Page 1

AGOSTO 2010 - EDIÇÃO 4

DICAS DE SAÚDE

Vinho faz bem ALIMENTAÇÃO

Aumente suas defesas SAÚDE MASCULINA

Andropausa MEIO AMBIENTE

Invenções que podem salvar o mundo

EM REVISTA


SUMÁRIO

EDITORIAL Um brinde aos pais A norte-americana Sonora Louise Smart Dodd queria um dia especial para homenagear o pai William Smart, um veterano da guerra civil, que ficou viúvo quando sua esposa deu à luz ao sexto bebê, tendo que criar os seis filhos sozinho. E assim teve origem o Dia dos Pais, em 1909, uma data dedicada especialmente a esses super-heróis, que estão sempre fazendo o possível e o impossível pelos seus filhotes e, muitas vezes, descuidando da própria saúde. Com a intenção de estimular o homem a cuidar melhor de si, o Ministério da Saúde iniciou a Política Nacional de Saúde do Homem. Motivada por esse princípio, a Angélica em Revista traz nesta edição uma série de conteúdos voltados ao público masculino. Trouxemos temas polêmicos e atuais, com avaliação de especialistas para o esclarecimento de assuntos que não ficaram claros à sociedade, e abordagens para ajudar a administrar a saúde e o estilo de vida. Dentre as matérias, organizamos um material sobre a Vacina H1N1 e seus possíveis efeitos colaterais, que andam assustando muita gente; doenças como Alzheimer e curiosidades sobre os benefícios do vinho. Sexualidade infantil, consumo de genéricos e uma vilã da saúde masculina, a Andropausa, também são assuntos abordados. Qualidade de vida é mais do que ter uma boa saúde física ou mental. É estar de bem com você mesmo, com a vida, com as pessoas queridas e tudo ao seu redor, e nossa missão é ajudar-lhes nesta árdua batalha. Tenham uma boa leitura e até a próxima edição!

05

Vacina H1N1

08

Viagra

10

Alimente suas Defesas

20

VALORES DA NOSSA TERRA

22

PERFIL

24

ANDROPAUSA

26

Genéricos

30

CULINÁRIA JAPONESA

Mitos e verdades

Bem-vindo à produção brasileira

Aumente a defesa do seu organismo

Entrevista com Fátima Silva

Edinalda Cunha: persistência e determinação

Homens, a prevenção é a melhor alternativa

11 anos de Sucesso

Com sabor Amazônico

pg.

Feliz Dia dos Pais! Renata Pinheiro

pg.

14

Meio Ambiente Invenções para salvar o mundo

pg.

16

SEXUALIDADE INFANTIL Eles também querem entender

Expediente Gerente Geral: Renata Pinheiro Gerente Comercial: Jane Machado Assessoria de Comunicação – Grupo SB: Jean Mara Tavares (Coordenadora de Marketing) Euler Gomes e Reideson Rocha (Design/Marketing), Kadmah Almeida (Relacionamento com Cliente)

12

ALZHEIMER Fatores que desencadeiam a doença

pg.

18

VINHO Faz bem à saúde

pg.

28

MEDICINÊS Quem consegue entender?

Projeto Gráfico e Diagramação: Editora Avant E-mail: avant_top@hotmail.com / Tel: (92) 3238-6328 / 9984-8700 UMA PUBLICAÇÃO TRIMESTRAL EDITADA PELA EDITORA AVANT. Todas as informações e fotos contidas nos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes. Todos os textos estão escritos e corrigidos conforme a nova Reforma Ortográfica. Os assuntos enviados ou assinados não representam necessariamente a opinião da revista.


Imunizar ou não, eis a questão

não confirmam associação entre a substância e o autismo. Outro conteúdo da vacina é o esqualeno, um componente comum em vacinas. Segundo o MS, ele é um complemento alimentar retirado do fígado do tubarão e não oferece risco ao sistema imunológico. Os especialistas informam que o uso de células animais em vacinas estão saindo do mercado, como a antirrábica, mas não há nenhuma relação com o câncer. A última avaliação realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em dezembro passado, registrou que os efeitos provocados pela vacina são reações leves, como dor local, febre baixa e dores musculares, que passam em torno de 48 horas. No ano passado, segundo um boletim do Ministério da Saúde, o Brasil foi o país com o maior índice de mortes causadas pela gripe H1N1 no mundo, motivo pelo qual realizou-se uma intensa campanha de vacinação. É importante não tirar conclusões precipitadas, e se informar. Você também pode contribuir para evitar que esse mal se espalhe. Adote medidas simples de higiene, como lavar as mãos depois de ir ao banheiro e antes das refeições. Evite tocar nos olhos e nariz, quando estiver em locais públicos. Ainda não há previsão para uma nova campanha. Fique atento e participe.

ALGUNS DADOS

Todos os dias estamos expostos a vírus, bactérias; e muitos outros vilões surgem quando menos esperamos, colocando nossa saúde em ‘xeque’. Com o corre-corre do dia a dia, quase não temos tempo para nos informar sobre o assunto, e descuidamos do nosso bem-estar. Ano passado, além da economia, o mundo enfrentou uma outra preocupante crise: o vírus H1N1, popularmente conhecido como gripe suína. Diante da ‘pandemia’, especialistas desenvolveram uma vacina na tentativa de controlar o vírus. E o Ministério da Saúde (MS) criou um calendário de vacinação, que gerou muitas polêmicas, das quais duas receberam maior destaque: a primeira por algumas idades ficarem de ‘fora’ da vacinação e a segunda, que perdura até hoje, sobre os supostos efeitos maléficos que ela causa ao ser humano. Uma mensagem anônima que circula na internet afirma que o medicamento possui substâncias capazes de provocar desde autismo entre crianças a problemas no sistema imunológico humano. O conteúdo assusta e põe em dúvida a população. Mas especialistas garantem que a vacina é segura. Eles acham natural as pessoas terem receio diante do excesso de críticas ao medicamento expostas em mensagens que circulam pela web, mas ressaltam que não há perigo. A polêmica começou em função do uso de substâncias na vacina como o timerosal, que é um derivado do mercúrio. Profissionais da saúde afirmam que a quantidade é pequena e não há registros de danos ao corpo. O Ministério da Saúde apenas recomenda que pessoas alérgicas a ela consultem um médico. Pesquisas recentes

Em foco

Vacina H1N1

No ano passado, foram registrados 2.051 óbitos em todo o país. Desse total, 1.539 (75%) ocorreram em pessoas com doenças crônicas e 189 entre gestantes. Adultos de 20 a 29 anos concentraram 20% dos óbitos (416, no total) e os de 30 a 39 concentraram 22% das mortes (454, no total). ANGÉLICA EM REVISTA

05


Aconteceu

Arraiá Grupo SB 2010 As festas juninas renovam sua tradição a cada ano, dentro da magia que caracteriza toda sua história, simbologia, cultura, folclore e muita diversão. Não há quem não goste de dançar uma quadrilha, curtir um forró, pular fogueira e ‘se acabar’ de tanto comer aquelas maravilhosas guloseimas como canjica, pamonha, pipoca, milho cozido, pé-de-moleque, bolo de fubá, batata doce e outras delícias do cardápio típico junino. Com público estimado em mais de três mil pessoas, a 6ª edição do Arraiá do Grupo SB reuniu colaboradores, familiares e amigos, em clima de pura descontração, no dia 19 de junho. O Arraiá vem superando cada vez mais as expectativas, tanto nas atrações quanto no entretenimento. A divertida festa contou com a participação dos Animadores de palco, Paraíba Branco e Palhaça Cafuxa, show das bandas Suá sem Dó e Xaxado, além de eventos paralelos e sorteio de prêmios.

