Page 1

BOLA OVAL

Esporte do Tio Sam invade o cerrado Futebol Americano cai no gosto dos brasileiros. Brasília já conta com duas equipes no campeonato Brasileiro. Página 14

GATA DA SEMANA

Priscila Ariel A bela de 19 anos foi miss Goiás em 2012 e hoje é uma das modelos mais requisitadas da moda praia e fitness. O seu maior sonho é brilhar nas passarelas do Brasil e do mundo. Confira o ensaio da nossa musa. Página 11

GUARDIÃO NOTÍCIAS

A NOTÍCIA E SEUS BASTIDORES

WWW.GUARDIAONOTICIAS.COM.BR

ANO 1 NÚMERO 2 - BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

BURACOS & MULTAS FOTO: ASCOM/LILIANE RORIZ

O TORMENTO DOS MOTORISTAS DO DF

GDF não para de instalar pardais nas vias, aumentando e muito arrecadação. Falta de manutenção correta do asfalto precário, traz prejuízos para motoristas, que não conseguem ressarcimento do governo Página 7


2 DA REDAÇÃO G

CAMPEÃO NA INTERNET

UARDIÃO

NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

RÁDIO CORREDOR BASTIDORES DA POLÍTICA Odir Ribeiro

Arrudeando Quem pensa que os partidos políticos do DF estão receosos em receber o ex-governador José Arruda para integrar os seus quadros, estão muito enganados. Algumas legendas e seus dirigentes estão com as fichas de filiação prontinhas esperando uma decisão do ex-governador. Dizem que o partido mais ansioso para receber Arruda de braços abertos é o PTB, de Gim Argello. O senador vê no ex-governador um potencial muito grande para as suas pretensões futuras.

Comissão Cobiçada

Oposição combativa A sempre combativa deputada distrital Celina Leão (PSD) afirma que a oposição vai brigar por mais espaços na Câmara Legislativa. E na composição das comissões não será diferente. As funções na CLDF, só serão definidas após o Carnaval. Ate lá muitas negociações vão envolver os futuros ocupantes. De acordo com Celina, a oposição está atenta e em busca de uma melhor visibilidade na Casa. “Que a representatividade dos distritais oposicionistas seja mantida na Casa,” ressaltou a deputada.

Os secretários de Habitação Geraldo Magela e de Meio - Ambiente Eduardo Brandão passarão boa parte do mês de fevereiro na luxuosa Cingapura. Detalhe: à custa dos cofres públicos. Hum...

Um dos símbolos do programa “Crack Tô Fora!”, Danila Dands vai deixar o Presídio Feminino do Distrito Federal. Depois de quase sete anos de reclusão, ela vai ganhar a liberdade e tomar novos rumos em sua vida. A sua redenção será com a música. Danila gravou seu primeiro CD, A Voz da Liberdade, pelo projeto da SEJUS. A jovem ficou conhecida nacionalmente por sua voz, sua história de vida e seu engajamento na luta contra o crack.

GUARDIÃO NOTÍCIAS

Liberdade

Diretor Presidente Odir Ribeiro Diretor Executivo João Zisman

Sub-Editor Ricardo Faria

Gerente Comercial Victor Lizárraga

Projeto Gráfico CRIO EDITORA mateusmwm@gmail.com

Gerente Administrativa Meire Coimbra Gerente de Tecnologia Jean Paul Rodrigues

Equipe de Reportagem Crislene Santos Elton Santos Jaqueline Mendes Jean Márcio Lucas Alencar

Juventude: Paralisia ou Participação? redacao@guardiaonoticias.com.br

A Comissão de Governança Transparência e Controle Social tem sido alvo de alguns parlamentares que sonham em ser o titular do futuro cargo. A cobiça pela comissão é porque ela será uma espécie de Tribunal de Contas do DF dentro da Câmara Legislativa. Um dos cotados para ser o titular é o deputado distrital Joe Valle (PSB), que foi o seu criador. Mas a prudência ensina a Valle que nessa altura do campeonato ele deve abrir bem os olhos e colocar as barbas de molho.

Diretor de Produção Edney Torres

ARTIGO

 Por Luciano Lima

Cingapura

FGuardian Agência de Notícias Ltda CNPJ: 13.102.752/0001-05 End: SAAN Quadra 03 Bloco A número 79 sala 208 CEP: 70.632-300

Os 370 mil compartilhamentos em uma rede social tendo como tema, o deputado federal José Reguffe (PDT) dariam para eleger cinco deputados distritais.

Contatos: (61) 3039-4458 (61) 3233-1539 Colaboradores Edilson Carlos Torres Homero Mateus Luiz Solano José Bonetti Ildecer Amorim Raimundo Ribeiro Chico Leite Marcelo Tigre

T

enho saudades dos grandes feitos das turmas das décadas de 50, 60,70 e 80. Porque aquela galera revolucionou a harmonia musical brasileira com a bossa nova? Por que fizeram a Marcha dos Cem Mil? Como enfrentaram a ditadura com o poder da arte? O que dizer da turma da colina que com o rock mostrou a cara versátil de Brasília para o Brasil? E aí ficamos a pensar nessa juventude da alegria, do enfrentamento, da sabedoria, da musicalidade... Quem não se lembra das frases: “Não sabíamos que era índio! Achávamos que fosse um mendigo” ou “Era empregada”. “Só agredimos porque achamos que era uma prostituta”. Estas frases injustificáveis que marcaram a morte do índio Galdino (em 2013 completa 15 anos) fazem com que pensemos um pouco mais nos valores que norteiam a nossa sociedade, em especial os nossos jovens, para as barbáries do “cotidiano”. E quem são os culpados? São estes: o individualismo, o ódio, a ganância, o preconceito, a intolerância e a busca descabida pelo consumo. A preocupação com o “ter” subjugando o “ser”, fato que se reflete, acintosamente, na maior onda consumista de todos os tempos na história humana. Os jovens precisam repensar e responder por seus atos, comportamentos e atitudes. Precisam reavaliar sua participação na sociedade e na família. Faltam bandeiras sociais para uma juventude que anda perdida e aprisionada em mundo virtuais. Devemos fazer um culto à paz, ao amor e ao respeito às pessoas e suas diferenças. Uma filósofa judia chamada Hannah Arendt certa vez afirmou: “Só encontraremos a paz quando entendermos que são os homens e não o homem que habitam a face da terra”. A frase chama atenção por sua simplicidade e força de afirmação. No fundo a filósofa atribui à intolerância toda esta situação de conflito. A grande preocupação hoje é que os jovens parecem não temer o perigo, não saber a diferença entre o certo e o errado e não ter a noção de respeito pelo ser humano. Além disso, contam com leis e poder público que parecem estar cegos diante da cruel realidade.

Beto Sá José Maria Samarco Henrique Fonseca Chaves Roberto “Morango” Santos Luiz “Batata” Mendes Graciliano Cândido Impressão Imprima Editora & Gráfica (61) 3356-7654 Tiragem 15.000 exemplares

VENHA FAZER PARTE DE NOSSA EQUIPE O Guardião espera por você. Envie seu curriculum para administração@guardiaonoticias. com.br Áreas: Executivo de contas, jornalista, fotógrafo, estagiários de comunicação e publicidade


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Para o vice-presidente da Câmara Legislativa deputado Agaciel Maia o GDF precisa de bons gestores. Segundo ele, recurso têm, mas a Administração precisa ser capacitada

OBRAS:  João Zisman e Jean Marcio Soares redação@guardiaonoticias.com.br

P

FOTO: MÁRCIO LENZA

arlamentar de primeiro mandato, o deputado Agaciel Maia (PTC-DF) foi eleito vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal. Apesar de pouco tempo no cargo, se tornou um dos deputados mais influentes da Casa. O distrital concedeu entrevista ao jornal Guardião Notícias e falou sobre as perspectivas para este ano. Confira os principais trechos da conversa. Guardian Notícias - Existiam pendências entre a Câmara Legislativa e o Governo Federal. Como anda essa situação? AGACIEL MAIA Uma das primeiras ações da Mesa Diretora foi isso, colocar em or-

dem a casa. O órgão possuía pendências desde 1991, e, a meu ver, órgão público nenhum pode ser inadimplente, principalmente com suas pendências financeiras.

