Page 7

Nas primeiras três edições de Nutrição para o Esporte e o Exercício, tínhamos a esperança de que o surgimento de cursos de “nutrição para os esportes” poderia combinar-se com o campo estabelecido que incorpora a Ciência do Exercício para criar uma nova área, por nós originalmente intitulada Nutrição para o Exercício e os Esportes. Estamos felizes por essa perspectiva ter se expandido à medida que as faculdades foram adotando cursos que agora contam com um componente atualizado, incluindo a Ciência da Nutrição para o Exercício Humano. Em sua plena maturidade, a Nutrição para o Exercício (ou alguma variante desse título) assumirá seu merecido lugar como um campo de estudo acadêmico respeitável. A evolução está longe de ter sido completada, porém a Fisiologia do Exercício e a Nutrição continuam cada vez mais integradas, em virtude de uma base de conhecimento em contínua expansão. Nesse arcabouço, estão entrelaçadas as relações claras que emergem dessa pesquisa, particularmente no que concerne às práticas nutricionais saudáveis, à atividade física regular de intensidade moderada e à saúde ideal para os indivíduos de todas as idades. Os estudantes da Ciência do Exercício e da Ciência da Nutrição exigem agora currículos relacionados aos elementos específicos da Nutrição para o Exercício, e esperamos que esta quarta edição contribua para esse fim. Este livro objetiva proporcionar material introdutório para um semestre de curso nas Ciências da Nutrição e do Exercício. Nosso maior foco é integrar a Nutrição e o Exercício e seu impacto no desempenho ótimo e na resposta ao treinamento.

OrganizaçãO À semelhança das três edições anteriores, elaboramos o texto para cobrir um curso de um único semestre, a nosso ver com conteúdo suficiente para proporcionar um sequenciamento lógico do material. Por exemplo, não se consegue ter uma compreensão razoável da utilização dos carboidratos durante o exercício sem primeiro rever as bases da digestão humana e, a seguir, a composição e o efeito dos carboidratos no organismo. Também os recursos ergogênicos, a reposição de líquido e a obtenção de um “peso ótimo” (todos tópicos extremamente importantes da Nutrição para os Esportes e o Exercício) poderão ser mais bem-avaliados graças a uma compreensão da bioenergética básica, do metabolismo dos nutrientes e do exercício, do equilíbrio energético e da regulação da temperatura. Nesta quarta edição de Nutrição para o Esporte e o Exercício, a Seção I integra as informações acerca de digestão, absorção e assimilação dos nutrientes. A Seção II explica como o corpo extrai energia dos nutrientes ingeridos. Enfatizamos o papel da nutrição no metabolismo energético: como os nutrientes são metabolizados e como o treinamento com exercícios afeta esse metabolismo. Essa seção termina com a mensuração e a quantificação do conteúdo energético

McArdle - CAP 00.indd 7

dos alimentos, sem esquecer as demandas de energia das diversas atividades físicas. A Seção III concentra-se nos aspectos da nutrição que permitem otimizar o desempenho nos exercícios e a resposta ao treinamento. Discutimos também como tomar decisões prudentes na esfera de nutrição–aptidão. A Seção IV descreve os mecanismos fundamentais e as adaptações para a regulação da temperatura durante o estresse induzido pelo calor, incluindo as estratégias para otimizar a reposição de líquido. A Seção V consiste em dois capítulos sobre recursos ergogênicos farmacológicos, químicos e nutricionais. Integramos os achados mais recentes relacionados com a sua eficiência e implicações para a saúde e segurança. Os três capítulos na Seção VI explicam a avaliação da composição corporal (métodos de laboratório e de campo), as diretrizes esporte-específicas acerca da composição corporal e de sua avaliação, o equilíbrio energético e o controle do peso (perder e ganhar peso) e a prevalência cada vez maior de transtornos alimentares nos diversos grupos de atletas e outras pessoas fisicamente ativas.

nOvO na Quarta EDiçãO Os componentes de todo o texto foram atualizados de forma a refletir os achados demográficos atuais no tocante a questões relacionadas à nutrição e à atividade física, incluindo as mais recentes pesquisas, e recomendações e diretrizes atualizadas de agências federais dos EUA e de organizações de nutrição, medicina e medicina do esporte acerca da nutrição, da atividade física, da conquista de uma composição corporal para a boa saúde, o exercício ótimo e o desempenho esportivo.

acréscimos significativos e modificações no texto ◗

◗ ◗

Inclusão das mais recentes ingestões dietéticas recomendadas, inclusive o MyPlate (seus prós e contras), incorporando abordagens novas e de maior alcance das recomendações nutricionais para o planejamento e a definição de dietas para indivíduos saudáveis Discussão expandida sobre a ingestão de açúcar, o perfil lipídico sanguíneo e os riscos à saúde a ele associados. Foram também incluídas as mudanças recomendadas no estilo de vida a fim de reduzir o risco de diabetes do tipo 2 Versão atual das recomendações das Dietary Guidelines for Americans Discussão acerca da caseína como suplemento dietético que facilite o desenvolvimento muscular em resposta ao treinamento de resistência Discussão atualizada sobre os efeitos ergogênicos potenciais de agentes farmacológicos e químicos aos quais são comumente creditados o aumento do desempenho na atividade física, da qualidade e da quantidade do treinamento e da adaptação corporal a exercício e treinamento regulares

McArdle | Nutrição para o Esporte e o Exercício. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright© 2016 Editora Guanabara Koogan Ltda.

Prefácio

23/06/2016 17:46:27

Mcardle I Nutrição para o Esporte e o Exercício  

Nutrição para o Esporte e o Exercício foi elaborado com o objetivo de reunir nutrição e exercício, tendo como foco o efeito dessa integração...

Advertisement