Page 1

ENTREVISTA O diretor de marketing e vendas da Apsen, Márcio Castanha, revela, com exclusividade, as apostas do laboratório em suplementação

ANO XXIV • Nº 294 MAIO DE 2017

COMPORTAMENTO Estudo global aponta principais fatores que levam as mulheres a se esquecerem de tomar a pílula anticoncepcional

PRATELEIRAS INFINITAS Vindo do e-commerce, conceito configura-se como uma alternativa de solução para o combate à ruptura, um dos grandes problemas ainda enfrentados pelo varejo Capa_294.indd 1

24/04/17 11:41


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:34


Gestão de estoque Com o bolso mais apertado, o consumidor tende a frear o consumo, o que, em um primeiro momento, pode gerar excesso de mercadoria em estoque e prejuízo ao varejista. Alguns tentam acertar os níveis de estoque comprando menos, o que causa ruptura, um dos maiores erros que podem acontecer. Diante desse cenário, uma tendência do e-commerce está migrando para a realidade das lojas físicas, trata-se da prateleira infinita. O conceito é um recurso logístico que torna possível o oferecimento de produtos ao mercado, sem a limitação física para a quantidade exposta. Mesmo sem planejar, muitas lojas já praticam a técnica. Veja na reportagem de capa desta edição que ao dizer aos consumidores que o produto não está disponível, mas que pode ser retirado em outra unidade, já é uma forma de aplicação do conceito. Outro destaque fica por conta do esquecimento que muitas mulheres têm de tomarem a pílula anticoncep-

DIRETORIA Gustavo Godoy, Marcial Guimarães e Vinícius Dall’Ovo EDITORA-CHEFE Lígia Favoretto (ligia@contento.com.br) ASSISTENTE DE REDAÇÃO Laura Martins EDITOR DE ARTE Junior B. Santos ASSISTENTE DE ARTE Giulliana Pimentel COMERCIAL (EXECUTIVAS DE CONTAS) Jucélia Rezende (jucelia@contento.com.br) e Luciana Bataglia (luciana@contento.com.br) IMAGEM: SHUTTERSTOCK

editorial_294.indd 3

cional. Uma pesquisa global revela que impactadas pelo estresse, levando em consideração as mudanças no estilo de vida em um curto espaço de tempo, acabam deixando de lado hábitos rotineiros, sem perceber. As brasileiras são as que mais se esquecem. Enquanto a média global fica em torno de 39%, no Brasil o índice fica em 58%. Veja ainda que a chegada das estações mais frias do ano fazem com que surjam alergias respiratórias, com mais frequência. O fato aumenta a procura, em farmácias e drogarias, por higienizadores nasais, xaropes e pastilhas. A demanda se concentra nos meses de maio, junho e julho, por isso, conheça o ranking dos produtos mais buscados e os mantenha em seu sortimento.

Boa leitura.

EDITORIAL

Uma tendência do e-commerce está migrando para a realidade das lojas físicas, trata-se da prateleira infinita

Lígia Favoretto Editora-chefe

COORDENADOR DE CIRCULAÇÃO Cláudio Ricieri

COLABORADORES DA EDIÇÃO Textos Adriana Bruno, Flávia Corbó, Laura Martins e Tatiana Ferrador Revisão Maria Elisa Guedes Colunistas Cynthia Rejowski, Gustavo Semblano, Marcelo Cristian Ribeiro e Silvia Osso

FINANCEIRO Cláudia Simplício e Fabíola Rocha

IMPRESSÃO Abril Gráfica

ASSESSORIA TÉCNICA E LISTA DE PREÇOS Kátia Garcia

CAPA Shutterstock

ASSISTENTE COMERCIAL Mariana Batista Pereira ASSINATURAS Morgana Rodrigues

MARKETING E PROJETOS Luciana Bandeira ASSISTENTES DE MARKETING Flávia Marcochi e Noemy Rodrigues

> www.guiadafarmacia.com.br Guia da Farmácia é uma publicação mensal da Contento. Rua Leonardo Nunes, 198, Vila Clementino, São Paulo (SP), CEP 04039-010. Tel.:(11) 5082 2200. E-mail: contento@contento.com.br Os artigos publicados e assinados não refletem necessariamente a opinião da editora. O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade única e exclusiva das empresas anunciantes. O Guia da Farmácia é uma revista vendida e distribuida ao varejo farmacêutico, dirigida principalmente ao profissional farmacêutico, mas também aos demais profissionais de saúde: médicos, odontólogos, prescritores e dispensadores de medicamentos.

2017 MAIO GUIA DA FARMÁCIA

3

24/04/17 08:10


SUMÁRIO #294 MAIO 2017

44 E MAIS 34 > PONTO DE VENDA CAPA

O problema de ruptura de estoque ou excesso de produtos armazenados pode ser resolvido com o conceito de prateleira invisível, amplamente usado no e-commerce e que pode ser aproveitado pelas lojas físicas

38 > COMPORTAMENTO As mulheres mais jovens são as mais propensas a esquecer de tomar de maneira correta o anticoncepcional. Os principais responsáveis são a correria do dia a dia e o estresse

06 > GUIA ON-LINE 08 > ENTREVISTA 12 > ANTENA LIGADA 20 > ATUALIZANDO 30 > GUIA DA FARMÁCIA RESPONDE

ESPECIAL SAÚDE 44 > OLHOS 50 > TOSSE 58 > NOROVÍRUS E ROTAVÍRUS

76 > SEMPRE EM DIA

62 > SORTIMENTO A demanda por produtos que higienizam as vias nasais cresce durante os meses mais frios do ano, quando as alergias respiratórias se fazem presentes. Momento é oportuno para aumentar as vendas da categoria

70 > REPARAÇÃO Alguns cuidados podem ajudar na prevenção de manchas e cicatrizes. Especialistas indicam os maiores vilões para o aparecimento das marcas ao longo da vida e como tratá-las 4

Guia294.indb 4

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

ARTIGOS 24 > VAREJO Silvia Osso 26 > CONSULTOR JURÍDICO Gustavo Semblano 28 > GESTÃO Marcelo Cristian Ribeiro 32 > DEBATE Cynthia Rejowski IMAGEM: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:40


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:49


GUIA ON-LINE WWW.GUIADAFARMACIA.COM.BR

INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS NA INTERNET

Acesse o Portal e confira as informações complementares do conteúdo editorial da revista, além de textos exclusivos a cada edição.

CONTEÚDO EXTRA NO PORTAL (A PARTIR DO DIA 15 DE CADA MÊS) SAÚDE Acompanhe o Facebook do Guia da Farmácia

Siga-nos no Twitter @guiada_farmacia

Disfunção erétil ainda é um assunto tabu entre os homens. Conheça alguns mitos e verdades sobre o problema.

O QUE ROLA NAS REDES SOCIAIS

INVERNO AUMENTA NÚMERO DE INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS

PONTO DE VENDA

Saber expor os Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) é essencial para ajudar os consumidores a ter uma visão mais clara daquilo que buscam.

MERCADO

Óleo de rícino Farmax 30 mL foi o medicamento mais buscado na internet em 2016. Cliquefarma, site de comparação de medicamentos, divulgou a lista dos produtos de maior procura.

GESTÃO

Entender a sazonalidade e quais os itens mais indicados para cada época do ano pode alavancar as vendas da farmácia. Planejamento com antecedência é a chave de sucesso nos negócios. 6

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

Guia294.indb 6

BELEZA

As mulheres da faixa etária acima dos 55 anos estão mais preocupadas com a aparência. De acordo com uma pesquisa feita pela Reds, 80% delas usam algum tipo de cosmético e 57%, maquiagem. IMAGENS: DIVULGAÇÃO/SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:40


PG_AF_PomPom_Anuncio_Trade_GUIADEFARMACIA_04_17.pdf

1

4/17/17

10:50 AM

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:42


ENTREVISTA – APSEN

8

Guia294.indb 8

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

IMAGENS: FABIANO VIANA

19/04/17 15:40


Promoção da qualidade de vida O LABORATÓRIO APSEN APOSTA EM PRODUTOS QUE BENEFICIEM O PÚBLICO DIAGNOSTICADO COM SARCOPENIA, QUE É ATIVO E QUE PODE ESCOLHER TER MAIS SAÚDE

E

POR LÍGIA FAVORETTO

Em mais de quatro décadas no mercado, a Apsen lançou produtos, expandiu seu parque fabril, aumentou o seu quadro de colaboradores, ganhou diversos prêmios, conquistou o mercado farmacêutico e cresceu, com solidez e constância, ao longo dos anos. A empresa é 100% nacional e atua em áreas, como urologia, reumatologia, otorrinolaringologia, neurologia, geriatria, psiquiatria, gastroenterologia, ginecologia, ortopedia e clínica geral. Tem faturamento anual de cerca de R$ 427 milhões, com aproximadamente 20 milhões de unidades vendidas. Investe 20% em Pesquisa

& Desenvolvimento (P&D) e tem capacidade produtiva de 20 milhões de unidades. Com a missão de pesquisar, desenvolver e disponibilizar medicamentos de excelência, tem o compromisso constante de melhoria de qualidade de vida das pessoas. O diretor de marketing e vendas da Apsen, Márcio Castanha, concedeu uma entrevista exclusiva ao Guia da Farmácia sobre a aposta do laboratório na área de suplementação alimentar. Acompanhe. Guia da Farmácia • A Apsen apostou, no fim de 2016, em um produto voltado para a suplementação alimentar, que visa prevenir e tratar a sarcopenia. Por que esse mercado é interessante para a empresa? 2017 MAIO GUIA DA FARMÁCIA

Guia294.indb 9

9

19/04/17 15:40


ENTREVISTA – APSEN

Márcio Castanha • Cada vez mais, vemos a população “envelhecer” mais tarde, tendo mais tempo de vida e aproveitando-a ao máximo. Faz sentido para o Laboratório Apsen apostar em produtos que promovam a qualidade de vida dessas pessoas que são ativas e que podem escolher ter mais saúde. A Apsen nasceu da promoção de qualidade de vida e é isso que nos motiva dia a dia. Guia • A Apsen está em busca de novas terapias? Como identificar as oportunidades e necessidades de mercado? Castanha • O slogan da Apsen é “Transformando necessidades especiais em grandes conquistas”. Com grande enfoque em P&D, a Apsen investe recursos em novos tratamentos, novas terapias, produtos de inovação. Guia • Quais são os diferenciais do produto no que diz respeito à formulação, atuação e apresentação? Castanha • Extima® é composto por peptídeos bioativos de alto desempenho, aminoácidos formadores de músculos (BCAA), antioxidantes, como vitaminas C e E, mais magnésio e vitamina D. Esses peptídeos bioativos de alto desempenho promovem o aumento de massa e força muscular. Possui apresentação em embalagem com 30 sachês de 17 gramas cada, o que facilita a adesão ao tratamento. Guia • Por que a sarcopenia impacta tanto a vida dos acometidos? Castanha • Porque acarreta no comprometimento da mobilidade e gera dependência da pessoa acometida. Além disso, a fraqueza muscular progressiva leva a um risco maior de desenvolver problemas musculoesqueléticos ocasionados por quedas e fraturas, junto a restrições de marcha e mesmo ao acamamento dos acometidos nos casos mais avançados. Guia • A partir de que idade a perda muscular começa a ocorrer? 10

entrevista_294.indd 10

Castanha • Estudos mostram que a perda natural de massa muscular começa a ser percebida por volta dos 40 anos de idade, e aumenta significativamente a partir dos 60 anos de idade. Guia • É possível prevenir e tratar o problema por meio da suplementação? Castanha • Quando associados a exercícios físicos, os suplementos impulsionam o aumento da massa e da força muscular, além da diminuição da gordura corporal, contribuindo diretamente no combate à sarcopenia. Guia • Para os mais idosos ou acamados, que têm uma perda mais impactante, somente a suplementação é capaz de suprir as deficiências? Castanha • Os suplementos alimentares servem para complementar a alimentação e ajudar a consumir a quantidade diária recomendada de proteína, mas a prática de exercícios físicos é fundamental para o suprimento das deficiências. Guia • Como a Apsen se relaciona com farmácias e drogarias? Castanha • Com uma equipe de mais de 70 colaboradores exclusivos, a Apsen visita aproximadamente 11 mil pontos de venda (PDVs) no Brasil por mês, levando informações sobre os nossos produtos e expondo os Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs). Guia • Ainda falta muita informação sobre suplementação alimentar para a população e para o canal farma? Castanha • Sim. A população não tem consciência da importância do cuidado com a saúde muscular. Por meio de pesquisa direcionada ao consumidor, foi relevante o percentual de desconhecimento sobre o assunto e a percepção da gravidade do não tratamento. Existem preocupações com questões cognitivas, câncer e doenças consideradas mais graves, mas não há ideia do quanto a saúde muscular pode ser impactada por um diagnóstico de sarcopenia. Guia • De que forma as farmácias podem alavancar as vendas dessa categoria? Castanha • Recebendo orientações sobre a correta indicação para suplementação. O mercado está abarrotado de produtos que falam sobre suplementação, mas não necessariamente tem formulações adequadas para esse fim. A falta de conhecimento da população, de maneira geral, leva a um consumo inadequado de diversos produtos com apelos de mídia. É necessário o entendimento correto do produto adequado para esse fim.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

24/04/17 08:12


NOVO

CHEGOU BOZZANO INVISIBLE! INOVAÇÃO PARA SEUS CLIENTES, SUCESSO DE VENDAS PARA VOCÊ.

CRESCIMENTO DE CRESCIMENTO 3,3PP DE DE SHARE 3,3PP VOLUME** VOLUME**

2016

MARCA CRESCEU AA MARCA 102% EM EM VALOR* 102%

38%

2015

VEJA VEJA PORQUE CADASTRAR CADASTRAR A A LINHA LINHA DE DESODORANTES DESODORANTES BOZZANO: BOZZANO:

OO mercado mercado de de antimanchas antimanchas

JÁ ÉÉ A A 5ª MARCA JÁ MAIS VENDIDA VENDIDA MAIS DE AEROSSOL AEROSSOL DE MASCULINO** MASCULINO** TECNOLOGIA E TECNOLOGIA MODERNIDADE MODERNIDADE

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

cresceu 38% em em relação relação ao ao ano ano anterior.*** anterior.***

*Fonte:Nielsen NielsenT.T.Brasil Brasil- -Vendas Vendasem emvalor valor- -Mercado Mercadomasculino masculino de de desodorantes desodorantes -- aerossol aerossol -- 2015 2015 vs vs 2016. **Fonte: Nielsen *Fonte: **Fonte: Nielsen T. T. Brasil Brasil -- Share Share volume volumevs-- Mercado Mercadomasculino masculino dedesodorantes desodorantes aerossol- -2015 2015vs vs2016. 2016.***Fonte: ***Fonte: Nielsen Nielsen T.T. Brasil Brasil -- Vendas Vendas em em volume volume -- Mercado Mercado2016. masculino de de - -aerossol masculino de desodorantes desodorantes -- aerossol aerossol -- 2015 2015 vs 2016. 2016.

INOVAÇÃO PARA SEUS CLIENTES, SUCESSO DE VENDAS PARA VOCÊ.