Dia do Propagandista “Representar é viver intensamente a missão de traduzir em gestos, palavras e sentimentos, propostas para um mundo melhor.” Essa talvez seja uma reflexão sobre o trabalho do propagandista e a sua importância para a classe médica. Em comemoração ao seu dia, realizou-se um coquetel dançante no Zero Grau, para homenagear esta classe que vem fazendo um excelente trabalho com a equipe médica, divulgando e informando sobre lançamentos de produtos no mercado. O evento que aconteceu no dia 15 de julho, das 19h às 00h, reuniu gestores, propagandistas, gerentes, supervisores, compradores e colaboradores. Sob o som da voz de Fátima Silva, os convidados desfrutaram de músicas ecléticas, em noite de pura descontração. A comemoração já está em sua 4ª edição e dessa vez contou com um público estimado em 300 pessoas.

06

ANGÉLICA EM REVISTA


Ação Social

Lar Batista Janell Doyle

Compromisso com a cidadania Desde o momento em que nasce, toda criança se torna cidadã. E por isso, ela também tem direitos. Não é pelo fato de serem pequenas que são menos importantes. Muito pelo contrário: elas devem receber atenção especial, pois a infância é a fase mais importante da vida. Para garantir o direito desses ‘pedacinhos de gente’, o Lar Batista Janell Doyle cuida de crianças abandonadas pela família. Entre as acolhidas, também estão as vítimas de HIV, com necessidades especiais e câncer. A instituição filantrópica foi fundada em 12 de outubro de 1996, pela União Feminina Missionária Batista do Amazonas e idealizada pela sua presidente, Magaly Araújo. O Lar desenvolve programas como o sócio-familiar ‘Sonho de Criança’, que presta atendimento a 150 crianças de 0 a 5 anos e a seus familiares, moradores do bairro do Mauazinho. Geralmente, essas crianças pertencem a grupos familiares em situação de extrema carência, configurando-se num estado de vulnerabilidade social, com seus vínculos fragilizados, além de possuírem referências e valores morais distorcidos, dificuldades econômicas, afetivas e sociais para conquistar sua autonomia. Essa demanda sinaliza a dificuldade da família em assumir seus papéis fundamentais, considerando a situação de pobreza absoluta vivenciada e desencadeada em meio ao processo de exclusão. Dessa forma, as atividades visam incentivar a família e assistir às crianças, proporcionando-lhes subsídios para sua reorganização e resgate de suas funções básicas, através das seguintes ações: inserção em atividades produtivas, grupo de orientação sócio-familiar, atendimentos psicológicos individuais e em grupos, atividades lúdicas e recreativas, em período integral. O público atendido pela Instituição vem de todo o Estado, sendo encaminhado pelos Conselhos Tutelares, Juizado da Infância e da Juventude, e ainda pela Secre-

taria do Estado de Assistência Social (SEAS) e Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SEMDIH). As crianças e suas famílias são acompanhadas por uma equipe técnica multidisciplinar, envolvendo as áreas psicológica, social, enfermagem e pedagógica. Aos interessados em colaborar, a instituição aceita doações e busca o trabalho voluntário de profissionais que possam doar algumas horas por semana com prestação de serviço, como recreadores, médicos, professores de informática, música, inglês, artesanato, teatro, dança, entre outros. Há cinco anos, o projeto Criança Ajuda Criança tem o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis, brinquedos e roupas usadas e distribuir a entidades de apoio às crianças carentes sempre em outubro, no mês do Dia das Crianças. As arrecadações já começaram. Participe e colabore.

Criança Ajuda Criança 2010 O que pode ser doado? • Roupas • Sapatos • Brinquedos • Alimentos • Livros • Produtos de higiene pessoal

postos de coleta • Drogarias Angélica e FarmaBem • Supermercados Roma • Atacadão SB Log

INSTITUIÇÃO BENEFICIADA • Lar Batista Janell Doyle

PERÍODO DE DOAÇÕES

01/08 a 15/10 ANGÉLICA EM REVISTA

07


Bem-vindo à produção brasileira

O fim da patente era aguardada com ansiedade por todas as fabricantes de genéricos. Lançado no Brasil em 1998, o Viagra é indicado para homens com dificuldades para obter ou manter ereção durante a relação sexual. Está presente em mais de 125 países, sendo um dos medicamentos mais vendidos. Somente no ano passado, cerca de 7 milhões de comprimidos foram comercializados pela Pfizer no país, única fabricante do segmento. Não é hormônio, nem afrodisíaco. É um medicamento oral que serve para restaurar a função erétil do homem. Ele age no aumento do relaxamento do músculo liso do pênis. A enzima sobre a qual a droga atua especificamente é a Fosfodiesterase tipo 5 (PDE-5P), encontrada quase que exclusivamente no genital masculino, de modo que não afeta todos os demais músculos lisos do corpo, aumentando neles o influxo de sangue e determinando assim ereções firmes e prolongadas. A medicação é tão famosa que o produto para ‘disfunção erétil’ é conhecido mundialmente como Viagra, ou ‘pílula azul’. Um processo comum na propaganda, quando uma marca passa a representar uma categoria inteira, a exemplo da Bombril em vez de palha de aço, Xerox e não fotocópia; Maizena em vez de amido de milho, entre tantos outros exemplos. Agora com a produção brasileira e com preços mais acessíveis, a tendência é que se popularize mais ainda, uma vez que a unidade do produto pode custar um valor médio de até R$ 15. Em junho deste ano, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) liberou a fabricação do Viagra. Com a decisão, todos os laboratórios estão aptos a pedir o registro para comercializar o medicamento. Por lei, o genérico deve ser, no mínimo, 35% mais barato que o remédio de referência (no caso, o Viagra).

08

ANGÉLICA EM REVISTA

*Imagens ilustrativas. O termo Viagra foi usado na matéria por designar comumente o medicamento para disfunção erétil, e por ainda não haver uma nomenclatura registrada para denominação do genérico brasileiro.

