Page 1

ANO II - Nº 60 12 a 18/06/2014

DIRETOR GERAL: JOÃO ALOYSIO

Para anunciar, ligue 4106-0378 / 3363-0971

Metropolitana

Região

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Piraquara Pinhais Colombo Quatro Barras Curitiba São José dos Pinhais Araucária

www.grupoparanacomunicacao.com.br

Secretários municipais vão à Câmara de Curitiba prestar esclarecimentos sobre as enchentes

Secretário Ricardo Mac Donald

Secretário Fabio Scatolin

Quatro Barras

Projeto Nascer com Arte oferece apoio psicossocial para jovens gestantes

As enchentes que atingiram diversas regiões de Curitiba, no último final de semana, refletiram na sessão de segunda-feira (9) na Câmara Municipal. Os vereadores solicitaram intervenções e debateram medidas para minimizar o problema. Na terça-feira (10), os secretários municipais de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin, e do Governo, Ricardo Mac Donald, participaram da sessão. Fábio Scatolin informou que a Prefeitura de Curitiba tem parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) para estudar a melhor maneira de realizar a drenagem do Rio Belém e desassoreamento de outros rios da cidade. “Dentro do programa Curitiba mais Verde, temos a previsão de R$ 798 milhões em investimentos para a prevenção de riscos e desastres naturais. Entre 10% a 15% deste montante já foi investido”, disse. Veja detalhes da sessão na página 8.

Prefeitura de Piraquara realiza ações emergenciais para combater enchente

Página 13

Palavra do Diretor Na contramão da gravidade das enchentes no Paraná, RMC registra tendência na diminuição dos estragos Página 3

Pinhais

Vigilância Sanitária alerta sobre o uso ilegal do veneno de rato Página 5

Veja na página 4

Notícias das Câmaras de Piraquara e Curitiba Páginas 6, 7 e 8


Rápidas

Governo Federal

ƒƒFuncionamento das agências dos Correios na fase de grupos da Copa

Os Correios informam a programação de funcionamento das unidades de atendimento durante a fase de grupos da Copa do Mundo. No Paraná, somente haverá alteração nos dias dos jogos da seleção brasileira. Confira o horário de atendimento das agências nessas datas: • 12/6 (quinta-feira): das 8 às 16 horas; • 17/6 (terça-feira): das 8 às 15 horas; • 23/6 (segunda-feira): das 8 às 16 horas. A Central de Atendimento aos Clientes dos Correios (CAC) funcionará das 8h às 14h15 nos dias 12, 17 e 23 de junho e estará apta a prestar quaisquer esclarecimentos sobre serviços, nos números: - 3003-0100 – capitais e regiões metropolitanas - 0800-725-7282 – demais localidades - 0800-725-0100 – para reclamações, sugestões, elogios e críticas.

ƒƒPedalando e Conhecendo Piraquara leva os visitantes aos mananciais da serra

Cerca de 80 ciclistas participaram da segunda etapa do Pedalando e Conhecendo Piraquara 2014. Com um percurso entre estradas rurais de aclives e declives, o passeio também foi realizado em meio a trilhas na natureza, com a chegada no Centro de Educação Ambiental Mananciais da Serra – CEAM. Ciclistas de Piraquara, Curitiba, Pinhais, São José dos Pinhais, Colombo, Quatro Barras, entre outros municípios participaram em grupos de pedal, em duplas e de forma individual. Após percorrerem o primeiro trecho por estradas rurais, os aventureiros seguiram pelas trilhas as margens da barragem Cayuguava. Depois de algumas horas de pedalada, e aproximadamente 11 quilômetros percorridos, os ciclistas chegaram ao Centro de Educação Ambiental Mananciais da Serra, onde puderam desfrutar da belíssima paisagem, conhecer o mirante, além de descansar antes do retorno. A próxima etapa de 2014 será no dia 20 de julho, com destino a Área do Carvalho.

ƒƒContas de sindicatos são bloqueadas para garantir multa da greve do Metrô

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo conseguiu bloquear na segunda-feira (9) as contas bancárias dos dois sindicatos envolvidos na greve do Metrô, que durou cinco dias e deixou milhões de pessoas sem transporte na cidade. A greve foi considerada abusiva. O Sindicato dos Metroviários teve R$ 3 milhões bloqueados, enquanto o Sindicato dos Engenheiros não poderá movimentar R$ 400 mil. Os valores, segundo o TRT, garantirão o pagamento da multa de R$ 100 mil por dia de greve, nos quatro primeiros dias, e mais R$ 500 mil do quinto dia. A multa aumentou após aviso do desembargador Rafael Pugliese de que, caso a greve continuasse após ser considerada ilegal, aumentaria para R$ 500 mil. O valor total da multa, segundo informou o TRT por meio de sua assessoria de imprensa, deve ser paga em “responsabilidade solidária”. Ou seja, engenheiros e metroviários devem decidir o quanto cada sindicato deve pagar. Os engenheiros voltaram ao trabalho na segunda-feira, devendo pagar apenas valor referente aos quatro primeiros dias.

“Bolsa Família segue enquanto houver quem precise dele”, diz Campello A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, respondeu dúvidas de cidadãos sobre o Bolsa Família. Na conversa, ela destacou a unificação dos programas sociais de transferência de renda em uma única iniciativa (há dez anos) e a continuação do programa de transferência de renda. Durante a conversa realizada pela ferramenta Face to Face, na página do Palácio do Planalto na rede social Facebook, a Ministra respondeu a diversos questionamentos dos internautas. “Com o Cadastro Único as famílias têm uma porta única para acessar programas como Minha Casa Minha Vida, Pronatec, Luz para Todos, Tarifa Social de Energia. Nossa intenção é superar a extrema pobreza, levando para população oportunidades. O público do Bolsa Família está fazendo o Pronatec, tem formalizado suas empresas, e melhorado de vida, mas o programa segue enquanto houver pessoas que precisem dele”, disse Campello. A ministra também lembrou outras iniciativas que atuam em conjunto com o programa e destacou a inclusão das crianças na escola. “Para as crianças, a verdadeira oportunidade é ir para a escola, e isso o Bolsa Família tem garantido. As crianças do Bolsa Família são as que menos abandonam as escolas, já têm desempenho similar às demais, e estamos ampliando as oportunidades. Hoje já temos 580 mil crianças do Bolsa Família em creches e 31,7 mil escolas em tempo integral onde a maioria das crianças é do Bolsa Família”, ressalta. Frequência e continuidade do benefício Ainda sobre o assunto desempenho escolar, a ministra lembrou que não é exigida uma nota mínima do estudante para a permanência no programa. O pedido é uma frequência de no mínimo, 85% das aulas no ensino fundamental. Para o

ensino médio, a frequência mínima é de 75%. “Hoje, acompanhamos mensalmente a frequência escolar de 17 milhões de crianças por meio do Sistema Presença do Ministério da Educação”, disse. Outros casos também precisam cumprir requisitos para participar do Bolsa Família. Crianças de até 6 anos têm que ter acompanhamento médico de seu desenvolvimento a cada 6 meses e manter as vacinas em dia e as gestantes precisam fazer pré-natal. Quando questionada sobre a proposta que trata de alterações no Bolsa Família, permitindo que pessoas que saíram da faixa de renda continuem recebendo o benefício por seis meses, a ministra lembra que o programa já conta com ferramentas similares. “O Bolsa Família já tem mecanismos que permitem a um beneficiário que melhorou de renda possa permanecer no programa por até 2 anos. Permite ainda o retorno automático ao programa para quem volta à situação de pobreza”, afirmou. Incluídos nesses casos, até 2013, mais de 1,7 milhão de famílias já haviam saído voluntariamente do programa.

Benefícios Outro internauta levantou a dúvida sobre extratos que circulam nas redes sociais indicando que participantes do programa recebem benefícios de mais de R$ 2 mil. Tereza Campello confirmou a falsificação do documento e destacou os valores reais do Bolsa Família. “Esse extrato é falsificado. O preconceito contra os pobres é tão grande que algumas pessoas se dispõem a falsificar documento público para combater o programa. O Bolsa Família chega a 14 milhões de famílias, e o benefício médio por família é de R$ 167”, alertou. Ferramentas de controle Em relação à fiscalização da real necessidade de ajuda por parte dos participantes do programa,

a ministra afirmou que cada município tem seu conselho de controle social. Além disso, ela convidou a população a participar do monitoramento por meio do Portal de Transparência e lembrou o baixo índice de problemas com esses casos. “Como o pagamento é via sistema financeiro, nós também temos um grande controle. Periodicamente, fazemos cruzamento do cadastro do Bolsa Família com outros cadastros no Brasil, como óbitos e INSS. Há uma rotina rigorosa de fiscalização. Toda irregularidade e denúncia é investigada, mas o percentual de irregularidade no Bolsa Família é reconhecidamente baixo, segundo os órgãos de controle. O Bolsa Família é hoje um dos programas mais estudados e investigados no mundo”, destacou. Ampliação do atendimento A ministra ainda estabeleceu uma relação entre a queda do número de desempregados no País e o aumento no número de beneficiados do programa. Segundo ela, o maior atendimento por parte do Bolsa Família não indica um aumento no número de desempregados, mas sim uma ampliação na cobertura do programa. “O número de pobres não aumentou. O que aumentou foi o número de pessoas pobres que foram identificadas e que tinham direito ao Bolsa Família, mas ainda não tinham acesso ao programa”, ressaltou, ainda lembrando que 75% dos beneficiados trabalham, mas mesmo assim a renda não é suficiente para sustentar a família. Em resposta à pergunta de outra cidadã, a ministra destacou o aumento dos benefícios promovidos pela presidenta Dilma Rousseff. “O primeiro aumento foi já no seu terceiro mês de governo. Em três anos, o benefício médio passou de 94 reais para 167 reais. Ou seja, 44% acima da inflação no período”, disse.

Expediente O jornal A GAZETA REGIÃO METROPOLITANA é uma publicação da GPC - Grupo Paraná Comunicação  www.grupoparanacomunicacao.com.br Rua Gustavo Rattman, 72, Bacacheri - 82520-630 - Fone: 4106.0378 / 3363.0971 - E-mail: agazetaregiaometropolitana@yahoo.com.br - Horário de Atendimento: segunda a sexta, das 10h30 às 13h00 e das 15h00 às 19h00.  Diretor: João Aloysio Correa Ramos  Diretor Administrativo: Denis Santos Ramos  Departamento Comercial: Werno Koch  Departamento de Jornalismo: Vanessa Souza (DRT 4034/16/74)  Departamento de Arte: Wilson Talisin de Souza  Circulação: Pinhais, Piraquara, Araucária, Colombo, Curitiba, São José dos Pinhais e Quatro Barras  Impressão: Folha de Londrina  Tiragem: 10.000 exemplares distribuídos gratuitamente O jornal A Gazeta Região Metropolitana não se responsabiliza por conceitos e ideias expressas em matérias assinadas ou pagas.

2

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

www.grupoparanacomunicacao.com.br


P

ALAVRA DO DIRETOR João Aloysio

Na contramão da gravidade das enchentes no Paraná, RMC registra tendência na diminuição dos estragos »» Na madrugada de sábado (07/06), os estados do Paraná e Santa Catarina foram afetados, mais uma vez, por chuvas torrenciais que causaram graves enchentes em diversos municípios. Em nosso estado, o mais afetado, o triste saldo foi de 132 municípios em situação de emergência, com dez mortes(mais três ainda desaparecidos) e cerca de meio milhão de pessoas atingidas. Pelo menos, 4.294 pessoas ficaram sem um teto, com 3.733 ainda em abrigos. O número de desalojados (que estão em casas de parentes ou amigos) é ainda maior: 14.551 deixaram suas casas, e 13.286 deles ainda permanecem fora de suas residências.

