Issuu on Google+

EM REVISTA

AGOSTO 2013 - EDIÇÃO 13

ARTE MARCIAL

SAÚDE MASCULINA

Muay Thai

Homens Obesos

ODONTOLOGIA

MELHOR IDADE

Da Boca ao Coração

USE O LEITOR DE QR CODE DO SEU CELULAR.

Saudável na Aposentadoria


ANÚNFornece-


EDITORIAL Felicidade é ter qualidade de vida

Gerente Geral - Drogarias Angélica

Talvez a maior aventura desta vida seja viver apaixonadamente. Então, vamos soltar nossa energia positiva e dar asas à felicidade? Ela está em tudo o que há vida, até nas coisas simples, como este tempo, em que você se prepara para desvendar os segredos da 13ª Angélica em Revista, e que sequer percebe passar. Antes de prosseguir com a leitura, pare um pouco, ouça a música no ar e sinta a vibração do momento. Venha cantar, ainda que desafinado, e dançar, mesmo que não saiba os passos. Agora, você já está pronto para embarcar nessa viagem cheia de saúde, diversão e beleza. Para o corpo funcionar corretamente, e para que cada peça dessa complexa máquina possa desempenhar o seu papel, todas as funções vitais devem estar em equilíbrio. Os temas abordados, a seguir, trazem conceitos para você manter a calma diante dos problemas e encontrar facilmente as melhores soluções. Na matéria sobre “Ansiedade”, saiba por que ela é o mal do século e, ao mesmo tempo, fundamental para a condição humana. “Alergia” e “Intolerância Alimentar” são assuntos que ainda causam confusão – aqui, você aprende a diferenciá-los. Para manter a saúde em dia, descubra “10 razões para abandonar o refrigerante”. Os profissionais vão mostrar que é possível

ter uma “Alimentação saudável mesmo na correria do trabalho” e que o “Muay Thai” pode promover os benefícios que você procura. Esta edição também traz boas notícias para as crianças: a matéria “Brincar é Preciso” garante que as mais diversas formas de brincadeiras são fundamentais para os pequenos desenvolverem suas habilidades. Se o seu filho já sofre com dor nas costas, veja o que fazer para evitar futuras complicações. Aprenda a lidar com pessoas consumistas – mulheres exageradas no jeito de se apaixonar, se divertir e se cuidar, sem saber, colocam em perigo a autoestima. Turenko Beça abriu o ateliê para a nossa equipe e falou sobre a vida de artista e suas inspirações, regadas a uma dose especial de histórias, que viveu ao lado do pai: Aníbal Beça – famoso poeta e compositor, reconhecido no Brasil e no exterior, que presenteou nossa cultura com obras de imensurável valor. Isso, e muito mais, você confere nas próximas páginas. Agora, venha conosco! A porta está aberta para que você e a alegria entrem, para que a luz brilhe, as boas energias permaneçam, os bons fluidos se multipliquem e sejam compartilhados por todos nós – clientes, amigos, parceiros e colaboradores – em mais uma primorosa edição. Boa leitura e até a próxima!

SUMÁRIO

04 06 07 08 12 14 16 20 24 26 28

MENTES ANSIOSAS

Transtorno de Ansiedade

ACONTECEU

Principais Ações do Grupo SB

AÇÃO SOCIAL

Criança Ajuda Criança 2013

GARGANTA Tosse

QUALIDADE DE VIDA Refrigerante

ESPAÇO INFANTIL

10 ARTE MARCIAL

18 ODONTOLOGIA

22 SAÚDE MASCULINA

30 MELHOR IDADE

Muay Thai

Da Boca ao Coração

Brincar

GUIA DE PREVENÇÃO Coluna Vertebral

COMPORTAMENTO Consumismo

VALORES DA NOSSA TERRA Turenko Beça

PERFIL

Ecma Andréia

SAÚDE DO CORAÇÃO Aterosclerose

Homens Obesos

Saudável na Aposentadoria

EXPEDIENTE Gerente Geral: Renata Pinheiro Assessoria de Comunicação-Grupo SB: Jean Mara Tavares (Coordenadora de Marketing), Lilian Pontes (Assistente de Marketing), Gabriel Pivoto, Israel de Brito, Reideson Rocha, Samuel Souza (Design/Marketing), Ana Beatriz Garcia, Emanuelle Canavarro (Redação/Marketing) e Bruno Santos (Relacionamento com o Cliente).

Projeto Gráfico e Diagramação: Marketing SB E-mail: marketing@gruposb.com.br / Tel: (92) 2121-3509 Site: www.drogariasangelica.com.br Fan Page: facebook.com/DrogariasAngelica UMA PUBLICAÇÃO QUADRIMESTRAL EDITADA PELO MARKETING SB. Todas as informações e fotos contidas nos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes. Todos os textos estão escritos e corrigidos conforme a nova Reforma Ortográfica.


Mentes Ansiosas

Transtorno de Ansiedade Relaxe, pois dentro desse túnel tem luz

De todo o universo, talvez o corpo humano seja a mais criativa e surpreendente invenção. Ele parece ter sido programado para nos ajudar a lidar com todo tipo de perigo. Em pequenos fatos do cotidiano, podemos ver o quanto essa máquina foi planejada para nos manter em equilíbrio. Não importa se estamos dormindo ou acordados, se somos ricos ou pobres, geniais ou de inteligência limitada: nosso corpo fará tudo para nos socorrer, automaticamente. Imagine que uma pessoa acabou de sofrer um corte. Em poucos minutos, o corpo reconhece que há um ferimento e imediatamente aciona uma série de reações mecânicas e bioquímicas incríveis, que fazem o corte parar de sangrar. Quando entra em contato com o ar, o sangue começa a coagular e depois torna-se espesso, com uma crosta capaz de tampar totalmente o sangramento. Depois de alguns dias, essa crosta cai, e você percebe que toda a área, que estava embaixo dela, encontra-se “novinha em folha”. Uma maravilha, né?! Sabia que a ansiedade também foi criada para nos proteger? Bem, realmente é difícil de acreditar, afinal, somos cobrados a ter sucesso em todas as áreas de nossas vidas: seja no emprego, amor ou com os amigos. E as notícias incessantes sobre tragédias e mortes, que acontecem do outro lado do mundo, de fato, não nos ajudam a ficar mais calmos no dia a dia. Mas ao contrário do que pensamos, a ansiedade é algo importante para a evolução do ser humano – na pré-história, ela nos ajudou a sobreviver a ataques de predadores, por exemplo. De acordo com a Psiquiatra Dra. Zandra Valdez, “Ansiedade é uma experiência humana que preenche um papel na interação biopsicossocial do homem. Sensação de medo, insegurança, apreensão e desastre iminente acompanham o homem desde os primórdios. Mas quando esses sintomas começam a incapacitar o indivíduo, significa que a linha tênue para sua definição de doença foi ultrapassada”. Em uma proporção, a especialista destaca que as mulheres são as mais atingidas, a partir dos 45 anos de idade. Para saber se a ansiedade passou dos limites considerados normais, a Dra. Zandra explica que a pessoa passa a apresentar uma característica crônica e incapacitante, o que não deixa dúvidas quanto ao diagnóstico. “Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele, fadiga, dificuldade em concentrar-se ou sensação de branco na mente, irritabilidade, tensão muscular e perturbações do sono são os principais sintomas, que também podem ser acompanhados de sintomas físicos, como tontura, sensação de mente vazia, enjoo, diarreia, dor no peito, palpitações, sudorese, tremores e outros”, pontua a médica. Os transtornos de ansiedade ocorrem com uma frequência muito alta na população em geral. Recentes estudos norte-americanos, de abrangência significativa, revelaram que 25% das pessoas apresentam algum tipo de transtorno de ansiedade ao longo de suas vidas. A primeira reação, diante dessa estatística, é assustadora, afinal, ‘trocando

ANGÉLICA EM EM REVISTA REVISTA || AGOSTO-2013 AGOSTO-2013 04 || ANGÉLICA

Dra. Zandra Elena Martins Valdez é graduada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – RS, especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria e Associação Médica Brasileira (ABP – AMB) (TEP), Especialista em Geriatria e Gerontologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) – RS.

em miúdos, o que eles evidenciaram é que um quarto da população mundial sofre ou sofrerá algum tipo de transtorno ansioso durante toda a sua existência. Infelizmente, esses dados refletem e atestam a mais absoluta realidade. Comumente, os pacientes veem estes sintomas como parte de sua personalidade e só buscam ajuda médica quando outras doenças se somam a ela, como depressão ou transtorno do pânico, por serem altamente incapacitantes. “Quando o indivíduo considera difícil controlar a preocupação, é sinal de iminência do transtorno”, enfatiza a Dra. Zandra. “As opções de tratamentos que temos, como psicoterapia e medicamentos são imprescindíveis. Grupos de apoio costumam ajudar muito. A escolha terapêutica deriva de uma avaliação do quadro clínico, sua evolução e acordo consensual entre médico e paciente. A forma como um indivíduo pauta sua vida tem importante relevância. Exercícios frequentes, higiene do sono, alimentação adequada são alguns desses fatores”, recomenda a profissional. Uma vida plena inclui a busca pelo equilíbrio através da valorização da vida. Com esse conceito, a médica nos apresenta alguns alimentos que podem ajudar na batalha contra a ansiedade: “Alimentos ricos em precursores de serotonina (triptofano) encontrados nas frutas secas (damascos, nozes, castanhas, pistaches, etc) são muito bons. Peixes de água fria contêm ômega-3, outro nutriente essencial. Uma prevenção nutricional inclui evitar alimentos com cafeína ou outros estimulantes. Mel, frutos do mar e cacau (chocolates), quando usados com moderação, ajudam no tratamento da ansiedade”, finaliza.


