Issuu on Google+

11:04 AM

Paula da Conceição, Ana Sueli Teixeira de Pinho, Maria Elizabeth Bianconcini Santos (Org.), Elizeu Clementino, Flávia Mendes, Inês Barbosa de Oliveira, José Armando Valente, Maria C

Y

da Conceição Soares, Maria Luiza Süssekind, Neurilene Martins Ribeiro,

CM

Nilda Alves, Nilda Moreira, Rachel

MY

Colacique, Rita Dias, Roberto Sidnei

CY

Macedo, Ronaldo Nunes Linhares,

CMY

K

Silvia Michele Macedo, Simone de Lucena Ferreira e Valeria de Oliveira Silva.

Conheça outras obras da Série Educação Metodologia da Pesquisa em Educação

Bruno Taranto Malheiros Sociologia da Educação

Sílvia Marques

Currículos – Teorias e Práticas

M

Andrea Ramal Currículos – Teorias e Práticas é uma obra coletiva, fruto das experiências de professores-pesquisadores da área de educação que reuniram seus sólidos conhecimentos para aprofundar o debate contemporâneo sobre a construção dos currículos no espaço-escola. O texto contém os fundamentos históricos da teoria do Currículo, além de experiências de pesquisas de aprendizagem desenvolvidas em diversificados locais e tempos diferenciados.

(Org.)

de Almeida, Cláudio Orlando, Edméa

Currículos – Teorias e Práticas pode ser considerada uma obra multirreferencial, pela autoria de seus vinte e três integrantes e pela abrangência dos conteúdos. Os autores são experientes professores e pesquisadores da área de Educação, que reúnem em um só livro os fundamentos e os dados de pesquisas acadêmicas, com narrativas dos cotidianos, das artes e redes educativas. Por encontrar-se inserida na contemporaneidade das discussões sobre currículos, esta obra é voltada a estudantes de graduação em educação, comunicação e áreas relacionadas, além de docentes dos cursos de licenciaturas e interessados no tema. O livro contém informação profunda e balizada e não se limita a programas e políticas estabelecidos, mas dialoga com os múltiplos processos instituídos. Apresenta, ainda, discussões científicas atualizadas sobre o campo dos currículos, com fundamentação teórica. O leitor pode acompanhar estudos de casos, práticas de pesquisa, provocações para reflexão e intertextos com narrativas verbais e imagéticas. Há dicas de filmes, discursos de sujeitos e praticantes, exemplos de propostas curriculares e situações de aprendizagem, além de exemplos de currículo. Em onze capítulos, a didática e a linguagem simples de Currículos – Teorias e Práticas convidam os leitores à aprendizagem e a novas tessituras de conhecimentos em rede.

Santos

Aline Weber, Allan Damasceno, Ana

Série Educação

Os autores

Currículos – Teorias e Práticas

Organização

ISBN 978-85-216-2108-9

9 788521 621089

Edméa Santos Organizadora

Currículos – Teorias e Práticas

O livro é constituído de duas partes e onze capítulos. As partes estão divididas em: Fundamentos e práticas; e Políticas, práticas e desafios contemporâneos. Seus capítulos abordam: conceitos e histórias; teorias do estruturalismo ao pós-moderno; cotidianos e redes educativas; articulação de saberes no currículo escolar; currículos e itinerâncias de si; currículos e democracia; web currículo: integração de mídias nas escolas; currículos na educação infantil; currículos e ações afirmativas; currículos e educação especial; e currículo em tempos de tecnologias digitais de informação e comunicação: potencialidades para a educação a distância. Com o objetivo de potencializar os múltiplos conhecimentos sobre o assunto e integrar o estudo da ementa da disciplina Currículo para os cursos de Pedagogia e demais Licenciaturas, esta obra se torna leitura recomendável para estudantes, docentes e profissionais que atuam em educação e em áreas afins.

Série Educação

6/22/12

Série Educação

1

Série Educação

Santos,Edmea_SerieEducacao.ai

Organização

Andrea Ramal

Edméa Santos Organizadora

Currículos – Teorias e Práticas


Currículos – Teorias e Práticas

SANTOS_zero.indd 1

20/06/12 16:18


O GEN | Grupo Editorial Nacional reúne as editoras Guanabara Koogan, Santos, Roca, AC Farmacêutica, Forense, Método, LTC, E.P.U. e Forense Universitária, que publicam nas áreas científica, técnica e profissional. Essas empresas, respeitadas no mercado editorial, construíram catálogos inigualáveis, com obras que têm sido decisivas na formação acadêmica e no aperfeiçoamento de várias gerações de profissionais e de estudantes de Administração, Direito, Enfermagem, Engenharia, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Educação Física e muitas outras ciências, tendo se tornado sinônimo de seriedade e respeito. Nossa missão é prover o melhor conteúdo científico e distribuí-lo de maneira flexível e conveniente, a preços justos, gerando benefícios e servindo a autores, docentes, livreiros, funcionários, colaboradores e acionistas. Nosso comportamento ético incondicional e nossa responsabilidade social e ambiental são reforçados pela natureza educacional de nossa atividade, sem comprometer o crescimento contínuo e a rentabilidade do grupo.