Capital afetada

Curitiba e municípios da Região Metropolitana, como Pinhais e Piraquara, também sofreram os efeitos das fortes chuvas, apresentando alagamentos em alguns bairros. Na capital, o bairro mais afetado foi o Uberaba, nas proximidades da divisa com São José dos Pinhais, próximo ao Canal do Rio Belém, onde moradores tiveram de ser retirados de suas casas com botes salva-vidas. A região da CIC também sofreu intensamente com as enchentes, além de alguns pontos de alagamentos registrados no Boqueirão, Cajuru e Santa Felicidade, especialmente.

Em Pinhais, a Vila União e o bairro Weissópolis estiveram entre os mais atingidos.

Prejuízo de R$ 1 bi

Enfim, um triste cenário em todo o Paraná que vem sendo considerado como a pior tragédia já registrada no estado em relação a enchentes, acarretando um prejuízo que pode chegar a R$ 1 bilhão, com base em uma estimativa inicial. Municípios como Guarapuava e União da Vitória ficaram em situação lastimável, sendo que, este último, teve situação de calamidade decretada pela Prefeitura. Esta não é a primeira vez que desastres naturais ocasionados pelas chuvas acontecem em nosso estado. Durante sucessivos anos, tivemos registros de situações semelhantes, com chuvas cujos índices pluviométricos ultrapassaram os esperado pela meteorologia para um mês inteiro em apenas um ou dois dias.Ou em poucas horas. Em Curitiba e Região Metropolitana, segundo dados da Simepar, choveu em apenas 14 horas (madrugada de sábado) o equivalente a um mês inteiro – 115 milímetros.

RMC com tendência de diminuição dos estragos

Contudo, apesar de tal intensidade das chuvas ter provocado enchentes recordes em boa parte do Paraná, em alguns municípios da Região Metropolitana, como Pinhais, Piraquara, Colombo e Quatro Barras verificamos

www.grupoparanacomunicacao.com.br

uma tendência contrária ao restante do estado, a partir de uma diminuição nos estragos em relação a anos anteriores. Acredito que tem sido notório, a todos, os esforços e trabalhos dessas Prefeituras, em investir em obras de prevenção a enchentes. Especialmente em Pinhais, uma vez que o município historicamente era considerado um dos mais vulneráveis a alagamentos em razão de sua localização muito próxima a uma imensa região de mananciais de abastecimento de água. Não há dúvidas de que as obras de dragagem e limpeza dos rios locais empreendida diligentemente pela gestão do Prefeito Luizão não tivesse acontecido, teríamos um cenário muito mais complicado no último final de semana(9), em Pinhais

Interior atingido gravemente

Sem querer amenizar a situação, mas procurando ser realista, em 2014 podemos afirmar que Pinhais esteve a salvo de problemas muito mais graves, em comparação a chuvas de anos passados e em relação à atual situação do restante do Paraná onde, até mesmo na capital, verificou-se um cenário um tanto improvável, com situações inesperadas em alguns bairros, a exemplo do Uberaba e CIC. Neste último, inclusive, tristemente, tivemos a morte de um idoso por afogamento dentro de sua residência.

Barreiras de contenção

Quanto às obras de prevenção que têm sido fei-

tas em Pinhais nos últimos anos, aliás, é importante ressaltar que os alagamentos poderiam ter sido piores também se a Prefeitura não tivesse construído barreiras de contenção para evitar o transbordamento dos rios. De acordo com um comunicado à imprensa enviado pela Prefeitura, apesar dos esforços contínuos da gestão em implementar obras nos rios, é necessário um trabalho conjunto com outros municípios vizinhos, a exemplo de Piraquara, Curitiba e São José dos Pinhais, além de grandes obras por parte do Governo do Estado, em especial na continuidade do rio Iguaçu.

Trabalho conjunto

Certamente, não podemos considerar Pinhais como um município isolado dos vizinhos. Há rios que estão próximos da divisa com Pinhais, inclusive. Até o momento, nenhum destes municípios vizinhos tem feito algum trabalho preventivo a enchentes nos rios da região. Enquanto não houver um trabalho conjunto entre as prefeituras e Governo do Estado, focado em prevenção e não apenas em reações emergenciais, o Paraná e Região Metropolitana ainda continuarão vulneráveis a desastres ocasionados por chuvas em volumes considerados “inesperados”. Muito embora, dada a frequência com que têm nos acometido todos os anos, estes volumosos temporais já nem podem ser mais consideradas inesperados e, sim, esperados.

Atuação da Assomec Assim, faz-se urgente um esforço concentrado entre prefeitos, da capital e Região Metropolitana, em parceria com o Governo do Estado, e até Federal, para que busquem soluções preventivas. A Assomec(Associação dos Municípios da Região Metropolitana) também, muito provavelmente, deverá fazer sua parte. A expectativa é que, na próxima reunião, o tema ‘prevenção a enchentes’ entre na pauta de forma destacada. Até mesmo porque o presidente da Assomec, Luizão Goulart, tem demonstrado ser um dos prefeitos mais cientes em todo estado da gravidade da situação, tendo atuado de forma sensata e prudente nessa questão, oferecendo uma contrapartida em obras preventivas. Ao invés de apenas responder com medidas reativas e emergenciais. E como sempre tem demonstrado, está consciente de que se trata de um gravíssimo problema de âmbito estadual e nacional, também. Na maior parte das vezes, as prefeituras não têm condições de investir sozinhas. Temos, afinal, um grande desafio que requer a união de todos os prefeitos da RMC. E por que não, de todas as esferas dos poderes constituidos. JOÃO ALOYSIO É diretor da GPC Grupo Paraná Comunicação. Editora dos jornais A Gazeta Região Metropolitana A Gazeta Cidade de Pinhais Agenda Local Jardim das Américas Notícias

www.grupoparanacomunicacao.com.br

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

3


Piraquara

Prefeitura de Piraquara realiza ações emergenciais para combater enchente »» O município de Piraquara amanheceu no último sábado (07) com o registro de alagamentos em algumas regiões, sendo o bairro Guarituba, o mais afetado pelas fortes chuvas que atingiram Curitiba e região.

Desde a manhã do sábado (07) a Secretaria de Infraestrutura realizou atendimento emergencial para a população. A grande quantidade de chuva dificultou o escoamento da água, e também o trabalho das equipes que prestaram apoio à população. De acordo com o Simepar, a precipitação de chuva acumulada no município dos dias seis, sete e oito de junho, foi maior que 130 mm. Com a trégua da chuva na segunda feira (09) as equipes realizaram durante todo o dia, intervenções emergenciais para combater os focos de alagamento nas regiões Guaritubinha,

Piraquara promove a Caminhada Noturna da Lua Cheia

Desde a manhã do sábado (07) equipes da secretaria de Infraestrutura realizaram atendimento emergencial para a população

Bela Vista, Jardim Tropica, Planta Santa Catarina e Vila Mariana. A Defesa Civil Municipal segue monitorando as áreas de risco. Trabalho permanente Além das ações emergenciais, a Prefeitura de Piraquara realiza de forma permanente

serviços de drenagem e limpeza em áreas consideradas de risco. As intervenções amenizam o problema dos alagamentos, e evitam transtornos maiores em dias de chuva. Cidades atingidas De acordo com boletim

divulgado pela Defesa Civil Estadual durante esta tarde, já são 55,6 mil afetados por alagamentos e chuvas fortes em 101cidades do Paraná. Curitiba é a cidade com maior número de atingidos, 16.204 pessoas e 4.851 casas foram atingidas pelas chuvas.

Atletas de Piraquara se destacam em Campeonato Sul-Americano de Karatê de Interestilos No dia 05, quinta-feira, o Prefeito de Piraquara, Marcus Tesseroli, o Marquinhos, recebeu a visita da Equipe Shakugan de Karatê, que conquistou 17 medalhas no Campeonato Sul-Americano de Karate de Interestilos - CPKI 2014, que aconteceu em São Paulo entre os dias 30 de maio de 01 de junho. Os 27 atletas de Piraquara mais uma vez tiveram um grande desempenho na competição internacional, que recebeu mais de 1.200 atletas de diversos países da América do Sul. “É um projeto importante do município, que incentiva a prática esportiva e já colhe os resulta-

4

O evento recebeu mais de 1.200 atletas de diversos países da América do Sul

dos. Estão todos de parabéns!”, ressaltou o prefeito.

Classificação Geral Equipe • Kata por equipe: Camily Vitoria do Prado, Karolina Or-

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

nieski e Rayssa Klein de Lima (Ouro Categoria Até 10 Anos ) • Kata por equipe: Micaias Eleanai Iore, Gustavo Jez e David Rian Firmino (Bronze Categoria Até 10 Anos) • Kata por equipe: Vinicius

Calado, Samuel Vaz e Bruno F. Souza (5º Lugar) • Kata por equipe: Matheus Baron Magalhães, Gabriel Da Cruz Santana e Emanuel Berrido (5º Lugar) • Sensei Priscila Vilas Boas ( Bronze Kumite por Revezamento)

Individual • Samuel Paulo Vaz (Prata Kumite) • Karoline Ornieski (Prata Kumite) • Gustavo Jez (Bronze Kumite) • Micaias EleanaiIore (Bronze Kumite).

Para muitos, a sexta-feira 13 é considerada um dia de azar, e há quem diga que é um dia assombrado. Superstições a parte, o Departamento de Turismo promove na sexta feira (13), a Caminhada Noturna da Lua Cheia de Piraquara. O evento será realizado nas belíssimas paisagens da Colônia Santa Maria do Novo Tirol, que estará iluminada pela lua cheia prevista na data. O evento organizado pela Prefeitura de Piraquara tem como objetivo diversificar as atividades turísticas no município. A concentração será no Parque Trentino, onde os participantes terão a disposição toda a estrutura do local. A caminha realizada nas estradas rurais do entorno do parque, em percurso próximo de cinco quilômetros. A equipe do Departamento de Turismo vai garantir o apoio e a orientação durante o passeio. É recomendável que os participantes levem lanternas. Mais informações no Departamento de Turismo. Telefones: 35903320 e 3590-3321. Serviço Evento: I Caminha Noturna da Lua Cheia Concentração: Parque Trentino – Colônia Santa Maria do Novo Tirol Horário: 19h Percurso: 5 km em estradas rurais

www.grupoparanacomunicacao.com.br


Pinhais

Pinhais depende de obras em outros municípios para evitar enchentes »» Fortes chuvas castigaram o Paraná no último final de semana. Ao todo, 86 municípios foram afetados e nove mortes foram causadas em decorrência do temporal. Em Curitiba e Região Metropolitana, segundo dados da Simepar, choveu em apenas 14 horas (madrugada de sábado) o equivalente há um mês inteiro – 115 milímetros. Na cidade de Pinhais, alguns pontos de alagamento foram registrados em decorrência da forte chuva do último final de semana. Segundo o engenheiro e secretário de Obras Públicas de Pinhais, Mario Stier, a Prefeitura vem investindo na limpeza e dragagem dos rios, bem como na implantação de sistemas de contenção de cheias para evitar os alagamentos. “Estamos fazendo um esforço enorme e realizando constantes obras nos rios. Inclusive, as barreiras de

A Prefeitura de Pinhais vem realizando constantemente obras de limpeza, dragagem e construção de barreiras de contenção nos rios

contenção que foram construídas evitaram que os rios transbordassem”, afirmou. Vale lembrar que historicamente os alagamentos em Pinhais eram bem piores em anos

anteriores. Em abril de 2010, por exemplo, foi registrada praticamente a mesma quantidade de chuva num período de dois dias. “No entanto, como naquela ocasião não havia este trabalho

contínuo nos rios de Pinhais, os estragos foram muito maiores e vivemos um triste episódio em Pinhais com mais de 23 mil pessoas atingidas”, lembrou o engenheiro.