 GN - Nesses dois primeiros anos, o governo não atendeu aos anseios da sociedade. Como está à expectativa do senhor para a segunda etapa do governo Agnelo? AGACIEL - Geralmente em gestão de gover-

GUARDIÃO NOTÍCIAS

ENTREVISTA 3

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE DE 2013

“O QUE FALTA, SÃO BONS GESTORES”, OPINA VICE-PRESIDENTE DA CLDF Câmara Legislativa não possui nenhuma pendência financeira no, sempre no primeiro ano, é para arrumar a casa que está desorganizada. No segundo, é para testar os secretários e administradores para saber quem realmente tem a capacidade de ser um bom gestor. Por último, o terceiro ano, é decisivo para o governo, pois a administração tem tudo para conseguir transformar todo esse potencial financeiro que existe, em obras e benefícios para população. Outro fator importante é que o terceiro ano acaba sendo

decisivo para a população, AGACIEL – A CEB nos últipois o próximo, já é campa- mos 15 anos investiu muito nha eleitoral. em geração de energia, e não investiu na distribuição. Como  GN – Em quê o senhor se a população do DF cresceu baseia para ter esta expecta- vertiginosamente, com mais de 2 milhões de habitantes o tiva? sistema já existente, acabou AGACIEL - Para se ter uma não suportando. ideia, hoje o GDF possui cerca de R$ 3,2 bilhões para ser  GN - Como anda a quesgasto em obras em toda a ci- tão da regularização dos dade em 2013. Essa quantia condomínios no DF, já que é mais que o governo anterior o senhor teve uma atuação, teve para gastar durante to- muito grande, na criação da dos os 4 anos. Secretaria de Condomínio?

 GN – Então recurso não AGACIEL - Existe um sentié o problema do Distrito Federal?

AGACIEL - Para que sejam realizadas boas obras, vai depender da capacidade administrativa de cada gestor. Todos os estados têm dificuldade com a falta de dinheiro. No Distrito Federal a coisa é diferente: aqui nós temos muito dinheiro no caixa, porém o que falta, são bons gestores. No entanto, treinamentos, qualificação profissional e determinação junto às administrações são fatores importantes para que obras sejam executadas, pois, dinheiro tem.

 GN – O que senhor destaca como importante nesta gestão?

AGACIEL - Vale a pena ressaltar, que pela primeira vez o Distrito Federal obtêm R$2,2 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), não sei se foi por inadimplência administrativa, ou de organização, pois até hoje, o DF não tinha recebido nenhum real do programa (PAC), e agora, por causa da organização burocrática, iremos receber essa verba.

mento de ceticismo por parte de boa parte da população quando se fala em regularização dos condomínios. O que acontece é que a maioria dos políticos usava esse tema como moeda política. A ideia da criação da Secretaria de Condomínio foi atender o apelo dessa parcela da sociedade.

Aqui nós temos muito dinheiro no caixa, porém o que falta, são bons gestores 

GN - Mas haverá soluções para esse entrave?

AGACIEL - O processo de regularização desses condomínios não é tão simples, mais estamos lutando para tudo acontecer da melhor forma. Vejo que existe uma grande necessidade de se fazer a regularização fundiária  GN - O DF sofreu com em Brasília, pois o morador apagões. O senhor, inclusive, desses condomínios é legal sugeriu fazer remanejamento na hora de pagar o IPTU, de parte das verbas destina- mais para obter o documento das ao DF para solucionar o do seu imóvel ele é ilegal, não problema? acho isso justo.


4 POLÍTICA

REJEIÇÃO DO POVO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

Poucos dias depois de ser eleito novamente presidente, Renan Calheiros enfrenta abaixo-assinado com pedido de impeachment. Até o momento um milhão de internautas registraram apoio.

PROJETO

 REFORMA NO SENADO I A Mesa Diretora do Senado aprovou um projeto de reforma administrativa que prevê uma economia anual de R$ 83 milhões de reais. A decisão foi tomada nos últimos dias de gestão do presidente José Sarney, a frente da Casa. A proposta que teve o senador Ciro Nogueira (PP) como relator, prevê uma redução de funções comissionadas, de contratos de funcionários de empresas terceirizadas e a fusão de órgãos na Casa.

 REFORMA NO SENADO II Em 2011, o orçamento do senado foi de R$ 3 bilhões de reais.Outra modificação,que atende a uma antiga reivindicação dos parlamentares, é permitir que funcionários comissionados se tornem chefes de gabinetes dos senadores. Atualmente a função é reservada para os servidores efetivos e concursados.A previsão é de cortar 30% dos contratos.O parecer não mexe contudo, no número de cargos efetivos que os senadores podem ter nos gabinetes, continuando com a reserva de,no mínimo,sete para cada um.Ele também propôs limitar a 54 o número de comissionados que cada senador pode ter.Atualmente,os senadores dispõem de, no mínimo, 20 cargos,mas pode chegar a até 80, com a divisão dos salários.

 COPA DAS CONFEDERAÇÕES Dirigentes divergem sobre o jogo de estreia do Estádio Nacional Mané Garrincha. Evidentemente que teríamos que ter dois times de Brasília inaugurando esse estádio. Em qualquer outro estado da Federação, seria dessa forma também. O presidente da Federação de Futebol. Jozafá Dantas, já deveria estar lutando para isso acontecer. Somente aqui no Distrito Federal que não incentivamos o nosso futebol. Parece até piada.

Prédios públicos podem ter as cores da bandeira do DF  Projeto de Lei poderá ajudar na contenção das despesas do GDF, que não precisaria gastar com pintura nos prédios públicos a cada troca de governo

 Odir Ribeiro redação@guardiaonoticias.com.br

N

o retorno dos trabalhos na Câmara Legislativa do DF, o deputado Dr. Michel (PPL) apresentou um projeto de lei que sugere padronizar as cores dos prédios públicos e da comunicação visual da administração direta, indireta, empresas públicas e sociedades de economia mista do Distrito Federal com as cores da bandeira do DF: verde, branco e amarelo ouro.

De acordo com o deputado Dr. Michel, se aprovada, a nova lei vai trazer economia ao erário evitando que a cada mudança de governo, as cores dos edifícios públicos sejam alteradas utilizando recursos públicos que deveriam ser usados na saúde, educação, transporte, segurança pública e programas habitacionais para a população. “O dinheiro dos impostos é sagrado e não pode ser gasto com mudança de cor de prédio toda vez que troca governo”, enfatiza Dr. Michel.

FOTO: FABIO RIVAS/CLDF

REPÓRTER DO PLANALTO

Deputado distrital Dr. Michel criou projeto de lei que poderá auxiliar na contenção de gastos do governo

TRAMITAÇÃO

Vigilante quer acabar com os cartéis  Deputado quer colocar em votação projeto que autoriza postos de combustíveis a funcionar em shoppings e supermercados

 Da redação redação@guardiaonoticias.com.br

O

deputado distrital Chico Vigilante (PT) fez um apelo ao presidente da Câmara Legislativa Wasny de Roure para que coloque o Projeto de Lei Complementar 01/2011, da sua autoria, que prevê a instalação de postos de combustíveis nas imediações dos supermercados, na pauta de votação da Casa. O deputado observou que, recentemente, quando o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou o aumento da gasolina em 4,5%, o que mais o assustou foi o fato de mesmo o

reajuste ter sido anunciado para depois de meia-noite, muito antes disso, muitos postos já vendiam o combustível no DF com o preço reajustado pelo novo índice. “Metendo a mão no bolso do consumidor”, observou. “Por isso está mais do que na hora de apreciarmos o PLC 01/2011, que derruba uma lei que proíbe a instalação de postos de combustíveis no DF. Tenho informações que haverá uma diminuição de até R$0,10 no litro de gasolina comercializado na área dos supermercados. “Por isso faço um apelo ao presidente desta Casa para pautar o meu pro-

FOTO: REPRODUÇÃOF

LUIZ SOLANO

Polêmico projeto de lei apresentado por Vigilante, tenta acabar com o cartél do combústivel no Distrito Federal jeto para poder votarmos o mais rápido possível”. Vigilante explicou que cada centavo de litro de gasolina comercializado

hoje corresponde a cerca de um milhão de reais. “Recurso que é retirado dos bolsos do contribuinte”, reclamou.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

POLITIQUÊS ANÁLISE POLÍTICA COM CORAGEM João Zisman

Rezador

Mesmo tendo perdido o comando e os cargos de uma secretaria e de uma administração regional, tudo faz crer que o deputado Cristiano Araújo continua rezando pela cartilha do governador Agnelo.

