAcquaZeroALP SElephanteHouseDumondEmpórioNakaLeChocolatierMapleBearMerceariaFederalInvestFormar eOficinaBrasilHabib’sHertzIceMellowGenialBooksHokenInternationalKopenhagenLaBasqueProC leanLigLigMicrocampLavassecoItBeachMicrolinsGrupoMultLePosticheMontanaGrillKumonOdont oClínicProjetaCursosPBFQuiosqueChoppBrahmaSamelloScadaCaféDivinoFogãoSorridentesTantr aRestauranteTheHouseUniortoUNSIdiomasCasadopãodequeijoAccorBluePinkSkillReidoMateEm agrecentroRedBaloonTopMovieTramitUnifloraSOSQualityCleanersSuafranquiaaStruturaCasadop ãodequeijoAccorBluePinkSkillReidoMateEmagrecentroRedBaloonTopMovieTramitUnifloraSOSQ ualityCleanersSuafranquiaaStruturaTSATribodospésUnimedBoTimesservicesfranchisingTennisO neUniversidadecoorporativaAllParmegianaAcquaZeroALPSElephanteHouseDumondEmpórioNak aLeChocolatierMapleBearMerceariaFederalInvestFormareOficinaBrasilHabib’sHertzIceMellowG enialBooksHokenInternationalKopenhagenLaBasqueProCleanLigLigMicrocampLavassecoItBeach Sua revista de franquias na internet MicrolinsGrupoMultLePosticheMontanaGrillKumonOdontoClínicProjetaCursosPBFQuiosqueCho ppBrahmaSamelloScadaCaféDivinoFogãoSorridentesTantraRestauranteTheHouseUniortoUNSIdi omasTSATribodospésUnimedBoTimesservicesfranchisingTennisOneUniversidadecoorporativaAl lParmegianaAcquaZeroALPSElephanteHouseDumondEmpórioNakaLeChocolatierMapleBearMer ceariaFederalInvestFormareOficinaBrasilHabib’sHertzIceMellowGenialBooksHokenInternational KopenhagenLaBasqueProCleanLigLigMicrocampLavassecoItBeachMicrolinsGrupoMultLePostich eMontanaGrillKumonOdontoClínicProjetaCursosPBFQuiosqueChoppBrahmaSamelloScadaCaféDi vinoFogãoSorridentesTantraRestauranteTheHouseUniortoUNSIdiomasCasadopãodequeijoAccor BluePinkSkillReidoMateEmagrecentroRedBaloonTopMovieTramitUnifloraSOSQualityCleanersSu afranquiaaStruturaTSATribodospésUnimedBoTimesservicesfranchisingTennisOneUniversidadec oorporativaAllParmegianaAcquaZeroALPSElephanteHouseDumondEmpórioNakaLeChocolatier MapleBearMerceariaFederalInvestFormareOficinaBrasilHabib’sHertzIceMellowGenialBooksHok enInternationalKopenhagenLaBasqueProCleanLigLigMicrocampLavassecoItBeachMicrolinsGrup oMultLePosticheMontanaGrillKumonOdontoClínicProjetaCursosPBFQuiosqueChoppBrahmaSam elloScadaCaféDivinoFogãoSorridentesTantraRestauranteTheHouseUniortoUNSIdiomas


Arte: Fractais – Por Joe Clarck

Fractal é um objeto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao objeto original. Diz-se que os fractais têm infinitos detalhes, são geralmente autossimilares e independem de escalas. http://pt.wikipedia.org/wiki/Fractal


SAMELLO cresce a passos largos no mercado de franquias. A Samello, marca referência em calçados masculinos, que há mais de oito décadas atua no setor calçadista, comemora o sucesso da empresa com a expansão de lojas através do sistema de franchising. Estudos da ABF - Associação Brasileira de Franchising - revelados neste ano apontam que, impulsionado pelo aquecimento da economia brasileira, o sistema de franchising no Brasil superou as expectativas e atingiu a margem de crescimento de 20,4% em 2010. O faturamento total das empresas que atuam sob o modelo de negócio alcançou a marca de R$ 76 bilhões. O montante representa 2,1% do PIB brasileiro no ano passado. O panorama econômico do Brasil revela que 49% da participação e ascensão da classe C no mercado impulsionaram a evolução deste cenário econômico.

A revista digital Guia de Franquias é uma publicação semanal de divulgação de matérias veiculadas no site www.guiadefranquias.com. Editor Responsável Fernando SantAnna Borba Diagramador Tuca Lopes Contribuíram nesta edição: Lilica Cesar de Mattos - A. I. Renata Castro - Andreoli MS&L Brasil - A. I. Cláudia Gonçalves - Atitude Press - A. C. Flávia Arakaki – Ex-Líbris – A. I.

