Page 1

30 anos

SUPRICEL

Edição: Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

Piracicaba, 28 de outubro de 2012 M. Medeiros/JP

Quilômetros a percorrer O Grupo Supricel nasceu com uma empresa de transportes há 30 anos. Nesse período, se diversificou e virou Supricel Logística, Supricel Construtora, Supricel Combustíveis e Supricel Restaurantes. Fez tudo isso com base na valorização dos colaboradores e no respeito aos clientes. Fórmula que deve garantir ainda muitos anos de sucesso


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

2 Fotos: Divulgação

Solidez que vem de família Orivaldo Schnor tinha instinto empreendedor muito antes dessa palavra estar ’na moda’

Caminhão comemorativo dos 30 anos do Grupo Supricel Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

A

primeira empresa Supricel foi criada em 1982 por Orivaldo Schnor. O espírito empreendedor do fundador é o que norteia as ações do grupo que, agora, conta com quatro empresas divididas em ramos distintos de atuação. ‘O slogan do grupo Supricel traduz nossas ações: eficiência no desenvolvimento de grandes ideias. A opção pela diversificação está na experiência de nossos profissionais em identificar uma oportunidade e saber como colocá-la em prática. Hoje o grupo Supricel é uma holding com quatro empresas: Supricel Logística, Supricel Combustíveis, Supricel Construtora e Supricel Restaurantes‘, afirmou o diretor-presidente, Luis Guilherme Schnor. A holding é regida por regras de governança corporativa, com um Conselho de Sócios composto por Leny Carraro Schnor, Luis Guilherme Schnor, Paulo Fernando Schnor e Ana Cláudia Schnor

Olmos, e o grupo diretivo formado por pessoas da família e profissionais do mercado. Atualmente o grupo Supricel é administrado por meio de um Comitê Executivo formado por Luis Guilherme Schnor, diretor presidente; Carlos Alberto Olmos, diretor corporativo comercial; Dorival Chiquito Filho, diretor administrativo-financeiro; Alan Cardech de Azevedo, diretor de Logística; Carlos Giordano Júnior, diretor de Combustiveis, e Oswaldo Domingos Bongagna Júnior, diretor da Construtora. A fórmula para manter o grupo em franco desenvolvimento, segundo Schnor, é a união em torno de um propósito único, que é ‘trabalhar com transparência e investindo na perpetuidade do negócio‘. As diversidades no gerenciamento de atividades distintas são superadas, de acordo com o diretor, pela escolha de pessoas certas para ocupar os postos certos. E assim, a empresa que nasceu em Piracicaba continua percorrendo seus caminhos por estra-

das brasileiras. ‘Formamos uma empresa que acredita no país e se orgulha de ser piracicabana‘, conclui Schnor. O diretor administrativo-financeiro, Dorival Chiquito Filho, informou que os planos para a expansão da empresa incluem novos empreendimentos e ampliação da atuação. “Tralharemos forte em fusões e aquisições, abertura de filiais em regiões ainda não cobertas pela Supricel Logística e novos empreendimentos nos demais segmentos”, disse. Além disso, o grupo planeja investimentos como aquisição de frota e equipamentos, construção de terminais, modernização e automação para os segmentos de atuação. “Estamos sempre estudando novos ramos e segmentos desde que sejam sustentáveis”, acrescentou Chiquito, que tem 19 anos de trabalho na empresa e destaca como um fato marcante dessa vivência a mobilização dos funcionários para ajudar os desabrigados vítimas da tragédia de Santa Catarina, em novembro de 2008.

Luis Guilherme Schnor, diretor presidente do Grupo, com a foto de Orivaldo Schnor, fundador, ao fundo


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

Diversificação sem perder o eixo Grupo nasceu com transportes, abriu novas áreas de atuação e continua sua trajetória de crescimento ao completar 30 anos Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

A

história do Grupo Supricel começa em 1982, com a empresa voltada para o setor de transportes. Porém, com o passar dos anos e a visão empreendedora dos diretores, as atividades foram diversificadas. Hoje, o Grupo Supricel é formado por quatro empresas. A Supricel Logística é uma das líderes de mercado no transporte rodoviário de cargas, logística de movimentação e armazenamento. A empresa possui mais de 40 unidades 19 estados do Brasil e conta com as certificações: ISO 9001:2000, SASSMAQ e ISO 14001:2004. ASupricelCombustíveis,fundada em 2003, está presente em postos de combustíveis localizados nos principais eixos rodoviários do Brasil. A Supricel Construtora e Incorporadora, fundada em 2006, é especializada em edificação de residências. Seus empreendimentos contam com as certificações ISO 9001:2000, Qualihab e PBQP-H Caçula da família, a Supricel Restaurantes foi fundada em 2008 e possui planejamento estratégico nos seguimentos de restaurantes e churrascarias, como a Sal & Grill em Piracicaba, lanchonete e conveniência em postos de combustíveis. “Somos um grupo empresarial sólido e inovador que contribui no desenvolvimento das pessoas, atua de forma sustentável e é reconhecido por estabelecer relações de confiança e oferecer soluções competitivas em produtos e serviços”. Assim o grupo define sua identidade organizacional. Ainda como seus princípios norteadores, o grupo definiu o capital humano e o compromisso com o cliente. São valores da Supricel: pessoas como diferencial, cumprimento de acordos, eficiência e segurança como sinônimos, eficiência, dedicação ao trabalho, valorização das parcerias, arrojo empresarial, crescimento rentável, ética e respeito e responsabilidade socioambiental.