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

05


Aconteceu

Mãe é Mil Cada mãe, uma personalidade única. Foi pensando neste conceito, que a Drogarias Angélica lançou a promoção “Seu Presente no seu Estilo”, para sortear 10 vales-compras no valor de R$1.000 e deixar a escolha dos presentes por conta das mamães. A cada R$25 em compras de produtos de perfumaria, higiene pessoal, cosméticos (exceto medicamentos), o cliente recebia um cupom para participar. Foi dessa forma que Kelly Menezes, Heberty Ribeiro, Maria Augusta Machado, Elizabeth Nascimento, Brenna de Souza, Sheila Medeiros, Socorro Marques, José da Cunha, Fabiane Franco e Lana dos Santos faturaram as premiações. As mães merecem ser lembradas todos os dias, não importa a data. De uma forma particular, a Drogarias Angélica também realizou, nos dias 11/05 e 12/05, às 9h30, na loja da Cidade Nova (próxima ao Terminal 3), uma ação dedicada a essas mulheres guerreiras e de amor

incomparável. Através de uma roleta criativa, os clientes que visitaram a loja puderam concorrer a diversos brindes para suas mamães, como chapinhas, secadores, produtos para tratamento capilar e kits de beleza. A roleta possuía as características: meiga, amiga, única e amável, além da palavra “mãe” que, se sorteada, atribuía um presente ainda mais especial, à escolha do cliente.

Amor Sempre Presente Amar, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido”. Concordamos tanto com Vinícius de Moraes, que resolvemos celebrar, de uma forma especial, o Dia dos Namorados. Quem marcou presença nas lojas da Darcy Vargas, Grande Circular e Japiim pôde conferir ações pra lá de apaixonantes, com direito a fotografias, placas de declarações e sorteio de kits personalizados. Nos semáforos, lembran-

cinhas românticas foram distribuídas aos casais que por ali passavam, e o sucesso da promoção ganhou ainda mais personalidade no Facebook. O tempo era de chuva, mas foi a descontração das nossas equipes que contagiou o clima. No dia 11/06, lançamos a promoção “Amor Sempre Presente”, oferecendo três kits diferenciados – composto por duas camisas que se completam, dois porta-retratos e duas canecas registradas com a caricatura do casal. Para participar, era necessário tirar uma foto em uma de nossas lojas, no charmoso cenário que montamos. As fotos foram postadas na nossa Fan Page e as mais curtidas levaram os presentes. O resultado tão esperado saiu no dia 28/06, dando oportunidade para um número maior de pessoas participarem. Com a maior quantidade

Parabéns, Propagandistas! Para comemorar o Dia do Propagandista, a Drogarias Angélica promoveu um almoço caprichado, no Restaurante Emporium Roma – com direito a todas as delícias e variedades do Self-Service. Realizada no dia 13/07, a homenagem reuniu aproximadamente 100 convidados. Em sua 7ª edição, o evento renovou seus votos com uma programação cheia de surpresas. Emocionantes discursos, sorteios (um dedicado aos homens e outro, especialmente, às mulheres) fizeram parte da descontração, em meio a um repertório musical eclético. Gratos pela recepção acolhedora, os profissionais revelaram a grande satisfação de poder contar com a parceria do Grupo SB. Em nome dos colegas, Laurício de Paula, de 33 anos, conta pra gente: “Eu me sinto lisonjeado por a Empresa, além de nos apoiar de várias formas, ainda nos proporcionar ocasiões marcantes como esta, onde podemos reunir todo mundo e fazer um balanço positivo dos resultados. A nossa classe é muito unida e se sentir valorizado não tem preço”.

06 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

de likes, Maikon Soares da Silva, Daiane de Oliveira e Liliane foram os sortudos, que puderam compartilhar presentes com seus amores.


Ação Social

Desperte a criança que há dentro de você! As crianças são como uma pequenina semente – tímida e frágil, posta ali num cantinho, esperando pelas primeiras gotas de águas cristalinas para começar a germinar. Então, você fornece as primeiras gotinhas e, de forma surpreendente, ela começa a brotar. O florescer é algo divino, e esta sementinha precisa ser regada, constantemente, com afeto, ternura e amor à vida para crescer forte, saudável e capaz de gerar bons frutos. Mais do que ninguém, os pequenos precisam se desenvolver com todos os seus direitos resguardados. O Projeto Criança ajuda Criança (CAC) tem a esperança de que o mundo pode ser um lindo jardim. Sempre inovando e pronto para realizar mais uma nova ação de solidariedade, o CAC acaba de completar mais um precioso ciclo de vida. A pequena semente, plantada em agosto de 2006, cresceu e, hoje, compartilha seus lindos frutos com colaboradores, parceiros, clientes e amigos. Já são sete anos de história, pautados na dedicação e com o auxílio dos mais nobres sentimentos. Nesta caminhada, de mãos dadas com todos os segmentos do Grupo SB: Varejo Farma (Drogarias Angélica e FarmaBem); Centro de Distribuição (SB Log) e Varejo Alimentar (Emporium Roma), experiências e lições deixaram marcas que levaremos para a vida inteira. A edição desse ano começa cheia de energia, preparada para fazer valer o CAC 2013. No ano passado, dia 06/10, as ‘florzinhas’ da Casa Mamãe Margarida receberam os donativos, que vieram junto com a alegria dos nossos colaboradores, fantasiados de vários personagens infantis, que ofere-

ceram brincadeiras, atividades lúdicas, serviços de pintura, dança e teatro, com lanches para toda a garotada. Cheio de novidades e grandes expectativas, este ano o CAC vai fazer as doações para o Abrigo Moacyr Alves – Núcleo de Amparo Social Tomás de Aquino, que teve início em 1996. A unidade administra e desempenha atividades voltadas às pessoas com deficiências, além de viabilizar ações de resgate, proteção, inserção social, educação, habilitação, reabilitação motora, assistência médica e emocional dos seus acolhidos. Motivos para celebrar não nos faltam. As simples vitórias do dia a dia nos motivam a lutar por um mundo melhor, onde todas as crianças sejam tratadas com respeito e tenham seus direitos valorizados. Acreditamos em um lugar mais justo e longe de preconceitos. Você também? Então venha nos ajudar a realizar esse sonho! Aos interessados em colaborar, a Instituição aceita doações e busca o trabalho voluntário de profissionais da área de saúde, que possam prestar serviços. Com essas ações é possível reduzir a desigualdade social presente nas camadas mais baixas da população e, em especial, no tipo de público atendido pelo abrigo Moacyr Alves. Seja bem-vindo ao Criança Ajuda Criança! Para mais informações, acesse: www.criancaajudacrianca.com.br E não esqueça de curtir nossa Fan Page: www.facebook.com/criancaajudacrianca

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

07


Garganta

Tosse

Alerta para várias doenças Quem já passou noites em claro, com aquele “cof cof cof ” insistente e um incômodo recorrente, sabe do que estamos falando. Há até quem se acostume com o sintoma e demore a procurar um médico. A tosse não é uma doença, mas pode ser um sinal de que algo está errado com o organismo, por isso é preciso investigá-la. “Uma variedade de patologias se manifesta através da tosse, desde as mais habituais como resfriados, gripes, sinusites, asma e pneumonia até as menos frequentes como a fibrose cística, um corpo estranho na via aérea, tumores, malformações pulmonares, entre outros”, alerta a Dra. Cláudia Mello Gonçalves Rodrigues, pediatra titular da Sociedade Brasileira de Pediatria, com área de atuação em Pneumologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A tosse pode ser uma forma de proteção do corpo, que tenta expulsar a secreção ou alguns agentes causadores de irritação. Segundo a especialista, existem receptores que estão situados na entrada da via aérea, desde o nariz, laringe, até o esôfago e desencadeiam o reflexo da tosse. “Eles sofrem estímulos de natureza variada e podem ser irritativos (fumaça ou poeira), mecânicos (catarro), inflamações (asma) e térmicos (ar frio, mudança de temperatura). O mecanismo da tosse possui uma sequência de quatro fases: inspiratória, compressiva, expiratória e relaxamento. A tosse pode ser úmida (com secreção), seca, metálica (chamada popularmente de tosse de cachorro), produtiva (quando se elimina a secreção) e tosse coqueluchóide (quando há o guincho ao fim da tosse)”, explica a médica. O que para muitos é uma manifestação corriqueira, na verdade pode ser indício de algo grave. “É importante realizar um diagnóstico preciso e caracterizar o tipo de tosse, qual horário ela predomina, os fatores desencadeantes ou que pioram a tosse, se acompanha de febre, chiado, cansaço, secreção nasal, se é seguida de vômitos ou fatores que melhoram a tosse (uso de medicamentos, por exemplo). Além da avaliação do quadro geral, quanto ao desenvolvimento (peso/altura), entre outras manifestações que não são respiratórias”, afirma a Dra. Cláudia Mello.