SANTOS_zero.indd 2

20/06/12 16:18


Organização Andrea Ramal

Currículos – Teorias e Práticas Aline Andrade Weber Nunes da Rocha Allan Rocha Damasceno Ana Paula Silva da Conceição Ana Sueli Teixeira de Pinho Cláudio Orlando Costa do Nascimento Edméa Oliveira dos Santos (Org.) Elizeu Clementino de Souza Flávia Oliveira dos Santos Mendes Inês Barbosa de Oliveira José Armando Valente Maria da Conceição Silva Soares Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida

SANTOS_zero.indd 3

Maria Luiza Süssekind Veríssimo Cinelli Neurilene Martins Ribeiro Nilda Guimarães Alves Nilda Moreira Santos Rachel Colacique Gomes Rita de Cássia Dias Pereira de Jesus Roberto Sidnei Macedo Ronaldo Nunes Linhares Sílvia Michele Lopes Macedo Simone de Lucena Ferreira Valeria de Oliveira Silva

20/06/12 16:18


Os autores e a editora empenharam-se para citar adequadamente e dar o devido crédito a todos os detentores dos direitos autorais de qualquer material utilizado neste livro, dispondo-se a possíveis acertos caso, inadvertidamente, a identificação de algum deles tenha sido omitida. Não é responsabilidade da editora nem dos autores a ocorrência de eventuais perdas ou danos a pessoas ou bens que tenham origem no uso desta publicação. Apesar dos melhores esforços dos autores, do editor e dos revisores, é inevitável que surjam erros no texto. Assim, são bem-vindas as comunicações de usuários sobre correções ou sugestões referentes ao conteúdo ou ao nível pedagógico que auxiliem o aprimoramento de edições futuras. Os comentários dos leitores podem ser encaminhados à LTC – Livros Técnicos e Científicos Editora pelo e-mail ltc@grupogen.com.br. Direitos exclusivos para a língua portuguesa Copyright © 2012 by LTC __ Livros Técnicos e Científicos Editora Ltda. Uma editora integrante do GEN | Grupo Editorial Nacional Reservados todos os direitos. É proibida a duplicação ou reprodução deste volume, no todo ou em parte, sob quaisquer formas ou por quaisquer meios (eletrônico, mecânico, gravação, fotocópia, distribuição na internet ou outros), sem permissão expressa da editora. Travessa do Ouvidor, 11 Rio de Janeiro, RJ __ CEP 20040-040 Tels.: 21-3543-0770 / 11-5080-0770 Fax: 21-3543-0896 ltc@grupogen.com.br www.ltceditora.com.br Capa: Máquina Voadora DG Editoração Eletrônica: Design Monnerat CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ C986   Currículos – teorias e práticas / Aline Andrade Weber Nunes da Rocha ... [et al.] ; organização Andrea Ramal e [Edméa Oliveira dos Santos]. - Rio de Janeiro: LTC, 2012. il. ; 23 cm        (Educação)   Inclui bibliografia e índice ISBN 978-85-216-2108-9   1. Currículos - História. 2. Currículos - Planejamento. 3. Currículos - Avaliação. 4. Educação - Currículos. I. Rocha, Aline Andrade Weber Nunes da. II. Ramal, Andrea. III. Santos, Edméa Oliveira dos, 1972-. IV. Série. 12-2699.                              CDD: 375.0009                                             CDU: 37.016

SANTOS_zero.indd 4

20/06/12 16:18


Agradecimentos Agradeço aos autores e às autoras desta obra que acreditam que a “Ciência” pode ser comunicada com uma linguagem simples, não menos densa e plural, articulando funda­ mentos e dados de pesquisas acadêmicas com narrativas dos cotidianos, das artes e de outras tantas redes educativas. Esta obra é uma realização coletiva de pessoas e grupos de pesquisa que pensam, militam e fazem “Currículo” em espaçostempos multirreferenciais de aprendizagem. Dentre eles destacamos, além das universidades e escolas representadas pelos autores e pelas autoras, a ID Projetos Educacionais e o GEN que tornaram este projeto um empreendimento concreto.

Edméa Oliveira dos Santos Organizadora

SANTOS_zero.indd 5

20/06/12 16:18


SANTOS_zero.indd 6

20/06/12 16:18


Apresentação da série Os livros da série Educação, da LTC Editora, trazem, em seus volumes, o conjunto de conteú­ dos essenciais das disciplinas do currículo de Pedagogia, licenciaturas e cursos afins. Com uma didática diferenciada, que leva o aluno a construir o conhecimento e a refletir sobre o que lê, intercalando exercícios práticos, estudos de caso e outros recursos, os livros são especialmente modelados para servir como referência para a elaboração e implemen­ tação dos planos de aula e o acompanhamento organizado e sistemático dos conteúdos básicos de cada curso. Nos últimos anos, o número de alunos das graduações de Pedagogia e afins tem aumen­ tado em proporção bem maior do que carreiras tradicionalmente muito procuradas, como Medicina e outras. Isso se explica, em grande parte, por que educação é uma das áreas do futuro. Vivemos em uma sociedade em que o bem mais valioso é o conhecimento. Ora, quem pode ser mais especialista na transmissão, gestão e avaliação de conhecimento do que um bom educador, um professor competente, um pedagogo qualificado? Países que hoje são referência pela qualidade dos sistemas educacionais, como Coreia do Sul e Finlândia, já mostraram que a qualificação e a valorização dos educadores estão dire­ tamente associadas ao desenvolvimento social e econômico. O Brasil, que ganha posições importantes no ranking das economias mundiais, cedo ou tarde terá que reformar o seu sistema de ensino e, nesse movimento, a qualificação dos educadores (gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores e demais profissões ligadas ao ensino) será um passo decisivo. Nosso país precisa correr contra o tempo para atingir a meta, até 2020, de zerar o déficit de professores nas salas de aula de todas as regiões brasileiras. A proposta desta série é atender à demanda de formação e atualização dos milhares de alunos de Pedagogia e áreas afins, assim como das licenciaturas. Os professores encontram, nestes livros, um material didático de qualidade, com aplicação direta na sala de aula, com linguagem acessível e didática contemporânea. Os autores dos livros desta série têm plena certeza de que, com este material, darão uma contribuição significativa para elevar o ensino nos cursos de Pedagogia e formação de professores. E, por consequência, encorajarão todos aqueles que optaram pela educação a seguir trilhando, com excelência, esse caminho tão gratificante e tão decisivo para o cresci­ mento social e econômico sustentável do país.