INFORMÁTICA E HUMANIZAÇÃO Ao mesmo tempo em que busca a valorização de seus colaboradores, investimento em seu “capital humano”, o Grupo Supricel mantém os olhos voltados às inovações tecnológicas que possam agilizar o trabalho e integrar as quatro áreas distintas de atuação. Foi em busca de integração e agilidade nos processos que as empresas do grupo implantaram o SGI (Sistem de Gestão Integrado), que tornou-se essencial e referencial para integração das ações e consolidação dos fluxos de atividades. Desde 2008 a área de TI (Tecnologia da Informação) assumiu o desafio de tornar-se eficaz e importante na cadeia de negócios. A em-

presa vem empregando o que há de mais modernos em sistemas, infraestrutura e telecomunicação. Toda a Supricel Logística está online, ficou mais fácil acessar informações e os dados sobre a frota de veículos tornaram-se mais completos. A diretoria consegue acompanhar, por exemplo, a localização. O pessoal de gerenciamento de risco e da área financeira também registra ganhos. “Na parte de risco, monitora quanto tempo o veículo está parado. Toda a frota vê um mapa logístico e, com isto, gera, inclusive, economia de combustível”, afirmou Willian Domingues, gerente Corporativo de TI do grupo Supricel. Mas se não houver homens (e mulheres) por trás das máquinas, todo trabalho será em vão. É por isso que o grupo busca profissionais comprometidos e emprenhados no crescimento profissional. Para motivar a capacitar, o grupo mantém ações como o programa Aprimorando o Conhecimento, que oferece aos colaboradores e seus dependentes das unidades de Piracicaba, descontos em cursos técnicos, de graduação e pós-graduação. Outro programa voltado aos colaboradores é o CEV (Controle Efetivo de Velocidade), que busca capa-

citar e melhorar os processos das equipes que trabalham com a operação e transporte de cargas, reduzir o número de acidentes, promover a inspeção da atuação dos motoristas nas estradas e nos pontos de apoio e gerenciar os índices de aproveitamento dos equipamentos.

ATUAÇÃO SOCIAL A Supricel Logística mantém firme um compromisso com seus colaboradores e com a comunidade através de programas que envolvem prevenção e combate ao uso de drogas e álcool. EmparceriacomaPolíciaFederal, aempresaparticipahátrêsanosdoO Brasileirinho, destinado à orientação de crianças quanto aos perigos e malefícios causados pelo uso de drogas. As cartilhas do projeto são distribuídas em escolas públicas e particulares do ensino fundamental em Piracicaba, Tietê e Planalto (BA) Outra ação é o Na Mão Certa, voltado principalmente ao enfrentamento da exploração sexual nas rodovias brasileiras. O programa oferece orientação aos caminhoneiros sobre esse tipo de exploração, principalmente envolvendo crianças e adolescentes. Fotos: Divulgação

Willian Domingues, gerente Corporativo de TI do grupo Supricel

Gabriella Gimenez é gerente de Gestão de Pessoas

Construção de igreja de Frei Damião, em Planalto na Bahia faz parte de projeto social

3

Divulgação


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

Incentivo ao esporte

4 Pauléo/Arquivo/JP

Da paixão de Orivaldo Schnor pelo XV veio a iniciativa de patrocinar atividades esportivas; atualmente a empresa patrocina o time piracicabano e o piloto Geraldo Piquet, na Fórmula Truck Flavia Santucci flavia@jpjornal.com.br

I

ncentivar o esporte é uma ação exemplo para todas as empresas comprometidas com a sociedade. O Grupo Supricel faz sua parte apoiando e patrocinando atletas piracicabanos em competições regionais, estaduais e nacionais. Desde 2009 a Supricel é patrocinadora oficial do piloto Geraldo Piquet, que compete na Fórmula Truck, um dos esportes que mais cresce no Brasil. A categoria é responsável pelo segundo maior público do Au-

tódromo de Interlagos, com 70 mil pessoas, atrás apenas da Fórmula 1. Para o grupo, no entanto, independente do número de fãs que o esporte conquista, bom mesmo é estar ao lado de atletas que podem fazer a diferença e levar o nome da Supricel ainda mais longe. O patrocínio esportivo na fórmula Truck tem como objetivo principal reforçar valores do grupo como o arrojo empresarial. Na fórmula Truck, a marca Supricel aparece em destaque no caminhão do piloto. A parceria surgiu do relacionamento da Supricel com a Mercedes Benz e Piquet compete com veículo da montadora. A Supricel também está na camiseta oficial do XV de Piracicaba Divulgação

Na Fórmula Truck, nome do grupo é destaque no caminhão de Geraldo Piquet

Além da Fórmula Truck, o Grupo Supricel também é patrocinador oficial do XV de Piracicaba. E isso muito antes do time chegar à primeira divisão do Campeonato Paulista, disputada esse ano. A parceria já dura quatro anos. Como privilégios, de acordo com o diretor financeiro da empresa Dorival Chiquito Filho, a marca aparece estampada nas camisas do jogadores e em publicidades dentro do estádio Barão da Serra Negra. “Decidimos patrocinar o XV de Piracicaba porque queríamos resgatar a tradição vencedora do time. O Orivaldo Schnor (fundador do Grupo Supricel) foi presidente e conselheiro do time e tinha paixão pelo XV. Orivaldo nutria essa paixão. Em 2008 a Supricel destinou verba para resgatar o nome do XV e deu resultado. Quatro anos depois o XV fez o jogo de abertura do Campeonato Paulista de futebol na divisão de elite”, ressaltou. Este resgate, ainda de acordo com Chiquito, contou com contribuição das empresas da cidade, mas foi a Supricel que encabeçou o projeto. “Como atuamos nacionalmente nos deparamos com entusiastas do XV mesmo fora da cidade e isto nos dá a garantia de que nossa marca estampa um orgulho da cidade.”

