Page 52

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO ATAQUE AMPLIADO A INCÊNDIOS FLORESTAIS 2007

2007

No entanto em alguns dos casos onde esta função não foi atribuída não pareceu ser necessária a sua criação. Também é variável o recurso a instrumentos de apoio à decisão e planeamento, que nos parecem essenciais para uma correcta

condução

das

operações

de

combate

ampliado,

caso

da

implementação de SITAC (96%), apoio SIG (71%) e meteorológico (71%), apoio aos meios aéreos (57%), que em alguns casos é acumulado pelo COS, e criação de ZCR (71%).

100 86

86 71

71

71 57

57 43

PLANO CF

cmd ADJUNTOS

cmd CÉLULAS

APOIO MA

ZCR

APOIO METEO

APOIO SIG

APOIO GAUF

SITAC

SECTORES

43

Figura 11. Organização do PCO. Percentagem de Casos Identificados Num único caso (Sever do Vouga) foi possível verificar que antes da chegada do VCOC ao TO, uma primeira viatura de comando iniciava o registo da chegada de meios e seu posicionamento no TO. Este procedimento anterior à existência física do VCOC no PCO permitiu a transferência de informação, proporcionando um planeamento continuado das operações.

Protocolo ANPC/UTAD

Relatório final

40

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO ATAQUE AMPLIADO A INCÊNDIOS FLORESTAIS  

Este trabalho foi realizado no âmbito do Protocolo entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e a Universidade de Trás-os-Montes...