Profa Andrea Ramal Doutora em Educação pela PUC-Rio

SANTOS_zero.indd 7

20/06/12 16:18


SANTOS_zero.indd 8

20/06/12 16:18


Prefácio Na área da Educação, o campo do Currículo traz discussões polissêmicas enraizadas em discursos e práticas de variados espaçostempos históricos. Há a definição mais simples que se refere meramente ao elenco de disciplinas de um curso. Mas há também percepções com­ plexas que dizem respeito à organização dos processos de ensino e aprendizagem, a seus conteúdos curriculares e sua gestão. No entanto, a noção de “currículo” acaba reduzida, quase sempre, ao elenco ou à disposição de conteúdos escolares. Sendo o currículo uma prática social que agrega a diversidade humana, não é estranho encontrarmos sentidos tão diferentes, seja da educação propriamente dita, no social mais amplo, ou nos campos de lutas políticas e das práticas culturais. Essas diferenças estão diretamente relacionadas às experiências teórico-práticas dos que atuam e configuram os diversos espaçostempos nas mais diversas e variadas redes educa­ tivas. Contudo, ao discutirmos a noção de currículo no espaço escolar constatamos que professores e alunos ainda entendem o “currículo” como sinônimo de programas, ou seja, como uma sequência de ações predeterminadas que só pode se realizar em um ambiente com poucas eventualidades e desordens (Morin). Nesta perspectiva o currículo é visto como uma experiência acumulativa, descontextua­ lizada, com objetivos comportamentais definidos a priori, pautado em conteúdos definidos exteriormente do contexto sócio-histórico e cultural dos praticantes e sujeitos da aprendiza­ gem. Essa construção cultural do currículo vem sendo questionada na contemporaneidade, dentre outros motivos, devido à própria crise da Ciência Moderna e pela emergência de novas práticas instituídas em diversas redes educativas, a exemplo das práticas educativas e de pesquisa dos cotidianos. Para nós, autores e autoras deste livro, não podemos tratar o campo do currículo no singular. Preferimos tratar da noção de “currículos”. Currículos são práticas sociais que se estabelecem na complexidade das diversas e plurais redes educativas. Sendo assim, não se limitam às prescrições estabelecidas pelos programas e pelas políticas, mas estes dialogam, criam tensões entre os processos instituídos e instituintes. Esta obra é uma produção coletiva, fruto da ousadia de docentes, pesquisadores e pes­ quisadoras, implicados e implicadas, diretamente com os estudos e as práticas de Currículos no Brasil. Na tessitura do conhecimento aqui expressada, combinamos fundamentos históri­ cos da teoria do Currículo, com experiências de pesquisas situadas historicamente em diver­ sos espaçostempos de aprendizagem. Aqui o leitor (estudantes em formação e docentes dos diversos Cursos de Licenciaturas) dialogarão diretamente com capítulos que apresentam discussões científicas atualizadas sobre o campo dos “Currículos”. Além da rica fundamen­

SANTOS_zero.indd 9

20/06/12 16:18


10

PREFÁCIO

tação teórica, o leitor terá acesso a estudos de casos, práticas de pesquisa, provocações para reflexões diversas, intertextos com narrativas diferenciadas (verbais e imagéticas), dicas de filmes, falas de sujeitos e praticantes, exemplos de propostas curriculares e situações de aprendizagem, exemplos de atos de currículo. Enfim, arquitetamos para cada capítulo um desenho didático convidativo a aprendizagens e novas tessituras de conhecimentos em rede. Nesse sentido, o leitor não pode conceber esta obra como “verdade absoluta” e guia linear de estudos. Nela contamos com paradoxos e contradições, próprias do processo de construção do conhecimento, que jamais é neutro e desinteressado. A didática empregada aqui procurou potencializar a polifonia e o pensamento hipertextual sobre o campo do Cur­ rículo. Esta obra contempla a seguinte ementa da disciplina “Currículo” para os cursos de Pedagogia e demais Licenciaturas: >>Currículo: campo de estudos, conceitos e histórias. Teorias do Currículo, principais abordagens, práticas cotidianas e redes educativas, articulações de saberes, forma­ ção e pesquisa-autobiográfica. Políticas e práticas do currículo nacional: da educação infantil à formação de professores. Temas contemporâneos para a instituição de currí­ culos (democracia, educação especial, ações afirmativas, tecnologias e integração de mídias nos currículos). Para garantirmos o estudo da ementa proposta, nossa obra foi organizada em duas par­ tes complementares que podem ser estudadas de forma aleatória ou sequencial.