08 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Cláudia Mello Gonçalves Rodrigues é pneumologista, formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), pediatra titular pela Sociedade Brasileira de Pediatria, com área de atuação em Pneumologia Pediátrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Responsável pelo Ambulatório de Pneumologia Infantil na Policlínica Codajás e na Petit Centro Pediátrico.

Existem vários tratamentos para a tosse, desde os mais simples como hidratação oral, lavagem nasal com soro fisiológico, passando por xarope, antialérgicos, broncodilatadores, corticóides, antibióticos, entre outros. A seguir, a pneumologista esclarece as dúvidas mais comuns sobre o assunto. – Quando o assunto é tosse, muitas pessoas realizam a automedicação. O que você indica para os seus pacientes? “Depende da causa da tosse, para cada tipo existe um tratamento. Sempre tem que ser avaliada pelo médico, para evitar a automedicação, pois o tratamento tem que ser adequado para o paciente e o caso específico. Além disso, a análise do médico ajudará a identificar outras doenças que possam estar sendo mascaradas. Exemplo: uma gripe com coriza pode estar disfarçando uma asma ou pneumonia”. – A tosse também pode ser resultado de um refluxo gastroesofágico. Explique. “É importante saber que o que as pessoas chamam de refluxo, que são aquelas regurgitações (ou golfadas) não são um problema ou uma doença, pois não se associam a qualquer outro sintoma que comprometa a saúde. Já a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) tem várias manifestações, entre elas a tosse, onde o conteúdo refluído do estômago em direção ao esôfago induz a tosse”. – Quais as principais características da tosse alérgica? “A tosse é um dos sintomas que faz parte do quadro de várias doenças alérgicas, sendo as principais: a asma (ou bronquite) e a rinite alérgica (ou rinossinusite alérgica). O mais comum na tosse causada pela asma é manifestar-se principalmente à noite e despertar matinal, ser persistente, seguida de vômito de ‘baba branca’ (tipo clara de ovo). A tosse pode ser a única manifestação da asma, surgindo após esforços, falar muito, chorar, correr, porém o mais comum é a tríade: tosse, chiado e cansaço”.


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

09


Arte Marcial

Muay Thai

Os benefícios da arte milenar “Rush”! Todos, de pés descalços, dentro do tatame, alinhados em frente ao professor, com as mãos unidas, realizam a saudação da Academia Champions Factory e o saúdam com o grito de guerra, para iniciar a aula da arte marcial. O Muay Thai, que significa luta pela liberdade, nasceu na Tailândia, há cerca de 2.000 anos e atualmente é uma das atividades mais difundidas no Brasil e no mundo, com campeonatos, federações e atletas profissionais espalhados pelo País. A luta – que conquistou também o público feminino – é conhecida como a arte das oito armas de combate: cotovelos, joelhos, canelas e punhos. Antigamente, alguns conceitos errôneos sobre o Muay Thai foram difundidos e afastavam os praticantes. Porém, essa realidade mudou. “Por ser uma arte marcial de contato, é natural que o leigo tenha um pouco de receio em um primeiro momento. Mas, logo após a aula experimental, ele percebe que todos podem praticar, afinal, dependendo do professor, o risco de se machucar é mínimo”, defende o professor Rodrigo Saavedra, da academia Champions Factory Amazônia, que possui a graduação preta, concedida pelo Mestre Artur Mariano, da Confederação Brasileira de Muay Thai. O aluno para em poucos momentos durante a aula, que dura em torno de uma hora e é caracterizada pelo dinamismo dos exercícios físicos. “O treino acontece de segunda a sábado e é dividido em treinamento físico e técnico. No primeiro, são realizados exercícios de força, explosão e resistência, como por exemplo: corrida, saltos, flexão e abdominais. E no treinamento técnico, são executados os golpes de ataque, defesa e contra-ataque”, explica o professor, que indica a consulta ao médico antes do início da atividade, para que ele se certifique que está apto a praticá-la.

DICAS PARA QUEM QUER INICIAR A ARTE, POR RODRIGO SAAVEDRA

Rodrigo Saavedra é amazonense e iniciou a prática de artes marciais aos seis anos de idade. Praticante de Muay Thai há 12 anos, na academia Champions Factory – Rio de Janeiro, possui a graduação preta e trabalha como professor da academia Champions Factory Amazônia.

De acordo com Rodrigo Saavedra, a arte marcial trabalha todos os músculos do corpo e o treino inclui diversos tipos de exercícios, com rotinas variadas de golpes, bem como atividades aeróbicas, para resistência e força muscular. “A musculação serve de complemento para a luta, porém os exercícios praticados durante o treino costumam trazer resultados satisfatórios. Além disso, a prática do Muay Thai proporciona sensação de bem-estar para o corpo e mente. O psicológico é um fator primordial, pois trabalhamos durante uma hora em alta intensidade. Ao término, o aluno se sente fortalecido e com um sentimento de superação”. Para iniciar as aulas, as roupas também devem ser adequadas, com camisetas apropriadas, protetores para as áreas genitais, shorts ou bermudas reforçados. Além da luva e caneleira, o praticante deve ficar de olho na alimentação. “As cargas intensas exigem uma dieta equilibrada para melhorar o desempenho, com quantidades indicadas para os exercícios”, observa o professor. A atividade também é recomendada para as crianças, mas com um treino diferenciado e um foco com caráter lúdico.

4 O MUAY THAI É

1 Primeiramente, certifique-se que o professor da academia é qualificado para a função (graduação preta), pois existem falsos profissionais.

UMA ARTE MARCIAL

2 Escolha um local onde a disciplina é valorizada e seguida.

SIMPLES ATIVIDADE PARA

3 Com força de vontade e disciplina, o início será mais fácil e prazeroso.

010| ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013 10

QUE NÃO DEVE SER

CONFUNDIDA COM UMA PERDER PESO.


Ser mãe marca a vida, mas não deveria marcar a pele da mulher.

Tecnologia Bayer que ajuda a prevenir estrias na gravidez

Potencializa a elasticidade da pele.1,2 Fórmula Hipoalergênica: excelente segurança e tolerabilidade 3,4 comprovadas clinicamente. Não irrita a pele. 5,6

Contém ácido láctico para modular a atividade fibroblástica.

AÇÃO HIDRODUALTM PROFUNDA

SEM PERFUME SEM CORANTES

SEM UREIA

HIPOALERGÊNICO

AÇÃO PROLONGADA

MAIS

CONSISTENTE

Você sente na ponta dos dedos que ele funciona

www.gineco.com.br www.estriasegravidez.com.br

Material destinado à Classe Médica.

Referências Bibliográficas: 1. Overgaard L, Jemec GBE. The influence of water, glycerin, paraffin oil and ethanol on skin mechanics. Acta Derm Venereol (Stockh) 1993; 73: 404-406. 2. Rodrigues LM, Pinto PC. Análisis de la influencia del grado de hidratación de la epidermis em el comportamiento biomecánico de la piel in vivo. Ars Pharmaceutica 2004; 45(1): 59-71. 3. Cosmetic Study Report. A 40-days randomized, controlled, double-blind study on the sensitizing and irritating potential of nine medical skin care formulations in a human repeated insult patch test design in fifty healthy volunteers. BSP Data on file. 4. Clinical Study Report. Assessment of the photo-sensitizing potential of seven medical skin care formulations. BSP Data on file. 5. Smith WP. Epidermal and dermal effects of topical lactic acid. J Am Acad Dermatol 1996; 35:388-391. 6. Rona C, Vailati F, Berardesca E. The cosmetic treatment of wrinkles. J Cosm Dermatol 2004; 3: 26-34. LUCIARA_ANUNCIO2012_2 - L.BR.WH.2012-03-12.0720

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

011


Qualidade de Vida

Refrigerante 10 razões para você afastá-lo da sua vida

Dra. Heloisa Rocha é cardiologista, formada em medicina pela faculdade de Valença e especializada em Terapia Ortomolecular e Nutrição.

