Issuu on Google+

ANTES E DEPOIS

FAMA

ANITTA: Página 12

ENTREVISTA

ANUNCIE AQUI

Padrinho do Paranoá, deputado Robério fala da cidade que se tornou sua segunda casa

Sua empresa na primeira página

www.guardiannoticias.com.br PORTAL E IMPRESSO

Página 13

GUARDIÃO NOTÍCIAS Página 2

61 3039-4458 / 3233-1539

A NOTÍCIA E SEUS BASTIDORES

WWW.GUARDIANNOTICIAS.COM.BR

ANO 1 NÚMERO 25 - BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

PARANOÁ A TODO VAPOR

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

EM UM ANO DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO, CIDADE VIRA CANTEIRO DE OBRAS. DEPUTADO ROBÉRIO NEGREIROS JÁ ENCAMINHOU R$ 11 MI EM EMENDAS. A MAIS NOVA BENFEITORIA É O RECAPEAMENTO DA DF 001 E A CONSTRUÇÃO DE UM BALÃO DE ACESSO A UMA DAS ENTRADAS DO PARANOÁ

Página 6

Levantamento mostra que GDF priorizou liquidar emendas voltadas para festas Página 4

Ari de Almeida, administrador da maior cidade satélite do DF, a Ceilândia, mostra os resultados de sua gestão

 ESPORTES FOTO:REPRODUÇÃO

 CEILÂNDIA FOTO:REPRODUÇÃO

 GASTOS

Página 10

Conheça um dos esportes mais praticados no mundo que mais cresce no DF Página 14


2 DA REDAÇÃO G

POLÍTICA NACIONAL

UARDIÃO

NOTÍCIAS

Governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral vai ser investigado pelo Ministério Público por uso indevido de helicóptero oficial

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

REPRODUÇÃO

RÁDIO

LEIA DIARIAMENTE: WWW.BLOGRADIOCORREDOR.COM.BR

CORREDOR BASTIDORES DA POLÍTICA - Odir Ribeiro

Desatino

Mandando ver

E viva as redes sociais! O poder transformador da internet e a sua importância para a sociedade

Juntos e Misturados O governador Agnelo Queiroz e o vice-governador Tadeu Filippelli(PMDB) estão mais juntos que nunca... o rompimento entre as partes, não passa de plantações para enganar desavisados.Agnelo e Filippelli são tampa e panela, quem pensa ao contrário está perdendo tempo. Quem avisa amigo é.

O presidente do PSD-DF e ex-governador, Rogério Rosso, não anda muito afinado com as deputadas distritais do seu partido. Dizem que mais atrapalha que ajuda.

E mais...

Mudança

Falando em Rogério Rosso, o político anda viajando o país todo a “serviço” do PSD.

Até o final de setembro pelo menos oito deputados distritais devem mudar de partido.

Com tudo

Na REDE O deputado distrital, Joe Valle (PSB) também caiu na REDE.

GUARDIÃO NOTÍCIAS

FGUARDIAN AGÊNCIA DE NOTÍCIAS LTDA CNPJ: 13.102.752/0001-05 End: SAAN Quadra 03 Bloco A número 79 sala 208 CEP: 70.632-300 Acesse o Portal www.guardiannoticias.com.br Contatos: (61) 3039-4458 / (61) 3233-1539

Não emplacou  Por Fabiana Grazielle Funcionária Pública e Assessora Parlamentar

O deputado federal Izalci Lucas (PSDB) é outro que não emplacou. Suas pretensões ao Palácio Buriti, ainda não passaram de vagas especulações. O vai que cola, não colou.

Tudo a ver O PSDB-DF está com a faca e o queijo na mão, quando o assunto são as eleições de 2014. Só falta saber quem vai manusear a faca.

Frio não é bullying contra solteiros, frio é bullying contra os moradores de rua, você tem uma cama e um cobertor, reclame menos e agradeça @doidovcs

O deputado federal Luiz Pitman (PMDB) tem exigido muito dos oficiais de justiça. Alguns jornalistas já estão sentindo na pele.

Como administrar gente que “se acha”, mas que na verdade, só anda livre na rua porque tem licença específica do Ibama. @narotadorock

DIRETORIA EXECUTIVA Diretor Superintendente João Zisman Diretoria de Redação Odir Ribeiro Sub-Editor Ricardo Faria

O deputado distrital Professor Israel Batista(PEN) é um ótimo garoto-propaganda do Alub. Professor de história ele leciona lá por muitos anos.

“Dilma chegar a uma situação até o final do ano insustentável q obrigaria o PT acionar o plano de emergência deles, plano (diabólico) Lula” @Ezequiasns

Diretores de Produção Edilson Carlos Torres Edney Torres Diretor Comercial César de Almeida Cruz Gerente Administrativa Meire Coimbra Gerente de Tecnologia Jean Paul Rodrigues

A

tualmente as redes sociais são as protagonistas na vida do cidadão. Como explicar esse novo fenômeno? Simples. A nova e poderosa ferramenta tem atuado a serviço da sociedade. Denúncias, manifestações, sugestões e indignações tem sido pauta na grande imprensa. As recentes manifestações espalhadas por todo o Brasil mostrou a força desse novo e democrático canal de comunicação. O poder da internet se expande a cada dia. O mundo cibernético é o meio que pessoas “comuns” encontraram para ter voz ativa. Empresas privadas e o serviço público tem tido um olhar atento para essa nova forma de expressão.

Os primeiros resultados começam a aparecer e o meio político entendeu bem o recado e já sente a necessidade real de se adequar aos novos tempos. Essa ferramenta tem mostrado que o brasileiro é sim politizado. A política do Brasil não é mais a mesma. A democracia brasileira está cada vez mais fortalecida. O termo “cordeirinho,” já é um estigma praticamente superado. O gigante acordou. O cidadão deixou de ser coadjuvante e tem ser tornado o personagem principal dessa nova conjuntura política. O terceiro-milênio não pode mais ignorar as redes sociais. Os poderes constituídos hoje em dia devem tomar muito cuidado em suas decisões, já está mais que provado que o mundo virtual não aceita “desaforos.”

Ah, vai pro inferno com esse saudosismo besta. Só sente falta das TVs antigas comparado as novas é quem tem problema de visão. #ProntoFalei Cristiano Porfirio

Projeto Gráfico Crio Editora Mateus Lopes da Silva mateusmwm@gmail.com

Distribuição Francisco Jamanta Ricardo Pina Roberto Morango

Reportagem Crislene Santos Jaqueline Mendes Jean Márcio Soares Lucas Alencar Nayara Ribeiro

Colaboradores Graciliano Cândido Henrique Fonseca Chaves Homero Mateus Ildecer Amorim José Bonetti

José Maria Samarco Luiz “Batata” Mendes Luiz Solano Raimundo Ribeiro Roberto Morgado Santos Tiragem 15.000 exemplares Impressão Imprima Editora & Gráfica (61) 3356-7654


4 POLÍTICA

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

LUIZ SOLANO REPÓRTER DO PLANALTO

CORRUPÇÃO Câmara Legislativa do Distrito Federal já tem números para decidir cassação dos distritais acusados pela Caixa de Pandora, esquema de corrupção da história da política local.