E tome imposto

Enquanto as ruas e estradas do Distrito Federal mais parecem um queijo suíço, tamanho a quantidade de buracos, o Detran e DER só se preocupam em multar a população. E tome imposto! É muita cara de pau!

Via Crúcis

O caminho para que o dep. Cláudio Abrantes consiga chegar a CAF da CLDF está próximo a Via Crúcis. O ex-Cristo do espetáculo da “Paixão” de Planaltina tem sido seguido de perto pelo dep. Roney Nemer.

Guardanapo

A eleição para a Mesa da Câmara Federal trouxe uma surpresa: a ausência do deputado Inocência Oliveira (PR-PE). Conhecido como “guardanapo”, por sempre compor a mesa, Inocêncio dessa vez caiu do colo.

Linguarudo

Deputado Joe Valle explica porque abriu mão do 14º e 15º salários

O

deputado distrital Joe Valle (PSB) foi um dos primeiros parlamentares a abrir mão do 14º e 15º salários. “Fiz um requerimento no primeiro dia de mandato abdicando o benefício, pois sou cidadão comum e recebo para prestar serviços à comunidade”, explica o deputado. Em janeiro, diversos parlamentares do DF receberam notificação para devolução do dinheiro referente ao imposto do benefício nos últimos cinco anos. Estima-se que o valor da cobrança fica entre R$ 20 mil e R$ 80 mil, de acordo com o tempo que cada parlamentar recebeu o paga-

Fedentina

Não se sabe o que fede mais: se o lixo espalhado por todo o DF ou o edital de licitação para o Aterro Sanitário de Samambaia elaborado pelo SLU. Uma coisa é certa, ambos fedem muito.

Azarão

O Sobradinho F.C. passou de favorito a azarão. A direção do clube deve estar pretendendo acelerar o galope do time com a contratação do técnico João Carlos Cavalo. Só tem que cuidar pra não cair.....do cavalo.

Energia extra

O Sobradinho F.C. vai precisar de muita energia pra se recuperar do desastroso início no Candangão. O jeito é instalar uma subestação elétrica na serra, já que a energia dos Cataventos é insuficiente.

mento extra. Na avaliação de Joe Valle, os recursos disponibilizados para o 14º e 15º salários poderiam ser usados em outros setores como educação e saúde. Além deste benefício, Joe Valle também dispensou o uso do carro oficial, quando exercia o cargo de Terceiro Secretário da Mesa Diretora da CLDF.

Israel fez representação ao Ministério Público contra aumento da gasolina

O

Comenta-se que um ex-diretor do DNPM, que caiu numa investigação e foi “exonerado a pedido”, soltou a língua numa delação premiada, não poupando nem o senador que o indicou.

POLÍTICA 5

deputado Professor Israel esteve, nessa terça-feira (05), no Ministério Público e entregou para o promotor, Paulo Roberto Binicheski, da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos do Consumidor, uma representação questionando o valor abusivo cobrado pelo litro de gasolina no DF. O mesmo documento também foi protocolado no Procon. Logo após o anuncio feito pela Petrobras do reajuste de 6,6% no preço do combustível, na terça-feira passada, muitos donos de postos fizeram o repasse integral do valor na manhã seguinte. “O que estava na bomba fazia parte do estoque já adquirido. Eles deveriam aguardar o fim do

estoque para reajustarem os preços”, indignou-se. “O cidadão não pode ser lesado dessa forma”. Considerando que o preço médio da gasolina praticado no DF era de R$ 2,85, o aumento para R$ 3,04 representa exatamente os 6,6% anunciados pelo governo. Porém, o repasse correto seria de 4,4% já que a gasolina consumida é composta, em média, de 20% de etanol.


6 ESPECIAL

AUMENTO DO COMBUSTÍVEL

GUARDIÃO NOTÍCIAS

O preço da gasolina no país subiu, em média, 3,97% depois do reajuste de 6% nas refinarias. O valor médio cobrado nos postos chegou R$ 2,88 na última semana.

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

CARNAVAL

 Jean Marcio Soares redação@guardiaonoticias.com.br

O

tradicional desfile carnavalesco, agora no Eixo Monumental, não será o único destino para os foliões que decidiram passar o feriado prolongado no Distrito Federal. Na última semana o GDF divulgou a programação oficial do Carnaval 2013. Os brasilienses vão contar com a animação dos blocos tradicionais como Raparigueiros, Galinho de Brasília, Baratona, Baratinha (para as crianças) e Pacotão. Apaixonado pela cidade o vendedor Gabriel Luiz Gomes, 26 anos, não deixa Brasília por nada durante o carnaval. “Todos os anos recebo convite para ir para Bahia, Rio de Janeiro, São Pau-

lo, porém, prefiro ficar aqui. Brasília tem um carnaval muito divertido” destaca. O mecânico Felipe Soares, 27 anos, sempre frequentou o carnaval de Ceilândia. Com a mudança do evento para o Eixo Monumental, afirma que não deixará de ir, mas faz ressalvas. “Eu levava apenas cinco minutos para chegar ao Ceilambódramo. Era muito bom. Infelizmente ouve a mudança. Mas mesmo assim, irei passar o carnaval no DF”, disse Soares. Ao todo, serão 52 atrações carnavalescas entre blocos de rua e escolas de samba. Além disso, serão contratadas bandas musicais que se apresentarão em diversas cidades do DF. O investimento em todo o evento é estimado em

FOTO: KÁTHIA MELLO/G1

Blocos e escolas de samba animam o DF LOCAIS DOS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO:

• Guará - postos comunitários 38, 63, 115 • Esplanada dos Ministérios • Mezanino da estação Rodoviárias de Brasília • Lago Sul • Centro comercial Gilberto Salomão • Brazlândia - Posto Comunitário 1 • Ceilândia

LIGA DOS BLOCOS TRADICIONAIS DESFILES  Pacotão - 10 e 12/02, às 11h - Concentração na 302/303 Norte

 Baratona - 10 e 12/02, às 17h - 106/206 Sul rumo ao Gran Folia

 Raparigueiros -10 e 12/02, às 7h - 106/206 Sul rumo ao Gran folia

 Baratinha - 10 e 12/02, às 15h no Parque

O carnaval do DF terá 52 atrações entre blocos de rua e desfiles das escolas de samba

R$ 11,9 milhões. Para a criançada cair na folia com segurança, a Polícia Militar do Distrito Federal montou 24 postos de identificação infantil em vários pontos da cidade. O pai ou res-

ponsável pela criança deve levar a qualquer um dos postos, uma foto 3x4 e a certidão de nascimento das crianças para adquirir carteirinha ou via internet no www.pmdf. df.gov.br.

da Cidade (no estacionamento Ana lídia) ao lado Nicolândia  Galinho de Brasilia - 09 e 11 /02, às 16h as 24h – Concentração no Setor de Autarquias Sul, passando pela 203 Sul rumo ao Gran Folia  Mamãe Taguá - 09 e 11/02, às 16h na Praça do DI em Taguatinga  Menino de Ceilândia - 10 e 12/02, às 14h - Estacionamento do BRB/ Fórum - Ceilândia Centro  Asé Dudu - 09 e 11 /02, às 16h na Praça do DI em Taguatinga  Gran Folia - 09,10,11 e 12/02, às 16h - Esplanada (ao lado da Biblioteca Nacional )

Carnaval com fé no Distrito Federal FOTO: DIVULGAÇÃO

 Por Jaqueline Mendes e Crislene Santos redacao@guardiaonoticias.com.br

São realizados nesse período na cidade o 21º Congresso da Mocidade Evangélica em Sobradinho, UMADEB 2013 e a 27ª edição do Rebanhão, no Eixo Monumental

A

folia do Carnaval é uma das festas mais populares do Brasil e aguardada por muita gente. Mas aqui no Distrito Federal, muitos religiosos se preparam para curtir os quatro dias de folia, de forma bem diferente: louvando e adorando a Deus. Tanto jovens católicos, evangélicos, quanto espíritas se organizam e aproveitam o período para fazer acampamentos religiosos, shows gospel, oficinas e palestras. Tudo isso com muita animação. Embora os holofotes estejam todos voltados para as festividades car-

Religiosos irão aproveitar o carnaval nas igrejas evangélicas do DF navalescas, milhares de pessoas fazem do momento para firmar mais seu compromisso com Deus. Prova disso é a tradicional evento União de Mocidade das Assembleias de Deus de Brasília (UMADEB), que é realizado a 30 anos, durante todo o

carnaval. O evento faz parte da agenda cultural do GDF desde 2002 e reúne seis mil jovens de todo o Distrito Federal. Durante os quatro dias, eles se apresentam para um público de 60 mil pessoas, segundo estimativa do coordenador do evento, Denis Alves.