O patrocínio deve durar pelo menos mais um ano ou até a final do Campeonato Paulista de 2013. “Nestes quatro anos tivemos incentivos também ao time de vôlei feminino, mas em 2012 todos os esforços estão voltados para o futebol”, desta-

cou Chiquito. Patrocinar esportes, sejam essas especialidades vôlei, futebol ou Fórmula Truck, para a Supricel, é como se aproximar cada vez mais da essência do fundador da empresa. “Vem da paixão do Orivaldo pelo esporte.” Divulgação

Dorival Chiquito Filho, diretor financeiro da empresa


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

Ambiente por inteiro

5 Divulgação

Projetos socioambientais desenvolvidos pelo grupo demonstram engajamento com critérios de sustentabilidade Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

O

Grupo Supricel demonstra sua relação saudável com a comunidade através de projetos sociais e ambientais e acompanha uma necessidade do planeta: o investimento em práticas sustentáveis. “A sustentabilidade vem sendo, há bastante tempo, incorporada aos nossos processos, tornando-se parte deles. É através de ações concretas que geramos valor para as partes envolvidas nos negócios do Grupo Supricel, além da redução de impactos ambientais e otimização de recursos. O social e o ambiental são parte de nossos valores e são uma forma de podermos retribuir pelo nosso sucesso”, afirmou a gerente de Gestão de Pessoas, Gabriella Gimenez. Diversos projetos desenvolvidos em todos ramos de atuação do grupo são planejados para englobar as três premissas básicas de sustentabilidade: ambiental, social e econômica. Isso porque o termo sustentabilidade é usado para definir ações e atividades que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações. O desenvolvimento sustentável deve ser planejado sem agredir o ambiente, utilizando recursos naturais de forma que eles continuem existindo no futuro. “A Supricel está engajada com

práticas sustentáveis desde sua fundação, quando a responsabilidade socioambiental foi estabelecida como um dos valores da empresa”, acrescentou Gabriella. Sobre os custos normalmente elevados dessas práticas, a gerente de Gestão de Pessoas explicou que a empresa optou por pagar esse preço. “Quem opta por atuar de maneira responsável no que tange às questões socioambientais, ainda arca com custos maiores sim, mas vemos os investimentos na sustentabilidade de nossas operações como um investimento no futuro, pois, para uma organização manter-se saudável, é necessário que todo o meio ao seu redor também esteja. Por isso a busca pela consolidação de uma marca que agregue valor a todos que dela se beneficiem”, explicou. Para envolver os 1.500 colaboradores diretos e 17 mil indiretos nessas ações, as empresas do grupo apostam em treinamentos teóricos e atividades práticas. “Assim, as suas tarefas do dia a dia serão condizentes com nossas diretrizes sustentáveis, tornando cada colaborador um multiplicador interno e externo de conhecimento e práticas sustentáveis”, completou Gabriella.

LOGÍSTICA A Supricel Logística, empresa do grupo que atua no setor de transporte rodoviário, estabeleceu como diretrizes de seu trabalho compro-

Larissa, Gabriela, Margarete e Wesley Capozzi, gerente comercial da Supricel Construtora, participam do projeto Plante Vida

missos com qualidade, ambiente, saúde e segurança. Para isso, desenvolveu projetos como o programa de redução de emissão de CO2, substituindo a frota por veículos que emitem até 60% menos poluente. Outra ação é o programa Selo Verde, com a realização de testes de opacidade e emissão de fumaça para prevenção dapoluiçãoambientalem todos os veículos da frota. Os colaboradores são orientados de acordo com as normas do programa consumo consciente, voltado para a racionalização do uso de recursos naturais não renováveis. A reciclagem de todos os resíduos produzidos na empresa é feita dentro do programa Destino Certo. Em Planalto (BA), teve início o projeto Muda Brasil. Na primeira fase, foram plantadas 1.000 mudas de árvores em uma área onde antes funcionava um lixão. Os resíduos foram recolhidos e encaminhados para aterro sanitários e os recicláveis doados para uma cooperativa local. Atualmente a área está recuperada e o projeto acabou se estendendo por outras localidades no entorno das

Projetos socioambientais desenvolvidos pelo Grupo Supricel • Caminhos da Preservação — apresenta um leque de outros programas voltados à preservação dos recursos naturais, fazendo uso de forma consciente e responsável de recursos renováveis ou não renováveis • Caminhos da Cultura — apoio e realização de projetos culturais de diferentes segmentos artísticos, oferecendo oportunidades para a prática artística e desenvolvimento do conhecimento pelos envolvidos • Caminhos do Futuro — incentiva a evolução e a disseminação do conhecimento profissional dos colaboradores por meio de cursos, treinamentos, campanhas e semanas temáticas • Caminhos da Alegria — atua no incentivo ao voluntariado por parte de nossos colaboradores, por meio da arrecadação e doação de brinquedos a crianças de entidades carentes nas cidades onde atuamos • Caminhos do Esporte — apoio a esportistas brasileiros oferecendo oportunidades para o crescimento profissional, além de propiciar e estimular a comunidade na prática de atividades esportivas • Caminhos da Fé — promove o resgate da fé, da cultura e a integração das comunidades, através da construção e reformas de igrejas e capelas

filiais. Cerca de 4.000 mudas foram plantadas desde o início do projeto. A Supricel Logística é ainda empresa signatária do programa Na Mão Certa, uma iniciativa que visa mobilizar governos, empresas e organizações do terceiro setor em torno do enfrentamento mais eficaz da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. Os projetos chamados Caminhos refletem a intenção do Grupo Supricel em promover o envolvimento dos colaboradores, parceiros, clientes e comunidade, na busca por novos rumos.

PLANTE VIDA Em Piracicaba, a Supricel Construtora adotou uma área de 18.144 metros quadrados no bairro Santa Cecília, onde vai plantar 775 mudas de árvores. A primeira parte da

ação ocorreu mês passado, com o plantio das primeiras 150 plantas. A iniciativa, que é parte do Projeto Plante Vida, da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), é resultado do projeto de reurbanização implantado pela empresa, como compensação da área adquirida no próprio bairro, onde será construído um empreendimento.

DIA DAS CRIANÇAS Para o Dia das Crianças, comemorado dia 12, o Grupo Supricel promoveu uma campanha de arrecadação de brinquedos que atendeu 680 crianças de comunidades carentes de Lucaia, Quilombo do Cinzento, Santo Antônio de Jesus, Laje e Conceição do Jacuípe, na Bahia, Vespasiano e Betim, em Minas Gerais, além de crianças da Vila Sônia, em Piracicaba.