FARRA

GDF prefere gastar dinheiro público com festas em 2013  Eventos culturais representam 75,48% do valor das emendas liquidadas pelo governo nos primeiros seis meses deste ano

 DUVIDO EVO O fanfarrão Evo Morales, presidente da Bolívia, que fede a cocaína, prega pelos quatros cantos da cidade que vai fechar a embaixada dos Estados Unidos em La Paz. Trambiqueiro internacional e sem qualquer tipo moral, pois deve ao Brasil via Petrobrás, teve o seu avião proibido de sobrevoar o espaço aéreo da Espanha, França e Portugal. Enganador de primeira mente para pobre população boliviana, e agora vem com essa arrogância que tomará medidas contra o governo americano. Os foguetinhos que tem, são bem parecidos com os estalinhos e bombinhas usados pelas crianças do Brasil em festas juninas.

 AGNELO CAINDO Obtive de uma fonte segura, que o governador Agnelo Queiroz tem apenas oito por cento de aprovação no Distrito Federal. É o governador pior avaliado em todo Brasil, ficando em último lugar. A insegurança, hospitais caindo aos pedaços, falta de gerenciamento, politicas sociais, escolas abandonadas e a sua ausência na cidade, são as causas dessa grande rejeição, jamais vista na história de Brasília. Com essa situação, quem está incomodado segundo essa mesma fonte é o vice-governador Tadeu Felipelli, que teme por um fracasso nas eleições de 2014, caso Agnelo Queiroz, venha sair candidato a reeleição. Tem a tem gente do PT combatendo o atual governador, responsável pelo abandono em a Capital da República se encontra.

 Ricardo Faria redacao@guardiannoticias.com.br

N

ovo levantamento realizado pelos voluntários do projeto “Adote Um Distrital”, revela que no primeiro semestre de 2013, 75,48% das emendas liquidadas pelo GDF foram para festas/cultura. Isso representa mais de 17 Milhões de Reais em 79 eventos culturais, ou seja, treze eventos por mês no Distrito Federal. Já para as obras, o total representa 20% pouco mais de R$ 4 Milhões de Reais. O mesmo levantamento foi realizado em abril de 2013 e revelou que essa porcentagem era bem maior, 97,8 % das emendas dos parlamentares que foram liquidadas com festividades. “O GDF não prioriza politicas públicas que de fato venha mudar a realidade do povo do Distrito Federal”, ataca o coordenador

do Adote, Diego Ramalho. Em 2012, os mesmo voluntários apresentaram ao Governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz e ao Secretário de Transparência Carlos Higino, uma minuta de decreto, regulamentando a execução dos eventos culturais. Na minuta, o grupo apresentou onze itens que daria mais transparência e participação popular na realização dos eventos culturais. De acordo com Diego Ramalho, além de não acatar as sugestões do

documento em 2012, o governo não deu nenhum tipo de resposta ao movimento. O coordenador garantiu que o Adote irá apresentar novamente uma minuta, pois de acordo com ele ainda, mesmo com a diminuição das emendas liquidadas para festas, o número ainda é assustador. “A ideia agora é apresentar dados e a minuta novamente, mas agora ao conselho de transparência do DF, onde temos uma cadeira”, encerrou.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

POLÍTICA 5

LEIA DIARIAMENTE: WWW.GUARDIANNOTICIAS.COM.BR

POLITIQUÊS ANÁLISE POLÍTICA COM CORAGEM E HUMOR João Zisman

Charge da semana

 João Zisman

FOTO: ANDRÉ CORRÊA

Contrato vencido

O deputado federal Ronaldo Fonseca deverá, em breve, estar fazendo suas malas de saída do Partido da República. O seu “contrato de aluguel” está vencendo e o “proprietário” já pediu o partido de volta.

redacao@guardiannoticias.com.br

A

 Filme queimado

 O Quarto Senador

Distritais experientes estão doidinhos para indicar Israel Batista para o “Oscar”. O que se comenta é que Israel ensaia um discurso no coletivo e na hora “h” improvisa para deixar os outros sem fala. Pelo jeito o jovem parlamentar está estreando num filme queimado.

O senador Gim Argello parece mesmo que incorporou a ideia de que é o quarto senador do estado de Goiás. Os elogios rasgados ao governador Marconi Perillo e o iminente rompimento com Agnelo Queiroz serão prenúncio de uma mudança de domicílio eleitoral de Gim?

 Super bonder

Uma fonte “luminosa” da política local afirma categoricamente que o vice-governador Tadeu Filipelli e o deputado federal Luiz Pitiman, apesar do que tentam demonstrar, continuam ligados por super bonder fabricada no interior da Bahia.

 Quem é Newton?

 Bichos soltos

São encontrados quase que diariamente circulando nas suas dependências do Estádio Nacional animais como leão, pavão, veados, tatu bolinha e até o insaciável, apesar, da pequena estatura, demônio da Tazmânia. Será um zoológico?

 Leão no jogo Além da falta de sensibilidade política, anda também faltando ao Buriti o conhecimento mínimo das leis da física. Pelo jeito desconhecem até o que diz a Lei de Newton: toda ação gera uma reação igual e contrária. A CPI da Copa vem aí.

Câmara Distrital : O Pecado mora do outro lado

Tem tanta gente grande mandando nos assuntos do Estádio Nacional, que o comentário é de que por lá o ambiente mais parece o de uma selva. Pelo jeito, tem leão no jogo.

Câmara Distrital inicia o seu recesso parlamentar saboreando o gosto azedo da fórmula de impopularidade construída com a subserviência a um poder executivo desgovernado e com os deslizes de alguns de seus membros. Há de se enxergar que a grande mobilização popular que vem ocupando as ruas do Brasil e do Distrito Federal, clama por soluções imediatas que impactem de maneira significativa e rápida no bem estar social. A indignação geral é provocada em primeiro lugar pela falta de ações de governo na saúde, educação, segurança, moradia e transportes. A reforma política é uma pauta importantíssima para o país, mas não é a prioritária, assim como quer defini-la a Presidenta Dilma Roussef. No âmbito do Distrito Federal não se pode perder o foco das críticas a uma administração caótica em todos os setores do governo. Fomentar o estresse do poder legislativo com a sociedade Brasiliense, no momento histórico da grande mobilização popular, é favorecer o acobertamento dos principais culpados pela condução da ineficiente prestação de serviços públicos, cujo endereço é o Palácio do Buriti. Mais do que nunca é hora da aproximação maior do legislativo local com a sociedade. O papel fiscalizador da Câmara Distrital sobre as ações do executivo

tem que ficar evidenciado. As respostas urgem. Como foram gastos quase R$ 2 bilhões no Estádio Nacional? Porque a merenda escolar do GDF é a mais cara do Brasil? Porque a saúde é uma droga? A licitação dos ônibus foi licita? O povo quer saber disso e de tudo o que é feito, mal feito ou que é deixado de ser feito. À Câmara Distrital cabe também responder à sociedade sobre a lisura do comportamento de seus membros. Que as denúncias contra parlamentares recebam o tratamento imparcial, e caso se transformem em processo, que os acusados tenham o amplo direito de defesa de suas honras. E caso reste comprovado que as denúncias contra qualquer parlamentar se sustentem apenas no propósito difamatório, que a Casa mova todos os elementos legais a fim de responsabilizar judicialmente os envolvidos. Inocentes ou culpados, sim, jamais pré-julgados. Nada será mais natural de que as manifestações de rua alcancem a CLDF, no entanto, é preciso ficar atento com alas mais radicais que militam no seguimento sindical, bem como nas claques financiadas de alguns partidos políticos que, insatisfeitas com o espírito pacífico que tem norteado a mobilização, ameaçam provocar o enfrentamento físico com as autoridades policiais, tropa de choque, cavalaria e quem quer que seja. Cadeia neles. Protesto sim. Violência não. Entendimento sempre.