Contato: contato@guiadefranquias.com Comercial: fernando@guiadefranquias.com

Para o setor calçadista, dados também divulgados na pesquisa da ABF mostram que os setores de acessórios e calçados foram o segundo que mais atingiram aumento, com 29,9%, ficando atrás


apenas do setor de alimentação, que ganhou destaque e puxou o crescimento do setor em 2010, recuperando a liderança entre os maiores faturamentos do setor ao crescer 39,9% e superar os R$ 15 bilhões. “O consumidor Samello reconhece a qualidade da marca, tamanha a tradição e qualidade aliada à modernidade. Acreditamos que com as lojas no sistema de franchising, podemos atingir ainda mais a visibilidade da grife, além de manter a posição consolidada da Samello no mercado”, acredita o diretor de franquias, Tom Mello. “Este ano promete ser ainda mais promissor para nós!”, complementa o executivo.

A expectativa e estratégia de expansão da Samello até o final de 2011 é a abertura de mais 10 unidades, o que estima no fechamento do ano com cerca de 28 lojas, que contemplam nas próximas inaugurações programadas para a cidade de Goiânia/GO e outras duas operações na capital de São Paulo. Para o ano de 2012 a Samello já conta com projeção para a estréia da marca nas regiões de Teresina/PI, Maceió/AL, Recife /PE e São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Ainda de acordo com o diretor de franquias da empresa, Tom Mello, no último ano a Samello contabilizou a ampliação da rede de franquias em 60%, totalizando 18 lojas distribuídas estrategicamente pelo Brasil, em cidades com forte poder aquisitivo e público alvo da marca. Deste montante, uma é de operações própria, localizada na cidade de Franca, onde fica a sede da empresa. www.samello.com.br


Faturamento das MPES paulistas volta a crescer Resultado da comparação entre maio de 2010 e maio de 2011 aponta crescimento alavancado pelo comércio, beneficiado pelo Dia das Mães. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (SEBRAE-SP) divulgou, nesta quinta-feira, dia 7, a pesquisa Indicadores de Conjuntura, com resultados do faturamento das MPEs paulistas nos principais setores da economia. Puxado pelo comércio, beneficiado pelo Dia das Mães, o faturamento das MPEs paulistas voltou a crescer em maio deste ano em relação ao mesmo mês de 2010. Entre os fatores que contribuíram para o resultado estão a evolução favorável do emprego e renda e o fato de maio de 2011 ter um dia útil a mais do que maio do ano passado. A pesquisa Indicadores de Conjuntura é realizada mensalmente pelo Sebrae-SP, com apoio da Fundação Seade. O levantamento é feito junto a 2,7 mil MPEs de todo o Estado de São Paulo, amostra representativa das 1,3 milhão de micro e pequenas empresas da indústria, comércio e serviços. www.sebraesp.com.br

Sorvete no inverno PODE! “O sorvete é um alimento nutritivo e que ajuda o organismo a produzir energia, principalmente nos dias frios. A Sorvetes Jundiá lança campanha para desmistificar questões sobre alimentação, entre elas o consumo de sorvetes no inverno.” O início do inverno é marcado por uma queda considerável do consumo de sorvetes no mercado brasileiro. Isso porque alguns mitos ainda cercam a nossa cultura alimentar, por exemplo, aquele em que o sorvete provocaria dores de garganta, resfriados, entre outros. Nos países europeus, onde o consumo de sorvete é três vezes maior do que no Brasil, isso não ocorre. Pelo contrário, lá o sorvete é uma das alternativas prediletas de lanche ou sobremesa, mesmo em de temperaturas muito baixas. A ABIS – Associação Brasileira das Indústrias de Sorvetes encomendou um estudo para acabar definitivamente com esse mito e o resultado confirmou que o consumo de sorvetes é uma excelente escolha em qualquer época do ano. O alimento contém proteínas, açúcares, gordura vegetal, vitaminas, cálcio, fósforo e minerais. Ou seja, nutrientes essenciais para o organismo, principalmente no inverno, quando o corpo precisa de mais energia para manter a temperatura em torno de 37 ºC. Portanto, segundo especialistas, o argumento de que pode fazer mal à saúde é lenda! Preocupada em desmistificar essas questões sobre o consumo de sorvetes, especialmente no inverno, a Sorvetes Jundiá acaba de lançar a campanha Será que é Verdade Mesmo? O objetivo é esclarecer as verdades e mentiras sobre alimentação, inclusive os aspectos que provocam a queda de consumo deste saboroso, alegre e nutritivo alimento.