Parte I- Fundamentos e Práticas Capítulo 1 - Currículo: Implicações Conceituais (Roberto Sidnei Macedo e Sílvia Michele Macedo - UFBA). No Capítulo 1, os autores apresentam aos leitores diversos sentidos e significados sobre o campo e a noção de currículo. Abordam o tema de forma complexa contemplando a multidimensionalidade do campo em seus aspectos sociais, culturais, polí­ ticos, éticos e estéticos. Capítulo 2 - Teorias do Currículo: do Estruturalismo ao Pós-Moderno (Nilda Moreira San­ tos - UCSAL). No Capítulo 2, a autora convida o leitor para uma imersão lúdica (com tom científico) nas teorias do currículo, problematizando alguns paradigmas e seus contextos históricos, culturais e políticos. Capítulo 3 - Currículos, Cotidianos  e Redes Educativas (Conceição Soares e Nilda Alves - UERJ). No Capítulo 3, as autoras apresentam aos leitores a metáfora e o pensamento sobre redes

SANTOS_zero.indd 10

20/06/12 16:18


PREFÁCIO

11

educativas, situando o currículo no contexto das práticasteoriaspráticas das pesquisas nos (dos e com os) cotidianos. Capítulo 4 - Articulação de Saberes no Currículo Escolar (Edméa Santos  - UERJ e Aline Weber – Colégio São Paulo - RJ). No Capítulo 4, as autoras apresentam a crítica ao paradigma da disciplinaridade do currículo escolar, apresentando sugestões de articulações de saberes pelas abordagens multi-pluri-inter-transdisciplinaridade e da multirreferencialidade para a instituição de um currículo em rede. Capítulo 5 - Currículos e Itinerâncias de Si: Pesquisa (Auto)Biográfica no Contexto da For­ mação de Professores (Elizeu Clementino de Souza – UNEB, Ana Sueli Teixeira de Pinho – UCSAL/UNEB, Neurilene Martins Ribeiro – UNEB). No Capítulo 5, os autores apresentam a abordagem biográfica que é considerada, simultaneamente, um meio de investigação e um instrumento pedagógico, e é, justamente, essa dupla função que justifica a utilização do método no domínio das ciências da Educação, em especial na área do Currículo.

Parte II - Políticas, Práticas e Desafios Contemporâneos Capítulo 6 - Currículos e Democracia (Inês Barbosa de Oliveira – UERJ e Maria Luiza Süs­ sekind – UNIRIO). No Capítulo 6, as autoras convidam os leitores para a discussão sobre a democracia e como a mesma pode ser vivenciada concretamente nos currículos. Em tempos de crescentes intolerâncias e crises sociais temos que atentar para práticas curriculares que contemplem o diálogo com e nas diferenças. Capítulo 7 - Web Currículo: Integração de Mídias nas Escolas com Base na Investigação de Fatos Científicos para o Fazer Científico (Maria Elizabeth B. de Almeida e José Armando Valente – PUC-SP). No Capítulo 7, os autores apresentam as potencialidades da integração de mídias no currículo, tendo como base as práticas de pesquisa e de investigação científica na escola. Apresentam a noção de “web currículo” com exemplos de práticas curriculares concretas. Capítulo 8 - Currículos na Educação Infantil: Desafios entre Cuidar e Educar (Ana Paula S. da Conceição – UNEB/UFBA e Flávia O. dos Santos Mendes – FBB e Escola Experimental - BA). No Capítulo 8, as autoras apresentam fundamentos contemporâneos da Educação Infantil (cuidar, educar, brincar) discutindo propostas concretas para mais e melhores práticas cur­ riculares com crianças. As autoras fazem um fecundo diálogo com propostas e políticas nacionais com práticas educativas advindas de suas experiências formativas.

SANTOS_zero.indd 11

20/06/12 16:18


12

PREFÁCIO

Capítulo 9 - Pesquisa, Currículo e Ações Afirmativas - Rodas de Saberes e Formação: um Estudo de Caso (Cláudio Orlando C. do Nascimento e Rita de Cássia Dias Pereira de Jesus – UFRB). No Capítulo 9, os autores apresentam um estudo de caso, fundamentado nas atuais discussões políticas, científicas e cotidianas sobre Ações Afirmativas no Brasil. Destacam o papel das universidades e dos movimentos sociais na instituição de currículos. Capítulo 10 - Currículo e Diferença na Escola Inclusiva (Allan Damasceno - UFRRJ, Valeria de Oliveira – UERJ/Rede Municipal de Nilópolis-RJ e Rachel Colacique – UNIRIO/INES). No Capí­ tulo 10, os autores apresentam a discussão sobre Educação Especial no contexto de práticas curriculares que atentam para os diversos tipos de deficiências. O tema é tratado com diver­ sas sugestões de atividades que interagem com dados de políticas e programas nacionais e internacionais sobre o tema. Capítulo 11 - O Currículo em Tempos de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação: Potencialidades para a Educação a Distância (Simone de Lucena Ferreira e Ronaldo Nunes Linhares - PPED/Unit). No Capítulo 11, os autores apresentam os potenciais das tecnologias digitais interagindo com propostas curriculares que integram saberes na modalidade da edu­ cação a distância (EAD). Este tema é de fundamental importância, pois a EAD já é realidade no contexto nacional e vem desafiando o campo do currículo em nosso tempo.

Edméa Oliveira dos Santos Organizadora

SANTOS_zero.indd 12

20/06/12 16:18


Sobre os autores e as autoras Aline Andrade Weber Nunes da Rocha

Mestranda em Educação pela ProPEd/UERJ, pesquisadora do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura - GPDOC. Especialista em Mídia Educação pela PUC-Rio. Professora do Ensino Fundamental I, atualmente é coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental II do Colégio São Paulo no Rio de Janeiro.