6 CIDADES

ELEIÇÕES

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

O deputado Robério Negreiros solicitou ao TRE-DF o serviço itinerante de Recadastramento Biométrico para as áreas rurais do DF. Atualmente na região existem quase 38 mil eleitores

MELHORIAS

Paranoá em ritmo de mudança

N

ão vai faltar motivos para a população do Paranoá comemorar. Estão sendo executados R$ 11,4 milhões de emendas do deputado Robério Negreiros na cidade. Resultado: a cidade é um verdadeiro canteiro de obras. São reformas em praças e em cinco parquinhos, construção de quadras poliespor-

tivas, campo de grama sintética, instalação de dois playgrounds, cobertura de Pontos de Encontro Comunitário – PECs e instalação de mais três deste equipamento. Com recursos de emendas do deputado 120 pontos de ônibus estão em processo de construção, placas de endereçamento e indicativas estão sendo implantadas. Os moradores podem

conferir também a construção de baias de concreto para contêineres de lixo nos núcleos rurais, da ponte na área rural e a revitalização da Avenida Transversal. Os investimentos também chegaram à área de segurança, com a iluminação de toda a cidade. Postes de luz foram substituídos, além da implantação de novos. O distrital ainda ne-

gocia o aumento do efetivo das policias Civil e Militar. “Tenho um carinho especial pelo Paranoá”, explica Robério. De todos os parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Robério foi o que mais destinou emendas para obras na cidade. Desde que a CLDF foi criada, nunca houve tanta destinação de verbas para obras.

 Investimento

milionário está sendo feito com a execução de emendas propostas pelo mais novo padrinho da cidade: deputado Robério

AVENIDA TRANSVERSAL – A revitalização da Avenida Transversal, uma das principais vias da cidade, foi citada pelo administrador do Paranoá, Cezar Lopes, como uma grande realização. Na via, foram implantadas novas vagas para estacionamento de carros, construídas calçadas e muretas ao redor das árvores para protegê-las. Também foram instalados 44 pontos de acessibilidade para os deficientes.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

CIDADES 7

ILUMINAÇÃO: O Paranoá vai se transformar em breve na cidade luz do DF. Toda a iluminação da cidade será trocada por lâmpadas mais modernas, mais claras e mais econômicas. As obras, que já começaram por algumas quadras, vão abranger todas as localidades, gerando mais segurança para os moradores. O valor total do investimento, R$ 748.189,35 é proveniente de emenda parlamentar do deputado Robério Negreiros. “Esta é mais uma ação que vem contribuir para melhorar a segurança dos moradores”, ressaltou o deputado.

ENDEREÇAMENTO POSTAL – Achar um endereço no Paranoá vai ficar mais fácil. A administração está instalando placas de endereçamento e placas indicativas. Na primeira etapa, será sinalizada metade dos logradouros da cidade. São 262 placas de endereço, com uma novidade: elas terão o Código de Endereçamento Postal – CEP de cada conjunto. Já as placas indicativas, num total de 40, vão orientar para os pontos principais, Barragem do Paranoá, Igreja, Praça da Bíblia, bem como avenidas, entradas e saídas.

LIMPEZA DE BUEIROS E OPERAÇÃO TAPA-BURACOS – Ações permanentes como a Operação Tapa Buraco e a desobstrução de bueiros também são resultados de verbas destinadas pelo deputado Robério Negreiros. “A cidade fica mais segura e mais limpa. E isso tudo é mais saúde e segurança para todos”, afirmou o deputado.

ESPORTE E LAZER – Lazer e esporte também serão contemplados com diversas obras. Dois playgrounds estão sendo construídos na quadra 12 e outro próximo à Escola Classe 5, na quadra 24. Na quadra 8, foi feita uma quadra de esportes. Três Pontos de Encontro Comunitário (PEC) receberam cobertura, para dar mais conforto aos moradores, que ficarão livres do sol e da chuva. Outras cinco quadras: 9, 25, 28, 30 e 32 terão os parques infantis reformados. A reinauguração do Ginásio de Esportes do Paranoá veio resgatar um excelente espaço para a comunidade. Com capacidade para 600 pessoas, o local vai abrigar projetos sociais, esportivos e culturais. Atualmente estão sendo ministrados cursos de iniciação esportiva de basquetebol, streetball e Karatê. No evento de reinauguração, o deputado Robério Negreiros foi parabenizado pelo governador Agnelo Queiroz, ao citar que as verbas para a construção do Complexo Esportivo do Paranoá foram destinadas por ele.


8 CIDADES

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

PONTOS DE ÔNIBUS - As paradas de ônibus também estão sendo priorizadas. Foram Instalados 120 novos pontos de ônibus, nas áreas urbana e rural. As localidades foram escolhidas pela própria comunidade, principalmente na área rural. Elas foram adquiridas em licitação pela administração e algumas em parceria com o DFTrans e Novacap. A melhoria no transporte público urbano vem sendo pleiteada por Negreiros, que é presidente da Comissão Especial de Transporte da CLDF. ÁREA RURAL: Construção de ponte sobre o rio Jardim, no Núcleo Rural Sussuarana. A antiga e precária ponte de madeira do local corria o risco de desabamento. Devido o problema, os veículos, inclusive os ônibus escolares, tinham de fazer um trajeto alternativo aumentando em mais de 30 quilômetros o acesso à localidade mais próxima. Construção de baias de concreto para contêineres de lixo nos núcleos rurais do Paranoá. Reforma de quadra poliesportiva no Núcleo Rural do PAD/DF, região do Paranoá. “Esse é apenas o começo. Vamos investir muito mais na cidade”, projetou Negreiros. O parlamentar esclareceu que está ouvindo a comunidade para priorizar suas principais reivindicações. “Ainda há muito que fazer, mas não faltarão esforços para conseguir verbas e nem vontade política”, complementou. MAIS OBRAS PARA MELHORIA DA CIDADE Várias obras estão em fase de licitação, como a reforma do Conselho Tutelar do Menor no Paranoá, da quadra esportiva coberta, dos banheiros públicos e implantação de piso na Feira Permanente. Construção de rampas em calçadas para melhoria da acessibilidade em diversos pontos da cidade, de três Pontos de Encontro Comunitários (PECs), além de um estacionamento próximo ao BRB e reformas de quadras poliesportivas nos Núcleos Rurais Carirú, Jardim II e Capão Seco. Construção de quadra poliesportiva no Núcleo Rural Buriti Vermelho. Implantação de contêineres de lixo nas áreas rurais e urbanas. Término da implantação das placas de endereçamento e de sinalização.