Ações de outros órgãos Para Stier ações emergenciais na continuidade do Rio Iguaçu são necessárias para que as águas das chuvas tenham vazão e as enchentes sejam evitadas. “O problema é que só Pinhais hoje tem feito obras nos rios. Precisamos de ações também por parte dos municípios de Curitiba, São José dos Pinhais, Piraquara e principalmente o Governo do Estado precisa realizar as grandes obras de contenção de cheias”, salientou. O secretário cita o exemplo dos lagos de contenção do Parque Palmital que estão a mais de quatro anos em obras e que até agora não foram concluídas. “Estas obras poderiam contribuir para amenizar o problema e eu ainda reafirmo: por muito pouco que o rio não atingiu a ponte na Rodovia Leopoldo Jacomel, poderíamos ter um quadro muito pior, por isso que insistimos nestas intervenções do Estado e outros municípios”, concluiu.

Vigilância Sanitária alerta sobre o uso ilegal de veneno do rato A Vigilância Sanitária do Município de Pinhais alerta a população sobre o perigo do Veneno de Rato conhecido como “Chumbinho”. No ano de 2014 a Vigilância Sanitária intensificou as ações de fiscalização para combater a venda ilegal do “Chumbinho”. Durante fiscalizações rotineiras da Vigilância Sanitária, o “Chumbinho”, foi encontrado em seis estabelecimentos comercias, sendo dois aviários e quatro lojas de material de construção. Os produtos foram apreendidos pelo órgão e os locais receberam auto de infração, sendo aberto processo administrativo sanitário para averiguar a infração cometida e estabelecer uma penalidade que pode ser desde uma advertência, multa ou até mesmo a interdição do local. O “Chumbinho” é um produto destinado de forma irregular e clandestina para controle de ratos,

pois não possui registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Geralmente apresenta-se sob a forma de um granulado, na forma líquido cinza escuro ou grafite (“cor de chumbo”). Sua forma, composição e rotulagem estão em desacordo com o que prevê a legislação sanitária, não possuem rótulos onde constem informações sobre seu uso adequado, nome e endereço do fabricante, composição, orientações quanto ao seu manuseio e segurança, informações médicas, telefones de emergência e, o que é ainda mais grave, a descrição do agente ativo bem como antídotos em caso de envenenamento, o que é fundamental para orientação do profissional de saúde nesse momento. O produto tem em sua composição princípios ativos de agrotóxicos, como carbamato e organofosforados classificados como extremamente tóxico e muitos

www.grupoparanacomunicacao.com.br

A comercialização do produto é proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

não possuem antídoto caso sejam ingeridos acidentalmente. Os sintomas típicos de intoxicação por “Chumbinho” são as manifestações de síndrome colinérgica e

ocorrem em geral em menos de uma hora após a ingestão, incluindo náuseas, vômito, sudorese, sialorréia (salivação excessiva), borramento visual, miose (con-

tração da pupila), hipersecreção brônquica, dor abdominal, diarréia, tremores, taquicardia, entre outros. A Vigilância Sanitária alerta que o “Chumbinho” é um produto ilegal que não deve ser utilizado sob nenhuma circunstância e o comércio, distribuição, embalagem, fracionamento e fabricação caracteriza-se como crime contra a saúde pública (Lei nº 9677/1988) e infração sanitária por violar a Lei nº 6360/1976, a Lei Estadual nº 13.331/2001, Lei municipal 1294/2012 e RDC da Anvisa nº 34/2010.

Serviço A compra e venda de Chumbinho é crime. Denuncie através dos telefones da Vigilância Sanitária: 3912-5330 e Ouvidoria da Saúde: 3912-5313, ou através do e-mail: ouvidoria.saude@pinhais. pr.gov.br

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

5


Notícias da Câmara Municipal de Piraquara Nahayana Fiore e João Aloysio

Homenagens e reivindicações pautam os discursos na Câmara de Piraquara A sessão do dia 10 de junho, terça-feira, da Câmara Municipal de Piraquara contou com a presença de vários visitantes e homenageados, como o Pastor Ismael, que falou sobre os idosos. O Mestre Sato e seus alunos, e os comunicadores do programa “Resenha no Ar” foram homenageados com a Moção de Aplausos. Durante a sessão, foram debatidos também relevantes assuntos e votados importantes projetos de interesse da cidade e sua população. Idoso A Câmara recebeu o pastor Ismael, representante do Conselho Municipal dos Diretos da Pessoa Idosa de Piraquara, do Instituto Betânia e do Lar Sião, que explanou sobre o Dia Mundial de Combate à Violência contra o Idoso, celebrado dia 15 de junho. Ele falou sobre a importância desta data para promover campanhas e que as pessoas possam identificar estes atos. “A violência contra o idoso, nem sempre pode ser vista a olhos nus. Ela não precisa vir necessariamente de uma agressão física. Pode ser considerada uma violência, o abandono, descasos que comprometam a saúde frágil desta idade”, explicou o pastor. Hoje a casa Betânia atende 42 idosos, de ambos os sexos, separados em duas casas. O atendimento é de 24h, que visa contribuir para promover uma qualidade de vida saudável exercendo o cumprimento dos direitos na integridade social da pessoa idosa, que vivem em situação de vulnerabilidade social, dando a oportunidade de transformação dessa condição em uma vida sustentável, garantindo o direito adquirido pelo ser humano.

6

Rock homenageia Programa Resenha no AR

Ernani Winter ressalta importância dos esportes

Moção de Aplauso - I Foi entregue na sessão de terça-feira, dia 10, na Câmara municipal de Piraquara, por iniciativa do vereador Rock Soares (DEM), a Moção de Aplausos ao programa Resenha no Ar, da emissora Serra do Mar. Os homenageados foram os apresentadores Cézar Szanoski e João Fulgêncio Neto, além do diretor geral, José Ferreira. Orgulhoso, Rock enfatizou a importância do programa. “O “Resenha no Ar” traz a verdade de uma forma mais clara para todos”.

O vereador Ernani Winter (PDT) também parabenizou o Mestre Sato pelo trabalho desenvolvido com os jovens e enfatizou a importância do apoio da família à criança e o adolescente. “Não é só pela atividade física, o esporte tira jovens das ruas e os afasta dos riscos das drogas, além de ensinar ética, disciplina e determinação. O apoio da família é primordial para que isso aconteça”, destacou.

Saúde Rock relatou que participou de uma reunião com a Secretaria e o Conselho Municipal de Saúde de Piraquara, onde foram debatidos relevantes assuntos sobre a saúde pública no município. “Na oportunidade, solicitei uma proposição de projeto de lei que obriga a digitalização das receitas médicas prescritas. Porém, fiquei surpreso ao descobrir que já existe está lei, desde 2004, mas ainda não regulamentada”, relatou. De acordo com Rock, alguns medicamentos são repassados de forma errada ao paciente. “Por exemplo: substância via oral foi aplicada intravenosa.

Vereador Rock

Gotas, foram ingeridos em drágeas”, disse. Segundo o vereador, tem letra de médico, que nem ele próprio decifra. “Está lei existe, só precisa ser regulamentada, antes que danos maiores possam acontecer” finalizou. Reclamação Rock ainda denunciou que o Hospital de Clinica Médico Cirúrgica de Piraquara, conveniado ao SUS, está recebendo pagamento do município por procedimentos que não estão sendo realizados. “O município não está cometendo irregularidade, é o Hospital que não está cumprindo com suas obrigações. Além disso, banheiros estão caindo aos pedaços e têm pessoas mal educadas. É claro que têm profissionais maravilhosos lá. E essas pessoas sabem da minha gratidão”, declarou o parlamentar.

Críticas à cobrança de IPTU atrasado Sidnei Mamede (PRB) se mostrou indignado com situações em relação ao recolhimento das tarifas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “A Prefeitura está fazendo um bom trabalho incentivando a população a regularizar suas parcelas. Mas o que me chama atenção, é a empresa Tocantins, do Areal, que deve R$ 370 mil, parcelou em 30 vezes, deve sete prestações e ainda não foi feito o estorno. Com o contribuinte a cobrança e o estorno do parcelamento são imediatos. Como isso pode afetar nossos contribuintes, que vê uma empresa fazer o que bem entende em nossa cidade. Em breve ficaremos o que está acontecendo com a ‘matemática’ do nosso município”, declarou Mamede.

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

Convite Winter fez um convite a todos os presentes. “No dia 18(quarta-feira), às 19h30, na Câmara de Piraquara, acontecerá uma reunião com o presidente da Federação Paranaense de

Vereador Ernani Winter

Futebol, Hélio Pereira Cury, para ajudar na regulamentação dos clubes do município. Questões jurídicas, organização e ativação da Liga de Piraquara serão tratadas na reunião”, registrou Ernani.

Eugênio Huller fala sobre enchentes em Piraquara Eugênio Huller (PHS), no grande expediente, disse que quando chove no município em torno de 97mm já causa vários estragos, mas estão sendo feitos reparos e estudos para melhorias. Contudo, na chuva do final de semana foram mais de 300mm de água. “Não sou de defender ninguém, mas a Prefeitura está trabalhando em melhorias para diminuir as enchentes. Quando chovia 97mm, os estragos eram enormes. Neste final de semana choveu mais de 300mm e nada aconteceu. Isso mostra que o Prefeito está trabalhando e fazendo melhorias na nossa cidade. A cobrança tem que ser feita, sempre que necessária, mas estamos vendo resultados”, declarou. Huller completou dizendo que os vereadores vão precisar

Vereador Eugênio Huller

fazer várias solicitações de reparos para aquilo que foi estragado pela chuva. Homenagens Eugênio parabenizou todos os homenageados e os vereadores que tomaram a inciativa de fazer as Moções de Aplausos apresentadas na sessão, por estas serem de suma importância para a cidade.

www.grupoparanacomunicacao.com.br


Notícias da Câmara Municipal de Piraquara Nahayana Fiore e João Aloysio

Pastor Valdeci presta homenagem aos idosos Ao fazer uso da palavra, no Pequeno Expediente, o vereador Pastor Valdeci de Andrade (PTB) parabenizou os homenageados da noite e fez a leitura de um poema em homenagem ao Dia Mundial de Combate à Violência Contra o Idoso, celebrado no dia 15 de junho.

Saúde jà no grande expediente, o vereador relatou sobre a reunião com a Secretaria da Saúde. “O Hospital citado pelo vereador Rock já foi referência no Estado do Paraná, mas hoje não é mais. Pelo menos estamos vendo que estão dando a cara a tapa e indo atrás de melhorias. É preciso fazer o certo. Trazer mais comodidade a população e cobrar dos responsáveis as ações necessárias”. Obras Pastor Valdeci declarou ainda que algumas pessoas não gostam de ver as obras finalizadas no município. “Todos nós gostaríamos de ver todas as ruas da cidade asfaltadas, mas quando não tiver mais ruas para asfaltar, o que estas pessoas vão solicitar para ser feito?

Vereador Pastor Valdeci

Os pedidos da Prefeitura pala créditos especiais é são falta de competência, eles são necessários para realizar aquilo que nós(vereadores e população) solicitamos” afirmou. Pastor Valdeci finalizou seu discurso dizendo que a cidade pode melhorar, e que é obrigação dos vereadores fazer as solicitações, os estudos e os projetos, mas que cabe a Prefeitura executar o que é solicitado. “Cada um tem sua função e suas obrigações, temos que fazer o nosso papel e, às vezes, fazer mais do que a nossa obrigação. Porém, temos sempre que trabalhar com dignidade e cumprir com os deveres de vereador e cidadão”, explicou.

Adriano Cordeiro aborda questão de IPTU atrasados Em sua participação no Pequeno Expediente, o vereador Adriano Cordeiro(PTB) se mostrou solidário para investigar as reclamações feitas anteriormente pelo colega, vereador Mamede, com relação às cobranças de IPTU atrasado. “Devemos, sim, procurar saber por que os contribuintes são tratados de uma maneira, e está empresa, comentada pelo vereador Mamede, de outra” relatou. Ainda durante o seu discurso, Adriano Cordeiro parabenizou a todos os presentes que foram homenageados. “Parabenizo os comunicadores do Resenha no Ar, pelo brilhante programa transmitido pela Rá-

José Machado parabeniza Secretaria de Obras O vereador José Machado (DEM) ressaltou o excelente trabalho executado pela Secretaria de Obras Públicas de Piraquara durante as enchentes do final de semana. “A equipe da Secretaria de Obras se mostrou muito ágil e competente no atendimento rápido das solicitações dos vereadores desta Casa e da população atingida, diminuindo assim os danos causados pelas chuvas que caíram no último final de semana em Piraquara”, afirmou José Machado. Esporte e comunicação José Machado usou do

Vereador José Machado

Grande Expediente para parabenizar o Mestre Anderson Sato e os atletas piraquarenses, pelo Mundial de Hapkido, além do programa Resenha no Ar, transmitido pela Rádio Serra do Mar.

