Page 19

[

[

MARKETING

MARCA FORTE NO RAMO DA ALIMENTAÇÃO

Julio Moreira, da ESPM Para fortalecer o relacionamento da marca com o cliente é preciso ter foco

Ricardo Klein, do Grupo Troiano “Uma série de iniciativas constrói a imagem da marca. Elas vão desde atendimento até o cuidado com a limpeza”

o segredo do sucesso está nas coisas básicas. “Pequenas atitudes, como dar bom-dia para o seu cliente já fazem toda a diferença”, afirma. “Muitas vezes, o consumidor prefere pagar mais para ser bem atendido. Ele não está comprando o produto e, sim, o algo a mais.” RELATIVAMENTE SIMPLES Para Daniella Bianchi, diretora de estratégia de marca da Interbrand Brasil, é perfeitamente possível que o pequeno e médio empresário faça a gestão de sua marca. “As empresas não têm de se acovardar diante de uma disciplina como o branding”, determina.

Marca é a percepção que os consumidores têm sobre determinado produto, serviço ou organização 18 abr/mai/jun 2012 [ BRASIL EM CÓDIGO ]

Daniella acredita que nesses casos não é preciso ter um sistema sofisticado para a construção de uma marca relevante, basta que os empresários observem quais são os processos e as dimensões de seu negócio. “É necessário pensar estrategicamente e fazer um exercício de qual serão as diretrizes da marca”, afirma. Os valores que serão mostrados ao consumidor, a experiência que se deseja proporcionar, o comprometimento dos funcionários, tudo isso precisa ser muito bem definido. Afinal, consumidor nenhum se relacionará com uma marca sem uma identidade ou que muda seus conceitos a toda hora. “É importante ser fiel à sua ideia e não perder essa essência”, explica Daniella. Por último, a dica para o empresário que está começando é: posicionamento de mercado. “É preciso ter clareza sobre o território que se pretende ocupar para assim perseguir esse objetivo de maneira consistente”, determina Daniella.

Fundada em 1967 pelo engenheiro Mário Carneiro, a Casa do Pão de Queijo é um bom exemplo de branding para médias empresas, segundo Daniella Bianchi, diretora de estratégia de marca da consultoria Interbrand Brasil. Com uma única loja instalada no centro do município de São Paulo, o estabelecimento começou vendendo uma receita familiar de pão de queijo, feita pela Dona Arthêmia, mãe do engenheiro e personagem da logomarca da empresa. Devido ao preço acessível e à alta disponibilidade de produtos recém-saídos do forno, o sucesso foi enorme, fazendo com que Carneiro abrisse filiais, todas com boa localização, o que também ajudava a garantir um fluxo intenso de consumidores. Essa experiência dos clientes comerem um lanche rápido enquanto estavam na rua passou a ser referência da loja, que criou uma imagem forte no setor de alimentação e confiança perante o público. Atualmente, a empresa conta com mais de 450 unidades espalhadas pelo País, entre lojas próprias e franquias. “É uma empresa que começou pequena e cresceu em função disso”, afirma Daniella. “A marca precisa estar nos canais mais importantes do mercado, ter capacidade de resposta e de reagir a crises. Dessa forma ela irá evoluir constantemente.”

Brasil em Código - 4ª Edição  

Conheça a história do código de barras e como sua evolução é essencial para as empresas conquistarem um diferencial competitivo. Veja também...

Brasil em Código - 4ª Edição  

Conheça a história do código de barras e como sua evolução é essencial para as empresas conquistarem um diferencial competitivo. Veja também...

Advertisement