ROBÉRIO E CEZAR LOPES PARCERIA QUE DEU CERTO

ADMINISTRADOR CEZAR, GOVERNADOR AGNELO E DEPUTADO ROBÉRIO: TRABALHO EM PROL DO PARANOÁ

À

s vésperas de completar um ano à frente da Administração do Paranoá – ele assumiu em agosto passado -, Cezar Castro Lopes vê o atual momento apenas como início dos trabalhos. “Já realizamos obras importantes na cidade, mas acredito que podemos fazer muito mais”, observa “Cezinha”, como é conhecido por seus amigos mais próximos. Em entrevista exclusiva ao jornal Guardião Notícias, o administrador citou investimentos importantes no Paranoá. Também ressaltou a importância da ajuda da Câmara Legislativa, principalmente do deputado distrital Robério Negreiros (PMDB), considerado padrinho da cidade. A ajuda parlamentar pode ser identificada no encaminhamento de emendas à cidade. Desde que assumiu o mandato, Negreiros já destinou mais de R$ 11 milhões. E a materialização desse recurso é perceptível na gestão de Cezar.

No último mês foram inauguradas duas importantes obras: na quadra 8, uma área esportiva foi construída. E a mais recente foi a de uma Brinquedoteca no Hospital Regional da cidade. Esta no caso faz parte de um projeto da ONG Amigos da Vida, com patrocínio da Petrobrás e apoio da Secretaria de Saúde e da Administração. Algumas realizações da administração foram pontuais, mas imprescindíveis para a população. “Quando a gente chegou, uma das reivindicações era o endereçamento. Acho essa, uma das principais obras. Nestes 55 anos de existência nunca teve placas com essas informações”, ressalta o administrador Cezar. Em obras diretas foram aplicados cerca de R$ 6,5 milhões. Mas há ações do GDF, como o Cidade Limpa, a Carreta da Mulher, o Circuito Saúde Para Todos, Operação Sucata e Ação Pela Vida. Na área de segurança foram adquiridas 20 novas viaturas policiais e mais um Centro Educacional foi construído.

Perfil do administrador Formado em Direito, Cezar Lopes também tem pós-graduação em direitos penal e público. Conhece bem os trâmites para uma gestão bem próxima da sociedade. “Como trabalhei muitos anos na Defensoria Pública, considero que adquiri grande experiência com as ações, com o contato direto com a comunidade”. Além dos moradores, o reconhecimento vem também de seu padrinho político, o deputado Robério. “O Cezar é um cara que tem esta característica de entender que o dinheiro público tem de servir ao povo. Por isso ele está sempre na rua para ouvir as principais demandas”, elogiou o parlamentar.

Futuro Calçado em grandes pretensões administrativas, Cezar tem várias metas. Uma delas é a duplicação da DF-250, além da construção de um viaduto entre o Paranoá e o Itapuã. O horizonte do administrador é ainda mais beneficente para os moradores. Ginásio de esportes, quadras e asfalto estão na pauta para suas respectivas implementações. Mas as aspirações gestora de Cezar ultrapassa a fórmula areia e cimento. “Acho que uma cidade não é feita só de obras. Os projetos sociais, esportivos e culturais são o alicerce para uma sociedade mais justa e igualitária”.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

CIDADES 9

OBRAS

Começam melhorias na DF 001

A

proximadamente 200 mil motoristas serão beneficiados com a transformação que a DF-001 está passando. A estrada que contorna o Paranoá será totalmente recapeada e ganhará um balão no acesso à cidade, além de acostamento em toda a sua extensão. A obra, antiga reivindicação dos moradores, começou no dia 15 de julho e vai atender a moradores do Paranoá, Sobradinho, Planaltina, Lago Norte, Condomínios e área rural. O TRECHO A SER REFORMADO – de quatro quilômetros e meio - vai da Barragem do Lago até o balão do Itapuã. A obra vai durar 60 dias e nesse período parte da rodovia será interditada pelo Departamento de Estrada e Rodagem (DER-DF). Por esta razão, a administração do Paranoá sugere aos motoristas que utilizem outras vias enquanto a obra está sendo executada. Com o objetivo de melhorar o trânsito e evitar acidentes, um balão também será construído. Toda a estrutura terá um investimento de R$ 2 milhões, provenientes de emenda parlamentar do deputado distrital Robério Negreiros (PMDB/DF) e será executada pela Novacap e Administração do Paranoá. De acordo com o deputado Robério, “o resultado será percebido pelo motorista em vários sentidos, como por exemplo, na conservação do seu carro”. O administrador Cezar Lopes também elogia a obra. “Agora teremos uma estrada melhor e com estrutura para receber os inúmeros veículos que circulam diariamente por aqui”, diz.

Nova ponte vai encurtar caminho para moradores do Núcleo Rural A

construção de uma ponte no Núcleo Rural Sussuarana vai encurtar em 40 km o percurso dos moradores da região até a cidade. O projeto da obra começou a ser implantado no início do ano, mas já está concluída. No próximo mês, o novo acesso será inaugurado. Feita anteriormente de madeira, a ponte corria o risco de desabamento. Por causa das

condições precárias, as pessoas usavam outra alternativa bem mais distante. Os veículos, inclusive os ônibus escolares também eram prejudicados. A estrutura é toda de concreto, mais segura e custou ao todo R$ 149 mil. “Não havia segurança alguma. As crianças também usavam a ponte e corriam riscos. É uma obra que era solicitada há muito tempo pelos moradores”,

comenta o deputado distrital Robério Negreiros, que destinou emenda parlamentar para a construção da ponte. “A gente vê que era uma obra simples e pontual, mas que por muito tempo não foi feita. Com isso, as pessoas eram muito prejudicadas. Isso vai representar melhoria e qualidade de vida para os moradores”, ressalta o deputado Robério.


10 CEILÂNDIA

CRESCIMENTO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

Ceilândia tem mostrado que é uma das principais cidades do DF. A região tem um forte polo de comércio, com a Feira da Ceilândia e a Feira dos Goianos, que geram milhares de empregos

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

 Administrador faz lista de obras que

há muitos anos eram reivindicações dos moradores da cidade

C

Ari de Almeida, o tocador de obras da Ceilândia QNP 10 DO SETOR P SUL RECEBE DIVERSOS EQUIPAMENTO PÚBLICOS

A

pós anos de espera, os moradores estão ansiosos para utilizar o novo espaço, onde as obras acontecem em ritmo acelerado. O quadradão da QNP 10 está um verdadeiro canteiro de obras. Além da urbanização em toda a área ao redor do Centro de Ensino Fundamental 18, o local também será contemplado com estacionamento, parquinho infantil, lixeiras, área de convivência e uma quadra de areia. Segundo o administrador de Ceilândia, Ari de Almeida, este é um pedido antigo da comunidade,

que está sendo realizado com todo o capricho e atenção necessária. “Estamos escutando a comunidade de cada Setor, atendendo suas necessidades e buscando resolver todos os problemas que a população enfrentou durante anos. Esse é um compromisso do nosso governo com aqueles que mais precisam” enfatizou o administrador. Em breve o Governo do Distrito Federal realizará novas ações no Setor, melhorando a qualidade de vida da comunidade e deixando a nossa cidade cada vez melhor.