Miguel Scrobot comentou sobre as chuvas do final de semana. “As chuvas não vão cessar, e sempre haverá riscos de enchentes e alagamentos. Mas, se compararmos como era e como está, não podemos reclamar. Acredito que o Prefeito Marquinhos irá fazer um planejamento para Piraquara. As obras estão sendo realizadas, mas uma pessoa não pode mudar a cidade da noite para o dia”, argumentou.

Brincando de ser repórter Baianinho criticou o internauta. “Moro no Guarituba há 34 anos, e aí vem um cidadão perguntar isso. Esse cidadão é um que brinca de ser repórter. Ele comprou uma mochila e um cascão de sorvete, que parece um microfone, e sai por aí abraçado com deputados dizendo que é repórter. Baianinho ainda apontou o culpado pelas enchentes. “O culpado pelas enchentes é o homem, igual a ele (o repórter) que está desmatando a Serra do Mar.

Entrevista inteligente

Vereador Adriano

dio Serra do Mar, e também o Mestre Sato e seus alunos, pelo ótimo desempenho no Campeonato Mundial de Hapkido, realizado em Curitiba”, disse o parlamentar.

www.grupoparanacomunicacao.com.br

Na sessão do dia 10 de junho foram aprovados diversos projetos de iniciativa do Legislativo Municipal. Entre eles destacamos os seguintes:

Projeto de Lei 070/2014) - iniciativa do vereador Ernani Winter. Autoriza o Poder Executivo Municipal a regulamentar os jogos municipais de Piraquara.

Obras

Edson Baianinho (PHS) comentou o questionamento feito no Facebook. O internauta teria perguntado se o seu apartamento havia alagado. “Não alagou, até porque não tenho apartamento. Ironizou. Ele disse que mora em uma casa e não tem vergonha de dizer que o esgoto voltou para dentro dela. Mas tenho certeza que o Prefeito Marquinhos está tomando as providências para que esses alagamentos não aconteçam mais em nenhuma parte da cidade.

Projetos aprovados

O vereador Josimar (PDT) parabenizou o apresentador Cézar Szanoski pelas excelentes perguntas elaboradas ao Deputado Rasca. “O programa mostrou a abordagem de assuntos de extrema relevância para a população”, declarou o vereador.

Protestos As interrupções de rodovias e queimadas de pneus, em protestos às enchentes, também pautaram o discurso de Josimar. “Na última chuva, vimos centenas de pessoas no terminal esperando um ônibus que não vinha. Entendo que isso é uma questão para reivindicar, mas não devemos gerar mais problemas, prejudicando ainda mais a população”, argumentou o vereador.

Projeto de Lei 074/2014 iniciativa do vereador Pastor Valdeci. Autoriza o Executivo a criar e implantar listagem pública dos pacientes que aguardam consultas de especialidades e procedimentos de diagnóstiocos e cirurgia na Rede Pública municipal de Saúde.

Projeto de Lei 075/2014 iniciativa do vereador José Machado. Autoriza o Executivo a criar a Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Diabetes e Hipertensão Arterial.

Projeto de Lei 076/2014 iniciativa do vereador Miguel Scrobot. Declara de Utilidade Pública a Associação Assistencial Luta pela Vida. Na sessão do dia 10, terça-feira, também foram aprovados importantes projetos de iniciativa do Poder Executivo Municipal.

Moção de Aplausos - II Para homenagear os atletas que muito bem representaram a cidade de Piraquara no Mundial de Hapkido, no mês de maio, em Curitiba, os vereadores entregaram uma Moção de Aplausos aos competidores e ao Mestre Anderson Sato. “Quando fazemos essas homenagens é para valorizar o esporte e mostrar como ele agrega valores, reeduca e mantém os jovens longe das drogas”, explicou Gilmar(PSB), responsável pela iniciativa.

Errata Em respeito ao Vereador Eugênio Huller (PHS), comunicamos que na edição anterior, na coluna da Câmara, colocamos na legenda de sua foto, erroneamente, o nome de outro vereador. Na oportunidade, Eugênio Huller fez comentários sobre os seus requerimentos encaminhados ao Poder Executivo, onde, por exemplo, pedia lombada para a Avenida Rebouças, entre outros.

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

7


Notícias da Câmara Municipal de Curitiba Nahayana Fiore

Enchente é tema de debate entre vereadores da capital

Dia Municipal da Cultura Hip Hop

»» As enchentes que atingiram diversas regiões de Curitiba, no último final de semana, refletiram na sessão de segunda-feira (9) na Câmara Municipal. Os vereadores solicitaram intervenções e debateram medidas para minimizar o problema. Vereador Pedro Paulo

Na terça-feira (10), os secretários municipais de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin, e do Governo, Ricardo Mac Donald, participaram da sessão. Fábio Scatolin informou que a Prefeitura de Curitiba tem parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) para estudar a melhor maneira de realizar a drenagem do Rio Belém e desassoreamento de outros rios da cidade. “Dentro do programa Curitiba mais Verde, temos a previsão de R$ 798 milhões em investimentos para a prevenção de riscos e desastres naturais. Entre 10% a 15% deste montante já foi investido”, disse. Equipe permanente Para Felipe Braga Côrtes (PSDB), Curitiba deveria ter equipes permanentes para a dragagem dos rios, nos mesmos moldes da pavimentação. “Já passou da hora de implantar as equipes permanentes. Tem que haver o planejamento financeiro e onde despejar o material da dragagem. A

cidade é cortada por rios, e as licitações são demoradas”, defendeu o parlamentar. Para ele, as comissões de Urbanismo e Obras Públicas e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável devem debater a questão.

Sugestões para diminuição de riscos O vereador Geovane Fernandes (PTB) sugeriu que seja discutido um plano de drenagem para o Rio Iguaçu, que é das alçadas estadual e federal. Valdemir Soares (PRB) pediu investimentos na Defesa Civil de Curitiba para que “haja incentivo aos voluntários que porventura venham a ajudar em situações de catástrofe”, argumentou. Bruno Pessuti (PSC) sugeriu o uso de um banco de cadastro para voluntários disponíveis para estas ocasiões. Toninho da Farmácia (PP) denunciou a situação do conjunto Vitória Regia, na CIC: “A região é de preservação ambiental, mas foi loteada e vendida. Quem liberou?

Secretário Fabio Scatolin

Secretário Ricardo Mac Donald

No sábado, a água invadiu os sobrados”. Dirceu Moreira (PSL) reforçou o pedido de informações, referente à drenagem do rio Barigui. Ele questiona o valor das obras, tempo de duração e quanto o rio está sendo “afundado e alargado” entre o Parque Cambuí e o Vitória Régia. “Moro na Vila Nossa Senhora da Luz (na CIC), onde quase todas as ruas estão alagadas. Sabemos que choveu muito, acima da média, mas a destruição seria menor se as obras tivessem sido feitas da forma correta”, apontou. Chico do Uberaba (PMN) relatou os prejuízos pelo alagamento no Boqueirão e Uberaba e criticou as obras de desassoreamento do rio Belém. O vereador sugeriu que a Casa promova debate sobre as enchentes com o secretário municipal do Meio Ambiente, Renato Lima. “Apenas na Regional do Cajuru, onde 2 mil

casas foram atingidas, 200 famílias receberam atendimento”, afirmou.

Arrecadação de donativos Alguns vereadores destacaram a campanha da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, a Defesa Civil e o Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense) para arrecadar donativos para as vítimas das enchentes. As doações devem ser entregues em todos os órgãos do Governo do Estado, prefeituras, delegacias de polícia, unidades da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de qualquer cidade do Paraná. O governador Beto Richa decretou situação de emergência em 77 municípios. Em Curitiba, os donativos também podem ser levados às sedes do Provopar (rua Hermes Fontes, 315, no bairro Batel, e rua Sergipe, 1.712, na Vila Guaíra).

Vereador se sente ameaçado O vereador Rogério Campos (PSC) declarou, em sessão, ter recebido ameaças da vice-prefeita e secretária municipal do Trabalho, Mirian Gonçalves (PT), durante o atendimento a famílias atingidas pelas enchentes no Tatuquara, no sábado (7). Segundo o vereador, ele e assessores, sendo um deles com colete da Defesa Civil, teriam sido ameaçados. “A vice-prefeita disse que eu teria o troco. Troco por que? Por trabalhar pela popula-

8

Vereador Rogério Campos

Vereadora Professora Josete

ção?”, declarou o parlamentar, que criticou a “falta de estrutura psicológica” da vice-pre-

feita para enfrentar situações de emergência. O presidente da Casa,

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

Paulo Salamuni (PV) e o vereador Jorge Bernardi (PDT) afirmaram que a situação precisa ser apurada. Já a Professora Josete (PT) fez um desagravo à vice-prefeita e afirmou que precisa ser dada a oportunidade para que Mirian Gonçalves se explique. “O vereador não disse na totalidade o que aconteceu. A vice-prefeita tentava ouvir as pessoas e ele teve uma atitude que não contribuiu”, declarou a parlamentar.

Vereador Jonny Stica

No dia 9 começou a tramitar o projeto de lei de iniciativa dos vereadores Jonny Stica e Pedro Paulo, ambos do PT, que torna a data de 8 de setembro, o Dia Municipal da Cultura Hip Hop. A data escolhida é uma homenagem ao DJ Primo, que faleceu no dia 8 de setembro de 2008 em decorrência de uma parada cardíaca. “O DJ Primo era de Curitiba e se chamava Alexandre Muzzillo Lopes. Ele faleceu no momento em que estava sendo reconhecido nacionalmente na cena Hip Hop”, relatam Jonny Stica e Pedro Paulo. Segundo os autores do projeto, a inclusão do Dia Municipal da Cultura Hip Hop tem como objetivo destacar a beleza e a pluralidade dessa manifestação artística e o papel socializador do movimento no combate à violência e às drogas.

