Issuu on Google+

Agenda de Boas Atitudes Programa Algar Transforma

Realização

Realização

Assessoria Educacional Assessoria Educacional


Programa Algar Transforma Projeto Histórias de Quintal: Oficinas de Meio Ambiente Endereço Rua Maria Augusta de Moraes, 04 Conjunto Alvorada Uberlândia – MG CEP: 38407-069

E-mail algartransforma@institutoalgar.org.br Website www.institutoalgar.org.br Blog www.institutoalgar.org.br/algartransforma

o gar quand lu o é o m o C ? ssa por ele a p m é u g nin s coisas Existem a tas? sem ser vd dise Andrade mon

Carlos Drum


Todo dia o sol levanta e a gente canta o sol de todo dia... Caetano Veloso

O ano de 2011 proporcionou muitas aprendizagens aos meninos e meninas do Histórias de Quintal, projeto que compõe a grade de atividades do Programa Algar Transforma. A cada dia, os participantes puderam colocar em prática pequenas ações de cuidado e de respeito com a natureza, com as pessoas e com eles mesmos. Ao longo do processo, os participantes aprenderam diferenças básicas entre lixo e resíduos sólidos que podem ser reaproveitados; desenvolveram um olhar aguçado para se maravilharem com belezas que passam despercebidas; conheceram pessoas que fazem da coleta de recicláveis seu meio de vida e o mais importante: descobriram que qualquer ação que vise à melhoria de algo que é de todos precisa também do envolvimento de todos. Diante de tanto aprendizado, tomaram a iniciativa de criar uma agenda que refletisse seu novo modo de ver e de se comportar no mundo. Esta Agenda de Boas Atitudes é a síntese desse aprendizado. Um documento simples e poético, mas ao mesmo tempo complexo no sentido de convidar você a refletir sobre sua forma de ser e agir no mundo. Nela estão registradas pesquisas, descobertas, sugestões de boas ações para cuidar melhor da vida como um todo e as impressões das próprias crianças e adolescentes. O que eles desejam é compartilhar com você o que aprenderam e, a partir de 2012, juntos, cultivarmos um futuro melhor que o presente. Equipe do Programa Algar Transforma


Calendรกrio 2012 Janeiro

Fevereiro

D

S

T

Q Q

S

S

1

2

3

4

6

7

8

9 10 11 12 13 14

5

D 5

S

T

6

7

Marรงo

Q Q

S

S

1

2

3

4

8

9 10 11

D 4

S

T

5

6

Q Q

S

S

1

2

3

8

9 10

7

15 16 17 18 19 20 21 12 13 14 15 16 17 18 11 12 13 14 15 16 17 22 23 24 25 26 27 28 19 20 21 22 23 24 25 18 19 20 21 22 23 24 29 30 31

26 27 28 29

Abril

Maio

D

S

T

Q Q

S

S

1

2

3

4

6

7

8

9 10 11 12 13 14

5

25 26 27 28 29 30 31

D

S

6

7

Junho

T

Q Q

S

S

1

2

4

5

8

9 10 11 12

3

D

S

T

Q Q

3

4

5

6

7

S

S

1

2

8

9

15 16 17 18 19 20 21 13 14 15 16 17 18 19 10 11 12 13 14 15 16 22 23 24 25 26 27 28 20 21 22 23 24 25 26 17 18 19 20 21 22 23 29 30