“A cada ano vemos que a UMADEB vem sendo uma alternativa para a população de Brasília, no ano passado passaram pelo evento aproximadamente 15 mil pessoas em cada dia”, calcula o organizador. Este ano, as principais atrações do evento são

Cassiane, Fabiana Anastásio, Daniele Cristina e Davi Sacer. O evento será realizado no estacionamento do Serejão, durante os dias de carnaval. Para os católicos mais recatados, a alternativa é o Rebanhão, evento que acontece desde 590 D.C. em três dias de festa — 10, 11 e 12 de fevereiro. Católicos de 4 a 14 anos não ficam de fora da comemoração. Nessa época também acontece o Rebanhinho ao mesmo tempo e aborda os mesmos temas do evento adulto, mas com linguagem lúdica e práticas pedagógicas educativas.


CIDADES 7

BANCO FIRMA PARCERIA O BRB fechou parceria com a empresa Global Payments para ampliar sua atuação nas fases de processamento, captura e liquidação dos negócios realizados.

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

INFORME

SinLazer

TRÂNSITO

Vias do DF: máquina de gerar multas com muitos buracos  Autuações e buracos nas vias do DF causam transtornos aos motoristas. Novacap promete melhorias em 2013

FOTO: ELTON SANTOS

 Por Jean Márcio e Elton Santos redacao@guardiaonoticias.com.br

M

esmo arrecadando R$ 140 milhões pelo sistema de multas em 2012 do Detran-DF e do DER, o governo local está longe de acabar com a má conservação do asfalto e os buracos nas principais vias que cortam a cidade. Só no ano passado, os órgãos emitiram 2.518.138 multas. Para se ter uma ideia, atualmente o DF possui cerca de 300 radares. E a preocupação para que esses aparelhos se mantenham em bom funcionamento é milionária. No final de 2012, por exemplo, o Detran-DF assinou contrato emergencial de R$ 13 milhões para manutenção de mais pardais e redutores de velocidade em outras vias do DF . Em um pequeno giro pela cidade, a equipe de reportagem do Guardião Notícias registrou várias imagens em

Buracos nas vias do DF causam transtornos aos motoristas que é possível presenciar o descaso do governo em relação aos motoristas que pagam seus impostos em dia. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, artigo 320, “a receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, poli-

ciamento, fiscalização e educação de trânsito”. E mais: “o percentual de cinco por cento do valor das multas de trânsito arrecadadas será depositado, mensalmente, na conta de fundo de âmbito nacional destinado à segurança e educação de trânsito”. No ano passado o valor gasto neste sentido foi de R$ 2,6 milhões.

Motoristas sofrem com prejuízos causados por crateras nas ruas O

utro problema causado pelos os buracos espalhados pela cidade são os engarrafamentos e acidentes de trânsito. Situações rotineiras que atinge um número cada vez maior de pessoas. Em São Sebastião, por exemplo, as más condições do asfalto, acabam criando atraso na hora de chegar ao trabalho. Eduardo Sampaio, 33 anos, já cansou de chegar atrasado ao Trabalho por causa das condições da pista. “Com os buracos nas vias os ônibus acabam quebrando, atrasando a vida dos passageiros”, reclama. José Fernando Soares, 22 anos, mora em sobradinho e precisa se deslocar de casa

todos os dias para ir ao trabalho, ele explica que já perdeu as contas de quantas vezes teve seu pneu furado por causa dos buracos na pista. “São tantos buracos que às vezes é impossível desviar”. “Já tem quase um mês que estou rodando com meu estepe, pois, em apenas um mês, furei o pneu duas vezes por causa da quantidade de buracos”, explica José Fernando. Em outra ocasião, Eliseu de Aquino, 20 anos, teve a roda de seu carro empenada. “O buraco era tão grande, mas quando vi já estava em cima, não tive como desviar, e acabei passando pelo buraco o que deixou minha roda toda

amassada”, conta o rapaz indignado. Além de pneus furados, outro problema comum causado pela má condição do asfalto é o desalinhamento do carro. O mecânico Daniel Mario Avelino explica que um pequeno buraco é suficiente para deixar o carro com esse defeito. “Na minha oficina, 40% do serviço são de alinhamento e balanceamento de automóveis, que acabam ficando danificados por causa dos buracos”, conta o mecânico. Uma troca de rodas, por exemplo, pode variar de R$ 800 a R$ 1mil. A Novacap promete investir cerca de R$ 140 milhões melhorar a malha viária do DF.

CLAUDIONOR PEDRO DOS SANTOS

C

aros leitores a partir dessa edição estarei semanalmente informando os avanços no âmbito da unidade clubista e as ideias que permeiam os objetivos e a função social dessa entidade a qual represento o SinLazer - Sindicato de Clubes e Entidades de Classe Promotoras de lazer e Esportes do Distrito Federal-. Os clubes sociais, desportivos e de lazer do Distrito Federal são na verdade um celeiro de atletas, um núcleo onde a família encontra lazer e atividades comuns. São tão importantes que, desde a construção de nossa capital, estão presentes entretendo, trazendo diversão cidadania e hábitos saudáveis aos Brasilienses e demais frequentadores de outras regiões administrativas. Hoje são cerca de 300 mil associados que fazem dos clubes seu espaço de confraternização e ambiente familiar. Os clubes figuram entre as Instituições mais tradicionais da nossa Sociedade Brasiliense, atuando como verdadeira extensão do núcleo familiar. A estrutura mantida pelos clubes proporciona a seus associados convívios, lazer, cultura e principalmente à prática esportiva. A família que frequenta esses espaços amplia suas chances de adquirir valores, habilidades e atitudes sociais sólidas que irão perdurar ao longo de toda vida. Os clubes brasilienses representam a materialização de um ideal. A consciência e a vontade de atuar em benefício de sua comunidade. E não por coincidência, é essa mesma força que move o Sindicato de Clubes e Entidades de Classe Promotoras de lazer e Esportes do Distrito Federal – Sinlazer, entidade sem fins econômicos que foi criado em 1996, constituído nos termos da Legislação em vigor com a finalidade de defender os interesses da categoria no âmbito do Distrito Federal. *Pioneiro, chegou à Brasília em 21/07/1957 é Presidente Sindicato de Clubes e Entidades de Classe Promotoras de Lazer e Esporte do DF- Sinlazer ,Diretor Executivo da Associação Brasileira de Clubes de Leões e Presidente da Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília.


8 CIDADES

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

SEGURANÇA PÚBLICA

Redução tímida na criminalidade

SEOPS

Obras irregulares removidas no Gama

P

ainda se sente insegura

Foto: Andressa Anholete

 Por Jean Márcio e Elton Santos redacao@guardiaonoticias.com.br

E

nquanto o governo do Distrito Federal comemora a diminuição no índice de homicídios, a população, em contraponto, a cada dia se sente mais insegura. A constatação pode ser feita em conversa com os próprios moradores. Por parte da Secretaria de Segurança Pública, a redução de um homicídio é motivo de comemoração e faz alarde nos dados. Em janeiro de 2012 foram 48 mortes e no mesmo período de 2013, 47 pessoas perderam a vida. O termômetro para

Mesmo com reduçaõ da criminalidade, população ainda sofre com insegurança a insegurança no DF está na opinião de moradores de diversas regiões ouvidos pelo Guardião Notícias. A jornalista Rayane Rodrigues, por exemplo, mudou a rotina na hora de ir para a casa. “Sinto-me insegura no momento em que chego em casa porque não tenho garagem

para estacionar meu carro. Tenho hábito de fazer percursos diferentes para chegar em casa”, completa. A publicitária Ádila Lopes, moradora de Samambaia, sai pouco de casa e quando precisa ir a algum lugar, prefere a luz do dia. “Se preciso sair ou voltar

tarde da noite, quase sempre, estou de carro”, relata. Ádila também critica o policiamento ostensivo. “Nunca os vejo”, descreve. Realidade compartilhada pelo morador da Estrutural, Dyonattan Costa. “Não vejo como deveria ser”, acrescenta o morador.

