Page 15

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO ATAQUE AMPLIADO A INCÊNDIOS FLORESTAIS 2007

I.

2007

NOTA PRÉVIA

O presente Relatório Final culmina a análise de dados obtidos no acompanhamento dos incêndios florestais, com a apresentação de resultados do estudo protocolado entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). O Acompanhamento e a Avaliação do Desempenho do Ataque Ampliado são reportados à fase CHARLIE, período de 1 de Julho a 30 de Setembro 2007, no qual se realizaram as acções programadas na Proposta de Protocolo, ainda que com limitações de ordem conjuntural (a anormalidade meteorológica), e de carácter

logístico,

devido

a

dificuldades

administrativas

que

limitaram

o

planeamento inicial, a afectação de recursos e criaram alguma inércia de coordenação CNOS/UTAD. A reduzida incidência de incêndios significativos, num espaço temporal curto e com grande dispersão territorial, limitou significativamente o número de acções de acompanhamento dos incêndios na fase de ataque ampliado. A evolução da precipitação e da temperatura do ar ditaram um Inverno e início de Primavera mais secos e quentes do que o normal em todo o território. O mês de Junho foi particularmente chuvoso, e ainda que o mês de Julho tenha sido já mais quente e seco, as circunstâncias compatíveis com uma actividade de fogo significativa tardaram. Em Agosto condições similares prevaleceram e em Setembro uma depressão no Atlântico condicionou o tempo, à excepção da primeira semana, sob influência da circulação de leste. De acordo com os dados provisórios das estatísticas de incêndios da DGRF, até ao fim do mês de Setembro, o ano de 2007 constituiu um ano excepcional do ponto de vista do número de ocorrências (10.395, correspondentes a 42% da média anual no período 2002- 2006) e da superfície ardida (16.605 ha, 8% do valor médio do mesmo período). Apesar da meteorologia favorável que afectou algumas regiões de Portugal continental, diversos indicadores que isolam os parâmetros Protocolo ANPC/UTAD

Relatório final

3

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO ATAQUE AMPLIADO A INCÊNDIOS FLORESTAIS  

Este trabalho foi realizado no âmbito do Protocolo entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e a Universidade de Trás-os-Montes...