27 28 29 30 31

Julho

Agosto

D

S

T

Q Q

S

S

1

2

3

4

6

7

8

9 10 11 12 13 14

5

24 25 26 27 28 29 30

D 5

S

T

6

7

Setembro

Q Q

S

S

1

2

3

4

8

9 10 11

15 16 17 18 19 20 21 12 13 14 15 16 17 18

D

S

T

Q Q

S

S 1

2

3

4

5

6

7

8

9 10 11 12 13 14 15

22 23 24 25 26 27 28 19 20 21 22 23 24 25 16 17 18 19 20 21 22 29 30 31

26 27 28 29 30 31

23 24 25 26 27 28 29 30

Outubro D 7

Novembro

S

T

Q Q

S

S

1

2

3

5

6

8

9 10 11 12 13

4

D 4

S 5

T 6

Dezembro

Q Q

S

S

1

2

3

8

9 10

7

14 15 16 17 18 19 20 11 12 13 14 15 16 17

D

S

T

Q Q

S

S 1

2

3

4

5

6

7

8

9 10 11 12 13 14 15

21 22 23 24 25 26 27 18 19 20 21 22 23 24 16 17 18 19 20 21 22 28 29 30 31

25 26 27 28 29 30

23 24 25 26 27 28 29 30 31


Apresentação

Agenda de Boas Atitudes Nos últimos anos, a questão ambiental se desponta como uma preocupação mundial. Muito se fala sobre sustentabilidade, aquecimento global, reciclagem, uso consciente de recursos naturais, emissão de gases de efeito estufa e até sobre substituição de sacolas plásticas com material derivado de petróleo por biodegradáveis, oxibiodegradáveis, retornáveis. Uma infinidade de conceitos que acabam por dar um nó quando as ideias deveriam estar mais claras do que nunca. O Instituto Algar acredita que clarear essas ideias é o caminho mais eficaz para que os aprendizados se tornem realmente práticas do dia a dia, e mais, que a infância e adolescência são momentos importantes para interiorizar conhecimentos que serão levados para toda a vida. Com o objetivo de que a educação socioambiental se torne parte do caráter das crianças e adolescentes é que o Instituto Algar, com assessoria educacional do EMCANTAR, desenvolveu esta “Agenda de Boas Atitudes”. Este material é resultado das atividades de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos, moradores dos bairros Alvorada, Morumbi, Joana D'arc, São Francisco, Zaire Rezende, Prosperidade, Celebridade e Dom Almir, em Uberlândia (MG), que participaram durante cerca de um ano das oficinas de Meio Ambiente do Programa Algar Transforma. Nossa gratificação é perceber que, para cada um deles, preservar o meio ambiente não é um emaranhado de conceitos sem atitudes. Pelo contrário, para eles, agora faz todo o sentido praticar a “Pedagogia dos 4 Rs”: Repensar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar, minimizando impactos socioambientais. E para que esses conceitos sejam compartilhados, convidamos você, que tem em mãos este pequeno gesto de amor ao meio ambiente, para que leia e passe à frente. Nosso propósito é que as futuras gerações saibam que não ficamos de braços cruzados para esta que é uma preocupação de todos nós. Boa leitura e boas atitudes! Carolina Toffoli Rodrigues Coordenadora do Instituto Algar


Histórias de Quintal Ser árvore, ser bicho, ser gente, ser água, ser rio corrente, ser terra que acolhe a semente, ser mente, ser gente, ser parte da vida, servida parte da gente, parte da vida Trechos da música Parte da Gente de Marco Aurélio Querubim EMCANTAR - CD Mutirão (2003)

Brincar com “o pé no chão”, sentir o vento, ouvir histórias debaixo de árvores frondosas... Esses são alguns elementos que contribuíram para incentivar crianças e adolescentes a se perceberem como parte da natureza e se comportarem de maneira mais cuidadosa diante da vida. O Projeto Histórias de Quintal constitui-se como um processo de formação em Educação Socioambiental pautado no despertar da sensibilidade e da percepção de pertencimento do indivíduo a seus espaços de convivência como a casa, a rua, a praça, o bairro, a escola, o clube etc., estimulando a prática cotidiana de pequenas ações e posturas cuidadosas com o meio ambiente, a fim de contribuir para a minimização de impactos socioambientais. No mundo atual, a qualidade das relações humanas com o ambiente tem se tornado uma prerrogativa básica, em que o uso racional dos recursos naturais, renováveis ou não, a conservação e a preservação da biodiversidade, a redução e a reciclagem das matériasprimas, entre outras ações, são colocadas à sociedade como condição para a perpetuação da vida no planeta. Acredita-se que um efetivo envolvimento na busca de soluções para a problemática ambiental só será possível a partir da percepção da relação entre as ações humanas e os impactos socioambientais, gerando mudanças de posturas e atitudes práticas realizadas no cotidiano. Conceber, ao lado do Instituto Algar, um projeto de educação socioambiental para compor a grade de atividades oferecidas aos participantes do Programa Algar Transforma é uma oportunidade para o EMCANTAR partilhar aprendizados fundados na percepção de um meio ambiente que parte do indivíduo e sua relação com os outros e com espaços comuns de convivência. Em 15 anos de atuação, os artistas-educadores do EMCANTAR descobriram a importância do sentimento de participar da natureza, de valorizar o cuidado no relacionamento entre as pessoas e de disseminar posturas, valores e princípios que contribuam para um desenvolvimento social participativo, inclusivo, ético e solidário.