Estamos cansados de ouvir que os refrigerantes fazem mal à saúde e que são capazes de acabar, em pouco tempo, com a boa forma, mas ainda assim, é difícil de eliminá-los de vez da rotina, não é?! Milhares de pessoas passam por isso, já que o refrigerante é a segunda bebida mais consumida no mundo – atrás apenas da água. Mas a Dra. Heloisa Rocha alerta: “Além de seu alto teor de açúcar, que eleva também o valor calórico da bebida, os compostos presentes

nos refrigerantes, como sódio, corantes, acidulantes e conservantes, podem levar sérios riscos à saúde do indivíduo, a médio e longo prazo”. Então, fica a dica: Vamos pensar bem antes de descartar aquele suco natural, que classificamos como “sem graça” e optarmos pelo refrigerante. Se for difícil evitá-lo, que tal apenas moderar no consumo? Abaixo, a Dra. Heloisa nos apresenta a 10 problemas de saúde, que esse “mal disfarçado” pode causar:

Ao longo da história, os refrigerantes têm aparentado brindar soluções que infelizmente representam problemas para a saúde. Como pudemos observar na ilustração acima, eles não têm nutrientes, nem outros elementos positivos para o bom funcionamento do corpo humano. Muito pelo contrário, eles só contêm calorias vazias e aumentam o risco de doenças como obesidade, diabetes, gastrite e câncer de esôfago.

Outras opções de bebidas mais saudáveis:

012| ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013 12

Um grande copo de água, que além de refrescar, reduz o apetite. Sucos de frutas, ricos em nutrientes. Leite e iogurtes líquidos. Chás de ervas, frios ou quentes, que matam a sede e são saudáveis.


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

013


Espaço Infantil

Brincar

Uma condição fundamental na infância Que tal pegar emprestado o iPhone, que o seu filho fez com uma caixa de papelão, e pedir uma ligação com a infância? Época boa, hein? Uma maneira divertida de descobrir o mundo, organizar emoções e iniciar os primeiros relacionamentos. Por meio da brincadeira, aprendemos a processar informações e as experiências do dia a dia, desenvolvemos a coragem para arriscar, a iniciativa e a autonomia para agir. Brincar é tão importante, que faz parte da Declaração dos Direitos da Criança. Por isso costuma-se dizer que “brincar é coisa séria”. A criança que se desenvolve sem o apoio de interações lúdicas e afetivas, corre o risco de vir a ter problemas futuros. “Ela pode se tornar extremamente inibida, tímida, insegura, com autoestima baixa, e não gostar de interagir com o meio social, além de não ter muito poder de decisão. Ou pode acontecer o contrário disso tudo: depois de adulto, é capaz de apresentar atitudes de criança, tornando-se imaturo, ansioso e rebelde”. Alcilene Soares, psicóloga clínica e organizacional, explica que o aprendizado acontece desde o primeiro dia de vida e os pais podem dar uma ‘forcinha’ nesse processo: “É importante incentivar as crianças, no desenvolvimento de habilidades do convívio social, além de trabalhar o egocentrismo e ensiná-las a compartilhar os brinquedos, respeitando as diferenças. Converse com o seu filho, tendo a certeza de que ele está entendendo o que você diz. Sempre deixe um momento para ouvir o que seu filho tem a dizer”. A essência da brincadeira pode ser considerada a criação de um envolvimento entre o campo do significado e da percepção visual – ou seja, entre situações do pensamento e a realidade. Segundo a psicóloga, o ato de brincar torna-se a projeção dos desejos e sonhos da criança, que passa a criar brincadeiras, enquanto exerce a imaginação e criatividade. Através desta relação, é que se iniciam os seus primeiros contatos de interação com o mundo. “É essencial brincar na infância, para se tornar um adulto com maiores chances de obter sucesso e felicidade”, destaca Alcilene. Como disse Fernando Pessoa, “grande é a poesia, a bondade e as danças... Mas o melhor do mundo são as crianças”, ao refletir sobre as brincadeiras do mundo infantil. “Jogos educativos, xadrez, atividades de roda ou que gerem competição – como corrida, pega-pega e mímicas – devem ser incentivados pelos pais. A criança também pode inventar suas próprias brincadeiras, recebendo estímulo dos pais. Até mesmo o ato de fazer um desenho, em família, propicia um momento único de afeto e amor”,

14 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013 014

Alcilene Soares é psicóloga, especializada em Psicologia Clínica - Terapia Cognitiva Comportamental. Trabalha no Consultório Clínico de Psicologia da Saúde, em Manaus.

esclarece a profissional. Abaixo, a psicóloga Alcilene Soares fala mais sobre o assunto e dá algumas dicas para os pais. – A partir de que idade, a mãe pode começar a fazer brincadeiras com o filho? “Desde o período da gestação. Conversar com o bebê, na barriga, fortalece o elo ainda mais. Ao nascer, o filho já terá se identificado com a voz da mãe, do pai e dos familiares próximos, facilitando a relação nos primeiros meses de vida. Também é interessante que a mãe cante, faça movimentos com as mãos, gestos divertidos, e assim estimule gradativamente, conforme o crescimento da criança”. – Brincar pode ser considerada uma prática pedagógica, em vista de que a criança vai vivenciar situações imaginárias, que irão influenciar o desenvolvimento cognitivo e facilitar a interação com as pessoas? “Sim, com absoluta certeza. Hoje, vem crescendo a quantidade de jogos e brincadeiras educativas. As crianças ao receberem estímulos positivos, e principalmente dentro do mundo delas de imaginação e fantasia, tendem a dar retornos positivos e assimilarem ainda mais o que lhes foi ensinado”. – É certo quando o pai e a mãe fazem o filho acreditar em personagens imaginários, como no caso do Papai Noel? “Sim, porque estimular a fantasia e a imaginação é algo que faz com que a criança possa viver plenamente essa fase. Um momento para fantasiar e viver o lúdico, mas vai existir um momento onde tudo isso deixará de ser fantasioso, então chega a hora de os pais sentarem para conversar, cuidadosamente, e contarem sobre o mundo de uma forma mais real”. – O que você pensa sobre as tecnologias no universo infantil? “Como tudo em nossas vidas, devemos ter equilíbrio e ser estimulados na medida certa. Se os pais vivem mergulhados nos artifícios da modernidade e querem que seus filhos adentrem neste mundo, é preciso fazer de uma forma equilibrada, onde também possam andar de bicicleta e brincar de boneca ou carrinho. Uma boa parceria entre pais e filhos sempre gera um ótimo resultado”.


ANÚNBAYER LUCIARA

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

015


Guia de Prevenção

Coluna Vertebral

Olhem a postura, crianças! A dor nas costas, assim como outros problemas que estão associados aos avanços da modernidade, já não é mais exclusividade dos adultos – a incidência entre os pequenos tem aumentado significativamente. Cerca de 80% das crianças, entre 8 e 10 anos, já apresentam dores na coluna. “O incômodo pode estar relacionado à má postura, escoliose, pisada errada, discrepância de membros inferiores, perna mais curta, e às mais graves como espondilólise, espondilolistese, entre outras doenças reumáticas ou infecciosas, que são mais raras”, explica a Dra. Rhanda Amim, membro e representante no Amazonas da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna (ABRColuna). Pesquisas e estudos científicos, realizados em vários países, demonstram que distintos aspectos da vida escolar, como o peso do material, o método através do qual os carrega, a duração do transporte, o mobiliário à disposição dos alunos e até a prática de esportes, também são alguns dos fatores que, realmente, influenciam no mal. A profissional, que tem 10 anos de experiência na área de Fisioterapia para Coluna Vertebral e Pilates, alerta: “Crianças e adolescentes com escolioses, desvios na coluna, são proibidos de fazer exercícios físicos com impacto até finalizar a fase de crescimento, pois a atividade pode piorar o quadro da escoliose”. Desde os primeiros anos de vida, a criança tem de aprender a cuidar da postura. Os médicos explicam que é fundamental para obter um crescimento saudável. Se os hábitos posturais são adequados na infância ou existe a correção precoce dos desvios, é possível garantir uma coluna vertebral saudável na vida adulta. Quando se é pequeno, por estarmos em fase de desenvolvimento musculoesquelético, existe uma grande probabilidade de prevenção e tratamento de possíveis alterações. “Mas se não cuidar, quando chegar à adolescência, por exemplo, a criança pode desenvolver uma espondilólise ou espondilolistese, alterações na coluna vertebral, onde ocorre o escorregamento de uma vértebra, que devem ser tratadas com urgência e cuidado”, revela a Dra. Rhanda Amim. O profissional de fisioterapia tem um papel essencial no diagnóstico e tratamento de distúrbios do desenvolvimento, avaliando e identificando qualquer alteração no quadro neuropsicomotor. Sua intervenção visa estabelecer e restabelecer a funcionalidade do movimento, trabalhando no sentido de ensinar à criança, posturas e movimentos funcionais, principalmente através da promoção de experiências motoras adequadas. A seguir, a Dra. Rhanda Amim, fisioterapeuta e diretora clínica do Instituto Physio Vida, esclarece algumas dúvidas sobre a dor nas costas das crianças, dá uma série de dicas e mostra como os pais devem agir nessa hora. Confira nossa entrevista! – Muitas vezes, a má postura é a causa de dor nas costas em crianças. Como identificar um problema mais grave?