D

efendendo a redução da criminalidade, o secretário Sandro Avelar explicou, em dados, a escala descendente da criminalidade, ainda que tímida. Em 2011, o DF registrou 56 mortes violentas, contra 48 em janeiro do ano anterior, 47 casos neste ano. Avelar atribui a queda no número de homicídios no DF, entre outros pontos, ao esforço da corporação. “Conseguimos uma baixa na média de homicídios na cidade que era de 2 mortes por dia. No mês de janeiro foram apenas 47, número bem abaixo”, conta Sandro Avelar. Já o sargento Ma-

noel Sansão Alves Barbosa, presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares do DF(ASPRA) questiona os dados da SSP-DF. “A PM, há mais de um ano, está em “Operação Tartaruga”. A maior parte do contingente, não tem desempenhado seu trabalho na totalidade. Diante dessa situação questiono a diminuição da criminalidade na cidade”, contrapõe Sansão. Palavra de especialista – Para a pesquisadora em segurança pública da Universidade Católica, professora Marcelle Figueira, a taxa de homicídios pouco

Foto: Divulgação/PMDF

Com a palavra Sandro Avelar

Secretário de Segurança Sandro Avelar defende o esforço da PM. Números da violência cairam influencia na sensação de insegurança das pessoas. “Não é motivo para ficar pessimista, mas também nem otimista”, observa. Segundo Marcelle, o papel da PM é delimitado e para as pessoas se sentirem seguras é preciso um trabalho integrado e para médio e longo prazo. Ela defende que

isso só ocorre com o fortalecimento das redes interpessoais. Ou seja, a relação entre vizinhos. Além disso, acredita que parte dessa sensação é oriunda de uma infraestrutura de iluminação nas cidades. Esses elementos aumentam o fluxo de pessoas e inibem a atuação de bandidos.

Foto: Everson Almeida/Seops

 GDF comemora a redução no número de homicídios, mas população

or força de ação civil pública, o Governo do Distrito Federal removeu na última semana, três construções erguidas, sem autorização, no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama. Os terrenos onde estavam inseridas as estruturas pertencem ao poder público e foram alvos de parcelamentos irregulares do solo. A operação foi mobilizada pelo Comitê de Combate ao Uso Irregular do Solo. As construções foram encontradas na Vicinal 341 do núcleo rural. Uma delas, com 250 metros quadrados de área construída, já estava em ponto de laje. Logo à frente, a equipe retirou outras duas obras. Em alvenaria, a construção de 60 m² foi erradicada com portas e janelas. No mesmo local uma edificação em madeira que servia de apoio à obra também acabou ao chão. No condomínio conhecido como Vitória, os moradores de duas edificações em alvenaria receberam prazo de 10 dias para saírem de forma pacífica e remover as estruturas, sob pena de multa, caso seja necessária ação do governo. O comitê voltará para vistoria nas próximas semanas. Outra construção foi embargada, na Chácara Nova Vitória. A medida impõe a paralisação imediata da obra. As operações na Ponte Alta Norte ocorrem em cumprimento a uma ação civil pública que condiciona o surgimento de construções ou a reforma daquelas consolidadas à autorização da justiça. Participaram da ação a Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops), Agência de Fiscalização (Agefis), Polícia Militar, Companhia Energética de Brasília (CEB), Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), Corpo de Bombeiros, Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) e Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

Construções que eram erguidas irregurlamente no Gama foram á baixo


CINEMA - TAINÁ - A ORIGEM O que não vai faltar é aventura e diversão. O filme promete ser mais uma indicação ao Oscar, inclusive, mesmo antes da estréia já era citado por grandes nomes do cinema internacional.

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

ENTRETENIMENTO

BRASÍLIA

A CAPITAL DA MÚSICA  A cidade é berço de grandes nomes da música brasileira  Jaqueline Mendes redacao@guardiaonoticias.com.br

C

onhecida por revelar grandes nomes da música brasileira como: Ney Mato Grosso,Renato Russo, Oswaldo Montenegro, Cássia Eller, Zélia Duncan, Os Raimundos, Capital Inicial, Natiruts, Plebe Rude, Os Paralamas do Su-

cesso entre outros, Brasília ainda se destaca quando o assunto é música. A cidade continua de ouvidos atentos e braços abertos para receber novos talentos, prova disso foi a revelação em 2012, da cantora Ellen Oléria, vencedora do programa global “The Voice Brasil”. Apontada como maior expoente

do cenário musical brasiliense, com um sorriso aberto, muita presença de palco e esbanjando em sua voz e violão um swing impressionante. Com tantos talentos não dá pra negar que a capital foi responsável por muitos bons sons em nossas vidas. Não dá pra negar que Brasília é a capital da música.

 Confira alguns cantores que prometem ganhar os palcos desde nosso Brasil e do mundo: 

Banda real Show

A Banda Real Show é um grupo musical que toca o melhor do ritmo nordestino e as suas raízes. O grupo brasiliense foi fundado em 2008 e já fez vários shows por todo o Distrito Federal e entorno, além de cidades do Norte e Nordeste do Brasil.

Novacort

A banda Novacort que foi formada em 2007, conta com quatro integrantes, entre eles, dois irmãos. O grupo que toca rockn’roll, procura levar diversão e vem encantando o público Brasiliense no seus shows pelo Distrito Federal.

Sanny

Nascida em Brasília, Sanny e destaca por ter vários talentos. Ela é professora, cantora, compositora e artista plástica. Possui 3 Cd’s Solos, 20 anos de carreira e é um dos nomes mais respeitados no cenário gospel brasileiro.

LULUZINHA TEEN

CULTURA 9


10 COMPORTAMENTO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

DIVULGAÇÃO

CURIOSIDADES

 Jaqueline Mendes redacao@guardiaonoticias.com.br

U

DIVULGAÇÃO

sar a mão esquerda para escrever, comer ou manusear objetos, para uns é estranho, já para outros um charme. Os canhotos representam de 5 a 15% da população mundial, e a proporção de mulheres que usam a mão esquerda é duas vezes menor que de homens. Os canhotos podem levar vantagem em certas áreas como, pilotar um avião a jato ou falar e dirigir ao mesmo tempo. Um estudo recente publicado pelo jornal Neuropsychology (site em inglês) sugere que os canhotos são mais rápidos no processamento de múltiplos estímulos que os destros. Eles também se destacam em alguns esportes com tênis, beisebol, natação e esgrima, tanto que, cerca de 40% dos melhores tenistas profissionais são canhotos. Uma crença comum sugere que os canhotos são

mais inteligentes ou criativos do que os destros. Há um debate entre a comunidade científica como a inteligência e a criatividade são operadas, alguns estudos demonstram uma correlação positiva entre canhotos e criatividade/inteligência. Pesquisas apontam que entre crianças com QI acima de 131, grande parte é formada por canhotos. Mas, esse grupo de pessoas nem sempre foram vistos desta forma. Nos séculos 18 e 19, os canhotos eram severamente discriminados. Escrever com a mão esquerda era passível de pena de morte. Atualmente os canhotos ainda enfrentam algumas dificuldades no dia a dia, como por exemplo, manusear uma tesoura, abrir uma lata de ervilha e até mesmo tocar um instrumento de cordas, já que esses são feitos em adequação aos destros. Mesmo assim, o grupo tem se adaptado a esta realidade. No seu Livro “Right-Hand, Left-Hand” Chris McManus ,

da Universidade de Londres, argumenta que a proporção de canhotos está aumentando e que são um grupo que historicamente produziu um montante de realizações e feitos acima da média. Ele diz que o cérebro dos canhotos são estruturados diferentemente, em um modo que aumenta a gama de habilidades deles, e os genes que determinam o canhotismo também governa o desenvolvimento dos centros de linguagem do cérebro. McManus diz que um aumento poderia produzir um avanço intelectual correspondente e um salto no número de gênios matemáticos, esportistas e artistas, eles tendem a terem maior representação em ambos os lados da escala intelectual, assim como gênios. Infelizmente, o grupo produz um número de pessoas com dificuldade de aprendizado. Houve sugestões de que há ligações entre canhotismo e dislexia, autismo, entre outras dificuldades.