Nesse sentido, a proposta de educação socioambiental do projeto visa despertar em crianças e adolescentes um olhar contemplativo e uma percepção da vida em seus mínimos detalhes, aproveitando que a infância e a pré-adolescência possuem, em seu tempo-espaço, a característica de proporcionar descobertas, aguçar curiosidades e desenvolver posturas que serão praticadas ao longo da vida. Sendo assim, o projeto busca incentivá-las a se maravilharem com o mundo que as cerca e a desenvolverem uma postura cuidadosa consigo, com os outros e com o meio ambiente. O que esses meninos e meninas compartilham com você é um pouco das Histórias de Quintal que ouviram e contaram durante as oficinas realizadas em 2011. Conversando, brincando, observando e trocando saberes, teceram, a muitas mãos, essa Agenda de Boas Atitudes e, por meio dela, convidam você a olhar ao redor e contemplar as belezas do nosso cerrado, repensar seus hábitos cotidianos e exercitar pequenas ações capazes de contribuírem para a saúde da vida em nosso planeta! Ana Paula Rabelo EMCANTAR Assessoria Educacional Programa Algar Transforma


vem ouvir meu canto deixa eu te encantar deixa por enquanto e vem se entregar celebrar a vida ver nosso lugar como quem no mundo vem participar Encantar Trecho da música Cantiga de im) ardes/Marco Aurélio Querub (Ênio Bernardes/Cleusa Bern 9). (199 AR ANT EMC po do gru registrada no CD EMCANTAR,


Não Jogue Lixo no C

hão

Vital Farias*

não jogue lixo no ch ão chão é pra plantar semen pra dar o bendito fr te uto pra alimentação da gente o peixe que sai do rio, o amor que sai do peito a água limpa da fo nte, um sentimento perfeito a terra que tudo cr ia não pede nada d emais ser tratada com ca rinho para vigorar a paz não jogue lixo no ch ão, nem rios, lagos e mares a terra é nossa mor ada onde habitam os no ssos pares a natureza é quem cria o amor imedia tamente milagre que faz da vida bendito fruto do ventre se queres sabedor ia aprenda isto de cor a terra é a mãe da vida, útero, ventre maior não jogue lixo no ch ão chão é pra plantar semente pra dar o bendito fr uto pra alimentação da gente *Vital Farias, músic o e compositor no rdestino, gravou seu “Não jogue lixo no primeiro disco em chão”, uma de suas 1978. A música composições mais no CD EMCANTAR conhecidas, foi reg em 1999, além de istrada também ser trabalhada pelo socioambientais na grupo até hoje em s quais são discutid oficinas os conceitos como sustentabilidade. cidadania, os 4Rs e


P

a r e v a im

r

Repensar Assim como na primavera é florescer, d e plantar se tempo de m entes que p o ss a m fa ze r b ro ta r n o v a s fl o re s, ta m b é m p o d e m o s se mear novo pensamento s s e fazer brota r nos corações a esperança d e um mundo melhor. Francine Reze

nde


, r a t n e m i r e Exp , r a i c n vive . . . r e b e perc

No primeiro dia de ativid ades das oficinas de Meio Ambie nte, os par ticipante s fizeram um p no Centro E spor tivo e So asseio cial Alexandrino Garcia – CE SAG, que aguçou a per cepção do g rupo para os vári os tipos de ár vores, as flores, o ven to, pássaros e as os animais, os posturas das pessoas quan do estão em contato com a nature za.

...conviver, com

ica de No quiosque, uma dinâm . apresentação da turma

ungar!

ê voc e o o b Comperce ao ? ndo redor u m eu s


Antes das oficinas de meio ambiente eu jogava papéis de bala, de bolacha e etc. no chão. Hoje eu penso um pouco, afinal o que custa andar até chegar a uma lixeira para jogar fora? Wellington P. da Silva

Eu faço! Separo o lixo Não sou de jogar lixo no chão Gosto de cuidar do meio ambiente Protejo os animais Adoro plantar Alimento os animais Reciclo Weslaine Nayara de Freitas Martins

Reciclar garrafas Fazer coisas boas Não jogar lixo no rio Não derrubar árvores Não acabar com a floresta Aproveitar palitos Fazer as tarefas de casa Obedecer os mais velhos Paula Priscila Alves Silva

Não jogar lixo na rua porque suja e entope os boeiros Matheus Bruno Nunes

E você? Como pode contribuir para um mundo melhor?

A arte de ser feliz Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia ser feita de giz. Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco. Era uma época de estiagem, de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. Não era uma regra: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse. E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz. Cecília Meireles


devemos

ser

a mudanรงa

que queremos

ver

no mundo

Mahatma Ghandi


Pense rĂĄpido!

?

E agora

inamos Para onde dest ens para essas embalag jogadas que nĂŁo sejam na natureza

?