“Uma boa avaliação clínica e postural, seguida de exames como Raio-X e a Baropodometria Computadorizada (teste da pisada), para nos dar um bom direcionamento do que pode estar causando as dores nessa criança. Avaliamos também a necessidade de se fazer uma

016 16 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Dra. Rhanda Amim é formada em Fisioterapia pela UNIPAC/ MG, especialista em Osteopatia Clínica pela ATMS/Bélgica e formada em Cadeias Musculares de Busquet/França. É pioneira do Pilates no Amazonas, formada em RPG, membro e representante da ABRColuna no Amazonas

Ressonância Magnética, onde podemos identificar algo mais grave”. – Qual o melhor tratamento recomendado para as crianças?

“Para problemas posturais, o melhor tratamento é através da Osteopatia e a RPG. O Pilates, em alguns casos, é muito bom, pois além de melhorar a postura, desenvolve a coordenação motora da criança. Existe a possibilidade de um problema mais sério, onde a criança e o adolescente precisam fazer uso de colete. Esses tratamentos podem ser auxiliados com o uso de Palmilhas Posturais. Nos problemas mais graves é preciso avaliar, intensificando o tratamento, usando outras técnicas, medicamentos ou até mesmo cirurgias. Tudo isso com acompanhamento médico e fisioterápico especializados”. – A obesidade é um fator de risco?

“Com certeza! A criança obesa tem uma propensão maior a patologias da coluna vertebral, do que uma criança com peso normal, o que prejudica tanto a infância, quanto a vida adulta”. Para mais informações, acesse: www.herniadedisco.com.br


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

017


Odontologia

Da Boca ao Coração Sabia que não escovar os dentes pode ser fatal? É isso mesmo que você acabou de ler. Os dentes saudáveis não só contribuem para uma boa aparência, como também são de grande importância quando se trata da saúde em geral. A boca pode ser a porta de entrada para muitas doenças, e um agravante para as pessoas que têm problemas cardíacos. A falta de higiene bucal traz perigos não só para os dentes e gengivas, mas pode, inclusive, aumentar ou acentuar doenças pré-existentes em nosso corpo. A falta de cuidados com a higiene bucal favorece o surgimento de inflamações na gengiva, devido ao acúmulo das bactérias que constituem a placa bacteriana. É o que explica a especializanda em Odontopediatria, na USP, Dra. Aline Galvão: “Atualmente, existem evidências científicas comprovando que as doenças da gengiva estão relacionadas com a progressão das doenças do coração, pois as bactérias presentes na inflamação da gengiva, quando se disseminam para os vasos sanguíneos, podem se instalar no coração e causar uma doença chamada Endocardite Bacteriana. Para evitar a instalação dessa condição, é estritamente necessário fazer visitas periódicas ao dentista, para estar sempre avaliando as suas condições de saúde bucal”. Estudos mostram que bactérias da boca também podem provocar ou piorar outros males. “Podemos citar como exemplo a herpes labial que, em caso de descuido, pode se espalhar para outras partes do corpo, além de ser altamente contagiosa com o não tratamento ou tratamento inadequado. As bactérias que, por ventura, cheguem à corrente sanguínea podem dar abertura para diversas doenças pré-existentes, como diabetes, infecções pulmonares, entre outras”, revela a profissional. Um alerta para os homens: a impotência sexual também pode ser causada pela falta de higiene bucal. A Dra. Aline explica: “As bactérias da inflamação gengival podem entrar na corrente sanguínea e formar placas e trombos. No caminho, algumas podem entupir, dificultando assim a ereção, que necessita de um grande aporte sanguíneo. Além disso, existem estudos que comprovam que as doenças da gengiva podem bloquear uma enzima chamada eNOS que participa do processo de ereção”. Agora, você nunca mais vai escovar os dentes do mesmo jeito ou deixar de fazer a limpeza após as refeições por preguiça, hein?! A Dra. Aline também nos esclareceu algumas dúvidas e ensinou dicas para cuidarmos melhor dos nossos dentes. Abaixo, confira a nossa entrevista e aprenda as melhores formas de higienizar os dentes, além de alimentos que podem ajudar nesse processo. – É necessária a escovação depois de comer qualquer coisa? “Sim, é necessário escovar os dentes após as refeições e manter este hábito de higiene a vida toda. Mais importante ainda é estar atento aos intervalos entre as escovações durante o dia, para que estes sejam pequenos e, portanto, evitem a formação de placa bacteriana”.

018 18 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Dra. Aline Galvão (CROSP 104658) tem Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Amazonas e é especializanda em Odontopediatria na USP.

– Quais os cremes dentais mais apropriados? “Na verdade, o creme dental mais apropriado é aquele que você se adapta melhor e se acostumou a usar. Só temos que ficar de olho quanto à composição do mesmo, principalmente a respeito da quantidade de flúor, que deve ser no mínimo 1.100 ppm”. – Que alimentos contribuem para limpar os dentes? “Geralmente, os alimentos mais fibrosos, como maçã, cenoura, coco e castanhas, ajudam na remoção do biofilme dental e tornam o ambiente bucal mais equilibrado. Porém, não é para substituir o uso de escova, creme e fio dentais por esses alimentos, pois eles não eliminam o biofilme, apenas o tornam mais fácil de remover com a escovação”. – Como devemos fazer nossa limpeza bucal? “A limpeza bucal deve ser feita regularmente após as refeições. Deve-se utilizar escova em bom estado, com cabeça pequena e cerdas macias, evitando aplicar muita força durante a escovação e utilizar o fio dental. É importante lembrar, que a higiene bucal não se restringe aos dentes, deve-se fazer a higienização da língua e das bochechas também. Quanto à técnica correta, o melhor é procurar o cirurgião-dentista, pois ele irá analisar cada caso e fazer as devidas orientações”. – O fio-dental é de extrema importância? “O fio dental é imprescindível para uma higiene bucal eficaz, pois além de remover os restos alimentares de lugares que a escova não alcança, também remove o biofilme que fica acumulado entre o dente e a gengiva e dessa forma se tem uma limpeza mais completa”.


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

019


Comportamento

Consumismo Desejo ou necessidade?

A situação já faz parte da rotina: enfrentamos um estresse no trabalho ou desilusões amorosas em nosso cotidiano e descontamos as frustrações em compras, estourando a fatura do cartão de crédito. Afinal, as sedutoras peças publicitárias prometem: este produto proporciona bem-estar, conforto e segurança. Em uma sociedade que prioriza as aparências e estimula o consumo máximo, a compulsão em obter novos itens está presente e dificilmente é notada, uma vez que o ato de comprar está diretamente ligado às emoções. “Os modismos e o apelo realizado em dias específicos são fontes estimuladoras do consumismo. É importante lembrar que consumismo é diferente de consumo. O consumo é necessário, pois diz respeito a necessidades básicas, já o consumismo está relacionado ao supérfluo”, explica a psicanalista Ana D’Araújo, formada pelo Centro de Estudos Especializados em Psicanálise, no Rio de Janeiro. Para a especialista, a necessidade compulsiva de comprar é assinalada pela doença do consumo compulsivo, denominada oniomania. “É um termo que caracteriza a ansiedade pela compra, associada a um tipo de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) ou a Síndrome do Comportamento Compulsivo. Este tipo de comportamento vem sendo observado e estudado há mais de 100 anos, pois é uma conduta recorrente na humanidade”. Para reconhecer os sinais de perigo da compulsão, confira a entrevista que a Angélica em Revista realizou com a psicanalista. – Como diferenciar a compulsão de um consumo exagerado? Quando a compulsão por compras se torna patológica? “Na maioria das vezes, o consumo exagerado tem ligação com desorganização – a pessoa não compra somente por necessidade, mas por desejo de ter ou possuir. Algumas vezes porque viu uma pessoa comprar, gostou e desejou ter. No entanto, quando a ansiedade por comprar passa a ser descontrolada, como um impulso, que se não for atendido causa angústia e desconforto, este ato se torna patológico”. – Muitas vezes, para o compulsivo, o único prazer está no ato de adquirir, ele não pretende usufruir do objeto. Por quê? “Sim, para o compulsivo, o prazer é o de adquirir, muito mais do que usufruir. Isto porque o impulso pela compra é que traz a sensação de desejo saciado. Os pensamentos se tornam repetitivos e perturbadores e a pessoa é conduzida ao local de compra como se recorresse a um analgésico para a dor. O ato em si produz a falsa sensação de alívio do desejo de possuir, até que ela compre de novo. Alguns pacientes dizem que após comprarem mais uma vez, se sentem envergonhados e tristes, por terem cedido ao impulso descontrolado”. – Explique o ciclo vicioso que leva a pessoa a comprar novamente. “Como qualquer ato repetitivo, a mente se acostuma a liberar químicas de prazer diante de determinadas atitudes que nos viciamos. Da mesma maneira que acontece em qualquer dependência, seja química ou emocional. O compulsivo passa pelos seguintes ciclos: desejo - pra-