CEILÂNDIA ESTÁ VIVENDO UM NOVO MOMENTO NO ESPORTE

Cidade natal de grandes atletas como Ketleyn Quadros, Joaquim Cruz entre muitos outros, hoje a Ceilândia está recuperando sua autoestima também no esporte. Com a entrega do novíssimo Ginásio de Esportes de Ceilândia, o Centro Olímpico, 5 campos sintéticos, a reforma do Estádio Regional e 13 quadras poliesportivas, iniciativas que demonstram que o GDF e a Administração de Ceilândia estão trabalhando no sentido de entregar para a população espaços novos e reformados que deem condições para a prática do esporte. A segunda edição das Olimpíadas de Ceilândia foi um sucesso, o evento utilizou vários espaços esportivos da cidade e com a participação de 2,1 mil atletas

divididos em 13 modalidades . Acompetição foi organizada pela Liga Poliesportiva e Cultural de Ceilândia (Lipocc) e Associação de Garantia dos Atletas Profissionais (Agap), o apoio do GDF através da Secretaria de Esportes e da Administração Regional de Ceilândia foi fundamental. “O governo deve oferecer aos nossos jovens opções para que fiquem longe das drogas e da violência, o esporte é um dos caminhos”, diz o Administrador de Ceilândia Ari de Almeida. O trabalho para o fortalecimento do esporte em nossa cidade não para, em reunião com os skatistas a reconstrução do SkateParK do setor P Sul está confirmado e os debates para a construção do Centro de Formação de Atletas de Ceilândia.

om mais de 400 mil habitantes, Ceilândia é a cidade mais populosa do Distrito Federal. Esse fator contribui para que a satélite seja um dos colégios eleitorais mais cobiçados pela classe política de Brasília. Enfrentando mundos e fundos, é que o administrador da Ceilândia Ari de Almeida está no cargo desde o começo da gestão do governador Agnelo Queiroz. A missão do administrador, é colocar a cidade mais populosa do Distrito Federal no mapa econômico do DF. Em entrevista ao Guardião Notícias, Ari enumerou algumas de suas realizações a frente da administração.

OPERAÇÃO CATA PNEU Administração de Ceilândia lançou há quatro meses serviço com o objetivo de recolher os pneus nas borracharias e em áreas públicas, evitando o acumulo de água e a proliferação do mosquito da dengue. Desde o seu início, em março de 2013, a operação Cata Pneu vem mostrando que é um sucesso. Em menos de quatro meses, mais de seis mil pneus que estavam espalhados pela cidade foram recolhidos. Segundo o administrador de Ceilândia, Ari de Almeida, o objetivo do serviço é dar oportunidade do descarte correto dos pneus pelos borracheiros e disponibilizar à população um canal para que os moradores possam ligar e solicitar a coleta próximo à sua casa. “Além de evitar a dengue, estamos trabalhando junto ao SLU a reciclagem dos mesmos, transformando oque era um risco em oportunidade de emprego e geração de renda”. Cerca de 500 pneus são recolhidos semanalmente pela Administração. Atualmente a maioria deles estão sendo encaminhados para a obra de drenagem pluvial na Torre de TV Digital, onde os pneus são transformados em manilhas. Para obter informações sobre o Cata Pneu o morador de Ceilândia pode ligar no telefone 3471-9855, e solicitar o agendamento em sua residência, comércio ou próximos a sua casa. A operação acontece todas a terças e quintas em toda a cidade. Para não jogar na rua, joga no Cata Pneu!


SÃO JOÃO DO CERRADO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

Prepare-se para cinco dias de muita emoção! De 07 a 11 de agosto acontece o maior São João do Cerrado,em Ceilândia Norte

NOVOS CAMPOS SINTÉTICOS NA CIDADE

Os campeonatos amadores da cidade levam diversão e entretenimento a população que é apaixonada por futebol

CAMPO DA EXPANSÃO DO SETOR O ESTÃO PRONTOS Ceilândia, 42 anos, a cidade mais populosa e feliz do Distrito Federal, e para agradar tanta gente é preciso de tantas obras e melhorias como vêm ocorrendo em todos os setores da cidade. Um exemplo das transformações que vem sendo realizadas, são as quadras de futebol em sintético, que viraram sensação do momento, e não tem um dia que estejam vazias. Atualmente existem quatro quadras prontas, situadas na Expansão do Setor O, Praça dos Eucaliptos (Ceilândia Norte) e duas no setor P SUL, na QNP 26 e 32. Na EQNO 13/15 um novo campo está em fase final de construção, e deve ser entregue ainda este mês. Segundo o administrador de Ceilândia, Ari de Almeida, que sempre foi ligado com o esporte da cidade, já estão em fase de projeto, e até o próximo ano devem ser construídos pelo menos mais 8 campos sintéticos em toda a cidade, os mesmos estão programados para a EQNN 01/03, EQNM 22/24, EQNM 01/3, QNP 15, QNN

24/26, QNM 15, QNP 15, EQNM 10 e no Setor QNQ. “O futebol em Ceilândia sempre foi e será a maior paixão do nosso povo, criei-me no meio do futebol, e hoje presentear a Ceilândia e os atletas de fim de semana para mim é uma questão de honra e muita felicidade”, diz Ari de Almeida, que completa, “não posso deixar de agradecer aos vários deputados da Câmara Legislativa que disponibilizaram emendas parlamentares para contribuírem com esse fantástico ganho que a cidade mais feliz do Distrito Federal está recebendo”. Os campos de futebol em sintético dão oportunidade para diversos projetos sociais desenvolvidos na cidade, além de dar espaço para campeonatos regionais e o lazer da população local. “Ouvimos bastante a comunidade para definirmos as prioridades e tentarmos contemplar várias regiões, atendendo a demanda de cada setor da cidade, e mostrando que a Ceilândia deve ser tratada como um todo” diz o admi-

nistrador, Ari de Almeida, que finaliza; “A Gerencia de Esporte da administração, juntamente com cada população local, ficarão responsáveis pela organização, programação e manutenção dos campos. É importante que a comunidade se organize criando os conselhos gestores para cuidarem desses campos. Além de conhecer a necessidade, estou cumprindo uma determinação do Governador, Agnelo Queiroz, exigindo uma atenção especial aos anseios dos peladeiros e boleiros, para que fossem atendidos. Até o próximo ano, ainda serão construídas várias quadras de grama sintética e reformadas várias quadras de esporte em toda a Ceilândia. Recentemente Ceilândia ganhou o primeiro ginásio poliesportivo coberto da cidade, e é a primeira vez na história que o Estádio Regional está sendo totalmente reformado. Um grande presente para os amantes do futebol, que há anos reivindicam por esse importante equipamento esportivo.

CEILÂNDIA 11 BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

FEIRAS DE CEILÂNDIA RECEBEM REFORMAS

As feiras dos Setores: P Sul, Guariroba, P Norte, Produtor, Setor O, Central, Guarapari e o Shopping Popular de Ceilândia passam por grandes revitalizações. Melhorias que beneficiam feirantes e usuários Para quem tem o costume de frequentar as feiras da cidade e conta com os produtos para abastecer a família, a Administração de Ceilândia tem novidades. As feiras da cidade estão recebendo diversas obras e reformas em suas estruturas, como construção de banheiros, instalação de relógios individuais de energia, implantação de piso, ampliação da

cobertura, rampas de acessibilidade, reforma e recapeamento de estacionamento, instalação de alambrado e banheiros químicos. Agora, feirantes e usuários vão ter mais qualidade nas condições internas e poderão usufruir do conforto e do clima aconchegante das feiras de Ceilândia. Segundo o diretor de Serviços da Administração de Ceilândia, Natanael Ribeiro, essas primeiras reformas é apenas o início de grandes mudanças nas feiras. “A revitalização atende a todos, tanto feirantes como comunidade”. As feiras e os boxes de cada uma

delas estão sendo regularizados pela Administração Regional e Coordenadoria das Cidades, que estão se empenhando o máximo para organizar e legalizar oque sempre funcionou de forma irregular. Este ano o governador Agnelo Queiroz sancionou a lei que regulariza todas as feiras do Distrito Federal, oque está mudando a realidade de todas elas. “O intuito do Governo e da Administração é proporcionar conforto e qualidade aos frequentadores e garantir boas condições de venda aos feirantes” diz o administrador de Ceilândia Ari de Almeida.