Valorização interna Como forma de integração entre seus colaboradores e de motivação, o grupo criou um Programa de Recrutamento Interno, que oferece novas oportunidades profissionais aos colaboradores. São criadas ou remanejadas vagas e, antes de buscar profissionais no mercado, a diretoria oferece a chance de uma nova carreira aos colaboradores que já estão na empresa, possibilitando o desenvolvimento individual e coletivo. A divulgação das vagas e seus pré-requisitos é feita por e-mail e em cartazes disponíveis nos murais. Colaboradores e estagiários podem se candidatar desde que estejam, no mínimo, há seis meses na empresa ou na mesma função. O processo de recrutamento interno é válido para remanejamento de cargo ou aumento do quadro.


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

Rodando em frente A Supricel Logística passou por modernização, implantou tecnologia, mas continua seguindo seus caminhos com a premissa que deu origem ao grupo: atender de forma ampla e diferenciada seus clientes; entre os diferenciais no transporte está o uso de big bags

6 M.Medeiros/JP

Pais acompanham crianças no plantio de mudas do projeto Plante Vida, em Piracicaba; Supricel Construtora adotou área verde Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

A

Supricel Logística é uma das líderes de mercado no transporte rodoviário de cargas, logística de movimentação e armazenamento. Também um dos expoentes na utilização de big bags, que são contêineres flexíveis. A empresa tem capacidade para atender especificamente cada tipo de transporte, como cargas pesadas, a granel, especiais ou com dimensões diferenciadas. Com a proposta de atendimento completo ao cliente, a Supricel tem serviços de armazenagem, movimentação, controles, transporte, distribuição e desenvolvimento de áreas de armazenagem com dimensões e características específicas, o que resulta na redução de custos. Localizados nas principais cidades brasileiras, a empresa mantém armazéns com áreas de 2.000 a 70 mil metros quadrados. Os principais ramos de atuação da Supricel Logística hoje são mineração, petroquímica, siderurgia, usinas de açúcar e álcool, celulose e papel, citros, cimenteiras, construção civil de grande massa, tecnologia, portuário e DTA (Declaração de Trânsito Aduaneiro).

Entre os seus principais clientes o futuro. Para os próximos anos, os estão empresas como Arcelor Mit- planos incluem aumento da carteital, Braskem S/A, Votorantim Side- ra de clientes, abertura de novas firurgia, Siemens, Caterpillar, Gerdau, liais e melhoria contínua no atenBunge, Vale, Companhia Brasileira dimento aos clientes. “Esses planos de Alumínio e Norsk Hydro Brasil. contemplam ainda aquisição de A frota hoje é composta por empresas do ramo logístico e áre1.200 equipamentos entre cavalos as, além de jointventures para proe carretas para carga seca. A em- jetos de logística e outros negócios presa atente atualmente, em todo diferentes”, completou Olmos. o país, com 40 filiais instaladas em 19 estados. BIG BAGS Para o diretor corporativo coO diferencial da Supricel Logísmercial, Carlos Olmos, em 30 anos, muitas mudanças aconteceram na tica está nos big bags, uma espécie empresa, incluindo o aumento da de sacolões de grande capacidade. frota e a implantação da tecnolo- A solução foi implantada devido à gia. “Estes 30 anos foram marcados praticidade na armazenagem, no por investimentos em frota própria, transporte e na economia financeina mais recente aquisição, no iní- ra, além de colaborar com o meio cio deste ano, foram 142 caminhões. ambiente. Atualmente, a empresa Aumento na plataforma de tecnolo- possui cerca de 50 mil unidades big gia que sustenta a operação e forne- bags, que transportam, anualmence informações precisas sobre a si- te, cerca de 1 milhão de toneladas tuação dos equipamentos. Aumento em matérias-primas e produtos. Essas “grandes sacolas” são feidos ativos e estrutura física, hoje com 40 filiais. Ampliação do por- tas em tecidos como nylon revestitfólio de serviços oferecidos, como do de PVC (totalmente impermeálogística reversa, milk run, logísti- veis) e polipropileno (ráfia). Podem ca de armazenagem e carretas es- ser utilizados no transporte e armapeciais, como prancha quatro eixos zenamento de produtos sólidos e see silo basculante pressurizado. Isso cos, químicos, minerais, fertilizantudo além, é claro, do investimento tes, alimentos, grãos e outros. Cada big bag suporta peso de em capacitação de pessoas”, afirmou. Mas a empresa não para e os 1.000 a 1.500 quilos e tem vida útil olhos também estão voltados para média de dez anos. M.Medeiros/JP

Carlos Olmos, diretor corporativo comercial, diz que muitas mudanças aconteceram nesses 30 anos


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

Mãos que movimentam

|

7 Fotos: M.Medeiros/JP

Seja no volante ou no computador, colaboradores são os responsáveis pelo trabalho de 30 anos que consolidou o grupo; eles destacam a atenção por parte das empresas como o grande diferencial da Supricel Ariane Precoma ariane@jpjornal.com.br