19/04/17 12:31


ANTENA LIGADA

FARMACÊUTICAS QUEREM SER VISTAS

NOVAS CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS MARCAM O MOMENTO DA INDÚSTRIA. EMPRESAS ESPERAM ATINGIR PÚBLICO-ALVO NA TELEVISÃO E NAS REDES SOCIAIS POR LAURA MARTINS

TARGIFOR CONTRA O CANSAÇO

Targifor, marca da Sanofi, desenvolveu dois novos filmes publicitários. Inspirados em sua campanha on-line “Ladrões de Disposição”, os filmes são intitulados “João” e “Júlio”, que mostram que Targifor é um aliado no combate dos responsáveis pelo cansaço. Outra novidade da marca é o formato cartoon, já usado em seus canais digitais. Para a campanha off-line, o formato foi recriado com pessoas com uma rotina com muitas atividades e que precisam de ajuda para combater o cansaço e ter disposição. A campanha entrou no ar no último dia 20 de março. • www.targifor.com.br

12

antena_294.indd 12

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

MEDLEY APOSTA EM LADO BOM DA VIDA

A nova campanha da Medley trabalha o mote “Cuidados para uma saúde cheia de vida”. O comercial “Saúde Cheia de Vida” estreou em março último nas principais redes televisivas e nas mídias sociais. O filme mostra diferentes situações que fazem as pessoas não aproveitarem a vida e, em seguida, cenas dos personagens rompendo essas “barreiras” e se divertindo. O filme termina com os dizeres: “A vida só é curta para quem dá desculpas para não vivêla. E sua saúde não pode ser desculpa para não viver o melhor da vida. Medley, a gente faz a nossa parte para você viver feliz”. • www.medley.com.br IMAGENS: SHUTTERSTOCK/DIVULGAÇÃO

24/04/17 08:14


1 72 600 5

nova farmácia a cada horas somam lojas em anos Promover o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento do varejo farmacêutico independente. Esse é o segredo de sucesso da Farmarcas. Parabéns a todos empreendedores que nos ajudam a construir essa história.

Excelência na gestão do varejo farmacêutico farmarcas.com.br

Redes administradas pela Farmarcas:

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:15


ANTENA LIGADA

NOVOS ESTUDOS CLÍNICOS

MAIS UNIDADES

O estado do Rio de Janeiro acaba de receber três novas unidades da Droga Raia, sendo duas na capital (Leblon e Recreio dos Bandeirantes) e uma no centro de São João do Meriti (região metropolitana). Todas as lojas oferecem variedade em produtos de Higiene & Beleza (H&B) e amplo estoque de medicamentos. “Sempre abrimos uma loja pensando em oferecer um bom atendimento, preços competitivos, amplo estoque de medicamentos e a maior variedade de produtos de H&B para que o cliente sempre busque a Droga Raia”, diz o vice-presidente de Planejamento e Relações com Investidores da empresa, Eugênio De Zagottis. Uma das vantagens aos consumidores é o programa de fidelidade Muito Mais Raia. Com ele, clientes têm descontos especiais na compra de medicamentos e ofertas especiais personalizadas de acordo com o perfil de cada pessoa. • www.drogaraia.com.br

A biofarmacêutica Bristol-Myers Squibb aumentou em 128% seus estudos clínicos de medicamentos no Brasil no ano passado, comparando com 2015. No total, foram 16 estudos contra sete de 2016. Cerca de 80% estão relacionados a novos medicamentos para combate ao câncer. Os números demonstram a tendência de fortalecimento da pesquisa clínica no País. A equipe da empresa também cresceu, chegando a 31 profissionais dedicados exclusivamente à pesquisa. Para 2017, o foco é superar a meta de abertura de pelo menos mais 16 novos estudos. A Bristol-Myers Squibb é uma das três farmacêuticas que mais investem recursos para o descobrimento de novos medicamentos. Por ano, aproximadamente 25% do faturamento global é reinvestido em pesquisa e desenvolvimento. • www.bristol.com.br

POSIÇÕES RENOVADAS

A companhia Farmacêutica Takeda anunciou a promoção de Ricardo Marek, que assume a presidência de Mercados Emergentes (América Latina, Oriente Médio, Turquia, África, Rússia/CIS, Greater China e Ásia-Pacífico – excluindo Japão). O executivo mudará de São Paulo para Cingapura e passa a responder diretamente para o presidente e CEO da Takeda, Christophe Weber, com a responsabilidade de elevar a reputação da companhia em mercados com importância crescente. Além disso, Renata Campos, que já ocupa a presidência da Argentina e Cluster América do Sul, foi escolhida para assumir a presidência da Takeda no Brasil e toda a região Latam. Ela tem o desafio de dar continuidade ao direcionamento estratégico definido para a região, em uma meta de crescimento sustentável até 2020. • www.takedabrasil.com

LUTA CONTRA DOENÇA PULMONAR

A Boehringer Ingelheim e a Weill Cornell Medicine firmaram uma parceira global para a identificação de novas abordagens de tratamento para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). O acordo tem duração de três anos e combina a compreensão e experiência de investigação de novos conceitos terapêuticos focados em doenças crônicas da instituição, com a expertise da farmacêutica na descoberta e desenvolvimento de novos medicamentos. • www.boehringer-ingelheim.com.br 14

Guia294.indb 14

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


Bico formador de fita, evita desperdício.

ULTRAFIX (creme fixador de dentaduras) MS 80424149001. Produto correlato. Ref.: 1. Relatório final de estudo una 00215-23.09.15 kosmoscience ciência & tecnologia cosmética Ltda. SAC 0800 11 1559 - www.uniaoquimica.com.br - maio/2017.

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:16


ANTENA LIGADA

BOLETO ON-LINE

NOVA GAROTA-PROPAGANDA

A Eurofarma passa a disponibilizar a emissão on-line de boletos bancários em seu site para todos os seus clientes: distribuidores, hospitais, farmácias, clínicas, entre outros. A emissão de segunda via poderá ser feita sem que o cliente precise entrar em contato com a farmacêutica. Com isso, a empresa pretende otimizar o tempo da equipe, além de diminuir a inadimplência. O novo sistema enviará automaticamente e-mail de cobrança preventiva, cinco dias antes do vencimento, e um e-mail de cobrança ativa um dia após o vencimento. • www.eurofarma.com.br

Giovanna Antonelli é a nova garota-propaganda da Coristina D. No filme que estreou em março último, a atriz enfatiza o posicionamento da marca “Para quem não pode parar por uma gripe”. O medicamento combate os sintomas de gripes e resfriados. A marca escolheu Giovanna por ela representar uma mulher multitarefa, empresária, mãe e atriz. • www.coristina.com.br

DISCRETO CRESCIMENTO

O comércio varejista paulista terminou o ano de 2016 com um pequeno crescimento de 0,1% nas vendas no acumulado dos 12 meses, acabando com uma série de dois decréscimos consecutivos. Em dezembro de 2016, as vendas aumentaram 3% na comparação com o último mês de 2015, chegando a R$ 61,4 bilhões. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCV). Farmácias e perfumarias tiveram o segundo melhor desempenho, com alta de 15,8%. Entre as 16 regiões analisadas, somente Osasco (-8%), Guarulhos (-2,9%) e Bauru (-2,8%) tiveram queda no faturamento em dezembro (em relação ao mesmo mês de 2015). Os melhores desempenhos foram de Marília (11%), Araraquara (9,8%) e Ribeirão Preto (7,4%). • www.fecomercio.com.br

16

Guia294.indb 16

GRUPO DPSP EM COMEMORAÇÃO

Em uma parceira com a Lavitan (marca de vitaminas do Grupo Cimed), o Grupo DPSP – que integra as marcas Drogaria Pacheco e Drogaria São Paulo – realizou uma ação especial para suas funcionárias no Dia Internacional da Mulher. No total, o Grupo possui mais de 26 mil colaboradores em seu quadro, sendo 59% mulheres e 64% delas atuam nas lojas. A campanha iniciou com um concurso cultural que perguntava sobre o equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional. As 30 melhores participações ganharam um café da manhã na Matriz do Grupo DPSP (São Paulo). O apresentador Rodrigo Faro, embaixador da Lavitan, intermediou um bate-papo sobre carreira e conquistas femininas. Além disso, as colaboradoras puderam ter contato direto com o diretor de varejo do Grupo DPSP, Marcelo Pimentel, e com o diretor de Recursos Humanos (RH) e Suprimentos da companhia, Felipe Zogbi. • www.drogariasaopaulo.com.br • www.drogariaspacheco.com.br

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


ANTENA LIGADA

MARCA REESTRUTURADA

BOIRON CRESCE 25% NO BRASIL

A filial brasileira do laboratório francês Boiron cresceu 25% em 2016, fechando o ano com faturamento de R$ 15 milhões. Para este ano, a expectativa é de crescer mais 33%. Os principais responsáveis pelo resultado positivo foram as vendas do Oscillococcinum (+60%); Stodal (+26%); e do Sédatif PC (+6%). Os demais medicamentos tiveram saldo de +15%. Em relação ao total de medicamentos vendidos, foram 600 mil unidades vendidas em 2016, alta de 33% em relação ao ano anterior. • www.boiron.com

A Raia Drogasil mudou sua marca corporativa para RD – Gente, Saúde e Bem-estar. A marca surge após cinco anos de sua fusão, período em que se tornou uma empresa completamente distinta, com gestão, processos e sistemas totalmente unificados. Sua atuação é pautada em cinco valores: Ética, Eficiência, Inovação, Relações de Confiança e Visão de Longo Prazo. Além disso, sela seu compromisso com sustentabilidade baseada em três pilares: Cuidar da Saúde das Pessoas, Cuidar da Saúde do Planela e Cuidar da Saúde do Negócio. • www.rd.com.br

CRESCIMENTO DE 12,5% EM 2016

A Profarma apresentou crescimento, em 2016, em todas as suas divisões: Distribuição Farma, Especialidade e Varejo. O faturamento fechou em R$ 5,5 bilhões, aumento de 12,5% em relação ao ano anterior. O Ebitda foi de R$ 144,6 milhões, com margem de 3% – evolução de 26,1% e acréscimo de 0,3 p.p. na margem, no mesmo período. O lucro líquido ajustado foi de R$ 1,5 milhão em 2016, excluindo o efeito da participação da Rede Rosário (comprada em novembro último), assim como eventos não recorrentes relacionados a essa aquisição e à aquisição dos 50% remanescentes da Tamoio (ocorrida em dezembro de 2015). O nível de endividamento foi reduzido pelo segundo ano consecutivo, fechando o ano passado com queda acumulada de 18%. • www.profarma.com.br

EMBALAGENS REDESENHADAS

O Grupo Cimed está renovando sua identidade visual de genéricos e equivalentes. Os novos produtos estarão disponíveis este mês, com foco no fortalecimento da exposição dos medicamentos no ponto de venda (PDV). A nova embalagem passa a ser vertical e dá mais visibilidade para a marca. Além disso, a cor branca predominante do cartucho deixou o layout mais clean e a aba superior apresenta logo impresso, aumentando possibilidade de recompra do item. Outra novidade é a bula digital. Por meio de um QR Code, os consumidores têm acesso à bula de maneira rápida e prática. • www.grupocimed.com.br

18

Guia294.indb 18

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:46


ATUALIZANDO

NOVOS FORMATOS E APRESENTAÇÕES INDÚSTRIA FARMACÊUTICA APOSTA NA VERSÃO "MASTIGÁVEL" PARA AUXILIAR NA SUPLEMENTAÇÃO VITAMÍNICA, ALÉM DE REFORMULAÇÃO PARA GARANTIR MAIOR ADESÃO AOS TRATAMENTOS POR LAURA MARTINS

PFIZER

CENTRUM

A Pfizer lança o Centrum Vitamints, multivitamínico em formato de pastilhas mastigáveis com sabor e refrescância surpreendentes. O produto contribui para a imunidade, pois traz a vitamina C, que ajuda na manutenção das defesas do organismo; possui vitaminas do complexo B, essenciais para o funcionamento celular e produção de energia; e tem também ação antioxidante, pois as vitaminas C e E, o manganês e o selênio ajudam a proteger as células da ação dos radicais livres. MS Produto isento de registro, conforme a RDC 27/10 • www.centrum.com.br

20

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

atualizando_294.indd 20

GENOM LUVIS

A Genom, divisão da União Química Farmacêutica Nacional, acaba de lançar Luvis, um suplemento vitamínico que auxilia na prevenção da Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI). A suplementação oral com luteína e zeaxantina ajuda a manter a visão saudável dos olhos, reduzindo o risco de progressão da DMRI. Luvis contém uma formulação exclusiva que combina luteína 10 mg, zeaxantina 2 mg, ômega 3, bilberry, semente de uva, vitaminas e minerais. Componentes fundamentais para manutenção da saúde ocular em uma apresentação com 30 cápsulas gelatinosas, zero açúcar e sem glúten. MS 6.6325.0019.001-0 • www.uniaoquimica.com.br IMAGENS: DIVULGAÇÃO

24/04/17 08:17


PITFECHAR 1074A Lamina promocional pack 70 sensitive.indd 1 ANÚNCIOS GUIA.indd

15/03/1712:18 17:01 19/04/17


ATUALIZANDO

ACHÉ

MONTELAIR

O Aché lança quatro novas apresentações de Montelair (montelucaste de sódio), antileucotrieno indicado para o tratamento coadjuvante da asma, rinite e sintomas oculares. Agora, a embalagem conta com 60 comprimidos e permite o tratamento prolongado por dois meses. Montelair, atualmente, está disponível nas formas farmacêuticas comprimido revestido, sachê e comprimido mastigável. As apresentações de 4 mg sachê são indicadas para bebês de seis meses a dois anos de idade. O comprimido mastigável na dosagem de 4 mg é indicado de dois a cinco anos de idade, e 5 mg, de seis a 14 anos de idade, pois é semelhante a uma bala, de fácil ingestão; e o tradicional comprimido revestido de 10 mg é indicado para pessoas acima dos 15 anos de idade. MS 1.0573.0405 • www.ache.com.br

NEO QUÍMICA NEOLEFRIN®

A Neo Química apresenta o antigripal Neolefrin®, em versão com 20 comprimidos. O medicamento é uma solução completa contra os sintomas da gripe e resfriado, já que possui três princípios ativos em sua formulação – paracetamol, fenilefrina e maleato de carbinoxamina – que agem como analgésico, antipirético, descongestionante nasal e anti-histamínico. Seu uso recomendado é de dois comprimidos a cada oito horas. MS 1.5584.0214 • www.neoquimica.com.br 22

MABRA FARMACÊUTICA

LEVONORGESTREL + ETINILESTRADIOL

A Mabra Farmacêutica lança no mercado o primeiro medicamento genérico com a molécula Levonorgestrel 0,15 mg + Etinilestradiol 0,03 mg, contraceptivo oral combinado. O medicamento é apresentado em caixa com 21 comprimidos revestidos com blister calendário. MS 1.7794.0030 • www.mabra.com.br

MEDQUÍMICA CALCIMED®

Calcimed® é um suplemento vitamínico e mineral usado em dietas restritivas e para a prevenção ou tratamento auxiliar na desmineralização óssea pré e pós-menopausa. MS 1.0917.0096.001-4 • www.medquimica.com

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

atualizando_294.indd 22

24/04/17 08:18


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:19


VAREJO

Cuidando com atenção da sazonalidade

D

ESSE É UM ATRIBUTO IMPORTANTE PARA O VAREJISTA, QUE TERÁ UM FLUXO MAIOR DE CLIENTES DURANTE OS MESES MAIS FRIOS DO ANO

SILVIA OSSO Palestrante e consultora de empresas. Especialista em varejo e autora dos livros destinados ao varejo e serviços denominados ATENDER BEM DÁ LUCRO; ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM FARMÁCIA, PROGRAMA PRÁTICO DE MARKETING EM FARMÁCIAS; LIDERANÇA PARA TODOS . Para adquirir os livros, acesse: www.lojacontento.com.br E-mail siosso@uol.com.br 24