21 músicas sobre meio ambiente, ecologia, terra, natureza... 1725 As Quatro Estações (Antonio Vivaldi) 1964 The Sun Is Burning (Ian Campbell) – Simon & Garfunkel 1967 What A Wonderful World (B. Thiele & G. D. Weiss) – Louis Armstrong 1969 Grantchester Meadows (Roger Waters) – Pink Floyd 1971 Mercy Mercy Me (The Ecology Song) (M. Gaye) – Marvin Gaye 1971 Wond’ring Again (Ian Anderson,) – Jethro Tull 1971 I’d Love To Change The World (Alvin Lee) – Ten Years After 1975 Amor À Natureza (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola 1976 Quero (Thomass Roth) – Elis Regina 1977 Sobradinho (Sá e Guarabyra) – Sá e Guarabyra 1984 The Flat Earth (Thomas Dolby) – Thomas Dolby 1987 A Floresta do Amazonas (Villa-Lobos - 1958) – João Carlos Assis Brasil, Ney Matogrosso & Wagner Tiso 1988 (Nothing But) Flowers (David Byrne, Chris Franz, Jerry Harrison & Tina Weymouth) – Talking Heads 1991 Amazônia (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti 2000 Lobo-Guará (Calvino) – Calvino 2001 Acerto com a natureza (Walter Franco) – Walter Franco 2003 Arve (Marco Aurélio Querubim & Luiz Salgado) – EMCANTAR 2003 Azia Amazônia (Fred 04) – Mundo Livre S.A. 2004 Natureza (André Abujamra) – André Abujamra 2006 Serra da Canastra – Trem das Gerais 2008 Carcará, Guardião do Cerrado (Luiz Salgado) – Luiz Salgado Djdu.K "Djdu.K" é Eduardo Silva Bernardt, produtor cultural, designer gráfico, músico, diretor no Centro Cultural VEREDAS (www.veredavirtual.com), integrante da nave vaga (www.navevaga.com), da Má Cia de Teatro e do Grupo Araguari de Teatro (www.grupoaraguari.blogspot.com) - dentre outras coisas mais.


Onde está seu ninho? meu coração não passa de um bichim coelho lagar tixa ou passarim vive solto e sem lei o safadim mas quando quer amor volta pro nim Música Versim (Ênio Bernardes e Cleusa Bernardes) registrada no CD MUTIRÃO (2003), do grupo EMCANTAR.


Anote aqui o que vocĂŞ faz no seu dia a dia repensando suas atitudes que podem colaborar para ter um meio ambiente mais bonito, poĂŠtico, colorido...


a z e r u t a n A

são duas.

uma ma abe a si mes tal qual se s outra s? s. mas vemo a que vemo das coisas? ou é a ilusão

e

ond de Andrad

Carlos Drumm


V

o ã r e

Reduzir V e rã o .. . c a lo r. .. g e n te re u n id a .. . O calor hum ano possibili ta uma nova fo rm a d e v e r e a g ir no mundo id e n ti fi ca n d , o pequena s a çõ e s d e responsabilid ade individual . Francine Reze

nde


Reduzir Significa economizar de todas as formas possíveis. Numa sociedade em que quase todas as embalagens são descartáveis, é preciso repensar possíveis maneiras de se combater o desperdício.

Na escola

Em casaia

Apagar a luz qu ando sair da sa la Economizar a água do bebe douro Não jogar lixo no chão na ho ra do recreio Não fazer bolin ha de papel pa ra jogar no am Não ligar o ve igo ntilador quan do não for ne Desligar a torn cessário eira quando nã o está usando Não desperdi çar o alimento da escola Preservar o pa trimônio esco lar

Economizar energ ligada Não dormir com a TV o nh ba no Não demorar a eir lad ge a m co ar Não fic e ad sid aberta sem neces ua Economizar ág lixo Separar o lixo do não

No clu

be

Não jo ga Tirar o r lixo no jard im excess antes d o do suor e entra r na pis cina

Na rrulixoana rua

o sonora Não joga e a poluiçã o lh ru a de b o Evitar rro, andar sar ir de ca ci re p o ã n Se u a pé bicicleta o garrafas l de bala e e p a p r a g Não jo nte na rua de refrigera dalismo com ter van Não come blicos ú p s ben

Luiane Sthéffany Nunes, Luiz Henrique Silva Martins, Marco Aurélio Emídio dos Santos


Mais dicas de boas atitudes...

Plantar ár vores par

Victor Lucas Resende

Machado

a o ar ficar mais lim

po

Podemos usar menos sacolas plásticas, e na escola podemos reduzir os materiais que podem ser jogados no lixo Carlos José Nascimento e Paulo Henrique de Oliveira França

Não queimar matas porque faz mal para s que tem doenças fortes outras pessoa Batista Luma Regina Fernandes

ação com s ter educ

os outros

o Devem imarães evallier Gu Natália Sh

o jogar lixo no rio

Jogar lixo no lixo e nã Bruno dos Santos

Não jogar cigarro na mata. Não xingar o pró ximo. Não brigar com o próximo

Shaira Cristina Onório

rar frutas p m o c o d erca Vou no m de levar a fruta da o saquinho n s e ao invé de isopor, eu levo a banden P.jidna h Silva Wellingto

Ajudar os ma is Plantar ár vore velhos e pessoas com de fi s e flores. Nã Natália Sheval lier Guimarães o matar os an ciência. imais