Perguntas como “Manga com leite faz mal?”, “Sorvete no inverno faz mal?, entre outras, são respondidas no blog mitosalimentares.wordpress.com, nele está em pleno andamento um concurso cultural onde o participante pode enviar mitos alimentares que devem ser de cunho popular e/ou folclórico. Para participar, basta enviar o mito alimentar descrito pelo próprio participante (não são aceitos textos reproduzidos). Será que é verdade mesmo? As sugestões devem ser enviadas para o e-mail srsaudetotal@gmail.com até o dia 10 de agosto de 2011. Os três vencedores serão escolhidos por uma comissão julgadora e cada um levará para a casa 90 picolés de sabores sortidos. Os resultados serão publicados no blog no dia 30 de agosto de 2011. A ação é válida para o estado de São Paulo e para as cidades de Londrina, Maringá e Rio de Janeiro. A campanha é veiculada em mídias sociais, outdoor e cartazes dispostos pelos pontos de venda na cidade de Jundiaí. “O consumo de sorvete traz muitos aspectos positivos ao consumidor: ele une alegria, sabor e nutrientes que fazem bem à saúde. A maioria das pessoas gosta bastante e é ofertado em grande variedade, para agradar todos os gostos. Como vemos, os aspectos positivos em relação ao consumo do produto são inúmeros”, diz Thaíne Cal, gerente de marketing da Sorvetes Jundiá. www.jundia.com.br

Você tem gás para ser um franqueado? Por Glauco Pinheiro da Cruz O setor de franchising está a todo vapor e tem atraído cada vez mais jovens na faixa dos 30 anos que querem alçar novos vôos com a abertura de um negócio próprio. Se você é um deles e tem passado noites em claro pensando em como empreender, recomendo toda a frieza e calma antes de tomar qualquer decisão. Por mais que o franchising esteja crescendo, muito acima de outras atividades econômicas – 20,4% em 2010 em relação ao ano anterior, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF) – os novos empreendedores devem levar em consideração que, apesar das facilidades anunciadas pelas redes de franquias, há o risco de fracasso, fato mais comum do que se imagina. De acordo


com a ABF, 1% das novas franquias fecha no primeiro ano de existência e 5%, nos cinco primeiros anos. Os dados parecem animadores, porém escondem a realidade, uma vez que pensar em 1% pode parecer um percentual irrisório. No entanto, muitos empreendedores se encaixam nesse percentual e, se tivessem pensado nos pequenos detalhes antes da escolha, talvez não compusessem essa taxa. São detalhes que fazem toda a diferença. O empreendedor, por exemplo, deve se perguntar se tem afinidade com a área de atuação da franquia. É o caso de homens que optam por franquias de estética, mas que não entendem nada sobre o assunto e, pior, não gostam do serviço que prestarão ao público. Dificilmente terão sucesso nos seus negócios. Por isso, é fundamental pesquisar quais franquias existem no ramo de maior afinidade e verificar os produtos e serviços oferecidos. Fazer toda a análise do público-alvo do negócio e onde a rede pretende se expandir também são questões importantes. Para destacar os prós e contras, é fundamental visitar outros franqueados e perguntar como é o relacionamento entre franqueador e franqueado. Esses são os pontos básicos e iniciais que o empreendedor precisa colocar no papel. A partir daí, definida a escolha da franquia, o passo seguinte é o montante a ser investido no negócio. Muitos jovens empreendedores ficam na dúvida sobre o que vale mais a pena: pedir um empréstimo ou aguardar e juntar o montante necessário. Com as altas taxas de juros atuais, o empréstimo não é uma boa alternativa. O melhor é adiar a abertura da franquia, poupar e conseguir capital a partir de um planejamento adequado.

Outro ponto importante: o investidor precisa estar “preparado” para abrir e tocar um negócio próprio, principalmente se a franquia for sua principal fonte de renda. O retorno costuma vir em dois anos e é necessário pensar em como sobreviver nesse período – ou há uma reserva de capital ou haverá grandes apertos. O “novo” empresário precisa definir desde o início se vai se satisfazer uma unidade ou se pretende buscar uma expansão. Isso vai determinar, por exemplo, o regime de tributação a ser adotado. Todas as receitas e despesas devem ser colocadas em uma planilha, que ajudará na administração e controle e dará uma noção realista do negócio. O mercado já oferece softwares que fazem, além do controle de caixa, o acompanhamento de entradas e saídas de suprimentos e do estoque. Alguns até disparam automaticamente pedidos de reposição de mercadorias. Há, por fim, quem pense que ser dono do próprio empreendimento significa trabalhar menos do que como funcionário em grandes empresas. A visão é totalmente equivocada. Ser dono do próprio empreendimento exige trabalho redobrado. Além de ser responsável pela gestão da franquia, o empresário passa a ser responsável também pela sua automotivação e também a da sua equipe. Será que você tem gás para tudo isso? Vale a reflexão antes de qualquer iniciativa. Glauco Pinheiro da Cruz é diretor do Grupo Candinho Assessoria Contábil e consultor em gestão de franquias.


Guia de Franquias.com, site e revista digital sobre o setor. www.guiadefranquias.com

Revista Guia de Franquias  

Revista semanal com informações sobre o setor de franquias, crescimento das redes, novas franquias, entrevistas com advogados, consultores e...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you