Guia294.indb 24

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

Diz o dicionário que sazonalidade é relativo à periodicidade, coisas que são características de uma época ou estação do ano. Em nossas farmácias, há duas épocas que são altamente interessantes: o verão e o inverno. Com a chegada do inverno, há algumas coisas a observar: Estoque e mix de produtos: o planejamento do estoque e do mix dos sazonais de inverno do ano passado devem ser revistos para servir de base para o planejamento do ano em curso. Com pelo menos 60 dias de antecedência, os estoques devem ser ajustados para cima e acompanhados com cautela para evitar rupturas. Os produtos em lançamento no período merecem atenção também. A técnica de reajuste para cima requer mais atenção e acompanhamento do que aumento da compra, visto que o abastecimento da maioria das farmácias é diário e os laboratórios não têm apresentado muitas faltas em suas entregas. Os sazonais de inverno, como antigripais, antitérmicos, xaropes, vitaminas, pastilhas, vaporizadores, inaladores, etc. e na perfumaria, lenços de papel, hidratantes, protetores labiais, merecem cuidados; bem como os das campanhas publicitárias na mídia. MIPs: sabe-se que, no período de outono/inverno, crescem as vendas de alguns Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) sazonais, como vitamina C, antigripais e outros relacionados à estação. Diante dessa necessidade que já é conhecida, as farmá-

cias devem trabalhar utilizando os critérios acima de previsão e seguir, durante a estação, com compras de acordo com a demanda ou propagação de mídias. Layoutização e ambientação: a farmácia em si não precisa ser mudada em sua arrumação e layoutização em função da estação; apenas alguns produtos de mais saída devem ter mais destaque em ponta de gôndolas e no balcão, além de outros pontos promocionais. Atenção especial deve se dar à area do checkout nesta época, porque muitos itens de compra por impulso precisam estar estrategicamente alocados no local. Ações de marketing: a indústria e as farmácias fazem promoções incentivando a prevenção de gripes e resfriados. As propagandas em rádios e TVs com os MIPs também aumenta e isto leva mais clientes para a farmácia. Funcionários informados sobre as campanhas promocionais fazem a interface entre mídia/cliente. Todas as promoções devem ser focadas em produtos voltados para a sazonalidade. Vendas e atendimento: os clientes procuram mais a farmácia, durante o inverno, para obter informações dos vendedores. A maioria dos balconistas é bem orientada e também conhece as regras de indicação, principalmente nos sazonais de inverno. As ações feitas pela indústria ou pelas farmácias para treinar e orientar os funcionários sobre vendas adicionais e esclarecimentos sobre produtos aos clientes têm sido excelentes para toda a equipe das farmácias. IMAGEM: DIVULGAÇÃO

19/04/17 15:41


07:30h reunião da diretoria

13:00h judô do Rafa

07:00h escola das crianças

15:15h reunião externa

09:45h relatório de ações

06:00h correr 5k no parque

11:50h balé da Manú

18:20h levar o Paçoca para passear

13:30h BISALAX

17:45h pegar as crianças na escolinha

Sua vida programada por você. BISALAX® permite que você volte a planejar suas atividades. LAXANTE COM TEMPO DE AÇÃO PREVISÍVEL1 AÇÃO DE 6 A 12 HORAS APÓS A INGESTÃO1 ALÍVIO DO DESCONFORTO CAUSADO PELA PRISÃO DE VENTRE1

BISALAX® (bisacodil) Indicado nos casos de prisão de ventre. MS 1.0497.1168. Ref.1. Bula do Produto. SAC 0800 11 15 59 - www.uniaoquimica.com.br - maio/17.

BISALAX® CONTÉM BISACODIL. NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇAS INTESTINAIS GRAVES. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:18


CONSULTOR JURÍDICO

Domingos e feriados sem farmacêutico no estabelecimento

N

OS RISCOS ANTE A ATUAÇÃO CADA VEZ MAIS INTENSA DO MINISTÉRIO PÚBLICO, JÁ QUE AÇÃO SE CONFIGURA COMO CRIME DE TRÁFICO DE DROGAS

GUSTAVO SEMBLANO Advogado e consultor jurídico da Associação do Comércio Farmacêutico do Estado do Rio de Janeiro (Ascoferj) e da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), regional estado do Rio de Janeiro. Atualmente, pós-graduado em Direito da Farmácia e do Medicamento na Faculdade de Direito de Coimbra (Portugal) 26

Guia294.indb 26

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

Nenhuma, absolutamente nenhuma farmácia ou drogaria pode funcionar um único minuto sem a presença física do farmacêutico, como nos leciona a Lei Federal 5.991/73 (art.15) e a Lei Federal 13.021/14 (art.6º, I). Vê-se, no entanto, essa prática aos domingos e feriados, sem que se tenha o cuidado de não abrir o armário de medicamentos controlados, deixando sua chave devidamente guardada e sob a responsabilidade do profissional farmacêutico. O que vejo no cotidiano de farmácias e drogarias é o responsável técnico ser obrigado a deixar a chave do armário de controlados com o gerente ou o proprietário do estabelecimento e, mesmo em sua ausência, serem comercializados medicamentos controlados. O Ministério Público (MP), todavia, está começando um trabalho hercúleo para combater essa prática, pois não apenas caracteriza infração sanitária grave, com sanções de R$ 2.000,00 a R$ 1.500.000,00, como, em tese, significa crime de tráfico de drogas (Lei 11.343/06).

Alguns promotores de justiça, por meio de relatórios apresentados pela Vigilância Sanitária e pelo Conselho Regional de Farmácia (CRF), vêm verificando que farmácias e drogarias de todo o País, muito embora declarem que não abrem aos domingos e feriados, acabam funcionando nestas épocas, mesmo sem a presença física de farmacêuticos. O que fazem, então? Requisitam o envio do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC), bem como relatórios à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Vigilância Sanitária local para verificar se ocorreu a dispensação de medicamentos controlados nos domingos e feriados em que não havia a presença física do farmacêutico. Constatada tal ilegalidade, remetem à Promotoria de Investigação Penal (PIP) para a apuração do crime de tráfico de drogas e iniciam com Inquéritos Civis Públicos ou mesmo com Ações Civis Públicas, visando à interdição judicial de tais estabelecimentos. Assim, todo o cuidado é pouco. IMAGEM: DIVULGAÇÃO

19/04/17 15:41


ADIDAS_MASC_AN_TRADE_GF205X275MM.indd FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70 1

15/02/17 19/04/172:50 12:30 PM


GESTÃO

O profissional como diferencial competitivo UMA FARMÁCIA DEVE SER LINDA, POSSUIR PRODUTOS, DISPOR DE DIVERSOS SERVIÇOS, MAS SE ELA TIVER UM PROFISSIONAL EXCELENTE, O ENCANTAMENTO OCORRERÁ E AS VENDAS AUMENTARÃO

N MARCELO CRISTIAN RIBEIRO Farmacêutico e consultor da Desenvolva Consultoria e Treinamento

28

Guia294.indb 28

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

Neste artigo, convidamos você a olhar para si como um diferencial da sua farmácia. O primeiro ponto a se pensar é que a farmácia pode ser copiada em muitos aspectos (preço, localização, cor, layout, serviços), mas nunca será copiada na forma, no seu “jeito”. Se você é o vendedor/balconista/farmacêutico, entenda que a venda inicia por “se vender”. Esse é o primeiro produto que o cliente compra e está comprando por meio de suas qualificações que listo a seguir. • Postura profissional (seu uniforme, suas unhas, seu cabelo). • Seu jeito, sua linguagem não verbal, (aquilo que não se fala, mas é percebido pelo cliente e que o faz se fidelizar). • Seu olhar atento, focado em atender o cliente que está à sua frente. • Sua agilidade no atendimento. • Sua segurança, comprovada por perguntas, por encontrar facilmente os produtos na prateleira, por saber responder. • Sua perguntas ao paciente na ocasião da venda.

• Sua inteligência comprovada por sua assertividade nas colocações, decisões, indicações. • Imagem firme, forte e confiante. • Seu tom de voz, demonstrando segurança e credibilidade. • Sua gentileza com o cliente, sua educação, sua empatia. • Sua alegria (os melhores colaboradores são felizes, sorriem ao atender o cliente). Esse diferencial competitivo é um fator negligenciado por muitas empresas que investem em “tudo” menos no time. São lindas, possuem bom preço, um marketing excelente, mas o time não está preparado. Lembrar que o diferencial competitivo é a mão que entrega o medicamento ou que a perfumaria tem sido a responsável por empresas que crescem acima da média. Todas essas coisas dependem do profissional do atendimento que ganha a confiança do cliente, sendo um cartão de visita para a farmácia. IMAGEM: DIVULGAÇÃO

19/04/17 15:41


ADIDAS_FEM_AN_TRADE_GF205X275MM.indd FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70 1

15/02/17 19/04/175:59 12:25 PM


FAÇO USO CONTÍNUO DO MEDICAMENTO OMNARIS, PARA RINITE ALÉRGICA. O PRODUTO TEM VIDA ÚTIL DE 120 DOSES, QUE É PRATICAMENTE DOIS MESES, PORÉM, VENCE NESTE MÊS. DEVO TENTAR REALIZAR A TROCA OU POSSO USAR? QUAL O MEU DIREITO NESTE CASO? PERGUNTA ENVIADA POR ALESSANDRO LUIZ, ASSISTENTE, DE DIVINÓPOLIS (MG)

P

Prazo de validade é a data limite para a utilização do Insumo Farmacêutico definido pelo fabricante, com base nos seus respectivos testes de estabilidade, mantidas as condições de armazenamento e transportes, estabelecidas pelo mesmo. A drogaria não poderá dispensar medicamento cujo prazo de uso ultrapasse o prazo de validade do produto. O usuário deverá ser sempre informado quando for dispensado produto com prazo de validade próximo ao seu vencimento, sendo, no entanto, proibido dispensar medicamentos cujo tratamento com o referido medicamento não possa ser concluído ainda dentro do seu prazo de validade.

30

Guia294.indb 30

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

O prazo de validade descrito em bula é de 24 meses desde que o medicamento seja mantido à temperatura ambiente (15ºC a 30°C) e, após aberto, somente poderá ser utilizado por quatro meses ou por até 60 ou 120 doses (dependendo da apresentação), o que acontecer primeiro. Também, quanto à posologia descrita em bula, está estabelecido que para crianças acima de seis anos de idade e adultos, recomendam-se duas doses (jatos) em cada narina uma vez ao dia (50 mcg por jato; total 200 mcg por dia). Há orientação para não aplicar mais que duas doses (jatos) em cada narina diariamente. Portanto, considerando a posologia descrita em bula de dois jatos em

cada narina, uma vez ao dia, a apresentação do referido medicamento na pergunta teria um prazo de uso de 30 dias, ou seja, quatro jatos por dia, 120 jatos em 30 dias. Entretanto, o questionamento mencionado diz respeito a uma posologia, provavelmente, de um jato em cada narina e não dois jatos em cada narina (indicação de bula) e, portanto, o medicamento teria um prazo de uso de 60 dias. Segundo estabelecido pela Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) 44/09, a política do estabelecimento (farmácia ou drogaria) em relação aos produtos com o prazo de validade próximo ao vencimento

IMAGENS: SHUTTERSTOCK/DIVULGAÇÃO

19/04/17 15:41


deve estar clara a todos os funcionários, descrita no Procedimento Operacional Padrão (POP) e prevista no Manual de Boas Práticas Farmacêuticas (MBP), devendo o usuário ser sempre informado quando for dispensado produto com prazo de validade próximo ao seu vencimento, sendo, no entanto, proibido dispensar medicamentos cujo tratamento não possa ser concluído ainda dentro do seu prazo de validade. Se no medicamento estiver descrito como prazo de validade final “Maio/2017”, a validade é até o último dia do referido mês e, caso esteja marcado o dia e mês, então o prazo é encerrado até o dia estabelecido no medicamento.

Conforme mencionado, reitero que a farmácia/drogaria deve informar ao usuário quando o produto apresenta prazo de validade próximo ao seu vencimento para que o mesmo tenha ciência e concordância em relação à compatibilidade ao prazo de uso do medicamento solicitado. Por meio de nota, a fabricante do medicamento Omnaris, AstraZeneca, explicou que esse é um problema ligado à venda e não à fabricação. Por isso, o leitor deve ir à farmácia onde o produto foi comprado para trocar por um novo, com a validade adequada. Para maiores esclarecimentos, o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do laboratório pode ser acionado: 0800 0145578.

?

BAIXE O APP QR CODE OU ENVIE SUA PERGUNTA DIRETAMENTE NO E-MAIL: REDACAO@GUIADAFARMACIA.COM.BR NÓS RESPONDEMOS!

LUIZ ANTONIONICOLETTI DE LIMA MARIA APARECIDA Farmacêutica responsável pela Farmácia Universitária da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP)

2017 MAIO GUIA DA FARMÁCIA

Guia294.indb 31

31

19/04/17 15:41


DEBATE

Biossimilares: o que está por vir?

E

AS MUDANÇAS JÁ COMEÇARAM. O MERCADO ESTÁ AQUECENDO OS MOTORES E NOVOS PRODUTOS ESTÃO A CAMINHO

CYNTHIA REJOWSKI Sócia diretora do Fesap Group, consultoria de executive search e de estratégia de capital humano. Representa as marcas Fesa, Asap e Fesa Advisory 32

a_debate 294.indd 32

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

Em 2017, o setor de Life Sciences enfrentará alguns desafios já conhecidos: eficiência operacional, margem de lucro e busca constante por novos medicamentos e produtos para o tratamento de doenças crônicas. Os biossimilares estão ganhando representatividade, apesar da complexidade da sua obtenção e de questões regulatórias mais rígidas. Tal fato é considerado um entrave para empresas investirem e ingressarem nesse mercado. No mundo, esse nicho já movimenta US$ 157 bilhões, e os biossimilares representam 2% deste valor. Um medicamento biossimilar é desenvolvido depois que a patente de um produto biológico expira, mas eles não são idênticos aos originais, ou de referência, uma vez que não é possível fazer uma cópia exata de um medicamento biológico, seja pelo seu desenvolvimento, pelo diferencial no processo de fabricação ou pela linhagem de células hospedeiras. A chegada ao mercado dos primeiros medicamentos biossimilares pro-

duzidos com tecnologia nacional está próxima. O biossimilar é uma versão mais barata de drogas biológicas de referência já disponíveis. Justamente por isso surge como alternativa para ampliar o acesso às drogas de alta tecnologia. Atualmente, 16 empresas privadas (nacionais e estrangeiras) e seis laboratórios públicos trabalham em sistema de parceria, o que inclui a transferência de tecnologia para produção de biossimilares usados no tratamento de doenças, como hemofilia, câncer, esclerose múltipla, artrite, reumatoide e diabetes. A expectativa é de que, dentro de quatro anos, esses 14 produtos tenham fabricação 100% nacional. Em todo o mundo existem apenas 20 biossimilares registrados, incluindo um produto brasileiro, que são considerados uma nova fronteira para a indústria farmacêutica global. Tal tendência poderá gerar um novo rally às compras, em que empresas com potencial para desenvolver tais medicamentos serão alvos de aquisições. IMAGEM: DIVULGAÇÃO

24/04/17 08:20


Conteúdo 24 horas a apenas um clique! O portal Guia da Farmácia é diariamente atualizado com as principais notícias do setor, além de conteúdos exclusivos da revista, ferramentas e muito mais! Conteúdo diário para você ficar por dentro do que acontece no mercado farmacêutico: basta um clique!

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

REVISTA

acesse:

guiadafarmacia .com.br

SUPLEMENTOS

PORTAL

?

$ LISTA DE PREÇOS

MÍDIAS SOCIAIS

GUIA DIGITAL

CURSOS ONLINE

GUIA RESPONDE

Guia da Farmácia. O canal farma nas suas mãos.

guia.indd 1

24/04/17 17:45


PONTO DE VENDA

O futuro do estoque VINDO DO E-COMMERCE, O CONCEITO DE PRATELEIRA INFINITA PODE SER A SOLUÇÃO PARA O COMBATE À RUPTURA, UM DOS GRANDES PESADELOS DE TODO VAREJISTA POR FLÁVIA CORBÓ

G

Gerir estoque sempre foi um desafio para os pequenos e médios varejistas. A atividade ganhou ainda mais complexidade quando as categorias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC) se tornaram parte fundamental do sortimento de uma farmácia. O número de itens é assombroso e o ritmo de lançamentos cada vez mais acelerado, no entanto, a loja permanece com o mesmo tamanho, ou, de acordo com um termo muito utilizado entre os especialistas de Gerenciamento por Categorias (GC), as prateleiras não são elásticas.