PERSONALIDADES CANHOTAS

CONHEÇA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE OS CANHOTOS:

• A maioria dos canhotos desenha figuras voltadas para a direita. • Em muitas culturas, crianças canhotas eram obrigadas a usar a mão direita. • Canhotos recuperam-se mais rapidamente de derrames do que destros. • Estatisticamente, as mães mais velhas têm maior probabilidade de dar è luz a crianças canhotas. • Especula-se que, anualmente, morram em torno de 2500 canhotos usando produtos feitos para pessoas destras. • De modo geral, canhotos são melhores em percepção tridimensional e pensamento. • Pessoas canhotas possuem excelente capacidade para processar informações simultâneas. • Canhotos tem uma tendência maior a serem gênios criativos. • Destros vivem mais do que canhotos. • Canhotos alcançam a puberdade de 4 a 5 meses depois dos destros.

Além do brilhantismo em diferentes áreas, o que será que Albert Einstein, Ayrton Senna, Jimi Hendrix, Kurt Cobain e Napoleão Bonaparte teriam em comum? Todos eles eram canhotos. E a lista de pessoas famosas que têm mais habilidade com a mão esquerda não para por aí: Tom Cruise, Julia Roberts e Keanu Reeves também tiveram maior facilidade em usar o lado esquerdo para escrever.

PROJETO M.L.B REVELA MODELOS DO DF PARA O MUNDO

O Mundo dos canhotos  Jaqueline Mendes redacao@guardiaonoticias.com.br

A

s modelos de Brasília agora tem um novo aliado para divulgar seus trabalhos. Um projeto idealizado pelo atleta e engenheiro de softwares, Kadu Ramos, ajuda meninas talentosas da capital a exporem seus trabalhos, Bookssem nenhum custo, por meio de uma página na rede social, o facebook, a M.L. B (Mulheres Lindas de Brasília). Tudo começou no ano de 2005, graças a iniciativa de Kadu. De acordo com ele a ideia surgiu como uma brincadeira. Cansado de ouvir as pessoas de outras cidades dizerem que em Brasília só havia mulheres feias e “metidas”, resolveu criar uma comunidade no Orkut para provar o contrário. “A brincadeira deu ideia a algo mais sério e útil”, afirma Kadu. No Orkut as modelos disputavam por meio de votos dos membros para ser a capa da comunidade. “houve até quem conseguisse trabalho enquanto era capa”, lembra. A comunidade chegou a ter cerca de 10 mil membros. Recentemente o trabalho e conteúdo da M.L. B foi transferido para o facebook , tornando assim a divulgação ainda mais eficiente. Com a mudança Kadu também pode contar com parcerias como a da empresa de eventos Dasluli, e do fotógrafo Danyel Monteiro. Hoje a M.L. B promove e divulga o trabalho das principais modelos de Brasília. Todo trabalho de edição, seleção e coordenação são feitos por Kadu. De acordo com ele cada modelo tem direito a um álbum atualizado, onde são divulgados seus trabalhos. “As modelos nós envia as fotos e nós montamos o álbum”. Ainda segundo o moderador, a divulgação corre de forma progressiva e geométrica. “Quem vê mostra a outros e assim por diante, com isso, o alcance da M.L. B já atinge outros países, graças às modelos internacionais oriundas de Brasília”. Ramos afirma também, que mesmo com pouco tempo para se dedicar a página, os resultados tem sido satisfatórios e espera que futuramente o trabalho seja expandido.

M.L.B*Mulheres Lindas de Brasília* Moderador: Kadú Ramos


Priscila Ariel

A MOÇA COM SORRISO E ENVOLVENTE, SIMPLES O, COM MUITO ENTUSIASM ENTROU NA CARREIRA DA MODA DE MANEIRA INSTANTÂNEA.

 Jaqueline Mendes redacao@guardiaonoticias.com.br

P

riscila Ariel, 19 anos, é a nossa gata da semana. Incentivada pela mãe e pela avó, que foram miss na Cidade Ocidental, teve impulso e genética para conquistar o título em 2012. Mesmo tímida quando pequena, usava as faixas e coroas conquistadas pela Patrícia Barroso, sua mãe. Foram os primeiros contatos que teve com a vida de celebridade. O título de Miss Ocidental foi a primeira porta que se abriu à jovem estudante. Depois que participou da etapa do Miss Goiás foi tomando gosto pelo trabalho. A partir disso, surgiram diversos ensaios fotográficos para lojas de roupas, no segmento fitness, biquines e sa-

lões de beleza. A jovem estudante divide o tempo entre a passarela e a faculdade de Enfermagem, que cursa na Universidade de Brasília. A modelo afirma que pretende dar continuidade ao curso acadêmico, e não tem planos de abandonar a vida de enfermeira. No entanto, nutre o sonho de ser admirada por seu trabalho, e alçar vôos mais altos, como tornar-se uma grande modelo fotó-

grafica, re c o n h e c i d a nacionalmente. Atualmente a modelo é a mais nova garota propaganda da marca Bambuch Fitness. A gata foi escalada para

BELDADE 11

Gata da Semana

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

participar da nova campanha de divulgação da coleção verão 2013, com foco em moda praia e fitness.

Produção: AG1- Comunicação Integrada Apoio: Bambuch Fitness e moda praia

FOTOS: RODRIGO GONÇALVES /

GUARDIÃO NOTÍCIAS


12 SAÚDE

NOVA CLÍNICA DA FAMÍLIA

GUARDIÃO NOTÍCIAS

O secretário de Saúde do Distrito Federal recebeu licença de funcionamento de uma Clínica da Família, um CAPS AD e uma unidade de acolhimento transitório prontas para março.

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

DESCASO

Paciente não foi operada por falta de material

SANTA MARIA-RS

Vítimas de incêndio terão assistência

 Em janeiro, moradora da Estrutural não fez cirurgia na perna

Foto: Reprodução

direita por não ter linha de sutura. Secretaria de Saúde nega a falta

P

acientes que receberam alta e necessitam de acompanhamento médico vão continuar tendo assistência médica. Durante entrevista coletiva realizada em Porto Alegre (RS), na semana passada, foi definida a criação de uma rede de serviços de assistência aos pacientes, vítimas do

incêndio ocorrido no último dia 27 de janeiro, na boate Kiss, em Santa Maria (RS), que estão recebendo alta e necessitam de acompanhamento médico. A intenção é formar um grupo de profissionais da área especializada e de atenção primária, com objetivo de monitorar cada paciente, após a alta médica.

REMÉDIOS

Ministério da Saúde repassa R$ 182 mi Moradora da Estrutural sofre com caos na saúde do DF. Há um ano, Rosemary dos Santos convive com grave problema no joelho, que não pode ser operado por falta de linha de sutura no Hospital de Base  Elton Santos redacao@guardiaonoticias.com.br

O

s dias da moradora da Estrutural Rosemary dos Santos Salles têm se resumido a hospital e casa. Há um ano ela rompeu o ligamento da perna direita em um acidente doméstico. Antes do problema ela era a fonte de renda da família – com quatro integrantes. Mas desde então, com o problema, ela não pode trabalhar. O único sustento vem a conta-gotas nos “bicos” que seu filho, de 17 anos, faz de descarregador de caminhão. Desde outubro do ano passado, Rosemary espera com ansiedade uma operação. Até hoje, o Hospital de Base, que faz o seu tratamento, não realizou a intervenção cirúrgica. E as justificativas são várias. Logo no início do ano passa-

do, por exemplo, ela não fez o procedimento por que o médico disse que seus exames estavam vencidos. Mas foi a segunda justificativa que mais lhe deixou estarrecida e mostra a situação precária em que se encontra saúde no Distrito Federal. No último dia 16 de janeiro, Rosemary voltou ao médico. Mas o HBDF alegou que não poderia realizar a cirurgia, mais uma vez, por falta de material básico para esses procedimentos: a linha de soltura, que faz a costura. Após o incidente, a moradora da Estrutural tentou um alívio financeiro pelo INSS. Mas o instituto negou o benefício alegando que ela tinha possibilidade de trabalhar. “Mas meu joelho não dobra e nem tem movimento”, comenta Rosemary. Sua locomoção é mais prejudicada porque usa uma tala de imobilização.