Informativo

Viagra

A EMS, que inicialmente será única concorrente da Pfizer, uma das principais fabricantes de genéricos do país, ainda não divulgou valores do produto. Ano passado a empresa faturou em torno de R$ 2,45 bilhões. Segundo o vice-presidente de mercado da EMS, Waldir Eschberger Júnior, foram necessários três anos de pesquisa, e investimentos da ordem de R$ 20 milhões para viabilizar a fabricação do genérico. E, segundo a empresa, já há pedidos da ordem de R$ 1 milhão. Com o preço mais em conta, o centro das atenções se volta para o uso indevido da droga por homens, que mesmo sem necessidade, podem recorrer ao consumo do remédio, aliado com drogas. Lembrando que a medicação está contraindicada para àqueles que sofrem de hipertensão arterial, diabete melito, colesterol elevado, obesidade, e ainda por tabagismo e o fator idade. Sua indicação depende de uma avaliação médica completa. Não custa relembrar: nunca tome remédio sem prescrição médica, pois seu uso indevido, além de não se obter o efeito esperado, pode gerar outras complicações. Use o bom senso!

35%

barato 7 milhões mais é a estimativa anunciada

de comprimidos com a produção nacional foram comercializados agora oficializada pela Pfizer no país, pelo STJ. única fabricante do segmento, somente 1 MILHÃO no ano passado. é o número de pedidos O medicamento é que a EMS tem antes comercializado em mesmo de iniciar 125 países. a produção, informa a produtora do genérico brasileiro.


Alimentação

Alimente suas Defesas Muito mais que vitaminas, sais minerais e fibras A cada dia, pesquisadores revelam novas estruturas fantásticas e comprovadamente eficazes para combater vírus, destruir coágulos sanguíneos, impedir oxidações, proteger contra diabetes, colesterol, arteriosclerose e até mesmo o tão temido câncer. Já pensou que a natureza pode ser a resposta para a cura de todos os males que afligem a saúde do ser humano? Alimentos e milagres têm mais coisas em comum do que se pode imaginar. Uma alimentação saudável é fator importante para a saúde e consequentemente para a qualidade de vida das pessoas, pois tem influência no bem-estar físico e mental, no equilíbrio emocional, na prevenção de agravos à saúde e no tratamento de pessoas doentes. “É preciso manter uma alimentação equilibrada e adaptada ao cotidiano. Quando falo em equilíbrio, quero dizer que não basta ter uma alimentação saudável e ser um sedentário, é preciso estabelecer uma harmonia entre ambas as partes”, ressalta o nutricionista Antônio Neto, em entrevista exclusiva para a Angélica em Revista. Hábitos alimentares adequados como o consumo de alimentos pobres em gorduras saturadas e ricos em fibras

FONTES ALIMENTARES

10

presentes em frutas, legumes, verduras e cereais integrais, juntamente com um estilo de vida saudável, exercícios físicos regulares, ausência de fumo e moderação no consumo de álcool, passam a exercer papel de peça-chave na diminuição do risco de doenças e na promoção da qualidade de vida, desde a infância até o envelhecimento. Você sabia que podemos identificar muitas das propriedades existentes nos alimentos através das suas cores? Elas são determinadas pela presença dos pigmentos, que além de colorir, desempenham papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas. Os alimentos vermelhos, por exemplo, possuem uma substância chamada licopeno, que age como antioxidante e é responsável pela cor vermelha do morango, tomate, melancia, framboesa. Com toda a certeza, uma dieta colorida tem mais chances de ser mais saudável. Abaixo veja uma tabela com alimentos e suas respectivas ações no organismo, que o nutricionista Antônio Neto, da Amazon Nutri Clinic, disponibilizou para aumentar nossas defesas.

AÇÕES NO ORGANISMO

Abóbora, cenoura, mamão, manga, damasco, espinafre, couve

Antioxidante que diminui o risco de câncer e de doenças cardiovasculares

Tomate, melancia

Antioxidante relacionado à diminuição do risco de câncer de próstata

Frutas, legumes e verduras em geral e cereais integrais

Redução do risco de câncer de intestino e dos níveis de colesterol sanguíneo

Soja, inhame

Redução dos níveis de colesterol sanguíneo e do risco de doenças cardiovasculares

Peixes de água fria, frutos do mar e óleo

Redução dos níveis de colesterol

Óleos vegetais como azeite, óleo de canola, milho e girassol, nozes, soja e gergelim

Efeito protetor para as doenças cardiovasculares

Azeite de oliva

Efeito protetor sobre cânceres de mama e próstata

ANGÉLICA EM REVISTA

Antônio Neto, Nutricionista da Amazon Nutri Clinic


Saúde

Alzheimer

Pacientes submetidos a testes cognitivos podem reagir utilizando desculpas para tentar ocultar suas dificuldades de lembrar fatos já vividos

Considerada a causa mais comum de demência, a Doença de Alzheimer (DA) é uma enfermidade do cérebro que compromete a memória, o raciocínio e a comunicação do indivíduo. Do ponto de vista estatístico, os números são alarmantes: só em 2006, foram diagnosticados cerca de 15 milhões de pessoas no mundo. Toda pessoa com a possível DA deve ser submetida à minuciosa averiguação, com entrevista detalhada, exame físico, avaliação cognitiva breve, análises laboratoriais, tomografia computadorizada do crânio, eletrocardiograma, RX de tórax e ainda, exames como eletroencefalograma e avaliação neuropsicológica completa podem ser solicitados durante o processo de diagnóstico. Para ajudar alguém que sofre do mal, o primeiro passo é aprender tudo o que puder sobre a doença. Uma alternativa sensata de ajudar a pessoa doente e a si mesmo. A DA provoca mudanças nas áreas do cérebro que controlam a memória e o raciocínio. É por este motivo que as pessoas portadoras têm dificuldade em levar uma vida normal.

12

ANGÉLICA EM REVISTA

Geralmente, a patologia afeta as pessoas acima de 65 anos. Quanto mais idosa a pessoa for, maior a probabilidade de desenvolver, mas todos (independente da idade) estão sujeitos a ela. Em casos raros, o Alzheimer pode ser uma doença familiar, mas há outros em que apenas uma pessoa da família é afetada. O tratamento é individual e cada caso tem suas particularidades. Os medicamentos podem amenizar os sintomas em algumas pessoas, e só um médico determinará qual a medicação apropriada. A psicóloga e Diretora do Departamento Social de Saúde ao Idoso da Fundação Dr. Thomas (FDT), Dulce Mendes, diz que em relação ao Alzheimer, quase tudo ainda é indefinido. Estudos recentes mostram que o uso de ácidos graxo-ômega 3 e 6, os antioxidantes, alguns micronutrientes como o fósforo e as vitaminas dos complexos B, E e C ajudam na prevenção da doença. “A DA é uma doença cerebral e não de envelhecimento normal. Não se sabe ao certo porque é ocasionada, e por isso não há métodos de prevenção ou cura”, completa.