Allan Rocha Damasceno

Mestre e Doutor em Educação, com ênfase em Educação Especial, pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente, é pesquisador do grupo Política em Educação: Formação, Diversidade e Inclusão, grupo vinculado ao Programa de Pesquisa, Aprendizagem-Ensino e Extensão em Formação dos Profissionais da Educação (GRUPO ALEPH) da Universidade Federal Fluminense e pesquisador colaborador do Observatório de Políticas Públicas em Educação Especial e Inclusão Escolar da UFRRJ, Membro da Red de Investigadores de Inclusión Educativa y Social, com sede na Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial (ABPEE) e professor adjunto do Instituto de Educação da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Ana Paula Silva da Conceição

Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professora assistente da Universidade do Estado da Bahia e coordenadora pedagógica da Classe Hospitalar do Complexo Hospitalar Universitário Prof. Edgard Santos (HUPES) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação infantil, currículo, ludicidade, pesquisa e prática pedagógica e formação docente.

Ana Sueli Teixeira de Pinho

Mestre e doutoranda em Educação pela UNEB – Universidade do Estado da Bahia. Atualmente, é professora assistente da Universidade Católica de Salvador. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores da Educação Básica e Superior, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento, avaliação, alfabetização, educação rural, classes multisseriadas.

Cláudio Orlando Costa do Nascimento

Mestre e Doutor em Educação pela Faculdade de Educação (FACED) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor adjunto no Centro de Formação de Professores (CFP), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e coordenador de Políticas Afirmativas na Pró-Reitoria

SANTOS_zero.indd 13

20/06/12 16:18


14

SOBRE OS AUTORES E AS AUTORAS

de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE - UFRB). Atua e produz na área de Educação, com ênfase em política e gestão educacional, currículo, didática, epistemologia e formação, inspirado nos estudos sobre; história de vida, (auto)biografia, pensamento complexo, multirreferencialidade, diversidade e ações afirmativas.

Edméa Oliveira dos Santos

Mestre e Doutora em Educação (FACED/UFBA). Professora adjunta da Faculdade de Educação da UERJ, atua no ProPEd - Programa de Pós-Graduação em Educação da UERJ, na Linha de Pesquisa: Cotidiano, Redes Educativas e Processos Culturais. Líder do GPDOC - Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura. Atua na formação inicial e continuada de professores e pesquisadores. Campos de atuação profissional: cibercultura e educação, pesquisa e prática pedagógica, currículo, didática, informática na educação, educação online, EAD. Sócia efetiva da ABCIBER Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura (www.docenciaonline.pro).

Elizeu Clementino de Souza

Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professor titular da Universidade do Estado da Bahia, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade da Universidade do Estado da Bahia, Secretário adjunto da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (2009/2011), Coordenador do GT 13 - Educação Fundamental ANPEd (2006/2009), sócio e pesquisador da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação, sócio e membro do Conselho de Administração da Associação Internacional das Histórias de Vida em Formação - ASIHVIF, Presidente da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: história de vida, formação de professores, pesquisa (auto)biográfica, abordagem autobiográfica e narrativas de formação. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2.

Flávia Oliveira dos Santos Mendes

Mestre pelo PPGEduC - Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade da UNEB - Universidade Estadual da Bahia. Especialista em alfabetização infantil pela Universidade Estadual da Bahia. Atualmente é coordenadora pedagógica da Educação Infantil da Escola Experimental em Salvador e Professora das disciplinas Alfabetização e Letramento, Fundamentos da Educação Infantil e Organização do Trabalho Pedagógico da Faculdade Batista Brasileira. Experiência na área de Educação com ênfase em Formação de Professores e Educação Infantil.

Inês Barbosa de Oliveira

Mestre em Administração de Sistemas Educacionais pelo Instituto de Altos Estudos em Educação (1988) e Doutora em Sciences Et Théories de Léducation - Université de Sciences Humaines de Strasbourg (1993). Atualmente é professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Teoria Geral de Planejamento e Desenvolvimento Curricular, atuando principalmente nos seguintes temas: cotidiano escolar, currículo, pesquisa no/do cotidiano, currículos praticados e emancipação social. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1D.

José Armando Valente

Mestre em Ciência da Computação pelo Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, Mestre pelo Programa Interdisciplinar de Ciência e Educação do Massachusetts Institute of Technology MIT, Doutor

SANTOS_zero.indd 14

20/06/12 16:18


SOBRE OS AUTORES E AS AUTORAS

15

pelo Departamento de Engenharia Mecânica e Divisão para o Estudo e a Pesquisa em Educação do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e Livre-Docente pelo Departamento de Multimeios, Mídia e Comunicação do Instituto de Artes da Unicamp. Professor do Departamento de Multimeios, Mídia e Comunicação do Instituto de Artes, pesquisador do Núcleo de Informática Aplicada à Educação (Nied) da Unicamp e professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Tópicos de pesquisa incluem criação de comunidades de aprendizagem baseadas nas Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), desenvolvimento de metodologia de formação baseada nas TDIC para ser utilizada em escolas e em empresas, de forma presencial ou a distância e estudo do potencial das TDIC como ferramenta educacional. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1C .