Materiais alternativos para tampas de bueiros

Vereador Tito Zeglin

A proposição do vereador Tito Zeglin (PDT), que foi aprovada pelo plenário na sessão desta segunda-feira (9), prevê a substituição gradual das tampas de bueiro de ferro por tampas de outros materiais, que tem por objetivo evitar o furto destes objetos e diminuir os custos com sua reposição. “Primeiro, evitar os bueiros a céu aberto, pois ciclistas, motoristas e pedestres correm o risco de se machucar. Segundo, é um projeto ecologicamente correto, pois os materiais utilizados suportam o mesmo peso e podem variar o material entre cimento ou plástico. Terceiro, a economia que o município terá, pois hoje se gasta em torno de R$ 26 mil com a reposição das tampas de bueiros furtadas”, explicou Zeglin. “São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, já possuem está mesma iniciativa”, completou o parlamentar. A lei deve entrar em vigor a partir da data da sua publicação.

www.grupoparanacomunicacao.com.br


Curitiba

Prefeitura de Curitiba entrega obras que dão acesso à Arena da Baixada »» A revitalização das vias que dão acesso à Arena da Baixada teve início em janeiro deste ano, com um custo de R$ 11,8 milhões, investimento realizado pela atual administração municipal. Nas áreas da Arena da Baixada foram realizados serviços de terraplanagem, drenagem, calçamento, pavimentação, iluminação e paisagismo, com mais de sete quilômetros de intervenções em diversas ruas da região. A principal intervenção foi na Avenida Getúlio Vargas. “Entregamos esta obra até antes do prazo contratado, já que foram iniciadas em janeiro. Uma obra com toda acessibilidade e com novos espaços para ciclistas e pedestres e garantindo que estejam em condições de uso e segurança, não só para a Copa, mas para o futuro da mobilidade de Curitiba”, disse o prefeito Gustavo Fruet. A entrega das obras do entorno da Arena aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, em frente à casa de familiares de Alfredo Gottardi, o Caju, considerado o melhor goleiro da história do Atlético Paranaense e que também serviu a Seleção Brasileira na década de 40. Neste local, o prefeito prestou homenagem a Caju e comentou que Curitiba está preparada para receber a Copa do Mundo, com as obras de mobilidade sendo entregues e a Arena da Baixada pronta para receber os jogos do mundial. “Apesar dos debates sobre os investimentos da Copa do Mundo, hoje queremos mostrar que a cidade está em sintonia, pacificada, em harmonia. Fizemos a lição de casa. Precisamos ter orgulho porque a cidade está pronta para receber a Copa e o grande desafio agora é assegurar que tudo transcorra bem”, disse o prefeito. O secretário municipal de Obras Públicas, Sergio Antoniasse, falou sobre o desafio de cum-

Serviços da Prefeitura terão horário especial em dias de jogos da Copa

A última obra de mobilidade urbana de Curitiba programada para ser concluída antes da Copa do Mundo foi entregue pelo Prefeito Gustavo Fruet na tarde de terça-feira (10)

prir e entregar todas as obras de mobilidade para a Copa dentro do prazo. “Assumimos o compromisso e cumprimos. Todas as obras foram concluídas e a mobilidade na cidade está assegurada”, disse o secretário.

Projeto O projeto de revitalização das vias do entorno da Arena foi elaborado pelo Ippuc. Foi pensado para ter acessibilidade e de maneira sustentável, reutilizando o material já existente na rua e mantendo a paisagem da rua. A criação de faixas para uso de pedestres, ciclovias e obras garantem a acessibilidade, além da nova iluminação. A revitalização realizada nas vias próximas à Arena agradou aos moradores e pessoas que trabalham na região. “Achei que teve uma boa modificação. Ficou um local amplo, e como eu gosto de correr depois do trabalho, venho aqui e posso correr e andar de bicicleta. A iluminação também ficou boa”, disse a veterinária Fabiana da Silva, que trabalha na região há um ano. A corretora de imóveis, Patrícia Cury, estava pedalando pela ciclovia e comentou sobre as obras na região. “É bem melhor que andar pela rua ou pela calçada sem o calçamento para ciclista. A mobilidade melhorou bastante”, comentou. A professora Sonia Gottardi, sobrinha do goleiro Alfredo Gottardi, estava duplamente contente. Primeiro pela homenagem ao

www.grupoparanacomunicacao.com.br

seu tio e também pelas melhorias da infraestrutura do bairro Água Verde e na Arena da Baixada. “Estou satisfeita porque minha tia ainda mora aqui na Getúlio Vargas e eu sou atleticana. Para nós, da família, foi uma honra à homenagem ao Caju e a revitalização de toda essa área”, afirmou. Além dos investimentos realizados pela Prefeitura na região do entorno da Arena da Baixada, há ainda a revitalização da Praça Afonso Botelho, em frente ao estádio, e as obras necessárias para abrigar o centro de transmissão de televisão (Broadcast Compound) e a área de inspeção de veículos que irão circular no perímetro da Arena, em dias de jogos. Após a Copa do Mundo, a Praça Afonso Botelho passará pela segunda etapa de obras que resultará em um novo espaço para a população curitibana. Já o terreno hoje ocupado pelo Broadcast Compound, de 4.971,10 metros quadrados, irá abrigar um novo equipamento público na área da saúde. “São investimentos que ficarão para a cidade”, concluiu o prefeito Gustavo Fruet. As demais obras de mobilidade concluídas pela atual gestão são: Corredor Marechal Floriano, Corredor Aeroporto-Rodoviária (até a divisa com São José dos Pinhais), requalificação da rodoviária e do novo acesso para os ônibus, extensão da Linha Verde Sul e implantação do Sistema Integrado de Monitoramento (SIM).

ÓRGÃOS PÚBLICOS MUNICIPAIS: DIAS DE JOGO EM CURITIBA 16 de junho - jogo Irã X Nigéria (às 16 horas) - expediente das 8h ao meio-dia 20 de junho - Honduras x Equador - será ponto facultativo nas repartições públicas municipais - com reposição da jornada de trabalho - em função do feriado religioso de Corpus Christi, no dia 19. 23 de junho - Austrália X Espanha (às 13 horas) - expediente das 8h ao meio-dia 26 de junho - Argélia X Rússia (às 17 horas) - expediente das 8h ao meio-dia DIAS DE JOGOS DO BRASIL Dia 12 de junho - Brasil X Croácia (às 17horas) - expediente das 8 horas ao meio-dia e das 13h às 15 horas Dia 17 de junho - Brasil X México (às 16 horas) - expediente das 8h às 14 horas, sem intervalo para almoço Dia 23 - Brasil X Camarões - das 8h ao meio-dia (coincide com o jogo Austrália x Espanha, em Curitiba). Esses horários são válidos tanto para os locais de atendimento na sede da Prefeitura e secretarias como nas Ruas da Cidadania.

OS SERVIÇOS ESSENCIAIS À POPULAÇÃO Educação e CMEIs: - Recesso escolar para crianças atendidas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) nos dias 16, 17, 18, 20, 23 e 26 de junho; Escolas: - Nove escolas municipais, uma em cada regional, ficarão abertas nos dias dos jogos, das 8h às 11h30, com atividades recreativas e esportivas; Saúde: Unidades Básicas: 12/06: jogo Brasil x Croácia às 17 horas - as unidades funcionam até as 16 horas. Aquelas que trabalham até 22 horas reabrem às 20 horas; 16/06: jogo Irã x Nigéria em Curitiba - as unidades funcionam normalmente; 17/06: jogo Brasil x México às 16 horas - as unidades funcionam até as 15 horas. Aquelas que trabalham até 22 horas reabrem às 19 horas; 20/06: jogo Honduras x Equador em Curitiba - as unidades funcionam normalmente; 23/06: jogo Brasil x Camarões às 17h e jogo Austrália x Espanha em Curitiba às 13 horas - as unidades funcionam até as 16 horas. Aquelas que trabalham até 22 horas reabrem às 20 horas; 26/06: jogo Argélia x Rússia em Curitiba - as unidades funcionam normalmente;

UPAs: - Funcionam normalmente todos os dias. TRANSPORTE - Haverá circulação de seis linhas especiais (incluindo a da Fan Fest, que será de graça) e reforço nos biarticulados, alimentadores e linhas convencionais nos dias de jogos;

SHOPPING POPULAR - Funcionamento normal nos dias de jogos em Curitiba. Nos dias de jogos do Brasil horário diferenciado: 12/06: das 9h às 16 horas; 17/06: das 9h às 15 horas; 23/06: das 9h às 16 horas. MERCADO CENTRAL - Atendimento normal, das 9h às 19 horas, com ponto facultativo em dias de jogos do Brasil (expediente até 14 horas);

ABASTECIMENTO - Mercado Municipal – funcionamento normal nos jogos em Curitiba. Nos jogos do Brasil, durante a 1ª fase do Mundial, as atividades serão suspensas duas horas antes de cada partida; - Mercado Cajuru - dia 12/06 (quinta-feira) - fechamento às 15h Brasil x Croácia; dia 17/06 (terça-feira) - fechamento às 14h - Brasil x México. Nos demais dias funcionamento nos horários normais da unidade. - Feiras livres – funcionamento normal, com exceção da feira diurna do Água Verde no dia 20 de junho, que terá as atividades suspensas; - Feiras noturnas – funcionamento normal; - Feira Gastronômica – funcionamento normal; - Feiras orgânicas – funcionamento normal; - Sacolão da Família – funcionamento normal nos jogos em Curitiba. Nos jogos do Brasil será ponto facultativo; - Mercado Regional Cajuru – funcionamento normal nos jogos em Curitiba. Nos jogos do Brasil, durante a 1ª fase do Mundial, as atividades serão suspensas duas horas antes de cada partida; - Varejão Capão Raso - funcionamento normal nos jogos em Curitiba. Nos jogos do Brasil, durante a 1ª fase do Mundial, as atividades serão suspensas duas horas antes de cada partida; - Armazém da Família – funcionamento nos dias de jogos em Curitiba das 8h45 até 12 horas; - Restaurante Popular – funcionamento normal, exceto dia 20/06, quando que não vão abrir; - Câmbio Verde – funcionamento normal somente no período da manhã, inclusive dia 20/06; - Regionais – funcionamento nos dias de jogos em Curitiba até 12h e no dia 20/06 não funcionam.

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

9


Notícias da Alep

Notícias do Estado

Comissão Executiva assina substitutivo a projeto que moderniza quadro efetivo da Assembleia Legislativa

Richa anuncia tarifa de água a R$ 1,00 e parcelamento da energia »» O governador Beto Richa anunciou na terça-feira (10) medidas emergenciais para minimizar os prejuízos das famílias atingidas pelas chuvas intensas.

Presidente da Alep, deputado Rossoni e o primeiro-secretário, deputado Plauto Miró, reúnem-se com representantes dos servidores da Alep na tarde de segunda-feira (9)

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), e o primeiro-secretário, deputado Plauto Miró (DEM), assinaram na tarde desta segunda-feira (9) uma proposta de substitutivo ao projeto de lei nº 233/2014, da própria Comissão Executiva, tratando do novo quadro funcional da Casa. A proposta segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça, onde já se encontra o projeto original, aguardando votação. O substitutivo contempla reivindicações dos servidores em relação a pontos que foram considerados de dúbia interpretação. Para fazer os ajustes, o diretor geral, Roberto Costa Curta, e o diretor de pessoal, Bruno Garofani, com apoio da Procuradoria Jurídica, propuseram que fosse constituída uma comissão de representantes dos servidores efetivos, estabelecendo-se assim um diálogo visando o aperfeiçoamento da proposição. Após várias negociações chegou-se a um consenso, que gerou a redação do substitutivo. Rossoni disse aos representantes dos servidores que era essa a intenção

10

da Comissão Executiva, “para coroar o trabalho que iniciamos em 2011, com a modernização de nossos quadros e a realização de concurso público, valorizando aqueles que se dedicam a zelar pelo bom funcionamento da administração deste Poder”. Plauto complementou que o quadro proposto não só beneficia os funcionários de carreira, mas é também o primeiro passo para a realização de concurso público ainda este ano, com o objetivo de atender as demandas atuais do Legislativo: “O primeiro passo foi dado, e este avanço é fruto, também, do debate com nossos servidores”. Ele confirmou ainda a realização do concurso público este ano: “Após a aprovação do projeto já devemos lançar o edital”. Em nome da comissão de servidores falou a assessora da Diretoria de Assistência ao Plenário, Maria Joaquina Faria de Paula, confirmando que o novo texto supre as lacunas deixadas pelo projeto original, evitando interpretações dúbias que poderiam gerar insegurança aos integrantes do quadro próprio da Assembleia Legislativa.