“Como essa doença afeta muitas pessoas e os cuidados que exigem oneram tanto as famílias quanto ao governo, há grande interesse em promover pesquisas e programas de cuidados.” Dulce Mendes, Psicóloga e Diretora do Departamento Social de Saúde ao Idoso da FDT, Manaus

Mas a psicóloga se mostra confiante com os avanços da medicina no setor. “Há esperança. Hoje em dia, os cientistas sabem muito mais sobre o cérebro e seu funcionamento. Como essa doença afeta muitas pessoas e os cuidados que exigem oneram tanto as famílias quanto ao governo, há grande interesse em promover pesquisas e programas de cuidados”. O neurologista e neurocirurgião que assiste à pacientes da Fundação Dr. Thomas, Carlos Tadeu, conta com 18 anos de experiência no ramo. Ele aponta que os principais fatores de risco de um paciente ter DA são: idade avançada, histórico familiar de demência, Acidente Vascular Cerebral (AVC), doença de Parkinson e traumatismo craniano grave. O médico acredita que o aperfeiçoamento das técnicas para um diagnóstico mais precoce, uma farmacoterapia ampla e disponível, e um bom nível de informação através da literatura, são boas alternativas para combater o mal.

diárias. As manifestações mais comuns são a apatia, irritabilidade e instabilidade emocional, chegando ao choro fácil, ataques inesperados de agressividade ou resistência a carinhos. Quarta (terminal): Nesta fase, o indivíduo encontra-se completamente dependente das pessoas que o cercam. A linguagem está seriamente comprometida, evoluindo para a perda. Apesar da perda da linguagem verbal, os indivíduos podem compreender e responder com sinais emocionais. A evolução da doença é progressiva e culmina com a morte, que geralmente é causada por um outro fator externo (pneumonia, por exemplo). Informações: Fundação Dr. Thomas End. Rua Doutor Thomas, 798 - Nossa Sra. das Graças Telefone: (92) 3236-9629

Carlos Tadeu explica as quatro fases da doença: Primeira: O sintoma primário mais notável é a perda de memória a curto prazo, (dificuldade em lembrar fatos aprendidos recentemente). O indivíduo perde a capacidade de dar atenção a algo, a flexibilidade no pensamento e o pensamento abstrato; a apatia também é um sinal bastante comum, além de desorientação no tempo e espaço. Segunda (demência inicial): Começam os primeiros sintomas relacionados a dificuldade na linguagem, na percepção (agnosia), execução de movimentos (apraxia) e diminuição da coordenação. Terceira: A degeneração progressiva dificulta a independência. A dificuldade na fala torna-se evidente devido à impossibilidade da lembrança de vocabulário. Progressivamente, o indivíduo vai perdendo a capacidade de ler e de escrever e deixa de realizar as mais simples atividades

Sobre a Instituição - FDT A Fundação de Apoio ao Idoso ‘Dr. Thomas’, de acordo com o Decreto nº 5.482/2001, tem a função de coordenar, acompanhar e avaliar a política de promoção e assistência social da pessoa idosa em Manaus. Desenvolve três programas permanentes: de Longa Permanência, Atendimento Domiciliar ao Idoso e o Conviver. Tem como objetivo o atendimento assistencial de pessoas de ambos os sexos, a partir de 60 anos, que carecem de suas necessidades físicas e biopsicossociais. A eles são oferecidas seis refeições por dia e ainda atendimento e acompanhamento médico.

ANGÉLICA EM REVISTA

13 13


Meio Ambiente

Meio Ambiente Invenções que podem salvar o mundo O aquecimento global tem sido um dos tópicos mais debatidos no mundo. Todo ano, 30 bilhões de toneladas de gás carbônico são jogadas na atmosfera. Além disso, a frota mundial de veículos já chegou a 1 bilhão. E, se você está achando muito, a previsão é que, daqui a 25 anos, sejam 2 bilhões. Daí nos perguntamos, com tanta modernidade, pesquisas e descobertas: A tecnologia pode salvar o planeta? As pesquisas por fontes não-poluentes de energia mostram que sim. Descobrir formas limpas de fazer funcionar eletrodomésticos, carros e outros equipamentos que tornam a vida mais confortável, é um dos maiores desafios deste século. A seguir, confira alguns inventos e ações que prometem amenizar o quadro de previsões catastróficas, e construir um planeta mais sustentável. • Guarda-sol para proteger a Terra A ideia do cientista Roger Angel, o homem que construiu as lentes do telescópio mais poderoso do mundo, é proteger o planeta inteiro com o uso de um guarda-sol. O que complica é a execução: o guarda-sol planetário seria composto por 16 trilhões de discos de vidro escuro colocados entre a Terra e o Sol. Ele reduziria em 2% o impacto dos raios solares na Terra, o que já poderia ser suficiente para controlar o aquecimento global. • Combustíveis fósseis já eram Ted Nordhaus e Michael Schellenberger, chamados pós-ambientalistas americanos, acreditam que em alguns anos, o carro vai rodar com álcool produzido a partir de uma planta qualquer, de maneira mais eficiente que a cana-de-açúcar ou a eletricidade, através de usinas que captam a energia solar, eólica ou de hidrogênio. • Concreto verde Nikolaos Vlasopoulos, chefe da empresa londrina Novacem, quer produzir um material que absorva mais CO2

14

ANGÉLICA EM REVISTA

do que foi emitido na fabricação de concreto. Ele misturou óxido de magnésio à formula e descobriu que ele reage com o CO2 da atmosfera para gerar carbonatos. E isso deixa a mistura do cimento mais resistente enquanto captura o gás. • Plantar uma floresta no mar O cientista Ian Jones quer jogar ureia no oceano e assim aumentar a quantidade de fitoplâncton – que tem grande capacidade de absorver gás carbônico. Ele propõe instalar tubulações que levem a substância diretamente de fábricas de fertilizantes para regiões do mar pobres em fitoplâncton. Com isso, a proposta é reduzir o aumento do buraco da camada de ozônio. • Energia Investigação em energia solar – em especial, como armazenar e distribuir de forma eficiente. Em grande escala, essas soluções seriam um caminho para um sistema energético, no qual a energia solar, eólica, nuclear, geotérmica e hidrelétrica fornecerá mais de 80% da eletricidade, prevê Daniel M. Kammen, diretor do Laboratório de Energia Renovável e Apropriada, Berkeley. • Aviões movidos à luz solar A cada mês, o avião Solar Impulse se prepara para mais um teste. No dia 8 de julho, ele ficou no ar por 26 horas, funcionando apenas com a luz do sol que coletou durante o dia, sem usar combustível ou causar qualquer espécie de poluente. Os cientistas acreditam conseguir voar ao redor do globo, movido apenas por sol, em 2013. Hoje, grande parte dos problemas encontrados no meio ambiente não está na falta de informação, mas na falta de conscientização das pessoas, que ignoram o que podem fazer para evitar esses males. Há muitas maneiras de salvar o planeta. Adote uma!