34

Guia294.indb 34

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

O consumidor, com o bolso mais apertado, tende a frear o consumo, o que, em um primeiro momento, pode gerar excesso de mercadoria em estoque e prejuízo ao varejista. Ao tentar acertar os níveis do sortimento, o gestor passa a comprar menos, mas aí se vê diante do pesadelo da ruptura, capaz de fazê-lo perder clientes em um momento delicado. Como então solucionar o dilema? Uma das respostas está na prateleira infinita, conceito proveniente do e-commerce, mas que pode, e deve, ser aplicado também nas lojas físicas. “É um recurso logístico (apoiado ou não na tecnologia) que torna possível o oferecimento de IMAGEM: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:41


produtos ao mercado, sem a limitação física para a sua quantidade exposta. Ou seja, o produto não precisa existir fisicamente no balcão ou nas prateleiras de uma loja para que seja visto e comprado”, explica o fundador do Instituto Loureiro, Marco Aurélio Loureiro. Muitas lojas, mesmo que sem planejar, já praticam a prateleira infinita, sem dar-se conta disso. “As lojas físicas já fazem isso quando dizem aos consumidores que ‘não temos o produto aqui, mas podemos pedir em outra unidade’”, exemplifica a diretora vogal do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) e coordenadora acadêmica da Academia de Varejo, Patricia Cotti. “De uma maneira simplificada, trata-se do mesmo conceito, embora em um ambiente menor. O consumidor procura a solução de sua demanda. Cabe ao varejista, bem como a toda cadeia, o devido entendimento e a proposta de uma ação que consiga resolver a questão, independentemente de como, quem e quando.”

to do consumidor, que não tolera rupturas e, mais do que isto, não enxerga mais diferença entre canais de compra. Já não se fala mais em loja física e on-line, é tudo varejo, é tudo junto. “O cliente vai para o ponto de venda (PDV) porque gosta de conversar, de se informar, mas nem sempre encontra tudo o que deseja. Quando isso ocorre, a loja precisa estar integrada, oferecer ao cliente a oportunidade de continuar comprando e receber em casa ou retirar o produto outro dia”, afirma o coordenador do Núcleo de Varejo da ESPM, Ricardo Pastore. Ainda que toda essa estrutura tenha sido criada pensando no cliente, o varejista também se beneficia da prateleira infinita. “Existe uma redução no custo de estocagem e disponibilização de itens, além de uma facilitação para o cliente encontrar o produto que deseja, especialmente se for aquele que tem pouca saída, uma vez que, nas prateleiras físicas, os varejistas escolhem oferecer os itens de maior procura”, destaca Loureiro. Ao mesmo tempo, as prateleiras infinitas têm a capacidade de alavancar os rendimentos e a satisfação de clientes, devido à otimização de custos e da contribuição para a receita de produtos de baixa procura. “A grande utiliza-

BENEFÍCIOS AO VAREJISTA Como explicaram os especialistas em varejo, a prateleira infinita surgiu muito devido à mudança de comportamen-

TRABALHANDO O MIX Quando se fala de gerenciamento de estoques e definição de mix de produtos, o conceito de curva ABC é muito empregado, pois leva em consideração os fatores de giro no estoque, proporção sobre o faturamento e a margem de lucro. Após a análise de tais fatores, tem-se a separação em três faixas, sendo considerados produtos:

De classe A: aqueles de maior importância (20% do total do sortimento, 80% do faturamento)

CLASSE

% ITENS

% VALOR

IMPORTÂNCIA

A

20%

80%

GRANDE

B

30%

15%

MEDIANA

C

50%

5%

PEQUENA

De classe C: os de menor valor ou quantidade (demais 50% do sortimento, 5% do faturamento)

De classe B: os de importância intermediária (30% do total de itens, 15% do faturamento) MAIO 2017 GUIA DA FARMÁCIA

Guia294.indb 35

35

19/04/17 15:41


PONTO DE VENDA

MUITAS LOJAS, MESMO QUE SEM PLANEJAR, JÁ PRATICAM A PRATELEIRA INFINITA, SEM SE DAR CONTA DISSO. AS LOJAS FÍSICAS JÁ FAZEM ISSO QUANDO DIZEM AOS CONSUMIDORES QUE NÃO TÊM O PRODUTO, MAS PODEM PEDIR EM OUTRA UNIDADE

ção da prateleira estendida justifica-se por algo além do mix tradicional ABC, para aqueles itens de procura pouco provável, que não se justificam como estoque, mas combinam com a cesta de produtos ampliada do consumidor e podem ser oferecidos como solução adicional”, acrescenta Patricia. Esses itens pelos quais poucas pessoas se interessam (muito específicos, com interesse por parte de grupos pequenos de clientes), individualmente, podem ter apenas uma ou duas vendas no ano, porém em larga escala (vários produtos com essas características), podem corresponder a várias vendas que não seriam feitas e vários clientes que não teriam seus produtos específicos. “Menos custo e mais vendas, esse é o pulo do gato”, define Loureiro. Quando falamos de farmácia, é essencial que os produtos de maior giro estejam presentes nas prateleiras físicas da loja, mas existem itens que são utilizados apenas para tratamentos médicos complexos, que possuem um custo altíssimo. “O varejista tem algumas unidades, mas não as vende. Imagina quanto dinheiro fica parado no estoque, enquanto podia estar no caixa. Com a prateleira infinita, otimizo muito o recurso da empresa, pois aqueles itens de menor giro podem ser vendidos virtualmente”, orienta Pastore, da ESPM.

IMPORTÂNCIA DA CADEIA Para que o conceito de prateleira infinita funcione e traga benefícios tanto ao cliente quanto ao varejista, um dos pontos centrais é contar com bons parceiros. O empresário deve contar com fornecedores e distribuidores confiáveis, 36

Guia294.indb 36

organizados e capazes de cumprir aquilo que prometem. É preciso ter em mente que qualquer problema causado por esses parceiros, na visão do cliente, é responsabilidade do varejista e não da cadeia de suprimentos. “A confiança, refletida em cláusulas contratuais, é importante para que o conceito não se desvirtue, transformando-se em algo maléfico. O não atendimento dos prazos de entrega, por exemplo, pode acabar repercutindo na visão da marca por parte do consumidor, que não entenderá a diferença entre os elos da cadeia”, ressalta Patricia, do Ibevar.

NA PRÁTICA Além do cuidado na escolha dos parceiros comerciais, os varejistas interessados em institucionalizar a prática da prateleira infinita precisam estar atentos a outros pontos. Primeiro, é preciso definir quais produtos estarão disponíveis fisicamente e quais não. De acordo com Loureiro, do instituto Loureiro, o empresário pode se perguntar: “Quais são as vendas que eu perco porque não vale a pena ter esse produto pegando poeira no estoque? Existe alguma forma para que eu consiga convencer o cliente a esperar um pouco e rapidamente trazer esse produto para suas mãos?”. “Se sim, e acredito verdadeiramente que é possível, essa empresa fará muito feliz seus clientes, terá um diferencial frente aos concorrentes e verá o impacto em seu caixa. O pequeno e o médio empresário não devem se intimidar com um sistema mais complexo de gestão de estoque se ele fizer sentido e impactar positivamente em seu negócio. O importante é atender às necessidades dos clientes, criar soluções viáveis e sustentáveis para eles”, garante. Outro ponto de atenção é que a estratégia da prateleira infinita tende a racionalizar a experiência de compra. Quando o produto não está presente na prateleira de um PDV, o cliente deixa de ter o prazer de sentir e interagir com aquilo que está consumindo ou tomando a decisão de compra. Sensação desconfortável como a ruptura. Por isso, Loureiro acredita que uma boa alternativa é optar por um sistema híbrido, parte físico e parte prateleira infinita. “Dessa forma, é possível utilizar a loja física como um espaço de interação humana, trabalhar com a experiência do cliente e ter a adição dessa teoria na estratégia empresarial. A ideia é conseguir atender ao maior número possível de clientes, sempre observando o quanto isso custará e qual estrutura logística e de controle é preciso que se tenha para sustentar essas facilidades. O importante é saber o que melhor se adapta ao seu público e à sua realidade empresarial.”

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


COMPORTAMENTO

De olho na cartela PESQUISA GLOBAL APONTA QUE AS MULHERES MAIS JOVENS SÃO AS QUE MAIS SE ESQUECEM DE TOMAR A PÍLULA ANTICONCEPCIONAL. O ESTRESSE E A AGENDA ATRIBULADA COLOCAM EM RISCO A PREVENÇÃO À GRAVIDEZ POR VIVIAN LOURENÇO

A

A mulher moderna não perde tempo; faz mil e uma coisas num instante. Trabalha, cuida da família, do namorado, dos filhos, da casa... são tantos afazeres que elas acabam negligenciando os próprios cuidados. Ser multitarefa é um adjetivo que define bem os Millennials, a geração composta por jovens adultos na faixa entre os 20 e 35 anos de idade e que têm conhecimento sobre os mais variados assuntos, o que faz com que estes jovens estejam sempre atentos e por dentro de tudo o que acontece no mundo. A quantidade de informação, somada a uma a vida atarefada, faz com que esse grupo se estresse cada vez mais. No caso das mulheres, ele tem sido a causa de esquecimento frequente de atividades comuns, como tomar a pílula an-

38

Guia294.indb 38

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

ticoncepcional; levar chaves, carteira e celular; ou tirar a maquiagem antes de dormir, por exemplo. É o que apontou a pesquisa global Millennials e Contracepção – Por que nos esquecemos?, realizada pela Bayer em vários países e que contou, no Brasil, com apoio do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O estudo explorou como a memória das mulheres Millennials pode ser impactada pelo estresse, levando em consideração as mudanças no estilo de vida delas em um curto espaço de tempo e a influência disto em suas atividades e hábitos diários. A pesquisa foi conduzida em nove países (Alemanha, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, França, Irlanda, Itália e México) com mulheres entre 21 e 29 anos de idade, que fazem uso de pílulas anticoncepcionais. IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:41


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


COMPORTAMENTO

COMPARAÇÃO ENTRE OS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS DEFINITIVOS

Eficácia Gestações em cada mil mulheres em um ano: LAQUEADURA CIRÚRGICA

LAQUEADURA POR HISTEROSCOPIA

99,8%

99%

0,3

5,5 VASECTOMIA

99% Fonte: médica ginecologista encarregada do Setor de Histeroscopia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo, Dra. Daniella De Batista Depes

7,4

No Brasil, mais de 16 milhões de mulheres se encontram na faixa entre 20 e 29 anos de idade, o que representa 16,2% da população total, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados revelam que boa parte delas se esquece, regularmente, de fazer atividades cotidianas. Entre as ações mais esquecidas, estão tomar a pílula anticoncepcional (58%), remover a maquiagem antes de dormir (20%) e levar consigo chaves, carteira e celular (10%). Elas atribuem isso a uma tendência em ser esquecida (39%), ter alguma preocupação (30%) e mudanças na rotina (13%).

MOTIVOS DO ESQUECIMENTO De acordo com o estudo, as brasileiras são as que mais se esquecem de tomar a pílula anticoncepcional. Enquanto a média mundial ficou em torno de 39%, no Brasil, 58% delas apontaram esquecimento pelo menos uma vez no último mês. Considerando o último ano, a taxa de esquecimento sobe para 89% entre as brasileiras. Em relação à pílula, os principais motivos apontados para o esquecimento são não tomá-la todo dia no mesmo 40

Guia294.indb 40

horário (32%), não deixá-la em lugar visível (21%), estresse no trabalho ou nos estudos (20%) e agenda cheia (17%). Outro aspecto sensível é que seis em cada dez brasileiras (58%) não tomam a pílula no mesmo horário todos os dias. Quase 40% delas não consideram necessário esse cuidado. “Algumas pílulas, por terem baixa dosagem hormonal, devem ser ministradas sempre no mesmo horário para garantir a eficácia. De acordo com o Estudo Coraliance, realizado na França, as pílulas, quando tomadas diariamente e sem pausa, ajudam a melhorar a adesão por não haver quebra na rotina das mulheres. É importante lembrar que a continuidade do uso também traz benefícios adicionais, como a redução do sangramento, a melhora da acne e dos sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM)”, afirma o ginecologista e professor livre-docente do Departamento de Ginecologia da Unifesp, Dr. Afonso Nazário. Segundo as participantes da pesquisa, a rotina influencia o esquecimento do uso correto do contraceptivo – 64% das brasileiras são mais propensas a esquecer a pílula quando estão preocupadas. Esse fato gera outro comportamento também apontado pela pesquisa: dessas mulheres, 74% já consideraram métodos contraceptivos que não precisam ser tomados diariamente.

CONTRACEPÇÃO X PREVENÇÃO Um dado preocupante da pesquisa aponta que, em todos os países, as mulheres abandonam o uso do preservativo (camisinha) quando utilizam a pílula como método anticoncepcional e esta tendência aumenta com a idade. No início da segunda década de vida, apenas 17% delas combinam os dois métodos, já no fim, este percentual cai ainda mais, alcançando 11%.

A QUANTIDADE DE INFORMAÇÃO, SOMADA A UMA A VIDA ATAREFADA, FAZ COM QUE ESSE GRUPO SE ESTRESSE CADA VEZ MAIS. NO CASO DAS MULHERES, ELE TEM SIDO A CAUSA DE ESQUECIMENTO FREQUENTE DE ATIVIDADES COMUNS, COMO TOMAR A PÍLULA ANTICONCEPCIONAL

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:49


COMPORTAMENTO

COMPARAÇÃO ENTRE OS MÉTODOS CONTRACEPTIVOS TEMPORÁRIOS

Eficácia Gestações em cada mil mulheres ao longo do tempo

91% 80

30

CONTRACEPTIVO ORAL

INJEÇÃO

91%

82%

PRESERVATIVO MASCULINO

ADESIVO

DISPOSITIVO INTRAUTERINO – DIU

79%

88%

PRESERVATIVO FEMININO

42

Guia294.indb 42

40 COITO INTERROMPIDO

76% 250

160 DIAFRAGMA COM ESPERMICIDA

Fonte: médica ginecologista encarregada do Setor de Histeroscopia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo, Dra. Daniella De Batista Depes

As brasileiras estão entre as que menos utilizam o preservativo quando adotam a pílula, apenas 6% delas combinam os métodos. Ficam atrás somente das irlandesas (5%). Levando em consideração que a maior concentração dos casos de AIDS no Brasil está na faixa entre

78%

8

210

150

ESPERMICIDA

+99%

80

ANEL VAGINAL

290

0,5 IMPLANTE

91%

80

72%

+99%

94%

ABSTINÊNCIA PERIÓDICA/ MÉTODO DA “TABELINHA”

25 e 39 anos de idade para ambos os sexos (53,6% entre eles e 49,8% entre elas), segundo o Ministério da Saúde, este dado da pesquisa mostra a sensibilidade do tema e a necessidade de uma maior conscientização para a prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:41


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


OLHOS

Visão saudável PREVENÇÃO E ACOMPANHAMENTO CONSTANTE AUXILIAM NA DETECÇÃO PRECOCE DAS DOENÇAS OCULARES MAIS COMUNS QUE ACOMETEM A POPULAÇÃO BRASILEIRA POR LAURA MARTINS

D

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 6,5 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência visual no Brasil. Em todo o mundo, a cada cinco segundos, uma pessoa fica cega e até 75% dos casos resultam de causas previsíveis e/ou tratáveis, segundo informa a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO). Ou seja, o acompanhamento periódico e cuidados específicos podem ajudar não só a prevenir doenças, mas também a detectar precocemente a possibilidade de uma patologia chegar ao seu nível mais extremo e, desta forma, tratá-la ou retardar seu efeito. Doenças ligadas ao envelhecimento ou à genética podem não só prejudicar a visão, mas levar à cegueira. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que 80% das 45 milhões de pessoas cegas mundialmente são maiores de 50 anos de idade. Esse é o caso do glaucoma, da catarata e dos olhos secos, algumas das patologias mais comuns nessa época da vida dos pacientes.