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

Todas as casas identificadas pela Defesa Civil como danificadas ou atingidas por alagamentos pagarão nos próximos três meses uma tarifa de R$ 1 pela água utilizada. A Copel parcelará em seis vezes as contas dos próximos três meses para todas as casas, comércios e indústrias atingidas. A cobrança deste parcelamento também se dará só daqui a 90 dias. “O Governo do Paraná está presente, adotando medidas emergenciais para minimizar os prejuízos causados pelos efeitos das chuvas intensas”, afirmou Richa. “Estamos fazendo tudo o que está ao alcance do governo estadual para atender as pessoas que sofrem os efeitos deste desastre natural, que seguramente é um dos mais graves Dos últimos 30 anos”, disse ele. No mesmo dia, o governador assinou um novo decreto ampliando a situação de emergência em mais 53 municípios. Agora, já são 130 municípios nesta situação. Tarifa solidária “Por uma questão de solidariedade aos paranaenses que enfrentam dificuldades neste momento, as famílias pagarão R$ 1,00 ao mês de tarifa da água, valor que é simbólico”, afirmou o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. A redução da conta será aplicada automaticamente, sem que os clientes beneficiados pela medida emergencial precisem fazer o cadastramento. Além do desconto da tarifa, a Sanepar atua para restabelecer os serviços danificados e já enviou para Guarapuava, um dos municípios mais castigados, um motor potente para garantir a oferta de água. Os consumidores da Copel também deverão ser reconhe-

Parque Barigui fica alagado após forte chuva do último final de semana

cidos pela Defesa Civil ou pelos escritórios regionais da Copel. “Neste momento de comoção para o povo paranaense, a Copel atende a uma determinação do governador Beto Richa buscando atenuar os prejuízos causados pelas cheias”, disse o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. “Estendemos o prazo de pagamento da conta de luz para que as famílias atingidas possam concentrar seus esforços em recuperar as condições mínimas de moradia e trabalho”, afirmou ele.

Outras ações O governador anunciou ainda que a Fomento Paraná irá disponibilizar linhas de crédito para empresários e comerciantes que perderam tudo e que precisam de recursos para reerguer seus estabelecimentos. Será uma linha de crédito especial, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico, para atender os empreendedores dos municípios atingidos pelas chuvas. Campanha O Governo do Paraná iniciou uma campanha de ajuda humanitária para arrecadar e enviar aos municípios mantimentos, cobertores, roupas, conjuntos de cama e utensílios de cozinhas. Várias entidades estão juntas nesta tarefa. Já foram enviados pela Defesa Civil ao interior 10 mil cobertores, duas mil fraldas, 400 fardos de roupas, além de mais de 100 quilos de alimento emergencial (preparado de sopa). Mais caminhões seguiram para o interior na terça-feira. Pela Secretaria da Saúde foi feita liberação de mais de R$

5 milhões para que os prefeitos possam contratar mais profissionais, pagar horas extras. “Isso é para que a população não fique desassistida em nenhum momento, nem de madrugada”, disse Richa. O Estado enviou vacinas, remédios para gripe e inúmeros outros medicamentos para prevenir doenças comuns após enchentes.

Governo Federal O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira, foram recebidos, na segunda-feira (09), pelo governador Beto Richa, para discutir a situação dos municípios atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias. A reunião aconteceu no Palácio Iguaçu e contou também com a participação da senadora Gleisi Hoffmann, representantes do Exército, Ministério da Saúde, Defesa Civil Estadual e Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes. Segundo o ministro Francisco Teixeira, a defesa civil nacional atua em cooperação e de forma integrada com Estados, municípios e outros ministérios e órgãos. “O Ministério da Integração Nacional vai mobilizar outros órgãos federais para a ajuda necessária à população do Estado do Paraná. Essa é a fase da resposta, da urgência, que é seguida da fase de reconstrução”, salienta. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil enviará 1.700 kits dormitórios e R$ 140.386,00 para o Estado do Paraná, destinados para a compra de cestas de alimentos.

www.grupoparanacomunicacao.com.br


São José dos Pinhais

Prefeito Setim determina ações em bairros atingidos pelas chuvas »» O Prefeito Luiz Carlos Setim esteve reunido na tarde de segunda-feira (9) com a Secretaria de Segurança – Defesa Civil e secretarias municipais envolvidas diretamente no atendimento a população atingida pelas fortes chuvas na madrugada do último sábado (7). A Defesa Civil apresentou o relatório de atendimento das doze regiões atingidas, detalhando as situações específicas de cada região. Os alagamentos foram registrados nos bairros Jardim Nemari I, II e III, Alvorada, Itajubá, Jardim Izaura, Ipê I, Blanco Pombo, Independência, São Judas Tadeu, Águas Belas e Jardim Carmem. “O que nos chamou a atenção é que desta vez a chuva atingiu bairros que não alagavam, como o Blanco Pombo, parte do Jardim Carmem e do Izaura e também o Águas Belas. É pre-

Reunião de secretarias com o Prefeito de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim

ciso averiguar o motivo e agir imediatamente”, disse o prefeito Setim, lembrando que no ano passado obras de drenagem evitaram enchentes esse ano, mesmo sob fortes chuvas. O prefeito determinou às Secretarias de Obras e de Meio Ambiente para que realizem levantamento e obras emergenciais de limpeza, drenagem e trocas de manilhas onde for necessário, já que a Defesa Civil registrou e apontou o acumulo de lixo como um dos motivadores

das cheias. “No Jardim Izaura um dos problemas é o aterro clandestino feito do lado de Piraquara, que potencializou o volume de água para o lado de São José dos Pinhais”, explicou o coordenador da Defesa Civil Claudio Arruda. Segundo a Defesa Civil, na tarde desta segunda-feira apenas no Jardim Carmem ainda haviam pontos de alagamento registrados. Durante essa semana todos os pontos atingidos serão vistoriados para elaboração de laudo técnico e continuidade

de ações de obras. Participaram da reunião o secretário de Segurança, Adriano Mühstedt, de Meio Ambiente, Gastão Vosgerau, de Obras Leandro Rocha, de Assistência Social Imar Augusto, de Planejamento Rafael Muhlmann, e os diretores gerais da secretaria de Governo Carlos Pereira e de Planejamento Luiz Keppen. Temporal São José dos Pinhais, assim como centenas de muni-

cípios no Paraná foi atingido pelas fortes chuvas do último fim de semana. No sábado (7) doze bairros sofreram com as cheias, que atingiram 1350 famílias. A Defesa Civil de São José dos Pinhais realizou o atendimento emergencial das famílias, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, no encaminhamento à casa de parentes e com o fornecimento de alimentos e donativos. A Secretaria de Viação e Obras inicia esta semana obras emergenciais de troca de manilha e desassoreamento de rios. A Secretaria de Meio Ambiente vai intensificar a coleta de entulhos na região e orienta a população que deposite o lixo em via pública, pois há coleta três vezes na semana em todos os bairros de São José dos Pinhais. Entrega e recebimentos de donativos estão sendo feitos pela Prefeitura de são José dos Pinhais somente através da Defesa Civil, que atende pelo telefone de emergência 153.

Projeto Rio Itaqui: 132 famílias assinam contrato com a Caixa Econômica Federal O segundo grupo de beneficiários do Projeto Linear do Rio Itaqui assinou, na tarde desta terça-feira (10), no Plenário da Câmara Municipal, o contrato com a Caixa Econômica Federal. O Projeto Linear do Rio Itaqui promove o reassentamento dos moradores próximos ao rio, incentivando uma habitação saudável e digna para os são-joseenses que vivem em determinada faixa de vulnerabilidade social. “Essa é mais uma etapa que se torna realidade”, disse a Secretária de Habitação, Rita Meyer, que frisou a importância da realocação das famílias. “O Projeto Linear do Rio Itaqui promove a cidadania e o respeito às pessoas, além de priorizar a qualidade de vida nessa nova fase”, afirma.

147 famílias, já mudaram para as novas residências do Conjunto Nápoles. As mudanças acontecem seguindo o cronograma da Secretaria de Habitação, e as famílias são transferidas gradativamente da beira do rio para as novas casas. Até o final de 2014, mais 546 famílias devem ser beneficiadas pelo reassentamento do Projeto Linear do Rio Itaqui. O Residencial Amazonas é o segundo empreendimento de casas que é entregue à comunidade

O Residencial Amazonas é o segundo empreendimento de casas que é entregue à comunidade, onde 132 famílias poderão contar com serviços públicos de manutenção das vias, das áreas

www.grupoparanacomunicacao.com.br

de lazer e da coleta de lixo. Dos beneficiados, 97% dizem estar felizes e afirmam ter perspectivas positivas para uma nova vida. Neste ano, o primeiro grupo de beneficiários, composto por

Projeto Linear do Rio Itaqui Foi em 2003 que o Projeto Linear do Rio Itaqui foi iniciado, e através de recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, da Cohapar, do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal, pretende reassentar as famílias que vivem próximas à área de risco,

nos 19 quilômetros de extensão do rio Itaqui. Mais de 100 milhões de reais, oriundos das três esferas do governo – municipal, estadual, e federal -, estão sendo investidos no projeto, que vai beneficiar uma população de cerca de 40 mil moradores, das regiões do Guatupê e Borda do Campo. Um projeto de educação ambiental também está sendo desenvolvido junto às famílias, através de visitas técnicas na região e de trabalhados realizados nas escolas e unidades de saúde. “Para que tenhamos sucesso na recuperação do rio, é necessário que essas famílias sejam conscientizadas sobre o cuidado necessário com o meio ambiente”, afirma Rita Meyer.

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

11


Colombo

Nova Unidade de Saúde de Colombo deve ampliar atendimento no bairro Osasco »» Investimento ultrapassa o valor de R$ 1,176 milhão e a US deve ficar pronta no segundo semestre de 2015 Já começaram as obras que vão erguer no Jardim Osasco uma nova Unidade Básica de Saúde. Ela ficará na Rua Prefeito Pio Alberti, na mesma área onde estão instaladas a Capela Mortuária do Jardim Osasco e a Escola Municipal Gabriel D’Anuncio Strapasson. O investimento é do montante de mais de R$ 1,176 milhão, e para o prefeito em exercício, Ademir Goulart, a US representa mais dignidade e qualidade de vida para o cidadão. “Garantir a saúde é o nosso dever, e o cidadão tem o direito de ser atendido em bons espaços com estrutura adequada. Esta nova unidade é uma de uma série de novidades que estamos trazendo para o equipamento de Saúde do município e que em breve irão melhorar ainda mais a qualidade no atendimento e no serviço prestado”, destacou Goulart.

A nova US Osasco terá área construída de mais de 752 metros quadrados e terá capacidade para 15 mil atendimentos mensais

Do investimento total, mais de R$ 640 mil, são recursos próprios da Prefeitura de Colombo e o restante do valor total, cerca de R$ 530 mil são oriundos de recursos federais. A nova Unidade de Saúde do Osasco terá área construída de 752,23 metros quadrados e inicialmente funcionará como Unidade Básica de Saúde (UBS). Posteriormente ela será transformada, segundo o coordenador da Atenção Básica de Colombo, Wellignton Moretti, em uma unidade de Estratégia

de Saúde da Família. “A Unidade atenderá uma região abrangente, tendo capacidade para 15 mil pessoas por mês, trabalhando com quatro equipes de estratégia da família. Deste modo a Secretaria da Saúde retira o atendimento da unidade locada, onde acontece hoje, melhorando as condições para o paciente”, informou Moretti. Hoje o atendimento médico na região é realizado em uma estrutura locada, com capacidade reduzida, localizada no Jardim Osasco.

Novas US’s nos bairros Além da nova UBS que já começa a ser erguida, as US’s que estão sendo instaladas no jardim Cezar Augusto e Moinho Velho, irão dividir a área de abrangência, trabalhando, segundo o coordenador, principalmente de forma preventiva. “A intenção com o aumento das Unidades de Saúde e equipes de ESF é justamente promover a medicina preventiva, acompanhando as famílias e evitando os gastos posteriores e muito maiores com a medicina curativa. Estas ações comprovadamente melhoram a qualidade da saúde como um todo no município”, concluiu. Além destas três, uma quarta nova Unidade de Saúde está sendo implantada no São Gabriel. A previsão é de que a UBS Osasco esteja pronta para realizar atendimentos até o final de 2015, ampliando a capacidade de atendimento que hoje é absorvida pelas 21 unidades de saúde do município. Além disto, outras duas unidades estão em processo de estudo de impacto para possível implementação, o que significa ainda mais saúde para Colombo.