020 20 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Ana D’Araújo é formada pelo Centro de Estudos Especializados em Psicanálise – Rio de Janeiro, Psicanalista Clínica na Ânima Clinica da Alma e Especialista em Psicanálise Clínica com 12 anos de atuação na área.

zer - culpa - desejo. O desejo é o ‘start’ do processo, que se faz acompanhar do prazer quando saciado, no caso, ele cede e compra. Porém o prazer do ato de comprar é momentâneo e se faz seguir da culpa, que precisa ser aliviada novamente no ato de comprar. É realmente um ciclo”. – Por que o transtorno é mais comum em mulheres? “Pesquisas indicam que a oniomania atinge em média dez mulheres para cada homem. Observando também os padrões socialmente construídos do papel da mulher, verificamos que a mulher possui o desejo de seduzir, de mostrar-se bela, principalmente em relação a outras mulheres ao redor. Isto se manifesta até mesmo como um ato inconsciente de atrair para si a atenção desejada. Além disso, as mulheres normalmente são as responsáveis pela compra dos alimentos, das roupas das crianças, além de acompanharem os maridos em suas compras pessoais. Isso aumenta a possibilidade do transtorno ser mais comum nas mulheres. Outro fato importante é que em algumas mulheres que desenvolvem o transtorno, podem sentir mais compulsão no período da Tensão Pré-Menstrual (TPM), pelo aumento natural da ansiedade”. – Quais são os sinais que indicam o desenvolvimento dessa compulsão? Como é feita avaliação do problema? “O primeiro sinal é o impulso incontrolável de comprar. Existe o desejo natural de adquirir um objeto, porque gostamos ou porque precisamos dele, mas quando este desejo é compulsivo, ele é irresistível e a pessoa se sente mal enquanto não comprar. Outra característica que pode sugerir o diagnóstico de oniomania é a frequente preocupação com questões que envolvam o ato de comprar, por exemplo, convencer as pessoas que preciso comprar tal coisa, ou como convencer os credores que conseguirei pagar, que são pensamentos intrusivos e irresistíveis. Todas essas preocupações geram sofrimento, consomem muito tempo útil e atrapalham outras áreas da vida da pessoa como a social, familiar, profissional e afetiva. Quando uma pessoa começa a ser prejudicada financeiramente, estourando o limite do cartão descontroladamente, mesmo que ela justifique que não está comprando para ela, mas para terceiros, ou ainda prejudicando seus familiares, ela poderá estar apresentando sintomas de oniomania”. – Como é realizado o tratamento? “Como o transtorno ainda não é bem definido na literatura científica, diversos tratamentos têm sido propostos: a psicoterapia (seja ela psicanalítica ou cognitivo-comportamental), tratamento com medicamentos para os casos mais graves e mudança de hábitos”. – Aponte algumas dicas e cuidados para as pessoas que sofrem com este transtorno.

“Descobrir a origem da compulsão é essencial para usufruir de uma vida saudável. Tente abolir os cartões de crédito, comprando somente com dinheiro e cartão de débito dentro do valor estipulado. Faça listas de compras que contenham somente o essencial”.


ANÚNBAYER BEPANTOL

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

021


Saúde Masculina

Homens Obesos

Causas, sintomas e acompanhamento psicológico Cada vez mais comum, a obesidade é uma doença crônica que pode levar à morte. Normalmente, as mulheres são as principais inimigas da balança, mas quando o assunto é saúde, o excesso de peso é sempre maléfico, não importa o sexo. A doença está relacionada a um maior risco de doenças cardiovasculares, diversos tipos de câncer, diabetes, Alzheimer, cirrose hepática, entre outras. E pode ser ainda pior ao atacar o sexo masculino. Só no Brasil, 52% dos homens apresentam sobrepeso, de acordo com os dados da pesquisa Vigilância de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizada pelo Ministério da Saúde. “Atuando há nove anos na área clínica, percebo um aumento considerável no número de pacientes homens com queixas de obesidade. Eles já começam com uma desvantagem: a testosterona faz com que o corpo masculino acumule mais gordura no abdome, que é chamada de visceral, o que aumenta os riscos para sua saúde”, reflete a psicóloga Andrezza, membro da equipe multidisciplinar do Instituto Victor Dib – que é especializado em tratamentos de obesidade e cirurgias bariátricas, aqui em Manaus. Os homens têm maior propensão a desenvolverem doenças cardiovasculares, enquanto as mulheres só se igualam a eles, nesse índice, após a menopausa. Outro ponto fraco deles é o fato de terem suscetibilidade à apneia do sono, distúrbio que desorganiza a respiração enquanto a pessoa dorme e que favorece o ganho de tecido adiposo, além de causar hipertensão arterial, arritmias cardíacas e, eventualmente, doença de Alzheimer. Eles também são mais frágeis para males como gota (causada pela alta do ácido úrico) e cálculo renal. Portanto, homens, é preciso avaliar todas essas questões, antes de dizer “sou gordo e sou feliz!”, pois a obesidade é um convite desesperador para todas essas doenças. A obesidade está ligada a vários fatores: sociais, comportamentais, ambientais, culturais, psicológicos, metabólicos e genéticos. E nessa his-

022 22 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Andrezza Lima é Psicóloga Clínica (CRP 20/01381) e membro da equipe multidisciplinar do Instituto Victor Dib e COESAS

tória, o estado emocional dos homens obesos também sofre, e não é pouco: “Os sintomas mais comuns são baixa autoestima, transtornos de humor e de ansiedade, estados depressivos, depreciação da imagem corporal, tendo como queixas mais frequentes a falta de mobilidade, cansaço, fadiga constante, dificuldade de encontrar roupas e se dar bem em relacionamentos afetivos, pois muitas vezes a doença atinge o desempenho sexual”, explica Andrezza. Sobre a opção da cirurgia bariátrica, a profissional esclarece a importância do apoio psicológico: “Quando um paciente decide fazer a cirurgia é necessário ser submetido a uma avaliação psicológica pré-operatória. O acompanhamento psicológico acontece desde a etapa que antecede a cirurgia, estendendo-se às fases intra-hospitalar e pós-operatória. Saber o real motivo que o paciente tem, para ser submetido à cirurgia – além de identificar se existem psicopatologias que possam dificultar o entendimento do procedimento ou até impedi-lo de fazer a bariátrica – e encaminhá-lo a um acompanhamento conjunto, com o psiquiatra, são procedimentos necessários”. O tratamento bem sucedido da obesidade, além de envolver o manejo das questões clínicas, nutricionais e de atividade física, tem que passar, necessariamente, pela abordagem psicológica. “A psicoterapia é uma ferramenta utilizada para a perda e manutenção do peso, pois as mudanças físicas e psicológicas necessitam ser amparadas emocionalmente, para que o paciente se sinta capaz e preparado para enfrentar a nova realidade. Vejo todos os dias no consultório o quanto a psicologia contribui para o suporte emocional do paciente obeso, auxiliando no processo de mudança, aprendendo a administrar a ansiedade, angústia, medo, gerando melhor compreensão de si, mudança de hábitos alimentares e em todos os aspectos emocionais que possam estar surgindo no processo de emagrecimento”, finaliza Andrezza Lima.