Comportamento Infantil

Sexualidade Infantil Eles também querem entender

A inocência e a pureza das crianças encanta os adultos. Elas aprendem a sentar, andar, falar e a perguntar. A famosa fase dos ‘porquês’, além de engraçada, são questionamentos infantis que os pais e tios ‘babões’ tiram de letra e respondem, sem pestanejar. Mas crianças são curiosas e, apesar de pequeninas, percebem a diferença física entre homens e mulheres, e no próprio corpo, e daí as perguntas já não se tornam mais tão engraçadas. Essa percepção pode ser apresentada desde cedo, muito antes do que muitos pais imaginam. As crianças conseguem observar que somos diferentes em nossa formação, afinal meninos possuem características diferentes das meninas, sejam estas biológicas, anatômicas ou emocionais como afirma Samadah Míriam Litaiff, psicóloga organizacional do Colégio Dom Bosco, em Manaus.

16

ANGÉLICA EM REVISTA

Diante de tantas perguntas ‘embaraçosas’, Samadah dá a dica: “É importante que a criança tenha uma resposta à sua indagação, e que seja de forma clara e correta, que demonstre segurança na informação a ser passada e sem ‘estórias’. Ou seja, o importante é falar a verdade e de maneira natural. Afinal, temos que criar nossos filhos para a vida, tendo esse processo que se dar de maneira respeitosa, real e amorosa”. Os irmãos mais velhos também podem ser valiosos aliados dos pais nessa tarefa, desde que saibam como esclarecer as dúvidas ao caçula, de forma responsável. Papais e mamães não devem nunca ignorar os questionamentos dos filhos sobre o assunto, ou ainda, confiar em informações paralelas, como televisão, amigos, escolas, livros, revistas, publicidade, etc. Os pais não devem entrar em choque quando surpreenderem o filho acariciando o ‘pintinho’.


“Muitas vezes existe o discurso machista de que, no caso de filha mulher, é responsabilidade da mãe e, se for menino, é responsabilidade do pai. Mas, entendemos que os dois são responsáveis pela formação da criança como um todo”. De acordo com a psicóloga, esse comportamento é normal. “Somos feitos de hormônios, as sensações são despertadas, esse processo é normal em qualquer indivíduo em seu desenvolvimento. É papel dos pais intervir, mas de forma madura, sem que essa intervenção venha a assustar o menor”. Como forma de amenizar a situação, pais e responsáveis tendem a criar nomes infantis e fictícios para designar a parte genital dos menores. A psicóloga acredita que é muito importante educá-los de maneira adequada, observando a maturidade da criança. Por isso, ela recomenda orientar as crianças de maneira transparente, usando com naturalidade os termos vagina e pênis, durante as conversas. Hoje em dia, as crianças em sua maioria, já sabem que o nenêm ‘sai da barriga da mãe’. Mas esta é um das respostas mais simples. Outras perguntas complementares, mais profundas, suscitam dúvidas e ansiedade no momento de serem respondidas, principalmente quando questionam: – Como o bebê entrou na barriga da mamãe? Importante é frisar que as crianças são inteligentes e capazes de assimilar tudo o que os adultos explicam e que desde a fase da amamentação, tomar banho e até deixar de usar fraldas, tudo contribui para o seu bem-estar e desenvolvimento saudável. E claro, a cada etapa da vida, as curiosidades vão crescendo. Acompanhe como os pais podem ajudar seus filhos nesse ciclo tão especial. E para falar mais um pouco sobre o assunto, a psicóloga Samadah responde a algumas perguntas.

no e sim o seu desenvolvimento como um todo”. – Qual é o papel dos pais nessa fase? A responsabilidade pesa mais para o lado da mãe? “Cabe aos responsáveis, pai e mãe, orientar os seus filhos, pois ambos têm a mesma responsabilidade. Muitas vezes existe o discurso machista de que, no caso de filha mulher, é responsabilidade da mãe e, se for menino, é responsabilidade do pai. Mas, entendemos que os dois são responsáveis pela formação da criança como um todo”. A sexualidade é um assunto que provoca desconforto e constrangimentos àquele que educa e muitas vezes, está associada aos aspectos morais, que acaba por ser vinculado a algo pecaminoso. Por isso, os pais representam um papel fundamental nessa fase da vida infantil. “Queridos pais, queremos enfatizar a necessidade da vossa responsabilidade na formação diária dos vossos filhos, sem medo e sem receios, pois o importante é que as primeiras lições sejam aprendidas em casa, considerando que o mundo está cheio de informações erradas e equivocadas, e não podemos deixar que o mundo adote nossos filhos.”, finaliza Samadah.

– Como fazer com que as crianças entendam, numa linguagem clara e simples, sobre as diferenças de sexo? “A naturalidade é fundamental na hora de tratar aspectos voltados à sexualidade”. – É importante para elas saber essa diferença? “Sim, pois lidamos com questionamentos, e a curiosidade é nata no indivíduo. As crianças percebem que os biotipos entre meninas e meninos são diferentes”. – E na escola? Que papel representa a professora nessa fase de descoberta? “A escola é a segunda esfera de sociabilização do indivíduo, cuja contribuição nesta formação não é pequena, embora não seja a responsabilidade total da mesma, pois é em casa que tudo começa. A escola entra no suporte necessário para o desenvolvimento do aluno, lembrando que ela se preocupa não apenas em propiciar o desenvolvimento cognitivo do alu-

Samadah Míriam Litaiff, psicóloga organizacional do Colégio Dom Bosco ANGÉLICA EM REVISTA

17


Dicas de saúde

Vinho Faz bem à saúde Você já deve ter ouvido falar que ele faz bem ao coração, previne contra uma série de doenças, reduz a formação de placas de gordura nas veias, evita a oxidação das células, melhora a circulação, aumenta o bom colesterol. Mas será que ele é tão milagroso assim? A polêmica é antiga. Entretanto, já se descobriu que os efeitos benéficos do vinho, especialmente o tinto, devem-se aos flavonoides e ao resveratrol das uvas. Os flavonoides são substâncias antioxidantes conhecidas por aumentar o HDL (colesterol bom), diminuir o risco de entupimento das artérias coronárias (aterosclerose) e ainda ajudam a baixar a pressão arterial. O resveratrol é uma substância encontrada naturalmente em diversas plantas, como na casca das uvas. Em experimentos com ratos de laboratório, o resveratrol tem efeito anticâncer, anti-inflamatório, redutor da glicemia e outros benefícios cardiovasculares. Logo, qualquer alimento que contenha uva, fará bem à saúde humana. Por esse motivo, recomenda-se o uso diário do vinho tinto. Entretanto, não se deve esquecer que o vinho tinto também contém álcool, popular nas pesquisas científicas por causar danos em quase todo o corpo. Além dos danos físicos, o consumo de álcool também é grande responsável por acidentes de trânsito, problemas conjugais, familiares e sociais, se ingerido com excesso. Estudos recentes indicam que o suco natural de uva pode ter os mesmos benefícios cardiovasculares do vinho tinto. Esta é uma boa notícia para quem quer os benefícios da uva sem os efeitos indesejáveis do álcool. Existe atualmente grande variedade de sucos integrais de uva disponíveis no mercado, muitos deles sem açúcar, conservantes ou outros aditivos químicos. Outra opção seria comprar uvas vermelhas em caixas e produzir o suco em casa. É mais trabalhoso, mas, sem dúvida, muito saudável e nutritivo. Mas para os que não abrem mão de um bom vinho, ele trará os devidos benefícios à saúde se apreciado com moderação. Cada país apresenta uma quantidade de ingestão de álcool recomendada e vários fatores são levados em consideração, como: sexo, idade, constituição física, condições de saúde e uso de certas substâncias (como drogas e medicamentos). No Brasil, a recomendação de ingestão para o homem é de 30g de álcool por dia, enquanto para as mulheres, por diversas razões, recomenda-se 15g.