Maria da Conceição Silva Soares

Doutora e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo. Professora adjunta da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ. Professora do ProPEd - UERJ. Atuou, até agosto de 2009, como professora titular da linha Educação Ambiental no Mestrado em Tecnologia Ambiental da Faculdade de Aracruz e na Graduação em Pedagogia na mesma instituição, além de cursos de especialização no Espírito Santo. Possui experiência profissional em veículos de comunicação e em empresas nas áreas de Relações Públicas, Propaganda e Assessoria de Imprensa. Foi diretora da Rádio Universitária da Universidade Federal do Espírito Santo, onde coordenou estágios e outros projetos de extensão universitária. Tem interesse principalmente pelos seguintes temas: comunicação, educação, cotidianos, subjetividades, currículos, produção de sentidos, culturas e meio ambiente.

Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida

Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2. Professora associada da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, atua como coordenadora e docente no Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, Linha de pesquisa Novas Tecnologias em Educação e no Departamento de Educação, Formação Docente, Gestão e Tecnologias, da Faculdade de Educação da PUC/SP. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 pelo CNPq.

Maria Luiza Süssekind Veríssimo Cinelli

Mestre em Ciências Sociais (Etnografia) pela UFRRJ e Doutora em Educação (Cotidiano) pela UERJ. Atualmente é professora adjunta no Departamento de Didática da Escola de Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO. Tem experiência em pesquisa, desde 1988, com ênfase em Metodologia de Pesquisa, Currículo, Formação de Professores e Didática.

Neurilene Martins Ribeiro

Mestre e doutoranda em Educação pela UNEB - Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em formação continuada de educadores alfabetizadores, haja vista a sua itinerância profissional a partir da década de 1990. Coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental, formadora de coordenadores pedagógicos e professores de escolas públicas, gestora pedagógica do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa – ICEP. Atualmente é coordenadora pedagógica regional do ICEP, na gestão do Projeto Chapada.

Nilda Guimarães Alves

Doutora em Ciências da Educação, pela Université de Paris V (René Descartes) e Pós-Doutorada no INRP. Atualmente, é professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ,

SANTOS_zero.indd 15

20/06/12 16:18


16

SOBRE OS AUTORES E AS AUTORAS

atuando na graduação e na pós-graduação, onde coordena o Laboratório Educação e Imagem (http:// www.lab-eduimagem.pro.br). É líder do GRPesq/CNPq intitulado Currículos, redes educativas e imagens. Organizadora de coleções e séries (Cortez, DPA e DPetAlli). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em currículos, atuando principalmente nos seguintes temas: cotidianos e currículos; tecnologias, imagens e narrativas. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1A.

Nilda Moreira Santos

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professor titular da Universidade Católica do Salvador. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículo, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, cultura, movimento social, conscientização e práxis docente dialógica.

Rachel Colacique Gomes

Mestranda em Educação ProPEd/UERJ e pesquisadora do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura (GPDOC), possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Especialização - Lato Sensu - em Educação Especial/Surdez (UNIRIO). Atualmente é professora do Instituto Nacional de Educação de Surdos e da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Possui certificado de Proficiência no uso e ensino de LIBRAS.

Rita de Cássia Dias Pereira de Jesus

Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e professora/pesquisadora da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Teoria Geral de Planejamento e Desenvolvimento Curricular, atuando principalmente nos seguintes temas: formação docente, memorial, séries iniciais, multiculturalismo, currículo; formação de professores, organização curricular/planejamento estratégico, políticas afirmativas, permanência e estudos étnico-raciais e formação docente.

Roberto Sidnei Macedo

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Bahia e Doutor em Ciências da Educação - Universidade de Paris VIII (1995), Pós-Doutorado em Currículo e Formação pela Universidade de Fribourg - Suíça (2007). Atualmente é professor adjunto IV da Universidade Federal da Bahia, credenciado nos Programas de Mestrado e Doutorado em Educação e Doutorado Multidisciplinar e Multi-institucional em Difusão do Conhecimento. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nas seguintes áreas: currículo; formação docente; formação; infância e educação; epistemologia da educação, etnopesquisa crítica e etnopesquisa-formação.

Ronaldo Nunes Linhares

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe com Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor titular da Universidade Tiradentes do Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu em Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação a distância, audiovisual e educação e avaliação de EAD.

Sílvia Michele Lopes Macedo

Mestre e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação-PPGE/FACED-UFBA. Especialista em Metodologia da Educação Superior-Ênfase em Novas Tecnologias pela Faculdade Batista Brasileira FBB; professora substituta da Universidade do Estado da Bahia - UNEB dos componentes curriculares Antropologia e Educação/Sociologia e Educação/Educação e Movimentos Sociais; Desenvolvimento de pesquisas no campo da Antropologia da Educação.

SANTOS_zero.indd 16

20/06/12 16:18


SOBRE OS AUTORES E AS AUTORAS

17

Simone de Lucena Ferreira

Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é professora titular da Universidade Tiradentes (UNIT) onde atua no Programa de Pós-Graduação em Educação na linha Educação e Comunicação. Pesquisadora do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP). Professora do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE2) do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC-BA). Tem experiência e publicações nas áreas de Educação, Comunicação e Tecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, tecnologias da informação e comunicação, interatividade, educação a distância, formação de professor e TV digital. É membro do Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação e Sociedade.