EMPORIUM ROMA

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

023


Valores da Nossa Terra

Turenko Beça Um ícone da arte manauara

“A arte é uma compulsão vital. Uma força viva, entusiasmada, que me impõe a fazer algo mais que a comunicação verbal”, declara o talentoso Aníbal Augusto Turenko Beça. Economista, professor e artista plástico, nasceu em 28 de setembro de 1970, e é filho do saudoso Aníbal Beça – famoso poeta, tradutor, compositor, teatrólogo e jornalista brasileiro, que presenteou nossa cultura com obras de imensurável valor. Apaixonado pelo mundo da arte, Turenko foi bastante influenciado pelos amigos do pai. Ele cresceu com a casa sempre cheia de artistas, e aos 10 anos de idade já estava fazendo simulações das obras de alguns deles. Em 1990, participou de sua primeira exposição coletiva. Desde 1992, realiza uma pesquisa antropológica sobre sociedades indígenas, de onde obteve inspiração para realizar suas principais exposições. Ele faz parte da quarta geração de artistas plásticos do Amazonas, e vem participando e representando o Estado em eventos nacionais e internacionais. Com influência neoimpressionista, suas obras se apresentam em largas pinceladas de cores fortes e costumam intercalar agressivas variações cromáticas. Em meio a materiais de nanquim, acrílico e xilo, Turenko realiza suas produções. Beça diz ser “um homem em busca da maturidade”. Hoje, ele tem um ateliê que o acompanha aonde quer que vá. Seja no trabalho ou no carro, seus materiais estão ali sempre prontos a serem transformados em arte. “Sou um cara leal com as pessoas que convivo e extremamente obsessivo no meu processo criativo. Desenho todos os dias, sempre em busca de aperfeiçoamento”, confessa o artista. Agora, embarque com a gente nesse ‘universo colorido’, solte a imaginação, e conheça mais sobre as inspirações de Turenko Beça. – Quais as suas produções artísticas de destaque? “A exposição Íctio; O Mapeamento do Itaú Novos Rumos, em 2000; o prêmio no Salão Plástica Amazônia, em 1998; A participação no Circuito Cultural Banco do Brasil, em 2005, e a recente Seleção no Grito do Rock, evento que percorre 130 cidades e nove países da América Lati-

24 024| ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Turenko Beça é professor, economista e artista plástico. Trabalha na Secretaria do Estado da Cultura (SEC), como economista no setor de planejamento.

na. Estou participando como curador em algumas exposições na cidade, apresentando escritores de grafitti para todos, dentro das galerias!” – Os artistas, na maioria das vezes, possuem características próprias. Qual é a sua? “Penso que a característica principal do meu trabalho seja a utilização agressiva das cores, principalmente cores complementares”. – Destaque uma exposição, mostra ou outros, dos quais participou, de forma individual ou coletiva, que considere fundamental em sua atuação. “As mostras que fazíamos do Grupo dos Onze na galeria Moacir de Andrade, no SESC, trazem-me excelentes recordações”. – Quanto tempo você leva para produzir uma pintura, mais ou menos? “Depende muito, pois não existe uma regra para o processo criativo. Posso levar meia hora, e até anos”. – Quais suas influências? Algum artista lhe serviu de inspiração para seu trabalho ou lhe incentivou a produzir arte? “As influências principais do meu trabalho são Art Pop, Basquiat, HQ, Moebius, Manara, Neil Gaiman, e aqui em Manaus artistas como o Roberto Evangelista e o Moacir Andrade, considero exemplos a serem seguidos”. – Além da arte, o que mais gosta de fazer? “Estar em casa com a família ou no sítio, de ouvir música, ir ao cinema e cozinhar”. – Uma frase que te define. Uma música que te inspira. Um filme marcante. “Lembrei que meu pai dizia que eu sou um “artista do silêncio colorido”. As músicas dele me inspiram, todas. Adoro o filme ‘O Poderoso Chefão’”.


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

025


Perfil

Ecma Andréia Talentosa e decidida

Ousadia, iniciativa e esperança são ingredientes fundamentais, quando se trata de achar a fórmula para enxergar nas dificuldades o caminho do êxito. Muitas vezes, a vida mede nossa fé e força de vontade, trazendo alguns obstáculos. Nessas horas, a reação que temos, às adversidades, mostra duas coisas: se estamos dispostos a arregaçar as mangas e resolver a situação, ou se preferimos baixar a guarda e nos esconder. Apenas com persistência, somos capazes de achar soluções e tornar nossos sonhos realidade. A libriana Ecma Andréia se apoia nesta lição para guiar sua vida e acrescenta: “Gosto de alcançar as coisas com o meu esforço, pois assim o valor da vitória vem com um gosto mais especial”. Com a dose certa de serenidade e tolerância para ouvir, ponderar e aconselhar, Ecma confessa se emocionar facilmente em situações de alegria e tristeza. Em determinadas ocasiões, ela pode até ser um pouco inflexível, mas quando se trata de ajudar o próximo, não abre mão de ser justa ao máximo. “Quando estou certa, faço o possível para que a minha opinião prevaleça. Do contrário, também sei admitir meus erros – um ensinamento da minha avó, que considero essencial”, reflete a colaboradora. Em sua admirável correria do dia a dia, como coordenadora administrativa, ela se mostra atenta às informações de todas as atividades desempenhadas no setor. “Para tomar decisões, preciso estar envolvida em todo o processo – desde as contas a pagar, faturamento, cobrança, fechamento de caixa, controle do almoxarifado, pagamento de campanhas e suporte na venda de PBM’s, até a coordenação na limpeza dos setores e apoio para as lojas sobre as normas de convênio. Cada colaborador faz a sua parte e no final do dia, temos as conclusões de tudo, demonstradas através de planilhas, que são repassadas diariamente e mensalmente”, explica. Para saber um pouco mais sobre a profissional de destaque desta edição, confira nosso bate-papo a seguir. A Sra. Ecma revela mais sobre sua personalidade, seus sonhos e estilo de trabalhar. “Gosto de surpreender quando recebo uma missão. Colaboro sempre produzindo novas formas de processos, que possam beneficiar na redução dos custos. Transmitir ensinamentos, a quem deseja aprender, é algo que faço com muito prazer”, conclui. – Qual sua filosofia de vida? “Com Deus, tudo é possível. Tenho a minha família como força maior. Tem um ditado popular que gosto muito: dar sem pedir nada em troca. A recompensa virá em dobro, pois Deus vê tudo que se passa conosco”. – E a conquista da qual mais se orgulha? “Da minha faculdade. Era um sonho meu e da minha avó, e venci todos os obstáculos por ela, com o apoio da minha família, dos amigos e colegas de trabalho. Deixo aqui minha homenagem a ela, mulher guerreira e de muitos valores”.

026 26 | ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013

Ecma Andréia Coordenadora Administrativa

– Qual foi o último livro que leu? “Quem Ama, Educa. É um livro que ensina a forma ideal de educar os filhos, e ainda propõe um melhor relacionamento com a família”. – Um filme ou programa que lhe emociona. “Gosto de muitos filmes, mas recentemente vi um que me fez encarar de outra forma as situações difíceis, Um Sonho de Liberdade”. – Uma música que lhe inspira. “Ninguém te ama como eu – uma música católica que mexe com minhas emoções e me fortalece, todas as vezes que escuto”. – Quais são seus sonhos de toda a vida? “Os sonhos significam imaginações e ilusões. Posso dizer que eu gostaria de vivenciar, mesmo que por um dia, um mundo de paz entre os homens”. – Se você pudesse ter um superpoder, qual você escolheria? “De sanar a fome em todo o mundo. Todos deveriam ter direito à alimentação, principalmente as crianças”. – Amor, fama ou sucesso? Por quê? “Amor, pois sem ele os demais de nada valeriam para sermos felizes, além de nos servir de escudo para lidar com os obstáculos”. – Não há uma resposta certa ou errada, mas se você pudesse estar em qualquer lugar do mundo, agora, onde escolheria estar? “Reunida com a família e os amigos distanciados pelo tempo, rindo das situações engraçadas vividas no passado. É uma forma de descontrair e de firmar ainda mais a amizade entre todos”. – O que mais lhe motiva no ambiente de trabalho? “São muitas as situações que me motivam. Ver um setor organizado ou sentir uma boa cumplicidade entre os funcionários. Fico ainda mais motivada quando algum colaborador do setor que conduzo é indicado para promoção. E outro, é quando conseguimos aperfeiçoar algum processo administrativo, do qual traz benefícios para todos”. – Deixe uma mensagem. “Obrigada, Deus, por este grande presente, que é falar um pouco mais sobre mim. Agradeço aos diretores, pela confiança e por todas as oportunidades que obtive, nesses oito anos de trabalho. E a Sra. Renata, obrigada pelos ensinamentos de valores que recebo a cada dia. Deixo meu sincero agradecimento a todos! É um privilégio poder expor ideias, em um ambiente de harmonia”.