18

ANGÉLICA EM REVISTA


Valores da Nossa Terra

♫ Fátima Silva Um repertório rico e eclético

‘Quem canta, os males espanta’, diz o jargão popular. Dona de uma voz marcante, Fátima Silva, 45, é capaz de espantar até os mais temidos. Nascida em Manaus e com 24 anos de carreira, a cantora considera a música algo tão indispensável quanto o ar que respira. “Ela é minha alma e essência”, assume. Foi influenciada por grandes nomes da música brasileira, como Lívia Mendes, Maria Bethânia, Gal Costa, Elis Regina, Leci Brandão e, principalmente, pela ‘sua adorada’ Alcione. Começou a cantar aos 21 anos de idade, porque as condições financeiras na época, não eram favoráveis. E desde então, não conseguiu mais parar. Cantava em bares e praças da cidade, revelando um timbre grave, vigoroso, com estilo próprio. O que logo despertou a atenção de muitas pessoas. E assim surgiram as primeiras oportunidades. Autodidata, nunca frequentou uma escola de música. Estudou e aprendeu sozinha suas próprias técnicas vocais. Confessa que o ‘Zero Grau’, onde se apresenta há 19 anos, foi sua verdadeira escola. A cantora já realizou shows em várias cidades brasileiras ao lado de grandes artistas, e participou de eventos com grandioso mérito para a cultura manauara. Uma música que não pode faltar em suas exibições é ‘Explode Coração’, uma composição de Gonzaguinha. “Além de ser a minha preferida, mexe com o meu sentimento”, ressalta Fátima. Conhecida por seu repertório eclético e pelo frescor da sonoridade de sua voz, ela canta de tudo um pouco. Fátima diz não ter preconceito com as mais diversas variações musicais e que ouve todos os ritmos, enriquecendo assim, o repertório musical. Preocupada em agradar seu público, ela canta estilos variados.

20

ANGÉLICA EM REVISTA

Quando questionada sobre o fato de Manaus não ser um campo de muitas oportunidades para o ramo musical, ela reconhece que aqui não é o paraíso dos músicos e diz que temos muitos talentos, mas que pela falta de investimento e reconhecimento, pessoas que poderiam se tornar verdadeiros sucessos, acabam simplesmente caindo no rol do esquecimento. E essa falta de aprovação e aparente preconceito, ocorre por parte dos próprios habitantes da cidade. Para os que desejam prestigiar esta bela voz e conhecer um pouco mais a respeito deste talento que tanto contribui para enriquecer nossa cultura, faça uma visita ao Zero Grau. Um lugar divertido, que atende aos mais variados gostos. Ou adquira o CD ‘Quebra Cabeça’, com os maiores sucessos de Fátima, à venda no Zero Grau e ainda no Teatro Amazonas.


Perfil

Edinalda Cunha Persistência e determinação Como já dizia Charles Chaplin: ‘Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia’. Essa é a máxima de Edinalda Cunha, 45, que trabalha há quase 8 anos na Drogarias Angélica e cursa o 5º período de Administração. Para conquistar objetivos é necessário coragem, ética, determinação, uma pitada de sorte e paciência. Ingredientes básicos para a fórmula da realização pessoal e o princípio ativo do perfil de Edinalda, que, como uma típica escorpiana, acredita que a diferença entre o possível e o impossível está na determinação de uma pessoa. Se ela encontrasse uma lâmpada mágica e pudesse fazer três pedidos ao gênio, sabe quais seriam? Saúde, conhecimento e sucesso! Ficaria ao lado das pessoas que ama, se tivesse apenas uma semana de vida; aprendeu a não julgar as pessoas com seu último erro e considera o nascimento da primeira filha a experiência mais marcante de sua vida. Na Drogarias Angélica, sua trajetória profissional começou da seguinte forma. Edinalda conta que iniciou como copeira e passou 3 meses numa sala recepcionando clientes, servindo café e água. Tempo suficiente para perceberem sua competência. Em seguida assumiu o cargo de secretária. Depois disso, migrou por vários outros setores até, finalmente, chegar ao administrativo, e foi nele que passou a ter uma visão mais abrangente a respeito do funcionamento das lojas. Como gosta de superar desafios, passou a almejar o cargo de gerenciamento. E para ganhar experiência na função, tornou-se voluntária. Assim permaneceu pelos cinco meses que se seguiram. Diante do conhecimento que adquiriu e por reconhecimento de seu potencial e esforço, foi convidada a fazer parte da equipe de supervisoras de convênio. Uma verdadeira prova de que com persistência é possível alcançar qualquer objetivo. Enquanto

22

ANGÉLICA EM REVISTA

estiver buscando alcançar suas metas, ninguém poderá dizer que seja um derrotado, pois sempre haverá uma oportunidade de virar o jogo. O fracasso só surge para aqueles que desistem. No momento da desistência é que a partida realmente termina. A história de Edinalda, realmente serve de exemplo e fonte de inspiração para muitas pessoas. São sete anos e oito meses de dedicação e amor ao trabalho. Ela acredita que a harmonia tanto no âmbito familiar quanto no profissional e social é de suma importância. Confira abaixo, um pouco mais de seu perfil. – Seu nome “Edinalda é originário do grego e tem como significado a prosperidade eterna”. – A Edinalda mãe é... “Protetora, dedicada e amiga”. – E a Edinalda, Supervisora de Convênio das Drogarias Angélica, é... “Atenciosa, responsável e comprometida”. – Uma frase “Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível”. – Filosofia de vida “Viver em harmonia tanto no âmbito familiar quanto no profissional e social”. – Considerações finais “Agradeço a Deus, em primeiro lugar, e às Drogarias Angélica pelas oportunidades recebidas e pela confiança que me foi concedida”.