44

Guia294.indb 44

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

GLAUCOMA: VILÃO DOS OLHOS Segundo a OMS, glaucoma é o principal responsável por cegueira em todo o mundo. No Brasil, existem aproximadamente 985 mil pessoas que sofrem com a doença, embora o número possa ser ainda maior, já que 50% dos portadores ignoram a patologia, segundo a SBO. O maior problema é o fato de, na grande maioria das vezes, o glaucoma ser silencioso, sem sintomas evidentes. O oftalmologista do Hospital Cema, Dr. Leonardo Nicioli, explica que é uma doença do nervo óptico mais comum a partir dos 40 anos de idade. Seu principal fator de risco é a hipertensão ocular e leva à perda progressiva de visão, até à cegueira. “O mais importante é a detecção precoce da doença, para conseguir tratar e tardar a sua evolução”, diz. O principal sintoma é a perda da visão periférica, mas como a visão central continua a mesma, a maior parte dos pacientes não consegue perceber a falha ocular. E não somente a idade é responsável pela doença, mas a genética. De acordo com a oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês, Dra. Eliana Aparecida Forno, pessoas com IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:41


NOVO

FORMULAÇÃO

EXCLUSIVA

Novo suplemento vitamínico para DMRI que contém componentes fundamentais para manter e recuperar a saúde ocular1-8

COM LUVIS NA SUA FARMÁCIA SUAS VENDAS NÃO PERDEM O FOCO.

LUTEÍNA E ZEAXANTINA ÔMEGA 3, BILBERRY, VITAMINAS E MINERAIS

Referências: 1. AREDS 2 Research Group. Lutein + zeaxanthin and omega-3 fatty acids for age-related macular degeneration: the Age-Related Eye Disease Study 2 (AREDS2) randomized clinical trial. JAMA 2013;309(19):2005-15. 2.Widomska J, Subczynski W. Why has nature chosen lutein and zeaxanthin to protect the retina? J Clin Exp Ophthalmol 2014;5(1):326. 3. Kawabata F et al. Effects of dietary supplementation with a combination of fish oil, bilberry extract, and lutein on subjective symptoms of asthenopia in humans. Biomedical Research 2011;32(6):387-93. 4.Kijlstra A et al. Lutein: More than just a filter for blue light. Progress in Retinal and Eye Res 2012;31:303-15. 5. Nwachukwu ID et al. Lutein and zeaxanthin: Production technology, bioavailability, mechanisms of action, visual function, and health claim status. Trends in Food Science Technology 2016;49:74-84. 6. Bagchi D et al. Free radicals and grape seed proanthocyanidin extract: importance in human health and disease prevention. Toxicology 2000;148:187-97. 7. Kuzniarz M et al. Use of vitamin supplements and cataract: the Blue Mountains Eye Study. Am J Ophthalmol 2001;132(1):19-26. 8. Gizzi C et al. Bilberry extracts are not created equal: the role of non anthocyanin fraction. Discovering the “dark side of the force” in a preliminary study. Eur Rev Med Pharmacol 2016;20:2418-24. Registro MS: 6.6325.0019.001-0.

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:54


ESPECIAL SAÚDE

OLHOS

FATORES QUE PREJUDICAM A VISÃO Independente da patologia que a pessoa pode sofrer, algumas condições podem ser responsáveis pela piora da saúde. É o caso dos fatores a seguir: Uso do computador: geralmente, as pessoas piscam cerca de 220 vezes por minuto. Mas, ao olhar para telas, essa frequência pode diminuir até quatro vezes. Isso causa a diminuição da lubrificação dos olhos, prejudicando a saúde ocular.

Envelhecimento: o passar dos anos pode ser responsável por algumas doenças, principalmente, a catarata e o glaucoma.

Alimentação: apesar de não estar diretamente associada a nenhuma doença, alimentação balanceada é importante para que o corpo esteja, em geral, saudável. Buscar uma dieta rica em vitaminas, frutas e legumes é essencial.

Lentes de contato: o uso errôneo pode acarretar em grandes problemas. É importante que o tempo recomendado pelo médico seja respeitado e, mesmo ao utilizar as lentes de uso contínuo, tirá-las para dormir. O contato sem descanso pode causar irritação e aumentar a incidência de infecções. Tão importante quanto, a higienização deve ser feita todas as vezes que as lentes forem usadas.

Genética: diferentes doenças podem ter influência da genética. Além do glaucoma, doenças da macula (que causam a degeneração da retina) e a distrofia da córnea, são alguns dos exemplos de patologias que podem ser causadas por histórico familiar.

Sol: a exposição ao sol ao longo dos anos pode agravar a incidência de glaucoma, catarata e olhos secos, além de outras doenças. Por isso, é necessário o uso de óculos de sol quando estiver exposto aos raios ultravioleta. Porém, o acessório deve ser comprado com responsabilidade, já que as lentes escuras e sem proteção aumentam a pupila e, portanto, a incidência dos raios nos olhos.

Fontes: oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês, Dra. Eliana Aparecida Forno; diretor da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), Dr. Luiz Carlos Portes; e oftalmologista do Hospital Cema, Dr. Leonardo Nicioli

46

Guia294.indb 46

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

19/04/17 15:41


Bigfral, a marca líder na categoria*

*Fonte: Base Nielsen Retail Index – Share Valor Ano Fechado 2016 2.0 **Fonte: Base Nielsen Retail Index – Vendas Valor Ano Movel Fev 16-17 2.0

de descartáveis adulto, traz uma grande novidade:

a Tenhua na s a! Loj

MOV FEV 16

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

+27%

MOV FEV 17

Roupa íntima apresenta o maior crescimento da categoria e já é o 2º segmento mais relevante em valor**.

19/04/17 12:41


ESPECIAL SAÚDE

OLHOS

algum caso familiar de glaucoma têm o dobro de chances de também desenvolver a patologia. Por isso, é muito importante orientar as pessoas a se consultarem anualmente com um oftalmologista que, ao fazer exames de fundo de olho e pressão arterial, poderá descobrir se há indícios do início do glaucoma.

A CHEGADA DA CATARATA Responsável pela opacificação da retina (lente natural dos olhos), a catarata é facilmente curada por meio de cirurgia. Apesar de ter três diferentes tipos, o mais comum é acometer pessoas acima dos 50 anos de idade, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO): • Catarata senil: a opacidade ocorre por causa de alterações bioquímicas relacionadas à saúde. Em torno de 85% das cataratas são senis. Não é considerada uma doença, mas um processo de envelhecimento. • Catarata secundária: aparece devido a fatores variados, tanto oculares (descolamento de retina, tumores, glaucoma) como sistêmicos, que podem estar associados a traumas, moléstias endócrinas (diabetes mellitus, hipoparatireoidismo), causas tóxicas (corticoides tópicos e sistêmicos, cobre e ferro mióticos), entre outros. • Catarata congênita: presente ao nascimento. Diferente do glaucoma, a doença apresenta sinais desde o início. Aos poucos, o paciente começa a perceber a vista embaçada, como se houvesse algo atrapalhando a visão. Como seu principal fator de risco é o envelhecimento, não há muitas maneiras de evitar a catarata, além dos cuidados comuns à saúde ocular (como utilizar óculos de sol e se alimentar de maneira equilibrada).

A IMPORTÂNCIA DAS VITAMINAS Estar com os níveis vitamínicos em dia é crucial para que a saúde ocular não seja prejudicada. Assim, existe uma tendência do uso de suplementos vitamínicos. O suplemento normalmente recomendado é a luteína. Para o diretor da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), Dr. Luiz Carlos Portes, a vitamina pode ser útil para prevenir e retardar a Doença Macular Relacionada à Idade (DMRI). Por isso, a maior parte dos idosos usa a suplementação.

48

Guia294.indb 48

TIPOS DE VITAMINAS Vitamina C: ajuda na prevenção de catarata. Vitamina E: ajuda na prevenção e retardo da Doença Macular Relacionada à Idade (DMRI). Vitamina A: ajuda a prevenir os olhos secos e sua falta pode levar, principalmente em crianças, à cegueira noturna Fonte: oftalmologista do Hospital Cema, Dr. Leonardo Nicioli

“A visão vai ficando nublada, como se tivesse vendo através de uma nuvem. O contraste vai diminuindo e a visão de longe piora. É uma doença bem lenta e progressiva e não há urgência de cirurgia, depende de quanto a visão está prejudicada”, esclarece a Dra. Eliana.

SÍNDROME DOS OLHOS SECOS Cada vez mais presente na vida das pessoas, a Síndrome dos Olhos Secos pode ser ocasionada por diferentes problemas da vida moderna. “Cerca de 10% das pessoas abaixo dos 50 anos de idade já têm o problema dos olhos secos e, acima dos 50, 20%”, afirma o diretor da SBO, Dr. Luiz Carlos Portes. O uso constante de computador e outros dispositivos móveis é um dos principais responsáveis pelo problema. O uso de telas faz com que a pessoa deixe de piscar e, consequentemente, diminua sua lubrificação. Conforme explica o Dr. Nicioli, entre os principais sintomas, estão ardência, irritação e os olhos vermelhos. Apesar de ser uma doença que não leva à perda de visão, há um desconforto muito grande. A oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês complementa frisando a possibilidade de haver lacrimejamento. “A lágrima, às vezes, não é o suficiente. A córnea está mal lubrificada e a lágrima não fixa, ela escorre”, diz. Para evitar a Síndrome, os indivíduos devem descansar os olhos. “O que recomendamos é sempre fazer uma pausa. A cada 20 minutos parar, piscar bastante por até 20 segundos e depois voltar ao computador”, exemplifica o Dr. Nicioli. Além disso, é importante evitar ambientes muito poluídos e o uso excessivo de ar-condicionado. Se, ainda assim, o paciente tiver uma pequena queixa sobre os olhos secos, o uso de lubrificantes oculares (as famosas lágrimas artificiais) pode ajudar a diminuir ou cessar os sintomas da doença.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

19/04/17 15:41


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:25


TOSSE

Defesa do corpo humano ENTENDER O PORQUÊ DE O SINTOMA APARECER E COMO ELE SE APRESENTA SÃO DOIS DOS PRINCIPAIS FATORES PARA TRATAR DA MANEIRA CORRETA E COM O MEDICAMENTO MAIS INDICADO

A

POR LAURA MARTINS

A tosse está presente na vida das pessoas por diferentes motivos. É um reflexo do aparelho respiratório contra um corpo estranho ou secreção que poderia chegar ao nível dos pulmões ou uma consequência de um processo irritativo. Se estiver presente por até duas semanas, é considerada aguda, enquanto um quadro persistente (a partir da terceira semana) é nomeado crônico. Além disso, é classificada entre produtiva (com expectoração) ou não produtiva (seca). “Na tosse com expectoração, existe catarro e é chamada de tosse produtiva. Essa secreção é produzida pelas vias aéreas e, em

50

Guia294.indb 50

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:41


af_Benalete_pagina_inteira.pdf

1

13/04/2017

11:43:59

GARGANTA DOEU, NÃO ESQUECE:

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

jnjbrasil.com.br/Benalet

BENALET® CLORIDRATO DE DIFENIDRAMINA, CLORETO DE AMÔNIO E CITRATO DE SÓDIO.

MS –1.5721.0012 Indicações: Tratamento adjuvante (auxiliar) nos quadros de afecções das vias aéreas superiores como tosse, irritação da garganta e faringite. ADVERTÊNCIAS: BENALET® É UM MEDICAMENTO.DURANTE SEU USO, NÃO DIRIJA VEÍCULOS OU OPERE MÁQUINAS, POIS SUA AGILIDADE E ATENÇÃO PODEM ESTAR PREJUDICADAS. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Data de Impressão e Distribuição: Abril/2017. SAC: 0800 7286767 ou Serviço ao Profissional 0800 7023522. ©Johnson & Johnson do Brasil Industria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda - 2017 - 1. Bula do produto

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:47


ESPECIAL SAÚDE

TOSSE

COMO AJUDAR A CURAR A TOSSE

• Hidratação (1,5 litros a 2 litros de água/dia), bem como bebidas quentes (chás) com mel. • Evitar a boca seca, pois a saliva ajuda a limpar a garganta. • Lavar as mãos com frequência para evitar a transmissão de microrganismos susceptíveis (bactérias, vírus). • Evitar contato com o ar condicionado direto e mudanças de temperatura drásticas. • Umidificar os cômodos. • Reduzir a quantidade de fumo e evitar contato com a fumaça de cigarro. • Alimentar-se bem: dar preferência às frutas e aos legumes para reformar o sistema imunológico. • Respirar pelo nariz, pois além de aquecer o ar, é um excelente filtro de bactérias e de outros irritantes nocivos. Caso a tosse não seja evitada, a hidratação auxilia a cessá-la. A nebulização com soro fisiológico é uma boa maneira de acabar com os sintomas do paciente, assim como medicamentos para tosse. “Os medicamentos variam de acordo com a causa da tosse. Em alguns casos pode ser necessário associar antibióticos, corticoides ou mesmo tratamento para o estômago ou asma. A inalação com soro fisiológico ajuda em todos os casos e não causa mal”, diz a pneumologista do Hospital Sírio-Libanês, Dra. Elnara Márcia Negri.

geral, é clara. Mas se existir uma infecção, pode ser amarelada. Na tosse seca, não existe expectoração e, normalmente, ocorre nos processos alérgicos e quando há irritação residual das vias aéreas após infecção ou quando ocorre exposição à fumaça e às 52

Guia294.indb 52

substâncias químicas ou na aspiração de corpo estranho”, explica a otorrinolaringologista do Hospital Israelita Albert Einstein, Dra. Estelita Betti. Por isso, entender a causa da tosse é um dos passos mais importantes do tratamento. “Ela tem de

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

19/04/17 15:41


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:17


ESPECIAL SAÚDE

TOSSE

PASTILHAS X XAROPES

Pastilhas • Forma sólida. • Uso tópico. • Indicadas para alívio local de alguma irritação e/ou inflamação. • Auxiliam em crises agudas de tosse, contendo o incômodo e desconforto. • Contêm um ou mais princípios ativos, em base adocicada e com sabor. • Diabéticos devem se medicar com versão sem açúcar. Xaropes • Forma líquida. • Ação sistêmica (periférica ou em nível central). • Efeito mais duradouro. • Mais indicados para uso pediátrico ou indivíduos que tenham dificuldade de deglutir formas sólidas. • Duas funções: para tosse com expectoração ou seca. • Diabéticos devem se medicar com versão sem açúcar. Pomada • Uso tópico – produto parecido com um creme que ao ser passado nas costas, pescoço e peito ajuda nos sintomas da tosse. • Funciona a partir dos vapores que, ao serem inalados, aliviam a tosse e a congestão nasal. • Pode ser usada por diabéticos.

Fontes: doutora em farmacologia de produtos naturais pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e professora pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) nos cursos de Farmácia, Enfermagem e Fisioterapia, Camila Montenegro; farmacêutica Responsável pela Farmácia Universitária da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), Maria Aparecida Nicoletti; gerente de marketing de Vick, José Álvaro Restrepo

54

es_tosse.indd 54

SE A TOSSE ESTIVER PRESENTE POR ATÉ DUAS SEMANAS, É CONSIDERADA AGUDA, ENQUANTO UM QUADRO PERSISTENTE (A PARTIR DA TERCEIRA SEMANA) É NOMEADO CRÔNICO. ALÉM DISSO, É CLASSIFICADA ENTRE PRODUTIVA (COM EXPECTORAÇÃO) OU NÃO PRODUTIVA (SECA) ser separada em processos alérgicos e infecciosos. Há, também, aquelas que não provêm das vias respiratórias, como por refluxo ou pós-medicamentos”, pontua o otorrinolaringologista do Hospital Cema, Dr. Cícero Matsuyama. Entre as principais causas infecciosas, estão os resfriados e gripes que, se não cuidados, têm chance de tornar-se uma infecção bacteriana. Nesse caso, a secreção passa do branco para esverdeada ou acastanhada e a tosse começa a ser mais frequente. Já a tosse alérgica tende a ocorrer de maneira súbita ao contato do alergênico, como pó ou pólen. As alergias ocorrem com maior incidência entre as estações (outono e primavera), de acordo com o Dr. Matsuyama. A mudança climática é um dos responsáveis pelo aumento de casos de rinite, sinusite e doenças virais. No outono, a diminuição de quantidade de chuva e o frio deixam as pessoas mais propensas a ter alergias. De acordo com a pneumologista do Hospital Sírio-Libanês, Dra. Elnara Márcia Negri, algumas das outras causas que acometem a tosse contínua. “Em alguns casos, a tosse seca está associada a tumores, problemas cardíacos e mais comumente a refluxo gastroesofágico e asma. A tosse com secreção é mais comumente vista em quadros de infecção bacteriana ou microbacteriana, mas esta regra não é obrigatória e os quadros, às vezes, se misturam.”