Anote aqui o que você faz no seu dia a dia que representa redução de gastos e que pode contribuir para que o meio ambiente tenha a alegria e a vivacidade de uma gostosa manhã de verão...


s o h n i m a C

caminhos m que busca estranhos destinos conduzem a sem press inos: en eternos m meninos m que brinca rar de encont caminhdoess

nar Cleusa Ber ela (2010) nira na Jan ja D ro no liv

Cleusa Bernardes, escritora mineira, nascida em Ibiá. Além de poeta, é professora de português, revisora, designer de moda da grife Goma e uma das coordenadoras do grupo de bordadeiras Flor de Chita, em Ube rlândia. Alguns de seus textos foram musicados e gravados pelo EMCANTAR, nos álbuns EMC ANTAR (1999), MUTIRÃO (2003) e PARANGOLÉ (2009).


O

o n uto

Reutilizar As folhas ca em, ĂŠ temp o de renova Renovar noss r. o olhar, noss as atitudes e nossa coragem de fazer o qu e deve ser feito, simple smente porq ue ĂŠ o cert fazer. o Francine Reze

nde


s a l e u q a r a t i e v Apro a h c a ê c o v e u q s a cois s a m , r o l a v m e t o que nã a r p á d e d a d r e v a n s a i r á v e d r a t i e v apro formas: r água t 2 litros para coloca pe a af rr ga ar liz ti ijão Reu argarina para por fe m de as lh si va ar liz Reuti caixinha de leite Fazer porta-lápis de rno que sobraram de ca de as lh fo ar liz Reuti tro de um ano para ou s Dayane Amaral Martin Lucas M. Magalhães

e


Responda se puder Mariana quer uma caixa de lápis de cor nova. Sua mãe disse que não lhe dará, pois quer que ela use os lápis que sobraram do ano anterior. Qual dos 4 Rs a mãe de Mariana quer que ela pratique?

a) Reutilizar b) Rabiscar c) Reciclar

A margarina acabou, mas minha mãe vai usar a vasilha para congelar feijão. Qual dos 4 Rs minha mãe está praticando? a) Reciclar b) Rabiscar c) Reutilizar

Você fez um trabalho de escola e precisou imprimí-lo. No entanto se esqueceu de formatá-lo antes da impressão, tendo que imprimir outro para entregar à sua professora. E agora o que você poderá fazer com a primeira impressão? a) Reciclar b) Reutilizar c) Repensar Dica: uma boa ideia para pensar em soluções para os problemas do lixo são os 4 Rs ("quatro erres"): repensar, reduzir, reutilizar e reciclar.

Respostas: a, c, b


Anote aqui o que vocĂŞ faz no seu dia a dia reutilizando embalagens e objetos e colaborando para minimizar os impactos no meio ambiente...


I

o n r e v n Reciclar O inverno Ê o momento par a realizarmos as coisas jun tinhos, mante ndo sempre aquecidos os coraçþes que ac reditam no poder da cole tividade. Francine Reze

nde


. . . é r a l c i Rec na rua, cicláveis re is o a ri te ue saiba r ma Não joga alguém q ra a p r a o d separar e m o material co r e z fa e eira França qu e de Oliv riqu

n Paulo He

e cicláveis ateriais re a coisa Pegar m tr ar em ou transform ny Nunes e effa Luiane Sth que Ferreira nri e H l e ri Gab

ava e não us r algo qu a sada u rm r fo e s s Tran e pode u q a is o c em uma Paula Jordânia

Alves de

ser et pode garrafa p , a lo p m e Por ex assoura ada em v transform ção dela fun to mudou a sé Carlos Jo

Nascimen

sformar n a r t a c i signif ados em s u Reciclar s i a i r o. e mate consum o a r objetos a p rodutos novos p a sper tad e d i o f e ir essidad s, a par t o Esta nec n a m u res h pelos se to em que se en e do mom s benefícios qu o verificou imento ced a. este pro eta Terr n a l p o a traz par em/ ht

g m/recicla o .c a is u q .suapes tp://www


Criar é como comçear re! coçar... é só come


Está na hora de ap roveitarmos o frio que vem por aí e colocar a mão na massa pa ra esquentar! É isso aí, vamos de ixar de tanto falatório e agir faz endo tudo que pensamos e falam os até agora.

tilizou e repensou, reduziu, reu Depois que a gente a icl rec fazer a gente não tem mais o que Wellington P. da Silva


A curiosidade ing

ênua, ao tornar-se críti ca, leva a uma consta nte inquietação, que, por sua vez, abre um leque infinito de possibilidades e experimentação, estimulando a cri atividade. Paulo Freire


Caça-palavras Quando vamos ao supermercado fazer compras, levamos para casa uma infinidade de materiais recicláveis: as embalagens dos produtos que adquirimos. Descubra abaixo o nome de alguns produtos cujas embalagens devemos separar para a reciclagem:

X U O E M P O T W P R

I

N

I R A M A C I A N T E M O F V B O M B R I K O R A S E

X

A

T

O E

U

Q

M R

B

N

U

P

A

S

T

A D

E

D

E

N

T

E

O

A M V

A

S

O

D

A

I

J

E

S

A

P

P

L

I

B

E

R

D

A

D

O

C

J

E

U

E

B

P

O

U

Z

O

R

R

A

I

L

H

I

G

I

E

N

I

C

O

E

U

E

A

K

R

E

T

U

N

E

T

E

Z

A

F

respostas: pasta de dente/sabonete/bombril/feijão/papel higiênico/amaciante/arroz


Responda se puder Para vivermos, não há como não produzir lixo. Algumas medidas podem ser adotadas pelas pessoas para minimizar esse problema. Essas medidas são resumidas em 4 Rs. O que isso significa? a) Repensar, reduzir, reutilizar e reciclar b) Reproduzir, reciclar, reutilizar e reorganizar c) Reassumir, reduzir, reaproveitar e renovar

João tem em sua casa muitas garrafas plásticas. Disse a sua mãe que não era para jogá-las fora, pois aprendeu nas aulas de meio ambiente a fazer outros objetos utilizando as garrafas. Qual dos 4 Rs João está utilizando? a) Reutilizar b) Repartir c) Reciclar O que é meio ambiente? a) Apenas o cerrado b) Pessoas, animais, rios e plantas c) Só carros, prédios, pontes e cachoeiras

Respostas: a, a, b


Anote aqui suas ideias para colocar em prática a separação do material da sua casa e a doação a um catador. Vamos! Mãos à obra! O mundo agradece sua contribuição!


Pra ser catador balhador primeiro lugar tem que ser tra Pra ser catador tem que ser sonhador Ser catador é também sentir dor Pra ser catador ador tem que ter orgulho de ser cat Pra ser catador palmente, da natureza tem que ser respeitador, princi com seu trabalho Porque ela é a mais beneficiada Pra ser catador se é um economista. mesmo sem curso superior, já Porque com o seu trabalho a se economiza milhões em energi Pra ser catador o outro catador antes de tudo tem que respeitar Ser catador é ser brasileiro dor Fragmentos do poema Pra Ser Cata anos de Nilson dos Santos, catador há 21 a) dani Cida e Lixo (7º Festival


Saiba quais são os materiais que podem ser encaminhados ao processo de reciclagem Papel Jornais, revistas, cadernos velhos, papel sulfite usado, tiras de papel sulfite, caixas de papelão, bobinas de papel higiênico e de papel toalha, caixas de leite (tetra pak), cartelas de ovos, caixas de sabão em pó etc.

Plástico Sacos plásticos de arroz, de açúcar, de café, de sal etc., embalagens de xampu, de condicionadores, de desodorantes (roll on), de refrigerantes, de iogurte, de amaciantes, de detergentes, de água sanitária etc., pote de sorvete, baldes e bacias.

Vidros Perfume, conservas (azeitonas, palmito), garrafas de refrigerante e/ou cerveja não retornáveis etc.

Metal Latas de salsicha, de ervilha, de milho, de extrato de tomate, de sardinha, latas de óleo, latas de refrigerante e/ou cerveja.


Ao final, teremos descoberto mil razĂľes para viver mais e melhor, todos juntos, como uma grande famĂ­lia, na mesma Aldeia Comum, generosa e bela, o planeta Terra. Leonardo Boff


Participantes do Projeto Adriele Fernanda A. da Silva Alex Lourenço Ventura Jr Ana Laura Borges de Oliveira Andressa Silva de Jesus Bianca Mariane Rodrigues Campos Bruna Matias de Lima Bruno dos Santos Carlos José Nascimento Chisthian Gabriel Soares Lima Crisléa Aparecida Cardoso Miguel Daniel Alves Silva Dayane Amaral Martins Dênis Carvalho Dhyuly Hemylly Fernandes Diego Gregório Campos Diogo dos Santos Araújo Dione Barros Douglas Ferreira Leôncio Douglas Moisés da Silva Eduardo Rillary Caetano Batista Erik Inácio da Silva Erik Ryan Vicente Alves Evelyn Marcela F. Coutinho Gabriel dos Reis Silva Gabriel dos Reis Souza Gabriel Henrique Ferreira Gabriela de Oliveira Alves Gabriela Ferreira Gabriela Guimarães Giovana Rodrigues Dornelas Gledson R. de Oliveira Jr Guilherme da Silva Alves Guilherme Henrique Souto Silva Guilherme R. Gonçalves de Oliveira Heline Nascimento Oliveira Herick Felipe Sousa Ighor Jerônimo Mota Igor Guimarães Ferreira Gomes Isabela Durian Isabelly Luize dos Reis Jadson Batista da Silva Jeniffer Barbosa Pereira Jeniffer Fernandes de Souza Jéssica Luzia da Silva