Integrantes da FAMCOL participam do workshop de Percussão Com 85 participantes, a Famfarra Municipal de Colombo é uma das referências no Paraná e uma das melhores do País. Recentemente passou à condição de Banda de Percussão Marcial e daí a necessidade de aprofundar conhecimentos de novas técnicas para se igualar às grandes Bandas neste segmento. Para aplicar um workshop de dois dias a Prefeitura de Colombo contratou um profissional dos Estados Unidos com profundo conhecimento na técnica de percussão rudimentar que baseia seus ritmos nos sons emitidos por tambores, caixas e bumbos. Esta é uma variação

12

muito utilizada em filmes de guerra e também às margens de estádios de futebol. Recentemente, a Prefeitura adquiriu novos equipamentos que passam a ser utilizados por aproximadamente 30 percussionistas da Famfarra Municipal. Segundo o Professor Nico Owene que está no Brasil há cinco meses, no País, desde 2005, outro colega americano começou a difundir esta técnica e focou principalmente no eixo Rio-São Paulo. Agora, com esta iniciativa queremos expandir para outros estados e elevar a Famfarra de Colombo ao patamar mais alto, em uma nova di-

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

mensão. Ele reside atualmente no Estado do Rio de Janeiro se dedica ao estudo da percussão em vários países inclusive a percussão sinfônica. Deve voltar nos próximos dias aos Estados Unidos onde na Universidade Estadual Adams no Colorado e retorna para uma nova etapa de treinamento no mês de julho que será também aberta aos interessados que não sejam músicos da Banda. Já o Maestro Marcial Siqueira, afirma que a FAMCOL já atua na percussão marcial, a técnica de percussão Rudimentar, somada às recentes aquisições, vai impulsionar em muito

a agremiação colombense rumo às grandes conquistas. “Estamos entrando em um seleto grupo das Fanfarras e Bandas, e é possível esperar para muito em breve uma grande evolução com grandes apresentações.” Disse o Maestro. A Banda da Cidade de Atibaia, uma das maiores entre as brasileiras, já se utiliza desta técnica com grande sucesso. Os 85 integrantes da FAMCOL estão divididos entre Linha de Frente, Corpo Coreográfico, Balizas, Mor de Comando, Banda e Maestro, destes cerca de 30 estarão participando do treinamento.

UAB Colombo abre inscrições para pósgraduação a distância Desde o dia 02, estão abertas as inscrições para os cursos de pós-graduação à distância no Pólo Professor Altair da Silva Leme, os cursos variam de Ciência Geográfica á Gestão em Saúde. As aulas são online e os alunos precisam comparecer ao Polo uma vez por semana para as atividades presenciais, já as avaliações são feitas por atividades respondidas online e por provas aplicadas em aulas presenciais. Se no ensino tradicional os estudantes contam com a ajuda de professores, no ensino a distância os alunos têm o auxilio de tutores, que respondem as dúvidas tanto online quanto presencial. Segundo a profissional da UAB de Colombo, Taciana Marchioro, uma das principais vantagens do curso à distância é a comodidade. “Os alunos que ingressam nesta modalidade, normalmente, já tem uma profissão, e não ter preocupação com o deslocamento facilita muito.” Os cursos são gratuitos e os alunos pagam apenas pela taxa de inscrição, o valor depende da coordenação do curso. As inscrições vão até o próximo dia 30, para os cursos da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) e dia 16, para os cursos ofertados pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Confira a lista de cursos ofertados GESTÃO ESCOLAR – UNICENTRO ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE- UNICENTRO CIÊNCIA GEOGRÁFICA – UNICENTRO GESTÃO EM SAÚDE – UFPR GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL – UFPR GESTÃO PÚBLICA – UFPR ENSINO DE FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO – UFPR As inscrições devem ser feitas nos sites das instituições Unicentro – WWW.UNICENTRO.BR UFPR – WWW.CIPEAD.UFPR.BR Serviço: Polo Professor Altair da Silva Leme Rua Dorval Ceccon, 664 – 2º andar UAB: 41-3562.68 90 uabcolombo@gmail.com

www.grupoparanacomunicacao.com.br


Quatro Barras

Semana do Meio Ambiente promove plantio, blitz educativa, oficinas e revoada de balões biodegradáveis »» Entre os dias dois e oito de junho, a programação movimentou comunidade, comércio e escolas Uma grande mobilização marcou as comemorações da Semana do Meio Ambiente em Quatro Barras, ao longo da última semana. Oficinas de reciclagem no Horto Municipal, lançamento das campanhas Papa-pilhas e Zé Fritura nas escolas, e coleta de lixo eletrônico foram algumas das atividades realizadas. Na quinta-feira (5), uma revoada de balões biodegradáveis simbolizou o Dia Mundial do Meio Ambiente. No mesmo dia ainda houve blitz educativa no trânsito, na via de acesso ao município, próximo ao SESI. No local, funcionários da Secretaria de Meio Ambientes e estagiários

Alunos aderem à campanha e participam de oficinas no Horto

do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Newton Freire Maia, distribuíram sacolas de lixo para veículos com informações sobre os

dias da coleta do lixo orgânico e reciclável. As mais de 300 pessoas mobilizadas durante a semana, entre crianças, jovens e

adultos, ganharam camisetas temáticas da programação e reforçaram sua consciência ambiental. A aluna da Escola Devanira Ferreira Alves, Jenni-

fer Cavaleira Vasselai, de sete anos, disse que a lição mais importante é que todos devem colaborar. “Todo mundo deve cuidar do meio ambiente, é ele que torna nossa terra mais bonita”, comentou. A programação que estava marcada para o fim de semana foi adiada em virtude das chuvas. A Caminhada Ecológica que aconteceria no sábado (7) e o mutirão para plantio e limpeza no campo de pouso de asa-delta e na cachoeira do Anhangava, que seria realizado no domingo (8), serão remarcados, conforme informações da Secretaria de Meio Ambiente. A secretária da pasta, Lucinéia Alves da Silva, avaliou a programação de forma positiva. “Nossa intenção era realmente mobilizar as pessoas, chamar a atenção para o tema, e principalmente, fortalecer a consciência ambiental nas novas gerações, que serão mais pró-ativas em relação ao meio ambiente”, afirmou.

Projeto Nascer com Arte oferece apoio psicossocial para jovens gestantes Cercada de expectativas, a vinda do primeiro bebê é sempre um momento ímpar na vida de toda mãe. Para preparar as gestantes para esta nova fase, a Secretaria Municipal de Ação Social de Quatro Barras desenvolve o Projeto Nascer com Arte, uma iniciativa que visa oferecer apoio psicossocial para adolescentes grávidas de até 18 anos. Na sexta-feira (6) foi realizado o encerramento do primeiro semestre de atividades, que incluiu ações socioeducativos, orientações e trabalhos manuais, para compor o enxoval do bebê. No encontro houve palestra com a fisioterapeuta da Unidade de Saúde do Jardim Menino Deus, Daniele Cavalcanti Leandro, que falou sobre a fisioterapia gestacional, lombalgia, orientações de postu-

Projeto aproxima jovens gestantes e oferece ações socioeducativas

ra, exercícios e amamentação. “Estas orientações são muito úteis para as gestantes, porque previnem dores e trazem mais

www.grupoparanacomunicacao.com.br

segurança para as futuras mamães”, contou. Desde o mês de março, o grupo esteve reunido em nove

encontros, que trabalharam questões como o papel dos pais, a sexualidade, o relacionamento afetivo, planejamento familiar, alimentação e tipos de parto. A pauta de temas também foi acompanhada por encontros voltados ao artesanato e trabalhos manuais, instruídos pela educadora Rosa Carvalho da Silva. Na equipe também atuaram a psicóloga Jéssica Possoli e a assistente social Merci Ribeiro de Souza. A jovem A. D. B., de 16 anos, disse que a interação com o grupo foi determinante nesta fase. “Tinha recém-descoberta minha gravidez. Começamos a interagir, conversar com outras meninas que também estavam passando por esta situação, e tudo ficou mais claro. Foi muito importante para mim”, disse.

O Projeto Nascer com Arte é desenvolvido há vários anos pela Secretaria de Ação Social, e é financiado pelo Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, com o objetivo de elevar a autoestima e promover a inclusão social das jovens, além de orientá-las para sua nova atuação como mães. “Este projeto a cada ano surpreende pela adesão e aceitação das jovens, que deixam o programa visivelmente mais preparadas e confiantes. É uma ação que vem rendendo bons frutos ao estabelecer uma relação mais forte entre mães e bebês”, contou a secretária de Ação Social, Andréa Tolardo. Ao final do evento na última sexta-feira, o grupo participou de um café da tarde e cada uma recebeu um enxoval para seu bebê.

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

13


E

SPORTES NAHAYANA FIORE

A grande mídia e suas inevitáveis influências políticas no esporte prejudicar seu desenvolvimento em campo. O que deve ser feito, é falar do jogador e de seu desempenho como um todo, fazendo parte de uma equipe que está representando sua nação.

»» Quanto à mídia pode influenciar na pressão exercida sobre um jogador? Politicagem Em ritmo de Copa, o assunto central em qualquer bate papo nos últimos dias é o futebol. Brasileiro gosta, ama, vibra futebol. Mas como toda regra tem sua exceção, temos aquelas pessoas que aproveitam a situação, que deveria ser de festa e alegria, para justificar erros antigos e a falta de comprometimento das autoridades. Protestos, greves, manifestações, são de direito do cidadão, quando exercido da maneira correta e com motivos reais. Mas não agir como um oportunista, que usa como desculpa que o dinheiro investido no país para a competição poderia ir para a saúde, educação, ou mobilidade. Fazer com que o país seja mal visto neste momento em que o mundo todo está nos acompanhando, não vai adiantar. Vamos ficar com fama ruim pelo mundo e mesmo assim a Copa vai acontecer. Temos que tirar o lado bom de tudo isso. As calçadas que foram arrumadas, as reformas de estradas, rodovias e pavimentação de ruas, obras de mobilidade, a inda e vinda de turistas que aumentam o lucro dos comerciantes, etc. Os atletas que estão em nosso país, não têm culpa se os nossos governantes sabem melhor aproveitar o dinheiro do contribuinte em momentos de festa, do que em momentos de caos. Sabemos

14

que muitas obras não foram concluídas, que foi gasto muito mais do que o previsto, que com certeza alguém conseguiu desviar verba “sem ser notado”. O que a mídia faz, é mostrar somente as coisas boas e como tudo está perfeito, é o trabalho dela com a política empresarial, passar uma imagem perfeita. Cobrar o uso e aplicação deste dinheiro terá que ser feito após o término do campeonato e antes das eleições, pois ninguém envolvido vai querer se comprometer e arriscar seu cargo e/ou novo cargo com prestações de conta. O que temos que fazer, neste momento, é apoiar nossa Seleção e receber os turistas e seleções da maneira que o brasileiro é conhecido, sempre rindo, dançando, alegre. Porém devemos reivindicar nossos direitos no momento correto: nas eleições e nas cobranças de nossos representantes.