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

24/04/17 08:26


A Geolab apresenta 3 aliados que vão marcar essa estação do ano.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Loritil® (loratadina) MS nº.: 1.5423.0003. Indicações: Alívio dos sintomas associados com rinite alérgica tais como: coriza, espirros e prurido nasal, ardor e prurido ocular. Também indicado para o alívio dos sinais e sintomas de urticária e outras alergias da pele. Cisteil® (acetilcisteína ( cística/mucoviscidose. Também indicado como antídoto na intoxicação acidental por paracetamol. Vitacin® (ácido ascórbico) MS nº.: 1.5423.0045. Indicações : Recomendado como suplemento vitamínico nos casos: pós-cirúrgicos/cicatrizantes, auxílio nas anemias carenciais, dietas restritivas e inadequadas, doenças crônicas/convalescença, idosos, antioxidante, auxílio do sistema imunológico. Vitacin solução gotas também é indicado como suplemento vitamínico para recém nascidos, lactantes e crianças em fase de crescimento ABRIL 2017.

ATENÇÃO: LORITIL® XAROPE CONTÉM AÇÚCAR. PORTANTO DEVE SER UTILIZADO COM CAUTELA EM PORTADORES DE DIABETES. LORITIL® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. CISTEIL® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. VITACIN® NÃO USE ESTES MEDICAMENTOS EM CASO DE DOENÇA GRAVE DOS RINS. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:38


ESPECIAL SAÚDE

TOSSE

OS DIFERENTES XAROPES Para tosse seca: agem em nível central ou periférico sobre células liberadores de mediadores pró-inflamatórios (opioides e anti-histamínicos) com o intuito de aliviar o incômodo do paciente, em especial à noite. Para tosse com secreção: os fármacos mucolíticos e expectorantes têm ação sobre o sistema mucociliar e auxiliam na expectoração da secreção, ao reduzir a viscosidade e a consistência do muco, ao aumentar a secreção aquosa pelas glândulas, intensificando o volume de secreção e promovendo a limpeza mucociliar e, por fim, estimulando o reflexo da tosse.

Fonte: doutora em farmacologia de produtos naturais pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e professora pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) nos cursos de Farmácia, Enfermagem e Fisioterapia, Camila Montenegro

56

es_tosse.indd 56

Apesar de ser presença constante em doenças que não preocupam tanto, um quadro de tosse torna-se um problema caso outros sintomas venham junto. A Dra. Estelita cita algumas patologias mais graves. “Tosse com perda de peso, febre baixa que não cede e catarro constante são suspeitas de tuberculose. Se houver febre, nariz escorrendo e esforço grande para tossir, são sintomas de coqueluche. E tosse persistente sem melhora pode ser câncer de pulmão ou doença cardíaca.” Evitar crises de tosse depende diretamente da causa do sintoma. Ou seja, o primeiro passo é descobrir qual doença está ligada à tosse. “Nos fumantes, parar de fumar é sempre a forma mais eficaz. A tosse associada a gripes e resfriados é aliviada com limpeza nasal e soro fisiológico e ingestão de bastante água. Mel e limão também ajudam”, afirma a Dra. Elnara. O especialista do Hospital Cema complementa as informações, citando a importância de sempre se hidratar muito bem, evitar o contágio de secreções providas de outras pessoas, lavar bem as mãos com água e sabão ou álcool em gel antes de se alimentar.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

24/04/17 11:37


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:28


NOROVÍRUS E ROTAVÍRUS

Transmissão veloz ALGUMAS INFECÇÕES CAUSADAS POR VÍRUS E BACTÉRIAS ACOMETEM MAIS AS CRIANÇAS DO QUE OS ADULTOS, DEVIDO À SUA EXPOSIÇÃO AO MEIO AMBIENTE. NAS ALTAS TEMPERATURAS, OS PROBLEMAS NO APARELHO GASTROINTESTINAL SE TORNAM MAIS FREQUENTES

S

POR VIVIAN LOURENÇO

Se resfriados e gripes são comuns quando as temperaturas estão em queda, as infecções do aparelho gastrointestinal se intensificam quando os dias ficam mais quentes. Não é raro ver uma criança com sintomas de vômito, diarreia e desidratação. Esses quadros são causados pelos rotavírus e norovírus. O rotavírus é um vírus da família Reoviridae. Sua transmissão é por via fecal-oral, o que significa que ele é eliminado pelas fezes, contaminando água ou alimentos, sendo transferido para outros, principalmente, por meio das mãos, como explica o pediatra formado pela Faculdade de Medicina do ABC, com especializações e títulos pela Universidade Federal de São Paulo na Escola Paulista de Medicina

58

Guia294.indb 58

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

(Unifesp/EPM), Sociedade Brasileira de Pediatria e General Pediatric Service da University of California – Los Angeles (Ucla), Dr. Sylvio Renan. Além disso, o rotavírus apresenta sete tipos diferentes de sorotipos que são antigênicos (capaz de causar produção de um anticorpo) diferentes, mas da mesma espécie microbiana. Porém, apenas três infectam o ser humano. “É uma das mais importantes causas de diarreia grave em crianças menores de cinco anos no mundo, particularmente nos países em desenvolvimento”, alerta a pediatra e diretora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do A. C. Camargo, Dra. Fabíola Peixoto. O norovírus, apesar de ser pouco conhecido do público, é transmitido por água e alimentos contaminados. Ele é um importante causador de gastroenterites não bacterianas IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:42


no Brasil. A transmissão de pessoa para pessoa ocorre com facilidade. “Diferentemente de outros vírus causadores de gastroenterites (como o rotavírus), o norovírus afeta com frequência indivíduos adultos”, complementa a Dra. Fabíola. Os norovírus estão muito associados a surtos em locais confinados ou de contato próximo, numa mesma família, em navios, asilos e ambientes hospitalares, por exemplo.

SINTOMAS MAIS COMUNS O norovírus tem alta infecciosidade. O contato com o aerossol do vômito de uma pessoa infectada, por exemplo, pode ser suficiente para a transmissão. Além disso, tem alta resistência, permanecendo em superfícies com as quais uma pessoa infectada teve contato, o que torna o compartilhamento de espaços e objetos um problema. “A facilidade de transmissão do vírus dificulta muito o controle de surtos. O principal risco é a manipulação dos alimentos e a lavagem das mãos é fundamental para evitar a transmissão do norovírus”, destaca a diretora da UTI Pediátrica do A. C. Camargo. Com isso, as crianças acabam sendo as mais acometidas pela enfermidade. “Porque pela via de transmissão, elas se infectam com água e alimentos, objetos contaminados e provavelmente por secreção respiratória”, explica o clínico geral do Hospital San Paolo, Dr. Bento Carvalho Filho. A sazonalidade estende-se do outono à primavera nos países de clima temperado, porém, nas regiões tropicais, as infecções ocorrem o ano todo. “Os sintomas de alerta são, em sua maioria, vômitos, diarreia aquosa e febre”, completa o Dr. Carvalho Filho. Além desses sintomas, a Dra. Fabíola destaca também o surgimento de diarreia por mais de 48 horas, sangue e muco nas fezes; dor abdominal muito forte impossibilitando a pessoas de ficar em pé; temperatura > 38,5ºC; evacuação > oito vezes ao dia; sinais de desidratação (saliva grossa, sem urinar, sem lágrima).

PREVENÇÃO E TRATAMENTO A prevenção é feita com a lavagem correta das mãos, principalmente, após evacuações e antes de refeições. Ingerir sempre alimentos bem higienizados e água tratada é fundamental. Além disso, o Dr. Renan cita a existência, atualmente, de uma vacina contra rotavírus, que é aplicada pelo governo e clínicas particulares, por via oral, e sua aplicação ocorre em duas ou três doses, devendo ser completada antes da criança completar seis meses de idade.

IMPORTÂNCIA DOS REPOSITORES DA FLORA INTESTINAL O principal risco do rotavírus nas crianças é a desidratação. A orientação do pediatra formado pela Faculdade de Medicina do ABC, com especializações e títulos pela Universidade Federal de São Paulo na Escola Paulista de Medicina (Unifesp/EPM), Sociedade Brasileira de Pediatria e General Pediatric Service da University of California – Los Angeles (Ucla), Dr. Sylvio Renan, é repor os líquidos com soluções prontas para a hidratação, via oral, que podem ser encontradas nas farmácias. “Nas farmácias populares, é possível encontrar gratuitamente a distribuição do soro. Em casos graves, a criança deve ser direcionada ao hospital para tomar soro intravenoso.” Em casa, os pais podem oferecer água, chá, água de coco, sucos e isotônicos. “Para casos severos, com diarreia, é indicado procurar um médico para melhor avaliação, se há ou não a necessidade de usar repositores da flora intestinal.”

Segundo a Dra. Fabíola, duas vacinas de vírus vivos atenuados contra o rotavírus, para uso oral, estão licenciadas no Brasil: • Vacina pentavelente: contém cinco cepas rearranjadas humano-bovinas – RV5 (Rotateq®, do laboratótio Merck Sharp & Dohme). • Vacina monovalente humana – RV1 (Rotarix®, do laboratório GlaxoSmithKline Biologicals). A vacina monovalente (RV1) está disponível nos serviços públicos de vacinação e a vacina pentavalente (RV5) está disponível apenas nos serviços privados. “Não existe tratamento cientificamente comprovado para eliminação do vírus. Assim, o que se faz é estimular a ingestão de líquidos (água ou soro caseiro) para se evitar a desidratação. Caso a mesma venha a ocorrer, o paciente deve ser internado para hidratação por via venosa”, orienta o Dr. Renan. 2016 MAIO GUIA DA FARMÁCIA

Guia294.indb 59

59

19/04/17 15:42


ESPECIAL SAÚDE

NOROVÍRUS E ROTAVÍRUS

ORIENTAÇÃO AO PACIENTE • Administrar a vacina contra rotavírus pentavalente ou a vacina contra rotavírus monovalente em crianças menores de seis meses de idade. • Seguir os cuidados com higiene pessoal e doméstica. • Lavar sempre as mãos antes e depois de utilizar o banheiro, trocar fraldas, manipular/ preparar os alimentos, amamentar, manusear materiais/objetos sujos, tocar em animais. • Lavar e desinfetar superfícies, utensílios e equipamentos usados na preparação de alimentos. • Proteger os alimentos e as áreas da cozinha contra insetos, animais de estimação e outros animais (guarde os alimentos em recipientes fechados). • Tratar a água para beber (por fervura ou colocar duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% para cada litro de água, deixar repousar por 30 minutos antes de usar). • Guardar a água tratada em vasilhas limpas e de boca estreita para evitar a recontaminação. • Não utilizar água de riachos, rios, cacimbas ou poços contaminados. • Ensacar o lixo e manter a tampa do lixo sempre fechada. • Quando não houver coleta de lixo, este deve ser enterrado. • Usar sempre a privada, mas se isso não for possível, enterrar as fezes sempre longe dos cursos de água. • Ter cuidado para não contaminar as fontes de água com fezes e lixo. • Manter o aleitamento materno aumenta a resistência das crianças contra as diarreias. • Evitar o desmame precoce.

60

Guia294.indb 60

Segundo a Dra. Fabíola, calcula-se que 6% a 24% das doenças diarreicas da criança e 20% a 70% das hospitalizações por diarreia sejam determinadas pelo rotavírus. No Brasil, dados do DATASUS estimam que crianças com idade até três anos tenham 2,5 episódios de doença diarreica/ano e que 10% delas sejam causadas pelo rotavírus. A doença diarreica causada pelo rotavírus é mais prevalente entre lactentes e crianças até os cinco anos de idade, predominando na faixa etária dos seis aos 24 meses. Em locais onde a vacina não é aplicada, praticamente todas as crianças que chegam aos cinco anos de idade já foram infectadas pelo rotavírus.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2016

19/04/17 15:42


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


SORTIMENTO

Hidratação das vias respiratórias MÉDICOS RECOMENDAM O USO DE FLUIDIFICADORES NASAIS NÃO APENAS NO INVERNO, QUANDO AUMENTAM OS CASOS DE ALERGIAS, MAS DURANTE TODO O ANO

L

POR TATIANA FERRADOR

Lidar com o incômodo típico das estações frias, em que são mais recorrentes sintomas, como nariz entupido, coriza, espirros e coceira no nariz, já virou um hábito para o brasileiro. Muitos, inclusive, já possuem a tiracolo um soro para hidratar as narinas e diminuir os efeitos, na maioria das vezes, de fundo alérgico que a nova temperatura traz consigo. Tal hábito é uma ótima oportunidade para o varejo farmacêutico que, nesta época do ano, reforça seus estoques com uma grande variedade de fluidificadores nasais e correla-

62

Guia294.indb 62

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

tos, pois a venda de tais produtos é garantida e certeza de bons negócios. De acordo com informações da Libbs, a demanda se concentra no período de inverno, sendo maio, junho e julho os principais meses na maioria das regiões do Brasil. A empresa, que possui a linha Salsep, enfatiza que trabalha com foco em prevenção de doenças respiratórias, com indicação para uso diário. Ainda assim, nesse contexto, é no inverno que a demanda é maior, sem a ocorrência de picos, como no caso de alguns concorrentes que concentram sua venda somente no inverno. IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:42


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:44


SORTIMENTO

SAZONALIDADE TÍPICA O mercado de higienizadores nasais é altamente concentrado em três principais marcas, que correspondem, juntas, a aproximadamente 60% de market share, tanto em volume, quanto em valor. Porém, muitas marcas disputam mensalmente a conquista de seu espaço na gôndola, que é inelástica e com várias opções e formulações. Sazonal, têm suas maiores vendas concentradas nos meses mais frios do ano para o tratamento dos sintomas causados pelas doenças mais comuns do inverno, o que não impede que sejam utilizados facilmente durante todo ano, devido à poluição nos grandes centros urbanos e exposição constante a condicionadores de ar que ressecam o ar. Como explica a diretora de marketing e trade marketing da Natulab, que produz o Nasojet, Ivana Marques, as diferentes formulações presentes no mercado da categoria de descongestionantes nasais podem gerar confusão no entendimento correto por parte do consumidor final. “Faz-se necessário que o atendente da farmácia conheça profundamente todas as substâncias que possuem indicação semelhante entre si, avaliando os riscos e benefícios de cada produto e considerando aqueles itens que não são de venda livre e podem trazer riscos à população”, diz. A maioria dos higienizadores são à base de cloreto de sódio, ou seja, trata-se de uma solução salina isotônica responsável por higienizar o nariz e agir na defesa dos sintomas causados pela rinite alérgica, mantendo a hidratação natural das vias respiratórias. Vale lembrar que o cloreto de sódio melhora os mecanismos de defesa do nariz, hidratando a mucosa e tornando mais fluida a secreção produzida em excesso em resposta aos agentes alérgicos.