A

gradecimento e aprendizado. Essas são as palavras que definem o Grupo Supricel por seus funcionários. Pode ser da Supricel Logística, ou de qualquer uma das quatro empresas do grupo, estar há mais de 20 anos na família, ou mesmo ser uma jovem aprendiz, para ter uma história e um ensinamento para levar além das suas paredes. Daniel do Nascimento, 49, faz parte da história da Supricel há 25 anos. “Graças a Deus”, diz. Ele conta que em todos esses anos aprendeu muito, pois passou por várias áreas. “Entrei e não sabia quase nada, a Supricel é como se fosse minha vida, o que sei aprendi aqui. Entrei como auxiliar administrativo, paguei e recebi muitas contas, auxiliei na contabilidade até ir para as ruas. Foram 11 anos viajando, e com isso tive a oportunidade de conhecer muitos lugares e pessoas. Hoje sou responsável pelo recolhimento dos big bags e pela casa e família que construí com o apoio desse emprego”, contou. Para Gabrielle Cassire Lisboa, estudante de administração, de apenas 18 anos, a empresa também está sendo um centro de aprendizagem. Há nove meses trabalhando como jovem aprendiz na área de recursos humanos, Gabrielle afirma que adquiriu experiência para competir no mercado de trabalho. “Eu aprendi muito aqui. Eles me dão muitas oportunidades e apoio. Toda essa experiência ajudam para o meu crescimento. Estou na reta final do programa, mas agora já me sinto preparada para trabalhar na área”. São 30 anos e o desenvolvimento de quatro empresas. Para acompanhar esse crescimento, o gerente administrativo Reginaldo Hyppolito Fava, 47, contou que foi necessário se atualizar. “Quando eu entrei, há dez anos, a empresa tinha somente 15 caminhões. Eu me orgulho de ter participado da evolução, cresci junto e de certa forma ajudei no seu crescimento. Apesar da minha idade, sempre procuro me atualizar para as modernidades, como a tecnologia. Para isso conto com a ajuda da empresa, que oferece cursos preparatórios, não visando só o próprio crescimento, como o dos funcionários também”, afirmou. Maria Cristina Rubio, assistente comercial, compartilha das

mesmas opiniões e lembranças. Na equipe há nove anos, ela conta que a expansão foi rápida, mas que a empresa deu todo o suporte e oportunidade de crescimento também para os funcionários. “O que eu vejo da Supricel é que ela preza muito por seus colaboradores. Aqui

caba para Rio Claro. “Pela primeira vez consegui uma rota fixa e perto de casa. Quando abriu a vaga dessa rota conversei e me deram a oportunidade. Há quatro anos trabalhando posso me considerar um homem privilegiado, não só por essa situação. Teve outra vez que eles compra-

Reginaldo Hyppolito Fava procura se manter atualizado

Claudio Aparecido Ruiz destaca ‘humanização’

Daniel do Nascimento está há 25 anos na empresa

a preferência é nossa, por exemplo, quando oferta uma nova vaga de qualquer departamento, antes de ser recrutado uma pessoa de fora, eles abrem a vaga para os internos. Oportunidades tem para todos, só basta ter vontade e seguir carreira”, disse Maria Cristina. Foi com uma oferta de nova rota que o motorista Ilton José da Silva, 46, deixou de fazer viagens longas e passou a fazer o trajeto de Piraci-

Maria Cristina Rubio destaca oportunidades internas

Ilton José da Silva se considera privilegiado

ram dez novos caminhões e eu fui sentar parte da empresa nessa en- va fora de casa. No entanto a atenum dos escolhidos na seleção. Na trevista”, disse emocionado. ção e respeito por parte da empreépoca eu lembro que estava viajanClaudio Aparecido Ruiz, 55, já ti- sa o mantêm firme há cinco anos. do e deixaram o caminhão parado nha abandonado as estradas, mas “Numa época eu estava em Fortaaté eu chegar. Chegando me cha- as necessidades o fizeram regressar. leza e minha esposa estava muimaram, fizeram um café com bate “Quando voltei pensei que não iria to doente. A empresa me colocou papo para me passar todas as in- aguentar, mas aqui eles conhecem num avião e me deixou ir para formações e possibilidades. Fui di- o meu trabalho e limite, não ficam casa. Cuidei dela por dois meses ferenciado, e isso me deixa muito me empurrando”, afirmou. e a empresa me deu todo o suporfeliz aqui na empresa. E tenho que Um dos motivos que fizeram te. Eu acredito que atitudes como dizer que mais um vez fui privilegia- Ruiz não querer mais exercer a essa fazem toda a diferença no do quando fui escolhido para repre- profissão foi o tempo que passa- ambiente de trabalho.”


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

Água na boca Supricel Restaurantes tem atuação em três estados; em Piracicaba, grupo participa da Sal e Grill

L

ocalizada em uma das vistas mais belas da cidade e próxima aos cartões postais preferidos dos turistas, a Sal e Grill chama atenção não só pela qualidade no serviço e no atendimento, mas também por sua versatilidade. "São 29 tipos de cortes nobres, todos do gado da raça Black Angus — uma linha de primeira, voltada para

restaurantes e churrascarias, utilizada pelos principais estabelecimentos do país; um buffet completo de saladas (mais de 50 tipos), frutos do mar e comida japonesa, além de uma carta de vinhos exclusiva, com informações didáticas e muito detalhadas — tudo pensando no paladar, na estadia e na confiança de cada cliente", afirmou o gerente geral da casa, Jaffar Alaoui.

Espaços para eventos O amplo espaço da casa permite também outras possibilidades, como a realização de eventos: o salão principal comporta 300 pessoas, e os outros dois espaços — o salão vip e o imperial, menores e mais reservados — comportam, respectivamente, 50 e 70 pessoas. "Para eventos, a Sal e Grill dá todo o su-

porte e apresenta pacotes variados que podem ser moldados de acordo com o gosto e o orçamento de cada anfitrião", salientou o gerente. "Nesta época do ano, empresas e noivas, por exemplo, nos procuram muito atraídos pelo conjunto de possibilidades que a casa permite. A versatilidade dos salões, as facilidades dos pacotes e o know how do buffet tornam a Sal e Grill um espaço muito interessante para eventos como confraternizações, casamentos, aniversários, entre outros", contou Pâmela Piazza, executiva comercial. O gerente geral da churrascaria, Jaffar Alaoui, é formado em gastronomia e hotelaria na França, já tra-

balhou como subchefe de cozinha na Torre Eiffel, é sommelier e fala cinco idiomas. Hoje, a churrascaria gera 70 empregos diretos e 150 indiretos. E, pelo segundo ano consecutivo, o estabelecimento recebe o selo Guia Quatro Rodas Brasil 2012 — a mais confiável publicação turística do país — que indica os melhores restaurantes, hotéis e atrações de cada cidade.