Sem solução

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde e explicou o caso da paciente Rosemary na segunda-feira, 4. No dia seguinte, por meio de sua assessoria de comunicação, o órgão disse que levou o caso a coordenação de Ortopedia do Hospital de Base. Sem nenhuma resposta objetiva, disse apenas que o HBDF iria apurar o caso, mas adiantou não haver falta de linha de sutura, mas também não explicou os motivos da falta de cirurgia.

O

Ministério da Saúde está repassando aos estados R$ 182 milhões, dividido em três parcelas, para financiar a compra de medicamentos do componente especializado da assistência farma-

cêutica do Sistema Único de Saúde (SUS). Todos os estados e o Distrito Federal estão sendo contemplados com parcelas mensais, a serem pagas em janeiro, fevereiro e março desde ano.

REMÉDIOS

Saiba mais sobre esclerodermia

A

esclerodermia é uma doença reumática crônica ligada a fatores autoimunes, que se caracteriza por alterações vasculares e por um aumento das fibras de colágeno.

Esse aumento pode afetar desde a pele até os órgãos internos. A doença é mais comum em mulheres do que homens e costuma se manifestar entre 25 e 55 anos.


CONCURSO DA AERONÁUTICA Na última sexta-feira, 8, a Aeronáutica lançou edital de concurso público para 241 vagas. Há chances para quem tem nível médio ou superior, com salários que variam de R$ 2.867,31 a R$ 9.490,33 - além de gratificações. A jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

GUARDIÃO NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO 13

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE 2013

ANO LETIVO

Aulas recomeçam com 1.688 professores  Cerca de 500 mil alunos regressam às salas de aula em todo o DF nesta semana. Emenda parlamentar  Da redação redação@guardiaonoticias.com.br

A

s aulas na rede pública de ensino recomeçam na quinta-feira (14) pós-carnaval. Este ano, aproximadamente 500 mil alunos ingressarão nas salas de aulas das 649 escolas do Distrito Federal e contarão com o reforço de 1.688 professores. Os profissionais foram convocados e após a nomeação se juntarão aos 27.112 professores efetivos da Secretaria de Educação. A falta de professores nas escolas do DF é um problema que se repete todos os anos. A convocação recente destes profissionais começou a ser trabalhada em junho de 2012, ainda durante a tramitação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

À época, a deputada Eliana Pedrosa (PSD) fez emenda garantindo R$ 54 milhões para a contratação de mil professores efetivos. A reserva de recursos foi um mecanismo utilizado para garantir dinheiro e a contratação dos professores. “Em anos anteriores, o governo justificou a falta de contratação de professores com a inexistência de previsão orçamentária. Para que isso não voltasse a ocorrer, apresentei emenda garantindo esses recursos”, afirmou Eliana Pedrosa. Outra preocupação da parlamentar está no grande número de professores temporários contratados todos os anos pelo GDF. Para 2013, já foram convocados três mil, que vão substituir efetivos em atestados médicos ou licenças especiais. Para

Eliana, o governo deveria priorizar a nomeação de concursados. “É importante ter um quadro de professores temporários à disposição. Mas ao mesmo tempo, não deveria ser parte da política a contratação de uma grande quantidade desses profissionais”, disse. A Secretaria de Educação pode ganhar, em breve, o reforço de técnicos em educação. O Orçamento 2013 prevê a nomeação de 530 concursados nesta área. E a emenda de Eliana contempla, ainda, a contratação de mil técnicos em enfermagem, 300 médicos e 100 analistas de atividade meio ambiente. Ao todo, Eliana reservou R$ 142.532.197,00 do orçamento do GDF para contratação de profissionais da a sociedade brasiliense.

Foto: Reprodução

permitiu a convocação de professores para início do ano letivo

Professores convocados pela Secretaria de Educação já estarão em sala de aula no inicio do ano letivo. Ao todo serão 1. 688 novos servidores

POLÊMICA

 Elton Santos redação@guardiaonoticias.com.br

O

Início indeciso nas escolas  Secretaria de Educação quer implantar novo modelo de Foto: Reprodução

ensino. MPDFT e professores não concordam

Denilson anunciou ampliação do ciclo em coletiva. impasse ainda persiste entre os professores

ano letivo começa nesta semana com um imbróglio a ser resolvido pela Secretaria de Educação: implantar ou não o ciclo de aprendizagem nas salas de aula. O novo modelo é contestado por professores e pelo sindicato da categoria (Sinpro-DF) por causa da falta de preparo estrutural e didático nas escolas. No mês de janeiro, o secretário Denilson Bento convocou uma coletiva de imprensa para divulgar a medida, que seria colocada em prática logo no início deste ano. Já na semana passada, o Sinpro-DF entrou com ação judicial para impedir a implantação do ciclo de aprendizagem e da semestralidade.

Para o diretor da entidade, Washington Dourado, o governo quer tomou a medida sem conversar com a sociedade acadêmica envolvida – professores, pais e alunos. Ainda de acordo com Dourado, o secretário teria sinalizado um recuo. “Ele teria pedido um prazo [para analisar mais a matéria], mas não oficializou”, contou o diretor. Por telefone, a assessoria da Secretaria de Educação não confirmou esta informação. O ciclo chegou a ser analisado pela Câmara de Educação, mas também foi rejeitado. O MPDFT também contestou a implantação. Outra reclamação é de que o tema nem passou pelo Fórum Distrital de Educação e pela Conferência de Educação, como orienta a lei Gestão Democrática, regra que rege a educação no DF.


14 ESPORTES

NOVAS MUDANÇAS NA SELEÇÃO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE DE 2013

Depois de derrota, técnico Luiz Felipe Scolari cogita algumas correções para o amistoso contra a Rússia, no dia 25 de março. Nas pequenas mudanças, David Luiz deve atuar como volante. Isso por que a formação com Ramires e Paulinho não convenceu Scolari.

ESPORTE DE GRINGO

Futebol Americano: Bola oval ganha espaço no DF

COPA DO BRASIL:

Times de Brasília já conhecem adversários  A Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

 O esporte mais popular dos Estados Unidos vem

divulga data dos jogos da primeira fase

ganhando adeptos por todo o Brasil, inclusive em Brasília

 Por Lucas Alencar Foto: Reprodução

 Por Lucas Alencar redacao@guardiaonotícias.com.br

O

esporte mais popular dos Estados Unidos, vem ganhando adeptos por todo o Brasil e em Brasília não poderia ser diferente. A cidade já conta com dois grandes clubes de futebol americano, que participam do principal torneio da categoria o Touchdown, que vale como um Campeonato Brasileiro de futebol. O Brasília V8 foi fundado em 2008 pelos amigos Laérson Darlan, Fernando Ilkiu e Gabriel Tavares. Até 2011 a equipe vinha disputando amistosos em uma categoria conhecida como Half Pad, onde os atletas utilizam todos os equipamentos de segurança exceto o capacete. Seus adversários foram os Búfalos, Uberlândia Lobos, Ribeirão Preto Challengers, Ipatinga Atroz e Revolution. Em 2011 o V8 entrou em uma nova fase, e começou a fazer amistosos com o equipamento completo, enfrentando o Sinop Coyotes, e seu maior rival os Tubarões do Cerrado. Em 2012 a equipe decidiu fundar o Instituto

A

redacao@guardiaonotícias.com.br

Copa do Brasil é a competição mais democrática do país, por ter times de todas as divisões, e com o caminho mais rápido para a Taça Libertadores da America, já tem dia e hora para começar. Brasília contará com três representantes na competição: Ceilândia, Luziânia e Sobradinho. CEILÂNDIA X CEARÁ

Jogadores do V8 comemoram a vitória diante do Campo Grande Gravediggers pelo torneio Touchdown Brasileiro de Futebol Americano, e com isso participar do seu primeiro torneio oficial, o Touchdown. O Brasília se tornou a melhor equipe estreante da história do torneio, lutando até o último jogo por uma classificação, que infelizmente não veio. A equipe conta com 155 atletas em três categorias: 60 no principal, 25 no feminino e 70 na escolhinha do clube. No últi-

mo dia 19 de janeiro, a equipe fez a primeira seleção para novos atletas de 2013. Essa seleção ocorre durante um único dia. Os atletas também cuidam do funiconamento do time, decidindo quem continua ou não na equipe. Aqueles que decidirem permanecer, treinam com o time por um mês. Depois são reavaliados e ai sim selecionados. O Presidente, Aurélio Fagundes, acredita que o esporte tem um futuro promissor no Brasil. “O futebol americano já vem crescendo, fato hoje que já tem transmissão até em canal aberto. O futuro é promissor, é um esporte apaixonante.”