ANÚNNS

027 27

ANGÉLICA EM REVISTA AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |


Como evitar a obstrução das artérias

Ela possui evolução silenciosa e as suas complicações podem ser a principal causa de dor no peito, causando infarto do miocárdio, acidente vascular encefálico, dor nas pernas e até amputações. Responsável pela morte de 30% da população mundial, a aterosclerose é caracterizada pela formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos – um processo degenerativo que compromete as artérias do nosso corpo, com um acúmulo de colesterol LDL ou colesterol ruim, células inflamatórias e cálcio em suas paredes, levando a estreitamentos ou obstruções das artérias afetadas. “A aterosclerose é uma doença sistêmica, isto é, afeta as artérias do organismo como um todo, podendo ser mais intensa em determinada artéria do que em outras, dependendo da predisposição genética. Os sintomas são determinados pelo órgão ou membro afetado e da intensidade da doença”, afirma o chefe do serviço de cirurgia cardiovascular do Hospital Santa Júlia, Dr. Mariano Terrazas. Para esclarecer as dúvidas sobre a principal inimiga do coração e aprender a evitá-la, a Angélica em Revista conversou com o especialista em doenças cardiovasculares e coordenador do Clube do Coração da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Confira a seguir. – Como identificar a aterosclerose? Quais os exames realizados? “A doença pode ser identificada precocemente através de exames especializados, como a avaliação da espessura mio-intimal da parede das artérias carótidas no pescoço, do índice de pressão tornozelo-braço (ITB) que é um índice que correlaciona a maior pressão sistólica entre o braço e o tornozelo, além das dosagens dos lipídeos (gorduras) no sangue, principalmente o colesterol total e suas frações HDL-colesterol, LDL-colesterol e VLDL-colesterol, bem como os triglicerídeos”. – Quais são os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença? “Entre os principais fatores estão: predisposição genética, idade avançada, hipertensão arterial, diabetes mellitus, obesidade, tabagismo e sedentarismo”. – Onde as placas geralmente se formam? “As placas de ateroma (compostas especialmente de lipídeos e tecido fibroso), podem acometer qualquer artéria do corpo humano e comumente se localizam nas bifurcações e nos segmentos proximais das artérias. As artérias mais acometidas são as coronárias, que irrigam o coração”. – As crianças podem ter as artérias coronárias e a aorta comprometidas por estrias de gordura e placas? Explique a incidência em crianças. “As crianças podem apresentar níveis de colesterol e triglicerídeos elevados, o que leva a deposição de gorduras na parede das artérias. Já foram identificadas estrias gordurosas nas artérias de crianças e esses

028| ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013 28

Dr. Mariano Terrazas é especialista em Doenças Cardiovasculares (clínica e cirurgia) desde 1976, Professor Titular Doutor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Chefe do Serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital Santa Júlia.

depósitos podem evoluir 20-30 anos e se transformarem em placas de ateroma”. – Como é feito o tratamento? “O tratamento da aterosclerose é feito através da mudança de hábitos de vida e, quando necessário, o uso de medicamentos. Adotar hábitos saudáveis significa uma alimentação saudável, balanceada em carboidratos, proteínas e gorduras. Recomendamos incluir na alimentação diária 3-5 porções de frutas, verduras e legumes, carnes magras (principalmente a carne de peixes), castanhas, cereais de preferência integrais (incluir arroz, feijão, trigo, aveia, entre outros). Evitar consumir alimentos com gorduras trans, preferir o azeite de oliva ou óleo de canola, laticínios de preferência devem ser desnatados (o iogurte é recomendado). Evitar frituras, excesso de sal e açúcar refinado. Também recomendamos a prática regular de atividades físicas, como os exercícios aeróbicos (caminhada, natação, ciclismo, entre outros), para melhorar a capacidade cardiorrespiratória e musculação para tonificar os músculos, no mínimo três vezes por semana e 30 minutos por sessão”. – Explique os processos cirúrgicos para o tratamento. “Se a intervenção cirúrgica for necessária, possuímos duas opções: a angioplastia com a colocação de ‘stents’ para dilatar o segmento da artéria estreitado ou a utilização de cirurgia de pontes com enxertos arteriais ou venosos para revascularizar a artéria estenosada”. – O estilo de vida também contribui para o desenvolvimento da aterosclerose? Como diminuir os malefícios que essa doença provoca na população? “Uma das estratégias utilizadas no combate desta doença é a adoção de políticas públicas de prevenção da doença cardiovascular, já que ela é responsável por 30% da mortalidade em nosso país e no mundo. A educação familiar e nas escolas pode e deve representar um papel importante na adoção de hábitos saudáveis entre a população. A UFAM possui um programa de serviço à comunidade, o Clube do Coração, que é voltado para a prevenção primária e secundária da doença cardiovascular, atuando em escolas, repartições públicas e privadas”.

Fonte: http://clinicapetterson.com.br/aterosclerose/

Saúde do Coração

Aterosclerose


AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

029


Melhor Idade

Saudável na Aposentadoria Como se preparar para este período A aposentadoria, para muitas pessoas, representa um sonho: o merecido descanso, que proporciona a liberdade de poder viajar, conhecer novos lugares, praticar uma atividade diferenciada, enfim, ter tempo e disponibilidade para fazer tudo o que gosta. Porém, aceitar as mudanças definidas por esta época da vida pode representar um problema, com o surgimento de novas preocupações, como o fator socioeconômico e o sentimento de invalidez. “O significado atribuído à aposentadoria e à capacidade de planejamento são determinantes para o modo como é vivenciada. Mudanças no ambiente, esvaziamento da rotina e indisponibilidade de alimentos adequados são alguns fatores para o aparecimento de possíveis doenças. Este é um momento de mudanças sociais, emocionais e nutricionais, que reflete de forma positiva ou negativa, de acordo com os significados que lhe são atribuídos”, avalia a Dra. Zandra Valdez, especialista em Geriatria e Gerontologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) – RS. Outro fator que dificulta a adaptação ao novo estilo de vida é que muitos brasileiros se aposentam, mas ainda se sentem ativos e possuem o anseio de continuar a trabalhar, abrindo caminho para novos problemas de saúde, como ansiedade, preocupações e medos que surgem com esta realidade. Além disso, o trabalho ainda é visto pela sociedade como uma forma de recompensa para o lazer e uma vida confortável. Segundo a especialista, a lembrança da iminente chegada da velhice e o medo da exclusão econômica e social pode alterar os hábitos de vida destes indivíduos. “Por isso, a forma como estabelece suas relações com a sociedade, seu papel profissional e o modo de enfrentar perdas e adaptar-se a novas situações tem importante contribuição. A construção de outras fontes de satisfação, além do trabalho, torna

030| ANGÉLICA EM REVISTA | AGOSTO-2013 30

Dra. Zandra Elena Martins Valdez é graduada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – RS, especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria e Associação Médica Brasileira (ABP – AMB) (TEP), Especialista em Geriatria e Gerontologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) – RS.

mais fácil o enfrentamento desta fase, possibilitando uma reestruturação de sua identidade enquanto aposentado”. Além disso, o ambiente de trabalho pode compor o principal círculo social de muitas pessoas. De acordo com a médica, a falta dessa interação no período da aposentadoria pode causar diversos sintomas que comprometem a estrutura psíquica, como ansiedade, depressão ou insatisfação generalizada, alterando a qualidade de vida. “Evitar o empobrecimento das redes sociais e de atividades da vida diária é importante para impossibilitar o declínio cognitivo. Quanto maior a atividade física, intelectual, engajamento social, menor é o risco para doenças. Cuidados com alimentação também evitam a perda de peso. No período anterior à aposentadoria os momentos destinados à alimentação eram compartilhados com os colegas de trabalho, portanto, a reorganização destes horários é fundamental”. O caminho indicado é saber avaliar a situação de forma realista, ponderando as possibilidades financeiras e realizando um planejamento para este momento. Uma boa ideia é investir nas atividades e grupos sociais de apoio como Centros de Atenção Psicossocial, para descobrir outros talentos que proporcionem um novo prazer. “O período inicial de ‘lua de mel’ com a nova fase poder ser prolongado com investimentos em atividades lúdicas, trabalhos voluntários ou remunerados, desde que com uma carga horária menor. Aprender uma nova língua, fazer a sua inclusão digital, conhecer lugares novos vem a motivar e estimular, neste novo momento, como ser único e criativo. A aposentadoria bem sucedida é aquela com cuidados pessoais, familiares e elevada capacidade funcional (física e cognitiva)”, finaliza a Dra. Zandra.


ANÚNGSK

AGOSTO-2013| ANGÉLICA EM REVISTA |

031


Melhor branqueamento instantâneo, com

3x mais poder.

*

Não é creme dental é 032

ANGÉLICA EMUPREVISTA | AGOSTO-2013 * EXCLUSIVO PARA|O GEL DENTAL CLOSE DIAMOND ATTRACTION POWER WHITE. MELHOR BRANQUEAMENTO INSTANTÂNEO DE CLOSE UP. 3 VEZES MAIS INGREDIENTES DE BRANQUEAMENTO COMPARADO COM GEL DENTAL DE BRANQUEAMENTO INSTANTÂNEO DE CLOSE UP.


Angélica em Revista - Edição 13