HISTÓRICO A empresa do ramo alimentício chegou ao mercado aliando negócios e estreitando o relacionamento com os clientes, oferecendo estabelecimentos modernos, higiênicos e de

|

8

qualidade, estruturados com cozinha industrial em aço escovado e câmeras frigoríficas de última geração. Comumplanejamentointegrado de negócios, a primeira unidade Supricel Restaurantes foi inaugurada no posto Frei Damião, localizado na BR 116, em Planalto, na Bahia. Com ampla infraestrutura, este complexo que funciona 24 horas, conta com restaurante, churrascaria, lanchonete e padaria, serviços essenciais àqueles que estão na estrada. Atualmente, a rede conta com restaurantes, em Planalto e em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Uma nova unidade está sendo construída no município mineiro de Frei Inocêncio. Divulgação

Em Piracicaba, em 2009, o grupo firmou participação com uma churrascaria e nasceu a Sal e Grill.

Combustível do desenvolvimento

Rede de postos espalhados pelas regiões sudeste e nordeste oferece serviços variados aos motoristas

A

Supricel Combustíveis foi criada em março de 2007, com o primeiro posto inaugurado em Vespasiano, em Minas Gerais. Desde então, mais seis unidades foram abertas em território mineiro e baiano. Na Bahia, os postos da rede estão em Conceição do Jacuípe (Posto Eucalipto), Lage (Posto Colonial), Planalto (Posto Frei Damião), Santo Antônio de Jesus (Posto Gramado) e a mais nova aquisição em Juazeiro (Posto Serra Dourada). Em Minas Gerais, além do pos-

to Vespasiano, na cidade de mesmo nome, existem postos em Belo Horizonte e Betim, que também levam os nomes das cidades. O objetivo da rede é manter o padrão de qualidade e credibilidade no mercado para oferecer os melhores e mais confiáveis serviços para transportadoras e motoristas. A rede Supricel Combustíveis, que está estrategicamente localizada nos principais eixos rodoviários do Brasil, conta com postos seguros e informatizados, bom-

bas automatizadas e interligadas para a emissão de cupons fiscais, o que diminui a possibilidade de fraudes. Além disso, os produtos comercializados possuem qualidade das principais distribuidoras como Ipiranga e Petrobras. A rede Supricel Restaurantes também está integrada aos postos, oferecendo opções como churrascaria, lanchonete e lojas de conveniência. a ideia é se transformar, cada vez mais, em uma central de atendimento aos clientes, com a mais variada gama de serviços.


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

Construindo lares Entender e atender às expectativas dos clientes é o grande desafio do mercado, de acordo com o diretor executivo da Supricel Construtora, Oswaldo Bongagna Junior Isabela Borghese/JP

Solange Strozzi solange@jpjornal.com.br

A

Supricel Construtora nasceu em 2006. De acordo com o diretor executivo da empresa, Oswaldo Bongagna Junior, a ideia de criar um braço do grupo voltado ao mercado imobiliário partiu de um desejo do próprio fundador, Orivaldo Schnor. “Era um visionário que já enxergava potencial grande nesse segmento. A partir daí estruturamos a Supricel Construtora com base em premissas primordiais para qualquer tipo de negócio: processo e pessoas”, afirmou Bongagna. Hoje a construtora gera 250 empregos diretos e cerca de 600 indiretos e planeja a expansão para outras quatro cidades da região. Eleita no fim de 2011 a construtura de maior credibilidade para seu público alvo, a Supricel conquistou também outros prêmios de destaque em seus seis anos de fundação. Em 2010 ficou entre as sete melhores empresas do país na categoria Edificações em prêmio concedido pelo Ministério das Cidades. Em 2011, conquistou o Prêmio Gestão Sustentável em Projetos Habitacionais, concedido pela Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba). Em 2012, figurou entre as melhores empresas do Estado de São Paulo, conquistando o Prêmio Seconci Saúde e Segurança dos Trabalhadores, promovido pelo Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo. “Tudo isso fruto de um trabalho sério, com transparência e competência de toda a equipe de profissionais da Supricel Construtora”, lembra o diretor executivo. Para Bongagna, Piracicaba vive um “excelente” momento no setor imobiliário, provocado pela queda nas taxas de juros e de financiamentos, que teria causado também a migração de investidores de fundos de renda fixa para o mercado de imóveis. “Outro bom indicador é que a classe média está vivendo melhor, consumindo mais, consequentemente a economia ‘gira’ numa velocidade maior”, completou. Outra observação feita pelo diretor é que a demanda de imóveis estava reprimida e isso levou a um ajuste nos preços médios de venda, mas o boom imobiliário deve estar próximo da estabilização. “Hoje creio ainda em espaço para um crescimento, mas de forma mais moderada, com tendência à estabilização nos próximos 12 meses. O que vai mudar nesse ambiente será a velocidade de vendas. Produtos que em 2011 eram vendidos no fim de semana, passarão a ter maior dificuldade de comercialização. Portanto, diversificação de portfólio, estratégia de comercialização, formação de caixa e relacionamento

Oswaldo Bongagna é diretor executivo da Supricel Construtora

com instituições financeiras, aportando capital para equilibrar a exposição negativa do caixa durante a obra, serão as principais premissas para o sucesso (ou o fracasso) dos próximos negócios”, afirmou. Somente em Piracicaba, atualmente, a Supricel tem obras em andamento que resultarão em 530 apartamentos e salas comerciais. Em Tietê, estão sendo entregues 88 apartamentos, nos empreendimentos Lara Campos e Rosa dos Ventos. “Em Piracicaba, entregaremos até dezembro o Edifício Villa Lobos, com 66 unidades. Estamos

também em obras com os empreendimentos Edifício Munique (88 apartamentos); Duo Residence (108 apartamentos); Monteiro Lobato (56 apartamentos); Imperialle (70 apartamentos); Saint Louis (54 apartamentos). Estamos iniciando as obras do Evidence Office (88 salas comerciais)”, informou Bongagna. A expansão estudada pela empresa envolve cidades em um raio de até 100 quilômetros de Piracicaba. Questionado sobre as dificuldades do setor, sejam elas relacionadas a altos impostos, concorrência ou dificuldade para contratar profisDivulgação