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

Influências midiáticas Mas como estamos falando de festa, alegria e futebol, voltamos ao assunto que interessa. Como apenas um jogador pode ser responsável por um time de 11, além dos reservas e comissão técnica? Será que essa pressão ajuda ou atrapalha? Por que a mídia influencia até dentro de campo? Quando falamos de Seleção Brasileira temos Neymar e mais 10. Portugal é o time do Cristiano Ronaldo. Argentina tem Messi. É assim em quase todas as seleções. Se um jogador é que irá ganhar a Copa, do que vale um time com 23 jogadores escalados? A mídia coloca uma pressão exuberante em cima de determinados jogadores. Tudo bem que eles podem estar em uma boa fase, jogando bem, mas que direito as pessoas têm de jogar a responsabilidade da vitória, do título, em uma única pessoa?! Se perder, a culpa não

será somente dele, e sim de um time. Ouvimos declarações destes jogadores, que eles só querem ganhar o título, não querem ser o artilheiro, o destaque, apenas contribuir para que a sua seleção conquiste a tão sonhada taça. O que acontece é que os meios de comunicação em massa impõe aos telespectadores, hoje torcedores, aquilo que eles querem que aconteça e seja visto. As pessoas analisam e julgam os jogadores pelas informações dadas pela imprensa, e acabam esquecendo em analisar aquilo que está vendo e não falado e comentado por outros. O psicológico de um jogador as vésperas da maior competição mundial já fica a flor da pele pela ansiedade e nervosismo. Com a pressão da mídia dizendo que ele será o principal elemento da sua seleção, pode afetar em seu desempenho e acabar por

A voz do dinheiro Infelizmente temos a consciência que a mídia também sofre a influência das politicagens empresarias. Mesmo tendo o dever e a obrigação de sempre relatar os fatos em sua total verdade, uma empresa precisa de apoio financeiro para sobreviver. É ai que entra a imposição e meias verdades no momento de transmitir uma informação. Fala-se nas obras prontas e que ficaram para o povo, mas não das inacabadas, ou nem iniciadas, previstas no orçamento inicial. Fala-se do time que está com todo gás e pronto para encarar a disputa, mas não fala do que ele passou e enfrentou para conseguir estar na competição. Contam-se as histórias mostrando o lado bom, a versão mais bonita, mas não os problemas. A “empresa mídia”, precisa do apoio financeiro de seus patrocinadores, e estes não querem problemas associados a seus nomes. O que podemos fazer? Que influências nós temos para mudar isso? No momento, nenhuma. Hoje seremos meros torcedores, que no final, passando por todas as reivindicações, protesto e manifestos, só esperam que ao menos nossa seleção seja campeã, e que tenha valido a pena todos os investimentos.

www.grupoparanacomunicacao.com.br


Horóscopo

ÁRIES – de 21/3 a 20/4 É um período mais intenso e você deve fazer tudo com mais cuidado, ariano. Há o risco de brigas ou de alguma tensão maior. Apesar disso, é fase de mais otimismo e de muitas ideias. Aponte sua flecha para o futuro, sem medo de sonhar alto demais. Mas faça tudo com planejamento e atenção aos detalhes. Bons dias para pensar em futuros cursos e/ou viagens.

TOURO – de 21/4 a 20/5 O lema deve ser “devagar e sempre”, taurino. É possível que as coisas pareçam caminhar mais lentamente ou mais difíceis que o normal. Mas a ideia é não desistir se for alguma coisa que você quer muito. O período é bom para mudanças e investimentos, especialmente os de médio e longo prazo. Momento de mais produtividade no trabalho.

GÊMEOS – de 21/5 a 20/6 Momento de extrema sensibilidade, geminiano. É fase de novidades e você deve apostar suas fichas no que quer e investir mais nos seus sonhos. Aproveite que o período está positivo para os relacionamentos, sendo que você pode sentir que as relações estão mais positivas e que os outros estão mais receptivos e carinhosos com relação a você. Dias de boa intuição. CÂNCER – de 21/6 a 22/7 Ouse inovar, canceriano. Seja mais criativo e flexível e abra seu coração para todo tipo de novidade. Não deixe passar as boas oportunidades. São dias de novidades profissionais e é importante deixar espaço para que elas possam acontecer. Bons dias para incluir novas atividades em sua rotina e para pensar em como cuidar melhor da sua saúde. Aproveite para resolver coisas da casa.

LEÃO – de 23/7 a 22/8 Divirta-se mais, leonino. E use mais a sua criatividade. Dias bons para namorar e se divertir. Os eventos sociais são bem vindos, por isso pode aceitar os convites para fazer contato e se divertir o máximo que puder. Se você não tem um hobbie, este seria um bom momento para incluir um em sua rotina. Olhe mais para dentro e preste mais atenção nos seus sonhos e insights.

VIRGEM – de 23/8 a 22/9 O momento é positivo para cuidar dos assuntos domésticos e familiares, virginiano. Ficar mais em casa, organizar suas coisas, ficar mais com seus parentes e amigos mais íntimos. Mas sem esquecer que é um mês importante em sua vida profissional e que você não deve deixar de fazer as coisas muito bem feitas, já que está em fase de mais visibilidade e sucesso profissional.

Humor

LIBRA – de 23/9 a 22/10 Você pode sentir que as coisas estão caminhando mais lentamente, libriano. Não sofra demais por isso. Entenda que tudo tem o seu tempo e que este é um ciclo para pensar mais no futuro do que no presente. O momento é positivo para as conversas, os cursos e as leituras. Boas ideias podem surgir das conversas menos prováveis. As viagens também podem ser muito bem vindas. ESCORPIÃO – de 23/10 a 21/11 Valorize mais o que você tem, escorpiano. Mas sem apego. Até porque é um bom período para abrir mão de algumas coisas, virar páginas e jogar coisas fora. Vale a pena também mudar padrões e a forma de encarar as coisas. É um bom momento para sua vida afetiva. Bom momento para acordos e encontros, o que ativa muito sua vida afetiva.

SAGITÁRIO – de 22/11 a 21/11 Período de mais brilho e sucesso, sagitariano. Dias de novidade, especialmente nas parcerias e relações. Aliás, vale a pena investir mais energia nelas e cuidar muito bem de seus sentimentos e das pessoas que você gosta. São semanas interessantes, de conquistas que devem vir para ficar. Período de mais persistência e determinação. Aproveite. CAPRICÓRNIO – de 22/12 a 20/1 Olhe para dentro, capricorniano. Dias de reflexão, meditação e introspecção. Fique mais quieto, movimente-se só o necessário. É bom se recolher um pouco enquanto define melhor o que você quer. Lembre-se que é período de mudanças importantes em seu trabalho e em sua rotina e que ter qualidade de vida é mais do que fundamental. Cuide melhor de você.

AQUÁRIO – de 21/1 a 19/2 Bons dias para estar com seus amigos, aquariano. E, quem sabe, fazer bons planos com eles. A diversão deve estar presente e você deve aproveitar todos os momentos que puder ter prazer e fazer coisas que você gosta. Mas o ideal é estar em companhia, pois as maiores oportunidades tendem a vir das outras pessoas. As festas e encontros são bem vindos.

PEIXES – de 20/2 a 20/3 O foco do período é o trabalho, pisciano. Você deve colocar mais energia na carreira, pensando onde quer e onde pode chegar. Se sentir que sua vida profissional ainda pede mudanças, este também é o momento para se preparar para isso. Sua família também pede mais atenção. Momento de intensidade afetiva e sexual. Hora de tomar atitudes e fazer algumas mudanças.

www.grupoparanacomunicacao.com.br

O sujeito estava no maior ronco, quando toca o telefone, em plena madrugada: - Aqui é o Aristides, o caseiro da sua fazenda! - O que houve Aristides, aconteceu alguma coisa grave? - Nada não, doutor! Eu só queria avisar que o seu papagaio morreu! - Meu papagaio? Aquele que ganhou o concurso no mês passado? - Sim, este mesmo! - Puxa, que pena! Eu havia pago uma pequena fortuna por ele… mas ele morreu de que? - Comeu carne estragada! - Carne estragada? Quem deu carne estragada para ele? - Ninguém… ele comeu de um dos cavalos que estavam mortos. - Que cavalos? - Dos seus cavalos purosangue! Eles morreram de cansaço, puxando a carroça dágua. - Puxando a carroça dágua? Que água? - Para apagar o fogo! - Fogo? Onde? - Na sua casa… uma vela caiu na cortina e ela pegou fogo. - Vela? Mas quem foi acender vela lá em casa, se tinha eletricidade? - Foi uma das velas do velório! - Velório?! - É o velório da sua mãe… ela chegou lá de madrugada sem avisar e eu atirei nela, pensando que era um ladrão! *** Dois bêbados conversam uma conversa de bêbados. - Tu é casado? - Viúvo. Viúvo três vezes. - De que morreu tua primeira mulher? - Tomou um copo de formicida. - Que coisa triste. E a segunda? - Tomou um copo de formicida. - Putz! E a terceira? De que ela morreu? - Caiu do quinto andar. Não quis tomar o copo de formicida.

Receitas

Fraldinha Recheada com Linguiça

INGREDIENTES Manteiga de cerveja █ 1 colher (sopa) de óleo █ 4 dentes de alho picados █ 1 lata de cerveja preta (350 ml) █ 100 g de manteiga com sal gelada (1/2 xícara de chá)

Recheio █ 500 g de linguiça toscana escaldada (por 5 minutos) e sem a pele █ 200 g de queijo coalho ralado █ salsa picadinha a gosto

Carne █ 600 g de fraldinha limpa e temperada com sal e pimenta-do-reino a gosto █ manteiga de cerveja █ 2 cebolas cortadas em meia lua █ 250 g farinha de mandioca crua MODO DE PREPARO

Manteiga de cerveja 1 - Numa panela com 1 colher (sopa) de óleo refogue 4 dentes de alho picados. Adicione 1 lata de cerveja preta e deixe ferver até reduzir e ficar com +/- ¼ do líquido original (+/- 10 minutos). Desligue o fogo, acrescente 100 g de manteiga com sal gelada e deixe derreter. Reserve.

Recheio 2 - Coloque numa tigela 500 g de linguiça toscana escaldada e sem a pele, 200 g de queijo coalho ralado, salsa picadinha a gosto e misture. Carne 3 - Numa superfície coloque 600 g de fraldinha limpa (já temperada com sal e pimenta-do-reino a gosto) e esfregue um pouco da manteiga de cerveja em toda a carne. No centro da carne coloque a mistura de linguiça e dobre as pontas formando um pacote.

4 - Numa assadeira espalhe 2 cebolas cortadas em meia lua. Coloque sobre a cebola a carne com a dobra para baixo. Pincele um pouco da manteiga de cerveja e leve ao forno alto pré-aquecido a 220°C por +/- 30 minutos, pincelando o restante da manteiga na carne, a cada 10 minutos, até terminar de assar a carne. Retire a carne da assadeira e reserve coberta com papel alumínio por pelo menos 20 minutos antes de fatiar. 5 - Coloque a assadeira (com as cebolas, temperos e caldo que se formou) no fogo médio e deixe secar o caldo e dourar a cebola (+/- 10 minutos). Acrescente 250 g de farinha de mandioca crua, misture e deixe torrar (+/- 5 minutos). Retire do fogo e sirva em seguida com a carne fatiada.

12 a 18/06/2014 <> A Gazeta Região Metropolitana

15


Casarão Restaurante e Eventos

Festas e eventos para até 250 convidados. Venha conhecer o nosso cardápio. Temos ótimas sugestões para a sua festa.

ALMOÇO BUFFET POR QUILO de segunda a sábado

A Gazeta Região Metropolitana Para anunciar ligue 4106-0378 / 3363-0971

Servimos costela, frango, linguiça e porco. Acompanhamentos: saladas, maionese, arroz, aipim frito e farofa

Telefones: 3557-4224 e 3033-1760

Rod. João Leopoldo Jacomel, 13.211 Pinhais - PR

Costelão Pinhais a nova opção gastronômica da cidade

No Costelão Pinhais o cliente é atendido imediatamente.

Pensando no conforto e satisfação de nossos clientes, estamos fazendo alguns ajustes para melhor atendê-los.

OPÇÃO ECONÔMICA: R$ 12,00 De segunda a sexta, no almoço é servido um prato econômico, que inclui carnes assadas, por apenas R$ 12,00.

Costelão Pinhais

Segunda, terça e quarta das 10h até meia noite. Quinta, sexta e sábado, atendimento 24 horas, sem fechar. Domingo até 2 horas da manhã. Segunda à quarta R$ 18,00 por pessoa Quinta e sexta R$ 22,00 por pessoa Sábado e domingo R$ 23,90 ou R$ 35,00 o quilo de qualquer carne

Telefone: 3669-3336

Avenida João Leopoldo Jacomel, 11502 (sentido bairro-centro) - Próximo ao HSBC 16

A Gazeta Região Metropolitana <> 12 a 18/06/2014

www.grupoparanacomunicacao.com.br

A gazeta metropolitana ed 60 12 06 a 18 06  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you