Valeria de Oliveira Silva

Mestranda em Educação pelo ProPEd - UERJ, pesquisadora do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura (GPDOC), especialista em Linguística Aplicada com ênfase na área da Surdez pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ e em Surdez e Letramento nos Anos Iniciais para Crianças e EJA pelo Instituto Nacional de Educação de Surdos - INES/MEC. Atualmente é coordenadora pedagógica do Programa Rompendo Barreiras: Luta pela Inclusão/Faculdade de Educação/UERJ, Professora de Língua Portuguesa da Escola Municipal Margarida Fernandes Sabino - Prefeitura de Nilópolis-RJ e professora auxiliar do Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos - UNIMSB. Campos de atuação profissional: pesquisa em e-acessibilidade, educação online e formação de professores, currículo e diversidade, ensino de língua portuguesa para surdos como segunda língua, atendimento educacional especializado - AEE para pessoas com deficiências sensoriais (surdez, cegueira e baixa visão) e físico-motoras e políticas públicas educacionais.

SANTOS_zero.indd 17

20/06/12 16:18


SANTOS_zero.indd 18

20/06/12 16:18


Sumário Parte I  Fundamentos e Práticas

1

Capítulo 1  Currículo: Implicações Conceituais

3

Contextualização Distinguir e compreender bem o que é currículo como uma responsabilidade socioeducacional Educação é prática Conceito, campo de atividades e implicações político-pedagógicas Educação é prática Educação é prática Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

7 11 13 14 15 16

Capítulo 2  Teorias do Currículo: do Estruturalismo ao Pós-Moderno

19

Contextualização

Formas e perspectivas do conhecimento

O conhecimento nas atividades práticas e sociais Educação é prática Da natureza do conhecimento científico às teorias da educação e do currículo

3 5 6

19 19

21 23 24

O que estudo com minhas leituras individuais? Alguns textos de autores 24

Educação é prática Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

29 37 37 38

Capítulo 3  Currículos, Cotidianos e Redes Educativas

39

Contextualização Estudo de caso Conceitos para entender a prática

A tessitura em rede de conhecimentos e significações As metáforas da árvore e da rede

SANTOS_zero.indd 19

39 40 42 42 46

20/06/12 16:18


20

SUMÁRIO

Contextos cotidianos, redes educativas e culturas vividas Resumo executivo Teste seu conhecimento Educação é prática Referências bibliográficas

Capítulo 4   Articulação de Saberes no Currículo Escolar

Contextualização Estudo de caso Buscando possibilidades – abordagens para uma articulação dos saberes

53 58 60 60 61

63

63 67 68

Abordagem multidisciplinar

68

Abordagem pluridisciplinar

70

Abordagem interdisciplinar Abordagem transdisciplinar

72 74

Educação é prática

77

Abordagem multirreferencial

77

Educação é prática Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

80 80 81 82

Capítulo 5  Currículos e Itinerâncias de Si: Pesquisa (Auto)Biográfica no Contexto da Formação de Professores

85

Contextualização Educação é prática Educação é prática Educação é prática Pesquisa autobiográfica Educação é prática Conceitos para entender a prática Pesquisa biográfica Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

SANTOS_zero.indd 20

85 86 87 87 88 92 92 96 98 99 99

20/06/12 16:18


SUMÁRIO

21

Parte II  Políticas, Práticas e Desafios Contemporâneos

103

Capítulo 6  Currículos e Democracia

105

Contextualização Estudo de caso Educação é prática As propostas curriculares oficiais: normatização e controle da atividade pedagógica Educação é prática Pensando a democracia social Igualdade e diferença nas sociedades democráticas Educação é prática Educação é prática Os currículos e a democracia: utopias praticadas nos cotidianos das escolas Educação é prática Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

Capítulo 7  Web Currículo: Integração de Mídias nas Escolas com Base na Investigação de Fatos Científicos para o Fazer Científico Contextualização Educação é prática Conceitos para entender a prática

105 105 108 108 110 110 113 114 115 116 118 118 119 119

121

121 122 123

O que significa abordagem pedagógica baseada na investigação? O que significa aprendizagem baseada na investigação?

123 125

Web currículo e investigação Cenários de integração de mídias e tecnologias digitais no desenvolvimento do currículo

126

Investigação envolvendo toda a escola Investigação na área de artes

Educação é prática Investigação na realização de atividades de matemática

Educação é prática Alunos e escola geradores de conhecimento Educação é prática

SANTOS_zero.indd 21

128 128 130

130 130

132 132 133

20/06/12 16:18


22

SUMÁRIO

Resumo executivo Teste seu conhecimento: Referências bibliográficas

133 134 134

Capítulo 8  Currículos na Educação Infantil: Desafios entre Cuidar e Educar

137

Contextualização Atividade proposta Conceitos para entender a prática O que é, o que é o currículo?

Estudo de caso Por que é importante brincar? O que significa cuidar na educação infantil? E o que se entende por educar? Qual deve ser a articulação entre o cuidar e o educar? Como a prática do educar e do cuidar tem ocorrido no cotidiano das creches? Atividade proposta Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

Capítulo 9  Pesquisa, Currículo e Ações Afirmativas - Rodas de Saberes e Formação: um Estudo de Caso Contextualização Estudo de caso

Rodas, recôncavo e universidade em conexão

Educação é prática As transmutações das rodas: casos e experiências em estudo

Conceitos para entender a prática

137 138 144

147 150 151 152 153 153 156 156 159 159

163

163 166 166

167 167

169

As rodas de saberes e formação como dispositivos de pesquisa, currículo e ações afirmativas Ações afirmativas como pauta político-pedagógica

169 171

Políticas de ações afirmativas: acesso e permanência de jovens negros na universidade - as rodas de formação como ação estratégica Educação é prática Resumo executivo