Edifício Villa Lobos é uma das obras em andamento em Piracicaba

sionais, o diretor afirmou que esses “O desafio de impulsionar as pessoas desafios são superáveis. Para ele, o e tornar o ambiente inovador exige mais difícil de todo o trabalho é “des- cada vez mais habilidade por parte cobrir” o que o cliente está buscando. dos gestores, que buscam profissio“Na minha opinião, a maior di- nais com perfil empreendedor”, afirficuldade que enfrentamos é saber mou Bongagna. o que o cliente quer comprar. Não A velocidade da informação mupodemos partir da premissa que dou o clima organizacional das emo cliente vai comprar aquilo que presa. “Nesse cenário, entra a imvocê quer vender a ele. Precisamos portância da comunicação interna. descobrir o que ele realmente tem Estatísticas dizem que 60% dos prodesejo ou necessidade de comprar. blemas administrativos nas empreEsse é o grande desafio. Desenvolver sas estão relacionados à deficiência produtos que atendam à demanda, de comunicação. Realizar diagnósque irá tornar-se cada vez menor, é ticos para avaliar o sucesso dos proa nossa meta. Todas as demais di- gramas de melhoria da qualidade, ficuldades serão superadas se o de- aumento da produtividade, adopartamento comercial fizer a sua ção de políticas internas de partiparte. Com uma boa estratégia no cipação nos resultados, ter um bom planejamento executivo e financei- plano de carreira, servem como esro dos negócios esses riscos serão tratégia para a retenção de talenmitigados”, afirmou. tos. Principalmente num ambiente tão competitivo como é o da construção civil. É constatado que os taGERENCIAMENTO lentos permanecem por mais temDE TALENTOS po em uma organização, quando o Como outras empresas, a Supri- clima organizacional é considerácel Construtora também investe vel saudável. Estamos fazendo nosna formação de bons profissionais sa lição de casa e o mais importante e em práticas administrativas dire- é sabermos trabalhar com as ferracionadas à manutenção de talentos. mentas certas para isso”, completou.

|

9

Futuros lançamentos • Trinitá Studio Bairro Alto Apartamentos de 44m² • Edifício Prime América Jardim Elite Apartamentos de 63 e 72m²

Em construção • Terraço Paulista Paulista Apartamentos de 100 m² • Evidence Office Morumbi Salas comerciais de 47,5 a 655 m² • Saint Louis Vila Rezende Apartamentos de 96m² • Imperialle Vila Independência Apartamentos de 129m² • Monteiro Lobato Cidade Alta Apartamentos de 150 m² • Duo Residence Vila Independência Apartamentos de 101 m² • Munique Residenz Bairro dos Alemães Apartamentos de 87 m² • Villa Lobos Residencial Jardim Elite Apartamentos de 140 m²


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

Morar onde já mora alguém Ocupação de vazio urbanos garante acesso a infraestrutura e conveniências, obedece critérios de sustentabilidade e demonstra, mais uma vez, preocupação da Supricel com o ambiente

Ariane Precoma ariane@jpjornal.com.br

U

m dos conceitos de sustentabilidade na construção civil envolve a ocupação dos chamados vazios urbanos. São terrenos disponíveis em áreas já urbanizadas e que já contam com estruturas como água, esgoto, luz, pavimentação, além de conveniências como lojas, farmácia, supermercados. De acordo com Oswaldo Bongagna Junior, diretor executivo da Supricel Construtora, as pessoas buscam mais tranquilidade e estrutura de comércio e serviços. A verticalização e adensamento dos bairros tradicionais é uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo que apresenta mais vantagens, tem que ser bem estudada para não causar impacto na vizinhança e nem problemas de transporte. Para o arquiteto Dirceu Rother Junior, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Unimep, a viabilidade dos empreendimentos verticais depende da densidade da ocupação. “ A tendência é que cada vez mais haja o repovoamento das áreas centrais. Para isso é necessário fazer um estudo do solo, da capacidade de esgoto, água e gás, e da infraestrutura existente, afim de não prejudicar o direito dos moradores já existentes. O trânsito, quando o bairro tem uma estrutura de comércio e serviços, pode ser amenizado pelo

menor uso do automóvel”, explicou. Ainda segundo Rother, a ocupação desses bairros evita o despersamento da cidade, evitando assim um maior impacto ambiental. “Quando os bairros são mais afastados, exis-

10

Fotos: Divulgação

te a dificuldade na distribuição de água, um maior uso de automóveis, e até ocupação de áreas verdes”. Para Bongagna, hoje os projetos devem ser pautados com base em um tripé de sustentabilidade, levan-

Sala decorada do edificio Monteiro Lobato, que está sendo contruido no bairro Cidade Alta

do em consideração o impacto ambiental, social e econômico.“Quando falamos em sustentabilidade social, nos referimos ao entorno, à qualidade de vida dos moradores e vizinhos. Em sustentabilidade ambiental deve-se mapear o que isso vai causar de impacto no bairro, como o transporte ou mesmo a ocupação de espaços sem estruturas. Na questão econômica, é analisada a valorização do imóvel”, explicou.

OS ESCOLHIDOS Bongagna explica que dentre os bairrospiracicabanos,aVilaRezende, Paulista,Santa Cecília e VilaIndependência são os mais procurados. Isso porque eles dispõem de mais tranquilidade ou acessibilidade. “A Vila Rezende é um local muito tranquilo para se viver, onde ainda as pessoas colocam cadeiras nas ruas, conversam mais com os vizinhos, o que não

acontecenosbairrosmaisadensados da cidade. Santa Cecília, por exemplo, está muito próximo à avenida Cássio Pascoal Padovani, que será futuramente o principal corredor comercial da cidade. Os novos negócios vão tendenciar a ir para lá, porque é uma avenida de fácil acesso, que vai estar ligada ao anel viário, dentro do vetor de crescimento da cidade, colégios muito próximos, hospital na frente. Enfim,todoumconjuntodeserviços.”