DESENVOLVIMENTO ACELERADO EM CEILÂNDIA A cidade que completou 42 anos, em março deste ano, possui uma população de mais de 600 mil habitantes, em uma área aproximada de 230.30 km² e representa mais de 25% da arrecadação ICMS do Distrito Federal. Segundo o administrador de Ceilândia, Ari de Almeida, em novembro será inaugurado o primeiro shopping da região, que fica entre Ceilândia e Taguatinga, o JK Shopping Center está quase pronto e deve gerar milhares de empregos para a nossa população. Segundo Ari, mais dois grandes Shoppings serão construídos na cidade, o Shopping “QUÊ” onde já se iniciaram as obras, ao lado da faculdade IESB Oeste, e outro grande empreendimento do Grupo Paulo Octávio entre o Shopping Popular e o Hipermercado Extra na Ceilândia Sul. Com mais de 9 mil empresas, e diversas atividades econômicas em expansão, hoje Ceilândia, a cidade mais populosa do DF, possui diversas atividades comerciais, focadas na venda de materiais de construção, eletrodomésticos, calçados, armarinhos, supermercados, peças para automóveis

e diversos outros itens que tem aquecido a economia no seu dia a dia. Sua força econômica, também se alastra pelo ramo industrial, que tem importado inclusive diversas redes multinacionais e nacionais. A cidade já fábrica e fornece tintas, materiais de acabamento, produtos de limpeza, panelas de alumínio, calçados, vidros temperados, vassouras, móveis e diversos artefatos pré-moldados de cimento, que já atende as demandas da construção civil no Distrito Federal e grande parte da região Centro Oeste. Outro produto da indústria local é o empacotamento de alimentos, que articula e gera um significativo número de empregos, que compreende o açúcar, arroz, farinha e uma diversidade de enlatados como ervilha, café solúvel, milho, produtos que são consumidos pela população de diversas partes do país. Toda esta ascensão vem atraindo diversas lojas de fast food, escolas particulares, e diversas empresas, permitindo a ampliação dos negócios, fruto da expectativa de ocupação dos apartamentos por mais 50 mil novos consumidores que estão chegando à cidade.


12 CULTURA

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

FAMA

ANITTA:

N

ão tem como negar que a MC Anitta é uma explosão de beleza e sensualidade. Uma das funkeiras mais estouradas nas rádios e TV no momento, a poderosa vem ganhando espaço entre os jovens brasileiros. Muitas mulheres tem usado a imagem da gata como referencia

ENTRETENIMENTO

ANTES E DEPOIS

Variedades Jaqueline Mendes

de beleza. No entanto, Anitta nem sempre foi este furacão todo. Com a fama que vem fazendo conseguiu dá um trato no visual e hoje é uma das preferidas dos marmanjos. Reafirmando a tese de que “não existe mulher feia; existe mulher pobre”. Confira o antes e o depois de Anitta.

MÚSICA

Louvadeira Sacerdotes

O

cenário gospel de Brasília tem representantes de vários estilos. Um estilo em especial e pouco comum no meio, vem tomando espaço entre os eventos cristãos. A Louvadeira Sarcerdotes traz um som contagiante, a swingueira. A banda foi formada em 2009, e tem como líder o vocalista Davi Britto, que também é o idealizador do projeto. O grupo já fez apresentações em diversos eventos, festas, congressos e exposições. “Nosso repertório tem qualidade espiritual e musical, com letras

LULUZINHA TEEN

e palavras de encorajamento, força, vitória, bênçãos e assim levamos a palavra do senhor Jesus com um jeitinho diferente e estratégico para ganhar vidas para o reino de Deus”, declara Davi.


COMISSÕES O distrital Robério Negreiros é presidente da Comissão Especial de Transportes, do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)

GUARDIÃO NOTÍCIAS ENTREVISTA

13

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

“Eu levo a sério o meu mandato e atuo na defesa e em benefício do povo”, diz Robério  Da Redação redacao@guardiannoticias.com.br

P

arlamentar de primeiro mandato, Robério Negreiros integra a leva de deputados jovens do PMDB. Mas apesar do pouco tempo na Câmara Legislativa, Negreiros já conseguiu aprovar vários projetos de lei – já são onze, inclusive sancionadas pelo governador Agnelo Queiroz. Com mais de nove mil votos, o peemedebista conseguiu a suplência do correligionário Benício Tavares, destituído do cargo pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF). Após a saída de Tavares, Negreiros assumiu o mandato como titular. Nesta entrevista, Robério Negreiros concentra seu foco para falar da cidade da qual se tornou padrinho, o Paranoá. Por lá, o distrital é visto constantemente. Apesar disso, ele afirma que trabalha para todo o DF. Com pouco mais de um ano na Casa, Robério já levanta bandeiras importantes como a da defesa de deficientes físicos. O parlamentar exerce atualmente na CLDF os cargos de presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e da Comissão Especial do Transporte Público Coletivo – CTPC, além de ser vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça - CCJ. Confira a entrevista do deputado ao Guardião Notícias. GUARDIAN NOTÍCIAS - O senhor sempre foi um defensor ativo da cidade do Paranoá, nesse sentido, qual tem sido sua atuação na região?  ROBÉRIO NEGREIROS Destinei mais de R$ 11 milhões em emendas. Esse dinheiro vem sendo aplicado na construção de vários equipamentos públicos, como as PECs, os parques infantis e as novas paradas de ônibus, além de iluminação pública e asfaltamento. GN- Os moradores do Paranoá lutam por ter seus imóveis regularizados. Para a maioria dos cidadãos, ter a escritura do imóvel é como um sonho. Como deputado, o que o senhor tem feito para atender essa questão?

 ROBÉRIO - Essa é uma resposta que somente o Governo pode dar em caráter definitivo, mas eu me somei ao povo e tenho feito gestão junto ao GDF para conseguirmos dar moradia digna ao povo do Paranoá. Poderei ajudar muito como presidente da Comissão do Meio Ambiente. GN- Os comerciantes do Paranoá são alvos constantemente de assaltos e furtos. E como parlamentar, há possibilidades de se fazer indicações para aumentar efetivo policial nas cidades. O senhor pensa em tomar essa medida?  ROBÉRIO - Mais que isso. Eu tenho conversado constantemente com os gestores da área de segurança. Já tenho diversas indicações neste sentido aprovadas na última semana de votação em plenário. GN- O senhor acha que o número de postos policiais é suficiente para a cidade?  ROBÉRIO - Não acho. Pelo contrário, como eu disse anteriormente, tenho feito gestão junto às autoridades da segurança pública para aumentar os equipamentos de segurança (incluído aqui a iluminação pública) e dar mais confiança e tranquilidade ao povo do Paranoá. GN- O Lago Paranoá, que fica às margens da cidade, não é frequentado efetivamente por moradores do Paranoá. Há falta de lazer na região. O senhor tem algum projeto para melhorar essa condição e levar o morador a desfrutar mais do Lago?  ROBÉRIO - Sou defensor da democratização do uso do Lago Paranoá. Hoje, aquelas águas estão entregues às elites. Inclusive pedi explicações sobre a Fórmula 1 náutica. O dinheiro aplicado naquele evento poderia muito bem ser usado na construção de áreas que proporcionam lazer a população que não tem dinheiro para esbanjar em lanchas caras, muitas delas pagas com dinheiro do contribuinte que saiu do erário para a fortuna particular de alguém, de maneira nada republicana.