Saúde Masculina

Andropausa Para garantir mais qualidade de vida ao homem, a prevenção é a melhor alternativa Muitas doenças masculinas surgem com a idade. Elas comprometem a qualidade de vida e podem causar sérios danos quando não recebem acompanhamento médico. Em muitos casos, o tratamento é simples e eficaz. Mas, infelizmente, ainda existe uma grande resistência, por parte deles, em relação a consultas médicas, principalmente as preventivas. E quando vão ficando mais velhos, muitas queixas e até mesmo doenças graves aparecem. A andropausa é o período em que o homem passa por mudanças hormonais, fisiológicas e químicas. Isso acontece entre os 40 e 50 anos, embora haja relatos de casos em que possam ocorrer aos 35 ou aos 65. A patologia causa alterações na saúde masculina e afeta todos os aspectos da vida, como: dificuldades para conseguir ter ou manter a ereção; perda de interesse por sexo; problemas nas relações que repercutem diretamente no funcionamento sexual da parceira, e ela por sua vez passa a se sentir rejeitada. Segundo especialistas, qualquer que seja a origem da disfunção sexual, uma vez iniciada a interação de fatores psicológicos, físicos e interpessoais, é muito difícil para o homem recuperar o equilíbrio. Portanto, é de suma importância que a classe masculina passe a adotar medidas de prevenção mais cedo. Para entender mais sobre a andropausa, a médica Caroline Coimbra esclarece algumas dúvidas. Ela é especialista em Endocrinologia no Hospital dos Servidores do Rio de Janeiro, e possui especialização em Medicina Ortomolecular pela Sociedade Ortomolecular do RJ (SOMORJ).

são esses tratamentos? “O tratamento da andropausa consiste na reposição hormonal, porém os pacientes devem ser submetidos a controle regular da próstata através do toque retal e da dosagem do PSA, um tipo de exame sanguíneo”. – A medicina moderna oferece outras alternativas de tratamento? Quais? “Existem diversos tipos de testosterona: intramuscular, implantes, oral, trandérmico e bucal. A escolha deve ser individualizada para cada paciente”. – Você acredita que o que já foi divulgado na mídia é suficiente para que o homem cuide mais da saúde? “A saúde masculina é negligenciada pelo próprio homem. Se houver mais divulgação sobre riscos, sintomas e tratamentos disponíveis, maior será o interesse para cuidarem da própria saúde. Políticas nacionais da saúde do homem estão sendo feitas, porém se cada homem for multiplicador da sua própria saúde, o resultado seria mais eficaz”.

– Quais os fatores para que o homem ‘adquira’ a andropausa? “A partir dos 30 anos ocorre diminuição dos níveis de testosterona sanguínea, isto é inversamente proporcional ao aumento da prevalência do Câncer de Próstata (CP). O valor do PSA é diretamente proporcional ao risco de CP”. – O tratamento de reposição hormonal com testosterona melhora os sintomas e a qualidade de vida? Como

24

ANGÉLICA EM REVISTA

Caroline Coimbra, Especialista em Endocrinologia e Medicina Ortomolecular


Negócios

Com 11 anos de sucesso, eles representam uma economia de 13,7 bilhões Eles estão completando 11 anos de estrada, e mesmo assim, ainda continuam dividindo opiniões. Em 1999 foi criada a Lei 9.787, que implementou os medicamentos genéricos no Brasil. A medida propiciou aos pacientes brasileiros descontos de até 65% em relação ao preço dos remédios com marca de laboratório. Entretanto, ainda há resistência quanto ao uso. Em 11 anos, os consumidores brasileiros economizaram R$ 13,7 bilhões com a aquisição destes medicamentos no lugar do produto de marca. Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró-Genéricos), a estimativa para este ano é conquistar 22% de participação no mercado total. Até novembro do ano passado, as vendas do produto somaram R$ 4,8 bilhões. O medicamento genérico é aquele que contém o mesmo fármaco (princípio ativo), na mesma dose, forma farmacêutica e com a mesma indicação terapêutica do medicamento de referência. O genérico é o único que pode substituir o de referência, por apresentar os mesmos efeitos e a mesma segurança. Como não tem marca, o que se lê na embalagem é o princípio ativo do medicamento. Atualmente, está apto a produzir medicamentos genéricos qualquer laboratório registrado junto à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e ao Ministério da Saúde (MS), de acordo com a Resolução 135, de 29 de maio de 2003. A comercialização do produto só pode ser efetuada quando o prazo da patente dos medicamentos de marca tiver expirado, que é de vinte anos geralmente. O uso do medicamento não dividiu a confiança apenas dos pacientes, como também dos médicos. Para ajudar a desvendar a confusão, a Anvisa investiu fortemente no programa de qualidade dos laboratórios, que produzem os genéricos, e hoje, eles são confiáveis. Contudo, a grande barreira a ser quebrada provém da falta de informação dos consumidores e ainda de muitos médicos em relação à qualidade deles. Desde o seu lançamento, o mercado vem crescendo,

26

ANGÉLICA EM REVISTA

estimulou e transformou a indústria farmacêutica nacional e mundial. Democratizou o acesso aos medicamentos, principalmente ao público com menos recursos financeiros, que aos poucos passaram a acreditar na eficácia do produto. Confira alguns dados a seguir. Atualmente são 15.405 apresentações classificados como genéricos no País. No entanto, alguns dos mais aguardados, por serem consumidos em larga escala, ainda não chegaram ao mercado, como ao que combate ao colesterol e os novos anticoncepcionais. Acesse o site www.anvisa.gov.br para lista completa. Confira alguns mais procurados. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18.

Acetonido de Triancinolona Ácido Acetilsalicílico Aminofilina Amoxicilina Ampicilina Ampicilina Sódica Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetorolaco de Trometamina Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Clomipramina Cloridrato de Doxorrubicina Cloridrato de Nortriptilina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ticlopidina Diclofenaco Sódico Dipirona Sódica Glimepirida Pamidronato Dissódico

Fonte: Ministério da Saúde (MS/2009).


Faz bem saber

Medicinês Mesmo com novas regras, profissionais de saúde ainda não são claros em suas receitas

Você já deve ter ouvido a famosa frase: “sua letra é igual a de um médico”. E ao contrário do que se possa imaginar, isso não deve ser considerado um elogio, pois significa que a grafia não é nada legível. Por muitos anos, foi atribuído que o médico deveria escrever ‘garranchos’ para prescrever a medicação. Essa prática não deveria acontecer há pelo menos 35 anos, data quando o governo criou uma lei federal proibindo médicos de escreverem de forma não legível nas receitas. Além da lei, existe um Decreto Federal e um artigo no Código de Ética Médica que obriga o médico a escrever de forma clara o que está prescrito na receita. O não cumprimento dessa prática pode causar punições e mesmo a cassação do médico e do farmacêutico que vender o medicamento errado por causa da má interpretação, segundo o Conselho Federal de Medicina e o Conselho Federal de Farmácia. O farmacêutico também precisa estar atento. Ele é quem ‘traduz’ os borrões médicos. Sua participação é de extrema importância, portanto, devolva a receita se não entender o que está escrito. Letra feia não significa necessariamente escrever medicinês e a prática foi novamente condenada pelo Conselho Federal de Medicina em seu novo Código de Ética Médica lançado neste ano. O médico pode sofrer até cinco penas: uma advertência confidencial, censura confidencial restrita ao prontuário médico, ser julgado pelo Conselho, sofrer censura pública divulgada no Diário Oficial e no jornal de circulação do Conselho em que ele é inscrito e, com isso, sofrer suspensão do exercício profissional em 30 dias, ficando proibido de exercer a profissão e até sofrer a cassação do exercício profissional. Mas o rigor nas punições só será válido se houver denúncia formal contra o médico feita na sede do Conselho Regional de Medicina (CRM) do Estado onde mora o paciente e onde o médico atua, ou comunicado por e-mail. Nas duas, o paciente terá que deixar seu nome e

