Page 17

A Promessa Pleiadiana

minha direção, ao mesmo tempo que se comunicavam telepaticamente e abriam para mim nossa sagrada conexão. Eles transmitiam e interagiam com o aspecto de mim mesma que não era humano, lembrando-me da minha herança pleiadiana e da minha missão aqui neste plano terreno. Foi nesse momento que me lembrei de todo o meu aspecto pleiadiano e da missão que vim cumprir nesta vida, no plano da Terra. Essa experiência de abertura para esse novo aspecto de mim mesma foi dinâmica. A energia que vivenciei do meu próprio eu pleiadiano fluiu para o meu corpo, preenchendo a minha consciência. Eu só sentia o amor arrebatador que me inundava, vindo dessa conexão sagrada. A qualidade do amor era tamanha que me consumia. Ele continha a Verdade de quem eu era e não podia negar. Nesse dia em que eu fiz essas reconexões sagradas comigo mesma, o meu aspecto pleiadiano se reavivou dentro de mim. Elementos da minha própria vibração ancoraram em todas as minhas células. A qualidade desses novos elementos do meu próprio ser transformou todo o meu mundo, assim como já tinha acontecido antes. Eu não reconhecia em mim mais nada do que havia antes. Nesse momento tudo mudou para mim. Eu me lembrei da minha existência antes de iniciar esta vida. Eu me lembrei de tudo que vim alcançar aqui nesta vida. Eu me lembrei de tudo da minha existência pleiadiana. Um aspecto importante da minha missão me foi revelado: eu deveria servir como uma ponte entre os Pleiadianos e a raça humana, para trazer um novo entendimento à humanidade quanto a quem eram os Pleiadianos e em que eles vinham nos auxiliar nesta fase de transição do plano terreno. Eles trazem os ensinamentos da Verdade à huma> >  16

pleiadianos-PROMESSA.indd 16

20/07/2017 14:00:56

Profile for Grupo Editorial Pensamento

Primeiro capítulo promessa pleiadiana  

Primeiro capítulo promessa pleiadiana  

Advertisement