Tenho como meta o aumento do efetivo policial e também da estrutura agregada, como mais carros de polícia e de postos avançados nas áreas rurais GN- Com a sua ajuda, foi inaugurada uma Brinquedoteca no Hospital do Paranoá, que recebeu o nome de Renato Russo. De que forma foi elaborado esse projeto?  ROBÉRIO - Das minhas andanças pelas ruas, ouvindo a comunidade. Procuramos a ONG Amigos da Vida e articulei uma parceria que deu resposta a uma demanda da população. Mas esse é o tipo de assunto que não gosto muito de falar. É o tipo de conquista que não tem coloração partidária ou motivação política. É, na verdade, o meu dever como cidadão. GN- Por que a decisão de homenagear o Renato Russo?  ROBÉRIO - Tem um nome que significa melhor a capital? Renato Russo não fez música para as elites. Ele falou da revolta do povo, mas não perdeu a ternura. Ele foi a cara desse povo que veio de todas as partes do País para formar uma cidade diferente. O Distrito Federal é cidade grande com alpendre e ele conseguiu captar essa peculiaridade com poesia. Toda homenagem ao Renato Russo é sempre justa.

GN- Há perspectiva de mais investimentos desse tipo no Hospital do Paranoá? Quais?  ROBÉRIO - Estamos tendo entendimentos com a direção. A princípio, faremos a reforma de uma sala de estudos para os nossos médicos. Mas a ideia é fazer muito mais sim. GN- Está satisfeito com a gestão de Cezar Lopes na Administração do Paranoá?  ROBÉRIO - Quem deve estar satisfeita é a população. Pelo que sei, o povo esta aprovando a gestão dele. O Cezar é um cara que tem esta característica de entender que o dinheiro público tem de servir ao povo. Por isso ele está sempre na rua para ouvir as principais demandas e, dentro do possível, atender a todas. GN- Na administração do Paranoá, há o desenvolvimento do Projeto Fala Cidadão, que é uma tentativa de aproximar o administrador com a população. Foi uma orientação sua?  ROBÉRIO - Eu apoio plenamente, mas a ideia é do nosso administrador. GN- Qual a importância desse projeto tanto para a administração, quanto para o senhor, considerado padrinho da cidade?  ROBÉRIO - É mais uma porta para entrada das demandas do povo. Para usar uma expressão comum, nós esperamos o povo escolher o caminho para construirmos a calçada.

GN- Apesar de o Paranoá ser considerado seu reduto eleitoral, o senhor também teve bastante votos na cidade de Planaltina e Gama. Pretende intensificar seu trabalho nessas regiões?  ROBÉRIO - Pretendo não, eu já tenho um trabalho sério em todas as cidades do DF. Não existe deputado só de uma cidade. O deputado existe para representar o povo, seja o morador do Gama, de Planaltina ou de qualquer outra região do DF. Eu levo a sério o meu mandato e atuo na defesa e em benefício do povo, independente de reduto eleitoral. Por fim, saliento que apoio diversas medidas dentro da Casa Legislativa que interferem de maneira positiva na vida de todos os moradores do DF.

O Cezar é um homem de visão. Nossa parceria pelo Paranoá está transformando a cidade


14 ESPORTES

LUTO

GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

O Guardian Notícias agradece ao nosso amigo Mauricio Leandro pelos serviços prestados. Mauricio nos deixou na ultima semana, vítima de um acidente de carro voltando de Belo Horizonte

BADMINTON

A PETECA não pode cair  Considerado por muitos um dos esportes mais rápidos do mundo, o badminton vem atraindo adeptos e crescendo a cada dia mais no DF redacao@guardiannoticias.com.br

B

asta uma peteca e uma raquete para se praticar o badminton, um esporte pouco conhecido que consiste basicamente em atingir a peteca no campo do adversário. Podendo ser jogado individual ou em dupla. A regra é a seguinte: se o jogador deixar cair ou rebater para fora do limite da quadra, perde-se o jogo. O esporte é muito semelhante ao vôlei de praia e tênis. Segundo a Federação Brasiliense de Badminton (FBB) no Distrito Federal, a quantidade de pessoas que praticam o esporte não passa de 200, entretanto, para popularizar o Badminton, a FBB está realizando vários cursos para capacitar novos professores, técnicos e árbitros. Com esse pacote de incentivo, a estimativa é que o número de pessoas quer vão aderir ao esporte quadripliquem nos próximos três anos. O servidor público Jorge Eduardo Cury, 36, está se preparando para se tornar técnico de Badmiton. Todos os fins de semana ele vai até o colégio Galois, localizado na quadra 603 sul, onde junto com outras 18 pessoas praticam o esporte. Munido com uma raquete e uma peteca, disputa uma partida com Carlos Souza, um empresário de 32 anos, que aproveita a folguinha que tem, antes de ir para casa, para praticar o esporte. A reportagem do jornal Guardian Notícias, acompanhou uma partida da dupla. No início, o jogo começa calmo, mais bastam alguns segundo, para a peteca ficar invisível e perceber, somente, o som da raquetada, e os jo-

gadores correndo de um lado ao outro da quadra. “Isso é melhor que treinar em uma academia”, comenta Oliveira. O Badminton é muito rápido, é considerado a Fórmula 1 dos esportes com raquetes. “O atleta de badminton precisa ter uma boa agilidade, reflexo, explosão muscular, força e flexibilidade”, afirma o presidente da Federação de brasiliense de Badminton, Cristiano Rodrigo Chew. No DF existem cinco pontos onde se pratica o Badminton: no complexo do CETEFE que fica na ENAP, localizado no Setor Policial Sul, no Colégio Galois na 603 sul, Colégio Adventista do Gama , no Recanto das Emas com o projeto CID da Secretaria de Educação, alguns alunos do CEF 410 Norte e em 5 Centros Olímpicos das Cidades Satélites. Crew afirma ainda que o Badminton não e difícil de aprender e quem começa a praticar não consegue parar. O exemplo disso é o estudante Ricardo Santos Almeida, 22, morador de Águas Claras, que ao conhecer o esporte ficou tão entusiasmado que acabou se tornando um atleta. “Sou estudante, busco passar em um concurso público, porém, nas horas de lazer, procuro jogar. Acaba sendo uma terapia”, destaca o estudante.

FOTO: REPRODUÇÃO

 Jean Márcio

INCENTIVO Nos últimos anos, o Ministério dos Esportes implementou vários programas para incentivar o esporte. Entre eles, destaca-se a construção de um Centro de Treinamento de Badminton aqui em Brasília, com a parceria da Confederação Brasileira de Badminton e a Universidade de Brasília, este Centro será utilizado para o desenvolvimento do Badminton na Região e para treinamento da seleção da modalidade. Outro projeto de grande importância, é o do governo do DF junto com a Secretaria dos Esportes, que envia atletas filiados a Federação para participarem de campeonatos no Brasil e no exterior chamado ‘’Competi Brasília’’ e em alguns Centros Olímpicos foram disponibilizando o espaço para o Para Badminton.