177 179 180

SANTOS_zero.indd 22

20/06/12 16:18


SUMÁRIO

23

Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

181 181

Capítulo 10  Currículo e Diferença na Escola Inclusiva

183

Contextualização Conceitos para entender a prática

A escola como espaço de pluraridade e diferenças

Educação é prática Currículo escolar e diferença Adaptações curriculares para estudantes surdos

Educação é prática Adaptações curriculares para estudantes cegos ou com baixa visão Adaptações curriculares para estudantes com surdocegueira Adaptações curriculares com deficiência intelectual Adaptações para estudantes com deficiência física Atendimento hospitalar ou domiciliar Adaptações curriculares para estudantes com múltiplas deficiências

183 184 187

188 190 190

193 194 196 197 199 200 201

Educação é prática Resumo executivo Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

201 202 202 203

Capítulo 11  O Currículo em Tempos de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação: Potencialidades para a Educação a Distância

205

Contextualização Estudo de caso Conceitos para entender a prática Entendendo o currículo

O espaço das tecnologias: exercícios de transversalidade e horizontalidade em um currículo pós-crítico e transdisciplinar Educação é prática Teorias críticas Teorias pós-críticas

Perspectivas contemporâneas sobre currículo, TDIC e educação a distância As TDICs e os desafios sobre a formação de professores

SANTOS_zero.indd 23

205 206 206 215

209 213 214 215

217 222

20/06/12 16:18


Resumo executivo Educação é prática Teste seu conhecimento Referências bibliográficas

227 228 228 228

Índice

231

SANTOS_zero.indd 24

20/06/12 16:18


11:04 AM

Paula da Conceição, Ana Sueli Teixeira de Pinho, Maria Elizabeth Bianconcini Santos (Org.), Elizeu Clementino, Flávia Mendes, Inês Barbosa de Oliveira, José Armando Valente, Maria C

Y

da Conceição Soares, Maria Luiza Süssekind, Neurilene Martins Ribeiro,

CM

Nilda Alves, Nilda Moreira, Rachel

MY

Colacique, Rita Dias, Roberto Sidnei

CY

Macedo, Ronaldo Nunes Linhares,

CMY

K

Silvia Michele Macedo, Simone de Lucena Ferreira e Valeria de Oliveira Silva.

Conheça outras obras da Série Educação Metodologia da Pesquisa em Educação

Bruno Taranto Malheiros Sociologia da Educação

Sílvia Marques

Currículos – Teorias e Práticas

M

Andrea Ramal Currículos – Teorias e Práticas é uma obra coletiva, fruto das experiências de professores-pesquisadores da área de educação que reuniram seus sólidos conhecimentos para aprofundar o debate contemporâneo sobre a construção dos currículos no espaço-escola. O texto contém os fundamentos históricos da teoria do Currículo, além de experiências de pesquisas de aprendizagem desenvolvidas em diversificados locais e tempos diferenciados.

(Org.)

de Almeida, Cláudio Orlando, Edméa

Currículos – Teorias e Práticas pode ser considerada uma obra multirreferencial, pela autoria de seus vinte e três integrantes e pela abrangência dos conteúdos. Os autores são experientes professores e pesquisadores da área de Educação, que reúnem em um só livro os fundamentos e os dados de pesquisas acadêmicas, com narrativas dos cotidianos, das artes e redes educativas. Por encontrar-se inserida na contemporaneidade das discussões sobre currículos, esta obra é voltada a estudantes de graduação em educação, comunicação e áreas relacionadas, além de docentes dos cursos de licenciaturas e interessados no tema. O livro contém informação profunda e balizada e não se limita a programas e políticas estabelecidos, mas dialoga com os múltiplos processos instituídos. Apresenta, ainda, discussões científicas atualizadas sobre o campo dos currículos, com fundamentação teórica. O leitor pode acompanhar estudos de casos, práticas de pesquisa, provocações para reflexão e intertextos com narrativas verbais e imagéticas. Há dicas de filmes, discursos de sujeitos e praticantes, exemplos de propostas curriculares e situações de aprendizagem, além de exemplos de currículo. Em onze capítulos, a didática e a linguagem simples de Currículos – Teorias e Práticas convidam os leitores à aprendizagem e a novas tessituras de conhecimentos em rede.

Santos

Aline Weber, Allan Damasceno, Ana

Série Educação

Os autores

Currículos – Teorias e Práticas

Organização

ISBN 978-85-216-2108-9

9 788521 621089

Edméa Santos Organizadora

Currículos – Teorias e Práticas

O livro é constituído de duas partes e onze capítulos. As partes estão divididas em: Fundamentos e práticas; e Políticas, práticas e desafios contemporâneos. Seus capítulos abordam: conceitos e histórias; teorias do estruturalismo ao pós-moderno; cotidianos e redes educativas; articulação de saberes no currículo escolar; currículos e itinerâncias de si; currículos e democracia; web currículo: integração de mídias nas escolas; currículos na educação infantil; currículos e ações afirmativas; currículos e educação especial; e currículo em tempos de tecnologias digitais de informação e comunicação: potencialidades para a educação a distância. Com o objetivo de potencializar os múltiplos conhecimentos sobre o assunto e integrar o estudo da ementa da disciplina Currículo para os cursos de Pedagogia e demais Licenciaturas, esta obra se torna leitura recomendável para estudantes, docentes e profissionais que atuam em educação e em áreas afins.

Série Educação

6/22/12

Série Educação

1

Série Educação

Santos,Edmea_SerieEducacao.ai

Organização

Andrea Ramal

Edméa Santos Organizadora

Currículos – Teorias e Práticas


Série Educação - Currículos - Teorias e Práticas (amostra)