Evidence Office está sendo contruido no Morumbi e terá 88 salas

Duo Residence está sendo construído na Vila Independência, região já urbanizada


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

Parcerias de sucesso Fotos: Arquivo/JP

A comemoração dos 30 anos de trabalho do Grupo Supricel revela o que a gestão profissionalizada e a obstinação pela evolução constante são capazes de fazer. Na somatória de ingredientes para uma receita perfeita, encontramos a importância da visão globalizada, que dá ao grupo subsídios para operar nos setores de logística, comércio de combustíveis, restaurantes e construtora, e ser referência em todos eles. Em nossa cidade, isso muito contribui para geração de emprego e renda, para o desenvolvimento técnico profissional e social. E isso ocorre Porque, o compromisso com a inovação desenvolve pessoas, multiplica conceitos de atuação sustentável e dissemina uma visão de confiança no mercado, à medida em que oferece soluções competitivas em produtos e serviços, justamente o que faz o grupo Angelo Frias Neto, presidente da Acipi e diretor-presidente da Frias Neto Consultoria de Imóveis

É um conjunto de ações, produto, valor dentro da economia e campanha, tudo isso gerou o sucesso que é a Supricel. Ficamos lisonjeados pela confiança do grupo, por nos dar a liberdade de criação e apresentação de ideias. Poder criar a marca da Supricel é positivo e prazeroso

Piracicaba tem orgulho de ter um importante grupo que soube aproveitar as oportunidades e tendências de mercado, diversificou as atuações, investiu em tecnologias e recursos e isso mostra uma visão empreendedora da atual administração, trazendo excelentes resultados para Piracicaba e região

Lea Fabris, sócia-proprietária da NPP Propaganda

Homero Scarso, gerente regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) Piracicaba

O Grupo Supricel tem investido em várias áreas no meio empresarial e tornou-se um exemplo a ser seguido em termos de um desenvolvimento altamente sustentável. Em nome da Amhpla, parabenizo toda sua diretoria e funcionários pelo sucesso alcançado, desejando-lhes sorte nessa nova etapa de conquistas ainda mais promissoras Pedro Antonio de Mello, presidente da Amhpla

Parceria é sempre uma via de mão dupla. Com o parceiro você controla a qualidade e o comprometimento. É essa relação que temos com a Supricel. Um empresa parceira, que cumpre com o que promete e sabe valorizar o empreendedorismo. Fonte geradora de negócios em todos os segmentos imobiliários. Atrás deles estão a decoração, os móveis, o piso, a iluminação. Parabéns pelos 30 anos de compromisso e empreendedorismo Walter Bressan Júnior, proprietário da Arte Luz

|

11 M. Medeiros/JP


30 ANOS SUPRICEL Domingo, 28 de outubro de 2012

|

12

Fotos: Arquivo/JP

Falar dos 30 anos do Grupo Supricel é apontar um modelo de empreendedorismo que deu certo. Não apenas pela extensão e importância de suas diversas empresas, com atuação nos mais variados segmentos, mas devido, sobretudo, à elegante e efetiva atuação de homens visionários que parecem estar sempre à frente de seu tempo, estimulando o desenvolvimento a passos largos. Um caminho repleto de atitudes e realizações que, para orgulho de Piracicaba, tem servido de parâmetro para que iniciativas semelhantes sejam implementadas com base em seus exemplos Adilson Zampieri, provedor da Santa Casa de Piracicaba

Percorrer o caminho do sucesso é para poucos e temos muito orgulho de sermos parceiros da empresa que está construindo uma nova história para Piracicaba. Parabéns Supricel pelos 30 anos

Pelos anos de parceria só temos que agradecer e parabenizar a conquista dos vários segmentos e por gerar mais empregos para nossa cidade. Por todo o crescimento que acompanhamos, parabéns!

Nelson Bueno de Godoy Júnior, gerente da Proseg

Rosangela Maria Bonatp Olmos, diretora da Concrebom

A Supricel é uma empresa competente, idônea e que vem crescendo a passos largos. Temos um relacionamento antigo, desde o tempo em que eles só trabalhavam com transporte. E exatamente por essa parceria que quero parabenizá-los pelos 30 anos de existência aqui na cidade de Piracicaba

Paulo Louça, proprietário da Cópias e Cia

Meu parabéns especial vai para os administradores e, principalmente, ao fundador. Orivaldo Schnor, pelo bravor e honestidade. Ele acreditou que podia e hoje deixou um trabalho que abriga muitos embaixo de sua sombra. Um exemplo para a sociedade de que se pode construir através da luta. Parabéns pelo grande empreendedorismo e por mais um aniversário

Esequiel Molina e Rita Molina, Freios Rezendão

O sucesso da Supricel é resultado do empreendedorismo de seus dirigentes.Em 1982, quando logística era tema tratado somente nos grandes centros e por grandes empresas, eles trouxeram esta nova visão para Piracicaba, demonstrando que a movimentação de produtos entre empresas é fator de redução de custos, melhoria de eficiência e produtividade. A partir desse conceito a empresa cresceu e gerou novos negócios para a cidade, contribuindo, em especial, para geração de emprego e renda. Parabenizo seus diretores, colaboradores e clientes tendo a absoluta certeza que o grupo Supricel continuará crescendo e engrandecendo Piracicaba José Antonio de Godoy, secretário de Governo e Desenvolvimento Econômico

Assim como Sebe Advogados e Consultores Legais, o Grupo Supricel tem nascedouro no empreendedorismo e na fidelidade aos valores atribuídos pelos seu fundador, no caso, Orivaldo Schnor, que plantou, com sucesso nas bases desse grupo empreendedor, sólidos valores voltados à incansável busca da eficiência, excelência e aprimoramento dos serviços prestados e desenvolvimento de grandes ideias Maurício Scotton Sebe, sócio-advogado da Sebe Sociedade de Advogados

Supricel 30 anos - Jornal de Piracicaba  

Caderno comemorativo de 30 anos do Grupo Supricel no Jornal de Piracicaba de 28/10/2012.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you