REGRAS DO JOGO A pontuação é marcada por pontos corridos, ao total de 21, sendo que a vitória é firmada com uma diferença de dois pontos para mais. O set é chamado de game, a pontuação máxima é de 30 pontos e deve ser disputado em três partidas, vencendo quem ganhar dois Games. Em partidas oficiais, o intervalo deve ser respeitado em dois minutos. Muito popular nos países asiáticos como Japão, Malásia, Tailândia, Indonésia, Paquistão e principalmente na Índia, o Badminton é ainda considerado o segundo esporte mais praticado no mundo.

SOBRE O ESPORTE A história do esporte é relatada em lugares diferentes. Na idade média, o badminton era muito praticado pelas crianças e conhecido como ”Battlepads and Shuttlecocks“, utilizava-se raquetes de madeira cujo formato era parecido com a de tênis de mesa, e o objetivo era manter a peteca, feita de pena de rabo de galo (Shuttlecock) no ar. Outro relato sugere que foi na Índia, onde oficiais ingleses em serviço se encantaram com o tradicional jogo indiano, o Poona e o levaram para a Europa, em meados de 1870. O termo surgiu na Badminton House, na Inglaterra (Gloucestershire) local onde morava o Duque de Beaufort, que praticava o esporte com frequência com seus familiares e amigos, que decidiram aderir ao nome “jogo de Badminton”.

OFICIAL O esporte somente passou a ser praticado com base em regras, no ano de 1889, com base nas categorias trazidas da Índia, por um grupo de jogadores. As regras básicas do badminton são, para o nível amador; primeiramente o volante, que deve ter 16 penas de ganso (pesando apenas 5 gramas), desenvolvido no material de nylon. A montagem do espaço deve ser em uma quadra, com uma rede separando os dois lados, cuja distancia deve ser de 1,55 metros da base (piso). Encontramos praticantes também nos Estados Unidos, México, Peru e Brasil, além de alguns países da Europa e América do Norte. Desde o ano de 1992, o badminton é um esporte incluído na categoria das Olimpíadas e seus principais campeonatos são realizados a cada dois anos, como a Copa Thomas (específica para duplas masculinas), a Copa Uber (para duplas femininas) e a Copa Sudirman (duplas mistas). Com a popularização do esporte, anualmente é realizada a Supersérie Mundial de Badminton disputada em diversos países.


GUARDIÃO NOTÍCIAS

BRASÍLIA, 29 DE JULHO À 4 DE AGOSTO DE 2013

ESPORTES 15

PARANOÁ ESPORTE CLUBE

ENGENHÃO

Por amor à cidade, atletas jogarão de graça no clube

Previsão de reabertura parcial em abril de 2014

 Atletas e comissão técnica do time composta por moradores da cidades fazem acordo com a diretoria e vão defender o clube

FOTO: JÂNIO GOMES

 Jânio Gomes Site Candangão

O

Paranoá Esporte Clube trilha caminhos totalmente diferentes dos que normalmente as equipes profissionais escolhem. Sob o comando do presidente Jorge Luiz (sujeito jovem, 32 anos, muito motivado, sargento da Aeronáutica e comissário de bordo da presidência da República), a Cobra Sucuri disputará a Segunda Divisão do Candangão com um elenco formado, em sua maioria, por jogadores do futebol amador da região. O técnico também jamais trabalhou em uma equipe profissional. Luiz Carlos Soares, policial militar aposentado, recebeu a dura missão de comandar o time à beira do gramado. Na noite desta segunda-feira, o plantel foi reunido na residência do presiden-

O jovem presidente do clube, Jorge Luiz, juntamente com o apoio da comunidade, conseguiu manter o time da cidade em atividade

te, na quadra 24, situada no centro da cidade do Paranoá, para uma breve conversa e para a apresentação do uniforme de treino que será usado pelos atletas durante a preparação. O curioso é que a diretoria pediu aos jogadores para fazerem um desfile pelas principais

avenidas da cidade com o novo manto do clube. A ideia era chamar a atenção dos empresários locais e torcedores. Assim que a conversa terminou, cerca de 30 jogadores, uniformizados, saíram pelas ruas do Paranoá fazendo o “marketing” do clube.

N

o mar de más notícias que rondou o Engenhão, finalmente uma traz um alento para o Botafogo. O estádio já tem previsão de reabertura para abril de 2014, quando será utilizado com capacidade reduzida. No dia em que anunciou o cronograma da reforma da cobertura, motivo da interdição no dia 26 de março, os representantes do consórcio e da Pre-

feitura do Rio haviam informado que essa possibilidade não existia. A previsão para a realização da reforma é de 18 meses, com entrega oficial do estádio apenas em novembro de 2014. No entanto, a comissão que acompanha o andamento da obra e vem estudando o caso determinou que haverá condições de utilizar o local com capacidade reduzida a partir de abril.

VASCO

Com Guiñazu, Dinamite já fala em título brasileiro

SE NÃO TEM CT Sem centro de treinamento, o clube optou por uma maneira muito simples e barata para realizar os treinamentos. Os trabalhos físicos são realizados na praça da cidade ou até mesmo no meio da rua. Já as atividades com bola acontecem em um campo do Varjão, cidade próxima ao Paranoá. Os jogadores treinam somente à noite, pois trabalham em outros empregos para manter o sustento de suas famílias. É a dura realidade do submundo do futebol de Brasília.

NADA DE SALÁRIOS Os jogadores fizeram um acordo com a diretoria e não receberão salários, ou seja, jogarão por “amor ao clube”. A exceção é o goleiro Diego, que, segundo ele, “pegou um dinheirinho” para defender a Cobra Sucuri. O estádio da cidade, o JK, está totalmente sem condição de receber jogos, mas existe uma promessa das autoridades locais para fazer uma maquiagem no local nos próximos dias, semanas, meses ou, quem sabe, um dia… Enquanto isso, para as duas primeiras rodadas, a diretoria escolheu o estádio Augustinho Lima, em Sobradinho, para mandar seus jogos. A estreia do Paranoá será em 21 de julho, às 15h30, diante do Santa Maria. O adversário é o favorito para conquistar a competição.

O

argentino Guiñazu recebeu a camisa do Vasco das mãos do presidente Roberto Dinamite. Com o número 5 nas costas, o cabeça de área agradeceu pelo carinho que já recebeu dos torcedores e à confiança do clube e do presidente vascaíno. No discurso inicial, na sala multimídia Chico Anysio, “El Cholo”, como é chamado na Argentina, avisou que é de poucas palavras,

mas logo mostrou a mesma energia que costuma ter em campo. O jogador de 34 anos assinou contrato por duas temporadas com o clube de São Januário. Antes, foi multicampeão pelo Colorado - Libertadores, Sul-Americana, Recopa e Estadual -, mas nunca conquistou o Brasileiro. O título nacional é justamente o que ele e o presidente do Vasco afirmaram mirar neste momento.


WWW.CAMPEAODACONSTRUCAO.COM.BR

ELÉTRICA, HIDRÁULICA, FERRAMENTAS, ILUMINAÇÃO, REVESTIMENTO, UMA INFINIDADE DE PRODUTOS

COMECE BEM SUA CONSTRUÇÃO OU REFORMA

EQNM 03/05 BLOCO E LOTES DE 1 A 5 CEILÂNDIA SUL-DF

CAMPEÃO DA CONSTRUÇÃO

3372-0708


Guardião Notícias 23º