EM TODAS AS ESTAÇÕES De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade ideal do ar é de 60%, sendo que a Defesa Civil alerta que a umidade entre 15% e 20% não é recomendável para a saúde. Quando o índice cai para 12%, considera-se estado de emergência. O nariz é o órgão responsável por umidificar o ar, ou seja, quando a umidade relativa do ar está baixa, ele é o mais afetado. Por isso é tão importante hidratar as mucosas nasais com soro fisiológico ou soluções em gel, com opções variadas disponíveis no mercado. Com o intuito de conscientizar a população com relação à necessidade do uso contínuo de fluidificadores, a Libbs criou o selo do Ciclo da Saúde Nasal, uma pro64

Guia294.indb 64

COMO SE TRATA DE UM ITEM QUE FICA EXPOSTO FORA DO BALCÃO, NA SEÇÃO DE MIPS, ONDE EXISTEM TIPOS DIFERENTES DE PRODUTOS, É IMPORTANTE QUE O VAREJO GARANTA VARIEDADE DE APRESENTAÇÕES, QUE ATENDAM DIFERENTES USUÁRIOS E QUE AGREGUEM RELEVÂNCIA AO SORTIMENTO DA LOJA posta de hábito diário de cuidados com a higiene nasal, que previne as doenças respiratórias. Esse conceito é utilizado em todos os materiais de comunicação da empresa com o objetivo de conscientizar médicos e pacientes para esse novo conceito. Para a gerente de marcas da Natulab, Sylvia Granziera, há uma preocupação contínua quanto à informação passada aos usuários de seus produtos. Ela conta que a empresa aposta em materiais promocionais distribuídos nas principais farmácias do Brasil antes dos picos das vendas. “Já no primeiro semestre de 2017, essas peças de comunicação estavam disponíveis nos pontos de venda (PDVs), destacando não apenas a marca, como também modo de utilização e benefícios do uso contínuo do produto”, diz Sylvia. “Entre as dicas, estão a importância de uma lavagem abundante das cavidades nasais, deixando o produto escorrer livremente pelo nariz com auxílio de um lenço descartável e após o uso, de preferência, fazer uma higienização do bico aplicador entre cada uso”, complementa. Na mesma linha, a gerente de Grupo de Produto Farma da FQM – Farmoquímica, Milene Sant’Anna, explica que a utilização diária de higienizadores nasais é, inclusive, uma orientação-padrão dos pediatras para os recém-nascidos. “O que deveria ser estendido para as demais faixas etárias e desta forma diminuir a incidência de doenças respiratórias”, ressalta. “É preciso desenvolver o hábito de se higienizar o nariz assim como escovamos os dentes, pois a narina é um filtro natural para impurezas e poluição”, conclui.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:42


Vida de Super-herói não é nada fácil.

Sua família pode contar com o nosso cuidado! O Saracorte não arde e é ideal na limpeza antisséptica e desinfecção de ferimentos do seu pequeno herói e toda sua família, com a qualidade do laboratório Teuto/Pfizer.

MAI 17 Indicado na antissepsia (desinfecção e limpeza) da pele e de pequenos ferimentos. MS. AFE nº 1.06241.0/ MS. AFE nº 1.06241.0.

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:30


SORTIMENTO

NÚMEROS DE REPRESENTATIVIDADE Hoje, a subcategoria de soluções nasais representa 7% do mercado total de gripes e resfriados e teve um crescimento de 26% em relação ao MAT*16 Mercado Consumer Health — R$ Preço ao Consumidor (Bilhões)

Top 5 Marcas em Sol. Nasais — R$ Preço ao Consumidor (Bilhões)

+5% 3.255

3.089 25%

1%

25%

+5%

47%

+2%

45%

11%

+10%

11%

11%

+5%

11%

6%

+26%

MAT 2016

0%

7%

MAT 2016

*MAT significa Moving Annual Total (Movimento Anual Total, em português) Fonte: IMSQuintiles PMB – MAT Fevereiro/17 – Mercado Consumer Health – NEC Gripes e Resfriados

O otorrinolaringologista, Dr. Leonardo Nakao, ratifica a importância dos cuidados diários com as vias aéreas. “A obstrução nasal leva a uma piora na qualidade de vida e do sono, podendo ocasionar o ressecamento oral e até mesmo à diminuição do olfato”, explica. “Os fluidificantes nasais, cuja composição pode ser soro fisiológico 0,9% ou cloreto de sódio 0,9%, são uma boa opção para higiene nasal diária”, enfatiza e diz, ainda, que o recomendado é sempre procurar um profissional antes da utilização das soluções. “A lavagem nasal diária pode trazer muitos benefícios e não causa efeitos colaterais, e o hábito pode levar à melhora significativa da qualidade do sono, da respiração, da garganta seca, da tosse e na proteção contra doenças respiratórias”, conclui. 66

Guia294.indb 66

RANKING

MARCA

CORPORAÇÃO

#1

Rinossoro

Hypermarcas

#2

Maresis

FQM

#3

Sorine

Aché

#4

Salsep

Libbs

#5

Nasoclean

GSK

Antitussígenos Produtos para gripes e resfriados Produtos para dores de garganta Respiratórios e antialérgicos geral Soluções nasais Outros

NOVIDADES À VISTA Atualmente, no mercado de higienizadores nasais, destacam-se os produtos de jato contínuo, além das apresentações distintas com pressões específicas e adequadas para cada público. Bicos anatômicos que se adaptam ao nariz de cada paciente, desde bebês até adultos, proporcionando maior conforto na aplicação e maior controle do volume e intensidade do jato, de acordo com o perfil do usuário também são critérios bastante valorizados. A maioria das marcas disponíveis no mercado apresenta formulações diferenciadas para bebês, crianças, adultos e, algumas soluções mais fortes, comumente indicadas para o pós-operatório nasossinusal. Há, ainda inovações visuais, em suas embalagens, com aplicadores aerossóis BOV (Bag On Valve), que

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:42


Restaura o equilíbrio da flora intestinal

SABOR LARANJA

on boa rd

as ist

especiali

za da

me F il

NOVA EMBALAGEM

M

ate

rial de PD V

s

Re v

ZERO AÇUCAR

Leiba® é destaque nas principais mídias. LEIBA® (Lactobacillus acidophilus liofilizado) MS 6.6325.0004.001-9 / 6.6325.0001.001-2 / 6.6325.0003.001-3. Deve ser associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis. SAC 0800 11 15 59 | www.uniaoquimica.com.br | maio 2017.

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:31


SORTIMENTO

COMPOSIÇÃO DOS HIGIENIZADORES As composições, que têm como princípio básico cloreto de sódio, têm concentrações variadas, normalmente entre 0,9% e 3%. As recomendações são variadas, dependendo da necessidade do paciente, normalmente divididas em: • Nariz entupido: descongestionantes nasais em gotas ou spray. • Inibidor de corrimento nasal: anti-histamínicos. • Liberação de secreções: fluidificadores ou expectorante. Entre as apresentações mais comuns há: • Conta-gotas: mais utilizados em bebês muito pequenos, os lactentes até dois anos. • Jato contínuo: trata-se do método mais utilizado e moderno para higienização e hidratação nasal.

40% do consumo anual, segundo o IMS Health”, diz. Já para Ivana, o fato de haver no mercado diferentes formulações de descongestionantes nasais requer uma orientação mais precisa, seja do médico que indicou o medicamento, como do farmacêutico, na hora da venda. “Alguns produtos com a mesma finalidade, mas que contêm vasoconstrictores, como a nafazolina, em sua composição, possuem sérias contraindicações e restrições de uso, sobretudo, em crianças, e são produtos tarjados que, entre outras coisas, podem gerar alterações cardiovasculares”, exemplifica. A equipe de comunicação da Farmasa, fabricante do Rinosoro, destaca como maior desafio na categoria de fluidificante e descongestionante nasal manter todas as apresentações (gotas, spray, spray infantil, e spray 3%) ativas na lembrança do médico para gerar demanda, assim como que todas elas estejam bem expostas no PDV para que o consumidor encontre o produto mais adequado ao seu perfil. Como se trata de um item que fica exposto fora do balcão, na seção de Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs), onde existem tipos diferentes de produtos, é importante que o varejo garanta variedade de apresentações, que atendam diferentes usuários e que agreguem relevância ao sortimento da loja. De modo geral, a indústria deve realizar junto ao varejo um trabalho de esclarecimento sobre as diferentes apresentações que cada marca e produto possui.

NO PDV

facilitam a utilização dos produtos, pois sua aplicação pode ser feita de qualquer ângulo, benefício este muito utilizado para crianças e pessoas com dificuldade de mobilidade. Ainda que os higienizadores nasais mantenham um fluxo contínuo de vendas, com picos nas estações mais frias, existe a preocupação de aumentar o consumo nas demais estações. Para Milene, o principal desafio da categoria ainda é a conscientização dos benefícios do uso regular no dia a dia para a prevenção de doenças respiratórias. “Temos uma demanda contínua, mas o aumento se dá mesmo no período de outono-inverno, principalmente entre maio a agosto, já que há maior incidência de infecções e alergias respiratórias, em torno de 68

Guia294.indb 68

• Como os produtos são classificados como Over The Counter (OTC), podem ser encontrados na prateleira da seção de soluções salinas, fora do balcão. • Os produtos devem ser expostos no autosserviço, junto de seus principais concorrentes, ao alcance dos olhos e das mãos dos clientes da farmácia. • Seus preços devem estar destacados por apresentação de forma a não haver confusão por parte do cliente. • A prateleira deve estar abastecida para que não haja ruptura no PDV, principalmente com a chegada do verão. • A exposição deve facilitar com que o shopper encontre o produto que mais lhe interessa rapidamente, na altura de seus olhos. • Apostar em materiais de comunicação tem papel importante nessa seção, já que se trata de uma categoria com mix de produtos amplos.

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:42


ESPAÇO PUBLICITÁRIO


REPARAÇÃO

Questão de pele MANCHAS E CICATRIZES SÃO O TERROR DE TODA PESSOA QUE SE PREOCUPA COM A APARÊNCIA. CUIDADOS AO LONGO DA VIDA E TRATAMENTOS ADEQUADOS SÃO FUNDAMENTAIS PARA MINIMIZAR OS PROBLEMAS

U

POR ADRIANA BRUNO

Uma das principais queixas e motivos que levam pacientes aos consultórios dermatológicos são as manchas e cicatrizes de pele, e é pelas manchas que começaremos esta reportagem. Elas podem surgir por diversos fatores, entre eles a genética, os hormônios, a exposição aos raios

70

Guia294.indb 70

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

solares e até mesmo fatores externos, como alimentação, meio ambiente e estresse. O aumento na produção de melanina, pigmento responsável pela cor da pele, é outro gatilho para o surgimento das manchas de pele. De acordo com a médica especialista em dermatologia e clínica médica, Dra. Giselle IMAGENS: SHUTTERSTOCK

19/04/17 15:42


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:36


REPARAÇÃO

TIPOS DE CICATRIZES As cicatrizes são uma resposta do organismo a uma lesão direta na epiderme. Toda vez que a pele sofre um trauma, ocorre uma reparação do tecido e forma-se uma cicatriz. É um processo complexo. Elas, portanto, fazem parte do processo de cura e quanto mais danos forem causados à pele e mais tempo ela demorar para se curar, maiores as chances de que uma grande cicatriz se forme no local.

p

óficas r t er

Hi

mais r o N

Quando a cicatrização está mais próxima do tecido da pele que foi perdido.

cas i f ó Atr

e loid e Qu

Acontecem quando há perda das estruturas que apoiam a pele, a gordura e o músculo, formando um tipo de buraco na pele, deixando-a mais flácida do que o tecido que não foi lesionado.

São mais robustas e ocorrem quando o organismo produz muito colágeno ou ainda de forma descontrolada. Essa cicatriz fica mais elevada em relação ao tecido da pele da pessoa.

É uma proliferação fibrosa, ou seja, é uma cicatriz que não sabe parar de crescer, tornando-se maior do que a própria lesão ou ferimento inicial. Esse crescimento desenfreado acontece porque o corpo não consegue parar de produzir colágeno novo.

Fonte: médica especialista em dermatologia e clínica médica, Dra. Giselle Sanches

72

Guia294.indb 72

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:42


Sanches, o que piora muito as manchas é a radiação solar sem a proteção diária. Além de combinações como a má alimentação (comidas muito gordurosas e industrializadas), a poluição do ar, o excesso ou a falta de hormônios no corpo. “Dependendo do tipo de pele do paciente, há uma tendência de que a mancha apareça em mais locais, como uma pessoa idosa que ao longo da vida ficou muito exposta ao sol. Como são multifatoriais, não há uma única causa que determine o aparecimento delas”, explica a Dra. Giselle. Ela conta ainda que estudos feitos por cientistas e médicos apontam que, no caso do melasma, por exemplo, existem genes que podem ter relação com manchas na pele. “Mas esses genes ainda estão sendo estudados e identificados para podermos aplicar na medicina”, diz. Além disso, as pessoas com a pele morena têm tendência às manchas escuras, principalmente após alguma inflamação, enquanto as de pele muito clara têm mais tendências a manchas causadas pela exposição ao sol. “Outras causas são a gravidez, quando a pele está mais reativa aos hormônios, além das manchas após processos inflamatórios na pele, chamadas de hipercromia pós-inflamatória”, explica o diretor médico da clínica Mais Excelência Médica, Dr. Newton Moraes. As manchas podem ainda ser classificadas como hereditárias ou adquiridas. No primeiro caso, um exemplo são as efélides, ou sardas. O dermatologista do Hospital Santa Cruz de São Paulo, Dr. Marcelo Nakamura, conta que elas possuem de dois a quatro milímetros de diâmetro e surgem dos seis aos 18 anos de idade, após exposição solar e, principalmente, após queimaduras solares.

A PELE E OS EFEITOS DO SOL Apesar da característica multifatorial, a exposição ao sol por longos períodos durante a vida é uma das causas mais citadas pelos especialistas. Quando se fala em manchas na pele, é consenso, inclusive, que independente da causa, as manchas são agravadas pela exposição da pele ao sol. Segundo o dermatologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Dr. Daniel Dziabas, a produção de melanina pode ser maior em função do aumento do número ou da atividade dos melanócitos, ou seja, das células responsáveis pela produção de melanina. Para ele, o aparecimento de manchas na pele significa que a pessoa já ficou muito exposta ao sol durante a vida,

uma vez que o efeito danoso da radiação ultravioleta fica na memória da pele, é um efeito cumulativo.

TRATAMENTO COSMÉTICO Uma vez que as manchas já surgiram, é importante realizar todo o tratamento com adequado acompanhamento médico para que as causas sejam identificadas, garantindo as melhores indicações terapêuticas. Entre os tratamentos disponíveis, há os cosméticos que clareiam manchas. “Esses produtos, geralmente, têm substâncias que fazem a renovação celular e que ajudam a dispersar o pigmento depositado na pele. Além disso, também possuem substâncias despigmentantes, como os inibidores da tirosina, que ajudam a diminuir a produção de melanina pela pele”, explica o Dr. Dziabas. Ele revela que esses cosméticos são usados, geralmente, à noite e devem ser removidos completamente pela manhã, associado à aplicação do filtro solar. Os cremes clareadores combinam ácidos retinoico, glicólico e retinaldeido às substâncias que despigmentam a pele, como hidroquinona e alfaarbutin. “Esses podem demorar até dois meses para os efeitos começarem a aparecer e não é em todos os pacientes que o método funciona”, diz a Dra. Giselle. Ela ainda acrescenta que a espécie de pele, cor e formato da mancha podem sugerir o tipo de tratamento que se deve fazer.