28

ANGÉLICA EM REVISTA

dados. Antes de abrir o processo, o médico é chamado a comparecer ao CRM, onde prestará esclarecimentos. Nos centros urbanos, a tecnologia é uma boa aliada, e o uso de impressoras para processar a receita é uma alternativa inteligente para evitar os borrões médicos. No âmbito rural ou em comunidades carentes, vale utilizar a ética profissional e por a lei na prática: escrever corretamente, de forma legível. Uma das principais intenções nas alterações no código de ética é melhorar a relação entre médico e paciente. O novo código aborda assuntos complexos como a decisão no caso de um paciente em estado terminal e outros mais simples, além do médico escrever de forma legível, o que deve melhorar, e muito, a vida do paciente na hora de comprar um medicamento. Abaixo, confira algumas das mudanças que entraram em vigor no dia 13 de abril deste ano:

• Letra legível: É proibido receitar, atestar ou emitir laudos de forma secreta ou ilegível, sem a devida identificação de seu número de registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). • Falta em plantão: Proibida e agora incluída uma cláusula que responsabiliza o estabelecimento de saúde, que pode ser advertido, notificado e, na reincidência, até descredenciado. • Receita à distância: É vedado prescrever tratamento ou outros procedimentos sem exame direto do paciente, salvo em casos de urgência, impossibilidade comprovada de realizá-lo. • Abrangência: Vale não apenas para médicos com contato direto com o paciente, mas também para aqueles em posição de gestão, pesquisa e ensino.


Informativo

Cartão Convênio Drogarias Angélica Tudo que você precisa para ficar sempre bem

A Drogarias Angélica é uma empresa dedicada em proporcionar o bem-estar social e buscar a excelência no atendimento ao cliente. Para isso, disponibiliza 28 lojas, sendo 3 com atendimento 24 horas, distribuídas estrategicamente, com 800 colaboradores treinados, além de uma experiência de 21 anos, oferecendo o que há de melhor em saúde e beleza ao mercado manauense.

BENEFÍCIOS Descontos especiais para nossos conveniados e participação intensa na Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT’s), Semana da Saúde, dentre outros eventos realizados pelas empresas. SISTEMA DE COMPRAS

SERVIÇOS Variedades em medicamentos, produtos para saúde, artigos de higiene pessoal, perfumaria e conveniência. Lojas climatizadas com amplo estacionamento e sistema informatizado. Entrega Inteligente em domicílio e Banco 24 horas em algumas lojas.

Utilizamos o Cartão Convênio Drogarias Angélica, que tem por finalidade possibilitar a compra dos produtos com agilidade e facilidade. Nosso sistema possibilita um acompanhamento das compras em tempo real via web, sendo de fácil acesso e utilização, com mecanismo de segurança onde todas as operações são gravadas e só podem ser efetuadas mediante o uso de senhas.

INTEGRAÇÃO SOCIAL CONTATOS Acreditamos que para a manutenção da saúde, a prevenção é uma grande ferramenta. Por isso, promovemos palestras educativas, sorteios e promoções, entre outras ações com o objetivo de gerar integração e bem-estar social. PREÇOS Os preços que praticamos são os que constam no caderno da ABCFARMA e os mesmos autorizados pelo Governo Federal.

Colocamo-nos a seu inteiro dispor para informações em nosso escritório central, via e-mail: comercialconvenio@gruposb.com.br / (92) 3216-5710.

A Drogarias Angélica se coloca a inteira disposição para firmar a parceria baseada na seriedade profissional de nossa conceituada empresa.

ANGÉLICA EM REVISTA

29


Culinária

美食日本語 Culinária Japonesa Com sabor amazônico A gastronomia japonesa oferece capricho e asas à imaginação, com seus pratos cheios de cores, texturas e a envolvente delicadeza do seu preparo. Tradicionalmente, a cozinha japonesa tem os seguintes conceitos: cinco cores, cinco métodos de cozedura e cinco sabores. Cabe a um bom cozinheiro saber encontrar o equilíbrio entre eles, na preparação de uma refeição. E ninguém melhor que o Chef Shin Koike, um dos melhores na culinária japonesa do Brasil, para nos dar umas boas dicas e ensinar como tudo isso funciona. Japonês nascido em Tóquio, Shin Koike cresceu no restaurante da família, o Sushi Sho. Trabalhou também em restaurantes de culinária francesa e nova-iorquina e, em 1993, veio a trabalho ao Brasil e nunca mais deixou o País. Movido por tudo o que viu no exterior, instigado pelo talento e incitado pelo desejo de proporcionar aos clientes o melhor da cozinha de seus ancestrais, o Chef Koike decidiu investir sério na alta gastronomia nipônica. Seus dois restaurantes excedem clientes apaixonados pela beleza de seus pratos. Acostumado a novos desbravamentos, o Chef Koike aceitou a missão solicitada pelo Consulado do Japão, em Manaus, para conhecer in loco os ingredientes da Amazônia. Depois de visitar mercados, produtores e peixarias da região, ele descobriu que é possível fazer uma fusão entre ingredientes amazônicos com um toque japonês. No dia 26 de maio, o Chef Koike realizou em Manaus, uma palestra com demonstração e degustação das suas novas fórmulas, que carregam a junção da culinária japonesa com os típicos alimentos da região Amazônica. O evento de caráter gratuito, promovido ao público ma-

30

ANGÉLICA EM REVISTA

nauense, aconteceu no Emporium Roma - Adrianópolis, das 19h às 22h. Para a degustação, o chef preparou Yakizakana de Filhote (um peixe assado à moda japonesa), acompanhado de verduras amazônicas; Tsumire (sopa com almôndega de peixe) de Sardinha e Arroz Kurigohan à moda amazônica (um arroz com pupunha). “A tendência da comida japonesa é se modernizar, ganhar novos ingredientes, mas o tradicional jamais será esquecido. Qualquer gastronomia, em qualquer país, o mais importante é a técnica base”, finaliza o Chef Koike.

Chef Shin Koike, Especialista em Gastronomia Nipônica

美食日本語


OPT_Angélica em Revista 4  

Vinho faz bem EM REVISTA MEIO AMBIENTE SAÚDE MASCULINA DICAS DE SAÚDE ALIMENTAÇÃO AGOSTO 2010 - EDIÇÃO 4

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you