Jéssica Thaísa G. Figueiredo João Paulo Henrique S. Santos Jonatan Emanuel Ferreira Azevedo Jordânia Alves de Paula José Lucas Alves de Oliveira José Mateus Alves Júlia Ferreira Barbosa Kamila Oliveira Ferreira Kathleein Gonçalves Borges Sena Kaylane Danielly Oliveira Guimarães Keven Wesley Valentino Evangelista Lara Figueiredo dos Santos Lara Franco Larissa da Silva Costa Laura Barcelos Silva Lavinya Nathália Oliveira Alves Leonardo Peixoto Ramos Lorena Barbosa de Carvalho Luana Rodrigues Amorim Lucas M. Magalhães Luiane Stheffany Nunes Luís Felipe de Almeida Silva Luiz Gustavo Gonçalves Luiz Henrique Silva Martins Luiz Otávio Rodrigues Giaretta Luma Regina Fernandes Maicon Douglas Neves de Moraes Marcela Amanda Paulina Marcelo Oliveira da Silva Marcelo Rodrigues Sousa Márcio Silva Marco Aurélio Emídio dos Santos Marcos Paulo Santos Maria Antônia Borges de Oliveira Maria Eduarda de Oliveira Sousa Maria Eduarda Rodrigues Araújo Mário Pereira de Moura Matheus Batista Silva Matheus Brumo Nunes Matheus Gutierrez Souza de Brito Mirielle Lorrayne Ramos Dama Monike Cristina Silva Ramos Natã Lucas Silva


Histórias de Quintal Natália Jesus Peixoto Natália Raquel Lemes de Oliveira Natália Shevallier Guimarães Nathália Fernandes Mendes Nicolle Santos Oliveira Pablo Guilherme Rodrigues Moura Paola Rodrigues de Sousa Paula Priscila Alves Silva Paulo Henrique de Oliveira França Paulo Henrique Franckin S. Araújo Pedro Flávio Rodrigues Souza Pedro Henrique F. Santos Pedro Lucas Vieira Mariano Pedro Rodrigues da Silva Neto Rafaela Pâmela Ferreira dos Santos Rannyelly Vitória Alves Raquel Mendes Fernandes Ricardo Alexandre K. Oliveira Filho Ricardo Reis Silva Ferreira Rodrigo Kanke Alves Oliveira Rogério Lucas Ramos Ruan Pablo da Rocha Silva Sabrina Aparecida da Silva Santos Sabrina Fernandes Silva Sara Barbosa da Silva Shaira Cristina Onório Stanley Carreiro da Silva Moraes Thiago Gondim Souto Thifany Graziele Silva Santos Vanderson Santos Aguiar Victor Lucas Resende Vinícius Galdino Suzigani Vitória Bernardo Silva Vitória Gomes Silva de Paula Vitória Luine Caetano Martins Wellington P. da Silva Wemerson Paula Costa Wérica Sara Peixoto da Silva Weslaine Nayara de Freitas Martins Weverton Paula Costa do Nascimento William Oliveira da Silva Xavier Rodrigon Israel Aguiar Yasmin Pereira da Silva

Educadoras Geissirlene Pereira dos Santos Sueli do Vale Judith de Souza Gomes Campos Dulcinéia Martins Morais Mônica Vieira Alves de Brito

Os participantes das oficinas de meio ambiente no ano de 2011 são crianças e jovens do ensino fundamental da E.E. Lourdes de Carvalho, no Bairro Alvorada, uma das escolas parceiras do Programa Algar Transforma. Foram realizadas ao longo do ano 28 oficinas com média de carga horária de 1h nos turnos da manhã e tarde, todas as quintas e sextas feiras na sede do Programa. As educadoras participantes são regentes de turma e uma professora de língua portuguesa. Participaram durante todo o ano das oficinas e foram multiplicadoras das ideias no contexto da sala de aula.