APARÊNCIA MINIMIZADA São inúmeros os fatores que determinam uma cicatriz: a profundidade do corte ou queimadura, o agente que causou a agressão, o tempo que a pessoa levou para ter essa cicatrização, o estado nutricional e a idade da pessoa, a região da pele onde aconteceu a agressão, se a pessoa tomou sol ou não no pós-ferimento, o histórico familiar. Os métodos de tratamento irão depender do tipo de cicatrização que vão desde os procedimentos com lazer, microdermoabrasão, entre outros, até os cosméticos. A Dra. Giselle explica que a maioria dos produtos usados para os tratamentos de cicatrizes forma uma película sobre a pele que ajuda na formação do colágeno, evitando que esse colágeno se hiperprolifere na região da cicatriz e na formação de queloides. 2017 MAIO GUIA DA FARMÁCIA

Guia294.indb 73

73

19/04/17 15:42


FECHAR ANÚNCIOS GUIA DUPLOS.indd 70

19/04/17 12:56


FECHAR ANÚNCIOS GUIA DUPLOS.indd 71

19/04/17 12:56


SEMPRE EM DIA

Outono pede cuidados com os fios APÓS A ESTAÇÃO MAIS QUENTE DO ANO, CONSUMIDORES COMEÇAM A BUSCAR TRATAMENTOS ESPECÍFICOS PARA CABELOS E PELE. CONHECER AS TENDÊNCIAS É IMPORTANTE PARA OFERECER O MELHOR MIX POR LAURA MARTINS

HAIR CARE INSPIRADO EM TODO O MUNDO

DETOX PARA AS MADEIXAS

O acúmulo de poluição, das impurezas e de resíduos cosméticos pode deixar os cabelos oleosos, fracos, com caspa e provocar queda. Para acabar com esse problema, a Phytoervas lançou a nova linha Detox para os fios. Formulados a partir da Cosmética Integral, os produtos não têm adição química. A linha é composta por pré-xampu esfoliante, xampu e condicionador. Os itens possuem Phutocomplex, um complexo de cereais integrais de linho, trigo e quinoa, que ajudam na nutrição e restauração dos cabelos, combatendo o envelhecimento dos fios.

Transformar alguns rituais de beleza em rotina diária de cuidados com os cabelos foi o insight da Dove para criar a linha Dove Nutritive Secrets. Os lançamentos são inspirados em diferentes partes do mundo e trazem tecnologias únicas, como a Fiber Activas, que possui propriedades de penetração profunda no cabelo, nutrindo progressivamente e reparando os fios danificados. Os três novos produtos são: Dove Ritual de Fortalecimento (inspirado na América Central, tem fórmula de abacate e extrato de calêndula, que ajudam a deixar o cabelo mais forte e hidratado. Contém xampu e condicionador); Dove Ritual Liso e Nutrido (com o Japão como influência, combina flor de lótus e água de arroz, que proporcionam maciez, brilho e redução de frizz. Conta com xampu e condicionador); Dove Ritual de Reparação (a Índia foi a escolhida para a fórmula com óleo de coco e cúrcuma, que proporcionam fios mais fortes e resistentes ao dano. Com xampu, condicionador e creme de hidratação). • www.dove.com.br

• www.phytoervas.com.br

76

Guia294.indb 76

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

IMAGENS: SHUTTERSTOCK/DIVULGAÇÃO

19/04/17 15:42


FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:46


SEMPRE EM DIA

COPO MÁGICO PARA CRIANÇAS

Aprender a ingerir líquidos no copo é uma fase de aprendizado e dificuldades para os bebês. Pensando nisso, a NUK – marca de acessórios e produtos para bebês – acaba de desenvolver o copo antivazamento Magic CUP. Com aparência moderna e colorida, o copo traz um inovador sistema 360º que garante a ingestão das bebidas por toda a extensão de sua borda. Dessa forma, a criança bebe sem fazer esforço ou bagunça por meio de sucção. As peças podem ser separadas para limpeza completa. O material é resistente, leve, livre de bisfenol-A. O Magic CUP é indicado para crianças maiores de oito meses de idade. • www.nuk.com.br

ÁREA ÍNTIMA PROTEGIDA

A NIVEA apresenta sua linha NIVEA Íntimo, criada para hidratar e proteger a área íntima. Os produtos são livres de corantes e propriedades alcalinas, que podem agredir a camada protetora dessa região. No total, são três diferentes sabonetes e um tipo de lenço íntimo. São eles: Fresh Comfort (fórmula com ácido lático e aloe vera ); Suave (com extrato de camomila e pantenol); Natural (com extrato de camomila e óleo de jojoba); e Lenços de Limpeza (com extrato de camomila e óleo de jojoba). • www.nivea.com.br

PROTEÇÃO EXTRA PARA FIOS E PELE

LINHA CONTRA ACNE

Com foco em ajudar as pessoas que sofrem com a acne, a Mentholatum lançou, no Brasil, sua linha OXY® Clean. Formulados com ácido salicílico, os produtos atuam na renovação celular, têm ação secativa de espinhas, efeito adstringente e controlam a oleosidade. No total, são sete itens: gel esfoliante (limpeza ativa e renovadora da pele); sabonete líquido aloe vera (efeito calmante na inflação cutânea); sabonete líquido berry fresh (limpeza ativa e umectante); sabonete em barra enxofre (limpeza profunda com micropartículas esfoliantes); sabonete em barra melaleuca (elimina as impurezas e é antisséptico); sabonete em barra aloe vera (limpeza ativa e umectante); e lenços umedecidos (removem a oleosidade e ajudam na prevenção de cravos e espinhas). • www.mentholatum.com.br 78

Guia294.indb 78

As estações mais frias do ano costumam ser a época mais lembrada para cuidar dos cabelos e pele. Por isso, o grupo Cimed expandiu a linha Bepantriz com dois novos produtos: Bepantriz Derma Shampoo Regenerador e Bepantriz Derma Creme para as Mãos. O xampu possui fórmula enriquecida com dexpantenol (pró-vitamina B5) e previne surgimento de pontas duplas. A presença de vitamina A e óleo de amendoim ajuda no crescimento dos fios e devolve a saúde dos cabelos e do couro cabeludo. Já o Bepantriz Derma Creme para as Mãos promove hidratação com sensação de mãos sedosas, sem deixá-las oleosas. É indicado para mãos secas e extrassecas e sua formulação possui alta concentração de glicerina, lanolina e silicone. • www.grupocimed.com.br

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:42


www.LojaContento.com.br

Destaques do mês

Maio

*Promoção válida de 01 a 31 de maio de 2017.

.7

Guia da Farmácia Estudantes (sem lista de preços impressa*)

C

C

M

M

Y

Y

CM

MC

MY

YM

CY

YC

CMY

YMC

K

K

12 edições do Guia da Farmácia + Suplementos Especiais + Acesso ao GUIA DIGITAL Lista de medicamentos on-line + E-book (Livro Dicionário de Termos)

299,00

R$

Receba a revista e acesse a Lista de Medicamentos pela internet

assine já! *não acompanha a lista de preços impressa; acesso ilimitado on-line à lista através do Guia Digital.

Na compra de qualquer combo ganhe mais um livro grátis!* grátis! Combo Layout

Combo Atendimento

Entenda conceitos sobre merchandising, marketing e gestão por categoria

Dicas para gestão da loja e atendimento aos clientes

de R$ 89,70

de R$ 59,80

50,90

76,25

R$

R$

compre já!

compre já! *Livro escolhido pela Contento

GANHE E-BOOK*

NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 199,00

*Livro Dicionário de Termos do Varejo Farmacêtutico

www.LojaContento.com.br Formas de pagamento:

Segurança:

BOLETO

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:42

.l


SEMPRE EM DIA

LUTA CONTRA MELASMA

CUIDADOS CONTRA OS DANOS SOLARES

A Eucerin tem uma linha completa de protetores solar para a proteção durante todo o ano. O Eucerin Sun Creme Gel Oil Control Toque Seco com Fator de Proteção Solar (FPS) 30 e 60 ajuda no controle da produção da oleosidade da pele. Já o Sun Creme Facial Tinted CC Cream FPS 60, além de proteger da ação do sol, tem duas tonalidades (clara e média), que ajudam a deixar a pele com tom uniforme. Já o Sun Fluido Matificante FPS 60 foi desenvolvido especialmente para proteger a pele dos danos e manchas de pigmentação induzidos pelo sol. O Sun Lotion Extra Light possui alta proteção e previne as manchas. Por fim, o Sun Kids Lotion deixa as crianças protegidas das queimaduras solares. • www.eucerin.com.br

MELÃO É A NOVA APOSTA DA PRUDENCE

Uma novidade acaba de se somar à linha Cores & Sabores, da Prudence: a Prudence Melão. O preservativo tem cor amarela e sabor e aroma da fruta. No total, a linha já conta com 40 produtos. Entre as variações, há Morango, Caipirinha, Tutti-Frutti, Hortelã, Melancia, Uva, Chocolate e Vinho Espumante.

Focada em ajudar os consumidores que sofrem com melasma (caracterizado por manchas de tom amarronzado), a Mantecorp Skincare desenvolveu o Blacy® TX, clareador com fórmula à base de ácido tranexâmico encapsulado associado ao alfa arbutin e nano retinol. O produto reduz o componente inflamatório do melasma e atua nas etapas de formação da mancha. A linha possui dois produtos: Blancy® Loção, um clareador progressivo da pele; e o Blancy® Olhos, clareador específico de olheiras azuis e marrons. Além dos ativos presentes na fórmula original, conta também com niacinamida. • www.mantecorpskincare.com.br

LINHA PARA CABELOS CACHEADOS E CRESPOS

Após sugestão de consumidoras, a Seda está lançando a linha Seda Boom, específica para cabelos cacheados e crespos. Os rótulos, além de ter dicas de uso dos produtos, terão o Cachômetro – uma tabela que ajuda a identificar os diferentes tipos de fios entre cacheados (3A, 3B e 3C) e crespos (4A, 4B e 4C). O primeiro produto lançado será o creme para pentear em tamanho grande (pote de 1 kg). Serão três diferentes modelos: Definição (mantém os cachos definidos até 24h); Volumão (para os cachos e crespos ficarem mais volumosos e soltos); e Transição (ajuda no crescimento dos fios e a deixá-los mais saudáveis). • www.seda.com.br

• www.useprudence.com.br 80

Guia294.indb 80

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

19/04/17 15:43


DESCONTOS EXCLUSIVOS* PARA FARMACÊUTICOS REGULARMENTE INSCRITOS NO CRF-SP Até 50 de desconto em assinaturas, treinamentos, revistas e livros indispensáveis ao profissional da farmácia! %

VOCÊ ESCOLHE COMO GARANTIR SEU DESCONTO:

1

Pelo celular: Aponte o leitor de QR code do seu celular para a imagem ao lado e receba ofertas com preços inacreditáveis! *Promoção exclusiva para farmacêuticos regularmente inscritos no CRF/SP.

2

Pelo computador: Acesse o site do PAF e clique no banner da promoção:

http://paf.crfsp.org.br/

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

24/04/17 08:44


INSTITUCIONAL – ABRADILAN

Expositores comemoram sucesso da Abradilan Conexão Farma EVENTO SE REFORMULOU E, COM ISTO, ATINGIU UM VIÉS DE GRANDE SUCESSO

A

A Abradilan Conexão Farma inovou e conquistou ainda mais credibilidade. Essa é a opinião da maioria dos participantes do evento. Durante os três dias de duração (de 21 a 23 de março último), o Expo Center Norte foi o centro do debate sobre a venda de produtos farmacêuticos e correlatos. “Todas as expectativas foram totalmente superadas, com a presença de 95 expositores, mais de 10 mil visitantes, muito networking estabelecido e conhecimento agregado, com mais de 40 horas de palestras e treinamentos e, claro, diversos negócios fechados”, explicou o presidente da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), Francisco Chagas. Os números ainda não foram divulgados, mas a expectativa é de ter, no mínimo, dobrado a previsão inicial de R$ 200 milhões. “A realização de um evento desse porte não é simples, mas uma imensa e com-

www.abradilan.com.br

petente equipe não mediu esforços para que as expectativas dos investidores e participantes fossem superadas. Com um destaque especial para a nossa diretoria, que teve coragem para apostar em mudanças, e nos deu confiança e incentivo para inovar. Agora, é iniciar os trabalhos para a edição de 2018, no São Paulo Expo”, complementou o gerente executivo da Abradilan, Danilo Bertolletti. “No contexto geral, a feira foi muito boa. Os resultados foram excelentes, tanto comercial quanto os diversos contatos (relacionamento) realizados no estande. O ponto positivo foram as palestras (Encontro de Líderes), dando oportunidade aos expositores de participarem devido ao horário, assim como a dos convidados durante a Feira”, gestora de negócios e relacionamentos da Cifarma, Cristina Guimarães. “O evento foi bom, bem organizado, atendendo aos nossos objetivos e

garantindo os resultados, uma vez que conseguimos estreitar relacionamento com nossos clientes. Destaco a excelente estrutura do Pavilhão”, analista de marketing da EMS Genéricos, Sueli Beck de Oliveira. “Uma das melhores Feiras já realizadas. Excelente público. A mudança dos dias de Feira para de terça a quinta, além das várias atrações simultâneas para o varejo, contribuíram para a permanência dos visitantes por mais tempo na Feira, favorecendo a realização de negócios e visibilidade dos produtos e empresas. Sem contar com o show de encerramento dentro do mesmo espaço, que veio a coroar o brilhantismo do evento. Isso garantiu resultados excelentes, com negócios concretizados e prospectados e aprimoramento das relações institucionais com clientes distribuidores e de varejo”, diretor executivo da Ecofitus, Rodrigo Rossa.

Inovando para o seu bem-estar.

Indústria Farmacêutica

82

GUIA DA FARMÁCIA MAIO 2017

institucional-abradilan_294.indd 82

Empresas sócias colaboradoras da Abradilan

24/04/17 10:16


anuncio_nicorette.pdf

1

17/04/2017

17:19:04

31 DE MAIO

DIA MUNDIAL

CONTRA

O TABACO C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

NICORETTE® possibilita que você pare de fumar gradualmente.4

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:47


Seu CLIENTE protegido neste inverno!

Solução Oral

Sem Açúcar

Para a TOSSE não derrubar você! Óleo de Alho Uso tradicional 2 cápsulas ao dia

Xarope de Guaco Herbarium

Guaco Edulito Herbarium

Rinospray Spray nasal

Para tosse e expectoração

Para tosse e expectoração

Fluidificante

1o Xarope de guaco

Pode ser utilizado por

CFC Free

registrado na ANVISA.

diabéticos

Sem Conservante

GUACO EDULITO HERBARIUM, RINOSPRAY E XAROPE DE GUACO HERBARIUM SÃO MEDICAMENTOS. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. . • XAROPE DE GUACO HERBARIUM* - Mikania glomerata 0,5 ml/5 ml. Indicação: Possui ação broncodilatadora e expectorante, o que torna o produto indicado para o tratamento de tosses persistentes e tosses com expectoração. Contraindicações: Gravidez, lactação, diabéticos e crianças menores de 2 anos. MS: 1.1860.0039. • GUACO EDULITO HERBARIUM* - Mikania glomerata 81,5 mg/ml - Solução oral (isento de açúcar). Indicação: Elaborado com o extrato de guaco, auxilia no tratamento de afecções do trato respiratório, como tosses persistentes, tosses com expectoração e rouquidão. Contraindicações: Gravidez, lactação e crianças menores de 2 anos. MS: 1.1860.0078. *Advertências: Pacientes com problemas hepáticos podem apresentar toxicidade com o uso prolongado. Recomenda-se maior critério na administração de guaco em pacientes com quadros respiratórios crônicos não diagnosticados, devendo-se afastar a hipótese de tuberculose e câncer. • ÓLEO DE ALHO - Allium sativum - 45 cápsulas. Na forma de cápsulas proporciona uma administração prática dos óleos voláteis presentes nos bulbos do alho. NÃO CONTÉM GLÚTEN. MS: 4.8697.0017. O Ministério da Saúde adverte: não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças. • RINOSPRAY – Solução de cloreto de sódio - estéril 0,9%. Indicação: Fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicações: Pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Advertências: Em bebês, o tempo de administração deve ser curto, de modo a não prejudicar a sua respiração. MEDICAMENTO DE NOTIFICAÇÃO SIMPLIFICADA RDC ANVISA N°199/2006. AFE n° 1.01860.6. Central de Relacionamento Herbarium: 0800 723 8383 • www.herbarium.com.br. ABRIL/2017

FECHAR ANÚNCIOS GUIA.indd 70

19/04/17 12:39

Edição 294 - Prateleiras infinitas