A equipe do Gato ganhou a vaga para a Copa do Brasil, após conquistar o seu segundo titulo do Campeonato Candango em 2012. O time manteve apenas a comissão técnica e o ataque, que conta com o veterano Dimba de 39 anos. A principal contratação o armador Rodriguinho, ex-Gama que foi contratado para o lugar de Allan Dellon, que saiu

para o periquito. No Candangão 2013, o Ceilândia vem se impondo, liderando o grupo B com 100% de aproveitamento. O seu adversário na primeira fase da competição nacional será o Ceará, que é líder do grupo A da Copa Nordeste. O primeiro jogo será no dia 3 de abril, no Abadião, às 16h00.

SOBRADINHO X BOTAFOGO O adversário do Sobradinho na Copa do Brasil, será o Botafogo. A equipe carioca e o atual líder do grupo A da Taça Guanabara, e conta com grandes nomes como: Lodeiro, Seedorf, Jefferson. O jogo será no dia 10 de abril, no Bezerrão, ás 21h50. O Leão da Serra classificou-se após um terceiro lugar no campeonato estadual de 2012. A equipe trouxe grandes nomes, graças a ajuda de seu patrocinador, o Uniceub. Entres suas contratações estão: o volante Túlio ex-

-Botafogo e titular do Figueirense no último Brasileirão, e Fabão campeão mundial pelo São Paulo em 2005. Outro nome contratado pela diretoria foi o técnico Branco, que já deixou o comando do equipe após o franco rendimento do clube. No estadual de 2013 o Leão não faz uma boa participação. Foram três derrotas em três jogos pela competição, e o time que era apontado como favorito por suas contratações, vai mostrando que nem sempre o dinheiro garante o triunfo.

LUZIÂNIA X FORTALEZA A equipe do entorno da capital federal, garantiu vaga na Copa do Brasil graças ao vice-campeonato do Candangão em 2012. Para a nova temporada, o time manteve a base do ano passado. A diretoria foi atrás de nomes já conhecidos pela torcida, como o goleiro

Edmar e o atacante Nelisson. O primeiro adversário do Luziânia será o Fortaleza, que atualmente disputa a Copa Nordeste, e esta na terceira colocação do grupo B. O primeiro jogo vai ser no dia 10 de abril, ás 20h30, mas ainda não tem estádio definido pela CBF.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 11 À 17 DE FEVEREIRO DE DE 2013

ESPORTES 15

PREPARAÇÃO

Fluminense tenta repetir Corinthians no sonho da Libertadores

PERCA DE IDENTIDADE

Vasco sofre com maus resultados dentro de campo

 Tricolor mira exemplo do timão para conquistar a América em 2013.

 Por Ricardo Faria

 Por Ricardo Faria

D

redacao@guardiaonotícias.com.br

redacao@guardiaonotícias.com.br

O

Fluminense inicia neste mês de fevereiro mais uma disputa da Taça Libertadores da América. O time comandado por Fred, Deco e Thiago Neves tentará levar o tricolor para mais uma final. O time das Laranjeiras perdeu a decisão em 2008 para a LDU do Equador nos pênaltis diante de um Maracanã lotado. Em cinco anos muita coisa mudou no clube carioca. Com a conquista de dois campeonatos Brasileiros e título estadual, o Fluminense mudou de patamar e chega à disputa da Libertadores com status de favorito. Mas para isso se confirmar, Abel Braga,

Tricolor do artilheiro Fred, campeão brasileiro de 2012, tentará chegar mais uma vez a uma final de Libertadores. Time estreia dia 13 na Venezuela diante do Caracas campeão com o Internacional de Porto Alegre, investe suas fichas no quarteto formado por Fred, Deco, Thiago Neves e Wellington Nen. Tentando apagar o trauma de cinco anos atrás, Abel aposta na base que conquistou o último Campeonato Brasileiro. A primeira partida do time será no dia 13

de fevereiro, na Venezuela diante do Caracas. Provavelmente o time não contará com Deco e Gum para a estreia. Todo o planejamento feito em 2013 girou em torno da Libertadores. O treinador Abel Braga, inclusive, já disse ter na cabeça o time que irá enfrentar o Caracas. Resta apenas uma dúvida, que ele

vai levar até momentos antes do jogo. O discurso usado nas Laranjeiras é de que o Fluminense deve sempre disputar a Libertadores, por que, assim como aconteceu com o Corinthians, campeão da última edição, o tricolor poderá em breve conquistar a tão sonhada Taça Sul-Americana.

NOVA ADMINISTRAÇÃO

Diretoria tentar criar um “novo Flamengo”  Por Ricardo Faria redacao@guardiaonotícias.com.br

O

Flamengo vive nova era, onde o principal foco é devolver ao clube a grandeza que o transformou em o mais popular do país. Assim que tomou posse, o presidente eleito, Eduardo Bandeira de Melo e seus aliados, Walim Vasconcelos e Luiz Eduardo Baptista, contrataram uma empresa para fazer um balanço da situação financeira do clube. Até agora, não foi possível saber a real condição dos cofres do Fla, mas uma coisa é fato, a antiga gestão deixou o clube quebrado, apesar de ter uma das maiores arrecadações do futebol Sul-Americano. O clube, que nos últimos

três anos foi comandado por Patrícia Amorim, acumulou vexames dentro e fora de campo, ficou para trás de Corinthians e o Fluminense. Hoje a esperança do rubro-negro é depositada na nova diretoria, que recebeu o apoio do ídolo Zico. Para citarmos um exemplo, o atacante Vagner Love, que era o símbolo do time em 2012, foi devolvido ao CSKA da Rússia no começo do ano, o negocio foi bom

para ambas as partes. O Fla irá economizar até 2014, R$ 24 milhões. Outras medidas adotadas pela nova diretoria, que aos olhos dos torcedores não parecem tão importantes foi a negociação de antigas dividas (até o final de janeiro, mais de 100 acordos trabalhistas foram firmados com ex-funcionários do Flamengo). De acordo com o presidente Eduardo Bandeira de Melo, o Flamengo nos próximos dois anos será o clube com maior arrecadação no futebol brasileiro, superando até mesmo o Corinthians, atual campeão da Libertadores. Resta a torcida rubro-negra acreditar que a época de vacas magras passou.

esde quando assumiu a presidência do Vasco da Gama no final de 2008, o maior ídolo cruz-maltino, Roberto Dinamite nunca viveu um momento tão conturbado quanto o que está passando agora. Com resultados ruins, o mandatário do Bacalhau não consegue montar um time competitivo desde a metade de 2012, quando os principais nomes do time foram vendidos sem que fossem feitas contratações a altura das tradições do Vasco. A situação política e financeira do clube também inspira cuidados. Após a saída do diretor de futebol Rodrigo Caetano, que organizou o futebol do clube, vários nomes deixaram o Vasco. Rômulo, Alan, Diego Souza, Fagner, Felipe, Alecsandro, Felipe e Juninho Pernambucano não suportaram a desorganização que tomou conta de São Januário e partiram. Hoje a torcida tem apenas Dedé como símbolo do time, mas o mito sofre constantemente com o assédio de outros clubes do Brasil e da Europa. Convivendo com penhoras, assim como o seu rival Flamengo, o Vasco está em uma situação financeira complicada. Atraso de salários é uma constante, no campo político, o Vasco também sofre. Desde a saída de Rodrigo Caetano, o clube desmoronou em uma crise. Falta de patrocínios, crises com setores que tentam interferir no futebol do clube e a inexperiência de Dinamite, tiraram as forças do Vasco, time que ficou 53 rodadas no G4 do Campeonato Brasileiro. Este ano, a equipe cruz-maltina irá disputar o Campeonato Carioca a Copa do Brasil o Brasileirão e a Sul-Americana. Resta ao torcedor vascaíno ter paciência e torcer por dias melhores para os lados de São Januário.

Zagueiro Dedé é o último remanescente de um time que deu muitas alegrias aos vascaínos.

Foto: Foto André Durão-GE

Foto: Soumaisflu

Clube manteve a base para ir longe na competição Sul-Americana


Ano 1 Nº 2 de 11 a 17 de Fevereiro  

Guardião Digital

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you