Dicas de sites e telefones úteis Website E. Ecologia e Desenvolvimento www.etm.com.br/ecologia G. Guia Verde www.guiaverde.com.br I. IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. www.ibama.gov.br IEF - Instituto Estadual de Florestas www.ief.mg.gov.br ISA – Instituto sócio-ambiental www.socioambiental.org O. OPA – Organização para a Proteção Ambiental www.opa.org.br R. Recicloteca – Centro de informações sobre reciclagem e Meio Ambiente www.recicloteca.org.br S. Samantha Mori – Acessórios Alternativos www.samanthamori.elo7.com.br W. WWF Brasil – Fundo Mundial da Natureza www.wwf.org.br

Telefones A. Associação Alvorada - 3210-1613 B. Bombeiros – 192

C. CESAG – Clube Esportivo e Social Alexandrino Garcia 3216-6132 / 3229-5011 CORU – Cooperativa de Recicladores de Uberlândia 9156-8277 D. Drogaria Morumbi – 3226-3874 P. Posto de Saúde Bairro Alvorada 3227-2022 / 3226-3325 Polícia Militar - 190 Polícia Rodoviária Federal - 191 Programa Algar Transforma 3216-6146 PROTEJA - contra o abuso e violência infantil 0800-031-11-19 O. ONG Casa – 3227-2042 ONG Ação Moradia – 3226-6558 Orquestra Jovem – 9918-3496


Aprendendo a conhecer e a cuidar do nosso lugar Esta agenda é o resultado de um ano de trabalho com crianças e adolescentes do Programa Algar Transforma, que semanalmente foram convidados a olhar e a cuidar de um modo diferente do espaço onde vivem. Os passeios a espaços culturais, as atividades ao ar livre, as dinâmicas em grupo, os jogos e as brincadeiras, as músicas, os filmes e as rodas de conversas foram fundamentais para que crianças e adolescentes estabelecessem, entre si, uma convivência saudável e pudessem, além de repensar suas atitudes cotidianas que impactam o meio ambiente, produzir um registro com dicas de boas atitudes que podem ser praticadas no dia-a-dia de todas as pessoas. Durante as oficinas foi estimulada a Prática do Cuidado nas três dimensões: individual (cuidado consigo), social (cuidado com os outros) e ambiental (cuidado com o mundo) e como consequência a Pedagogia dos 4Rs: repensar, reduzir, reutilizar e reciclar. Foram muitas descobertas, muitos desafios! Tudo com alegria para entender as especificidades de cada turma, as habilidades de cada participante e, sobretudo, trazendo vivências do cotidiano para que as atividades proporcionassem sentido de pertencimento e estímulo ao protagonismo, além de provocarem pequenas revoluções em casa, na escola, no clube etc. Não foi fácil, mas foi delicioso perceber em cada um dos participantes algumas mudanças de posturas desencadeadas por um processo de construção coletiva. Um dos exemplos mais fortes foi o de levar para a oficina materiais recicláveis selecionados em casa, os quais foram destinados à Cooperativa de Recicladores de Uberlândia (CORU), minimizando impactos ambientais e contribuindo para uma digna geração de renda. Enfim, esse produto que você acaba de conhecer é resultado da mudança de olhar de crianças e adolescentes para o mundo, percebendo-o como espaço comum de convivência, que necessita de cuidados, assim como nós. Desejamos que essa agenda tenha provocado em você a curiosidade de embarcar numa aventura de rever seus hábitos e, consequentemente, conviver de forma mais harmoniosa com a vida. Francine Rezende e Samantha Silva Coordenadoras das oficinas de meio ambiente


Créditos Realização Instituto Algar Coordenação Instituto Algar: Carolina Toffoli Rodrigues Gestora Programa Algar Transforma: Camila de Oliveira e Silva Fioranelli Analista de Projetos Sociais: Priscilla Nogueira de Paula

Assessoria Educacional EMCANTAR Direção Executiva: Marco Aurélio Querubim Coordenação Geral: Ana Paula Rabelo Coordenação Pedagógica: Ana Carolina Ferreira Francisco Coordenação de Oficinas: Francine Rezende e Samantha Silva Coordenação de Comunicação: Maíra de Ávila Controladoria e Finanças: Carlim Ribeiro Logística: Ivan Ribeiro Projeto Gráfico: Eduardo Bernardt – URUCUM Design Gráfico Produção Executiva: Francine Rezende Assessoria de Imprensa: Michele Borges – Ciclo Assessoria em Comunicação Fotografia: Hick Duarte

Parcerias Superintendência Regional de Ensino de Uberlândia, Minas Gerais E.E. Lourdes de Carvalho E.E. Professor Ederlindo Lannes Bernardes ONG CASA ONG Ação Moradia

Informações e notícias www.institutoalgar.org.br/algartransforma


Esta Agenda de Boas Atitudes é a síntese das oficinas de meio ambiente realizadas semanalmente no Programa Algar Transforma com crianças e adolescentes. Um documento simples e poético, mas ao mesmo tempo complexo no sentido de convidar você a refletir sobre sua forma de ser e agir no mundo. Nela estão registradas pesquisas, descobertas, sugestões de boas ações para cuidar melhor da vida como um todo e as impressões dos participantes. O que eles desejam é compartilhar com você o que aprenderam e, a partir de 2012, juntos, cultivarmos um futuro melhor que o presente.

www.institutoalgar.org.br

www.emcantar.org


Agenda de Boas Atitudes